Você está na página 1de 113
Jurgen Habermas A constelagao pos-nacional Ensaios politicos Tradugdo de Mircio Seligmann-Silva, Mi mee Sib et Sa Dag Lae am Agana Caras Rar «Diu Clara Lia, Telefon (HX) 51-799 / 586506 Fox OX) S86 5306 Indice Introduga0 1 1. Acerea do contexto nacional © que é um povo? Acerca da autocompreensdo das Cigncias Humanas no pré-marg. aa Sobre o emprego pblico da Histria 37 II.A constelagdo pés-nacional Aprender com as catistrofes? ‘Um olhar diagnéstico retrospective sobee o breve século XX. 3 A constelagio pée- nacional 0 futuro da democracia. 15 ‘Acerca da legitimagio com base nos Direitos Humn0s ooo 143 IML. Acerca da autocompreensito da Modernidade ‘Concepgdes da Modemidade ‘Um olhar retrospect sobre das tadiges a... 167 7.0 diferentes ritmos da filosofia eda politica. Nos cem anos de nascimento de Herbert Marcuse IV. Um argumento contra clonar pessoas Tris réplicas 8. Escravidio genética? Fronteiras moras dos progressos da rmedicina da reprodugio 9. No € a natureza que profbe clona. [Nés mesmos devenos decidie 10. A pessoa clonada ndo seria um caso de dano ao dircito civil. a3 207 Introdugao “Rio efronteira”éa imagem sugestiva para anova cons- telagio das ultrapassagens de fronteira. Na assembléia de ‘germanistas de Frankfurt em 1846, tratava-se do estabeleci- mento das fonteras nacionals que vigoram hoje em dia, Os dois ensaios introdutérios iluminam © nosso contextonacio- ral a partir de duas perspectivas opostas. Naguela época © ‘olhar dirigia-se ao inicio republicano. Desiludido, observa- mos hoje o seu fim catastéfico 0 othar diagndstico retrospectivo sobre o breve século XX tenta esclarecer a atmosfera atualmente disseminada de Ra prema ue pemin 2 poo do me coeers cus ste Gage pend em KD. Breer ¢ A Heth A de ‘Ghee men tin Bit 2179p. 107, Ps ao i ‘cs dane de aap Ms men usin ‘Son tas mes ne dr ne eens meee {Sopa sta Gch Et eee seem pala i ‘tie demagiyo s lotescumnor Se moses sprue ml 0 ‘etme, asin cam aoe hpi una» i {Ere Sen on eho ae ipo meen cso mld eva sae oa ‘None ue coco strata de as gh de mn mpl Bo Sone mrbane utfadesepende a a rip e.