Você está na página 1de 49

GERENCIAMENTO DEPROGRAMA

ANGLO AMERICAN

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

Contrato nº 4600019827

Vigência
01/10/2019 a 01/10/2020

ARQUIVAMENTO DO DOCUMENTO DURANTE 20 ANOS

CETEST MINAS - R. Henrique Cabral, 821 - Aeroporto, Belo Horizonte -


MG, 31270-760
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

ÍNDICE

1 - DADOS GERAIS................................................................................................................................................. 3
1.1 - INFORMAÇÕES GERAIS...................................................................................................................................3
1.2 - DADOS DO CONTRATO....................................................................................................................................5
1.3 - ORGANOGRAMA / FLUXOGRAMA..................................................................................................................5
1.4 - POLÍTICA DE SEGURANÇA..............................................................................................................................8
2 – INTRODUÇÃO................................................................................................................................................... 9
2.1 - OBJETIVOS DO PGR..........................................................................................................................................9
2.2 - ESTABELECIMENTOS DE METAS, PRIORIDADES E CRONOGRAMA.................................................................10
2.3 - RESPONSABILIDADES.....................................................................................................................................10
2.4 - RESPONSABILIDADES...................................................................................................................................103
2.5 - RESPONSABILIDADES...................................................................................................................................103
3 – CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO.................................................................................................................. 14
4 - ETAPAS DO PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS................................................................................15
4.1 - FASES DE ANTECIPAÇÃO / RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO.................................................................15
4.1.1 - MONITORAMENTO DOS AGENTES FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS...................................................................15
4.1.2 - ATMOSFERAS EXPLOSIVAS......................................................................................................................................15
4.1.3 - DEFICIÊNCIA DE OXIGÊNIO.....................................................................................................................................15
4.1.4 - VENTILAÇÃO........................................................................................................................................................... 15
4.1.5 – PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA......................................................................................................................................16
4.1.6 - INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE DE ACIDENTES DO TRABALHO......................................................................................16
4.1.7 – ERGONOMIA E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO......................................................................................................16
4.1.8 - RISCOS DECORRENTES DO TRABALHO EM ALTURA, EM PROFUNDIDADE E EM ESPAÇOS CONFINADOS:...............17
4.1.8.1 - RISCOS DECORRENTES DO TRABALHO EM ALTURA........................................................................................17
4.1.8.2 - RISCOS DE ACIDENTES DECORRENTES DE TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS.......................................18
4.1.9 - RISCOS DECORRENTES DA UTILIZAÇÃO DE ENERGIAS.......................................................................................18
4.1.10 - RISCOS DECORRENTES DA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS LEVES E MÁQUINAS.....................................................18
4.1.11 - RISCOS DE ACIDENTES DECORRENTES FERRAMENTAS PORT.COM OU SEM FORÇA MOTRIZ PRÓPRIA............18
4.1.12 - EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL DE USO OBRIGATÓRIO...............................................................19
4.1.13 - ESTABILIDADE DOS MACIÇOS..........................................................................................................................19
4.1.14 – OUTROS RISCOS DE MODIFICAÇÕES / NOVAS TECNOLOGIAS.........................................................................19
4.1.15 – AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS - NÍVEL DE AÇÃO..............................................................................................19
4.2 - PLANO DE EMERGÊNCIA................................................................................................................................20
4.3 - MATRIZ DE RISCOS.........................................................................................................................................20
5 – TABELA DE SEVERIDADE.................................................................................................................................. 22
6 – CLASSIFICAÇÃO DO EFEITO............................................................................................................................. 24
7 – TABELA DE EXPOSIÇÃO E FREQUÊNCIA............................................................................................................ 25
8 – MEDIDAS DE CONTROLE................................................................................................................................. 26
9 – TABELA DE EPIXFUNÇÃO................................................................................................................................. 27
10 – MONITORAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL............................................................................................. 28
11 – AVALIAÇÃO DO PROGRAMA......................................................................................................................... 40
12 – MATRIZ DE TREINAMENTO........................................................................................................................... 41
13 – PROGRAMAS ESPECÍFICOS DE SAÚDE E SEGURANÇA....................................................................................42
14 - CONCLUSÃO.................................................................................................................................................. 43
15 - RESPONSÁVEL PELO CUMPRIMENTO DO PGR.........................................................................................................44

2
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

3
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

1 - DADOS GERAIS

1.1 - INFORMAÇÕES GERAIS

Empresa CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇO S.A.

Razão Social: CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇO S.A.

Nome fantasia: Não aplicável

Endereço: R. Henrique Cabral, 821 - Aeroporto, Belo Horizonte - MG, 31270-760

CNPJ: 24.016.172/0001-11

Inscrição Estadual: 062.591.946-0040

Atividade Principal da Instalação e manutenção de sistemas centrais de ar condicionado,


empresa: ventilação e refrigeração.

CNAE: 43.22-3-02

(09) Homens
Número de Empregados
Previstos:
(01) Mulher

Grau de Risco da
4 (Quatro)
Contratante:

Grau de Risco da
CETEST - 3 (Três)
Contratada:

Responsável pela
Sr. Marco Túlio Cardoso Gontijo
Contratada:

Preposto: Sr. Edson Pereira Santos

Telefone de Contato: (31) 2112-1066

E-mail: mtcg@cetestminas.com.br

3
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

1.2 DADOS DO CONTRATO

Contrato N.º: 4600019827

Contratante: Anglo American

Rodovia MG-10, Km 186 – s/n – Zona Rural – Conceição do


Endereço:
Mato Dentro

Gestor do Contrato: Gustavo Sperandio Sá - Gustavo.sa@angloamerican.com

Fiscal do Contrato: Cristiano Oliveria – Cristiano.oliveira@angloamerican.com

Vigência: 36 meses a partir de 17/12/2018.

“Serviços de manutenção preventiva e corretiva nos sistemas de


climatização, refrigeração, ventilação e pressurização das subestações
Objeto do Contrato:
principais e secundárias, instalações administrativas e operacionais da
operação Minas Rio da Anglo American.

Locais de Trabalho: Conceição do Mato Dentro, Tombos e Santo Antônio do Grama.

4
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

1.3 - ORGANOGRAMA / FLUXOGRAMA

5
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

6
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

7
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

1.4 - POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA INTEGRADA

8
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

2 – INTRODUÇÃO

A CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇO S.A. monitora os riscos ambientais através de um


conjunto de programas, procedimentos que tem por objetivo disciplinar os preceitos a serem
observados na organização e no ambiente de trabalho, de forma a tornar compatível o planejamento e o
desenvolvimento da atividade mineira com a busca permanente da segurança e saúde dos
trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle dos riscos
ambientais existentes ou que venham a ocorrer no ambiente de trabalho.

O PGR da CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇO S.A. e específico para os processos de mobilização
em contratos, para assim elaborar o PGR definitivo conforme levantamento dos riscos no local de
atuação, é parte integrante do conjunto mais amplo das iniciativas da empresa na preservação da saúde,
estando integrado com o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO.

2.1 - OBJETIVOS DO PGR

Preservar a saúde e integridade física dos trabalhadores, bem como o patrimônio da empresa,
através de ações que proporcionem melhorias nas condições dos ambientes, nos métodos e organização
do trabalho.

9
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

2.2 - ESTABELECIMENTOS DE METAS, PRIORIDADES E CRONOGRAMA.

 METAS

Eliminação dos acidentes do trabalho e doenças ocupacionais bem como a melhoria das
condições do ambiente de trabalho.

 PRIORIDADES

As ações e medidas de controles a serem implementadas terão as seguintes prioridades:

 Quando a situação na fase de antecipação ou reconhecimento estiver gerando risco grave e


iminente para a segurança e saúde dos trabalhadores.

 Quando a situação na fase de avaliação apresentar índices superiores os limites de tolerância


estabelecidos pela NR-15 da Portaria 3214/78, ou da ACGIH na ausência destes;

 Quando a situação na fase de avaliação apresentar índices entre o nível de ação e os limites de
tolerância.

CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO CONFORME PÁGINA 14

2.3 - RESPONSABILIDADES

 DA DIRETORIA / GERENTE

 Estabelecer, implantar e, principalmente, assegurar o cumprimento do PGR como parte


integrante da atividade da empresa.

 Informar aos trabalhadores os riscos ambientais que possam originar-se nos locais de trabalho,
os meios necessários para prevenir ou limitar tais riscos e para proteger-se dos mesmos.

 Considerar o conhecimento e percepção que os trabalhadores têm do processo de trabalho.

 Permitir aos empregados interromperem, imediatamente, suas atividades em caso de ocorrência


de riscos ambientais, tais que os coloquem em situação de risco grave e iminente para sua saúde
e segurança.

10
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

 Garantir a interrupção das tarefas, quando proposta pelos empregados, em função da existência
de risco grave e iminente, desde que confirmado o fato pelo superior hierárquico e Segurança do
Trabalho, que diligenciará as medidas cabíveis.

 Fornecer às empresas subcontratadas as informações sobre os riscos potenciais nas áreas em


que desenvolverão suas atividades.

 Programar e aplicar treinamentos com objetivo de instruir os empregados expostos.

 Propor soluções para eliminar / reduzir a exposição aos riscos.

 Acompanhar o desenvolvimento do PCMSO.

 Contribuir com informações técnicas e de organização do trabalho sobre os riscos à saúde dos
trabalhadores que podem ser causados por exposição aos agentes de risco.

 Cumprir e fazer cumprir as normas internas de segurança e saúde ocupacional da Vale, de todas
as ferramentas de SSO aplicáveis e procedimentos específicos das gerências inerentes para
execução das atividades.

 DA CHEFIA / SUPERVISÃO

 Permitir aos empregados interromperem, imediatamente, suas atividades em caso de ocorrência


de riscos ambientais, tais que os coloquem em situação de risco grave e iminente para sua saúde
e segurança.

 Cumprir e fazer cumprir as normas internas de segurança e saúde ocupacional da Vale, de todas
as ferramentas de SSO aplicáveis e procedimentos específicos das gerências inerentes para
execução das atividades.

 Colaborar e participar na implantação e execução do PGR inclusive de normas internas de


segurança e saúde, principalmente as relacionadas ao SSO.

 Cumprir as normas e orientações recebidas nos treinamentos oferecidos dentro do PGR.

 Inter-relacionar-se com as áreas de segurança e medicina do Trabalho da contratante no sentido


de estarem estudando e analisando soluções que reduzam, eliminem ou neutralizem os riscos.

11
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

 DO SESMT / DESIGNADO DA CIPAMIN

 Estabelecer, implantar e, principalmente, assegurar o cumprimento do PGR como parte


integrante da atividade da empresa.

 Elaboração do Mapa de Riscos em conjunto sendo SESMT e Designado da CIPAMIN.


 Informar aos trabalhadores os riscos ambientais que possam originar-se nos locais de trabalho,
os meios necessários para prevenir ou limitar tais riscos e para proteger-se dos mesmos.

 Considerar o conhecimento e percepção que os trabalhadores têm do processo de trabalho.

 Permitir aos empregados interromperem, imediatamente, suas atividades em caso de ocorrência


de riscos ambientais, tais que os coloquem em situação de risco grave e iminente para sua saúde
e segurança.

 Garantir a interrupção das tarefas, quando proposta pelos empregados, em função da existência
de risco grave e iminente, desde que confirmado o fato pelo superior hierárquico e Segurança do
Trabalho, que diligenciará as medidas cabíveis.

 Fornecer às empresas subcontratadas as informações sobre os riscos potenciais nas áreas em


que desenvolverão suas atividades.

 Programar e aplicar treinamentos com objetivo de instruir os empregados expostos.

 Propor soluções para eliminar / reduzir a exposição aos riscos.

 Acompanhar o desenvolvimento do PCMSO.

 Contribuir com informações técnicas e de organização do trabalho sobre os riscos à saúde dos
trabalhadores que podem ser causados por exposição aos agentes de risco;

 Cumprir e fazer cumprir as normas internas de segurança e saúde ocupacional da CETEST e da


Contratante, de todas as ferramentas de SSO aplicáveis e procedimentos específicos das
gerências inerentes para execução das atividades.

 O Programa de Gerenciamento de Riscos, suas alterações e complementações deverão ser


apresentados e discutidos na CIPAMIN, para acompanhamento das medidas de controle

12
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

 DOS EMPREGADOS

 Colaborar e participar na implantação e execução do PGR inclusive de normas internas de


segurança e saúde, principalmente as relacionadas ao SSO.

 Cumprir as normas e orientações recebidas nos treinamentos oferecidos dentro do PGR.

 Informar ao seu superior hierárquico direto ocorrências que, ao seu julgamento possam implicar
em riscos à sua saúde ou de subcontratados;

 Aplicar e cumprir o Programa de Segurança e Saúde Ocupacional da Contratante e todas as suas


ferramentas aplicáveis e procedimentos específicos da gerência gestora do contrato inerente à
execução das atividades.

 Colaborar na avaliação e identificação dos riscos gerados em seu posto de trabalho.

 Inter-relacionar-se com as áreas de segurança e medicina do Trabalho da Contratante no sentido


de estarem estudando e analisando soluções que reduzam, eliminem ou neutralizem os riscos.

2.4 - REGISTRO E MANUTENÇÃO DE DADOS

O registro e manutenção de dados são fundamentais para que, no futuro, se conheça o


histórico das revisões. Deverão ser estabelecidas sistemáticas para registro e manutenção
desses dados, sendo mantidos por um período mínimo de 20 anos e disponíveis para
fiscalização do Ministério do Trabalho e empregados.

2.5 - DIVULGAÇÃO

Deverá ser feita a divulgação do documento aos empregados de diversas formas, como por
exemplo: Treinamentos; Reuniões; boletins; SIPAT; CIPA; Campanhas, dentre outros.

13
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

3 – CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO

2019 2020
OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT
01 Apresentação do PGR para avaliação da Contratante CETEST P

02 Apresentar e discutir o PGR com a equipe de trabalho CETEST


P
03 Elaboração do PGR definitivo CETEST P
04 Elaboração da Análise Crítica do PGR CETEST P P
05 Revisar o Programa de Proteção Respiratória – PPR (caso necessário) CETEST P
06 Revisar o Programa de Conservação Auditiva – PCA (caso necessário) CETEST P
Atualização do Inventário dos Produtos Químicos conforme a FISPQ´s e CETEST P P P P P P P P P
07 P
divulgação aos empregados
08 Elaborar Análise Ergonômica do Trabalho após o início das atividades. CETEST P
09 Análise quantitativa do agente fumos metálicos CETEST P

LEGENDA: P – Previsto R – Realizado

______________________________________________
______________________________________________
DÉBORA CRISTINA SOARES NERI
EDSON PEREIRA SANTOS
Responsável pela elaboração do PGR
Responsável pela implementação do PGR
(Técnica em Segurança - CETEST)
(Engenheiro Mecânico)

14
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4 - ETAPAS DO PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4.1 - FASES DE ANTECIPAÇÃO / RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO

Foram identificados quantitativamente todos os agentes potenciais que poderão ser nocivos à
saúde de seus trabalhadores.

Para a execução destas atividades foram levantadas as seguintes funções/posto de trabalho:

Coordenador de Manutenção, Supervisor de Manutenção, Técnico de Segurança do Trabalho,


Técnico de Planejamento e Mecânico de Refrigeração.

4.1.1 - MONITORAMENTO DOS AGENTES FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS.


O Levantamento Ambiental será realizado conforme data prevista no cronograma de
implantação.

A CETEST MINAS adotará todas as medidas de controle existentes, antes e após o levantamento.

Em caso de mudanças significativas no processo e layout que venham impactar na execução das
atividades, serão realizadas novas avaliações.

4.1.2 - ATMOSFERAS EXPLOSIVAS


 Não aplicável a CETEST para o tipo de atividade a ser exercida na Anglo American.

4.1.3 - DEFICIÊNCIA DE OXIGÊNIO


 Não aplicável a CETEST para o tipo de atividade a ser exercida na Anglo American.

4.1.4 - VENTILAÇÃO
 Não aplicável a CETEST para o tipo de atividade a ser exercida na Anglo American.

15
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4.1.5 – PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA


Em todas as atividades e operações em que os empregados estejam expostos a poeiras, fumos,
névoas, fumaças, gases e vapores, em concentrações acima do Nível de Ação, é obrigatório o uso de
proteção respiratória adequada, especificada em função do agente e da concentração do mesmo.

Os empregados deverão receber os Equipamentos de Proteção Respiratória gratuitamente,


deverão ser treinados no seu uso correto, bem como manutenção e conservação.

Até que sejam realizadas as avaliações quantitativas, conforme cronograma de implantação, todos os
empregados expostos à poeira, fumos metálicos ou algum produto químico no qual a FISPQ recomenda,
deverão usar proteção respiratória, conforme especificado abaixo:
 Respirador semifacial sem manutenção PFF2.

Caso as avaliações ambientais registrem valores acima do nível de ação, as avaliações quantitativas de
riscos deverão ser realizadas anualmente, caso registrem valores abaixo do nível de ação, as avaliações
deverão ser feitas de 02 em 02 anos.

4.1.6 - INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE DE ACIDENTES DO TRABALHO


 Todos os acidentes ocorridos nas dependências e atividades da ANGLO AMERICAN, serão
investigados e analisados conforme procedimento Cetest e Anglo American. Após a conclusão da
investigação e análise do acidente, será formalizado um plano de ação visando o bloqueio das
causas levantadas.

 As medidas estabelecidas no plano de ação serão registradas, visando o acompanhamento


pelas gerencias ou gestores de contrato das medidas já implantadas e as que deverão ser
implantadas.

4.1.7 – ERGONOMIA E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO


Para a execução de tarefas envolvendo movimentos repetitivos bem como aquelas que envolvam
posturas inadequadas, e outras que por sua natureza ou método de execução possam representar riscos
aos trabalhadores, deverão ser observados os preceitos da NR-17.

Será elaborado uma Análise Ergonômica conforme cronograma de implantação.

16
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4.1.8 - RISCOS DECORRENTES DO TRABALHO EM ALTURA, EM PROFUNDIDADE E EM ESPAÇOS


CONFINADOS:

4.1.8.1 - RISCOS DECORRENTES DO TRABALHO EM ALTURA.


 Aplicável - Para a execução de tarefas envolvendo alturas superiores a 02 metros onde haja
risco de queda, deverão ser observados os preceitos da NR-35.

 O empregador deverá garantir a implementação das medidas de proteção estabelecidas na NR-


35.

 Assegurar a realização da Análise de Risco - AR e, quando aplicável, a emissão da Permissão


de Trabalho – PT.

 Desenvolver procedimento operacional para as atividades rotineiras de trabalho em altura.

 Assegurar a realização de avaliação prévia das condições no local do trabalho em altura, pelo
estudo, planejamento e implementação das ações e das medidas complementares de segurança
aplicáveis.

 Adotar as providências necessárias para acompanhar o cumprimento das medidas de proteção


estabelecidas na NR-35 pelas empresas contratadas.

 Garantir aos trabalhadores informações atualizadas sobre os riscos e as medidas de controle.

 Garantir que qualquer trabalho em altura só se inicie depois de adotadas as medidas de


proteção definidas na referida norma.

 Assegurar a suspensão dos trabalhos em altura quando verificar situação ou condição de risco
não prevista, cuja eliminação ou neutralização imediata não seja possível.

 Estabelecer uma sistemática de autorização dos trabalhadores para trabalho em altura.

 Assegurar que todo trabalho em altura seja realizado sob supervisão, cuja forma será definida
pela análise de riscos de acordo com as peculiaridades da atividade.

 Assegurar a organização e o arquivamento da documentação prevista.

 Promover programa para capacitação dos trabalhadores à realização de trabalho em altura bem
como avaliar o estado de saúde dos trabalhadores que exercem atividades em altura.

17
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4.1.8.2 - RISCOS DE ACIDENTES DECORRENTES DE TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS.


Não aplicável a CETEST para o tipo de atividade a ser exercida na Anglo American.

4.1.9 - RISCOS DECORRENTES DA UTILIZAÇÃO DE ENERGIAS.


Todo serviço com riscos decorrentes da utilização de energia elétrica só poderá ser executado por
profissional treinado, qualificado, autorizado, portando o crachá de risco crítico contendo o treinamento
na NR10, seguindo os preceitos da norma.

4.1.10 - RISCOS DECORRENTES DA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS LEVES E MÁQUINAS.

A operação de máquinas e equipamentos e a condução de veículos leves, nas dependências da


empresa, só podem ser feitas por trabalhador treinado, qualificado e autorizado, seguindo os preceitos
da NR12 e recebendo também o treinamento de Direção Defensiva.

4.1.11 - RISCOS DE ACIDENTES DECORRENTES DA EXECUÇÃO DE TRABALHOS MANUAIS


COM FERRAMENTAS PORTÁTEIS COM OU SEM FORÇA MOTRIZ PRÓPRIA.

Para a execução de todas as atividades e trabalhos manuais, deverão ser cumpridos os


procedimentos de SSO e procedimentos específicos da Anglo American.

Todos os serviços com riscos decorrentes da utilização de trabalhos manuais só poderão ser
executados por profissional treinado, qualificado e devidamente autorizado. Em caso de não
conformidades nas mesmas, interromper imediatamente a atividade.

18
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4.1.12 - EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL DE USO OBRIGATÓRIO

A CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. fornecerá gratuitamente aos empregados apenas
EPIs portadores de Certificado de Aprovação – CA, conforme NR06 – Equipamentos de Proteção
individual, além de manter na frente de obra as fichas de controle de sua distribuição e manter
arquivados os Certificados de Aprovação dos EPIs utilizados.

4.1.13 - ESTABILIDADE DOS MACIÇOS

 Não aplicável a CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. para o tipo de atividade a ser
exercida na Anglo American.

4.1.14 – OUTROS RISCOS DE MODIFICAÇÕES / NOVAS TECNOLOGIAS


A CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A., em caso de outros riscos, modificações, novas
tecnologias, métodos ou processo de trabalho se compromete a revisar o PGR de modo adequá-lo ao
novo cenário e condições de trabalho.

4.1.15 – AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS – Nível de Ação

A NR-22, item 22.3.7.1.2 diz que o PGR (Programa de Gerenciamento de Riscos) deve
considerar os níveis de ação acima dos quais devem ser desenvolvidos ações preventivas, de forma a
minimizar a probabilidade de ultrapassagem dos limites de exposição ocupacional, implementando-se
medidas para o monitoramento periódico da exposição, informação dos trabalhadores e o controle
médico.

Será considerada como “Nível de Ação” dos agentes citados abaixo:

A Exposição ao agente físico ruído, se considerado atingindo o nível de ação quando ultrapassar
uma dose de 50% para uma jornada de 8 horas;
Exposição a agentes químicos possuidores de Limites de Tolerância, se ultrapassar 50% do
Limite de Tolerância estabelecido;
Portanto, após avaliações quantitativas conforme cronograma de implantação, definirá se
as concentrações dos agentes avaliados ultrapassaram ou não o Nível de ação estabelecido nas
tabelas de monitoração.

19
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

4.2 - PLANO DE EMERGÊNCIA

Todos os funcionários da CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. deverão receber


treinamento no Plano de Emergência da empresa e logo após o início do contrato será elaborado um
especifico para o contrato.
.

TELEFONES ÚTEIS DA ANGLO AMERICAN

Ramal de emergência 8585 - 0800-0378585

TELEFONES ÚTEIS DA CONTRATADA

NOME CARGO ENDEREÇO TELEFONE


Coordenador de (31) 99324-0053
Edson Pereira Santos
Manutenção R. Henrique Cabral, 821 - Aeroporto,
Técnico de Segurança Belo Horizonte - MG, 31270-760
Débora Cristina Soares Neri (31) 99904-8141
do Trabalho

4.3 - MATRIZ DE RISCOS

20
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

21
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

5 - TABELA DE SEVERIDADE
Efeitos à Meio
Meio Ambiente
Saúde Ambiente Social & Direitos
Nível Segurança (Aspecto Reputacional Financeiro
(Saúde (Risco Humanos
Ambiental)
Ocupacional) Ambiental)
Repercussão
limitada:
situações nas
Efeitos Sem impacto Impacto pontual quais há o
Incidentes
reversíveis ambiental (uma pessoa ou conhecimento do
que
pouco significativo. Sem impacto uma família), sem público, mas não
demandam < US$
Leve 2 preocupantes ambiental afetar integridade existe interesse
somente 10.000
ou sem efeitos Para consumo, refere- significativo. física e sem público. A
primeiros
adversos se a menos que 10% necessidade de ocorrência não
socorros.
conhecidos. do total. remediação urgente. ultrapassa os
limites internos da
empresa e/ou de
suas unidades.
Com impacto Repercussão
ambiental local/ regional:
significativo, envolve algum
restrito ao limite interesse público
do local, alguma
Impactos pouco
empreendimento, atenção de
significativos, restrito
Incidentes afetando apenas autoridades
ao limite do Impacto local
sem áreas políticas
empreendimento ou (bairro,comunidade),
Efeitos afastamento antropizadas, estratégicas US$ 10.000
reversíveis com ações sem afetar
Moderada 4 reversíveis (com passível de locais e/ou mídia - US$
imediatas. integridade física e
preocupantes. restrição, com controle com local, com 100.000
sem necessidade de
tratamento adoção de ações possíveis
Para consumo, refere- remediação urgente.
médico). de contenção, aspectos
se a de 10% até 20%
limpeza, e adversos para as
do total.
adequação da operações.
operação, sem Repercussão
efeitos adversos limitada no
ao meio ambiente
ambiente. organizacional
Repercussão
regional /
nacional:
preocupação
pública/ da
mídia / política
regional. Situação
de impacto
médio, com risco
Com impacto iminente de
ambiental envolvimento das
significativo, autoridades
Impactos médios, que restrito ao limite políticas
podem ou não do estratégicas
extrapolar o limite do empreendimento, locais e regionais
empreendimento, afetando áreas (em menor
capazes de alterar a antropizadas escala) e da
qualidade ambiental e/ou naturais, Impacto regional mídia. É comum
(ar, água, solo e passível de (um ou mais existir interesse
Efeitos Incidentes recursos naturais) ou controle com municípios) sem público regional, US$ 100.000
Grave 8 reversíveis com reversíveis com ações adoção de ações afetar integridade ampla - US$
severos. afastamento. mitigadoras e de contenção, física e sem repercussão na 1.000.000
corretivas. limpeza, e necessidade de mídia regional,
adequação da remediação urgente algumas
Para consumo, refere- operação e que coberturas na
se a mais que 20% e demandam mídia nacional e
menos que 40% do projeto de atenção política
total. mitigação e regional. Pode
reparação dos haver
efeitos adversos envolvimento
ao meio adverso de
ambiente. grupos de ação e
ou do governo
local / regional.
Atenção para
possíveis reações
de sindicatos de
trabalhadores e
de redes sociais.
Repercussão
local no ambiente

22
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Repercussão
nacional:
preocupação
pública/ da
mídia / política
nacional.
Situação de alto
impacto, por
Impactos severos, Com impacto
envolver
alcançando áreas ambiental
interesse público
externas ao limite do significativo,
nacional,
empreendimento, com alcançando
cobertura de
potencial para causar áreas externas
mídia nacional,
impactos irreversíveis ao limite do
repercussões
ao meio ambiente, empreendimento, Impacto pontual
junto a
Incidentes mesmo com ações afetando áreas (uma pessoa ou
autoridades US$
incapacitantes mitigadoras e antropizadas, uma família), sem
Efeitos governamentais 1.000.000 -
Crítica 16 permanentes corretivas. Requerem passível de afetar integridade
irreversíveis estratégicas US$
ou 01 (uma) extensas medidas de controle com física, com ou sem
(local, regional, 10.000.000
fatalidade. restauração. adoção de ações necessidade de
nacional), com
de contenção, remediação urgente.
medidas
Para consumo, refere- limpeza, e
restritivas ao
se a mais que 40% e adequação da
negócio. Também
menos que 60% do operação, sem
tende a mobilizar
total. efeitos adversos
grupos de ação.
ao meio
Atenção para
ambiente.
possíveis reações
de sindicatos de
trabalhadores e
redes sociais.
Repercussão
local e regional
no ambiente
organizacional.
Repercussão
pública/ da
mídia / política
nacional e
internacional.
Situação de alto
Impactos severos em Com impacto
impacto, por
áreas sensíveis ou se ambiental
envolver
estendendo para fora significativo,
interesse público
do limite do alcançando
nacional e
empreendimento. áreas externas
internacional,
Impacto considerado ao limite do
cobertura de
acima dos níveis empreendimento,
mídia nacional e
máximos aceitáveis. afetando áreas
Impacto pontual internacional,
Impacto ambiental antropizadas
(uma pessoa ou repercussões
persistente que cause e/ou naturais,
uma família) e/ou junto a
Incidente ou possa causar passível de
Risco de vida Impacto local autoridades
resultando em severa redução da controle com > US$
Catastrófica 32 ou doenças (bairro,comunidade) governamentais
mútliplas disponibilidade de adoção de ações 10.000.000
incapacitantes. e/ou regional (um ou estratégicas(local,
fatalidades. recursos, autuação de contenção,
mais municípios), regional e
por autoridade limpeza, e
afetando integridade nacional), com
competente e/ou adequação da
física. medidas
alteração/redução operação e que
restritivas ao
severa de demandam
negócio. Também
habitat/biodiversidade. projeto de
tende a mobilizar
mitigação e
grupos de ação.
reparação dos
Atenção para
Para consumo, refere- efeitos adversos
possíveis reações
se a mais que 60% do ao meio
de sindicatos de
total ambiente.
trabalhadores e
redes sociais.
Repercussão
nacional no
ambiente
organizacional.

23
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

6 - CLASSIFICAÇÃO DO EFEITO

EFEITO CONCEITO
Sem danos ou danos insignificantes aos equipamentos, à
propriedade e/ou ao meio ambiente; não ocorrem
Leve lesões/mortes, o máximo que pode ocorrer são casos de
primeiros socorros ou tratamento médico menor.
O agente identificado e avaliado está abaixo nível de ação.
Danos leves aos equipamentos, à propriedade e/ou ao meio
ambiente; lesões leves.
Moderado
O agente identificado e avaliado está acima do nível de ação,
porém abaixo do limite de tolerância.
Danos severos aos equipamentos, à propriedade e/ou ao
meio ambiente; lesões de gravidade maior, possibilidade
Severo remota de morte.
O agente identificado e avaliado esta acima do limite de
tolerância.
Danos irreparáveis aos equipamentos, à propriedade e/ou ao
meio ambiente (reparação lenta ou impossível); provoca
Intolerável morte ou lesões graves.
O agente identificado envolve risco grave e iminente.

7 - TABELA DE EXPOSIÇÃO E FREQUÊNCIA

FREQUÊNCIA/ TEMPO DE EXPOSIÇÃO CONCEITO


Atividades que são realizadas com frequência, ocupando a
Habitual e Permanente
maior parte do dia.
Atividades que são realizadas com frequência, ocupando
Habitual e Intermitente
somente parte do dia.
Atividades que são realizadas de vez em quando, ocupando a
Eventual e Permanente
maior parte do dia.
Atividades que são realizadas de vez em quando, ocupando
Eventual e Intermitente
somente parte do dia.

24
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

8 - MEDIDAS DE CONTROLE

8.1 - MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA

A CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A., faz uso de suas normas e seus procedimentos
para orientar, treinar e capacitar os funcionários quanto às medidas de controle coletivos que
proporcionam maior segurança na execução de suas tarefas.

Através destes treinamentos e procedimentos, os funcionários recebem orientações diversas tais


como:

 Sinalizar à área para a execução da tarefa de forma segura tanto para os envolvidos direto quanto
indiretos, com a utilização de cones, fita zebrada, placas de informações, colete refletivo, alerta
sonoro e iluminação.

 Fazer uso de sistemas de bloqueio de fontes hidráulicas, mecânicas, elétricas e outras fontes
geradoras de riscos.

 Os funcionários são orientados a respeitar as normas de nossos clientes no que diz respeito à
utilização e conservação dos equipamentos de proteção coletiva e das medidas de proteção
coletiva oferecidas pelos nossos clientes, como por exemplo, corrimão, cabos guia, passarelas,
regras de trânsito, guarda-corpo, além de orientação básicas de utilização de equipamentos de
combate a princípio de incêndios.

8.2 - MEDIDAS ADMINISTRATIVAS OU DE ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

A CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A., possui procedimentos de segurança e saúde


ocupacional, que são repassados para os funcionários através de através de treinamentos e material de
informações contendo todas as normas da empresa no diz respeito a segurança e saúde do ocupacional.
Os funcionários recebem uma ordem de serviço contento suas obrigações no que diz respeito à
segurança e saúde, assim como as penalidades pelo descumprimento das normas de segurança impostas
pela legislação vigente, pela Cetest e pelo Cliente .

8.3 - MEDIDAS DE ORDEM INDIVIDUAL (EPI)

A CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A., faz uso de suas normas e seus procedimentos
para orientar, treinar e capacitar os funcionários quanto às medidas ordem individuais (EPI) que
proporcionam maior segurança na execução de suas tarefas.
25
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

9 - TABELA DE EPI X FUNÇÃO.

TRABALHO**TÉCNICO DE SEGURANÇA DO
SUPERVISOR DE MANUTENÇÃO

MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO
TÉCNICO DE PLANEJAMENTO
**COORDENADOR DE MANUTENÇÃO

EPI
PERIODICIDADE DE TROCA

ABAFADOR DE RUÍDO TIPO


E P E P P *06 MESES
CONCHA OU TIPO PLUG

*01 ANO OU QUANDO


BOTINA COM BIQUEIRA DE DETECTAO ALGUM DANO
O O O O O
COMPOSITE IMPRÓPRIO PARA O USO

*02 ANO OU QUANDO


CAPACETE DE SEGURANÇA COM
E O E E O DETECTAO ALGUM DANO
JUGULAR
IMPRÓPRIO PARA O USO
*MEDIANTE CHECK LIST E
CINTO DE SEGURANÇA C/ INSPEÇÃO PREVIA DO
N/A E E N/A E
TALABARTE DUPLO EQUIPAMENTO.: CONFORME
VIGÊNCIA DO CA.
*02 MESES. PODENDO SER
N/A O N/A N/A O CREME DE PROTEÇÃO
REVALIDADO.

N/A E N/A N/A E LUVA DE PVC CURTA OU LONGA *02 MESES

*01 ANO OU QUANDO


N/A E N/A N/A E AVENTAL DE PVC DETECTAO ALGUM DANO
IMPRÓPRIO PARA O USO

N/A O NA N/A O LUVA DE VAQUETA *04 MESES

N/A O NA N/A O LUVA MULTITATO *02 MESES

ÓCULOS DE SEGURANÇA PARA


N/A E N/A N/A E SOLDA LENTE VERDE TON. 3.0 – *06 MESES
5.0
*01 ANO OU QUANDO
N/A E N/A N/A E AVENTAL DE RASPA DETECTAO ALGUM DANO
IMPRÓPRIO PARA O USO

ÓCULOS DE SEGURANÇA
O O O E O * 05 meses
INCOLOR

MÁSCARA DESCARTÁVEL *De acordo com exposição ao


N/A E NA N/A E
SEMIFACIAL PFF2 risco

*01 ANO OU QUANDO


N/A O NA N/A O UNIFORME ANTI-CHAMA DETECTAO ALGUM DANO I
MPRÓPRIO PARA O USO
*01 ANO OU QUANDO
N/A E N/A N/A E VESTIMENTA TERMICA DETECTAO ALGUM DANO I
MPRÓPRIO PARA O USO

Legenda:
O = EPI Uso Obrigatório P = EPI Porte Obrigatório NA = Não se aplica E = Uso Eventual

26
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

*Os equipamentos serão substituídos de acordo com as condições de uso e mediante qualquer
alteração que o torne impróprio para o uso em conformidade com as disposições da Norma
Regulamentadora – 6 (NR-06).
** Exposição eventual, EPI´s definidos para serem utilizados em visitas técnicas.

27
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

10 - MONITORAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL

28
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

ANTECIPAÇÃO, RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS.

Nome da Empresa: CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. Nº Contrato: 5900042047


GHE: 01 Setor: Manutenção Função: Coordenador de Manutenção Nº de empregados na função: 01
Duração da Jornada de Trabalho:
Descrição do local de Trabalho: Atividades de visitas técnicas executadas nas áreas dependências da Anglo American, sendo
Segunda à quinta de 07:00 às 17:00
ambientes diversos abertos e fechados.
Sexta-feira de 07:00 às 16:00
Descrição das Atividades exercidas: Coordenar os serviços de manutenção preventiva e corretiva nos sistemas de climatização, refrigeração, ventilação e pressurização das
subestações principais e secundárias, instalações administrativas e operacionais da Anglo American. Participar de projetos de investimentos em novos equipamentos e
comitês, estabelecendo estratégias operacionais assegurando que sejam realizadas dentro das normas. Motivar e dirigir equipes técnicas e administrativas.
Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Medidas
de
Tipo Classificação Metodologia Principais Tipo de Possíveis
Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível Trajetória/Meio Medidas de controle controle
de do Nível de L.T utilizada/ Fontes Exposição E danos à
Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação de Propagação propostas Individuais
Risco Risco Equipamento Geradoras Frequência saúde

existentes

Sinalização nas áreas


Visitas Técnicas obrigando o uso do
Protetor
próximo a Perda protetor auditivo,
80 85 auricular
máquinas e Aérea/Ondas Eventual e Auditiva, monitoração do risco,
Físico Ruído 2 Leve Baixo 6 - - dB(A dB(A - tipo
equipamentos Sonoras Intermitente stress, treinamentos/palestras
) ) concha ou
em fadiga. e participação em
plug
funcionamento campanhas de
segurança.

Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:


 De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

29
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas
Intensidad de
Classificaç Classificação Metodologia Principais Trajetória/M Tipo de Possíveis Medidas de
Tipo de Agente Severidade e/ Data da Nível controle
ão do do Nível de L.T utilizada/ Fontes eio de Exposição E danos à controle
Risco Ambiental do Risco Concentraç avaliação Ação Individuais
Efeito Risco Equipamento Geradoras Propagação Frequência saúde propostas
ão já
existentes

Umidificação
Poeira Mineral Deslocament Aérea, / Via Doenças das vias para
Químico 2,0 4,0 Eventual e
(Respirável e 2 Leve Baixo 6 - o nas áreas respiratória. Respirató diminuir a -
mg/m³ mg/m³ Intermitente
Total) da mina rias precipitação
de poeiras

Realizar
Poderá Realizar Pausas
Exigência de causar análise
Exercício Movimento durante as
postura Eventual e dores ergonômica,
Ergonômico 2 Leve Baixo 6 Qualitativo N/A N/A N/A - das suas do corpo/ atividades
inadequada / Intermitente lombares conforme a
atividades Contato para
Incorreta e Desvios natureza das
Posturais atividades. alongamen
to
Grandeza
com
potencial
para
causar Atenção
Queda do Moderado Pisos Pisos Eventual e Calçado de
Acidente 4 Moderado Qualitativo N/A N/A N/A - lesões ou redobrada ao
mesmo nível 12 salientes salientes Intermitente Segurança
danos à transitar
saúde e à
seguranç
a das
pessoas.
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

30
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

INCLUDEPI ANTECIPAÇÃO, RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS.


CTURE
"https://logo.e
mpregos.com.
br/109888_G.
jpg" \*
MERGEFOR
MATINET
INCLUDEPI
CTURE
"https://logo.e
mpregos.com.
br/109888_G.
jpg" \*
MERGEFOR
MATINET
INCLUDEPI
CTURE
"https://logo.e
mpregos.com.
br/109888_G.
jpg" \*
MERGEFOR
MATINET
INCLUDEPI
CTURE
"https://logo.e
mpregos.com.
br/109888_G.
jpg" \*
MERGEFOR
31
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

MATINET

Nome da Empresa: CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. Nº Contrato: 4600019827


GHE: 01 Setor: CM 312- CMD Função: Engenheiro Mecânico Nº de empregados na função: 01
Duração da Jornada de Trabalho:
Descrição do local de Trabalho: Atividades de visitas técnicas executadas nas áreas dependências da Anglo American, sendo
Segunda à quinta de 07:00 às 17:00
ambientes diversos abertos e fechados.
Sexta-feira de 07:00 às 16:00
Descrição das Atividades exercidas: Gerenciar os serviços de engenharia de manutenção preventiva e corretiva nos sistemas de climatização, refrigeração, ventilação e pressurização
das subestações principais e secundárias, instalações administrativas e operacionais da Anglo American. Participar de projetos de investimentos em novos equipamentos e
comitês, estabelecendo estratégias operacionais assegurando que sejam realizadas dentro das normas. Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade
e proteção ao meio ambiente.

Medidas
de
Classificação Metodologia Principais Tipo de Possíveis
Tipo de Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível Trajetória/Meio Medidas de controle controle
do Nível de L.T utilizada/ Fontes Exposição E danos à
Risco Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação de Propagação propostas Individuais
Risco Equipamento Geradoras Frequência saúde

existentes

Sinalização nas áreas


Visitas Técnicas obrigando o uso do
Protetor
próximo a Perda protetor auditivo,
80 auricular
85 máquinas e Aérea/Ondas Eventual e Auditiva, monitoração do risco,
Físico Ruído 2 Leve Baixo 6 - - dB(A - tipo
dB(A) equipamentos Sonoras Intermitente stress, treinamentos/palestras
) concha ou
em fadiga. e participação em
plug
funcionamento campanhas de
segurança.

Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:


 De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

32
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas
de
Intensidad
Classificaç Classificação Metodologia Principais Trajetória/M Tipo de Possíveis Medidas de controle
Agente Severidad e/ Data da Nível
Tipo de Risco ão do do Nível de L.T utilizada/ Fontes eio de Exposição E danos à controle Individu
Ambiental e do Risco Concentraç avaliação Ação
Efeito Risco Equipamento Geradoras Propagação Frequência saúde propostas ais já
ão
existent
es

Umidificação
Poeira Mineral Deslocament Aérea, / Via Doenças das vias para
Químico 2,0 4,0 Eventual e
(Respirável e 2 Leve Baixo 6 - - - o nas áreas respiratória. Respirató diminuir a -
mg/m³ mg/m³ Intermitente
Total) da mina rias precipitação
de poeiras

Realizar
Poderá Realizar Pausas
Exigência de causar análise durante
Exercício Movimento
postura Eventual e dores ergonômica, as
Ergonômico 2 Leve Baixo 6 Qualitativo N/A N/A N/A - das suas do corpo/
inadequada / Intermitente lombares conforme a atividad
atividades Contato
Incorreta e Desvios natureza das es para
Posturais atividades. alongam
ento
Grandeza
com Calçado
potencial de
para Seguran
causar Atenção ça/
Queda do Moderado Pisos Pisos Eventual e
Acidente 4 Moderado Qualitativo N/A N/A N/A - lesões ou redobrada ao Capacet
mesmo nível 12 salientes salientes Intermitente
danos à transitar e/Óculo
saúde e à s de
seguranç seguran
a das ça
pessoas.
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

33
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

ANTECIPAÇÃO, RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS.

Nome da Empresa: CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. Nº Contrato: 4600019827


Função: Supervisor de Manutenção Nº de empregados na função: 01
Função: Mecânico de Refrigeração Junior Nº de empregados na função: 02
GHE: 02 Setor: Manutenção
Função: Mecânico de Refrigeração Nº de empregados na função: 03
Função: Mecânico de Refrigeração Sênior Nº de empregados na função: 04
Duração da Jornada de Trabalho:
Descrição do local de Trabalho: Atividades executadas nas áreas dependências da Anglo American, sendo ambientes diversos
Segunda à quinta de 07:00 às 17:00
abertos e fechados e/ou com diferença de níveis.
Sexta-feira de 07:00 às 16:00
Descrição das Atividades exercidas Supervisor de Manutenção: Supervisionar serviços de manutenção preventiva e corretiva nos sistemas de climatização, refrigeração, ventilação
e pressurização das subestações principais e secundárias, instalações administrativas e operacionais da Anglo American. Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene,
qualidade e proteção ao meio ambiente.
Descrição das Atividades exercidas Mecânico de Refrigeração: Executar serviços de manutenção preventiva e corretiva nos sistemas de climatização, refrigeração, ventilação e
pressurização das subestações principais e secundárias, instalações administrativas e operacionais da Anglo American. Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade
e proteção ao meio ambiente.

Medidas
de
Tipo Classificação Metodologia Principais Trajetória/M Tipo de Possíveis
Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível Medidas de controle
de do Nível de L.T utilizada/ Fontes eio de Exposição E danos à
Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação controle propostas Individuais
Risco Risco Equipamento Geradoras Propagação Frequência saúde

existentes
Sinalização nas
áreas obrigando o
Ruído de uso do protetor
Protetor
máquinas e Perda auditivo,
auricular
01/04/20 80 85 Dosímetro de equipamento Ar / ondas Habitual e Auditiva, monitoração do
Físico Ruído 4 Moderado Médio 36 76,4 dB(A) tipo
19 dB(A) dB(A) ruído WED 007 s em sonoras Intermitente stress, risco,
concha ou
funcionament fadiga. treinamentos/pales
o plug
tras e participação
em campanhas de
segurança.
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

34
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Metodologia Medidas de
Severida Classificação Principais Trajetória/M Tipo de Possíveis Medidas de
Tipo de Agente Classificação Intensidade / Data da Nível utilizada/ controle
de do do Nível de L.T Fontes eio de Exposição E danos à controle
Risco Ambiental do Efeito Concentração avaliação Ação Equipament Individuais já
Risco Risco Geradoras Propagação Frequência saúde propostas
o existentes

Sem a Óculos lente


devida Palestras e
escura com
Atividade de proteção participação
Radiação Ondas tonalidade
Brasagem Eventual e pode causar em
não 2 Moderado Médio 26 Qualitativo N/A N/A N/A - Eletromagné filtrante.
intermitente perturbações campanhas
Ionizante ticas Avental de
visuais, de
conjuntivite, Raspa, Luva
segurança.
catarata. de Vaqueta.

Doenças do Palestras e
aparelho participação Luvas de PVC
Ambiente Aérea, via
Físico Eventual e respiratório, em e Avental de
Umidade 2 Leve Baixo 16 Qualitativo N/A N/A N/A - úmido/ Lavar cutânea,
intermitente doenças de campanhas PVC.
equipamentos respiratória.
pele, doenças de
circulatórias. segurança.

Pode causar Palestras e


12ºC Serviços a rachaduras e participação
serem necrose na
até Aérea, via Eventual e em Vestimentas
Frio 2 Leve Baixo 16 - - - - executados pele,
-17,9 cutânea Intermitente campanhas térmicas
dentro da agravamento
ºC câmara fria de doenças de
reumáticas. segurança.
Treinamento
Manutenção da FISQP,
de máquinas palestras e Creme de
Composição Eventual e participação proteção
Químico Óleos 4 Moderado Médio 24 Qualitativo N/A N/A N/A - Contato Dermatite
do Óleo intermitente em e/ou luvas de
Minerais
Lubrificante e campanhas PVC.
da Graxa de
segurança.
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

35
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas
Classificação Data da Metodologia Principais Tipo de Possíveis Medidas de de controle
Tipo de Agente Severidade Classificação Intensidade / Nível Trajetória/Meio
do Nível de avaliaçã L.T utilizada/ Fontes Exposição E danos à controle Individuais
Risco Ambiental do Risco do Efeito Concentração Ação de Propagação
Risco o Equipamento Geradoras Frequência saúde propostas já
existentes

Umidificação
das vias para
diminuir a
precipitação
Deslocamento
Poeira de poeiras.
Bomba nas áreas da Aérea, / Via Respirador
Mineral 0,76 mgm³ 01/04/2 2,0 4,0 Habitual e Doenças Sinalização
4 Moderado Médio 26 Gravimétrica mina e respiratória. descartável
(Respirável 0,95 mgm³ 019 mg/m³ mg/m³ Intermitente Respiratórias nas áreas
+ Ciclone Limpeza de PFF2.
e Total) obrigando o
filtros
uso do
respirador
Químic descartável
o PFF2.
Pode causar
Fumos doenças
0,08 0,16 Óculos
metálicos pulmonares, Equipamentos
mg mg lente
(Cobre) obstrutiva, com válvulas
escura com
febre de corta chama e
Fumos Quantitativo Aérea, / Via tonalidade
0,04 0,08 Eventual e fumos de retrocesso;
metálicos 8 Moderado Médio (24) Conforme - - Brasagem respiratória. filtrante.
mg mg intermitente metálicos, treinamento
(Prata) cronograma Avental de
intoxicação específico
especifica de Raspa, Luva
Fumos para a
0,88 1,76 acordo com de
metálicos atividade.
mg mg o metal. Vaqueta.
(Zinco)
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

36
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas de
Classificação Metodologia Principais Trajetória/ Tipo de Possíveis Medidas de
Tipo de Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível controle
do Nível de L.T utilizada/ Fontes Meio de Exposição E danos à controle
Risco Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação Individuais
Risco Equipamento Geradoras Propagação Frequência saúde propostas
já existentes

Óculos lente
Asfixiante, incolor,
Seguir
Atividade de Aérea e Eventual e irritação respirador
Acetileno 16 Moderado Médio32 Qualitativo N/A N/A N/A - diretrizes da
brasagem Contato Intermitente nos olhos, PFF2,
FISPQ
sonolência. Capacete de
segurança.

Qualitativo Óculos lente


Concentração Asfixiante, incolor,
Teste de Seguir
mínima de Eventual e irritação respirador
Nitrogênio 16 Moderado 32 N/A N/A N/A - estanqueida Aérea diretrizes da
oxigênio Intermitente nos olhos, PFF2,
de FISPQ
deverá ser de sonolência. Capacete de
Químico 18%. segurança.
Desobstruçã
Asfixiante, Óculos lente
o das Seguir
Clorodifluor Aérea e Eventual e irritação incolor e
16 Moderado 32 Qualitativo N/A N/A N/A - tubulações / diretrizes da
metano Contato Intermitente nos olhos, luva de
Composição FISPQ
sonolência. vaqueta
do R-22
Outros
Óculos lente
agentes Atividade de
Asfixiante, incolor,
químicos brasagem Seguir
Aérea e Eventual e irritação respirador
não 16 Moderado 32 Qualitativo N/A N/A N/A - diretrizes da
Contato Intermitente nos olhos, PFF2,
normatizado Oxigênio FISPQ
sonolência. Capacete de
s pela NR-15
segurança.
e ACGIH.
Realizar Luva de
Limpeza dos sempre a segurança e
Bactérias e filtros de ar Aérea e Habitual e Disenterias preventiva máscara ao
Biológico 2 Leve Baixo 16 Qualitativo N/A N/A N/A -
fungos e bandeja Contato Intermitente bacterianas nos realizar a
coletora equipament limpeza dos
os filtros
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

37
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas
Classificação Metodologia Principais Tipo de Possíveis Medidas de de controle
Tipo de Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível Trajetória/Meio
do Nível de L.T utilizada/ Fontes Exposição E danos à controle Individuais
Risco Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação de Propagação
Risco Equipamento Geradoras Frequência saúde propostas já
existentes
Uso do
carrinho par
Levantamento Situações
transporte de
e transporte que causam
peças
Manual de stress físico
O respeitando a
cargas e e /ou
exercício Movimento, Habitual e capacidade
Ergonômico volumes. 4 Moderado Médio (52) Qualitativo N/A N/A N/A - psíquico, -
das suas corpo intermitente física para
doenças
atividades. levantamento
Postura de pé circulatórias
de peso.
por longos e lesões na
Treinamentos/
períodos. coluna.
campanhas/
palestras

Atenção
Queda do Piso Habitual e Calçado de
Acidente 2 Moderado Médio (26) Qualitativo N/A N/A N/A - Piso irregular Lesões redobrada ao
mesmo nível. irregular permanente Segurança
transitar

Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:


De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

38
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas de
Classificação Data da Metodologia Principais Tipo de Possíveis Medidas de
Tipo de Agente Severidade Classificação Intensidade / Nível Trajetória/Meio controle
do Nível de avaliaçã L.T utilizada / Fontes Exposição E danos à controle
Risco Ambiental do Risco do Efeito Concentração Ação de Propagação Individuais
Risco o Equipamento Geradoras Frequência saúde propostas
já existentes

Treinamento
Condução de
especifico para a
Abalroamento, veículo e
Habitual e atividade. Uso
colisão, 32 Moderado Médio (64) Qualitativo N/A N/A N/A - movimentação Acidentes Lesões -.
intermitente obrigatório de
atropelamento. pelas áreas da
giroflex,
mina
bandeirola,
Painéis Treinamento da
elétricos de NR-10, primeiros
força e Corrente socorros,
Choque comando de elétrica Eventual e Queimaduras, combate a Uniformes
16 Moderado Médio (48) N/A N/A N/A -
Elétrico Qualitativo funcionamento causando intermitente lesões incêndio, anti chama.
das maquinas choque elétrico bloqueio e
Acidente de bloqueio de
refrigeração. energia.
Capacete de
segurança
Acesso a Aplicação dos
com jugular,
Trabalho em Qualitativo - equipamentos
Eventual e Múltiplas
procedimentos
calçado de
16 Moderado Médio (32) N/A N/A N/A instalados Queda de segurança
altura intermitente lesões segurança,
acima de específicos da
cinto de
2,00m atividade.
segurança
paraquedista
Reconhecimento
do risco,
orientação em
Projeção de
8 2 Médio (32) Qualitativo N/A N/A N/A - Operações
Aérea
Eventual e Lesões nos
DSS,
Óculos de
partículas diversas intermitente olhos proteção
treinamentos
quanto à
proteção visual.
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

39
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

ANTECIPAÇÃO, RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS.

Nome da Empresa: CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. Nº Contrato: 4600019827


Função: Técnico de
GHE: 03 Setor: ADMINISTRATIVO Nº de empregados na função: 01
Planejamento
Duração da Jornada de Trabalho:
Descrição do local de Trabalho: Atividades executadas nas áreas dependências da Anglo American, sendo ambientes diversos abertos e
Segunda à quinta de 07:00 às 17:00
fechados.
Sexta-feira de 07:00 às 16:00
Descrição das Atividades exercidas: Executar e garantir a qualidade do planejamento, programação e controle dos serviços de manutenção.

Medidas
Tipo Classificação Metodologia Principais Tipo de Possíveis de controle
Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível Trajetória/Meio Medidas de controle
de do Nível de L.T utilizada/ Fontes Exposição E danos à Individuais
Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação de Propagação propostas
Risco Risco Equipamento Geradoras Frequência saúde já
existentes

Sinalização nas áreas


Verificar itens
obrigando o uso do
de máquinas e
Perda protetor auditivo, Protetor
Dosímetro de equipamentos
80 85 Aérea/Ondas Habitual e Auditiva, monitoração do risco, auricular
Físico Ruído 2 Leve Baixo 6 74,5 dB(A) - ruído WED em
dB(A) dB(A) Sonoras Intermitente stress, treinamentos/palestras tipo concha
007 funcionamento
fadiga. e participação em ou plug
para o
campanhas de
planejamento
segurança.

Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:


De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

40
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas
de
Severidad Classificação Data da Metodologia Principais Trajetória/ Tipo de Possíveis Medidas de
Tipo de Agente Classificaçã Intensidade / Nível controle
e do do Nível de avaliaçã L.T utilizada / Fontes Meio de Exposição E danos à controle
Risco Ambiental o do Efeito Concentração Ação Individuais
Risco Risco o Equipamento Geradoras Propagação Frequência saúde propostas

existentes

Umidificação
Poeira Mineral 2,0 4,0 Bomba Deslocamento Aérea, / Via Doenças das vias para
Químico 0,76 mgm³ Habitual e
(Respirável e 2 Leve Baixo 6 - mg/m mg/m Gravimétrica + nas áreas da respiratória. Respiratória diminuir a -
0,95 mgm³ Intermitente
Total) ³ ³ Ciclone mina s precipitação
de poeiras

Realizar
Realizar Pausas
Poderá
Exigência de análise
Exercício das Movimento causar dores durante as
postura Habitual e ergonômica,
Ergonômico 2 Leve Baixo 6 Qualitativo N/A N/A N/A - suas do corpo/ lombares e atividades
inadequada / Intermitente conforme a
atividades Contato Desvios para
Incorreta natureza das
Posturais alongamen
atividades.
to
Grandeza
com
potencial
para causar
Atenção
Queda do Moderado Pisos Pisos Habitual e lesões ou Calçado de
Acidente 4 Moderado Qualitativo N/A N/A N/A - redobrada ao
mesmo nível 12 salientes salientes Intermitente danos à Segurança
transitar
saúde e à
segurança
das
pessoas.
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

41
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

ANTECIPAÇÃO, RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS OCUPACIONAIS.

Nome da Empresa: CETEST MINAS ENGENHARIA E SERVIÇOS S.A. Nº Contrato: 4600019827


Função: Técnico de Segurança
GHE: 04 Setor: ADMINISTRATIVO/MANUTENÇÃO Nº de empregados na função: 01
do Trabalho
Duração da Jornada de Trabalho:
Descrição do local de Trabalho: Visitas técnicas e inspeções de segurança executadas nas áreas dependências da Anglo American,
Segunda à quinta de 07:30 às 17:30
sendo ambientes diversos abertos e fechados.
Sexta-feira de 07:30 às 16:30
Descrição das Atividades exercidas: Elaborar, participar da elaboração e implementar política de saúde e segurança no trabalho. Realizar auditorias,
campanhas, avaliações nas áreas, participar de perícias e fiscalizações. Identificar variáveis de controle de doenças, acidentes, qualidade de
vida e meio ambiente. Gerenciar documentações de sst e investigar, analisar acidentes e recomendar medidas de prevenção e controle.
Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Medidas
Trajetória/ de
Tipo Classificação Metodologia Principais Tipo de Possíveis
Agente Severidade Classificação Intensidade / Data da Nível Meio de Medidas de controle controle
de do Nível de L.T utilizada / Fontes Exposição E danos à
Ambiental do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação Propagaçã propostas Individuais
Risco Risco Equipamento Geradoras Frequência saúde
o já
existentes

Sinalização nas áreas


Visitas Técnicas obrigando o uso do
Protetor
próximo a Perda protetor auditivo,
auricular
80 85 máquinas e Aérea/Ond Eventual e Auditiva, monitoração do risco,
Físico Ruído 2 Leve Baixo 6 - - - tipo
dB(A) dB(A) equipamentos as Sonoras Intermitente stress, treinamentos/palestras
concha ou
em fadiga. e participação em
plug
funcionamento campanhas de
segurança.

Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:


De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

42
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

Medidas
de
Classificaçã Metodologia Principais Trajetória/ Tipo de Possíveis Medidas de
Tipo de Agente Severidad Classificação Intensidade / Data da Nível controle
o do Nível L.T utilizada / Fontes Meio de Exposição E danos à controle
Risco Ambiental e do Risco do Efeito Concentração avaliação Ação Individuais
de Risco Equipamento Geradoras Propagação Frequência saúde propostas

existentes

Umidificação
Poeira
2,0 4,0 Deslocamento Aérea, / Via Doenças das vias para
Químico Mineral Eventual e
2 Leve Baixo 6 - - mg/ mg/ - nas áreas da respiratória. Respiratória diminuir a -
(Respirável e Intermitente
m³ m³ mina s precipitação
Total)
de poeiras

Realizar
Realizar Pausas
Poderá
Exigência análise
Exercício das Movimento causar dores durante as
de postura Eventual e ergonômica,
Ergonômico 2 Leve Baixo 6 Qualitativo N/A N/A N/A - suas do corpo/ lombares e atividades
inadequada Intermitente conforme a
atividades Contato Desvios para
/ Incorreta natureza das
Posturais alongamen
atividades.
to
Grandeza
com
potencial
para causar
Atenção Calçado de
Queda do Moderado Pisos Pisos Eventual e lesões ou
4 Moderado Qualitativo N/A N/A N/A - redobrada ao Segurança
mesmo nível 12 salientes salientes Intermitente danos à
transitar
saúde e à
segurança
das
pessoas.
Acidente Capacete
de
Acesso a segurança
equipamentos Aplicação dos com
Trabalho em - instalados
Eventual e Múltiplas
procedimentos jugular,
16 Moderado Médio (32) Qualitativo N/A N/A N/A acima de Queda de segurança calçado de
altura intermitente lesões
2,00m em específicos da segurança,
inspeções de atividade. cinto de
segurança segurança
paraquedis
ta
Indicativos de Possíveis Comprometimentos a Saúde Decorrente do Trabalho:
De acordo com as informações levantadas na empresa, não há ocorrências de comprometimento à saúde dos colaboradores decorrente a exposição aos riscos identificados.

43
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

11 – AVALIAÇÕES DO PROGRAMA

11.1 - AVALIAÇÃO GLOBAL DO PROGRAMA

A empresa CETEST MINAS irá realizar a avaliação global do programa uma vez por ano ou quando
as atividades que a empresa executa sofrer alterações/modificações significativas e, ainda, quando
houver mudanças no layout do ambiente de trabalho e/ou aquisição de novos equipamentos e novas
tecnologias.

11.2 – AVALIAÇÃO QUANTITATIVA


A CETEST MINAS irá realizar todas as avaliações necessárias conforme cronograma de
planejamento, para definir se os valores encontrados ultrapassaram ou não os Limites de Tolerância
estabelecidos pela NR-15 ou pela ACGIH (American Conference of Governmental Industrial Hygienistas).
A NR-22, item 22.3.7.1.2 diz que o PGR (Programa de Gerenciamento de Riscos) deve considerar
os níveis de ação acima dos quais devem ser desenvolvidas ações preventivas, de forma a minimizar a
probabilidade de ultrapassagem dos limites de exposição ocupacional, implementando-se medidas para
o monitoramento periódico da exposição, informação dos trabalhadores e o controle médico.
A NR-09 apenas prevê controle sistemático dos agentes que ultrapassarem o Nível de ação.
Vejamos: 9.3.6.2 Deverão ser objeto de controle sistemático as situações que apresentem exposição
ocupacional acima dos níveis de ação.

44
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

12- MATRIZ DE TREINAMENTO

ITEM TEMAS Carga Horária Refazer em

Admissão
Treinamento NR10 – Segurança em
01 40 horas ou em caso de Bienal
Instalações e Serviços em Eletricidade
reciclagem 20 horas
Treinamento NR12 – Segurança no Trabalho Admissão
02 em máquinas e equipamentos 8 horas Anual
Equipamentos.
Treinamento NR34 – Trabalho a quente Admissão
03 8 horas
Prática atividade de solda oxiacetileno Anual
Admissão
04 Treinamento NR35 – Trabalho em Altura 8 horas
Bienal
05 Treinamento Bloqueio de Energia Anglo -

06 Treinamento Material Perigoso Anglo -


Admissão
07 Treinamento direção defensiva 2 horas
Bienal
Bienal
08 Treinamento Off Road -Técnicas 4x4 8 horas

12 horas ou em caso de Bienal


09 Treinamento de Brigadista
reciclagem 8 horas
Admissão
10 Treinamento combate a incêndio 3 horas Anual

45
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

13 - PROGRAMAS ESPECÍFICOS DE SAÚDE E SEGURANÇA

13.1 - PROGRAMAS DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA – PPR


Em todas as atividades e operações em que os empregados estejam expostos a poeiras em
concentrações acima do Nível de Ação, é obrigatório o uso de proteção respiratória adequada,
especificada em função do agente e da concentração do mesmo.
Os empregados deverão receber os Equipamentos de Proteção Respiratória gratuitamente,
deverão ser treinados no seu uso correto, bem como manutenção e conservação.
As concentrações destes agentes, bem como as medidas de controle a serem adotadas estarão
contidas no Anexo II (“Reconhecimento, avaliação e Controle dos Riscos ambientais”), de acordo com
o cronograma de sua execução.
Realizar o levantamento ambiental do agente.

Os empregados expostos à poeira deverão usar proteção respiratória, conforme especificado abaixo:

 Poeira - respirador semifacial sem manutenção PFF2.

13.2 - PROGRAMAS DE ERGONOMIA E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

 Para a execução de tarefas envolvendo movimentos repetitivos bem como aquelas que
envolvam posturas inadequadas, e outras que por sua natureza ou método de execução
possam representar riscos aos trabalhadores, deverão ser observados os preceitos da NR-17.
 Será cumprido o Laudo Ergonômico para as atividades realizadas pela CETEST conforme
cronograma de ações.

13.3 - PROGRAMAS DE CONSERVAÇÃO AUDITIVA (PCA)

 Em todas as atividades e operações em que os empregados estejam expostos a ruído acima do


Nível de Ação, é obrigatório o uso de proteção auditiva adequada, especificada em função do
agente.
 Os empregados deverão receber os Equipamentos de Proteção Auditiva gratuitamente,
deverão ser treinados no seu uso correto, bem como manutenção e conservação.
 Realizar o levantamento ambiental do agente.
 Todos os empregados expostos ao ruído deverão usar proteção auditiva, conforme especifico
no levantamento ambiental do agente.

46
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

14 - CONCLUSÃO

Este documento aplica-se a todos colaboradores locados neste contrato, a fim de preservar a
integridade física e mental dos mesmos apontando medidas administrativas, coletivas e individuais
para minimizar e/ou neutralizar as condições de riscos que estarão expostos no âmbito de seu
trabalho. Este documento deve ser cumprido como um todo.

As avaliações ambientais serão realizadas e analisadas, a CETEST MINAS com caráter


preventivo, compromete a cumprir o cronograma de medidas de prevenção quanto à utilização de
EPIs nas áreas onde há geração de riscos. Os colaboradores estão autorizados a trabalhar, desde que
sejam seguidos às orientações estabelecidas nas planilhas e que sejam seguidos na íntegra todas as
solicitações contidas na NR-22 e seus subitens, principalmente no que se refere aos treinamentos.

47
PGR
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

15 - RESPONSÁVEL PELO CUMPRIMENTO DO PGR

Será responsável pelo cumprimento do PGR – Programa de Gerenciamento de Riscos da

empresa – contrato nº 4600019827, conforme item 22.3.2 da NR 22 – Segurança e Saúde

Ocupacional na Mineração:

_________________________________________________________
Edson Pereira Santos
Engenheiro Mecânico
Responsável da Empresa para Implantação do PGR

_________________________________________________________
Marco Tulio Cardoso Gontijo
Diretor da Empresa

RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DO PGR:

______________________________________________
Débora Cristina Soares Neri
Técnico de Segurança do Trabalho
Reg. MTE 0058005/MG

_____________________________________________________
Fábio Izidoro de Souza
Engº de Seg. do Trabalho
CREA nº 92.307/D MG
Responsável Técnico

48