Você está na página 1de 19

 Estatística de Acidentes do Trabalho:

Taxa de Freqüência e Taxa de Gravidade

 Exercícios

1
Profª Eliana Sgarbi
POR QUE ESTUDAR
ESTATÍSTICA DE ACIDENTES?

A Estatística de Acidentes permite registrar e


analisar os dados referentes aos acidentes do trabalho
ocorridos nas empresas, facilitando, portanto, a
tomada de medidas preventivas e/ou corretivas,
visando reduzir os riscos nos locais de trabalho.

2
CONCEITOS BÁSICOS
(fornecidos pela Norma Técnica ABNT NBR 14280 –
Cadastro de Acidentes)

Acidente com perda de tempo ou lesão incapacitante:


acidente que impede o trabalhador de retornar ao
trabalho no dia útil imediato ao do acidente do qual
decorra lesão que resulte em incapacidade temporária,
incapacidade permanente ou morte.

3
CONCEITOS BÁSICOS
(fornecidos pela Norma Técnica ABNT NBR 14280 –
Cadastro de Acidentes)

Acidente sem perda de tempo (sem afastamento):

Acidente cuja lesão não impede que o trabalhador


retorne ao trabalho no dia imediato ao do acidente.

4
CONCEITOS BÁSICOS
(fornecidos pela Norma Técnica ABNT NBR 14280 –
Cadastro de Acidentes)

Dias perdidos:

Dias de afastamento de cada acidentado, contados a


partir do primeiro dia do afastamento (dia seguinte ao
do acidente) até o dia da alta médica (dia anterior ao
do retorno).

NOTA: contam-se domingos e feriados também!


5
Cálculo de Dias Perdidos

Ex.:

Data do acidente: 15/08/05


Data do afastamento: 16/08 05
Alta médica: 05/09/05
Dias perdidos: 21

6
DIAS DEBITADOS:

Dias a debitar devido à morte ou incapacidade


permanente (total ou parcial).

Atribuímos os dias debitados conforme a


tabela contida na Norma NBR-14280
(Cadastro de Acidentes).

7
Fonte: Norma NBR – 14.280 – Cadastro de Acidentes do trabalho –
8

Procedimentos e classificação
HORA-HOMEM DE EXPOSIÇÃO
AO RISCO OU HORAS-HOMEM
TRABALHADAS:

Calcular as horas totais trabalhadas pela


população de trabalhadores no período do
cálculo.
Considerar horas-extras.

9
TAXA DE FREQÜÊNCIA (F):

Calculada pela fórmula:

F = N X 1.000.000
H
onde:
N = número de acidentados (com e sem afastamento)
H = horas-homem de exposição ao risco

10
TAXA DE GRAVIDADE (G):

Calculada pela fórmula:

G = T X 1.000.000
H
onde:
T = tempo computado (dias perdidos + dias debitados)
H = horas-homem de exposição ao risco

11
ATENÇÃO:

Em caso de lesão constante na tabela da NBR-


14280, sempre prevalecerão os dias debitados
indicados, mesmo que haja diferença com os
dias perdidos pelo acidentado!

Somente usaremos os dias perdidos quando


estes forem em número maior do que os dias
debitados indicados pela tabela.

12
EXEMPLOS:
Calcule G (taxa de gravidade) para as duas situações abaixo.
Período: ano de 2004. Para ambos os casos, H= 1.800.000

ACIDENTES COM AFASTAMENTO DIAS DIAS


PERDIDOS DEBITADOS
 luxação 20

CASO 1:
 fratura 60

 perda da visão de um olho 550


DIAS DEBITADOS
FORNECIDOS PELA
NBR – 14.280!

ACIDENTES COM DIAS DIAS


AFASTAMENTO PERDIDOS DEBITADOS
CASO 2:  intoxicação 10

 perda da 1ª falange (polegar) 850


13
EXERCÍCIOS:

1)Calcular a Taxa de Freqüência e a Taxa de


Gravidade para uma empresa com os seguintes
resultados no ano de 2004:
• nº de acidentes com afastamento: 5
• nº de acidentes sem afastamento: 10
• horas-homem de exposição ao risco: 1.450.000
• dias perdidos: 65
• dias debitados: não há
14
2)A empresa de transportes coletivos O MERCEDÃO
apresentou, em 2003, os seguintes resultados de
acidentes de trabalho:
Acidentes com afastamento:

DATA NATUREZA DIAS PERDIDOS

25/01 entorse do pé direito 40

26/02 fratura do braço esquerdo 60

15/06 queimadura 25

19/08 perda do pé 1200

30/09 lesão corto-contusa na mão esquerda 16

Acidentes sem afastamento: 18


Dias debitados (perda do pé): 2400

Horas-homem de exposição ao
risco:1.600.000
Com base nos dados acima, calcule as Taxas de
Freqüência e Gravidade. 15
3)O escritório de arquitetura IRMÃOS PAREDE
LTDA possui 28 empregados efetivos. A jornada
de trabalho é de 8 horas diárias, sendo que não é
usual a prática de horas extras. Considerando o
período do 1º semestre de 2005, calcule a Taxa de
Freqüência e a Taxa de Gravidade da empresa, a
partir dos dados de acidentes fornecidos abaixo:

NOME DO EMPREGADO NATUREZA DA LESÃO DIA AFASTAMENTO DIA ALTA MÉDICA

Joaquim Silva fratura 10/02 28/02


Márcio Gomes intoxicação - -
Abelardo Vieira queimadura 15/04 18/04
Mário Pereira entorse 01/06 20/06

16
4)A indústria de torrefação de café BOM GOSTO
tem unidades fabris espalhadas por todo o território
nacional. Como parte do programa corporativo de
segurança, será realizado um concurso interno na
empresa para premiar a fábrica com os melhores
resultados de segurança nos últimos doze meses
(Taxa de Freqüência mais baixa).
Com base nos dados abaixo, indique qual a fábrica
receberá a premiação da matriz da empresa.
FÁBRICA HHT ACIDENTES COM ACIDENTES SEM
AFASTAMENTO AFASTAMENTO

Rio de Janeiro 1.020.000 5 8

Goiânia 530.000 3 2

Pirabicaba 317.000 1 4

Campina Grande 225.000 4 5

17
5)Uma empresa de confecções de vestuário infantil está
realizando uma avaliação interna para indicar quais os
departamentos estão atingindo o objetivo estabelecido
pela matriz americana: Taxa de Freqüência < 30,0 para o
primeiro semestre de 2005. Todos os departamentos têm
uma jornada de 8 h diárias sendo que os departamentos
de Logística e Fabricação registram 20% de horas extras
a cada mês.
Com base nesta informação e na tabela abaixo, liste quais
os departamentos que atenderão à meta estabelecida.
DEPARTAMENTO Nº TOTAL DE ACIDENTES Nº EMPREGADOS
(1º SEMESTRE/2005)

Fabricação 05 120
Controle de Qualidade 02 40

Logística 01 35
Recursos Humanos 00 30
Marketing 01 28
Compras 03 15 18
Serviços de Apoio 04 18
6)A indústria de brinquedos PEQUENA SAPECA contratou um
novo técnico de Segurança com a finalidade de avaliar os
resultados dos últimos doze meses e, assim, poder estabelecer
um novo programa de Segurança para implantação imediata.
Com base nos dados abaixo, calcule a Taxa de Freqüência e a
Taxa de Gravidade da empresa e indique, também, quantos
acidentados perceberam o auxílio-doença em função de acidentes
do trabalho.
DEPARTAMENTO DATA ACIDENTE DATA DO HHT (12 MESES)
RETORNO AO
TRABALHO

Qualidade 05/04 - 210.500


Produção 18/02 25/02 740.500
10/03 -
25/04 03/05
Manutenção 15/04 - 120.200
20/05 29/05
Recursos Humanos 17/03 28/03 84.500
11/04 -
Logística 21/02 01/03 127.800
19