P. 1
Desenvolvimento de Produtos e serviços

Desenvolvimento de Produtos e serviços

|Views: 12.901|Likes:
Publicado porFrancis Martins
Apostila da Disciplina de Desenvolvimento de produtos e Serviços
Apostila da Disciplina de Desenvolvimento de produtos e Serviços

More info:

Published by: Francis Martins on May 04, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/09/2014

pdf

text

original

Segundo Churchill Jr. e Peter (2000:238) apud Irigaray, ―O ciclo
de vida do produto é um modelo dos estágios do histórico de vendas e
lucros de um produto‖.

Já Kotler (2000:36) apude Irigaray diz, nos afirma que ―para dizer

que o produto tem um ciclo de vida, temos que afirmar quatro pontos:
Os produtos têm uma vida limitada;

25

As vendas dos produtos atravessam estágios distintos,
sendo que cada um apresenta desafios, oportunidades e
problemas diferentes;
Os lucros sobem e descem em diferentes estágios do ciclo
de vida do produto;
Os produtos requerem estratégias de marketing,
financeiras, de produção, de compras e de recursos
humanos diferentes a cada estágio de seu ciclo de vida.

Um produto que obtém sucesso percorre, geralmente, quatro
estágios ou quatro fases ao longo de sua vida ativa no mercado:
Introdução, crescimento, maturidade e declínio.
Segundo Kotler apude Irigaray, ― de cada 58 idéias de novos
produtos que surgem nas empresas, apenas 12 transformam-se em
projetos. Destas, cinco são descartadas na fase de análise financeira e
outras quatro morrem no estágio de desenvolvimento de produtos. Três
produtos, apenas, chegam a passar por teste de mercado e um único é
lançado com sucesso.

Um exemplo razoavelmente recente de fracasso foi o lançamento
no Rio de Janeiro, pela Coca-Cola, do refrigerante Frutopia. Apesar de
ter havido exaustivas pesquisas de mercado e de sabor, além de uma
forte campanha publicitária sobre o seu lançamento, focada nos jovens
e num sabor diferente, e uma distribuição intensiva, inclusive das
"novas geladeiras" para auto-serviço em bares, restaurantes e lojas de
conveniência, o novo produto não teve aceitação, sendo retirado do
mercado poucos meses depois de seu lançamento. Por certo, deixou um
rastro de prejuízo para a empresa e uma grande lição para os seus
executivos.

Ressalte-se, aqui, que no mercado americano esse produto
resiste, e com razoável sucesso. Logo, um produto pode ser sucesso em
determinado mercado e fracasso em outro, o que demonstra a

26

importância de sempre se estudar o comportamento dos consumidores
por segmentos de mercado.
Outro exemplo atual de produto que não está "decolando" no
mercado e que por certo terá uma vida curta é o automóvel Bora, da
Volkswagen. Em algum momento de seu lançamento ou na seqüência
da administração do produto houve um erro de análise e de decisão
estratégica. Certamente há um erro em um dos Ps do marketing. O
produto (marca, qualidade, design, embalagem, garantia, assistência
técnica) está inadequado? O preço está inadequado? A praça
(localização, logística) está inadequada? A promoção (propaganda,
publicidade, promoção de vendas, venda pessoal) está inadequada?
Você, por certo, se lembra de vidas efêmeras de alguns produtos, tais
como os automóveis Pointer e Logus, da Volkswagen; o 147 e o Oggi,
da Fiat, além de outros que necessitaram ser renovados e
reposicionados, buscando uma nova posição no mercado, como o Astra,
da Chevrolet, o Fiesta, da Ford, e o Brava e o Siena, da Fiat, que
mereceram revisões completas de todo o composto de marketing para
prosseguir em seu ciclo de vida.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->