Você está na página 1de 1

AS LIÇÕES ESPIRITUAIS DA VIDA DE JOQUEBEDE - Êx 6.

20
E Anrão tomou por mulher a Joquebede, sua tia, e ela gerou-lhe a Arão e a Moisés; e os anos da
vida de Anrão foram cento e trinta e sete anos.
INTRODUÇÃO
Esse texto sagrado revela o nome da mãe de Moisés: Joquebede. Algumas pessoas são muito
pouco citadas na Bíblia; suas obras são mais destacadas do que o seu próprio nome. Talvez isso
se aplique muito bem à vida de Joquebede. O nome “Joquebede” significa “glória de Deus”. O
significado de seu nome é bem apropriado, pelo fato de Joquebede ter se tornado mãe e
educadora do homem que mais contemplou a glória de Deus na história bíblica (Êx 33.11).

A IMPORTÂNCIA DE JOQUEBEDE NAS ESCRITURAS


1. Joquebede se casou com o seu sobrinho Anrão, e deu à luz a três grandes personagens da
Bíblia: Arão, Moisés e Miriã (Êx 6.20; 15.20).
2. Joquebede era uma mulher de coragem e determinação, pois arriscou sua vida em prol do filho
recém-nascido, Moisés, o qual nasceu debaixo de um decreto de morte promulgado pelo Faraó,
que determinou que todo menino hebreu que nascesse fosse lançado imediatamente no rio Nilo
(Êx 2.1-2).
3. Não podendo mais esconder da guarda egípcia o seu filho, Joquebede o lançou como “pão
sobre as águas”, confiando que o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, faria com que ela o recobrasse
novamente; e a providência divina não tardou em compensá-la, usando a própria filha do Faraó
para achar o menino Moisés em um pequeno cesto flutuando nas águas do Nilo; então, movida de
compaixão, ela “devolveu” a criança a quem legitimamente deveria criá-la e educá-la no temor do
Senhor (Êx 2.3-10).
4. Deus trabalha por aqueles que nele esperam (Is 64.4). A providência divina usou a própria filha
do tirano egípcio para custear a educação do futuro libertador de Israel (Êx 2.10-12; 3.1-14).
5. Apesar de ser criado na corte egípcia, Moisés nunca esqueceu que tinha sangue hebreu,
ficando bem claro que o período em que foi educado por sua mãe, Joquebede, foi o suficiente para
ensiná-lo no caminho em que deveria andar (Êx 2.11-12).
6. O escritor da Carta aos Hebreus revela a recusa de Moisés de ser estimado como “filho da filha
de Faraó”, dizendo: “Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de
Faraó, escolhendo, antes, ser maltratado com o povo de Deus do que por, um pouco de tempo, ter
o gozo do pecado; tendo, por maiores riquezas, o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito;
porque tinha em vista as recompensas” (Hb 11.24-26). Sem dúvida, a educação espiritual que
Moisés recebeu de sua mãe, Joquebede, pesou muito nesta renúncia dele a tantos privilégios por
amor ao Senhor, seu Deus.
7. A história de Joquebede mostra às mulheres cristãs de hoje a sua responsabilidade de educar
os filhos no caminho do Senhor. Pequenos gestos, como ensinar à criança a oração do Pai-Nosso,
antes de dormir, e a orar antes de comer, incentivar a leitura diária da Bíblia, podem contribuir
muito para a boa formação espiritual dos filhos (Pv 22.6).
8. Êxodo 2:9 Então, lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino e cria-mo; pagar-te-ei o teu
salário. A mulher tomou o menino e o criou.

CONCLUSÃO – REVISÃO DOS TOPICOS – ORAÇÃO - LOUVOR


Joquebede simboliza muitas mães que sofrem por amor de seus filhos, até vê-los servindo ao
Senhor e fazendo o bem a todos, pois a verdadeira mãe nunca abandona os seus filhos, por mais
que as circunstâncias sejam adversas.