Você está na página 1de 7
1.2.3. O campo criado por um dipolo elétrico E2638, Detennine momento de dipolo elétrico consiituido por num elétron e um proton separados por uma disténcia de 430m. > 0 médulo da cargn cas duas particntns é q = 1.6 x 10-! C. Portanto, temos aqui um belo exemplo de exercicio de mnttiplicacio (1.6 x 10-")(4.3 x 10-*) 6.88 x 10-* Cm. p= E2425 ‘Na Fig, 248, soponba que amas as cargassejam post tivas. Mostre que E no ponto P. considerando z > d.¢ dado por Ly To? > Veando o principio de superposigdee dois terme da (D+ ay? x 1-204 32% — dot +. valida quando [:"| < 1, obtemos 1 4 e- tf] 4 _ Grea le afaP 14 E2426, Calcule © campo elétrica (médulo, diresto © sentido) devido a um dipole elétrico em um ponte P localizado uma distincia z >> d sobre a mediatriz do sezmento que uae as cargas (Figura 24-32). Exprecse sua resposta fem termes de momento de dipolo p p Obiém-se.o campo Hresultantene ponto#*somando- se vetoialmente BoB, + B. A magnitade dos vetores é dada por: a Kaye As soma das componentes sobre a mediatsiz se can- celam enquanto as componeutes perpendiculares a ela somam se. Portante. chamando se 0 éagulo entre 0 By cio do dipolo ca drsio de E(u de B.). seve 2 c0s6, onde, da fg, cos = 02 Comino seve + ap Fre Tren Pe Como o problema nos diz que r > d. podemos des prezar 0 termo d? /(4r®) no ailtimo denominador acima, obtendo para o modulo do campo o valor pant Em termos do momento de dipoto {p| ~ gd. wma vez ane Bc p tem sentidas opostos,temos wan. 1.2.4 O campo criado por uma linha de cargas, P2430. ‘Um alétron tem seu movimento restrito a0 eixo do anel de cargas de raio R discutide na segdo 24-6. Mostre que a forca eletrostitica sobre o eléwon pode fazé-lo oscilar através do centro do anel, com uma freqiiéncia angular dada por: [ra V Fram > Como visto no Livro-texto, a magnitude do campo elétrico num ponto localizado sobre 0 eixo de um anel homogencamente carregado, a uma distincia 2 do cen. tro do anel, ¢ dado por (Eq. 24-19) @ E- . SSS Treg? + ye conde q é a carga sobre o anel ¢ Fi é 0 raio do anel. Para que possa haver oscilaio a carga q sobre o anel deve ser nececsariamente positiva, Para uma carga 4 po- sitiva, © campo aponta para cima na paste superior do ancl ¢ pata baixo na parte inferior do anel. Se tomar mos a direc para cima como sendo a direso positiva, centao a forca que atua mum clétron sobre 0 eixo do anel & dada por eas Ameo? + 2)97?" =-eE= onde ¢ representa a magnitude da carga do eléwon Para oscilagSes de pequena amplitude. para as quais va- le z € R. podemos desprezar ¢ no denominador da expresso da forca, obtendo entio, nesta aproximacao, Treg * = Desta expressao seconhecemos ser a forga sobre 0 elétron uma forga restauraciora: ela puxa o elétron em dixegao 20 ponto de equilibrio > = 0. Além disto, a magnitude da forca & proporcional a 2. com uma con- tante de proporcionalidade k = eg/(4xeoR*). como se © elétron estivesse conectado a uma mola. Ao longo do eix0, portanto, 0 elétron move-se num movimento hharménico simples, com uma freqiéncia angular dada por (revejao Cap. 14, caso necessério) Ea Vin conde in representa a massa do elétron om.