Artigo 37 da Constituição Federal - Questões de Concursos 1 – FMP-RS – 2011 – TCE-RS – Auditor Público Externo – Administração Sobre os princípios constitucionais

da Administração Pública, leia as afirmativas. I. O princípio da legalidade estabelece que a Administração Pública pode fazer tudo aquilo que está previsto em lei e em atos administrativos de caráter normativo. II. A Administração Pública, em todos os níveis, deve obedecer ao princípio da impessoalidade, não podendo agir com o objetivo de prejudicar ou beneficiar indevidamente os cidadãos. III. Os atos administrativos discricionários, pelas suas características peculiares, não estão submetidos ao princípio da motivação. IV. Os princípios da segurança jurídica e da boa-fé, muito embora não estejam previstos no artigo 37, “caput”, da Constituição Federal, devem ser utilizados no controle dos atos administrativos. V. O princípio da eficiência é importante princípio constitucional que regula a atividade da Administração Pública, mas não pode importar violação do princípio da legalidade, sob pena de comprometer o Estado de Direito. Assinale a única alternativa correta. a) As assertivas I e II estão corretas. b) As assertivas II, IV e V estão corretas. c) As assertivas III e IV estão corretas. d) Somente a assertiva IV está correta. e) Somente a assertiva V está correta. 2 – MPE-PR – 2011 – MPE-PR – Promotor de Justiça A REGRA GERAL PARA INVESTIDURA EM CARGOS PÚBLICOS É A PRÉVIA APROVAÇÃO EM CONCURSO PÚBLICO (ARTIGO 37, INCISO II, DA CF), CONSTITUINDO A LIVRE NOMEAÇÃO PARA O PROVIMENTO DOS
1

ainda que comprovada a sua má-fé. viola a Constituição Federal. b) b) A nomeação de parente colateral ou por afinidade. 2 . §6. pois a força de trabalho do servidor não poderá mais ser restituída. ainda. até o terceiro grau. mas não poderá formular. pedido de ressarcimento dos valores despendidos com a remuneração do cargo em face do administrador responsável pela admissão irregular. da Constituição Federal. basta que assim esteja definido em lei local. em qualquer hipótese. d) Caso se afigure irregular a admissão para o exercício de cargo em comissão criado por lei municipal. PORTANTO. da autoridade nomeante. devendo a lei definir. de função gratificada na administração pública. 3 – MPE-PR – 2011 – MPE-PR – Promotor de Justiça Relativamente à responsabilidade civil do Estado é incorreto afirmar: a) Nos termos do artigo 37. não é passível de caracterizar a prática de ato de improbidade administrativa. c) Os cargos em comissão e as funções de confiança destinam-se apenas às atribuições de direção. para o exercício de cargo em comissão ou de confiança. ou.CARGOS EM COMISSÃO UMA EXCEÇÃO CONSTITUCIONAL A ESSA REGRA GERAL (ARTIGO 37. o Promotor de Justiça poderá ingressar com ação civil pública visando à nulidade da nomeação. em ambas as hipóteses. os casos. É CORRETO AFIRMAR QUE: a) Para que um cargo ou emprego em comissão se caracterize licitamente como tal. a responsabilidade civil do Estado em regra é objetiva. INCISOS II E V. condições e percentuais mínimos de seu preenchimento por servidores de carreira. inclusive. chefia e assessoramento. DA CF).º. mesmo quando causa dano ao erário. e) A admissão irregular para o exercício do cargo em comissão.

c) Sendo responsabilizada a administração pública. 3 . havendo apenas possibilidade de repartir-se o valor da indenização no caso de culpa concorrente da vítima. por igual período. b) Apenas I e III. d) A responsabilidade objetiva do Estado não pode ser afastada em nenhuma hipótese. III – Os cargos em comissão devem ser exercidos exclusivamente por servidores efetivos. tendo em vista o artigo 37 da Constituição da República Federativa do Brasil. poderá promover ação regressiva contra o(s) agente(s) responsável(eis) nos casos de dolo ou culpa. prorrogável uma vez. a sua responsabilidade deve ser apurada subjetivamente. 4 – FAURGS – 2010 – TJ-RS – Oficial Escrevente Considere as seguintes afirmações com relação ao serviço público.b) De acordo com autorizada doutrina e jurisprudência. há entendimento de que nos casos de condutas omissivas do Estado. c) Apenas II e IV. Quais estão corretas? a) Apenas I e II. IV – A lei reservará percentual dos cargos e empregos públicos para portadores de deficiência e definirá os critérios de sua admissão. II – A lei estabelecerá os casos de contratação de servidor por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e) São requisitos para configuração da responsabilidade civil do Estado a ocorrência do dano e a existência do nexo causal entre o dano e a conduta do agente estatal. I – O prazo de validade do concurso público será de até 3 (três) anos. d) Apenas III e IV.

5 – CESPE – 2010 – SAD-PE – Analista de Controle Interno – Finanças Públicas Conforme o artigo 37. com profissões regulamentadas. previstos no artigo 37 da Constituição Federal de 1988. d) a acumulação for de dois cargos ou empregos públicos privativos de profissionais de educação. 7 – FCC – 2006 – TRT-24R – Técnico Judiciário – Área Administrativa 4 . com profissões regulamentadas ou não. e) a acumulação for de dois cargos ou empregos públicos privativos de professor. preenchidos os requisitos estabelecidos em lei. com profissões regulamentadas. inciso XVI. configura-se a acumulação lícita de cargos públicos quando a) os cargos públicos forem acumulados em quadros de pessoal de pessoas jurídicas de direito público interno diversas. e) os cargos em comissão destinam-se apenas às atribuições de chefia. havendo compatibilidade de horários. b) a acumulação for de dois cargos ou empregos públicos privativos de profissionais de saúde. da CF. III e IV.e) Apenas II. é INCORRETO afirmar que a) é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical. em regime de dedicação exclusiva. direção e assessoramento. empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros e estrangeiros. b) o direito de greve será exercido nos termos e nos limites estabelecidos em lei específica. c) a acumulação for de dois cargos ou empregos públicos privativos de profissionais de saúde. c) as hipóteses de contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público estão previstas na Carta de 1988 d) os cargos. 6 – FCC – 2006 – TRT-24R – Analista Judiciário – Área Administrativa No que concerne às disposições gerais da Administração Pública. ainda em atividade.

NÃO constitui um dos princípios da administração pública direta e indireta expressamente previstos no artigo 37. dos Estados. c) impessoalidade.com base no artigo 37 da constituição podemos dizer que: a ( ) é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical. do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade.com base no artigo 37 da constituição podemos afirmar que: a ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União. moralidade. impessoalidade. prorrogável uma vez. c ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União. dos Estados. b ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União. b) eficiência. impessoalidade e confiança política. do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade. moralidade. por igual período 5 . da Constituição Federal de 1988. 2 . e) proporcionalidade. publicidade e eficiência. pessoalidade. Gabarito 1–B 2–B 3–D 4–C 5–C 6–C 7–E ARTIGO 37 . publicidade e interesse político. d) moralidade. a a) publicidade. dos Estados. conforme seu papel social. do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade.EXERCÍCIOS Assinale as alternativas corretas: 1 . b ( ) o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos por cada um dos órgãos da administração. c ( ) o prazo de validade do concurso público será de dois anos.

a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos condições e percentuais mínimos previstos em lei. exceto. (Certo ou Errado) 02.com base no artigo 37 da constituição é correto afirmar que: a ( ) é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos. Gabarito: 1-B 2-A 3-A DIREITO ADMINISTRATIVO 01. 37 . chefia e assessoramento. c ( ) é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos. b) aplica-se o regime geral de previdência social c) enquadra-se nas regras de proibição de acumulação de cargos públicos 6 . quando houver compatibilidade de horários. pode ser excepcionada por lei que autorize a contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. exercida exclusivamente por servidores ocupantes de cargo efetivo. quando houver compatibilidade de horários. II. A exigência de concurso público de prova ou de provas e títulos.3 . (Certo ou Errado) 03. quando houver permissão expressa de superior hierárquico. Em relação ao servidor detentor de emprego público não é correto afirmar: a) seu ingresso depende de aprovação prévia em processo seletivo simplificado. exceto. (Certo ou Errado) 04. b ( ) é permitida a acumulação remunerada de cargos públicos. desde que haja compatibilidade de horários. da Constituição Federal. A investidura em cargo público ocorrerá com a posse. e os cargos em comissão. exceto. (Certo ou Errado) 05. estabelecida no art. destinam-se apenas às atribuições de direção. A proibição de acumulação remunerada de cargos públicos não se aplica quando um cargo for exercido na administração direta e outro numa subsidiária de sociedade de economia mista. As funções de confiança.

CF 2. c) Somente podeira assumir o novo cargo de Gestor se renunciasse à aposentadoria de auditor. Uma vez aprovado. sem qualquer alteração em sua situação funcional. exceto: a) declaração de idoneidade financeira b) três anos de efetivo exercício c) aprovação em concurso público d) nomeação para cargo de provimento efetivo e) aprovação no estágio probatório 08. teria de deixar o magistério da Universidade do Rio de Janeiro e renunciar à aposentadoria de Auditor. aponte a sua conduta lícita. d) o servidor público tem direito à livre associação sindical e) Pode haver discriminações em concursos públicos quanto a altura. b) não se admite concurso público exclusivamente de títulos c) o edital do concurso público pode estabelecer sua validade até em cinco anos. 37. Quanto às disposições referentes aos servidores públicos não é correto afirmar: a) o estrangeiro. QUESTÃO DESAFIO Tratando-se de acumulação de cargos e empregos públicos. na forma de lei. sexo ou idade. Art.XVI.d) são regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas e) Nenhuma das alternativas 06. desde que haja fundamentação na lei da respectiva carreira. 07. Auditor aposentado da Receita Federal. A única coisa errada nesta questão é a palavra NÃO. submeterse ao concurso público para Gestor governamental. GABARITO 1. é professor da autarquia Universidade Federal do Rio de Janeiro. ERRADA. pode ocupar cargo público. agora. São requisitos simultâneos para a aquisição de estabilidade nos erviço público. avalie a seguinte situação: José. Em total concordância com art. d) para assumir o novo cargo de Gestor. Pretende.37. b) poderia assumir o novo cargo. CERTO. IX. e) Pediria aposentadoria proporcional na Universidade do Rio de Janeiro para tomar posse como Gestor. a) pediria licença sem remuneração da Universidade do Rio de Janeiro para tomar posse como Gestor.CF 7 .

6. A. A 8. 7. prorrogável por uma única vez por igual período. 8 . Art. 4. C. deverá pedir dispensa do recebimento de sua aposentadoria. Para emprego público (Celetista) é necessário a realização de concurso público e não processo administrativo. Está errada esta alternativa haja vista o máximo que um concurso público pode ter de validade é até 2 anos. CERTA. CERTA. então caso João queira ser GESTOR. 37. ou seja. A posse é o complmento do provimento.3. o momento em que a pessoa deixa de ser mero candidato e passar a ser servidor público. CF 5. V. Somente é possível a acumulação remuneradas de um cargo técnico com outro de professor. C.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful