Você está na página 1de 4

Escola ___________________________________

CIÊNCIAS NATURAIS Nome ___________________________________


TESTE 1 7.O ANO
N.o _____ Turma _____
TESTE DE AVALIAÇÃO
Data ____ - ____ - ____
Classificação ___________________________________

Grupo I
A paisagem geológica do Parque Nacional da Peneda-Gerês

1. Lê, com atenção, o texto seguinte:


O Parque Nacional da Peneda-Gerês, situado no Norte de Portugal continental, apresenta um relevo
fortemente acidentado e pronunciados declives, bem como inúmeros afloramentos de granitos,
geralmente com muitas fraturas conhecidas por diáclases. Esta paisagem geológica apresenta
características muito próprias, sendo diferente de outras paisagens geológicas existentes noutros pontos
do território nacional. A figura 1 representa três paisagens geológicas presentes em Portugal. Cada uma
das rochas ilustradas na figura 2 corresponde a uma paisagem representada na figura 1.

A B C

Figura 1

III
I II

Figura 2

1.1. Indica a letra (A, B ou C) correspondente à paisagem geológica do Parque Nacional da Peneda-Gerês.
1.2. Refere o que entendes por paisagem geológica.
1.3. O principal elemento que está na base de uma dada paisagem geológica são...
(A) ... os seres vivos que a habitam. (C) ... o tipo de relevo da região.
(B) ... a qualidade dos seus solos. (D) ... o tipo de rocha dominante na paisagem.

1.4. Indica o número romano (I, II ou III) correspondente ao granito.

1.5. Justifica a tua resposta à alínea anterior.

1
2. Uma das atrações turísticas do Parque Nacional da Peneda-Gerês são as suas aldeias rurais, com as suas
casas típicas em pedra, os seus cruzeiros, espigueiros e muralhas feitos com os mesmos materiais
rochosos, conforme ilustra a figura 3.

Figura 3

2.1. Os materiais rochosos utilizados nas construções humanas visíveis na paisagem deverão ser...
(A) ... xistos. (C) ... granitos.
(B) ... mármores. (D) ... basaltos.
2.2. A utilização de tais materiais rochosos nas construções locais deve-se ao facto de...
(A) ... serem leves e fáceis de trabalhar.
(B) ... existirem em abundância na paisagem envolvente.
(C) ... apresentarem grande beleza estética.
(D) ... não sofrerem degradação ao longo do tempo.
2.3. Refere como se designam os elementos constituintes de uma rocha.

Grupo II
Os minerais do granito do Gerês

1. Lê, com atenção, o texto seguinte:


No Parque Nacional da Peneda-Gerês ocorrem vários granitos, sendo dominante o granito do Gerês.
Este granito apresenta cristais bem desenvolvidos de quartzo, feldspato e biotite. O quartzo e o
feldspato são minerais presentes em todos os granitos.
1.1. Um mineral é uma substância sólida, natural...
(A) ... e inorgânica, com arranjo cristalino e composição química definida.
(B) ... ou artificial, orgânica e com arranjo cristalino e composição química definida.
(C) ... e inorgânica, com arranjo não cristalino e composição química variável.
(D) ... ou artificial, orgânica e com arranjo cristalino e composição química variável.
1.2. Associa a cada um dos números da coluna I (minerais) uma só letra da coluna II (descrições dos
minerais).
Coluna I Coluna II
1. Feldspato a. Apresenta-se em lamelas de cor negra ou castanho-escura e possui uma baixa
2. Quartzo dureza.
3. Biotite b. Sem clivagem, pode ser incolor ou apresentar as mais diversas cores. Tem
uma dureza elevada.
c. Com clivagem, traço branco e cores geralmente claras.

2
2. As figuras 4 e 5 ilustram, respetivamente, um mineral presente no granito do Gerês (mineral X) e a escala
de Mohs associada à dureza da unha e de alguns objetos de uso corrente, como a moeda, o canivete e a
lima.

Figura 4 Figura 5

2.1. Tendo em conta o resultado do teste com o canivete (não risca o mineral), pode dizer-se que o
mineral ilustrado na figura 4 apresenta uma dureza...
(A) ... igual a 5. (C) ... inferior a 5,5.
(B) ... igual a 6. (D) ... superior a 5,5.

2.2. Uma vez que o canivete não risca o mineral X, indica os termos da escala de Mohs que excluirias
automaticamente nos testes de dureza aplicando a mesma escala.

2.3. Justifica a tua resposta à alínea anterior.

2.4. Identifica o mineral X, sabendo que este risca e é riscado pelo termo número 7 da escala de Mohs.

Grupo III
A modelação da paisagem granítica da Peneda-Gerês

1. Lê, com atenção, o texto seguinte:


Ao longo de milhões de anos, as rochas que cobriam a região do Parque Nacional da Peneda-Gerês
sofreram erosão, levando ao afloramento de rochas graníticas que formam, nos tempos atuais, as
diferentes serras visíveis na paisagem. Estes afloramentos rochosos vão-se alterando e sofrem a ação de
agentes erosivos, dando origem à paisagem granítica, com os seus caos de blocos, extensas diáclases e
algumas formas esculpidas pela erosão.
1.1. O caos de blocos característico da paisagem granítica da Peneda-Gerês forma-se devido à circulação
de ____ ao longo das diáclases e da meteorização dos minerais, principalmente dos ____.

(A) água (...) feldspatos e do quartzo (C) gases (...) feldspatos e do quartzo
(B) água (...) feldspatos e da biotite (D) gases (...) feldspatos e da biotite

1.2. A água que se encontra nas diáclases ou fissuras da rocha granítica pode congelar devido às baixas
temperaturas, contribuindo para...

(A) ... a diminuição do volume do gelo. (C) ... a meteorização química do granito.
(B) ... o aumento do volume da rocha. (D) ... a meteorização física do granito.

3
2. O Parque Nacional da Peneda-Gerês sofre a influência dos rios Minho, Lima, Cávado e Homem. O gráfico
da figura 6 mostra o perfil longitudinal do rio Lima, isto é, da variação da altitude em que o rio corre,
desde a sua entrada no território português, na montanha, até ao mar, na foz do rio. Nos pontos A, B, C
e D (figura 6) foram recolhidas amostras de sedimentos, representadas pelos números na figura 7.

Montanha
Altitude (metros)

C
A B

Foz do rio Distância (quilómetros) Figura 6

1 2 3 4

Figura 7

2.1. Indica a sequência de etapas que permitem a formação de sedimentos a partir da rocha granítica.

2.2. Associa cada uma das amostras de sedimentos, representadas por números na figura 7, aos
respetivos locais de recolha no leito do rio Lima, assinalados por letras na figura 6.

2.3. Refere a influência do transporte dos sedimentos ao longo do rio no seu grau de arredondamento.

2.4. A diagénese dos sedimentos existentes no leito do rio Lima, no ponto A da recolha de amostras
(figura 6), poderá originar...

(A) ... um calcário. (C) ... um argilito.


(B) ... um carvão. (D) ... um conglomerado.

2.5. A diagénese dos sedimentos de origem granítica transportados pelo rio Lima origina rochas
sedimentares...

(A) ... detríticas não consolidadas.


(B) ... detríticas consolidadas.
(C) ... quimiogénicas.
(D) ... biogénicas.