RESPOSTA TÉCNICA

Título Cálculo de cilindro pneumático. Resumo Calculo da força de um cilindro pneumático, os fatores levados em consideração e quais as fórmulas utilizadas para realização destes cálculos. Palavras-chave Cilindro pneumático; pneumática Assunto Máquinas e equipamentos Demanda Como calcular a força de um pistão pneumático. Solução apresentada 1. CILINDROS PNEUMÁTICOS Estes elementos tem por finalidade transformar o ar sob pressão, em trabalhos mecânicos lineares ou rotativos. Com o auxílio de válvulas externas é possível utilizá-los para os mais variados fins. Os tipos de cilindros mais utilizados são: 1.1 CILINDRO DE AÇÃO SIMPLES Cilindros de ação simples, ou de simples efeito, são aqueles em que o movimento de avanço da sua haste ou membrana se realiza pela ação do ar comprimido. O retorno se dá por ação de uma mola, que é o caso mais geral, ou por outra força externa, como por exemplo a do peso da massa movimentada. 1.2 CILINDRO DE AÇÃO DUPLA, COM HASTE Cilindros de ação dupla, ou duplo efeito, são os atuadores lineares em que a pressão do ar atua nos dois sentidos do movimento do êmbolo, podendo portanto produzir trabalho útil no seu avanço e/ou no seu recuo. 1.3 CILINDRO SEM HASTE, DE AÇÃO DUPLA Para o caso de cursos mais longos e necessidade de economia de espaço, são usados cilindros nos quais a haste é substituída por um cabo de aço ou uma tira de aço revestidos.

2 SELEÇÃO DO CILINDRO

Resposta Técnica produzida pelo Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas / SBRT - http://www.sbrt.ibict.br

1

http://www. A força exercida pelo cilindro é calculada segundo a fórmula abaixo: F = P x A . bar) 2. esta resistência pode absorver de 3% a 20% da força calculada. como ele será montado e se não ocorrerá flambagem de sua haste. onde: t Ft = Força teórica do êmbolo (N) A = Superfície útil do êmbolo cm 2 5 ( ) P = Pressão de trabalho (KPa. o tempo que este tem para executar o trabalho.1. sua pressão de trabalho.ibict. seu curso máximo. bar) Fr = Resistência de atrito (N) (3-20% de Ft ) Ff = Força da mola de retorno (N) D = Diâmetro do cilindro (cm) d = Diâmetro da haste do êmbolo (cm) Na prática a força efetiva de trabalho deve ser a teórica menos as resistências internas ao cilindro.2 Cilindro de Simples Ação F = A . 10 5 N/ m 2 . 2. 10 N/ m 2 .4 Cilindro de Dupla Ação (Retorno) Fret = P x A 2 − Fr Fret π .D 2 − Fr 4 2. Conclusões e recomendações Resposta Técnica produzida pelo Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas / SBRT . do diâmetro do êmbolo e das resistências impostas pelos elementos de vedação. p − (F + F ) f n r 2. Em condições normais de trabalho (faixa de pressão de 400 a 800 KPa/4-8 bar).1.1.Para selecionar um cilindro.1.sbrt.1 Forças As forças realizadas pelos cilindros dependem da pressão do ar. D2 − d2 =P x − Fr 4 Fn = Força efetiva do êmbolo (N) A = Superfície útil do êmbolo ( cm 2 ) p = Pressão de trabalho (kPa.1 CÁLCULOS PARA CILINDROS 2.br 2 .3 Cilindro de Dupla Ação (Avanço) Fav = P x A − Fr ou Fav = P x π. deve-se partir de algumas informações básicas como: a força que este deverá desenvolver.

Automação eletropneumática.. 278p. 1993. André Alex F.d. S. Porto Alegre. il. 1994. vida útil. Elaborado por Ademir Bassanesi – Instrutor de Ensino Igor Krakheche – Instrutor de Ensino Monica Dall’Agnol – Bibliotecária Norma Rodel – Mediadora Nome da Instituição respondente SENAI-RS Data de finalização 05 de out.http://www. Fontes consultadas BOLLMANN. P111 introdução à pneumática. aqui foram descritos os mais comuns. Nelso Gauze. n. Hemus.ibict. il.ed. il. 106p. Recomendamos fazer uma consulta com o fabricante do equipamento escolhido. s. ABHP. projetos de comandos binários eletropneumáticos. Quanto aos critérios de seleção. 1997. S. S. il. 2006. bem como dimensionar corretamente o componente de acordo com os critérios mencionados anteriormente. l. SCHRADER BELLOWS. PARKER. outros fatores relevantes também devem ser considerados na hora de fazer a escolha do equipamento.Existem outros tipos de cilindros disponíveis no mercado. Pneumática e hidráulica. 164p. 93p. 2002. pois eles podem auxiliar na definição do cilindro mais adequado para cada aplicação. tais como: forma de fixação. Tecnologia pneumática industrial. Jacareí. PARKER. GALÃO. BONACORSO. Resposta Técnica produzida pelo Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas / SBRT . STEWART. Automação pneumática. Pneumática básica. acessórios. 125p.br 3 . t. São Paulo. l. NOLI. 2004. 481p. etc. 7. Érica. il. Arno. il. São Paulo.sbrt. SENAI/RS. il. velocidade de deslocamento. 137p. FESTO. Fundamentos da automação industrial pneutrônica. HARRY L.. Valdir.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful