Você está na página 1de 19

EXERCÍCIOS

INTRODUÇÃO A FÍSICA I
INTRODUÇÃO Á MECÂNICA - vetores

TAREFA
1) (Mack-1997) Um corpo, que está sob a ação de 3 forças coplanares de mesmo módulo, está em
equilíbrio. Assinale a alternativa na qual esta situação é possível.

2) (UDESC-1998) Um "calouro" do Curso de Física recebeu como tarefa medir o deslocamento de


uma formiga que se movimenta em uma parede plana e vertical. A formiga realiza três deslocamentos
sucessivos:

I) um deslocamento de 20 cm na direção vertical,

parede abaixo;

II) um deslocamento de 30 cm na direção horizontal,

para a direita;

III) um deslocamento de 60 cm na direção vertical,

parede acima.

No final dos três deslocamentos, podemos afirmar que o deslocamento resultante da formiga tem módulo
igual a:

a) 110 cm

b) 50 cm

c) 160 cm

d) 10 cm

e) 30 cm

3) (UEPG - PR) Quando dizemos que a velocidade de uma bola é de 20 m/s, horizontal e para a direita,
estamos definindo a velocidade como uma grandeza:
a) escalar
b) algébrica
c) linear
d) vetorial
e) n.d.a.

4) (UFAL) Considere as grandezas físicas:


I. Velocidade
II. Temperatura
III. Quantidade de movimento
IV. Deslocamento
V. Força
Destas,b a grandeza escalar é:
a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V

5) (CESGRANRIO) Das grandezas citadas nas opções a seguir assinale aquela que é de natureza vetorial:
a) pressão
b) força eletromotriz
c) corrente elétrica
d) campo elétrico
e) trabalho

6) (FESP) Num corpo estão aplicadas apenas duas forças de intensidades 12N e 8,0N. Uma possível
intensidade da resultante será: a) 22N
b) 3,0N
c) 10N
d) zero
e) 21N

7) (UFAL) Uma partícula está sob ação das forças co-planares


conforme o esquema. A resultante delas é uma força, de
intensidade, em N, igual a: a) 110
b) 70
c) 60
d) 50
e) 30

8) (UnB) São grandezas escalares todas as quantidades físicas a seguir, EXCETO: a)


massa do átomo de hidrogênio;
b) intervalo de tempo entre dois eclipses solares;
c) peso de um corpo;
d) densidade de uma liga de ferro;
e) n.d.a.

9) (UFAL) Considere as grandezas físicas:


I. Velocidade
II. Temperatura
III. Quantidade de movimento
IV. Deslocamento
V. Força
Destas, a grandeza escalar é:
a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V

10) (CESGRANRIO) Das grandezas citadas nas opções a seguir assinale aquela que é de natureza vetorial:
a) pressão
b) força eletromotriz
c) corrente elétrica
d) campo elétrico
e) trabalho

GABARITO:
TAREFA
1.B 2.B 3.D 4.B 5.D 6.C 7.D 8.C 9.B 10.D
EXERCÍCIO COMENTADO

(UDESC-1998) Um "calouro" do Curso de Física recebeu como tarefa medir o deslocamento de uma
formiga que se movimenta em uma parede plana e vertical. A formiga realiza três deslocamentos
sucessivos:

I) um deslocamento de 20 cm na direção vertical,

parede abaixo;

II) um deslocamento de 30 cm na direção horizontal,

para a direita;

III) um deslocamento de 60 cm na direção vertical,

parede acima.

No final dos três deslocamentos, podemos afirmar que o deslocamento resultante da formiga tem módulo
igual a:

a) 110 cm

b) 50 cm

c) 160 cm

d) 10 cm

e) 30 cm

RESPOSTA:

O deslocamento da formiga pode ser assim esquematizado:

60cm

20cm

30cm

Mas a questão deseja saber sobre o deslocamento resultante, que é dado pela ligação do ponto inicial do
trajeto com o ponto final, podendo ser representado:
? cm
60 – 20 = 40

30cm

A seta em vermelho mostra o vetor resultante. Para sabermos seu valor (modulo) , devemos visualizar um
triangulo retângulo, como o desenhado a direita. O vetor em vermelho é a hipotenusa, enquanto que os
azuis são os catetos. Seus valores vieram da figura inicial. O cateto de valor 40 é resultado da subtração do
primeiro deslocamento da formiga com o seu último. Dessa forma, construímos um triangulo retângulo.
Podemos calcular o valor do vetor vermelho via Pitágoras, fazendo as contas manualmente (hipotenusa ao
quadrado é igual à soma dos quadrados dos catetos), ou lembrar da regra do triangulo fundamental de
Pitágoras. Ela diz que o triangulo fundamental tem um cateto igual a 3, o outro cateto igual a 4 e a
hipotenusa é 5. Se multiplicarmos os catetos por 5, por exemplo, a hipotenusa sera 5 vezes 5. Se
multiplicarmos os catetos por 10, a hipotenusa terá seu valor multiplicado por 10. Logo, como 30 e 40,
valores dos catetos da questão, são 10 vezes maior que o valor dos catetos do triangulo fundamental, a
hipotenusa (VETOR DESLOCAMENTO, QUE É O QUE A QUESTÃO DESEJA SABER) será 10 vezes 5, ou
50!

Resultado da questão: 50 cm
6

PARTE II CINEMÁTICA

TAREFA

Questão 01)
No interior de um avião que se desloca horizontalmente em relação ao solo, com velocidade constante de 1000
km/h, um passageiro deixa cair um copo. Observe a ilustração abaixo, na qual estão indicados quatro pontos no
piso do corredor do avião e a posição desse passageiro.
O copo, ao cair, atinge o piso do avião próximo ao ponto indicado pela seguinte letra:
a) P
b) Q
c) R
d) S

Questão 02)
O motorista de um caminhão percorre a metade de uma estrada retilínea com velocidade de 40 km/h, a
metade do que falta com velocidade de 20 km/h e o restante com velocidade de 10 km/h. O valor mais próximo
para a velocidade média para todo o trajeto é de a) 30,0 km/h.
b) 20,0 km/h.
c) 33,3 km/h.
d) 23,3 km/h.
e) 26,6 km/h.

Questão 03)
João fez uma pequena viagem de carro de sua casa, que fica no centro da cidade A, até a casa de seu
amigo Pedro, que mora bem na entrada da cidade B.

Para sair de sua cidade e entrar na rodovia que conduz à cidade em que Pedro mora, João percorreu uma
distância de 10 km em meia hora. Na rodovia, ele manteve uma velocidade escalar constante até chegar à casa
de Pedro. No total, João percorreu 330 km e gastou quatro horas e meia.
a) Calcule a velocidade escalar média do carro de João no percurso dentro da cidade A.
b) Calcule a velocidade escalar constante do carro na rodovia.

Questão 04)
7

Heloísa, sentada na poltrona de um ônibus, afirma que o passageiro sentado à sua frente não se move, ou seja,
está em repouso. Ao mesmo tempo, Abelardo, sentado à margem da rodovia, vê o ônibus passar e afirma que
o referido passageiro está em movimento.

De
acordo
com os

conceitos de movimento e repouso usados em Mecânica, explique de que maneira devemos interpretar as
afirmações de Heloísa e Abelardo para dizer que ambas estão corretas.

Questão 05)
Um observador permanece um longo período observando uma tempestade e percebe que, progressivamente, o
intervalo de tempo entre os relâmpagos e as respectivas trovoadas vai diminuindo. Um dos relâmpagos foi visto
a uma distância de 1.376 metros do local onde o observador se encontra. A partir dessas observações, o que
ele conclui em relação à tempestade e qual o intervalo de tempo decorrido entre o relâmpago e o estrondo da
trovoada ouvida pelo observador?
(Considere a velocidade do som = 344 m/s.)
a) A tempestade está se afastando, e o intervalo de tempo entre o relâmpago e o estrondo da trovoada é
de 4,0 s.
b) A tempestade está se aproximando, e o intervalo de tempo entre o relâmpago e o estrondo da trovoada
é de 2,0 s.
c) A intensidade da tempestade está diminuindo, e o intervalo de tempo entre o relâmpago e o estrondo da
trovoada é de 4,0 s.
d) A tempestade está se afastando, e o intervalo de tempo entre o relâmpago e o estrondo da trovoada é
de 2,0 s.
e) A tempestade está se aproximando, e o intervalo de tempo entre o relâmpago e o estrondo da trovoada
é de 4,0 s.

Questão 06)
Num rio, cujas águas têm em relação às margens velocidade de 1,5 m/s, um barco tem a proa sempre
apontando numa direção perpendicular às margens e mantém, em relação à água, velocidade de 2,0 m/s.

Para um observador parado na margem do rio o barco apresenta velocidade cujo módulo é, em m/s,
a) 0,5
b) 1,0
c) 2,5
d) 3,0
e) 3,5

Questão 07)
A figura ao lado mostra o mapa de uma cidade em que as ruas
retilíneas se cruzam perpendicularmente e cada quarteirão
mede 100 m. Você caminha pelas ruas a partir de sua casa, na
esquina A, até a casa de sua avó, na esquina B. Dali segue até
sua escola, situada na esquina C. A menor distância que você
caminha e a distância em linha reta entre sua casa e a escola
são, respectivamente:

a) 1800 m e 1400 m.
b) 1600 m e 1200 m.
c) 1400 m e 1000 m.
8

d) 1200 m e 800 m.
e) 1000 m e 600 m.

Questão 08)
Observe esta figura:

Daniel está andando de skate em uma pista horizontal.

No instante t1, ele lança uma bola, que, do seu ponto de vista, sobe verticalmente. A bola sobe alguns
metros e cai, enquanto Daniel continua a se mover em trajetória retilínea, com velocidade constante.
No instante t2, a bola retorna à mesma altura de que foi lançada. Despreze os efeitos da resistência do
ar. Assim sendo, no instante t2, o ponto em que a bola estará, mais provavelmente, é a) K.
b) L.
c) M.
d) Qualquer um, dependendo do módulo da velocidade de lançamento.

Questão 09)
Uma pessoa está tendo dificuldades em um rio, mas observa que existem quatro bóias flutuando livremente em
torno de si. Todas elas estão a uma mesma distância desta pessoa: a primeira à sua frente, a segunda à sua
retaguarda, a terceira à sua direita e a quarta à sua esquerda.
A pessoa deverá nadar para:
a) qualquer uma das bóias, pois as alcançará ao mesmo tempo.
b) a bóia da frente, pois a alcançará primeiro.
c) a bóia de trás, pois a alcançará primeiro.
d) a bóia da esquerda, pois a alcançará primeiro.
e) a bóia da direita, pois a alcançará primeiro.

Questão 10)
Um passageiro, viajando de metrô, fez o registro de tempo entre duas estações e obteve os valores
indicados na tabela. Supondo que a velocidade média entre duas estações consecutivas seja sempre a
mesma e que o trem pare o mesmo tempo em qualquer estação da linha, de 15 km de extensão, é possível
estimar que um trem, desde a partida da Estação Bosque até a chegada à Estação Terminal, leva
aproximadamente

a)

20 min.
b) 25 min.
9

c) 30 min.
d) 35 min.
e) 40 min.

Questão 11)

Considere uma torneira mal fechada, que pinga com um fluxo volumétrico de meio litro por dia, embaixo da qual
há um tanque de dimensões (40 cm) × (30 cm) × (10 cm). Desprezando as perdas de água por evaporação, é
correto afirmar que o tanque
a) transbordará, se a torneira não for completamente fechada ao final do vigésimo quarto dia.
b) atingirá a metade da sua capacidade total, se a torneira for fechada no final do oitavo dia.
c) atingirá ¼ da sua capacidade total, se a torneira for fechada no final do quarto dia.
d) atingirá 4 × 103 cm3, se a torneira for fechada no final do quinto dia.
e) atingirá 0,025 m3, se a torneira for fechada no final do décimo sexto dia.

PINTOU NO ENEM! 12

1) (ENEM/1998) Em uma prova de 100 m 10


rasos, o desempenho típico de um corredor 8
Velocidade (m/s)

padrão é representado pelo gráfico a 6


seguir:
4
Baseado no gráfico, em que intervalo de
tempo a velocidade do corredor é 2
aproximadamente constante? 0
0 5 10 15 20
(A) Entre 0 e 1 segundo. Tempo (s)
(B) Entre 1 e 5 segundos.
(C) Entre 5 e 8 segundos.
(D) Entre 8 e 11 segundos.
(E) Entre 12 e 15 segundos.

2) (ENEM/1998) Em que intervalo de tempo o corredor apresenta aceleração máxima?


(A) Entre 0 e 1 segundo.
(B) Entre 1 e 5 segundos.
(C) Entre 5 e 8 segundos.
(D) Entre 8 e 11 segundos.
(E) Entre 9 e 15 segundos.

3) (ENEM/1999) Um sistema de radar é programado para registrar automaticamente a velocidade de todos os


veículos trafegando por uma avenida, onde passam em média 300 veículos por hora, sendo 55 km/h a máxima
velocidade permitida. Um levantamento estatístico dos registros do radar permitiu a elaboração da distribuição
percentual de veículos de acordo com sua velocidade aproximada.

A velocidade média dos veículos que trafegam nessa


45
avenida é de: (A) 35 km/h 40 40
(B) 44 km/h 35
30
Veículos (%)

30
(C) 55 km/h 25
(D) 76 km/h 20 15
15
(E) 85 km/h 10
5 6 3 1
5
0
10
20 30 40 50 60 70 80 90 100

Velocidade (km/h)
10

4) (ENEM/2002) As cidades de Quito e Cingapura encontram-se próximas à linha do equador e em pontos


diametralmente opostos no globo terrestre. Considerando o raio da Terra igual a 6370 km, pode-se afirmar
que um avião saindo de Quito, voando em média 800 km/h, descontando as paradas de escala, chega a
Cingapura em aproximadamente. OBS: comprimento de uma circunferência é dado por C  = 2..R (A) 16
horas.
(B) 20 horas.
(C) 25 horas.
(D) 32 horas.
(E) 36 horas.

5) (ENEM/2003) O tempo que um ônibus gasta para ir do ponto inicial ao ponto final de uma linha varia, durante
o dia, conforme as condições do trânsito, demorando mais nos horários de maior movimento. A empresa que
opera essa linha forneceu, no gráfico abaixo, o tempo médio de duração da viagem conforme o horário de saída
do ponto inicial, no período da manhã. De acordo com as informações do gráfico, um passageiro que necessita

chegar até as 10h30min ao ponto final dessa linha, deve tomar o ônibus no ponto inicial, no máximo, até as:
(A) 9h20min
(B) 9h30min
(C) 9h00min
(D) 8h30min
(E) 8h50min

6) (ENEM/2005) O gás natural veicular (GNV) pode substituir a gasolina ou álcool nos veículos automotores.
Nas grandes cidades, essa possibilidade tem sido explorada, principalmente, pelos táxis, que recuperam em um
tempo relativamente curto o investimento feito com a conversão por meio da economia proporcionada pelo uso
do gás natural. Atualmente, a conversão para gás natural do motor de um automóvel que utiliza a gasolina
custa R$ 3.000,00. Um litro de gasolina permite percorrer cerca de 10 km e custa R$ 2,20, enquanto um metro
cúbico de GNV permite percorrer cerca de 12 km e custa R$ 1,10. Desse modo, um taxista que percorra 6.000
km por mês recupera o investimento da conversão em aproximadamente

(A) 2 meses. (B) 4 meses. (C) 6 meses. (D) 8 meses. (E) 10 meses

7) ENEM/2005) Um problema ainda não resolvido da geração nuclear de eletricidade é a destinação dos
rejeitos radiativos, o chamado “lixo atômico”. Os rejeitos mais ativos ficam por um período em piscinas de aço
inoxidável nas próprias usinas antes de ser, como os demais rejeitos, acondicionados em tambores que são
dispostos em áreas cercadas ou encerrados em depósitos subterrâneos secos, como antigas minas de sal. A
complexidade do problema do lixo atômico, comparativamente a outros lixos com substâncias tóxicas, se deve
ao fato de
(A) emitir radiações nocivas, por milhares de anos, em um processo que não tem como ser interrompido
artificialmente.
(B) acumular-se em quantidades bem maiores do que o lixo industrial convencional, faltando assim locais
para reunir tanto material.
(C) ser constituído de materiais orgânicos que podem contaminar muitas espécies vivas, incluindo os
próprios seres humanos.
11

(D) exalar continuamente gases venenosos, que tornariam o ar irrespirável por milhares de anos. (E) emitir
radiações e gases que podem destruir a camada de ozônio e agravar o efeito estufa.

8) (ENEM/2008) O gráfico ao lado modela a distância


percorrida, em km, por uma pessoa em certo período de
tempo. A escala de tempo a ser adotada para o eixo das
abscissas depende da maneira como essa pessoa se
desloca. Qual é a opção que apresenta a melhor
associação entre meio ou forma de locomoção e unidade de
tempo, quando são percorridos 10 km?
A carroça – semana
B carro – dia
C caminhada – hora
D bicicleta – minuto
E avião – segundo

9) (ENEM/2011) Para medir o tempo de reação de uma


pessoa, pode-se
Realizar a seguinte experiência:
I. Mantenha uma régua (com cerca de 30 cm)
suspensa verticalmente, segurando-a pela extremidade
superior, de modo que o zero da régua esteja situado
na extremidade inferior.
II. A pessoa deve colocar os dedos de sua mão,
em forma de pinça, próximos do zero da régua, sem
tocála.
III. Sem aviso prévio, a pessoa que estiver
segurando a régua deve soltá-la. A outra pessoa deve
procurar segurá-la o mais rapidamente possível e observar a posição onde conseguiu segurar a régua, isto
é, a distância que ela percorre durante a queda.
O quadro ao lado mostra a posição em que 3 pessoas conseguiram segurar a régua e os respectivos tempos
de reação.

A distância percorrida pela régua aumenta mais rapidamente que o tempo de reação porque a
a) energia mecânica da régua aumenta, o que a faz cair mais rápido.
b) resistência do ar aumenta, o que faz a régua cair com menor velocidade.
c) aceleração de queda da régua varia, o que provoca um movimento acelerado.
d) força peso da régua tem valor constante, o que gera um movimento acelerado.
e) a velocidade da régua é constante, o que provoca uma passagem linear do tempo

10) (ENEM/2012) Uma empresa de transporte precisa efetuar a entrega de uma encomenda o mais breve
possível. Para tanto, a equipe de logística analisa o trajeto desde a empresa até o local da entrega. Ela verifica
que o trajeto apresenta dois trechos de distâncias diferentes e velocidades máximas permitidas diferentes. No
primeiro trecho, a velocidade máxima permitida é de 80 km/h e a distância a ser percorrida é de 80 km. No
segundo trecho, cujo comprimento vale 60 km, a velocidade máxima permitida é 120 km/h.
Supondo que as condições de trânsito sejam favoráveis para que o veículo da empresa ande continuamente
na velocidade máxima permitida, qual será o tempo necessário, em horas, para a realização da entrega? a) 0,7
b) 1,4 c) 1,5 d) 2,0 e) 3,0

GABARITO
TAREFA:
12

1) Gab: C
2) Gab: B
3) Gab:
a) vc = 20 km/hora
b) vR = 80 km/hora 4) Gab:
Em Mecânica, o movimento e o repouso de um corpo são definidos em relação a algum referencial. Para dizer
que tanto Heloísa quanto Abelardo estão corretos, devemos interpretar a afirmação de Heloísa como “o
passageiro não se move em relação ao ônibus”, e a afirmação de Abelardo como “o passageiro está em
movimento em relação à Terra (ou à rodovia)”.
5) Gab: E
6) Gab: C
7) Gab: C
8) Gab: B
9) Gab: A
10) Gab: D 11) Gab: A

PINTOU NO ENEM:

1) LETRA C 2) LETRA A 3) LETRA B 4) LETRA C

5) LETRA E 6) LETRA B 7) LETRA A 8) LETRA C

9) LETRA D 10) LETRA C

EXERCÍCIO COMENTADO
1) (ENEM/1998) Em uma prova de 100 m 12
rasos, o desempenho típico de um corredor
10
padrão é representado pelo gráfico a
seguir: 8
Velocidade (m/s)

Baseado no gráfico, em que intervalo de 6


tempo a velocidade do corredor é 4
aproximadamente constante?
2
(F) Entre 0 e 1 segundo. 0
(G) Entre 1 e 5 segundos. 0 5 10 15 20
(H) Entre 5 e 8 segundos. Tempo (s)
(I) Entre 8 e 11 segundos.
(J) Entre 12 e 15 segundos.

RESOLUÇÃO

Esta questão de fssca,que fos da prova de 1998 é bastante fácsl de ser resolvsda,poss é só uma questão de
análsse do gráfco e as opções também não fazsam nem com que o estudante confundssse na hora de resolvêla.
Para resolver esta questão é necessárso que você analsse bastante o gráfco. Logo deposs,para fcar melhor de
entender,complete no gráfco os nnmeros que faltam no tempo ( 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,14 e 15). Com
ssto festo,você pode observar que entre 0 e 4 segundos a velocsdade aumenta,que entre 5 e 8 segundos ela é
praticamente constante e que entre 9 e 15 a velocsdade passa dsmsnusr. Com ssso podemos conclusr que a
resposta da questão será entre 5 e 8 segundos.
13

MOVIMENTO UNIFORME
TAREFA:

1) (Unifor-CE)
Numa viagem de automóvel foram anotados os instantes e os marcos quilométricos, durante certo intervalo
de tempo, conforme a tabela a seguir. Supõe-se movimento uniforme.

Acerca desse movimento, considere a seguinte frase incompleta: "No instante t 7h10min, o movimento tem
velocidade escalar de ..................... e o automóvel encontra-se no marco quilométrico .....................".

Os valores mais prováveis para se preencher corretamente as lacunas da frase são, respectivamente,

a) 203 km/h e 1,0 km.


b) 5 km/h e 1,0 km.
c) 1,0 km/min e 203 km.
d) 1,0 km/min e 1,0 km.
e) 5,0 km/min e 203 km.

2) Os dois automóveis A e B da figura realizam movimentos retilíneos e uniformes.


Sabe-se que a velocidade de A vale 10m/s e que colide com B no cruzamento
C. A velocidade de B é igual a:

a) 2,0 m/s.
b) 4,0 m/s.
c) 6,0 m/s.
d) 8,0 m/s.
e) 10 m/s.

3) Um trem de 200 m de comprimento atravessa uma


ponte de 100 m. O tempo de travessia é de 12 s. Considerando o movimento do trem uniforme, sua
velocidade escalar é de: a) (50/3) m/s
b) 45 km/h
c) (10/3) m/s
d) 22,5 km/h
e) 90 km/h

4) O gráfico a seguir representa a função horária do espaço de um móvel em trajetória retilínea e em


movimento uniforme.
14

Com base nele, determine a velocidade e a função horária do espaço deste móvel.

GABARITO:

TAREFA:

1-C 2-C 3-E 4- 50 + 20t

EXERCÍCIO COMENTADO

1) Um móvel realiza um movimento uniforme e seu espaço varia com o tempo segundo a tabela:

a) Classifique o movimento dizendo se é progressivo ou retrógrado.


b) Calcule e velocidade escalar do móvel.
c) Qual é o espaço inicial do móvel.
d) Escreva a função horária dos espaços.
e) Construa o gráfico s x t.

RESOLUÇÃO

O movimento é retrógrado pois os espaços s decrescem com o decorrer do tempo. b)


v = Δs/Δt0=> v = (17-20)/(1-0) => v = -3 m/s
c) Para t = 0, temos s0 = 20 m
d) s = s0 + vt => s = 20 - 3t (SI)
e)
15

MCU- MOVIEMTO CURVILÍNEO UNIFORME

TAREFA

01) (UNI-BH/05) A velocidade angular, ω, de um mosquito pousado na extremidade do ponteiro de


segundos de um relógio é: a) 2π rad/s
b) π/30 rad/s
c) π rad/s
d) 60 rad/s

02) Levando-se em conta os conceitos de período T e freqüência f, marque a única opção correta: a)
O período de rotação da Terra em torno do Sol é menor que o da Lua em torno da Terra.
b) A freqüência de rotação do ponteiro dos minutos de um relógio é menor que a do ponteiro das horas.
c) A freqüência de rotação da Terra em torno do seu próprio eixo é maior que a de rotação da Lua em torno
da Terra.
d) O período do ponteiro dos segundos de um relógio é maior que o do ponteiro das horas.

03) Um carro de corrida percorre uma pista circular com velocidade constante de 180 km/h e aceleração
centrípeta de 25 m/s2. Com base nessas informações, podemos afirmar que o raio dessa pista é igual a: (a)
1296 m (b) 925 m (c) 1200 m (d) 800 m (e) 100 m

PINTOU NO ENEM

01) (ENEM/2009)O Brasil pode se transformar no primeiro país das Américas a entrar no seleto grupo das
nações que dispõem de trens-bala. O Ministério dos Transportes prevê o lançamento do edital de licitação
internacional para a construção da ferrovia de alta velocidade Rio-São Paulo. A viagem ligará os 403
quilômetros entre a Central do Brasil, no Rio, e a Estação da Luz, no centro da capital paulista, em uma
hora e 25 minutos.
Disponível em: http://oglobo.globo.com.
Acesso em: 14 jul. 2009.

Devido à alta velocidade, um dos problemas a ser enfrentado na escolha do trajeto que será percorrido pelo
trem é o dimensionamento das curvas. Considerando-se que uma aceleração lateral confortável para os
passageiros e segura para o trem seja de 0,1 g, em que g é a aceleração da gravidade (considerada igual a
10 m/s2), e que a velocidade do trem se mantenha constante em todo o percurso, seria correto prever que
as curvas existentes no trajeto deveriam ter raio de curvatura mínimo de, aproximadamente,

A.80 m.
B.430 m.
C.800 m.
D.1.600 m.
E.6.400 m.

GABARITO:

TAREFA
1. B 2.C 3.E

PINTOU NO ENEM
1. E
16

EXERCÍCIO COMENTADO

01) (ENEM/2009)O Brasil pode se transformar no primeiro país das Américas a entrar no seleto grupo das
nações que dispõem de trens-bala. O Ministério dos Transportes prevê o lançamento do edital de licitação
internacional para a construção da ferrovia de alta velocidade Rio-São Paulo. A viagem ligará os 403
quilômetros entre a Central do Brasil, no Rio, e a Estação da Luz, no centro da capital paulista, em uma
hora e 25 minutos.
Disponível em: http://oglobo.globo.com.
Acesso em: 14 jul. 2009.

Devido à alta velocidade, um dos problemas a ser enfrentado na escolha do trajeto que será percorrido pelo
trem é o dimensionamento das curvas. Considerando-se que uma aceleração lateral confortável para os
passageiros e segura para o trem seja de 0,1 g, em que g é a aceleração da gravidade (considerada igual a
10 m/s2), e que a velocidade do trem se mantenha constante em todo o percurso, seria correto prever que
as curvas existentes no trajeto deveriam ter raio de curvatura mínimo de, aproximadamente,

F.80 m.
G.430 m.
H.800 m.
I.1.600 m.
J.6.400 m.

RESOLUÇÃO

Essa é das poucas questões do ENEM que exigem algum cálculo. Como o módulo da velocidade é
constante e o trem está fazendo curva, a aceleração em questão é a aceleração centrípeta, que pode ser
calculada pela equação a = v2/R, onde a é a aceleração, v é a velocidade e R o raio.
Bom, antes disso, precisamos conhecer a velocidade, na qual usaremos a equação da velocidade
média, v = ∆S/∆t, onde ∆S é o espaço percorrido e ∆t, o tempo. Na questão, ele diz que o trem percorre 403
km, que equivale a 403000 m, e o tempo 25 minutos, que equivale a 5100 s. A velocidade será v =
403000/5100 = 79 m/s.
Voltando a equação da aceleração centrípeta, a questão disse que a aceleração de conforto é de
0,1g. Sendo g = 10 m/s 2, a = 1 m/s2. Assim, 1 = 792/R, logo, R = 6241m. Como os cálculos foram
aproximados, a opção que mais se aproxima é a opção E.

ACOPLAMENTO DE POLIA
PINTOU NO ENEM

1) (ENEM/1998) As bicicletas possuem uma corrente que liga uma coroa dentada dianteira,
movimentada pelos pedais, a uma coroa localizada no eixo da roda traseira, como mostra a figura.
17

(A)

(C)

(E )

2) (ENEM/1998)Quando se dá uma pedalada na bicicleta ao lado (isto é, quando a coroa acionada


pelos pedais dá uma volta completa), qual é a distância aproximada percorrida pela bicicleta, sabendo-se
que o comprimento de um círculo de raio R é igual a 2 R, onde   3?

(A) 1,2 m
(B) 2,4 m
(C) 7,2 m
(D) 14,4 m
(E) 48,0 m

0 cm 10 cm 30 cm
18

03) (ENEM/1998)Com relação ao funcionamento de uma bicicleta de marchas, onde cada marcha é uma
combinação de uma das coroas dianteiras com uma das coroas traseiras, são formuladas as seguintes
afirmativas:

I. numa bicicleta que tenha duas coroas dianteiras e cinco traseiras, temos um total de dez marchas
possíveis onde cada marcha representa a associação de uma das coroas dianteiras com uma das
traseiras.
II. em alta velocidade, convém acionar a coroa dianteira de maior raio com a coroa traseira de maior raio
também.
III. em uma subida íngreme, convém acionar a coroa dianteira de menor raio e a coroa traseira de maior
raio.

Entre as afirmações acima, estão corretas:

(A) I e III apenas.


(B) I, II e III.
(C) I e II apenas.
(D) II apenas.
(E) III apenas.

04) (ENEM/2006) Na preparação da madeira em uma indústria de


móveis, utiliza-se uma lixadeira constituída de quatro grupos de
polias, como ilustra o esquema ao lado. Em cada grupo, duas polias
de tamanhos diferentes são interligadas por uma correia provida de
lixa. Uma prancha de madeira é empurrada pelas polias, no sentido A
→ B (como indicado no esquema), ao mesmo tempo em que um
sistema é acionado para frear seu movimento, de modo que a
velocidade da prancha seja inferior a da lixa. O equipamento acima
descrito funciona com os grupos de polias girando da seguinte forma:
(F) A 1 e 2 no sentido horário; 3 e 4 no sentido anti-horário.
(G) B 1 e 3 no sentido horário; 2 e 4 no sentido anti-horário.
(H) C 1 e 2 no sentido anti-horário; 3 e 4 no sentido horário. (I) D 1 e
4 no sentido horário; 2 e 3 no sentido anti-horário. (J) E 1, 2, 3 e 4
no sentido anti-horário.

05) (ENEM/2013) Para serrar os ossos e carnes congeladas, um açougueiro utiliza uma serra de fita que
possui três polias e um motor. O equipamento pode ser montado de duas formas diferentes, P e Q. Por
questão de segurança, é necessário que a serra possua menor velocidade linear.

Por qual montagem o açougueiro deve optar e qual a justificativa desta opção?
a) Q, pois as polias 1 e 3 giram com velocidades lineares iguais em pontos periféricos e a que tiver
maior raio terá menor frequência.
b) Q, pois as polias 1 e 3 giram com frequência iguais e a que tiver maior raio terá menor velocidade
linear em um ponto periférico.
c) P, pois as polias 2 e 3 giram com frequências diferentes e a que tiver maior raio terá menor
velocidade linear em um ponto periférico.
d) P, pois as polias 1 e 2 giram com diferentes velocidades lineares em pontos periféricos e a que tiver
menor raio terá maior frequência.
19

e) Q, pois as polias 2 e 3 giram com diferentes velocidades lineares em pontos periféricos e a que tiver
maior raio terá menor frequência.

GABARITO PINTOU NO ENEM

1.A 2.C 3.A 4.C 5.A

EXERCÍCIO COMENTADO

(ENEM/1998)Quando se dá uma pedalada na bicicleta ao lado (isto é, quando a coroa acionada pelos
pedais dá uma volta completa), qual é a distância aproximada percorrida pela bicicleta, sabendo-se que o
comprimento de um círculo de raio R é igual a 2R, onde   3?

(A) 1,2 m
(B) 2,4 m
(C) 7,2 m
(D) 14,4 m
(E) 48,0 m

0 cm 10 cm
80 cm 30 cm

RESOLUÇÃO
Podemos embrenhar pela Física do Movimento Circular, porém vou resolver pela geometria mais básica, o
comprimento de uma circunferência, cuja fórmula foi dada! Ao dar uma volta tocada pelos pedais, o
comprimento de corrente movido pela engrenagem será C = 2..R = 2.3.15cm=90 cm. Usei o Raio = 15
cm, mas poderia usar o diâmetro, dado na figura igual a 30 cm, também...
Já o comprimento da engrenagem traseira é: C = 2..R = 2.3. 5cm=30cm. Como a corrente se move 90
cm e a cada volta a engrenagem traseira corresponde a um comprimento de apenas 30 cm, a roda traseira
dá 90  3 = 3 voltas!
Finalmente, a roda está ligada e gira junto com a engrenagem traseira. Seu comprimento é: C =
2..R = 2.3. 40cm=240cm, vezes 3 voltas = 720cm = 7,2m