Você está na página 1de 4

Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Sofia Nunes de Freitas

B
Professor: Iramar José de Freitas
Aluno(a):______________________________________________________________________
8° ano único – Acaraú, ______ de dezembro de 2009
AVALIAÇÃO BIMESTRAL DE LÍNGUA PORTUGUESA – 4° BIMESTRE

Qual a origem do doce brigadeiro? Eis que pela estrada vem passando o ratinho seu amigo.
Ao ver o leão naquela situação, prontificou-se no
Em 1946, seriam realizadas as primeiras eleições mesmo instante:
diretas para presidente após os anos do estado novo, de – É já que vou retribuir o favor que você me fez.
Getulio Vargas. O candidato da aliança PTB/PSD, E pôs-se a roer as cordas até livrar o leão da rede dos
Eurico Gaspar Dutra, venceu com relativa folga. Mas o caçadores.
titulo de maior originalidade na campanha ficou para as Fábulas de Esopo. Adapt. de Ivana Arruda
correligionárias do candidato derrotado, Eduardo Leite. São Paulo: Escala Educacional. 2004.
Gomes (da UDN)
02- A fábula recebeu esse título porque:
Brigadeiro da aeronáutica, com pinta de galã,
( A ) Indica quem são os personagens principais.
Eduardo Gomes tinha um apoio, digamos,
( B ) Indica que o leão é o rei dos animais.
entusiasmado. Para fazer o corpo-a-corpo com
( C) Indica que o leão e o rato são os personagens
eleitorado, senhoras da sociedade saiam as ruas
secundários.
convocando as mulheres a votar em Gomes, com o
( D ) Nega os fatos importantes acontecidos com todos
slogan:vote no brigadeiro. Ele é bonito e solteiro. Não
os personagens.
satisfeito ainda promoviam almoços e chás, nos quais
serviam um irresistível docinho coberto com chocolate
03- Leia atentamente as informações abaixo, e em cada
granulado. Ao qual deram o nome, claro, de brigadeiro.
Almanaque das curiosidades item, marque uma única opção correta.
01- A finalidade desse gênero de texto è: I - No texto, a palavra que significa próximo de acontecer
(A) Trazer uma informação. é:
(B) Refutar um argumento. (A) Prestes.
(C) Advertir as pessoas. (B) Retribuir.
(D) Propor mudanças. (C) Comovido.
(D) Prontificou-se.
O Leão e o Rato
II - O verbo refazer foi empregado no texto como
Estava um rato prestes a ser devorado por um sinônimo d
gato faminto quando um leão que passava por perto, (A) Reparar, arrumar.
comovido com seu desespero, espantou o gato pra (B) Reorganizar, reformar.
longe. Refeito do susto, o ratinho agradeceu: (C) Fazer de novo, corrigir.
– Muito obrigado por salvar minha vida, (D) Restaurar as forças, revigorar-se.
majestade. O senhor é o rei da flores ta e não
precisaria se incomodar com um ser tão III - A fala do leão preso na armadilha confirma o
insignificante como eu. Mas um dia eu hei de lhe sentimento de:
retribuir este favor. ( A ) Falta de esperança em ser salvo.
O leão, que não havia feito aquilo pensando ( B ) Surpresa com a atitude dos caçadores.
em recompensa, seguiu o seu caminho: ( C ) Esperança de chegar um amigo e salvá-lo.
– Pobre ratinho, como poderia ele retribuir um ( D ) Certeza de que ia livrar-se sozinho da armadilha.
favor ao rei dos animais?
No dia seguinte, o leão estava andando distraído Os itens corretos, estão em seqüência no item:
quando pisou numa rede estendida para aprisioná-lo. ( A ) D,D e B
Assim que pôs a pata na armadilha, a rede se fechou ( B ) B, A e C
sobre o seu corpo. ( C ) C, C e B
– Ai de mim. Ficarei aqui a noite inteira até que ( D ) A, B e A
cheguem os caçadores e me matem sem dó nem
piedade. 04- O que a atitude do leão para salvar o rato
demonstra?
( A ) Inveja do gato. 08- No final da história, a raposa foi:
( B ) Piedade pelo rato. (A) corajosa
( C ) Raiva do gato, por que nunca consegui lhe (B) cuidadosa
pegar. (C) esperta
( D ) Egoísmo por ser mais forte. (D) ingênua

05- O adjetivo pobre, empregado no 4º parágrafo, Motorista de batom conquistam a Urca


expressa: Moradores aprovam adoção de mulheres na linha 107
( A ) Digno de compaixão.
( B ) Falta de dinheiro. Batom, lápis nos olhos, brincos. Foi a essa mistura
( C ) Motivo de orgulho. que a empresa Amigos Unidos apelou para contornar
( D ) Posição social as constantes reclamações dos moradores da Urca
contra os motorista da linha 107 (Central-Urca). Há um
06- (PUCCAMP-SP) – “Nunca chegará ao fim, por mês, a empresa removeu sete mulheres de outros
mais depressa que ande”. A oração destacada é: trajetos para formar um time de primeira linha. “O
( A ) Subordinada Adverbial Causal publico da Urca é muito exigente”. Os passageiros
( B ) Subordinada Adverbial Concessiva reclamavam que os motorista homens não paravam no
( C ) Subordinada Adverbial Condicional ponto e dirigiam de forma perigosa. Agora só
( D ) Subordinada Adverbial Consecutiva recebemos elogios, contou o gerente de recursos
humanos da empresa, Mario Mattos.
Veja o diálogo entre amigas: Elogios que, às vezes, não se limitam ao
Mariana: Eu gosto do natal porque as pessoas se desempenho profissional. “Hoje (ontem) um homem
amam muito mais. falou que queria ser o meu volante”, contou a motorista
Joana: Ah!... Você também sente isso? Ana Paula da silva, 24 anos. Na empresa há três meses,
Mariana: Como fico feliz! Quer dizer que você Ana Paula da silva faz da profissão uma forma de dar
também se ama muito mais no natal? Eu, então, você carinho a idosos e deficientes – os que mais tem
nem imagina o quanto eu me amo no natal! dificuldades para entrar nos ônibus. As vezes, levanto
Joana: Por que será que as pessoas se amam muito para ajudar alguém a descer. Já parei o carro para
mais no natal? atravessar a rua com deficiente visual, contou.
Casada com um motorista de ônibus, Márcia
07- A respeito do diálogo de Mariana, é correto Cristina pereira, 38 anos, diz que não enfrenta
afirmar que ela: dificuldades com os colegas de profissão, ainda que
( A ) Gosta do Natal pelo mesmo motivo de sua reconheça que, no começo, a desconfiança não foi
amiga. pequena. Eles me dão força. Recebo muitos elogios,
( B ) Concorda com a forma de pensar de sua amiga. disse. Ao contrario de Márcia, a motorista Janaina de
( C ) Percebe que a amiga não compreendeu sua fala. lima, 32 anos diz que se relaciona bem com todos os
( D ) E a amiga têm as mesmas opiniões. colegas, mas acha que já há competição. Falta muito
para os homens se relacionarem bem com os idosos e
A Raposa e o Canção deficientes, comparou. Morador da Urca há 25 anos,
Passara a manhã chovendo, e o canção todo Ednei Bernardes aprovou a adoção de motoristas
molhado, sem poder voar, estava tristemente pousado mulheres no bairro. Elas respeitam mais as pessoas e
á beira de uma estrada. Veio a raposa e levou-o na as leis de trânsito,resumiu.
boca para os filhinhos. Mas o caminho era longo e o JB,23/07/02 – Cidade. C1.
sol ardente. Mestre canção enxugou e começou a 09- Um dos usuários do ônibus concluiu:“Elas
cuidar do meio de escapar a raposa . Passam perto de respeitam muito mais as pessoas e as leis do
um povoado. Uns meninos que brincavam começam a trânsito”.
dirigir desaforos á astuciosa caçadora. Vai o canção e Tal afirmativa, no contexto permite concluir que:
fala: ( A )As empresas de ônibus preferem ao serviços da
- Comadre raposa, isto é um desaforo! Eu se fosse mulher.
você não agüentava! Passava uma descompostura!... ( B ) Os idosos e deficientes passam a receber um
A raposa abre a boca num impropério terrível tratamento melhor.
contra a criançada. O canção voa, pousa ( C )Os homens são grosseiros e desrespeitam as leis
triunfantemente num galho e ajuda a vaiá-la. de trânsito.
Cascudo, Luiz câmera ( D) Nenhuma alternativa está correta
10- Leia atentamente cada fragmento abaixo, e logo 13- - Quem era o bicho citado no texto?
em seguida, identifique o respectivo gênero textual ( A ) Era um cão, pois ali perto tinha um cão.
de cada um. ( B ) Era um homem.
“Ana Luiza,é uma moça de 25 anos, atualmente ( C ) Era um gato rabugento.
ocupa o cargo de recepcionista em uma Empresa ( D ) Certamente seria um rato, pois ele sempre gosta
Multinacional. Sempre que o telefone toca ela fala: dessas coisas.
- MM Papelaria, bom dia, sou Ana Luiza, com
quem falo por favor?... 14-Após os estudos em sala de aula, analise as
informações abaixo, associando corretamente.
(1) gênero dissertativo (1) Protagonista
(2) gênero narrativo (2) Antagonista
(3) gênero descritivo (3) Coadjuvante
(4) Figurante
“ A minha escola é ampla, arejada, bonita, limpa,
organizada. Vejo na minha escola, a vontade de ( ) É o personagem principal de uma obra literária.
aprender...” ( ) É um personagem que não tem tanta importância
na obra, e serve apenas para composição do cenário.
(1) gênero dissertativo ( ) É o personagem secundário, que sempre é o vilão
(2) gênero narrativo da história.
(3) gênero descritivo ( ) É um personagem que tem importância na peça
teatral, não sendo o protagonista.
A co-relação correta é: A relação correta está no item:
(A)1e2 (A) 1,3,2,4
(B)1e3 (B) 1,4,2,3
(C) 2e3 (C) 1,4,3,2
(D)3e3 (D) 1,2,3,4
A Boneca Guilhermina
11- ( OMEC-SP ) Assinale o período em que há
oração subordinada adverbial consecutiva. Esta é a minha boneca, a Guilhermina. Ela é uma
( A ) Diz-se que você não estuda. boneca mito bonita, que faz xixi e coco. Ela é muito
( B ) Falam que você não estuda. boazinha também. Faz tudo o que eu mando. Na hora
( C ) Fala-se tanto que você não estuda. de dormir, reclama um pouco. Mas depois que pega o
( D ) Comeu tanto que ficou doente. sono, dorme a noite inteira! As vezes ela acorda no
meio da noite e diz que está com sede. Daí eu dou
O Bicho água para ela. Daí ela faz xixi e eu troco a fralda
dela. Então eu ponho a Guilhermina dentro do
Vi ontem um bicho armário, de castigo. Mas quando ela chora, eu não
Na imundice do pátio agüento. Eu vou até lá e pego a minha boneca no
Catando comida entre os detritos. colo. A Guilhermina é a boneca mais bonita da rua.
MUILAERT, A. A boneca Guilhermina
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava; 15-- O texto trata, principalmente.
Engolia com voracidade. (A) Das aventuras de uma menina.
(B) Das brincadeiras de uma boneca.
O bicho não era um cão, (C) De uma boneca muito especial.
Não era um gato. (D) Do dia-a dia de uma menina
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.
BANDEIRA. Manuel. Poesias reunidas

12- O que motivou o bicho a catar restos foi:


(A) A amizade pelo cão.
(B) A imundice do pátio.
(C) O cheiro da comida.
(D) A própria fome.