Você está na página 1de 43

19/04/2016

Licenciatura Plena em História

Antiguidade Oriental
Prof. Jorge Miklos
Primeiro Semestre - 2016

A civilização do Nilo

1

19/04/2016

" O Egito é uma dádiva do Nilo“
(Heródoto)

2

19/04/2016

Texto I
"O Historiador grego Heródoto (484-420
a.C.) viajou muito e deixou vivas descrições
com reflexões sobre os povos e as terras
que conheceu. Deve-se a ele a seguinte
afirmação: "o Egito, para onde se dirigem

os navios os gregos, é uma dádiva do rio
Nilo ". A partir dessa frase é comum

atribuir a riqueza e a prosperidade da
civilização egípcia a presença do Rio Nilo.
"
(PETIT, Paul. História Antiga. 4a.ed, São Paulo, DIFEL,
1979)

Texto II
"É claro que para os povos da Antigüidade a
dependência do fator geográfico é maior mas,
ao lado das condições naturais (rio Nilo) que
possibilitaram a existência de um oásis em
pleno deserto não podemos esquecer que o
trabalho dos camponeses, e uma complexa
organização social foram os ingredientes
responsáveis pelo desenvolvimento dessa
brilhante civilização. Isso porque os canais de
irrigação, os diques, as pirâmides e os
templos não foram obras do rio mas sim dos
camponeses."
Pinsk, Jaime. As Primeiras Civilizações. 15ª ed. São Paulo.
Atual. 1994

3

19/04/2016

Antigo Império
(3200 a.C. - 2300 a.C.)

• No início de sua história, os egípcios viviam em
comunidades autônomas, sem um poder
centralizado: eram os nomos, governadas pelos
nomarcas.
• O desenvolvimento da agricultura e o
aproveitamento das águas do rio Nilo exigiam a
união de esforços para a construção de obras
hidráulicas.
• Para isso, a centralização do poder foi
imprescindível.
• Por volta de 3500 a.C. nasceram dois reinos no
Egito: o do Alto Egito, ao sul do rio Nilo, e o do
Baixo Egito, ao norte.

4

1580 a. Quéfren e Miquerinos.19/04/2016 • • • • ANTIGO IMPÉRIO Fase de estabilidade política e prosperidade econômica graças à intensa exploração da população camponesa. Médio Império ( 2000 a. A crise do Antigo Império deve ser atribuída ao fortalecimento dos nomarcas que questionavam a grande centralização política.) 5 .C. gerando revoltas sociais que culminaram com a fragmentação política do Egito. Capital: Tinis e. .C. mais tarde Mênfis (Cairo) Construção das grandes pirâmides de Gizé Quéops.

a partir de 1800 a. facilitando. Novo Império (1580 a.525 a. o faraó conseguiu recuperar sua autoridade..C. . os hicsos.) 6 . Tebas substitui Mênfis como capital. promovendo revoltas de nobres e camponeses que.C. enfraqueceram o poder do faraó.C. primeiro e. A crise econômica. a seguir. abateu-se sobre a região. o início de uma onda de invasões estrangeiras: os hebreus. bem como de grande e rica produção cultural. foi um período de dinamismo e a prosperidade econômica. mais uma vez. Estes últimos conheciam bem técnicas guerreiras e dominaram o Egito por quase dois séculos.19/04/2016 • • • • • MÉDIO IMPÉRIO Com o enfraquecimento do poder dos nomarcas.

• Trata-se de um período marcado por forte militarismo e pelo expansionismo territorial. destacando-se a atuação dos faraós Tutmés III e Ramsés II. o culto exclusivo a Amon (deus-sol) que representava. os egípcios uniram-se sob a liderança do faraó Amósis I. assim. reforçar sua autoridade. O faraó Amenófis IV tentou. implantar o monoteísmo no Egito. ao tentar impor. durante a qual os hebreus foram submetidos à escravidão no Egito. 7 . assim. • Inicia-se.19/04/2016 • Para expulsar os invasores. vencendo e expulsando os hicsos de seu território. buscando. sem sucesso. em substituição ao politeísmo. uma nova etapa da história egípcia. para reduzir o poderio dos sacerdotes. • Foi a época de apogeu da civilização egípcia.

19/04/2016 • O Novo Império foi uma fase de intensa produção cultural. a construção dos imponentes templos de Karnac e Luxor. entre outras coisas. destacando-se. 8 .

19/04/2016 FARAÓS 9 .

10 . Na civilização egípcia. econômica e militar. portanto agiam como intermediários entre os deuses e a população egípcia. o faraó não era escolhido através de voto. religiosa. Tutmés I – conquistou boa parte da Núbia e ampliou. territórios até a região do rio Eufrates. através de guerras. mas sim por ter sido filho de outro faraó. Desta forma. decidindo sobre a vida política. muitas dinastias perduraram centenas de anos no poder. Possuíam poderes absolutos na sociedade. Os egípcios acreditavam que estes governantes eram filhos diretos do deus Osíris. os faraós eram considerados deuses vivos.19/04/2016 Os faraós eram os reis do Egito Antigo. Como a transmissão de poder no Egito era hereditária.

11 .19/04/2016 Tutmés III – consolidou o poder egípcio no continente africano após derrotar o reino de Mitani. conseguindo fazer o reino egípcio obter grande desenvolvimento e prosperidade. Ramsés II – buscou estabelecer relações pacíficas com os hititas.

A pirâmide deste faraó foi encontrada por arqueólogos em 1922. governou o Egito de 10 a 19 anos de idade.19/04/2016 Tutankamon – o faraó menino. quando morreu. Mitologia egípcia e religião 12 . provavelmente assassinado.

onde se procedia à pesagem do coração ou 13 . Marido de Ísis e pai de Hórus . era ele quem julgava os mortos na "Sala das Duas Verdades". (poderes) acima da capacidade humana.19/04/2016 Religião politeísta. estar presente em vários locais ao mesmo tempo. As cidades do Egito Antigo possuíam um deus protetor. que recebia oferendas e pedidos da população local. por exemplo. assumir várias formas (até mesmo de animais) e interferir diretamente nos fenômenos da natureza. Osíris era um deus da mitologia egípcia. associado à vegetação e a vida no Além. Poderiam.

Tudo o que constitui uma benção à vida humana. traz a água e irradia a luz pelo mundo.19/04/2016 Osíris torna a terra fértil. o que é criativo advém dele Ísis deusa cuja adoração se estendeu por todas as partes do mundo greco-romano. protetora da natureza e da magia. Foi cultuada como modelo da mãe e da esposa ideais. 14 .

principalmente. composta por Osíris. Alguns autores sugerem que a história de Jesus pode ter sido baseada em várias outras histórias de deuses mais antigos. o pai. a mãe. Em sua mãos Hórus carrega as chaves da vida da morte e da fertilidade. Hórus.19/04/2016 Hórus é segunda pessoa da "Trindade" egípcia. Hórus. o filho e Ísis. 15 .

Seth era encarnação do espírito do mal e irmão de Osíris. do deserto. dos animais e serpentes. da inveja. o deus que trouxe a civilização para o Egito.19/04/2016 Seth (ou Set) é o deus egípcio da violência e da desordem. 16 . da traição. do ciúme. da guerra.

sendo considerado ainda a primeira múmia do Egito Antigo 17 . e também é considerado deus da morte. da mumificação e do submundo. ele era representado com o corpo de homem e a cabeça de um chacal. pois acreditava-se que ele aprisionava espíritos maus. Guardião dos túmulos e juiz dos mortos. para que não pudessem ir para o céu. Geb: terra Anúbis era o deus dos mortos.19/04/2016 Geb é o deus egípcio da terra.

19/04/2016 Maet justiça e equilíbrio A SOCIEDADE 18 .

festas e atividades religiosas no Antigo Egito. Conheciam muito bem as características e funções dos deuses egípcios.19/04/2016 Faraó Era o governante do Egito. Possuía poderes totais sobre a sociedade egípcia. O poder dos faraós era transmitido hereditariamente Sacerdotes Na escala de poder estavam abaixo somente do faraó. além de ser reconhecido como um deus. 19 . Comandavam os templos e os rituais após a morte do faraó. após a morte. Alguns sacerdotes foram mumificados e seus corpos colocados em pirâmides. Eram responsáveis pelos rituais.

Os escribas também controlavam e registravam os impostos cobrados pelo faraó. pois uma derrota ou fracasso podia lhes custar a própria vida. Registravam os acontecimentos e. 20 . principalmente.19/04/2016 Chefes Militares Os chefes militares eram os responsáveis pela segurança do território egípcio. Tinham que preparar e organizar o exército de forma eficiente. Escreviam no papiro (papel feito de fibras da planta papiro). Escribas Eram os responsáveis pela escrita egípcia (hieroglífica e demótica). a vida do faraó. nas paredes das pirâmides ou em placas de barro ou pedra. Em momentos de guerra ganhavam destaque na sociedade.

Podiam ser convocados pelo faraó para trabalharem. Ganhavam apenas roupas velhas e alimentos para a sobrevivência. Trabalhavam muito e não recebiam salário. 21 .19/04/2016 Povo Egípcio Mais da metade da sociedade egípcia era formada por comerciantes. palácios. Escravos Geralmente eram os inimigos capturados em guerras de conquista. Eram constantemente castigados como forma de punição. Eram desprezados pela sociedade e não possuíam direitos. sem receber salários. templos). lavradores e pastores. represas. Trabalhavam muito para ganhar o suficiente para a manutenção da vida. artesãos. em obras públicas (diques.

O cardápio era composto também por vinho e cerveja. queijos. Além de pão. sacerdotes. ricos comerciantes) possuíam uma alimentação bem variada. consumiam muita carne animal (boi. escravos) era composta basicamente por pão e água. 22 .19/04/2016 A VIDA COTIDIANA Alimentação A alimentação dos mais pobres (camponeses. porco e peixe). Raramente comiam carne e frutas. chefes militares. Já os mais ricos (faraós. frutas e legumes.

baseadas em danças e jogos de equipe também eram comuns entre os pequenos egípcios. Brincadeiras coletivas. Os mais ricos divertiamse também com competições no rio Nilo. usando embarcações.19/04/2016 Habitação • Diversão – A natação. lutas e jogos de tabuleiros eram as formas de lazer mais comuns no Egito Antigo. 23 . As crianças gostavam de brincar com bonecos feitos de madeira e bolas.

• Transportes – Os egípcios usavam muito o rio Nilo como via de transporte de mercadorias e pessoas. Homens camponeses e artesãos vestiam apenas pedaços de tecido amarrados na cintura. usavam roupas com muitos enfeites.19/04/2016 • Roupas – Como o clima no Egito Antigo é quente e seco. As embarcações grandes eram feitas de madeira. Era comum entre os homens nobres o uso de uma espécie de saiote com pregas. Cavalos. camelos e bois também eram usados como meios de transportes. As mulheres abusavam das jóias e vestidos com bordados com contas. Para tanto. 24 . as roupas eram leves e finas. embarcações de todos os tamanhos eram utilizadas. enquanto as pequenas eram de fibras de papiro. principalmente nobres. As mulheres vestiam vestidos simples ou túnicas. Os mais ricos.

a alma da pessoa necessitava de um corpo para a vida após a morte. • Portanto. devia-se preservar este corpo para que ele recebesse de forma adequada a alma. os egípcios desenvolveram um complexo sistema de mumificação. • Preocupados com esta questão. 25 .19/04/2016 MUMIFICAÇÃO • De acordo com a religião egípcia.

coração. rins. intestinos. O coração e outros órgãos eram colocados em recipientes a parte. aplicava-se uma espécie de ácido pelas narinas. Para tanto. Após o derretimento.19/04/2016 1º O cadáver era aberto na região do abdômen e retirava-se as víceras (fígado. 2º O corpo era colocado em um recipiente com natrão (espécie de sal) para desidratar e também matar bactérias. esperando o cérebro derreter. 26 . etc. estômago. retirava-se pelos mesmos orifícios os pedaços de cérebro com uma espátula de metal. O cérebro também era extraído.

enchia-se o corpo com serragem. 4º O corpo era envolvido em faixas de linho branco. 4º O corpo era envolvido em faixas de linho branco. sendo que amuletos eram colocados entre estas faixas. 27 .19/04/2016 3º Após desidratado. sendo que amuletos eram colocados entre estas faixas. Aplicava-se também alguns “perfumes” e outras substâncias para conservar o corpo. Textos sagrados eram colocados dentro do corpo.

descobriram a ação de vários elementos químicos. Com o avanço dos testes químicos. Em busca de substâncias para conservar os corpos. aprenderam muito sobre a anatomia humana. hoje é possível identificar a causa da morte de faraós. Elas servem como importantes fontes de estudos para egiptólogos. ficaram bem preservadas até os dias de hoje. em muitos casos. 28 .19/04/2016 Após a múmia estar finalizada. O processo era tão eficiente que. era colocada dentro de um sarcófago. até o que eles comiam. doenças contraídas e. os egípcios avançaram muito em algumas áreas científicas. Graças ao processo de mumificação. muitas múmias. Ao abrir os corpos. que seria levado à pirâmide para ser protegido e conservado.

• Alguns animais como. por exemplo. • Apenas os faraós e sacerdotes eram mumificados. A ARTE EGÍPCIA 29 .19/04/2016 • Curiosidades: • Para transformar um corpo em múmia era muito caro naquela época. cães e gatos também foram mumificados no Egito Antigo.

monumentos e obras arquitetônicas estavam ligados. pinturas. aos temas religiosos. Pintura Egípcia 30 . • A maioria das estátuas.19/04/2016 • As artes no Egito Antigo estavam muito relacionadas com a vida religiosa. direta ou indiretamente.

Os egípcios não trabalhavam com a técnica da perspectiva (imagens tridimensionais) 31 .19/04/2016 • Estes desenhos eram feitos de maneira que as figuras eram mostradas de perfil.

19/04/2016 32 .

19/04/2016 Escultura Egípcia 33 .

19/04/2016 Arquitetura Egípcia 34 .

19/04/2016 35 .

19/04/2016 LUXOR 36 .

19/04/2016 Karnak Luxor 37 .

19/04/2016 38 .

19/04/2016 ESCRITA 39 .

fórmulas mágicas.19/04/2016 três sistemas de escritas diferentes entre si. – hierática. 40 . uma simplificação da hieroglífica – demótica. que era estritamente utilizada para a impressão de mensagens em túmulos e templos. • Livro dos Mortos (cujo nome original. escritos em rolos de papiro e colocados nos túmulos junto das múmias. em egípcio antigo. afastando eventuais perigos que este poderia encontrar na viagem para o Além. O objetivo destes textos era ajudar o morto em sua viagem para o outro mundo. hinos e litanias do Antigo Egito. utilizada para escritos de menor importância. – hieroglífica. orações. era Livro de Sair Para a Luz é a designação dada a uma coletânea de feitiços.

41 . uma lápide de basalto negro onde foram encontradas inscrições em grego. graças aos esforços do jovem pesquisador Jean François Champollion. a palavra “Ptolomeu” foi por ele traduzida desse documento escrito.19/04/2016 • Entre outros achados se destacava a “Pedra de Roseta”. hieroglífico e demótico. • Somente em 1821.

Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas Da Lima Dourada moravam seus obreiros? No dia em que ficou pronta a Muralha da China para onde Foram os seus pedreiros? A grande Roma Está cheia de arcos de triunfo. Mas foram os reis que transportaram as pedras? Babilónia. Quem pagava as despesas? Tantas histórias Quantas perguntas Bertold Brecht 42 . a das sete portas? Nos livros vem o nome dos reis. Perguntas de um Operário Letrado Quem construiu Tebas. tantas vezes destruída. Quem cozinhava os festins? Em cada década um grande homem. O jovem Alexandre conquistou as Índias Sozinho? César venceu os gauleses.19/04/2016 A partir daquela pequena descoberta. foi possível realizar a leitura de uma variedade de outros documentos que explicam importantes traços desta civilização. E ninguém mais? Frederico II ganhou a guerra dos sete anos Quem mais a ganhou? Em cada página uma vitória. Quem os ergueu? Sobre quem Triunfaram os Césares? A tão cantada Bizâncio Só tinha palácios Para os seus habitantes? Até a legendária Atlântida Na noite em que o mar a engoliu Viu afogados gritar por seus escravos. Nem sequer tinha um cozinheiro ao seu serviço? Quando a sua armada se afundou Filipe de Espanha Chorou.

História da Escrita. 2000. 1.19/04/2016 Referências • • • • • • BURNS. Uma breve história da linguagem: introdução à origem das línguas. vol. São Paulo: Atual. História da Arte. Ernest H. As Máscaras de Deus: Mitologia Oriental. PINSKY. São Paulo: Editora da Unesp. São Paulo: Editora Globo. As primeiras civilizações. Edward Mcnall. Jaime. 43 . 2009. CAMPBELL. 2009. São Paulo: LTC. Steven Roger. s/d. 1994. _____. São Paulo: Novo Século Editora. São Paulo: Ed. GOMBRICH. Palas Athena. História da Civilização Ocidental: Do homem das cavernas até a bomba atômica. Joseph. 2000. FISCHER.

Interesses relacionados