Você está na página 1de 7

DIREITO ADMINISTRATIVO Comentários: a) Correta: O princípio da licitação

deve ser obedecido a todos os órgãos da


Prof. MARCELO SANTOS Administração Direta, Indireta (inclusive
subsidiárias), além dos fundos especiais. b) Correta:
PARTICIPE DO GRUPO CONCURSOS BRASÍLIA Após a autorização de sua instituição por lei, as
www.facebook.com/groups/concursosbrasilia empresas públicas e sociedades de economia mista
deverão registrar sua criação no órgão competente,
atendendo aos ditames do código civil. c) Incorreta:
I – ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
As Sociedades de Economia mista obrigatoriamente
PÚBLICA
assumirão a forma de Sociedade Anômima (S/A),
todavia, as Empresas Públicas podem adotar
01. FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público
qualquer forma societária em direito admitida. d)
Externo - Engenharia Civil - Conhecimentos
Correta. e) Correta: A proibição de acumulação de
Básicos: A Administração indireta pode ser
cargos e funções públicas se estende também aos
estruturada por meio da
empregos públicos. Gabarito: c.
a) instituição de pessoas jurídicas de diversas
naturezas, que não guardam vínculo hierárquico
03. FCC - 2014 - TRT - 16ª REGIÃO (MA) -
com a Administração direta.
Analista Judiciário - Área Administrativa:
b) instituição de pessoas jurídicas com
Considere a seguinte assertiva: “A Câmara dos
personalidade jurídica própria, vinculadas
Deputados classifica-se, quanto à posição estatal,
hierarquicamente à Administração centralizada.
como órgão independente. Isto porque, dentre
c) instituição de pessoas jurídicas com
outras características, não possui qualquer
personalidade jurídica própria, todas criadas por
subordinação hierárquica ou funcional, estando
meio de lei.
sujeita apenas a controle constitucional”.
d) criação de órgãos integrantes de sua estrutura,
vinculadas hierarquicamente à Administração
A assertiva em questão está:
centralizada.
a) correta, pois trata-se de órgão independente e
e) criação de órgãos distintos da Administração
autônomo, expressões sinônimas quanto à
direta, vinculados hierarquicamente à Administração
classificação dos órgãos públicos.
central.
b) incorreta, pois não se trata de órgão
_____
independente e sim autônomo.
Comentários: a) correta: as entidades que
c) correta, pois trata-se de órgão independente,
compõem a Administração Pública Indireta podem
estando a fundamentação também correta.
ser pessoas jurídicas de direito público ou de direito
d) incorreta, pois embora seja órgão independente,
privado, que não são subordinadas
ele está sujeito à subordinação hierárquica e
hierarquicamente a órgãos estatais, sofrendo,
funcional.
todavia, supervisão ministerial para que suas
e) incorreta, pois trata-se de órgão autônomo e
finalidades sejam cumpridas. b) incorreta: Não são
sujeito à subordinação hierárquica e funcional.
subordinadas hierarquicamente a órgãos estatais,
_____
sofrendo, todavia, supervisão ministerial para que
Comentários: Os órgãos são classificados, quanto à
suas finalidades sejam cumpridas. c) Incorreta: Nos
sua posição hierárquica como: independentes,
casos de empresas públicas ou sociedades de
autônomos, superiores e subalternos.
economia mista, lei somente autoriza sua
Independentes são aqueles previstos na própria
instituição. Os atos constitutivos seguem o rito do
Carta Constitucional, ou ainda nas respectivas leis
Código Civil. d) Incorreta: Diferentemente das
orgânicas ou constituições estaduais das demais
entidades, órgãos não podem ser considerados
unidades da federação, não possuindo subordinação
pessoas jurídicas por serem tão somente unidades
hierárquica com qualquer outro órgão. Geralmente
administrativas desprovidas de personalidade
são os órgãos máximos de cada poder ou do
jurídica própria. e) Incorreta: Órgãos guardam
Ministério Público (como o Congresso Nacional, STF,
relação de hierarquia, mas não compõem a
STJ, Presidência da República, Governadoria do
Administração Pública Indireta. Resposta: a.
Estado, CNJ, etc). Independentes são os órgãos
que possuem grande independência administrativa,
02. FCC - 2014 - MPE-PE - Promotor de Justiça:
técnica e financeira, subordinados diretamente aos
Em relação às empresas públicas, NÃO é
chefes de cada poder, a exemplo dos ministérios e
aspecto obrigatório a ser observado em seu
secretarias. Superiores, também chamados de
regime jurídico a
diretivos, são os que detêm o comando de algum
a) realização de licitação para contratação de obras,
assunto específico, porém não guardam
serviços, compras e alienações, observados os
independência, sofrendo subordinação, como
princípios da administração pública.
divisões, departamentos, gabinetes, secretarias-
b) criação por meio de registro de seus atos
gerais, etc. E por fim, Subalternos são aqueles de
constitutivos, na forma do Código Civil.
atividades meramente executivas, tais como escolas,
c) forma societária de sociedade anônima.
hospitais, delegacias, dentre outros. Resposta: c.
d) personalidade jurídica de direito privado.
e) vedação à acumulação remunerada de cargos,
04. FCC - 2014 - TRT - 16ª REGIÃO (MA) -
empregos e funções públicas.
Analista Judiciário - Área Judiciária: Facundo,
_____
Auditor Fiscal da Receita Federal, pretende
multar a Fundação “Vida e Paz”, fundação forma centralizada ou descentralizada. Na
instituída e mantida pelo Poder Público, haja administração descentralizada,
vista que a mesma jamais pagou imposto a) o Estado-Administração atua por meio de seus
sobre seu patrimônio, renda e serviços. Nesse órgãos internos e agentes públicos, ligados, entre si,
caso, por vínculo hierárquico, prestando serviços públicos
a) Facundo apenas pode cobrar tributo pelos típicos.
serviços exercidos pela fundação, mas não sobre a b) o Estado-Administração atua por meio de
renda e o patrimônio, os quais detém imunidade entidades ou pessoas jurídicas, que necessariamente
tributária. têm natureza de direito privado.
b) correta a postura de Facundo, vez que a citada c) parte das atividades da Administração direta são
fundação não detém imunidade tributária. atribuídas à Administração indireta, constituída por
c) correta a postura de Facundo, pois apenas as pessoas administrativas autônomas e por isso
autarquias possuem imunidade tributária. destituídas de relação ou vínculo com a
d) incorreta a postura de Facundo, vez que a Administração direta.
fundação possui imunidade tributária relativa aos d) a atuação da Administração se dá por meio de
impostos sobre seu patrimônio, renda e serviços, pessoas jurídicas, com natureza de direito público ou
vinculados a suas finalidades essenciais ou as delas de direito privado, que compõe a denominada
decorrentes. Administração pública indireta.
e) Facundo apenas pode cobrar tributo sobre a e) o Estado transfere a mera execução de suas
renda da fundação, mas não sobre seus serviços e atividades a outras entidades, nascendo o fenômeno
patrimônio, os quais detém imunidade tributária. da delegação.
_____ _____
Comentários: O Art. 150 da CF/88 estabelece que, Comentários: A Administração Centralizada é
sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao formada pelas entidades que compõem a
contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Administração Direta, juntamente com seus órgãos,
Distrito Federal e aos Municípios instituir impostos que não possuem personalidade jurídica própria e
sobre patrimônio, renda ou serviços, uns dos outros são organizados em regime de subordinação
e nem das autarquias e fundações instituídas e hierárquica. Resposta: A.
mantidas pelo Poder Público, no que se refere ao
patrimônio, à renda e aos serviços, vinculados a II – PRINCÍPIOS
suas finalidades essenciais ou às delas decorrentes.
Resposta: D. 07. FCC - 2014 - TCE-RS - Auditor Público
Externo - Engenharia Civil - Conhecimentos
05. FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz Básicos: Os princípios que regem a
do Trabalho: Ao criar uma entidade da Administração pública
Administração indireta, o ente político pode a) são aqueles que constam expressamente do texto
optar por constituí-la sob regime de direito legal, não se reconhecendo princípios implícitos,
privado. Dentre as entidades que podem ser aplicando-se tanto à Administração direta quanto à
instituídas sob tal regime, estão indireta.
a) as autarquias, as fundações e as agências b) podem ser expressos ou implícitos, os primeiros
executivas. aplicando-se prioritariamente em relação aos
b) as sociedades de economia mista, as empresas segundos, ambos se dirigindo apenas à
públicas e as fundações. Administração direta.
c) as empresas públicas, as sociedades de economia c) são prevalentes em relação às leis que regem a
mista e as agências reguladoras. Administração pública, em razão de seu conteúdo
d) as autarquias corporativas, as empresas públicas ser mais relevante.
e as sociedades de economia mista. d) dirigem-se indistintamente à Administração direta
e) as agências reguladoras, as sociedades de e às autarquias, aplicando-se seja quando forem
economia mista e as fundações. expressos, seja quando implícitos.
_______ e) aplicam-se à Administração direta, indireta e aos
Comentários: a) Incorreta, pois autarquias contratados em regular licitação, seja quando forem
possuem regime jurídico de direito público e expressos, seja quando implícitos.
agências executivas não são espécies de entidades. _____
b) Correta: Empresas Públicas e Sociedades de Comentários: A Administração Pública Direta e
Economia Mista possuem personalidade jurídica de Indireta regem-se por princípios explícitos e
direito privado, e as fundações públicas podem implícitos, que não podem se anular. Logo, não há
assumir anto a forma de direito público quanto de prevalência dos expressos sobre os implícitos, e
direito privado. d) incorreta: pois autarquias tampouco há prevalência das leis sobre os princípios.
possuem regime jurídico de direito público. e) Devem compor-se em harmonia. Resposta: D.
Incorreta: Agências reguladoras não são espécies de
entidades. Resposta: C. 08. FUMARC - 2014 - PC-MG - Investigador de
Policia: Um administrador público, tendo
06. FCC - 2014 - TCE-PI - Auditor Fiscal de recebido móveis novos para sua Unidade, doou,
Controle Externo: A Administração pública por conta própria, o mobiliário antigo, ainda
pode desempenhar as atividades públicas de em bom estado de conservação, para uma
instituição de caridade. É CORRETO afirmar
que o princípio da Administração transgredido interesse público e não viole leis e princípios. III)
pelo dirigente foi o da Correta: A presunção de legitimidade faz entender
a) eficiência. que os atos praticados pela Administração sejam,
b) hierarquia. em princípio, verdadeiros. Todavia, há possibilidade
c) indisponibilidade. de o administrado provar o contrário (presunção
d) razoabilidade. relativa, e não absoluta), tal como no pedido de
_____ recurso de uma multa de trânsito. IV) incorreta: se
Comentários: a) Incorreta: O princípio da impõe tanto aos serviços essenciais (como
eficiência impõe a melhor utilização da qualidade e segurança), quanto aos não essenciais (telefonia,
economia para atender ao interesse público. b) por exemplo), que nesse último caso poderão ser
incorreta: o princípio da hierarquia refere-se a interrompidos por motivo de força maior, por
relações de subordinação existentes na questões de índole técnica (como manutenções) ou
Administração Pública. c) correta: a inadimplemento do usuário. Resposta: D.
indisponibilidade do interesse público impede que o
administrador atue por contra própria, exigindo que III – PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
o mesmo sempre atue em prol do interesse público
e dentro dos limites da lei. d) incorreta: a 10. FGV - 2014 - TJ-GO - Analista Judiciário -
razoabilidade é a correta utilização dos meios para Apoio Judiciário e Administrativo: De acordo
se alcançar os fins, evitando, dessa forma, abusos com a moderna doutrina de direito
ou excessos por parte da Administração Pública. administrativo, a atividade do Estado
consistente em limitar o exercício dos direitos
09. TRF - 2ª Região - 2014 - TRF - 2ª REGIÃO - individuais em benefício do interesse público é
Juiz Federal: Leia as assertivas abaixo e, ao chamada de poder:
final, assinale a opção correta. a) regulamentar;
I - com fundamento na autoexecutoriedade, a b) hierárquico;
Administração Pública, nas hipóteses c) disciplinar;
expressamente autorizadas pelo legislador a agir d) de polícia;
independentemente de ordem judicial, não tem a e) de império.
faculdade de acionar o Poder Judiciário para _____
executar a sua decisão; Comentários: a) incorreta: Poder Regulamentar é a
II - a indisponibilidade do interesse público impede prerrogativa que detém o chefe do Poder Executivo
que se adote a arbitragem para a solução de de emitir de forma autônoma normas com eficácia
conflitos envolvendo sociedades de economia mista erga omnis (imposta a todos), como decretos. b)
e empresas públicas. incorreta: Poder hierárquico refere-se a relações de
III - a presunção de veracidade e legitimidade é subordinação existentes na Administração Pública,
instrumento necessário à satisfação das atividades contendo a possibilidade de se avocar e delegar
administrativas, e admite prova em sentido funções, para a organização da máquina pública. c)
contrário, cabendo ao administrado o ônus de incorreta: Poder disciplinar trata-se da prerrogativa
provar que se trata de ato ilegítimo. que dispõe a Administração para impor sanções aos
IV- o princípio da continuidade das atividades seus funcionários ou aos particulares vinculados à
administrativas alcança apenas os serviços públicos mesma. d) correta: O Poder de Polícia é utilizado
essenciais, que não podem ser interrompidos por para regular a conduta do particular (limitando,
causar danos ao interesse público primário, não se permitindo, sancionando) com o intuito de atender
estendendo às demais funções administrativas. ao interesse público. e) incorreta: Poder de império
constitui apenas um dos fundamentos do poder de
Em relação às quatro assertivas acima, estão polícia, que é a possibilidade de se impor ordens,
corretas: independentemente da vontade do administrado,
a) Apenas I e II. ressaltando que o Poder de Polícia não se trata
b) Apenas III e IV. apenas de ordens, mas também de permissões.
c) Apenas a IV. Resposta: D.
d) Apenas a III.
e) Apenas a II. 11. FGV - 2014 - TJ-GO - Analista Judiciário -
_____ Área Judiciária: Sobre o poder de polícia, é
Comentários: I) incorreta: Apesar de a correto afirmar que:
autoexecutoriedade permitir a atuação da a) a polícia administrativa atua de forma repressiva
Administração Pública sem necessidade prévia de e é exercida com exclusividade pelo Poder Executivo
decisão judicial, nada impede que a mesma se que, por excelência, pratica atos administrativos;
utilize da mesma por força o art. 5º, XXXV da b) tem por fundamento o princípio da predominância
CF/88, onde qualquer lesão a direito ou ameaça a do interesse privado sobre o público, que dá à
direito pode ser levada à apreciação do Poder Administração posição de supremacia sobre os
Judiciário, já que o Poder Público também se administrados;
compõe de pessoas jurídicas com direitos e deveres. c) a autoridade que se afastar da finalidade pública
II) incorreta: No entendimento do STF, a em sua prática incidirá em desvio de poder e
indisponibilidade do interesse público não impede acarretará a nulidade do ato;
que a Administração Pública se utilize de acordos e
transações, desde que os mesmos atendam ao
d) a polícia judiciária tem caráter, em regra, 13. IESES - 2014 - TRT - 14ª Região (RO e AC)
preventivo e não está relacionada à prática do ilícito - Analista Judiciário - Medicina: Quando o
penal; Presidente da República edita um Decreto,
e) pode, em regra, ser plenamente delegado a esclarecendo como deverá ser cumprida uma
quaisquer pessoas jurídicas de direito privado, lei produzida pelo Congresso Nacional:
desde que por meio de formal ato administrativo, a) A Administração exerce seu poder regulamentar.
com a devida publicação na imprensa oficial. b) A Administração exerce seu poder disciplinar.
_____ c) Não há exercício de poder da Administração.
Comentários: a) incorreta: a Administração d) A Administração exerce seu poder Legislativo.
Pública, em sentido objetivo, envolve a atividade e) A Administração exerce seu poder hierárquico.
administrativa, que é exercida tipicamente pelo _____
Poder Executivo, mas também pelo Judiciário e Comentários: Poder Regulamentar é a prerrogativa
Legislativo em suas funções atípicas. b) incorreta: que detém o chefe do Poder Executivo de emitir de
predominância do interesse público sobre o privado. forma autônoma normas com eficácia erga omnis
c) correta: Além do excesso, são formas de abuso (imposta a todos), como decretos. Resposta: A.
de poder a omissão e o desvio de finalidade, que é
um vício insanável que gera a nulidade do ato. d) 14. FGV - 2014 - MPE-RJ - Estágio Forense:
incorreta: enquanto o poder de polícia Francisco iniciou construção clandestina e
administrativa recai sobre bens e condutas, o poder ilegal de um imóvel, sem requerer ou obter
de polícia judiciária recai justamente sobre pessoas qualquer licença municipal, inclusive ocupando
e ilícitos penais. e) incorreta: o poder de polícia parte de área pública. Exercendo seu dever
somente pode ser delegado para a prática de constitucional de promover o adequado
fiscalização ou autorizações, sendo impossível a ordenamento territorial, mediante controle do
delegação para a normatização do poder de polícia uso e da ocupação do solo urbano, após regular
ou para a aplicação de sanções, segundo o fiscalização e processo administrativo, o
entendimento do STJ. Resposta: C. Município determinou a demolição da
construção irregular. O poder administrativo
que fundamentou a postura da municipalidade
12. FGV - 2014 - TJ-GO - Analista Judiciário - é chamado de poder:
Psicólogo: Joana, professora da rede estadual a) regulamentar;
ocupante de cargo efetivo, requereu ao b) sancionador;
Secretário de Estado de Educação licença para c) hierárquico;
aprimoramento profissional de professor. Seu d) de gestão;
pleito foi indeferido ao argumento de carência e) de polícia.
de professor efetivo na rede estadual, para _____
evitar danos ao interesse público por prejuízo Comentários: O Poder de Polícia é utilizado para
ao regular prosseguimento das aulas. O poder regular a conduta do particular (limitando,
administrativo conferido ao Administrador permitindo, sancionando) com o intuito de atender
para aferir a oportunidade e conveniência na ao interesse público. A imperatividade constitui um
análise do requerimento de Joana chama-se dos fundamentos do poder de polícia, que é a
poder: possibilidade de se impor ordens,
a) de polícia; independentemente da vontade do administrado,
b) discricionário; ressaltando que o Poder de Polícia não se trata
c) hierárquico; apenas de ordens, mas também de permissões ou
d) regulamentar; restrições. Resposta: E.
e) disciplinar.
_____ 15. FEPESE - 2014 - MPE-SC - Procurador do
Comentários: a) incorreta: Trata-se da regulação Estado: Assinale a alternativa incorreta.
da conduta do particular para atender ao interesse a) Pelo poder hierárquico os agentes públicos podem
público. b) correta: A discricionariedade trata-se da delegar e avocar competências.
possibilidade de o administrador escolher, dentro da b) Uma entidade estatal não pode exercer o poder
lei, entre duas ou mais possibilidades, de acordo hierárquico sobre uma entidade autárquica, pois não
com a conveniência e a oportunidade. c) incorreta: há relação de subordinação entre elas, mas, tão
Poder hierárquico refere-se a relações de somente, um vínculo administrativo.
subordinação existentes na Administração Pública, c) O poder hierárquico é aquele que confere à
contendo a possibilidade de se avocar e delegar Administração Pública a capacidade de ordenar,
funções, para a organização da máquina pública. d) coordenar, controlar e corrigir as atividades
incorreta: Poder Regulamentar é a prerrogativa que administrativas no âmbito interno da Administração.
detém o chefe do Poder Executivo de emitir de d) É por meio do poder hierárquico que a
forma autônoma normas com eficácia erga omnis Administração Pública ordena funções
(imposta a todos), como decretos. e) incorreta: administrativas, escalonando-as entre seus órgãos e
Poder disciplinar trata-se da prerrogativa que dispõe agentes públicos. Essa relação de subordinação
a Administração para impor sanções aos seus implica o dever de obediência às ordens superiores,
funcionários ou aos particulares vinculados à ainda que ilegais.
mesma. e) Um órgão administrativo e seu titular poderão, se
não houver impedimento legal, delegar parte da sua
competência a outros órgãos ou titulares, ainda que b) Costume
estes não lhe sejam hierarquicamente c) Jurisprudência.
subordinados, em razão de circunstâncias de índole
técnica, social, econômica, jurídica ou territorial.
d) Doutrina.
_____ _____
Comentários: a) correta: Poder hierárquico refere- Comentários: a) incorreta: a lei é fonte primária do
se a relações de subordinação existentes na Direito Administrativo, decorrente de ordenamentos
Administração Pública, contendo a possibilidade de
emanados pelo próprio Estado. b) incorreta: os
se avocar e delegar funções, para a organização da
máquina pública. b) correta: as entidades que costumes relacionam-se às praxes administrativas. c)
compõem a Administração Pública Indireta podem incorreta: a jurisprudência trata-se do conjunto de
ser pessoas jurídicas de direito público ou de direito decisões emanadas pelo Poder Judiciário. d) correta:
privado, que não são subordinadas a doutrina é o resultado do trabalho dos estudiosos
hierarquicamente a órgãos estatais, sofrendo,
todavia, supervisão ministerial para que suas do Direito onde se fundamentam as teorias adotadas
finalidades sejam cumpridas. c) correta: Poder na Administração. Resposta: D.
hierárquico refere-se a relações de subordinação
existentes na Administração Pública, contendo a 18. CESPE - 2013 - SEFAZ-ES - Auditor Fiscal da
possibilidade de se avocar e delegar funções, para a
organização da máquina pública, sendo o controle,
Receita Estadual: Acerca do direito administrativo,
coordenação e correção de suas atividades a assinale a opção correta.
manifestação dessa auto-organização. d) incorreta: a) A administração pública confunde-se com o
a indisponibilidade do interesse público tem como próprio Poder Executivo, haja vista que a este cabe,
fundamento o impedimento que o administrador
em vista do princípio da separação dos poderes, a
atue por contra própria, exigindo que o mesmo
sempre atue em prol do interesse público e dentro exclusiva função administrativa.
dos limites da lei, de forma a gerenciar a coisa b) A ausência de um código específico para o direito
pública, não a particular. e) correta: nessa situação administrativo reflete a falta de autonomia dessa
específica, pode haver delegação, mesmo que sem área jurídica, devendo o aplicador do direito recorrer
subordinação hierárquica. Resposta: D.
a outras disciplinas subsidiariamente.
IV – CONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO c) O direito administrativo visa à regulação das
PÚBLICA relações jurídicas entre servidores e entre estes e os
órgãos da administração, ao passo que o direito
16. VUNESP - 2014 - PC-SP - Delegado de Polícia: O privado regula a relação entre os órgãos e a
conceito de Direito Administrativo é peculiar e sociedade.
sintetiza-se no conjunto harmônico de princípios d) A indisponibilidade do interesse público, princípio
jurídicos que regem os órgãos, os agentes e as voltado ao administrado, traduz-se pela
atividades públicas tendentes a realizar concreta, impossibilidade de alienação ou penhora de um bem
direta e imediatamente os fins desejados pelo público cuja posse detenha o particular.
Estado. A par disso, é fonte primária do Direito e) Em sentido subjetivo, a administração pública
Administrativo confunde-se com os próprios sujeitos que integram a
a) a jurisprudência. estrutura administrativa do Estado.
b) os costumes. _____
c) os princípios gerais de direito. Comentários: a) incorreta: a Administração Pública,
d) a lei, em sentido amplo. em sentido objetivo, envolve a atividade
e) a doutrina. administrativa, que é exercida tipicamente pelo
Poder Executivo, mas também pelo Judiciário e
_____
Legislativo em suas funções atípicas. b) incorreta: o
Comentários: O Direito Administrativo é ramo do Direito Administrativo é o ramo de Direito Público
direito público e tem como fontes secundárias a autônomo. c) incorreta: o direito privado regula as
doutrina, a jurisprudência, os princípios gerais de relações entre os particulares. d) incorreta: a
direito e os costumes. A lei, por sua vez, é fonte indisponibilidade do interesse público tem como
fundamento o impedimento que o administrador
primária do Direito Administrativo. Resposta: D. atue por contra própria, exigindo que o mesmo
sempre atue em prol do interesse público e dentro
17. IBFC - 2014 - SEPLAG-MG - Gestor de dos limites da lei, de forma a gerenciar a coisa
Transportes e Obras - Direito: Indique a fonte do pública, não a particular. e) Correta: O conceito
formal (como a Administração é formada), também
direito que forma o sistema teórico de princípio
chamado de conceito subjetivo (através de quem
aplicável ao Direito Positivo, sendo elemento ela manifesta sua vontade), ou orgânico (como ela
construtivo do Direito Administrativo: se organiza), compreende o conjunto de órgãos e
a) Lei pessoas jurídicas encarregados da função
administrativa. Em sentido material (qual matéria d) Controle por subordinação, provocado e
é tratada por ela), sinônimo de sentido objetivo concomitante.
(qual a finalidade de sua atuação), a Administração
Pública é a atividade administrativa (quando o
e) Controle de mérito, prévio e provocado.
Estado não está Legislando e nem Julgando, via de _____
regra). Resposta: E. Comentários: Os controles interno e externo da
Administração Pública podem ser classificado,
V – CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA quanto ao momento de seu exercício, em: a) a priori
– quando é exercido previamente, tal como o
mandado de segurança preventivo; b) concomitante,
19. FCC - 2014 - TRF - 4ª REGIÃO - Analista Judiciário a exemplo da fiscalização de obra pública; e c) a
- Oficial de Justiça Avaliador Federal: A posteriori, ilustrado pelo habeas data. A depender do
Administração pública, é sabido, está sujeita a órgão que o exerça, o controle será classificado em
princípios expressos e implícitos no exercício de interno (autotutela) ou externo (judicial ou
legislativo). Ressalta-se que enquanto o controle
suas funções. A observância desses princípios está legislativo é perene, o controle judicial só é possível
sujeita a controle, do que é exemplo o controle através de provocação, e não pode incidir sobre a
a) exercido pela própria Administração, que se presta discricionariedade do ato, mas tão somente a
a verificar a observância dos princípios expressos e critérios de legalidade e de legitimidade, mas não de
mérito (conveniência e oportunidade). Dessa forma,
implícitos, vedada, no entanto, a revisão dos atos,
o controle judicial é provocado, podendo ser
que deve ser feita judicialmente. posterior também. Resposta: A.
b) administrativo externo, que se presta à verificação
da observância dos princípios, desde que expressos, VI – ATOS ADMINISTRATIVOS
que regem a Administração.
c) exercido pelo Legislativo, pelo Judiciário e pela 21. FCC - 2014 - TRF - 4ª REGIÃO - Técnico Judiciário -
própria Administração, sem prejuízo da participação Área Administrativa: Tales, servidor público federal,
do usuário no bom desempenho das funções praticou ato administrativo discricionário. Felipe,
administrativas, o que lhes confere, inclusive, direito administrado, inconformado com o aludido ato,
à informações sobre a atuação do governo. interpôs recurso e o ato está sob apreciação da
d) exercido pelo Judiciário, que se consubstancia em autoridade hierarquicamente superior a Tales.
verificação interna dos princípios expressos, tais Entretanto, após a interposição do recurso, Tales
como, legalidade, impessoalidade e supremacia do decide revogar o ato praticado. Na hipótese narrada,
interesse público. Tales
e) legislativo externo, que se presta somente à a) ou seu superior podem revogar o ato,
verificação da observância dos princípios expressos e independentemente do recurso interposto por Felipe.
da discricionariedade da Administração. b) poderá revogar o ato a qualquer tempo, sendo o
_____ único competente para tanto.
Comentários: a) incorreta: o princípio da autotutela c) poderá revogar o ato até o momento
permite a revisão pela Administração de seus imediatamente posterior ao julgamento do recurso.
próprios atos. b) incorreta: o controle externo d) não poderá revogar o ato, pois já exauriu sua
observa tanto os princípios expressos quanto os competência relativamente ao objeto do ato.
implícitos. c) correta: a Administração pode ser e) jamais poderá revogar o ato, pois atos
controlada internamente, e também externamente: administrativos discricionários não são passíveis de
controle legislativo, controle judiciário e controle revogação.
popular. d) incorreta: O judiciário exerce controle _____
externo e supremacia do interesse público não é Comentários: A competência é um dos requisitos do
princípio expresso. e) incorreta: o controle externo ato administrativo. A partir do momento em que a
observa tanto os princípios expressos quanto os competência para decidir passou a ser do superior
implícitos. Resposta: C. hierárquico de Tales, o mesmo não poderia mais
revogar o ato, sobre pena incorrer em abuso de
20. FGV - 2014 - SUSAM - Advogado: Assinale a poder ao invadir esfera de atuação de outro agente
opção que dispõe apenas sobre classificações do público. Atos discricionários, desde que conveniente
controle sobre a Administração Pública que podem e oportuno à Administração Pública, podem ser
ser exercidas pelo Poder Judiciário. revogados. Resposta: D
a) Controle de legalidade, posterior e provocado.
b) Controle de mérito, concomitante e de ofício. 22. FGV - 2014 - TJ-GO - Analista Judiciário - Apoio
c) Controle de legalidade, prévio e de ofício. Judiciário e Administrativo: Os atos administrativos
são praticados por agentes dotados de parcela do c) pode ser invalidado por vício de legalidade
Poder Público e, por isso, estão revestidos de certas exclusivamente pelo Poder Judiciário;
características ou atributos que os tornam distintos d) o agente público tem liberdade de valoração sobre
dos atos de direito privado em geral. É exemplo de seu motivo e objeto, respeitado o interesse público;
atributo do ato administrativo, a: _____
a) presunção de legitimidade, segundo a qual existe Comentários: a) incorreta: a discricionariedade trata-
presunção absoluta de que o ato foi praticado em se da possibilidade de o administrador escolher,
conformidade com a lei; dentro da lei, entre duas ou mais possibilidades, de
acordo com a conveniência e a oportunidade. b)
b) imperatividade, segundo a qual o ato incorreta: A depender do órgão que o exerça, o
administrativo se impõe à própria Administração controle será classificado em interno (autotutela) ou
Pública, incluindo seus agentes e excluindo terceiros externo (judicial ou legislativo). Ressalta-se que
particulares que não tenham expressamente enquanto o controle legislativo é perene, o controle
judicial só é possível através de provocação, e não
concordado;
pode incidir sobre a discricionariedade do ato, mas
c) autoexecutoriedade, segundo a qual o ato tão somente a critérios de legalidade e de
administrativo pode ser posto em execução pela legitimidade, mas não de mérito (conveniência e
própria Administração Pública, sem necessidade de oportunidade). c) incorreta: tanto a Administração
intervenção do Poder Judiciário; quanto o Poder Judiciário podem anular atos eivados
de ilegalidade. d) correta: a discricionariedade trata-
d) autotutela, segundo a qual o ato administrativo se se da possibilidade de o administrador escolher,
impõe de forma coercitiva à própria Administração dentro da lei, entre duas ou mais possibilidades, de
Pública e a todos os administrados; acordo com a conveniência e a oportunidade,
e) discricionariedade, segundo a qual todos os valorando os motivos e o interesse público.
Resposta: D.
elementos do ato administrativo estão previstos em
lei e o agente público não possui liberdade para
24. FEPESE - 2014 - MPE-SC - Procurador do Estado:
aferir a oportunidade e conveniência na escolha do
Sobre o ato administrativo, assinale a alternativa
momento da prática do ato.
incorreta.
_____
a) A licença para edificar é exemplo de ato
Comentários: a) incorreta: a A presunção de
administrativo.
legitimidade faz entender que os atos praticados
pela Administração sejam, em princípio, b) São elementos do ato administrativo: sujeito
verdadeiros. Todavia, há possibilidade de o competente, objeto, forma, finalidade e motivo.
administrado provar o contrário (presunção relativa, c) Se os motivos expostos em um ato administrativo
e não absoluta), tal como no pedido de recurso de forem falsos ou inexistentes, o ato praticado é
uma multa de trânsito. b) incorreta: A
imperatividade constitui um dos atributos do ato anulável.
administrativo, que é a possibilidade de se impor d) A edição de ato administrativo por administrador
ordens, independentemente da vontade do público competente, visando fim diverso daquele a
administrado. c) correta: a autoexecutoriedade trata que a lei lhe permitiu, caracteriza o desvio de
exatamente da prerrogativa que tem a
Administração de atuar sem a necessidade de
finalidade.
autorização do Poder Judiciário em algumas _____
situações. d) incorreta: autotutela refere-se ao Comentários: a) correta: ato enunciativo. b) correta.
poder-dever da Administração Pública de rever seus c) incorreto: vícios de motivo, finalidade e objeto
próprios atos, quando eivados de nulidade ou por
tornam o ato nulo, e não simplesmente anulável. d)
questões de conveniência e oportunidade. e)
incorreta: A discricionariedade trata-se da correta: vício de finalidade, constitui desvio, forma de
possibilidade de o administrador escolher, dentro da abuso de poder. Resposta: C.
lei, entre duas ou mais possibilidades, de acordo
com a conveniência e a oportunidade.

23. FGV - 2014 - MPE-RJ - Estágio Forense: Sobre o


ato administrativo discricionário, é correto afirmar
que:
a) o agente público não tem liberdade de valorar a
oportunidade e a conveniência na sua prática;
b) pode ser revogado pelo Poder Judiciário e pela
própria Administração, em razão de sua prerrogativa
de autotutela;