Você está na página 1de 12

Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

Análise Macroeconômica

Macroeconomia pode ser entendia como o estudo dos


agregados econômicos, de seus comportamentos e das
relações que guardam entre si.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

• Os agregados que têm recebido maior atenção são o


produto nacional, o nível de emprego e a taxa de
crescimento dos preços.

• O que distingue a macro da microeconomia é que a


macroeconomia só se preocupa com o comportamento
dos grandes agregados, sem dar muita importância às
ocorrências internas a esses agregados.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

1) Produto Nacional

• Ao se medir o produto nacional, está se tentando avaliar o


desempenho da economia, ou seja, se a economia de um
país é capaz de satisfazer as necessidades de seus cidadãos.

• Crescimento econômico é sinônimo de aumento do


Produto Nacional.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

• Produto Nacional Bruto (PNB) = valor de todos os bens


finais e serviços produzidos na economia num dado
período de tempo (normalmente 1 ano).

• O PNB inclui todos os bens (casas, carros, geladeiras...)


e serviços (serviços de corretagem, palestras de
economia...) produzidos numa economia por fatores
próprios de produção.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

• O fato de dizer que o PNB apenas contabiliza os bens e


serviços produzidos por fatores próprios possui uma
implicação importante, que a diferença entre PNB e PIB.

• Uma parte do PNB é ganha fora do país. Isso significa


dizer que a renda obtida por brasileiros que moram fora
do país é contabilizada no PNB, mas não no PIB.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

• Assim, o PIB contabiliza apenas todos os bens e


serviços que são produzidos dentro do país.

• Conclusão: PIB = PNB – renda líquida enviada do


exterior + renda líquida enviada para o exterior.

• No Brasil o PNB e o PIB são bastante próximos.


Convencionalmente, adotou-se o PIB como medida
padrão da economia.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

2) Valor Adicionado

• É importante lembrar que numa economia real, os


insumos utilizados no processo de produção, usualmente, já
sofreram algum tipo de transformação.

• Na produção do trigo, por exemplo, é preciso considerar a


utilização de sementes, fertilizantes,...

• Esses bens intermediários devem ser expurgados do


cálculo final do Produto Nacional, a fim de evitar-se o que
se chama de dupla contagem.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

• Imagine um automóvel, por exemplo. Ao incluir seu


preço final na contabilização do Produto Nacional, não
poderemos incluir o valor dos componentes em separado
(pneus, freios, amortecedores). Esses componentes são
chamados de bens intermediários e seus valores não são
incluídos no PIB.

• Para evitar que haja dupla contagem, trabalha-se com o


valor adicionado. A cada estágio da produção de um bem,
somente o valor adicionado ao bem naquele estágio é
considerado como parte do PIB.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

Identidades Importantes

• Numa economia mais complexa, nem tudo que é


produzido é consumido. Uma parte da produção é
investida.

• Investimento: aquisição de bens de produção, bens de


capital ou intermediários, que visam aumentar a oferta de
produtos
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

Identidades Importantes

•Y=C+I

•Y = valor da produção total da economia (produto


nacional ou renda nacional).

• C = consumo total da economia

• I = investimento total da economia


Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

Identidades Importantes

• Da mesma forma, para haver investimento na economia,


nem toda renda da economia pode ser consumida.

• Uma parte da renda das famílias deverá ser poupada.

• Poupança: parcela da renda não consumida em dado


período.
Universidade Estácio de Sá – Gestão Empresarial e TI

FUNDAMENTOS DE ECONOMIA – 1o. período Apostila 5

Identidades Importantes

•Y=C+S

• S = poupança

• Logo: I = S (identidade básica da economia)

• Os investimentos realizados numa economia são


financiados pela poupança.