SABERES-TÉCNICAS DE DESENHO E PINTURA

PREPARAÇÃO DO MATERIAL
Antes de iniciares qualquer trabalho, tens que preparar o material necessário. No caso do desenho a lapís, deves ter sempre à mão uma borracha e uma aguça.

TÉCNICA INICIAL
O desenho a lapís de grafite(o lapís normal) serve normalmente para fazer registos de rascunho ou croqui. Assim quando o utilizares deves:

1. Fazer traços rápidos e contínuos. 2. Usar o menos possível a borracha. 3. Não carregar no lapís.

PINTURA A LAPÍS DE COR
Na pintura a lapís de cor deves:

1. Ter sempre o lapís bem aguçado 2. Pintar pequenos espaços de cada vez 3. Não carregar no lapís, mas pintar em diferentes
direcções, uma de cada vez.

4. Começar pelas cores mais claras e depois pelas mais
escuras.

5. Ter em atenção o contorno do desenho.

PINTURA A MARCADOR
A pintura a marcador é um pouco diferente:

1. Deves seleccionar bem as cores. 2. Quando pintares não as mistures. 3. Tal como no lapís, começa sempre pelas cores mais
claras. O preto é a última cor a utilizar.

4. Podes pintar intervalando tons dentro da mesma 5.
familia de cores(amarelo, laranja, vermelho), ou cores opostas como laranja e azul. A melhore sugestão é experimentares

O lápis a cor como o nome refere.36 ou até mais unidades de cores e tons diferentes ou individualizados. Por se dissolver em água. branca ou pasta de papel. trabalhar com lápis a cor requere de uma grande técnica. Labra e Prismacolor. 2. 6. Se estiver interessado em conhecer esta tecnica. semelnahte á que se requere para trabalhar com lápis de grafite ou carvão. Pode ser misturado com outros materiais como: cola 5. Podemos jogar com materias. Muitas pessoas associam o lápis a cor com ás crianças e com os desenhos feitos em escolas. Quando pintares a pincel. É uma tinta opaca por natureza. As marcas mais conhecidas são a Faber -Castell. O lápis a cor é utilizado na técnica mista de pastel seco. 24.PINTURA A GUACHE Na pintura a guache deves ter sempre em conta que: 1. em técnicas mistas. 4. Normalmente é comercializado em embalagens contendo 12. que produz não só maiores áreas de cobrimento mas também o efeito de sombra com maior intensidade da cor num extremo e menor no extremo oposto. como uma base para a criação do volume e definição dos pormenores. Estes reagem estragando o guache. 3. No entanto. Nunca mistures guaches de diferentes marcas. O guache é uma tinta que se dissolve em água. também se pode utilizar como aguarela. embebe bem o pincel e utiliza pinceladas firmes(de uma só vez). quando bem utilizada. pode visitar a galeria de retratos a pastel seco ou os trabalhos passo a passo A continuação apresentamos os tipos de traços e misturas que podem ser obtidos a partir do lápis a cor a fim de conseguir vários efeitos: SOMBREADO Utilizando o lápis lateralmente e com a ponta bem afiada podemos conseguir o efeito de sombreado. é um lápis feito a base de pigmentos geralmente artificiais. os lapís de cera e tintas de óleo. que não se dissolvem em água como. TRAZEJADO . O Lápis de Cor O Lápis de cor é basicamente um lápis colorido muito utilizado para desenho e pinturas. 7.

TRACE ADO CRUZADO rata-se de linhas tracejadas sobrepostas em diferentes direcções. para perceber melhor a diferença entre as duas t cnicas. ¤ © ¤¥  §  § ¤  ¦  £ £  ¢¡   ¦ ¥ ¥¦ ¦ ¨ ¨   . A imagem mostra o efeito de brunidura e o efeito de sobreposição de camadas tradicional. Pode ser utilizada uma cor ou varias produzindo ricos efeitos de textura. sobrepondo duas cores e depois fazendo ligeiras incisões para deixar a vista a cor inferior.Esta t ni a Refere-se s li s reali adas de f rma rápida. contornos curvos de forma a imitar madeixas de cabelo ou um curto relvado. RUNIDURA São camadas de cores sobrepostas aplicadas densificadamente e com pressão a fim de encher a textura do papel e produzir uma superfície sedosa. ediante a utilização de duas cores densamente sobrepostas podem ser realizados efeitos fantásticos de sombras e ricas texturas ARCAS DE INCIS O a mesma forma que se realiza com o lápis de grafito. Pode-se utilizar uma cor o árias para criar efeitos de textura. ARCAS DIRECCIONADAS raços curtos seguindo uma direcção específica. cuidando de fazer pouca pressão com o lápis e unindo mais as linhas entre si. TRACE ADOS CIRCULARES A traves da sobreposição de pequenos círculos rapidamente desenhados. obtemos este efeito. a principalmente utili ada para a t cnica mista de pastel seco. podemos conseguir este efeito com o lápis a cor. Ou fazendo insições no papel antes da aplicação com o lápis a cor de forma a ficarem linhas á mostra da cor da superfície do papel. regular m diferentes espaçament s.