Você está na página 1de 2

COMO ELABORAR O RELATÓRIO?

O Relatório de aulas práticas deverá ser digitado, utilizando


a matriz anexa e fonte “Times New Roman ou Arial, tamanho
12 e com espaçamento 1,5 entre as linhas e duplo entre
parágrafos. Se houverem gráficos, estes deverão ser
gerados em Excel ou outro programa compatível. Quanto às
ilustrações, estas devem conter legendas e fontes (de onde
foram retiradas). Finalmente, o Relatório deverá ser
impresso em folha A4.

O relatório deverá ser composto de:

1. INTRODUÇÃO: é o resumo da teoria que fundamenta a


prática de laboratório realizada, utilizando
obrigatoriamente as respectivas citações
bibliográficas, lembrando que a cópia de textos de
outros autores, sem que se faça referência dos
mesmos, é crime previsto em lei.

2. OBJETIVOS: é a descrição sucinta do que se pretende


obter da experiência.

3. PARTE EXPERIMENTAL

3.1. Materiais e reagentes: descrição dos materiais e


das preparações dos reagentes utilizados nessa
prática;
3.2. Procedimento experimental: descrição do
procedimento seguido em aula, não
necessariamente o procedimento proposto,
justificando e discutindo a escolha;
3.3. Esquema da aparelhagem: descrição do
equipamento e esquema do arranjo experimental,
ressaltando as principais características das
unidades utilizadas;
3.4. Cálculos : é a demonstração matemática da
aplicação dos dados obtidos durante o
experimento, traduzindo- os em resultado final;
3.5. Gráficos, tabelas ou figuras: são itens que
valorizam o trabalho e devem ser auto-
explicativos.

4. RESULTADOS E DISCUSSÃO: sempre que possível,


comparar os resultados obtidos experimentalmente
com os esperados teoricamente ou que constem na
literatura. Discutir os resultados obtidos.
5. CONCLUSÕES: exprimir sucintamente o seu parecer
acerca do experimento e dos resultados obtidos,
devendo ser comprobatórios dos objetivos propostos.

6. REFERÊNCIAS: citar todas as obras consultadas,


empregando a NBR 6023, da ABNT.