Copyright © 2007 by Hilton Claudino

Produção editorial: Equipe Elevação
Revisão: Equipe Elevação
Impressão: Mundial Artes Gráficas
Diagramação: Helen Winkler
Capa: Alziro Braga
Depósito legal na Biblioteca Nacional conforme
Decreto no 1.825, de 20 de dezembro de 1907.

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Claudino, Hilton
Os vegetais : alimentos que promovem qualidade
de vida / Hilton Claudino. -- 2. ed. -- São Paulo :
Elevação, 2006.
1. Hábitos alimentares 2. Nutrição - Aspectos
fisiológicos 3. Qualidade de vida 4. Vegetais - Aspectos
nutricionais I. Título.

06-1350

CDD-613.262

Índices para catálogo sistemático:
1. Alimentos vegetais : Promoção da saúde
613.262
2. Vegetais na alimentação : Promoção da Saúde
613.262
ISBN 857513061-7
Todos os direitos desta edição
reservados à Editora Elevação
R. Doraci, 90 — Bom Retiro
São Paulo/SP — Brasil — CEP 01134-050
Tel.: (11) 3358-6875 — Fax: (11) 3358-6869
www.elevacao.com.br
info@elevacao.com.br

Sumário
Prefácio......................................................................................................................... 7

Os vegetais, suas propriedades e indicações........................... 11
ABÓBORA....................................................................................................................... 13
ABOBRINHA.................................................................................................................. 15
ACELGA........................................................................................................................... 16
AGRIÃO........................................................................................................................... 18
ALCACHOFRA............................................................................................................... 19
ALFACE............................................................................................................................ 22
ALFAFA............................................................................................................................ 23
ALHO............................................................................................................................... 24
ALMEIRÃO..................................................................................................................... 28
ARROZ............................................................................................................................. 29
ASPARGO........................................................................................................................ 30
AVEIA............................................................................................................................... 31
BATATA............................................................................................................................ 32
BATATA-DOCE............................................................................................................... 34
BERINJELA..................................................................................................................... 35
BETERRABA................................................................................................................... 37
BRÓCOLIS...................................................................................................................... 39
CAFÉ................................................................................................................................ 41
CARÁ................................................................................................................................ 43
CARURU.......................................................................................................................... 44
CATALONHA.................................................................................................................. 45
CEBOLA.......................................................................................................................... 46
CEBOLINHA................................................................................................................... 49
CENOURA...................................................................................................................... 50
CHICÓRIA...................................................................................................................... 53
CHUCHU........................................................................................................................ 54
COUVE............................................................................................................................ 55
COUVE-FLOR................................................................................................................ 58
CRAVO-DE-DEFUNTO................................................................................................ 60
dente-de-leão.......................................................................................................... 61
ERVILHA......................................................................................................................... 62
ESCAROLA...................................................................................................................... 63
ESPINAFRE..................................................................................................................... 64
FEIJÃO............................................................................................................................. 66
FUMO ............................................................................................................................. 68
GENGIBRE...................................................................................................................... 70
GERGELIM..................................................................................................................... 71
GÉRMEN DE TRIGO.................................................................................................... 72
GIRASSOL....................................................................................................................... 74

GRÃO-DE-BICO............................................................................................................ 76
INHAME . ....................................................................................................................... 77
LENTILHA...................................................................................................................... 79
LEVEDO DE CERVEJA.................................................................................................. 80
LINHAÇA........................................................................................................................ 83
MANDIOCA.................................................................................................................... 85
MANDIOQUINHA........................................................................................................ 87
MAXIXE........................................................................................................................... 88
MILHO............................................................................................................................ 89
MOSTARDA.................................................................................................................... 90
NABO............................................................................................................................... 91
PEPINO............................................................................................................................ 93
PIMENTÃO..................................................................................................................... 95
QUIABO.......................................................................................................................... 97
RABANETE..................................................................................................................... 98
REPOLHO..................................................................................................................... 100
SALSA............................................................................................................................. 103
SALSÃO.......................................................................................................................... 104
SOJA............................................................................................................................... 105
TOMATE....................................................................................................................... 106
VAGEM ......................................................................................................................... 108
YACON.......................................................................................................................... 109

Mel e pólen de abelhas......................................................... 111
MEL................................................................................................................................ 113
PÓLEN DE ABELHAS.................................................................................................. 115

Vinagre Natural de Maçã..................................................... 117
VINAGRE NATURAL DE MAÇÃ.............................................................................. 119

A uva e o seu extrato............................................................ 139
UVA................................................................................................................................ 141
EXTRATO DE UVA...................................................................................................... 143

Clorofila líquida.................................................................. 145
CLOROFILA LÍQUIDA................................................................................................ 147

Alimentação para o período da manhã................................. 151
ALIMENTAÇÃO PARA O PERÍODO DA MANHÃ.................................................. 153

Raspa de Juá........................................................................ 157
Bibliografia.......................................................................... 161

7

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Prefácio
O nosso organismo necessita dos macronutrientes (proteínas,
carboidratos, gorduras e fibras) e também dos micronutrientes
(vitaminas e sais minerais), que estão presentes nos alimentos. A
ciência da nutrição estuda estes nutrientes e avalia suas respectivas
funções no organismo.
Ao analisarmos o funcionamento do corpo e a manutenção da
vida nos organismos vivos, chegamos à triste conclusão de que o
homem pouco sabe sobre os processos vitais do seu corpo. E que
muitos dos procedimentos utilizados na produção dos alimentos são
totalmente contrários à manifestação da vida.
A maioria deles é encontrada no mercado e é produzida, utilizando-se agrotóxicos e hormônios. São também refinados e, durante os
processos de industrialização, ainda recebem substâncias químicas
como corantes, acidulantes, conservantes, flavorizantes etc. (que
podem ser consideradas tóxicas). Nestes diversos tipos de processamento, além do sistema inadequado de cozimento convencional,
os alimentos ficam cada vez mais pobres em nutrientes. Tais etapas
resultam em produtos desvitalizados.
Diante disso, o organismo esgota suas próprias reservas vitais de
energia. Daí se explica o surgimento de tantas doenças alérgicas e
degenerativas. A alergia é um sintoma de defesa do corpo, que não
aceita os alimentos ingeridos, quando são incompatíveis com a sua
natureza estrutural e energética.
A degeneração do organismo dá-se em decorrência desses processos alérgicos, oriundos da batalha diária que o corpo estabelece,
em busca do equilíbrio para a continuidade da vida.
A alimentação perfeita para o corpo deve ser composta em sua
grande maioria por alimentos geradores de vida (sementes germinadas
e brotos) e os mantenedores de vida (verduras cruas, frutas frescas,
sementes e castanhas).
Perceba que esses dois tipos de alimentos são considerados seres
vivos. E vale lembrar também que eles se desenvolvem retirando

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Os Vegetais
a energia vital da natureza; que vêm dos quatro elementos que a
compõem: ar (gás carbônico e oxigênio), fogo (sol), água (H2O) e
terra (sais minerais).
Quando ingerimos esses alimentos vivos, estamos nos alimentando da energia presente no meio natural. Tal interação dos organismos
vivos promove, gera e mantém a vida.
Existem hoje em dia no mercado vários sistemas de se preparar
alimentos. Os processos de cozimento são vários. As propagandas
na mídia inundam-nos de informações. Às vezes nos deixam até
confusos, sem saber a qual aderir.
Porém, uma coisa é certa: nem sempre o sistema divulgado é
correto. Por trás existem os interesses econômicos (as pessoas que
deveriam nos orientar não o fazem).
Uma curiosidade: por que nós sabemos que tantas coisas nos
fazem mal, e continuamos a usá-las, ou ingeri-las?
Veja o caso dos alimentos. Quantas coisas nós sabemos que nos
fazem mal e continuamos a usar? É até redundância falar dos problemas que nos trazem o excesso de refrigerantes, o açúcar refinado,
as comidas fast-food, as frituras etc.
Por que as pessoas continuam cada vez mais fazendo uso desse tipo
de alimentação? Será que é falta de consciência, de responsabilidade?
Ou de amor-próprio?
Como sabemos, o sistema convencional de preparar alimentos
é errado. Ele agride os alimentos, destrói os seus nutrientes e, na
maioria das vezes, terminamos ingerindo uma massa morta e desvitalizada.
As pessoas não sabem que os legumes possuem vitaminas hidrossolúveis, isto é, não podem ser cozidos misturados com água (elas se
perdem na água e com o calor excessivo dela).
No sistema de cozimento a vapor, cozinhamos os legumes sem
água. Nele, os alimentos não são agredidos e não perdem suas vitaminas, sais minerais e nutrientes, porque simplesmente são cozidos
na temperatura certa.
Neste sistema não utilizamos óleo (conseqüentemente não comemos frituras). Além do mais, as gorduras, toxinas e o colesterol
também são eliminados.
9

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Hilton Claudino
O alimento natural, quando preparado e ingerido de forma
correta, nos proporciona somente saúde, alegria e bem-estar. E para
adquirirmos tudo isso, às vezes necessitamos mudar nossos hábitos
alimentares.
É essencial saber como ingeri-los e prepará-los. Para isso, além
de termos consciência e responsabilidade, precisamos dar valor real
à vida e nos amarmos verdadeiramente. Essas conquistas não costumam ser tão fáceis. Afinal, precisamos de esforços como aqueles que
lavram e semeiam um campo. No entanto, logo poderemos gozar
dos frutos desse nosso saber.
As pessoas atualmente ingerem cada vez mais, e sem critério
algum, o sal, o açúcar, as gorduras etc. O resultado está aí: a obesidade atinge índices alarmantes, assim como o colesterol, a pressão
alta, diabetes etc.
Enfim, nós somos o que comemos, e morremos pelo que não
expelimos. E quer você queira ou não, são os alimentos que determinam a qualidade da nossa vida.
Tenha certeza de uma coisa: o alimento é remédio, e você só
precisa saber como prepará-lo, como e quando ingeri-lo.
Dessa forma ele realmente pode curar, evitar, prevenir e acelerar
no restabelecimento de inúmeras doenças.
Então, vamos conhecê-los?
Com muito carinho,
Fitoterapeuta Hilton Claudino

10

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Os vegetais,
suas propriedades e
indicações

Os vegetais são uma verdadeira dádiva da Natureza,
nos proporcionam saúde, bem-estar e alegria.
Podem evitar doenças, acelerar o seu restabelecimento
ou até mesmo curá-las.
Porém, para isso, só precisamos saber como ingeri-los
e como prepará-los de forma correta.
Fitoterapeuta Hilton Claudino

ABÓBORA
(Cucurbita moschata)

Seu sinônimo é jerimum e produz frutos compridos. Outros
tipos possuem as mesmas propriedades basicamente, diferenciando-se
apenas no formato. Todos são ricos em fibras. Seu consumo diário
é indicado para combater varizes, hemorróidas, artrite, diabetes e
arteriosclerose. As fibras possuem bioflavonóides, que bloqueiam os
receptores de hormônios estimulantes do câncer; e esteróis, que são
transformados em vitamina D no organismo e estimulam a diferenciação celular. Suas sementes são vermífugas e a freqüente ingestão
combate infecções urinárias.
Possui vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Sais minerais: fósforo, potássio, cálcio, sódio, silício, magnésio, ferro e cloro.

Doce de Abóbora (feito no cozimento a vapor)
Cozinhe 2 xícaras (chá) de abóbora cortada em cubinhos com
meia xícara (chá) de água, 2 colheres (sopa) de mel e 4 cravos, até
formar um creme espesso. Apague o fogo, acrescente 2 colheres (sopa)
de suco de limão e retire os cravos. Sirva frio em taças guarnecidas
com coco ralado e 1 ameixa preta cozida, sem caroço.
Erisipela
Uso externo: esmagar folhas e flores (verdes) e aplicar sobre as
partes afetadas, 2 a 3 vezes ao dia.
Hemorróidas
Polpa cozida no vapor e ingerir 2 a 3 vezes ao dia.
Otite
Uso externo, ligeiramente quente no cozimento a vapor (ou
convencional) e aplicá-las no ouvido, 2 a 3 vezes ao dia.

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Os Vegetais

Tênia, Oxiúros e outros Parasitas Intestinais
Colocar suas sementes para secar ao sol, mastigá-las bem e ingerir
durante o dia entre 25 e 30 unidades.
Memória Fraca e Esquecimento
Pegar suas sementes secas ao sol por 2 a 3 dias e tirar a casca. O seu
germe, quando bem mastigado, é ótimo para a memória. É considerado
uma das três maiores fontes de fitonutrientes para ela.
Colite e Uretrite
Uso interno. Usa-se as sementes (verdes, ao natural) moídas e
misturadas com água, batendo no liquidificador. Seguir a proporção
de 50g de sementes moídas para 100ml de água. Dessa mistura,
toma-se 1 colher (sopa) várias vezes ao dia.
Pneumonia
Usam-se seus pecíolos (parte da folha que prende o limbo ao tronco e aos ramos). Uso externo. Utilize-os fritos com azeite de oliva e
aplique-os sob a forma de cataplasma sobre o tórax, 3 vezes por dia.
Paralelamente, comer 3 a 5 bananas por dia, preparadas no
cozimento a vapor. Deixe-as cozinhar de 5 a 10 minutos (pode ser
com ou sem casca).
Metrorragia
Usam-se seus pedúnculos (pé da flor ou do fruto). Uso interno,
sob a forma de chá por decocção dos pedúnculos triturados. Ingerir
de 3 a 5 xícaras por dia.
Chá Antivermes
Ferva 1 colher (sopa) de sementes secas em 1 copo de água, por
15 minutos. Tome pela manhã, em jejum, por 20 dias.
Observação: a abóbora, com milho e feijão, torna-se uma alimentação
nobre, inclusive era a base da alimentação dos incas, maias e astecas.
15

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Hilton Claudino

ABOBRINHA
(Cucurbita pipo)

Minerais: cálcio, ferro, fósforo. Vitaminas: A, C e do complexo
B e fibras (celulose).
Cem gramas de abobrinha = 24 calorias.
A abobrinha deve ser cozida somente no vapor, por 10 a 15 minutos, de outra forma perde todos os seus nutrientes. Quando for
misturá-la com outros legumes (no vapor), coloque-a para cozinhar
nos últimos 10 ou 15 minutos.

16

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Os Vegetais

ACELGA
(Beta vulgaris)

De baixa caloria (100g contêm aproximadamente 26 calorias). É,
portanto, indicada em regimes de emagrecimento e para mulheres
durante a menstruação, pois repõe todo o mineral ferro perdido.
Contém vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Possui também fibras que
auxiliam no movimento intestinal. Sais minerais: potássio, cálcio,
fósforo, sódio e ferro.
Observação: 100 gramas de acelga preparada no vapor suprem as
necessidades diárias de vitamina A e 50% da vitamina C.

Cálculos Biliares
Misturar acelga e agrião em partes iguais, fazer um suco e ingerir
um copo por dia em jejum.
Prisão de Ventre
Para um bom laxante, é só prepararmos meio copo de suco de
acelga e 1 colher (sobremesa) de azeite, ingerir esse suco 1 a 2 vezes
durante o dia.
Hemorróidas, Feridas, Úlceras, Contusões, Furúnculos e
Queimaduras
Aplicar as folhas sob a forma de cataplasma nos locais afetados
(uso externo), 2 a 3 vezes ao dia. Melhor resultado se as folhas forem
aquecidas no cozimento a vapor (dentro da travessa perfurada do
aparelho de cozimento a vapor).

17

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Hilton Claudino

Colite, cólicas hepáticas (funções do fígado) e renais, colecistite
(inflamação da vesícula biliar)
Ingerir meio copo do suco de acelga, misturado a meio copo de
suco de agrião, 1 vez ao dia, em jejum.
Observação: O consumo de acelga não deve ser exagerado, pois ela
contém uma substância (oxalato) que retarda ou bloqueia a absorção
de cálcio no organismo. No entanto, quando preparada no cozimento
a vapor, essa substância praticamente se dissipa.

18

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Hilton Claudino

ALFAFA

(Medicago sativa)
É um dos alimentos mais versáteis e nutritivos que se conhece.
Pode ser usado em forma de chá, polvilhada nos alimentos ou em
cápsulas. Ela é altamente alcalina, ajuda bastante nos problemas de
acidez estomacal, ajuda no crescimento de novos tecidos, é antisséptica, remineralizante, cicatrizante, antibactericida.
A alfafa combate gota, artrite, anemia, mau odor, úlceras estomacais, gastrite, pé-de-atleta, hemorróidas, câncer, asma, diabetes,
pressão alta, desnutrição, anorexia e constipação do cólon. Combate
fungos nos pés e problemas do fígado. Fortalece as artérias, os músculos e dentes. Também aumenta a produção de leite materno.
O suco de alfafa é rico em clorofila, que tem grandes propriedades
que evitam o mau odor das axilas, do hálito e dos pés, ingerir um
copo por dia, durante 7 dias.

Elementos nutricionais presentes
• alto conteúdo de clorofila
• Paba (ácido para-amino-benzóico)
• aminoácido triptofano
• proteínas
• Vitaminas: A, do complexo B, C, D, E, K, U, biotina, inositol,
colina.
• Minerais: cloro, silício, vanádio, zinco, cálcio, enxofre, ferro,
fósforo, magnésio, potássio, sódio, cobre, selênio e molibdênio.
Artrite e doenças reumáticas
Ferver por 5 a 10 minutos, 1 colher (sopa) das sementes de alfafa
em 1 litro de água, e tomar 1 xícara 3 vezes ao dia.

24

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Os Vegetais

ALHO

(Allium sativum)
A polpa do alho possui proteínas, além de cálcio, fósforo, ferro,
vitaminas A, B1, B2, e C.
É um antibiótico natural, protege artérias e veias e evita o acúmulo
de coágulos e gorduras. É também expectorante e cicatrizante de
mucosas, abaixa a pressão arterial e a taxa de glicose.
Combate a tênia e outros vermes intestinais. Tem uma substância chamada sulfeto alílico, que combate o câncer, pois estimula a
produção de uma enzima que protege o organismo contra a ação de
agentes cancerígenos chamada glutationa-s-transferase.
O alho possui alicina, essa substância harmoniza a pressão sanguínea.

Curiosidades
• quando plantado em volta de roseiras, aumenta o seu perfume;
• em doses elevadas causa cefaléia, vômito, tontura, diarréia, cólica
intestinal, gastralgia (dor no estômago); dor nos rins;
• nas mães que amamentam pode provocar cólicas intestinais no
bebê (se consumido em excesso pela mãe, logicamente);
• contra-indicado para hipotensos, baixando ainda mais a pressão;
• combate-se o odor de alho, comendo salsa crua ou suco de limão
em igual quantidade de água;
• cheirar alho evita convulsão dos vermes.
Para baixar a pressão
Descasque 3 dentes de alho e bata no liquidificador com meio
copo de água e o suco de 1 limão. Tomar pela manhã.

25

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Hilton Claudino

Contra herpes
Torre as cascas de alho em uma frigideira de ferro até que se tornem
carvão. Apague o fogo, misture com alho esmagado (polpa) e azeite
de oliva. Passe no local afetado. Observação: essa receita é fantástica e
muito eficaz. Cientistas até hoje não descobriram a razão.
Calos, verrugas e sarna
Aplicar o alho esmagado sobre o local afetado.

Suco de alho, cenoura, aipo e salsinha
Esta receita fortalece todo o sistema imunológico. Aumenta a
disposição, combate gripes e resfriados.
• Passe na centrífuga 2 dentes de alho, 1 cenoura picada, 2 talos de
aipo com as folhas e 2 xícaras (café) de salsinha. Se quiser, pode
juntar gelo. Tome 1 copo, antes de alimentar-se pela manhã;
durante 3 dias por semana.

26

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Hilton Claudino

MILHO
(Zea mays)

O milho é uma grande fonte de energia por conter alto teor de
carboidratos (100 gramas fornecem 128 calorias), além de possuir
vitaminas B1, B12 (traços), E e sais minerais. Cada grão possui cerca
de 20% de fibras, 60% de amido, 10% de proteínas e 4% de óleo.
A indústria farmacêutica usa o milho para fabricar penicilina e
similares, e o dextrose (um tipo de açúcar que não fermenta nos intestinos, indicado para os bebês e portadores de úlceras e câncer).
As estigmas (cabelos) possuem propriedades diuréticas e desinfetantes das vias urinárias. São indicadas também para tratamento de
reumatismo, gota e psoríase. Quem sofre de problemas na próstata
(inflamações etc.) não deve usar o chá de cabelo de milho.
O milho pode ser consumido por pessoas que possuam o aparelho
digestivo delicado, por ser de fácil digestão. O óleo de milho é indicado porque dificulta a formação de gordura no sangue, reduzindo
o nível de colesterol.

Chá contra ácido úrico
Ferva uma xícara (chá) de cabelo de milho em um litro de água,
por 2 minutos, deixe amornar e coe. Tome ao longo do dia. Também
combate cálculos renais e permite diminuir a dosagem de remédios
usados por cardíacos.

Sopa Energética de Milho
Cozinhar no vapor os grãos de 3 espigas de milho verde, 1 xícara
de batata crua (cortada em cubinhos). Adicionar sal e após o cozimento semear salsa picada.

90

Mais informações: http://www.elevacao.com.br

Nesta obra, você conhecerá os benefícios dos
alimentos, assim como prepará-los corretamente
para que os seus nutrientes sejam preservados. O
autor apresenta também as principais indicações
quanto aos problemas de saúde, que poderão ser
amenizados ou até solucionados com a reeducação
alimentar.
Conheça o Vinagre Natural de Maçã, uma
verdadeira dádiva da Natureza. Saiba como
prepará-lo, quando, como e por quê.
Fruto de extensa pesquisa ao longo dos anos, Os
Vegetais — Alimentos que promovem qualidade
de vida é um manual de saúde para você e sua
família.

Saúde

www.elevacao.com.br

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful