Você está na página 1de 1

6. As informações obtidas sobre a moça feminino, brasileira.

O argumento é simples:
são as melhores possíveis. (certo) não se pode fazer a concordância com o ter-
7. Aqui trabalhamos com pessoas o mais mo nacionalidade, mas, sim, com o sexo da
capacitadas possíveis. (errado) pessoa que está preenchendo a ficha ou o
8. Aqui trabalhamos com pessoas o mais formulário.
capacitadas possível. (certo)
8. É BOM, É PROIBIDO, É NECESSÁRIO
5. MONSTRO
a) Sujeito determinado por adjunto adno-
a) Substantivo – O vocábulo monstro, usado
minal – Se o núcleo do sujeito vier deter-
como substantivo (aspecto espantoso, que
minado por um adjunto adnominal (artigo,
causa pasmo ou assombro) é variável: o
pronome, numeral), o adjetivo predicativo
monstro, os monstros.
(bom, necessário, permitido, proibido)
Caiu no vestibular b) Adjetivo – Quando usado como adjetivo
concorda com o núcleo do sujeito (normal-
01. (FGV) Assinale a alternativa em que NÃO (monstro = enorme, muito grande), é in-
mente feminino; quando masculino, não
ocorra erro de concordância verbal ou variável; constitui derivação imprópria: co-
oferece dificuldade de concordãncia).
mícios monstro, manifestação monstro.
nominal.
b) Sujeito sem determinação – Se o núcleo
c) Monstrengo ou mostrengo? – Para nome-
a) Elas mesmo decidiram resolver o problema do sujeito vier sem determinação, ou seja,
ar “pessoa disforme, malproporcionada
que afligia a todos. e/ou muito feia”, a norma culta aconselha sem adjunto adnominal, o adjetivo predi-
b) Quando ela disse “obrigado”, todos mostrengo. cativo (bom, necessário, permitido, proi-
aplaudiram. bido) fica no masculino.
Veja construçoes certas e erradas:
c) Os coordenadores do projeto decidiram Veja construçoes certas e erradas:
1. Houve uma passeata monstra na Ave-
ficar só.
nida Eduardo Ribeiro. (errado) 1. Não é permitido a permanência de me-
d) Ganharam bastantes elogios da diretoria. 2. Houve uma passeata monstro na Ave- nores aqui. (errado)
e) Havia pedido emprestado cinco pares de nida Eduardo Ribeiro. (certo) 2. Não é permitida a permanência de me-
meia. 3. Na época das “Diretas já”, os estudan- nores aqui. (certo)
tes fizeram manifestações monstras 3. Não é permitido permanência de me-
02. (FGV) O primeiro elemento do adjetivo
em todo o Brasil. (errado) nores aqui. (certo)
composto não corresponde ao nome 4. Na época das “Diretas já”, os estudan- 4. Nenhuma cerveja é bom para o fígado.
entre parênteses em: tes fizeram manifestações monstro em
(errado)
a) anglo-germânico (Inglaterra). todo o Brasil. (certo)
5. Nenhuma cerveja é boa para o fígado.
b) hispano-americano (Espanha). 5. Comícios monstros marcaram a elei-
(certo)
ção de Tancredo Neves para a Presi-
c) franco-marroquino (França). 6. É necessário, para trabalhar com al-
dência da República. (errado)
d) sino-napolitano (Sião). coólatras, muita paciência. (errado)
6. Comícios monstro marcaram a eleição
e) nipo-brasileiro (Japão). de Tancredo Neves para a Presidência 7. É necessária, para trabalhar com al-
da República. (certo) coólatras, muita paciência. (certo)
03. (FGV) A alternativa correta quanto à con-
7. Pelas crueldades praticadas contra os 8. Toda entrada de menor, neste carna-
cordância nominal é:
judeus, muitos alemães foram conside- val, será proibida. (certo)
a) A empregada mesmo viu tudo. rados monstros. (certo)
9. PROVA DOS NOVES
b) Já fiz isso bastante vezes. 8. Com essa fantasia, você parece um
c) Passado a crise, voltaram. monstrengo. (errado) O nome dos números, quando substantiva-
* d) As frutas chegaram meio estragadas. 9. Com essa fantasia, você parece um dos, variam normalmente. Por isso, a expres-
e) Eles têm argumentos bastante para não mostrengo. (certo) são correta é “prova dos noves”.
aderir à greve. Veja construções certas e erradas:
6. PSEUDO
1. Havia, no bloco de notas fiscais, dois onze.
04. (FGV) Assinale a alternativa cuja con- Pseudo significa falso; é um radical grego
(errado)
cordância NÃO está de acordo com os (pseudés) que entra na formação de inúme-
2. Havia, no bloco de notas fiscais, dois on-
padrões cultos: ras palavras de nossa língua. É palavra inva-
riável e provoca hífen diante de vogais, h, r e zes. (certo)
a) Ela está meio cansada. 3. Faça três quatro aí, que eu quero ver!
s.
b) Eles estão meio cansados. (errado)
Veja construçoes certas e erradas:
c) Eles estão meios cansados. 4. Dos dois dezoitos que você desenhou, só
1. Com o advento do Modernismo, muitos
d) Ele está meio cansado. um foi aproveitado. (certo)
autores tentaram impingir ao público uma
e) Ele chegou ao meio dia e meia. 5. Este é o procedimento correto para se tirar
pseuda-arte. (errado)
a prova dos noves. (certo)
05. (FGV) A concordância deixa de seguir a 2. Com o advento do Modernismo, muitos
norma padrão, na frase: autores tentaram impingir ao público uma 10. HAJA VISTA
pseudo-arte. (certo)
a) Registram-se, hoje, nas famílias mais pobres, 3. As pseudas-revoluções atrasam qualquer a) Vista – A construção correta em qualquer
taxas de natalidade maiores que a média país. (errado) situação é “haja vista” (nunca “haja visto”).
brasileira. 4. As pseudo-revoluções atrasam qualquer Significa “vejam-se”, “veja” ou “olhe-se
b) O número de pobres cresce mais do que as país. (certo) para”.
possibilidades de geração de riqueza. 5. Na sociedade moderna, muitos têm a pseu- b) Hajam – A palavra vista é invariável; o ha-
c) As condições de pobreza são perpetuadas, damania de riqueza. (errado) ja pode ir para o plural (facultativo), desde
num ciclo vicioso, pois não existem postos 6. Na sociedade moderna, muitos têm a pseu- que a expressão que venha depois esteja
domania de riqueza. (certo) no plural.
de trabalho suficientes.
d) Muitos empregados foram beneficiados com 7. NACIONALIDADE Veja construçoes certas e erradas:
as mudanças nas relações trabalhistas, 1. As aulas podem ser adiadas, haja visto
É comum, no preenchimento de fichas ou for-
melhorando as condições de vida. mulários, deparar-se com a dúvida diante da os problemas de reforma. (errado)
e) Com isso, cresceu as diferenças regionais palavra nacionalidade: brasileira ou brasilei- 2. As aulas podem ser adiadas, haja vista
entre o Sudeste e o Nordeste, região sujei- ro? os problemas de reforma. (certo)
ta a um clima inóspito. Concordância com o sexo – Pessoa do sexo 3. As aulas podem ser adiadas, hajam
masculino deve anotar brasileiro; do sexo vista os problemas de reforma. (certo)