Você está na página 1de 4

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE


FUNDAÇÃO SERVIÇOS DE SAÚDE DE MS
UNIDADE: HRMS/FUNSAU

Boletim Médico Diário


Hospital Regional de Mato Grosso do Sul
Setor: UTI 07
NOME PRONT LOCAL EVOLUÇÃO

M.R.F 642725 107-61 Paciente em leito de CTI-Covid, em estado grave, afebril a


visita, intubado, recebendo medicações para dormir e não
sentir dor (coma induzido), recebendo oxigênio em doses
próximas (30%) das condições em ar ambiente (21%). Não
apresentou episódios de febre nas ultimas 24h, diurese
(produção de xixi) com volume satisfatório. Está se
alimentando e urinando via sonda. Exames de sangue
apontam melhora discreta do estado inflamatório, a função do
rins está ainda bem alterada, segue em acompanhamento
conjunto com a nefro, sem programação de hemodiálise hoje.
Devido ao quadro de instabilidade pressórica, segue
necessitando de doses baixas de noradrenalina para manter a
circulação e pressão em níveis compatíveis com avida. Em uso
de antibióticos para tratar infecção pulmonar, com resposta
satisfatória até o momento; além de injeções diárias para
reduzir risco de trombose. Segue sob cuidados intensivos de
UTI, em acompanhamento conjunto com a equipe de
fisioterapia, exames laboratoriais de controle solicitados
diariamente. Está estável ao momento, ainda com infecção
ativa.

V.L.S. 643034 107-62 PACIENTE EM LEITO DE CTI EM ESTADO GRAVE,


dos S. PRECISANDO DE MEDICAÇÃO PARA MANTER A PRESSÃO
E PRECISANDO DE AJUDA DE APARELHO PARA
CONSEGUIR RESPIRAR. MESMO UTILIZANDO FORTES
MEDICAMENTOS A PACIENTE CONTINUA TENDO FEBRE.
HOJE FOI COLOCADO MAIS ANTIBIOTICOS PARA TENTAR
CONTROLARA INFECÇÃO. SEGUE REALIZANDO EXAMES
DIARIAMENTE E SENDO AVALIADA COM FREQUENCIA
PARA QUE APRESENTE BOA EVOLUÇÃO CLÍNICA.

A.A.A. 642719 107-63 BOLETIM PASSADO VIA TELEFONE PSRS O ESPOSO DAS
PACIENTE.

M.A.d.O. 643001 107-64 Paciente em leito de CTI-COVID, em estado grave, afebril a


G visita, intubado e respirando com ajuda de aparelhos,
recebendo medicações para não sentir dor e dormir
profundamente, ainda necessitando de medicamento para
relaxar os músculos, recebendo doses moderada-alta (55%) de
oxigênio. Está no quarto dia de protocolo prona a fim de
melhorar a circulação e expansão do pulmão. Alimentando-se

Av. Eng. Luthero Lopes, 36 – Bairro Aero Rancho V – 79084-180 – CAMPO GRANDE - MS
PABX (0xx 67) 3378.2500 – Fax (0xx67) 3386.1414
www.hospitalregional.ms.gov.br
GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE
FUNDAÇÃO SERVIÇOS DE SAÚDE DE MS
UNIDADE: HRMS/FUNSAU

e urinando por meio de sondas, com diurese (produção de xixi)


satisfatória. Segue não necessitando de medicações para
manter a pressão e circulação em níveis compatíveis com a
vida. Os exames de sangue apontam melhora discreta do
estado inflamatório com diminuição da população de células de
defesa infecciosa, marcadores de função renal seguem
preservados. Está em uso de antibiótico para tratamento de
pneumonia, com resposta satisfatória até o momento;
aguardando o resultado das culturas de material biológico para
guiar ou reformular esquema antibioticoterapico, recebendo
corticoide na veia para reduzir inflamação e injeções diárias
para reduzir risco de trombose. Apresentou febre nos
controles. Em acompanhamento conjunto com fisioterapia.
Solicitamos exames de controle diariamente. Em estado grave
porém estável ao momento, sob cuidados do CTI, em vigilância
respiratória e infecciosa.

R.S.P 642965 107-65 PACIENTE EM LEITO CTI, EM ESTADO GRAVE, EM


ACOMPANHAMENTO TAMBÉM COM O MÉDICO DOS RINS
E REALIZANDO HEMODIÁLISE DEVIDO AO MAU
FUNCIONAMENTO DOS RINS. CONTINUA USANDO
MEDICAÇÕES FORTES PARA TRATAR INFECÇÃO E
INFLAMAÇÃO E REALIZANDO EXAMES DIARIAMENTE
PARA AVALIAÇÃO COMPLEMENTAR. SEGUE SOB
CUIDADOS CONTINUAMENTE DA EQUIPE DE SAUDE.

F.B.F. 642821 107-66 PACIENTE EM LEITO DE CTI, EM ESTADO GRAVISSIMO,


APRESENTANDO FEBRE E NECESSITANDO DE DOSES
MAIS ALTAS DE MEDICÇÃO PARA MANTER O BOM
FUNCIONAMENTO DO CORAÇÃO E FICAR COM PRESSÃO
ARTERIAL ADEQUADA. TAMBEM APRESENTOU PIORA
DOS EXAMES DE SANGUE E POR CAUSA DE TODAS AS
ALTERAÇÕES FOI AUMENTADA A DOSE DO ANTIBIOTICO
E ACRESCENTADO MAIS UM REMEDIO PARA TENTAR
COMBATER A INFECÇÃO. SITUAÇÃO QUE INSPIRA
CUIDADOS. SEGUE REALIZANDO EXAMES DE SANGUE E
DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO COMPLEMENTAR.

S.G.M 412784 107-67 Paciente em leito de CTI-COVID, em estado grave, afebril a visita,
intubada e respirando com ajuda de aparelho (ventilador mecânico),
recebendo medicações para não sentir dor e dormir profundamente
além de medicação para relaxar os músculos, recebendo ainda
doses altas de oxigênio (70%). Hoje pela manhã devido a
oxigenação inadequada do organismo fora preciso realizar outra vez
protocolo prona (segundo dia de prona), em que a paciente é
disposta de barriga para baixo por longos períodos a fim de melhorar
a circulação e expansão do pulmão. Alimentando-se e urinando por
meio de sondas, apresentando diurese (xixi) com volume
parcialmente satisfatório. Necessitando ainda de medicação
(noradrenalina) em baixas doses para manter a pressão e circulação
em níveis compatíveis com a vida. Os exames de sangue apontam
ainda estado inflamatório porém com quedas das células de defesa
e marcadores de inflamação, marcadores de função dos rins seguem

Av. Eng. Luthero Lopes, 36 – Bairro Aero Rancho V – 79084-180 – CAMPO GRANDE - MS
PABX (0xx 67) 3378.2500 – Fax (0xx67) 3386.1414
www.hospitalregional.ms.gov.br
GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE
FUNDAÇÃO SERVIÇOS DE SAÚDE DE MS
UNIDADE: HRMS/FUNSAU
sem alteração. Segue em uso de antimicrobiano para tratamento de
pneumonia, corticoide na veia para reduzir inflamação e injeções
diárias para diminuir risco de trombose. Não apresentou febre nos
controles. Em acompanhamento conjunto com fisioterapia.
Solicitamos exames de sangue e de imagem de controle
diariamente. Segue grave porém estável, sob cuidados do CTI, em
vigilância respiratória e infecciosa

A.R.S.L. 642179 107-68 Paciente em leito de CTI-COVID, em estado grave, afebril a visita,
D intubada, acordando mas ainda desorientada, mantendo contacto
visual fugaz e não responsiva a comando (o processo de desperta
completo é longo e depende da resposta singular de cada
organismo)/ recebendo apenas medicações para não sentir dor, as
medicações sedativas foram suspensas desde ontem a tarde,
recebendo doses de oxigênio próximas (25%) das condições de ar
ambiente (21%), aparelho configurado de forma a permitir
gradativamente que a paciente retome as funções de ventilação e
este atue como um suporte caso ela eventualmente não consiga
garantir a ventilação por conta própria. Alimentando-se e urinando
por meio de sondas, apresentando diurese (xixi) com volume
satisfatório. Segue não necessitando de medicações para manter a
pressão e circulação em níveis compatíveis com a vida. Os exames
de sangue ainda apontam anemia mas sem necessidade de nova
transfusão ao momento; estado infeccioso e inflamatório importante
mas estável, marcadores de função renal ainda alterados, realizará
outra sessão de hemodiálise hoje a tarde. Segue em uso de dois
antimicrobianos de para tratamento de pneumonia e injeções diárias
para diminuir risco de trombose. Apresentou dois episódios de febre
baixa nos controles. Em acompanhamento conjunto com fisioterapia.
Solicitamos exames de controle diariamente. Segue grave porém
estável, sob cuidados do CTI, em vigilância respiratória e infecciosa

V.G. 527941 107-69 PACIENTE GRAVE, INTUBADA, RESPIRANDO POR


APARELHOS, EM USO DE MEDICAÇÃO PARA COMA
INDUZIDO ( PARA DORMIR E NÃO SENTIR DOR), EM USO
DE MEDICAÇÃO PARA MANTER A PRESSAO BOA( SEM O
MEDICAMENTO A PRESSAO CAI MUITO). EM USO DE
ANTIBIOTICOS PARA TRATAMENTO DE INFECCAO DO
PULMAO. URINANDO , COMENDO POR SONDA NO NARIZ.

HOJE PIOROU A OXIGENAÇÃO DO PULMAO E


NECESSITOU DE UM PROICEDIMENTO PARA AJUDAR O
PULMAO QUE SE CHAMA PRONAÇÃO- PROCEDIMENTO
DE COLOCAR A BARRIGA PARA BAIXO. IREMOS
COLOCAR AMANHA DE MANHA A BARRIGA PARA CIMA
PARA VER SE MELHORA.
SEM OUTRAS INTERCORRENCIA SNO PERIODO.

M.A.X.B. 482272 107-70 CONVERSO PESSOALMENTE COM FAMILIARES

R.M.P.M 641679 107-71 A tarde converso com familiar Cassius (esposo) e o atualizo
quadro clínico.

J. de L.S. 643087 107-72 PACIENTE EM LEITO DE CTI, EM SITUAÇÃO GRAVE,

Av. Eng. Luthero Lopes, 36 – Bairro Aero Rancho V – 79084-180 – CAMPO GRANDE - MS
PABX (0xx 67) 3378.2500 – Fax (0xx67) 3386.1414
www.hospitalregional.ms.gov.br
GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE
FUNDAÇÃO SERVIÇOS DE SAÚDE DE MS
UNIDADE: HRMS/FUNSAU

dos S. RESPIRANDO COM NECESSIDADE DE APARELHOS. SEM


FEBRE. CONTINUA REALIZANDO MEDICAÇÃO NA VEIA
PARA TRATAR INFECÇÃO E INFLAMAÇÃO E SEGUE
REALIZANDO EXAMES DE SANGUE E DE IMAGEM.
APRESENTOU DISCRETA MELHORA NO EXAMES DE
SANGUE, POREM SUA SITUAÇÃO AINDA É GRAVE E
EXIGE CUIDADOS EM CTI. SEGU SOB OS CUIDADOS DE
TODA A EQUIPE DE SAUDE.

Campo Grande-MS, 27 de maio de 2021.

Av. Eng. Luthero Lopes, 36 – Bairro Aero Rancho V – 79084-180 – CAMPO GRANDE - MS
PABX (0xx 67) 3378.2500 – Fax (0xx67) 3386.1414
www.hospitalregional.ms.gov.br