Você está na página 1de 4

PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Com a Primeira Guerra Mundial marcou-se a saída do modo feudal e


medieval de fazer guerra. Agora a maneira de guerrear é com armas
sofisticadas, máquinas capazes de destruir e produzir o terror, substituindo
muitos homens. Essa guerra é conhecida também como “Guerra antes de
1939”. Esse grande conflito mundial aconteceu entre agosto de 1914 e 11 de
novembro de 1918. Assim, o confronto foi feito por dois grupos de países
europeus, de um lado a Tríplice Entente versos Tríplice Aliança. A Grã-
Bretenha, França e Império Russo (até 1917), e Estados Unidos a partir de
1917, formavam a Tríplice Entente. Do outro lado encontrava-se o Império
Alemão, Império Austro-Húngaro e Império Turco Otomano, que formavam a
Tríplice Aliança. Assim, a Tríplice Entente vence a Tríplice Aliança e, causa uma
destruição nos quatro impérios, mudando o mapa político da Europa, e
também, do Oriente Médio.
No inicio a Itália não fazia parte do Tríplice Entente, pois tinha a
intenção de permanecer neutra. Somente em 1915, fizeram, um pacto sobre a
pressão da Grã-Bretanha, França, contra os aliados Austríacos. O nome desse
pacto foi “Pacto de Londres”, e com essa união, a Itália seria favorecida com
mais território. E o motivo da Itália aliar-se ao “Eixo” na Segunda Guerra
Mundial (Alemanha e Japão), foi realmente esse, de não cumprirem o Pacto
firmado na Primeira Guerra.
A Rússia em 1917, por motivo da Revolução, abandona a guerra, e com
isso, alavancou a entrada dos Estados Unidos na guerra. Antes eram apenas
colaboradores, agora passam a dar uma importante contribuição para a vitória
da Tríplice Entente.
E assim: Muitos dos combates na Primeira Guerra Mundial ocorreram nas frentes
ocidentais, em trincheiras e fortificações, separadas pelas “terras de ninguém”, que era o
(espaço de cada trincheira, onde vários cadáveres ficavam à espera de recolhimento) no mar
do norte até a Suíça. As batalhas se davam em invasões dinâmicas, em confrontos no mar, e
pela primeira vez na história, no ar (www.wikipedia.com.br.26/09/2008,15:30/18:50horas).
Portanto, o número de mortos no conflito, chegou a 19 milhões, onde
encontrava-se 5% de civis mortos. É claro que na Segunda Guerra, esse
percentual subiu para 60%. Contudo, esse conflito resultou na desordem “pós
Guerras Napoleônicas”, destruindo o absolutismo monárquico em toda Europa.
E com isso, foram três os primeiros devastados: Alemão, Austro-Húngaro e o
Russo.

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL (1939 – 1945)

Foi o conflito que mais causou morte em toda história da humanidade.


As forças do Eixo contra os aliados. O grupo dos Aliados eram Grã-Bretanha,
China, França, União Soviética e Estados Unidos, e a participação do Brasil em
1943. A oposição a os Aliados era: Alemanha, Itália e Japão, (Eixo). Desse
modo a Segunda Guerra Mundial, provocou muitos conflitos internos, como no
caso a França e a Iuguslávia. E também teve impacto em diversos paises, que
de modo direto ou indireto acabaram participando do conflito.
O austríaco Adolf Hitler, “Führer do Terceiro Reich”, tinha planos no princípio de
dominar toda a Europa, com princípios nazistas, defendendo que o ser humano
de raça germânica é superior. Também queria eliminar os judeus,
homossexuais e deficientes físicos. O intuito, era de reprimir a liberdade
individual, na perseguição de ideologias liberais socialistas e comunistas.
Com a intenção de alargar seus territórios, o Japão e a Itália entraram no
conflito. Mas o desejo do Eixo foi confrontado pelas nações aliadas (Grã-
Bretanha, França, Estados Unidos). Assim, depois que a Alemanha invadiu a
União Soviética, passou a compor ao grupo dos Aliados.
Um dos principais fatores para iniciar o conflito da Segunda Guerra, foi,
que Hitler defendia que a Alemanha necessitava de mais espaço territorial .
Consequentemente na fronteira com a União Soviética. A Áustria, a
Tchecoslováquia, foram incorporados ao território alemão por Hitler. Pelo fato
da invasão desses dois países, os principais países europeus não deram
importância, mas quando a Alemanha invade a Polônia, então ocorre a
resposta dos Aliados, e o resultado é a Segunda Guerra Mundial.

FASCISMO

Foi desenvolvido na Itália nos anos (1922-1943 e 1943-1945), por Benito


Mussolini. Deriva de “fascio”, que denomina grupos políticos militâncias
italianas no final do século XIX. Pode ser entendido fascismo por derivar de
faces do Império Romano, que era um símbolo de quem ocupava um cargo de
magistratura. Compreende o símbolo – (um machado cujo o cabo era rodeado
de varas), simbolizando a união do povo.
O fascismo é uma prática política, um modelo de implantar o poder do
Estado diante das formas liberalistas existentes como socialismo e
democracias. O fascismo leva o nome de qualquer modelo semelhante ao de
Mussolini, que usa a censura e a força do Estado para opor-se a qualquer
oposição política ou manifestação social. O fascismo fazia – “(...) uma severa
arregimentação econômica, social e cultural, sustentando-se no nacionalismo e
por sua vez na xenofobia (nacionalismo étnico), privilegiando os nascidos no
próprio país (...) (www.wikipedia.com.br-26/09/2008-15:30/18:50horas).
No fascismo não se valorizava a pessoa estrangeira. Benito Mussolini
ficou conhecido pelo seu regime autoritário e radical dentro do Estado. Sua
aplicação mantinha o interesse do próprio fundador (Mussolini).

GESTAPO

Foi conhecida como a polícia secreta alemã, durante o período nazista.


Era administrada pela SS (organização paramilitar, ligado ao partido nazista
alemão), e sendo uma agressiva arma do partido nazista. A Gestapo, fazia a
segurança do mesmo, trabalhava como uma espiã e, também, atuando como
uma polícia diferente das demais, pois, a Gestapo fazia as suas próprias leis, e
tomava decisões na execução das necessidades do partido nazista.
A Gestapo foi fundada em 1933 na Prússia, tendo como base na época,
a polícia secreta prussiana. E no seu surgimento atuou de inicio apenas como
um ramo da mesma polícia. Mais tarde em 1934, ganha força com Herman
Göring, e dessa forma, a Gestapo deixa de ser uma ramificação da polícia
prussiana, e passa, a ganhar objetivos e funções a desempenhar como polícia
política. Assim, a Gestapo (Geheime Stratpolizei), levou a força, o horror. Deu
poder de ação para o partido Nazista. Deixou de atuar somente dentro da
Prússia, passando a toda }Alemanha, e consequentemente por toda Europa
dominada pelo poder nazista.
Portanto, era a ação da Gestapo que garantia o sucesso do domínio
nazista perante a população. Os métodos dessa polícia era de um auto-
tribunal, pois, não passava por leis de fora, onde a própria Gestapo era a lei de
fora, sendo a autoridade máxima, e capaz de colocar a sentença e executa-la.