Você está na página 1de 1

Exemplo que a classificação do advérbio varia

FLEXÃO DE GRAU DOS ADVÉRBIOS


dependendo do contexto: As questões da CESPE mostram que quando
GRAU COMPARATIVO
QUESTÃO DA CESPE desloca advérbio haverá alteração de sentido do
 Igualdade: Eduardo é TÃO EDUCADO
“Agora, se dou um jeito nos meus impostos texto.
QUANTO seu irmão.
porque o delegado da receita federal é meu Altera o referente do advérbio e consequentemente o
 Inferioridade: Eduardo É MENOS EDUCADO
amigo...” sentido.
QUE seu irmão.
A palavra “Agora” exprime uma circunstância
 Superioridade: Eduardo É MAIS EDUCADO
temporal.
QUE seu irmão.
ERRADO
Esse “agora” tem sentido, contudo, adversativo
GRAU SUPERLATIVO
 Absoluto analítico: Eduardo é MUITO
Cuidado com algumas expressões nas questões EDUCADO.
mesmo não tendo haver com advérbio: (INCLUI AUXÍLIO DE ADVÉRBIO
Retificar = Corrigir Ratificar = Confirmar
ADVÉRBI 
INTENSIFICADOR)
Absoluto sintético: Eduardo é
Equivalente: expressa algo que possui igual valor, ou
que tem o mesmo sentido. O EDUCADÍSSIMO.
(USO DE SUFIXO)
JAMAIS SE ESQUEÇA DE QUE O ADVÉRBIO POSSUI
NATUREZA INVARIÁVEL.
O advérbio “ademais” tem significado de “além
EXEMPLO: “MUITAS” ESTÁ NO FEMININO E NO disso”, “além do mais”.
PLURAL. PORTANTO, NÃO É ADVÉRBIO.

Na maioria das ocorrências, o vocábulo “já” tem valor temporal.


O advérbio “outrossim” significa “também”,
Entretanto, na expressão “já a minha operadora” numa questão
“igualmente”, do “mesmo modo”.
da CESPE nos leva a entender que a operadora de telefonia
móvel não seja boa. Tem valor semântico de oposição.

QUESTÃO DA CESPE Mau é adjetivo, portanto termo variável. Este especifica


“ Talvez o próprio país já não seja mais tão moleque, tão travesso, o que o substantivo.
sinceramente, não sei se é bom ou ruim.” Mal é advérbio, portanto termo invariável. Este modifica
“Já” foi empregado com o sentido de “mais”. Desta forma, seu uso é o sentido dos adjetivos, verbos ou outros advérbios.
redundante.