Você está na página 1de 3

27.

02C Crônica
A voz da Rússia prossegue nas suas emissões. Queiram ouvir informações
sobre o dia de hoje da Rússia.

Uma rede de observação internacional vai abranger praticamente todas


as regiões do país nas eleições do presidente da Rússia, marcadas para o
dia 2 de março, - declarou em Moscou o presidente do Comitê Eleitoral
Central Vladimir Tchurov. Espera-se que ao todo venham à Rússia cerca de
300 representantes estrangeiros, incluindo representantes da Assembléia
Parlamentar do Conselho da Europa. Quanto à campanha eleitoral, esta
acaba de ingressar numa etapa nova. Já está em vigor a proibição de
publicar os resultados de quaisquer pesquisas da opinião pública e dos
prognósticos, relativos a futuras eleições. Esta medida foi tomada a fim de
excluir qualquer influência sobre a manifestação livre da vontade dos
cidadãos. O posto do presidente é disputado pelo vice – primeiro ministro
adjunto Dmitri Medvedev, por lideres do Partido Comunista e do Partido
Liberal – Democrata, respectivamente Guennadi Ziuganov e Vladimir
Jirinovsky e pelo dirigente do Partido Democrata Andrei Bogdanov.

Em março, no estaleiro da indústria de defesa “Zvezdochka”, situado em


Severodvinsk, - uma cidade no norte da Rússia, - será concluída a
utilização de 12 submarinos atômicos russos, cujo prazo de serviço tinha
acabado. A utilização é custeada pelo Canadá. No quadro do programa
“Parceria Global” , adotado na cimeira dos oitos países grandes em 2002,
Otava financia a desmontagem de submarinos multifuncionais, isto é,
submarinos da classe “Viktor”, que não portam mísseis intercontinentais.
A parte canadense destinou para isso cerca de cem milhões de dólares
canadenses, isto é, cerca de 70 milhões de dólares dos EUA. O estaleiro
“Zvezdochka” é a empresa russa principal de utilização de submarinos
atômicos, que faziam parte anteriormente da esquadra do Oceano Glacial
Ártico.

Em Kaliningrado foi inaugurada uma conferência internacional de apoio


aos compatriotas russos que se encontram no estrangeiro. O objertivo
básico da conferência é elaborar recomendações relativamente à solução
de problemas político – jurídicos e sócio – culturais dos compatriotas
russos que vivem nas repúblicas do litoral báltico e nos países da CEI.
Foram convidadas para a conferência mais de quinhentas pessoas. São
compatriotas que vivem na Letônia, Lituânia, Estónia e nos países da CEI,
representantes das organizações estatais, sociais e navais da Rússia e os
seus colegas da Alemanha, Dinamarca, Suécia, Finlândia, Polônia e dos
outros paises, assim como representantes das estruturas internacionais.

O Patriarca de Moscou e de toda a Rússia Aleksi Segundo e o supremo


hierarca da Igreja Ortodoxa Russa no estrangeiro, metropolita Lavr, foram
condecorados com as medalhas da Federação da paz e da concórdia pela
sua contribuição para o desenvolvimento da colaboração internacional e
interconfessional. Estas condecorações foram entregues numa cerimônia,
promovida no templo do Cristo Salvador, pelo dirigente da Federação
Viktor Kamichanov e pelo seu presidente honorário Valentin Zorin, famoso
jornalista, especializado em assuntos internacionais, e comentarista da
companhia de radiodifusão “Voz da Rússia”. Na ocasião foi ressaltado à
parte o papel desempenhado por ambos os hierarcas no restabelecimento
da unidade da Igreja Ortodoxa Russa. A Federação da paz e da concórdia é
uma organização internacional não governamental, por cuja iniciativa se
realiza o projeto “Diálogo de religiões e culturas é a via para a paz e
concórdia”.

Um concerto de gala, dedicado ao ducentésimo vigésimo quinto


aniversário do Teatro Marrinsky foi promovido neste palco mundialmente
famoso. Participaram do concerto as estrelas do teatro e o seu dirigente
artístico Valeri Guerguiev. As solenidades dedicadas a este aniversário
serão realizadas durante toda a temporada. O teatro Marrinsky é um dos
símbolos de Petersburgo. Fazem a sua gloria os conjuntos magníficos de
ópera e de bale e uma orquestra sinfônica famosa. O repertorio do teatro
inclui encenações históricas de obras primas mundialmente reconhecidas
e espetáculos ultra modernos. O teatro faz tournées artísticas na Rússia e
no mundo inteiro. Tornaram-se mundialmente famosos os festivais do
teatro, incluindo as chamadas “Estelas das noites brancas”.

Na cidade balneária russa Sochi, situada à margem do mar Negro, foi


inaugurado um festival de criação artística infantil. Conjuntos de cantores
e de dançarinos de oito países, incluindo a Rússia, irão apresentar aí os
seus programas musicais. A idade dos artistas principiantes é de 9 a 12
anos. Na opinião de organizadores, o festival, promovido na capital das
olimpíadas de inverno de 2014, é um bom início para a unificação das
culturas de diversos povos.

Os montanhistas russos pretendem escalar em princípios de março os


montes Humboldt, na terra da Rainha Maud, na Antártida. O grupo inclui o
presidente do Clube Internacional de Montanhismo Iuri Baikovsky, o
recordista russo quanto a escaladas de montes de oito mil e mais metros
de altura Evgueni Vinogradsky e o esportista – alpinista Valri Bagov. Os
participantes da expedição pretendem investigar esta região pouco
conhecida da Antártida e recolher informações sobre o derretimento da
crosta de gelo neste continente por causa do aquecimento global.
(fone)
Acabam de ouvir a crônica de informações da Rússia.