Você está na página 1de 1

Alexandre M.

Aded
XI Treinamento no Serviço pág.24 nº2

Arte de Contar Histórias Cristãs


1. Mencionar três fontes onde tenha encontrado material para história de cada uma das
categorias a seguir. Conte uma história para cada categoria.
a. História sagrada - Pérolas Esparsas (Histórias que a gente gosta), O Gato que Salvou o Trem e
O Perigo Veio do Céu.
b. História da Igreja - Na trilha dos pioneiros, Chegada do Adventismo ao Brasil, História do
Adventismo, A mão de Deus ao Leme, Nossa Herança, etc.
c. Natureza - Trilhas da Natureza, Ensinado por um Tigre e Animais Heróis
d. História de algum personagem – Ben Carson, O Milionário da Caverna, Lucy Miller, De
Vaqueiro a Advogado e Nascida de Novo
e. Parábola com recursos visuais – Pode-se usar slides, data-show, flanelógrafo, etc. Você pode
pegar recursos já prontos ou você mesmo produzir, então conte a história como a planejou ilustrar.

2. Para as histórias que contar no cumprimento do item acima, faça o seguinte:


a. Contar uma história para crianças de no máximo 5 anos de idade, com duração mínima
de 3 minutos.
Este item pode ser realizado numa escola sabatina, agendando com a professora do Jardim ou Rol
do Berço, para poder passar a história às crianças.
b. Contar uma história para um grupo de crianças com idades entre 10 e 12 anos, com
duração mínima de 5 minutos.
Este item pode ser cumprido numa meditação de abertura de reunião do Clube de Desbravadores,
ou num Cantinho de Unidade, para Unidades juvenis.

3. Fazer um resumo por escrito de uma história que você vai contar.
Para ajudar a não esquecer uma história, ou detalhes importantes dela, um resumo por tópicos é
de grande valia. Estude bem a história e coloque no resumo os tópicos das partes importantes que
irão desenvolver a historia, de modo a não esquecer nada e chegar ao objetivo e fundo moral.

4. Explicar como, e em que circunstâncias, o material do curso deve ser modificado nas
seguintes situações:
a. Contar uma história na primeira pessoa, segunda pessoa e terceira pessoa.
b. Ouvintes, faixa etária e propósitos diferentes.
c. Encurtar uma história - eliminar todos os detalhes que não atrapalhem no objetivo
d. Alongar uma história - se apegar aos detalhes para causar mais impacto e gastar o tempo

5. Explicar por que é necessário um objetivo definido ao contar uma história. Explicar
como se obtém um bom clímax na história.
O objetivo tem de ser deixado claro para o desbravador, sem ele a história não tem sentido.
Quando se conta uma história ela tem que tocar os que ouvem, dando lições de moral para os
ouvintes aplicarem em sua vida diária. Tem de ser uma história interessante, que prenda a atenção
do desbravador, para que assim chegue ao clímax desejado.

6. Contar uma história sobre missionários em terra estrangeira, com duração mínima de
5 minutos.

7. Contar uma história que ensine princípios de saúde.