P. 1
COESÃO

COESÃO

5.0

|Views: 6.160|Likes:
Publicado porJorge

More info:

Published by: Jorge on Jul 19, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/16/2013

pdf

text

original

COESÃO TEXTUAL

Conjunto de processos que permitem fazer um texto a partir de um “puzzle” de palavras ou de frases soltas.

Coesão frásica:

• Há coesão ? A rapaz trouxeram duas amiga. Identifica o problema:
Existem falhas no acordo quanto ao número (singular / plural) e quanto ao género (feminino/masculino) , não é ?

Coesão frásica:

• Há coesão ? Trouxe o amigas duas rapaz. Identifica o problema.
A ordem das palavras na frase não faz sentido, não é?

Conclusão:

• Coesão frásica (como se obtém?)
– Pela concordância em género e número – Pela ordem lógica das palavras na frase (ordem directa: sujeito+verbo+complementos)

• Coesão interfrásica – ligação entre frases por processos de coordenação e de subordinação. A coesão interfrásica é assegurada por conectores/articuladores do discurso, usados conforme a ideia a transmitir.

Cria coesão interfrásica, ligando de forma lógica as várias frases simples que vão surgindo, : Não as comprei. Ela vestiu o casaco. Todos se levantaram.

Vi umas calças fixes.

Ela saiu.

Ela tinha frio. O dinheiro era pouco.

O concerto acabou.

Identifica os conectores presentes nas seguintes frases complexas e explica os respectivos valores: 1- O jogador foi expulso com toda a razão, porque lesionou intencionalmente o adversário. 1- O jogador foi expulso com toda a razão, porque lesionou intencionalmente o adversário. (anuncia uma ideia de causa) 2- Ocuparemos o apartamento quando os actuais inquilinos de lá saírem. 2- Ocuparemos o apartamento quando os actuais inquilinos de lá saírem. (anuncia uma ideia de tempo)

Identifica os conectores presentes nas frases e explica os respectivos valores: 3- Se o motor falhar novamente, vendo o carro!

3- Se o motor falhar novamente, vendo o carro! (indica uma hipótese)

4- A aldeia situa-se a dez quilómetros da sede do distrito, no entanto ainda não possui saneamento básico. 4- A aldeia situa-se a dez quilómetros da sede do distrito, no entanto ainda não possui saneamento básico. (anuncia uma ideia de oposição)

Identifica os conectores presentes nas frases e explica os respectivos valores: 5- Todos deram o seu contributo para que o jantar fosse um sucesso. 5- Todos deram o seu contributo para que o jantar fosse um sucesso. (indica uma finalidade) 6- Podes levar o livro desde que o devolvas dentro de cinco dias, no máximo. 6- Podes levar o livro desde que o devolvas dentro de cinco dias, no máximo. ( indica uma condição)

.Coesão temporal :
-é assegurada pelo emprego adequado dos tempos verbais, obedecendo a uma sequência lógica, ao uso de advérbios e de expressões que ajudam a situar a mensagem no tempo. -“Agora estou ocupado. Mais tarde passo por tua casa.” -“Quando ele chegou a casa, a mãe já tinha almoçado.” -“A mãe estava a almoçar quando ele chegou a casa.” “A - mãe almoçará quando ele chegou a casa.”

NÃO HÁ COESÃO TEMPORAL

.Coesão lexical :
Por repetição
- repetição da(s) mesma(s) palavra(s) ao longo do texto

“Do que me lembro bem é dos arcos em vez de portas e de umas janelas que pareciam desviadas dos seus respectivos lugares. Ao arcos abriam umas lojas não sei de quê, pois fixei apenas os seus fundos negros.”
Almada Negreiros, Nome de Guerra

Por substituição
- sinonímia
Quando ele lhe ofereceu o presente, ela ficou surpreendida pois não esperava aquela oferta da sua parte.

- antonímia
A rapariga não disse a verdade, inventou uma mentira do tamanho do mundo.

- hiperonímia

/

hiponímia

A Joana adorava todos os animais, mas tinha um amor especial pelos cães.

hiperónimo = termo genérico

hipónimo = termo específico contido na designação genérica

- holonímia

/

meronímia

Quando a Joana via um cão, não conseguia evitar de lhe acariciar o pêlo.

holónimo = refere-se a um todo

merónimo = refere-se a uma parte do todo

.Coesão referencial :recurso a palavras que retomam
termos ou expressões anteriormente ou posteriormente referidos. (uso de pronomes, advérbios, numerais, perífrases...)

Anáfora:
- o termo que retoma o referente aparece depois desse referente: “Ela viu o rapaz e deu-lhe o recado.”

Catáfora
-o termo que retoma o referente aparece antes desse
referente: “Ela deu-lhe o recado, mas o rapaz não ligou.”

Elipse
-supressão de elementos que apareceriam desnecessariamente
repetidos, pois são facilmente identificáveis : “ O rapaz entrou na loja. [O rapaz] Pediu dois caramelos, [pediu] duas maçãs e [pediu] uma garrafa de água.”

O cavaleiro saudou o rei e, inclinando-se perante Elsa, perguntou-lhe se permitia que ele a defendesse. Elsa confiou-lhe por inteiro a vida. O cavaleiro pediu Elsa em casamento caso saísse vencedor da luta. Elsa aceitou. O cavaleiro impôs-lhe então uma última condição: ele protegeria Elsa, mas Elsa não tentaria saber a sua identidade. Elsa conformou-se com a condição. O cavaleiro desafiou o conde. O cavaleiro derrotou o conde.

Reescreve o texto procurando evitar as repetições: O próximo dispositivo apresenta uma solução.

O cavaleiro saudou o rei e, inclinando-se perante Elsa, perguntou-lhe se permitia que ele a defendesse. Elsa confiou-lhe por inteiro a vida. O cavaleiro pediu Elsa em casamento caso saísse vencedor da luta. Elsa aceitou. O cavaleiro impôs-lhe então uma última condição: ele protegeria Elsa, mas Elsa não tentaria saber a sua identidade. Elsa conformou-se com a condição. O cavaleiro desafiou o conde. O cavaleiro derrotou o conde.

Solução possível: O cavaleiro saudou o rei e, inclinando-se perante Elsa, perguntou-lhe se permitia que ele a defendesse. A filha do duque confiou-lhe por inteiro a vida. Depois/ Este pediu-a em casamento caso saísse vencedor da luta. Ela aceitou. O cavaleiro impôs-lhe então uma última condição: ele protegê-la-ia, mas Elsa não tentaria saber a sua identidade. A jovem conformou-se com a condição. Então, o cavaleiro desafiou o conde e derrotou-o.

SÍNTESE: frásica gramatical interfrásica temporal referencial anáfora catáfora elipse repetição lexical substituição sinonímia antonímia hiperonímia/hiponímia holonímia/meronímia

coesão

Site onde encontras mais informação e exercícios sobre este assunto e outros
• http://www.prof2000.pt/users/dani/coesao/coesaofrasicaexp.htm

• •

http://www.prof2000.pt/users/dani/coesao/hiponimoexp.htm http://www.eb1-lisboa-n183.rcts.pt/linguaportuguesa.htm

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->