Você está na página 1de 23

Projeto de bases de

pilares

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


NBR8800 não trata sobre o assunto

Mas faz referência a um famoso manual da AISC

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


✓ Bases para cargas axiais concêntricas

✓ Bases para compressão e momentos fletores

✓ Bases para tração

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases articuladas

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais de
compressão concêntrica em Perfis I e H

N,Sd

Quando há somente cargas axiais, a chapa


deve ter área suficiente para proteger o
concreto, e ter espessura suficiente para não
deformar permanentemente
Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas
Projeto de bases para cargas axiais de
compressão concêntrica em Perfis I e H
𝑁𝑆𝑑
𝜎𝑐 =
𝑋 .𝑌

𝑑 . 𝑏𝑓
n’ 𝑛′ =
4

𝑌 − 0,95𝑑
𝑚=
2

𝑋 − 0,8𝑏𝑓
𝑛=
2

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais de
compressão concêntrica em Perfis I e H

𝑓𝑐𝑘 𝐴2 𝐴2
𝜎𝑐,𝑅𝑑 = . → 0,51. 𝑓𝑐𝑘 .
1,4 . 1,4 𝐴1 𝐴1

𝜎𝑐,𝑅𝑑 ≤ 𝑓𝑐𝑘

𝜎𝑐
𝑡 = 1,49 . 𝑙 .
𝐹𝑦

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais de
compressão concêntrica em Perfis I e H

Exemplo 5: Dimensionar a espessura da chapa A36 de


base, apoiada sobre um bloco de 500mm x 500mm
de concreto fck=25Mpa, para um pilar W150X22,5(H)
e sujeita a uma carga de compressão axial de 125kN

𝑑 . 𝑏𝑓 15,2 . 15,2
𝑛′ = → 𝑛′ = = 7,6𝑐𝑚
4 4

𝑌 − 0,95𝑑 25 − 0,95 . 15,2


𝑚= 𝑚= = 5,28𝑐𝑚
2 2

𝑋 − 0,8𝑏𝑓 20 − 0,8 . 15,2


𝑛= 𝑛= = 3,92𝑐𝑚
2 2

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais de
compressão concêntrica em Perfis I e H

𝑁𝑆𝑑 125
𝜎𝑐 = 𝜎𝑐 = = 0,25𝑘𝑁/𝑐𝑚²
𝑋 .𝑌 20 . 25

𝐴2
𝜎𝑐,𝑅𝑑 = 0,51. 𝑓𝑐𝑘 .
𝐴1

50 . 50 𝑘𝑁
𝜎𝑐,𝑅𝑑 = 0,51.2,5. = 2,85 , 𝑃𝑜𝑟é𝑚 𝜎𝑐 ≤ 𝑓𝑐𝑘 = 2,5𝑘𝑁/𝑐𝑚²
20 . 25 𝑐𝑚2

𝜎𝑐 0,25
𝑡 = 1,49 . 𝑙 . 𝑡 = 1,49 . 7,6 . = 1,13 𝑐𝑚 ≈ 1/2′′(12,7𝑚𝑚)
𝐹𝑦 25

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais de
compressão concêntrica em perfis tubulares

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais tubulares
Exemplo 6: Dimensionar a placa de base e os
chumbadores, para concreto fck 20MPa.
Cortante na ligação: 55 kN
Compressão: 140 kN
Chapa A36, Chumbador A36
Largura da Base: 300mm x 300mm
Temos 2 chumbadores, portanto:

55
𝑉𝑠𝑑 = = 27,5 𝑘𝑁
2
𝑉𝑆𝑑 Profundidade: 12d = 12. 1,9 = 22,8cm
𝑑𝑐ℎ𝑢 = 2,07
𝐹𝑢

27,5 3′′
𝑑𝑐ℎ𝑢 = 2,07 = 1,71𝑐𝑚 ≈ 19𝑚𝑚 ( )
40 4

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Projeto de bases para cargas axiais tubulares
𝑁𝑆𝑑 140
𝜎𝑐 = 𝜎𝑐 = = 0,25𝑘𝑁/𝑐𝑚²
𝑋 .𝑌 22 . 25

𝑓𝑐𝑘 𝐴2 𝐴2 30 . 30
𝜎𝑐,𝑅𝑑 = . → 0,51. 𝑓𝑐𝑘 . 𝜎𝑐,𝑅𝑑 = 0,51 . 2,0. = 1,3𝑘𝑁/𝑐𝑚2 𝑂𝐾!
1,4 . 1,4 𝐴1 𝐴1 22.25

25 − 0,95 . 15 22 − 0,95 . 12
𝑚= → 5,37𝑐𝑚 𝑛= → 5,30𝑐𝑚
2 2

𝜎𝑐 0,25
𝑡 = 1,49 . 𝑙 . 𝑡 = 1,49 . 5,37 . = 8,00𝑚𝑚
𝐹𝑦 25

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão

𝑁𝑆𝑑 𝑀𝑆𝑑 𝑁𝑆𝑑 6 . 𝑀𝑆𝑑


𝜎𝑐 = + → +
𝐴.𝐵 𝑊 𝐴 .𝐵 𝐵. 𝐴2

𝑁𝑆𝑑 𝑀𝑆𝑑 𝑁𝑆𝑑 6 . 𝑀𝑆𝑑


𝜎𝑡 = − → −
𝐴 .𝐵 𝑊 𝐴 .𝐵 𝐵. 𝐴2

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão
𝜎𝑐 . 𝐴 𝐴 𝑐 𝑐
𝑐= 𝑎= − 𝑌 =𝐴−𝑑−
𝜎𝑐 + 𝜎𝑡 2 3 3

Esforço na linha de chumbadores tracionados:


𝑀𝑆𝑑 − 𝑁𝑆𝑑 . 𝑎
𝑇=
𝑌
Máximo valor admissível de 𝜎𝑐 :
𝑓𝑐𝑘 𝐴2 𝐴2
𝜎𝑐,𝑅𝑑 = . → 0,51. 𝑓𝑐𝑘 .
1,4 . 1,4 𝐴1 𝐴1

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão
Método matematicamente preciso:
𝑐 𝑓 𝜎𝑐
= 𝑓𝑏 = 𝑓.
𝜎𝑐 𝑓𝑏 𝑐

𝑓𝑎 . 𝑓 2 𝑓𝑏 . 𝑓²
𝑀𝑐ℎ = +
2 3

Método Aproximado:
𝜎𝑐 . 𝑓²
𝑀𝑐ℎ =
2
Espessura da Chapa:

6 . 𝑀𝑐ℎ 𝑀𝑐ℎ
𝑡= → 𝑡 = 2,10.
1,35 . 𝐹𝑦 𝐹𝑦

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão
Exemplo 7: Dimensionar a chapa A36 de base abaixo... Adotar A2~A1 Concreto fck 30MPa
Chumbadores SAE1020
Cargas:

𝑁𝑆𝑑 ,𝐶𝑝 = 250𝑘𝑁 𝑁𝑆𝑑 ,𝐶𝐴 = 350𝑘𝑁

𝑀𝑆𝑑 ,𝐶𝑝 = 5000𝑘𝑁. 𝑐𝑚 𝑀𝑆𝑑 ,𝐶𝐴 = 10.000𝑘𝑁. 𝑐𝑚

𝐻𝑆𝑑 ,𝐶𝑝 = 20𝑘𝑁 𝐻𝑆𝑑 ,𝐶𝐴 = 40𝑘𝑁

Cargas Fatoradas:

𝑁𝑆𝑑 = 1,4 . 250 + 1,5 . 350 = 875 𝑘𝑁

𝑀𝑆𝑑 = 1,4 . 5000 + 1,5 . 10000 = 22000𝑘𝑁. 𝑐𝑚

𝐻𝑆𝑑 = 1,4 . 20 + 1,5 . 40 = 88 𝑘𝑁

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão

𝑁𝑆𝑑 𝑀𝑆𝑑 𝑁𝑆𝑑 6 . 𝑀𝑆𝑑 875 6 . 22000


𝜎𝑐 = + → + 𝜎𝑐 = + = 1,30 𝑘𝑁/𝑐𝑚²
𝐴 .𝐵 𝑊 𝐴 .𝐵 𝐵. 𝐴2 65 . 34,3 34,3. 652
𝑁𝑆𝑑 𝑀𝑆𝑑 𝑁𝑆𝑑 6 . 𝑀𝑆𝑑 875 6 . 22000
𝜎𝑡 = − → − 𝜎𝑡 = − = 0,51 𝑘𝑁/𝑐𝑚²
𝐴 .𝐵 𝑊 𝐴 .𝐵 𝐵. 𝐴2 65 . 34,3 34,3. 652

Máximo valor admissível de 𝜎𝑐 :


𝑓𝑐𝑘 𝐴2 𝐴2
𝜎𝑐,𝑅𝑑 = . → 0,51. 𝑓𝑐𝑘 . 𝜎𝑐,𝑅𝑑 = 0,51.3,0. 1 = 1,53 𝑘𝑁/𝑐𝑚2 𝑂𝐾!
1,4 . 1,4 𝐴1 𝐴1

Tração nos chumbadores: 𝑐 46,68


𝑌 =𝐴−𝑑− = 65 − 6,7 − = 42,74𝑐𝑚
3 3
𝜎𝑐 . 𝐴 1,30 . 65
𝑐= = = 46,68𝑐𝑚 𝑀𝑆𝑑 − 𝑁𝑆𝑑 . 𝑎 22000 − 875.16,94
𝜎𝑐 + 𝜎𝑡 1,30 + 0,51 𝑇=
𝑌
=
42,74
= 167,93 𝑘𝑁

𝐴 𝑐 65 46,68 167,93
𝑎= − = − = 16,94𝑐𝑚 𝑇= = 83,96 𝑘𝑁 𝑝𝑜𝑟 𝑐ℎ𝑢𝑚𝑏𝑎𝑑𝑜𝑟 𝑡𝑟𝑎𝑐𝑖𝑜𝑛𝑎𝑑𝑜
2
2 3 2 3
Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas
Bases engastadas a Momento Fletor e compressão
Espessura da placa de base:
Método matematicamente preciso:
𝑐 𝑓 𝜎𝑐 1,3
= 𝑓𝑏 = 𝑓. 𝑓𝑏 = 11,7. = 0,33 𝑘𝑁/𝑐𝑚²
𝜎𝑐 𝑓𝑏 𝑐 46,68
𝑓𝑎 = 𝜎𝑐 − 𝑓𝑏 = 1,3 − 0,33 = 0,97 𝑘𝑁/𝑐𝑚²

𝑓𝑎 . 𝑓 2 𝑓𝑏 . 𝑓² 0,97. 11,72 0,33.11,7²


𝑀𝑐ℎ = + 𝑀𝑐ℎ = + = 81,44 𝑘𝑁. 𝑐𝑚
2 3 2 3

6 . 𝑀𝑐ℎ 𝑀𝑐ℎ 81,44


𝑡= → 𝑡 = 2,10. 𝑡 = 2,10. = 3,79𝑐𝑚 ≈ 38𝑚𝑚
1,35 . 𝐹𝑦 𝐹𝑦 25

Método aproximado:

𝜎𝑐 . 𝑓² 1,3.11,7² 88,97
𝑀𝑐ℎ = = = 88,97 𝑘𝑁. 𝑐𝑚 𝑡 = 2,10. = 3,96𝑐𝑚 ≈ 40𝑚𝑚
2 2 25

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão

São 4 chumbadores sujeitos ao 88


cisalhamento, portanto: 𝑉𝑠𝑑 = = 22 𝑘𝑁
4

2
11,39. 𝑉𝑠𝑑 2
+ 3,24. 𝑁𝑠𝑑 11,39.222 + 3,24.83,962
𝑑𝑐ℎ𝑢 = 1,27. → 𝑑𝑐ℎ𝑢 = 1,27.
38,72
→= 2,35𝑐𝑚
𝐹𝑢2

Adotado 1’’: 25,4mm 𝐿𝑐 = 12. 𝑑 = 12 . 25,4 = 304,8𝑚𝑚 ≈ 305𝑚𝑚

𝑋
𝜋 . 𝐿2𝑐 . cos −1 𝑋 2 𝑋2
2𝐿𝑐
𝐴𝑐𝑜𝑛𝑒 = 𝜋. 𝐿2𝑐 − + 𝐿𝑐 −
180 2 4
14,3
𝜋 . 30,52 . cos−1 14,3 14,32
2 . 30,5
𝐴𝑐𝑜𝑛𝑒 = 𝜋. 30,52 − + 30,52 − = 1894𝑐𝑚²
180 2 4

𝑁𝑡𝑆𝑑 83,96
𝐴𝑐𝑜𝑛𝑒𝑁𝑒𝑐 = 𝐴𝑐𝑜𝑛𝑒𝑁𝑒𝑐 = = 508,84𝑐𝑚2 < 1894𝑐𝑚2 𝑂𝐾!
0,055. 𝑓𝑐𝑘 0,055.3

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases engastadas a Momento Fletor e compressão

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Bases com enrijecedores Fabricação

Chumbadores comuns, Mecânicos,


Químicos, Etc
Barras de cisalhamento

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas


Matricule-se em

www.calculistadeaco.com.br

Curso de Projeto e Cálculo de Estruturas metálicas