Você está na página 1de 3

Narrado por Ar'Shana.

As Racas dos Demonios


Olá mortal! (Eu ia dizer gatinho, mas isso deve ser lido por mulheres também, acho). Você
nem imagina como fico feliz deter esse cantinho na internet para falar mais sobre mim! Foi uma
grande surpresa para a garota aqui o sucesso da história da minha vida naquela tal revistinha
Dragão... E então, ao saber que eu continuava na Terra, o rapaz que me ajudou a contar minha
história para vocês me procurou e me cedeu esse espaço... Mas eu tive uns probleminhas, do tipo
quase morrer, então atrasei essa página e ele ficou furioso comigo, tadinho...

A primeira coisa que eu quero contar é sobre os poderes dos demônios. Os treze que
mencionei na Dragão eram os únicos que eu já tinha ouvido falar naquela época, e como existem
13 castas achei que era apropriado que só existissem 13 poderes. Mas tenho encontrado
demônios que têm outros poderes... Aqui vai uma breve descrição dos que já encontrei:

Garras: muitos de nós têm garras, mas nem sempre elas servem para alguma
coisa... Os que têm esse poder podem causar com suas garras um dano agravado. Para o cálculo
do dano, jogue um número de dados igual à Força+o nível em Garras. Só uma dexavadinha... E
pode virar uma baixaria maior ainda se usado em conjunto com ampliação de Força!
Sedução: sinceramente eu não sei como ninguém me ensinou sobre esse antes, já
que é um poder comum para uma Sucubus como eu... Consiste em uma espécie de hipnose. Joga-
se Manipulação+Sedução ou Aparência+Sedução, dependendo do tipo de sedução que se vai
fazer (aparência pra aquele jogo de corpo, Manipulação para xaveco puro). A dificuldade é a Força
de Vontade do outro, e gasta-se um ponto de alma por hora. Durante esse tempo, a vítima fica
completamente submissa, sendo que o número de sucessos determina até onde vai esse
"completamente". Com 5 sucessos dá pra mandar o cara se matar...
Perdição: Pouquíssimos demônios têm esse poder raríssimo. Isso só pode ser feito
em um cara que já tenha vendido a alma. Depois do gasto da bagatela de 1300 pontos de alma, a
vítima é transformada em um demônio. (Um mago conhecido meu achava que era uma versão
modificada disso que lorde Satã fez com Caim.) Se a vítima já tiver Poderes Infernais, perdido em
todos, menos o que tiver o nível mais alto.
À medida que for comprando Castas, vai recuperando todos, do que era maior ao
menor. DETALHE: ninguém de casta abaixo de Corruptor pode ter esse poder.

As Raças

Os demônios não são todos iguais. Tem uma pá de raças bem diferentes, com características
próprias. É só que eu achei que isso era informação desnecessária da primeira vez que conversei
com o Lalo. Cada raça tem uma aparência, um ou mais poderes proibidos (que demônios dessa
raça são incapazes de ter), e um poder inicial (o poder que todos dessa raça têm, desde os
Vermes). Eu dou também pelo menos um personagem (NPC) importante de cada raça, quando há.
As raças estão aqui em ordem de probabilidade de serem vistas na Terra.

Gremlins

Dizer que são os mais comuns é pouco, esses bichos estão em todo lugar. São astrais como
os Espectros (ou seja, não são sólidos), e estão onde quer que exista máquinas. O prazer desses
bichos é estragar todo tipo de equipamento. Ainda não descobri como eles conseguem pontos de
alma para viver, mas acho que de algum jeito eles se alimentam da raiva dos usuários,
transformando-a de algum jeito em pontos de alma. Por enquanto, então, não podem ser usado
para RPG. Também preciso descobrir como eles nascem.

Eles não podem ter Possessão nem Perdição. Seu poder nato é a Transmutação. Para quem
pode vê-los (afinal eles normalmente são invisíveis), eles parecem homenzinhos cabeçudos de
15cm de altura e macacão de mecânico.

Duendes
Essas pestes também são muito comuns na Terra para o meu gosto. Dedicam-se a
brincadeiras cruéis - não há nada parecido com o humor negro de um duende. Não podem ter
Incorporação nem Vôo, e seu poder nato é a Ocultação. Reproduzem-se pondo ovos, como répteis.
Sua aparência é meio humana, meio reptiliana e totalmente nojenta, com uma altura média de
50cm.

Imps

Os demônios invocados mais freqüentemente, essas coisas são quase irracionais e só


prestam pra destruir tudo que vêem pela frente. Têm uma tática muito simples para sobreviver na
Terra: mate, e roube a alma! No Inferno, freqüentemente são pagos como soldados "bucha de
canhão". Em termos de jogo, tem uma Inteligência máxima 2, e a ordem de seus Atributos deve
ser SEMPRE: 8/2/2 para Vermes, 10/3/3 para Soldados, sendo a pontuação maior SEMPRE para
Físicos. Sua aparência é a do demônio tradicional GRANDE e escamoso, podendo ou não ter
asas/chifres/rabo. Sendo assim, sua aparência é sempre negativa.

Eles não são capazes de ter Ampliação de Manipulação nem Visão, e seu poder nato é a
Ampliação de Força.

Gárgulas

Provavelmente você sabe a aparência desses. São excelentes guerreiros, quer com suas
garras (quando têm) quer com armas. Possuem também um grande senso de honra. Podem ser
comparados, no Inferno, a seus cavaleiros medievais. Costumam viver de pagamentos
trabalhando como soldados ou guarda-costas, tanto no Inferno quanto na Terra. Como os duendes
e Imps, eles botam ovos. Não podem ter Ampliação da
Manipulação nem da Aparência, e seu poder nato é a Ampliação da Resistência.

Perdidos

Ex-mortais transformados pela Perdição. Muitas vezes voltam a Terra (ou ficam aqui) por
nostalgia. Parecem humanos, na verdade guardam a forma que tinham antes, mas com a pele de
alguma cor estranha, às vezes escamosa. Não se reproduzem, claro, apesar de que muitos
estudam Perdição para transformar outros mortais e tratá-los como filhos. Podem ter qualquer
poder; o inicial geralmente será definido pelos poderes infernais que ele tinha quando mortal, mas
se ele não tinha nenhum será Visão.

Espectros

Criaturas astrais, não são sólidos nem visíveis na Terra. No Inferno, ou para aqueles na Terra
capazes de vê-los (clarividentes ou pessoas em projeção astral, por exemplo), têm a forma
folcloricamente atribuída a fantasmas, um vulto branco semelhante a um lençol. Aparentemente,
se reproduzem por divisão mista, como amebas (dois deles se juntam e se transformam em
quatro). São assexuados. Não podem ter Ampliação de Força (por razões óbvias) nem
Metamorfose, e seu poder nato é a Incorporação.

Sucubus

Euzinha! Todas da minha raça são mulheres, sempre bonitas, às vezes com características
demoníacas como rabo, asas ou chifres, mas nunca o suficiente para estragar a beleza. A maioria
de nós prefere agir de uma mesma maneira: seduzir um mortal para que ele entregue a alma. Não
podemos ter Visão nem Transmutação, e nosso poder nato é a Ampliação da Aparência. Nós nos
reproduzimos como as mortais (gravidez, parto e até leite), mas o pai deve ser um mortal.

Incubus

A versão masculina das Sucubus, agem seduzindo mulheres para que dêem a ele sua alma
ou para terem seus filhos. Sim, pois como nós eles se reproduzem com mortais, o que significa
que todos eles nasceram de uma mortal. Para uma mulher sobreviver ao parto de um Incubus é
preciso que ela ainda tenha pelo menos 20 pontos de Alma, mas muitos deles não se importam
muito com isso... Porém, em caso de emergência (e se houver alguém disposto a dá-los) elas são
capazes de receber pontos de alma de um demônio usando a afinidade natural do feto.

Incubi não podem ter Visão nem Transmutação, como nós, e seu poder nato é a ampliação
da Manipulação. NPCs importantes: lorde Mefistófeles, do livro "Fausto”.

Mancubus

Essas coisas são raras, muito raras. Essas criaturas assexuadas são o resultado da união
proibida entre uma Sucubus e um Incubus. Eles não possuem uma forma real; ouvi dizer que
nascem na forma de um líquido viscoso. Não podem ter Operação nem Perdição, e seu poder nato
é a Metamorfose. Não podem se reproduzir.

A Metamorfose dos Mancubus é um pouquinho diferente. Como eles não têm uma forma
verdadeira, se eles ficarem inconscientes eles continuam na forma em que estão.

Caídos

Eu nunca vi um pessoalmente, mas dizem as lendas que eles eram originalmente seres de
uma outra raça, provavelmente faeries (como em Changeling), que foram expulsos de seu povo e,
incapazes de viver sozinhos por algum motivo, começaram a morrer. O líder deles, então, fez um
acordo com um demônio muito poderoso para transformar todos os sobreviventes com Perdição.
Bem, depois disso nós ficamos sabendo que Perdição não funciona direito com não-humanos...

Eles são assexuados, como dizem que era sua raça original, e não se reproduzem - por isso
são tão poucos. Mas podem ser usados em RPG, pois ainda existem alguns que, em milênios, não
passaram de Lacaios. Não podem ter Vôo, aparentemente porque sua raça original tinha raça e
arrancou as deles quando os expulsou, e nem Metamorfose, e parecem quase humanos normais,
geralmente homens bem bonitos. Seu poder nato é a Visão. NPC importante: lorde Lúcifer, o líder
da raça.

Bestas

Raros, raros mesmo, bota raros nisso. Eles se reproduzem assim: dois deles matam 6666
humanos de uma vez, reúnem todos os Pontos de Alma resultantes e os moldam na forma de uma
nova Besta. Legal né? Sua aparência é sempre -5; nada é mais assustador que uma Besta. Suas
formas são baixarias inacreditáveis como uma massa de olhos ambulante - quem já teve o
desprazer de ver um nunca mais será o mesmo. A visão pode enlouquecer um mortal, e chocar
mesmo um demônio.

Eles podem ter qualquer poder menos a ampliação da Aparência, e seu poder nato é a
Ilusão. NPCs importantes: muitos lordes são Bestas. Talvez o mais conhecido por aqui seja Lorde
Ktulu.

Incarna

Só existe um Incarna, e ninguém sabe (nem quer saber) como ele surgiu. É o Imperador,
lorde Satã.

Autor: Desconhecido (se alguém souber, por favor, me informe).

Editado Para o Formato Atual por Fábio Vuolo Cardoso


otomo@inbrapenet.com.br ou
otomonosaajin@zipmail.com.br