Você está na página 1de 3

CONTRATO DE ARRENDAMENTO DE UMA ÁREA RURAL SITUADA NA FAZENDA "MUTUM", MUNICIPIO DE ABADIÂNIA/GO PELA FORMA ABAIXO.

ARRENDANTE: NELMA MARIA DOS SANTOS SILVA, brasileira, casada, do Lar, portadora do C.I/RG nº 2.225.699 SSP/GO, através de sua procuradora legal, ELEUSA NEIVA DE ANDRADE, brasileira, viúva, aposentada, portadora da CI/RG nº 2.435.175 SSP/GO e do CPF(MF) nº 510.769.421-72, residente e domiciliada à Rua 06, Qd. 01, bloco “E”, aptº 403, Conj. Vila Verde Anápolis, Estado de Goiás. ARRENDATARIO: LEONARDO AZEVEDO DOS SANTOS, brasileiro, casado, comerciante, portador da CI/RG nº 32365132983216 SSP/GO e do CPF(MF) nº 624.916.791-91, residente e domiciliado à Rua Engenheiro Rabelo, Qd. 22, Lt. 15, Centro, Abadiânia, Estado de Goiás. As partes acima qualificadas têm entre si certo e ajustado o seguinte: 1. A Arrendante da em arrendamento ao Arrendatário uma parte de sua propriedade denominada fazenda "Mutum", situada neste município de Abadiânia - GO, compreendida pela margem esquerda do "Rio das Antas", numa extensão correspondente a uma área de 50-hectares, para extração de areia do leito do aludido rio, através de draga; 2. 0 arrendamento terá o prazo de duração de Hum (01) anos, prorrogável mediante combinação dos contraentes, com inicio em data de 1° de janeiro de 2010 e termino em data de 1° de janeiro de 2011. Fica vedada a sublocação ou subarrendamento da área contratada; 3. O preço do arrendamento será de R$ 1.200,00 (Um mil e duzentos reais) mensais, a serem pagos pontualmente até o 1º (primeiro) dia de cada mês anterior ao vencimento a Arrendante ou a quem esta indicar, no endereço da procuradora. O pagamento deverá ser feito em dia, sob pena de rescisão

1

desde que obtenha o licenciamento para tal finalidade. 6. 8. O Arrendatário obriga-se ainda a cumprir e fazer cumprir o que estabelece o Código Florestal. sob pena de rescisão de contrato. O Arrendatário poderá utilizar somente uma draga na área contratada. além do pagamento do arrendamento. quando for o caso. serem relacionados para conhecimento da administração da fazenda. se por acaso ocorrer o esgotamento da areia nos portos de extração ou se houver interdição por parte dos 6rgaos competentes ou por motivos de força maior. As benfeitorias que por ventura venham a ser construídas serão incorporadas ao imóvel e a ele ficarão pertencendo findo ou rescindido o contrato. 4. Parágrafo único . bem como todos os demais tributos que recaiam sobre o imóvel arrendado. especialmente no que se refere à caça e pesca. A Arrendante não terá nenhuma responsabilidade para com os empregados que trabalham para o Arrendatário. devendo cuidar da manutenção e conservação dos mesmos. Não cabendo indenização ou restituição alguma pela proprietária. devendo ser coletados e enterrados e jamais jogados no rio. 5. Parágrafo único: Obriga-se o Arrendatário. que forem indicados pala Arrendante para acesso aos locais de extração de areia.Fica proibida a atividade de pesca dentro da propriedade. 7. bem como observar a legislação sobre meio ambiente. devendo. 0 referido contrato poderá ser rescindido por ambas as partes. O Arrendatário deverá utilizar as estradas e mata-burros da fazenda. 9. Obriga-se o Arrendatário a cuidar para que as porteiras e colchetes da fazenda permaneçam permanentemente fechados bem como impedir que seja jogado lixo nos pastos.do contrato. 2 . entretanto. 10. evitando queimadas e a poluição dos rios e córregos. fazendo o manilhamento das passagens em córregos e grotas. os mesmos. inclusive os motoristas. nas proximidades das casas e dos portos de areia. em locais que forem julgados de interesse das partes. a satisfazer o pagamento do consumo de energia elétrica e ITR.

E por estarem assim justos e contratados assinam o presente em três vias iguais. 16 de Setembro de 2009 Eleusa Neiva de Andrade Leonardo Azevedo Dos Santos TESTEMUNHAS: 3 . As partes contratantes se obrigam por si e seus eventuais sucessores. Estado de Goiás. Fica estabelecido em caso de venda do imóvel objeto deste. sem qualquer cláusula penal as partes. juntamente com duas testemunhas. e elegem o foro da comarca de Anápolis.11. pelo fiel cumprimento das condições aqui estabelecidas. Estado de Goiás. Anápolis. 12. diretamente para o arrendatário o presente contrato fica rescindido. para dirimir qualquer duvida oriundas do mesmo.