Você está na página 1de 39

Como montar

uma academia de
ginástica

EMPREENDEDORISMO

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br


Expediente

Presidente do Conselho Deliberativo

Robson Braga de Andrade – Presidente do CDN

Diretor-Presidente

Guilherme Afif Domingos

Diretora Técnica

Heloísa Regina Guimarães de Menezes

Diretor de Administração e Finanças

Vinícius Lages

Unidade de Capacitação Empresarial e Cultura Empreendedora

Mirela Malvestiti

Coordenação

Luciana Rodrigues Macedo

Autor

Luiz Carlos Ciocchi

Projeto Gráfico

Staff Art Marketing e Comunicação Ltda.


www.staffart.com.br
TOKEN_HIDDEN_PAGE

Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /


Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Sumário

1. Apresentação ........................................................................................................................................ 1

2. Mercado ................................................................................................................................................ 3

3. Localização ........................................................................................................................................... 4

4. Exigências Legais e Específicas ........................................................................................................... 6

5. Estrutura ............................................................................................................................................... 7

6. Pessoal ................................................................................................................................................. 7

7. Equipamentos ....................................................................................................................................... 8

8. Matéria Prima/Mercadoria ..................................................................................................................... 10

9. Organização do Processo Produtivo .................................................................................................... 12

10. Automação .......................................................................................................................................... 13

11. Canais de Distribuição ........................................................................................................................ 13

12. Investimento ........................................................................................................................................ 14

13. Capital de Giro .................................................................................................................................... 15

14. Custos ................................................................................................................................................. 16

15. Diversificação/Agregação de Valor ..................................................................................................... 17

16. Divulgação .......................................................................................................................................... 19

17. Informações Fiscais e Tributárias ....................................................................................................... 20

18. Eventos ............................................................................................................................................... 21

19. Entidades em Geral ............................................................................................................................ 23

20. Normas Técnicas ................................................................................................................................ 24

21. Glossário ............................................................................................................................................. 27

22. Dicas de Negócio ................................................................................................................................ 28

23. Características .................................................................................................................................... 30

24. Bibliografia .......................................................................................................................................... 30

25. Fonte ................................................................................................................................................... 32

26. Planejamento Financeiro .................................................................................................................... 32


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Sumário

27. Soluções Sebrae ................................................................................................................................. 33

28. Sites Úteis ........................................................................................................................................... 34

29. URL ..................................................................................................................................................... 35


Apresentação / Apresentação
1. Apresentação
O Brasil é o maior mercado de academias de ginástica da América Latina e o segundo
país do mundo em número de academias, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Aviso: Antes de conhecer este negócio, vale ressaltar que os tópicos a seguir não
fazem parte de um Plano de Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o
empreendedor irá vislumbrar uma oportunidade de negócio como a descrita a seguir. O
objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e dar uma visão geral de como um
negócio se posiciona no mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de
negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado? Como levantar as
informações necessárias para se tomar a iniciativa de empreender?

As academias de ginástica definitivamente já fazem parte da paisagem urbana e da


rotina diária de milhares de pessoas.

Distante de sua concepção original, o cidadão hoje busca nas academias de ginástica
muito mais do que força física ou capacidades atléticas. O indivíduo tem por objetivo
cuidar da saúde, melhorar a qualidade de vida, investir na beleza, além de vislumbrar
um convívio com pessoas que pensam e agem da mesma forma.

As academias, ou centros de "fitness", passaram a ter uma estrutura que alia


tecnologia dos equipamentos, profissionais capacitados e habilitados, espaços
confortáveis, ambiente alegre e descontraído, além de serviços que facilitam a vida
agitada e corrida das pessoas, principalmente nos grandes centros urbanos.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 1


Apresentação / Apresentação
O público alvo é também amplo e diversificado. São executivos e empresários,
trabalhadores e estudantes, jovens e terceira idade, homens e mulheres de diferentes
classes sociais, que investem seu tempo e dinheiro em atividades físicas, lazer e
qualidade de vida.

Isso transformou o “negócio” academia de ginástica num excelente empreendimento,


com possibilidades de crescimento e sofisticação, oferecendo grandes oportunidades
de investimento nos seus vários segmentos e nichos de mercado.

A profissionalização do setor é uma realidade, e a sofisticação das academias e dos


serviços prestados é uma tendência. Nesse cenário, especialistas acreditam que as
academias deverão oferecer cada vez mais equipamentos modernos, várias
modalidades de atividades esportivas e tecnologia atualizada, profissionais
qualificados e habilitados e com público alvo bem definido, tais como feminino, terceira
idade, ioga, pilates, entre outros.

Embora já comecem a despontar no mercado brasileiro as primeiras grandes redes de


academias, principalmente no eixo Rio - São Paulo, trata-se de um mercado bastante
pulverizado, que oferece oportunidades para empreendedores individuais ou micro e
pequenas empresas em todas as regiões do país.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 2


Apresentação / Apresentação / Mercado
Este documento não substitui o Plano de Negócio. Para elaboração do plano consulte
o SEBRAE mais próximo.

2. Mercado
O mercado para as academias de ginástica é grande e apresenta crescimento
constante.

Estima-se que existam no país cerca de 24.000 academias de ginástica, sendo o Brasil
o maior mercado de academias de ginástica da América Latina e o segundo país do
mundo em número de academias, perdendo apenas para os Estados Unidos.

As academias de ginástica geram hoje um faturamento próximo aos R$ 3 bilhões ao


ano, segundo a ACAD - Associação Brasileira de Academias, e cresce a um ritmo de
10% ao ano, segundo especialistas do setor.

Esse crescimento deve ser confirmado nos próximos anos, pois apenas 3% da
população brasileira está matriculada ou frequenta academias, e somente 13% da
população pratica alguma atividade física.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 3


Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização
O crescimento econômico do Brasil nos últimos anos, com reflexos na expansão do
poder aquisitivo das classes C, D e E, trouxe para o mercado um contingente enorme
de potenciais clientes para as academias. Além disso, com os grandes eventos
esportivos que estaremos sediando, Copa do Mundo FIFA 2014 e as Olimpíadas Rio
2016, é esperado um aumento ainda maior dos praticantes de esportes e atividades
físicas em geral, trazendo um número adicional de novos clientes.

As oportunidades estão em todas as regiões do pais e em todas as cidades, não


importa seu tamanho ou a população da mesma. Apesar do crescimento das redes de
academias nas grandes cidades, há ainda muitas oportunidades para os pequenos
empreendimentos, pois a capilaridade, ou seja, a necessidade que esses
estabelecimentos estejam próximos aos clientes, nos bairros e nas pequenas cidades,
é uma característica importante desse setor, onde 90% dos estabelecimentos são
pequenos negócios.

3. Localização
A escolha do local de instalação da academia é, seguramente, um dos aspectos mais
importantes para o sucesso de um empreendimento deste tipo.

Para a definição do local o empreendedor deverá considerar alguns fatores relevantes,


dentre os quais: concentração e poder aquisitivo dos potenciais frequentadores, e
concorrência de clubes e outras academias que exploram o mesmo segmento de
público.

Conhecer bem o local, seja a cidade, bairro ou microrregião onde se pretende abrir a
academia, incluindo o perfil econômico dos potenciais clientes, seus hábitos, cultura,
locais de concentração ou movimentação de pessoas, assim como as opções de lazer
e esporte já existentes, podem ajudar a definir o tipo de serviço ou atividade física que

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 4


Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização
se vai oferecer.

Antes de se definir por um imóvel para abertura e montagem de uma Academia de


Ginástica, deve-se observar os seguintes detalhes:

- Certifique-se de que o imóvel em questão atende as suas necessidades operacionais


quanto à localização, capacidade de instalação, características da vizinhança, e se é
atendido por serviços de água, luz, esgoto, telefone, etc.;

- Avalie as comodidades que possam tornar mais atrativa e conveniente à presença


dos frequentadores, tais como facilidade de acesso e estacionamento para clientes;

- Cuidado com imóveis situados em locais sujeitos a inundações ou próximos às zonas


de risco. Consulte a vizinhança a respeito.

- Atente para os aspectos de acesso e acessibilidade dos clientes;

- Avalie as condições de conservação e segurança do imóvel, bem como os aspectos


legais e de zoneamento urbano junto à prefeitura.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 5


Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas
4. Exigências Legais e Específicas
É necessário contratar um contador profissional para legalizar a empresa nos
seguintes órgãos:

- Junta Comercial;
- Secretaria da Receita Federal (CNPJ);
- Secretaria Estadual de Fazenda;
- Prefeitura Municipal, para obter o alvará de funcionamento;
- Enquadramento na Entidade Sindical Patronal em que a empresa se enquadra (é
obrigatório o recolhimento da Contribuição Sindical Patronal por ocasião da
constituição da empresa e até o dia 31 de janeiro de cada ano);
- Caixa Econômica Federal, para cadastramento no sistema “Conectividade Social –
INSS/FGTS”;
- Corpo de Bombeiros Militar.

Além do cumprimento das exigências anteriores, é necessário pesquisar na Prefeitura


Municipal a legislação aplicada ao negócio de Academia de Ginástica.

O empreendedor que pretenda abrir uma Academia de Ginástica, não precisa ter
formação superior. Todavia, o exercício das atividades de educação física é
prerrogativa dos profissionais regularmente registrados nos Conselhos Regionais de
Educação Física. Nesse sentido, a Lei Federal nº. 9.696/98, que dispõe sobre a
regulamentação da Profissão de Educação Física estabelece que as academias de
ginástica deverão manter um responsável técnico e profissionais de educação física
em suas dependências.

É obrigatório o registro do estabelecimento junto ao Conselho Federal de Educação


Física (CONFEF) , que através da Resolução CONFEF n.º 21, de 21 de janeiro de
2000, dispõe que as pessoas jurídicas, cuja finalidade básica seja a prestação de
serviços de atividade física, desportiva e similar, estão obrigadas a se registrarem no
respectivo Conselho Regional de Educação Física.

Atentar também para a Resolução CONFEF n.º 52, de 08 de dezembro de 2002,


dispõe sobre as normas básicas de fiscalização da estrutura física e equipamentos
para o funcionamento de pessoa jurídica prestadora de serviços na área da atividade
física, desportiva e similares. Veja também as Resoluções CONFEF nº. 056/2003 e nº.
254/2013- Dispõe sobre o Código de Ética dos Profissionais de Educação Física
registrados no Sistema CONFEF/CREFs.

A integra das Resoluções do CONFEF podem ser encontradas no site da entidade


(www.confef.org.br).

Sempre é bom lembrar que todo estabelecimento comercial deve atender ao Código
de Defesa do Consumidor (CDC), criado através da Lei n.º 8.078 de 1990.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 6


Pessoal
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
O Sebrae local poderá ser consultado para orientação.

5. Estrutura
A estrutura de uma academia de ginástica deve compreender um imóvel com área não
inferior a 250 m2, e sugere-se que seja composta basicamente pelas seguintes áreas:
- Recepção;
- Sala de Administração;
- Sala de Avaliação física / Depto. Médico;
- Espaço polivalente para aquecimentos, condicionamento, alongamento, etc.;
- Salas para aulas de ginástica;
- Ambiente para musculação com aparelhos;
- Lanchonete;
- Loja para venda de produtos do ramo;
- Vestiário masculino e feminino com duchas;
- Armários.

Além desses espaços considerados básicos, a diferenciação da academia vem com


outros serviços e conveniências que podem ser oferecidos, tais como:

- Salão de beleza e estética;


- Sala de descanso e de visitas;
- Salão para recreação de crianças;
- Espaço wifi.

Importante ressaltar que o conjunto de serviços a ser oferecido, e consequentemente o


espaço e estrutura requeridos, dependem do público alvo e da proposta de valor da
academia, implicando diretamente no investimento a ser realizado.

6. Pessoal
A quantidade de profissionais está relacionada ao porte do empreendimento.

Dependendo da quantidade de alunos atendidos, bem como, dos horários, das

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 7


Pessoal / Equipamentos
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
modalidades de maior fluxo e dos serviços oferecidos, será necessário um número
adequado de pessoas para atender esta demanda. Para uma academia de ginástica
de pequeno porte pode-se começar com seis empregados, sendo um gerente, um
atendente, um professor de ginástica, um professor de dança, um professor de
musculação e um auxiliar de serviços gerais.

Por exigência legal, os professores de ginástica devem ter formação de nível superior
em educação física.

Tão ou mais importante que a quantidade, é a qualificação dos profissionais a serem


contratados. Para isso, o empresário deverá considerar questões essenciais no
atendimento aos clientes, tais como: agilidade e presteza no atendimento, capacidade
de identificar as necessidades dos clientes, cortesia, demonstrar interesse, ter
habilidade para tratar a diversidade, conhecer o ramo de atividade.

Os colaboradores que atenderão o público devem ter as seguintes competências, que


devem ser focadas durante o processo de seleção e contratação:

- atendente: além de conhecer muito bem os serviços e a empresa, o atendente deve


também conhecer as necessidades e os hábitos dos clientes, ter uma postura
consultiva oferecendo soluções que atendam essas necessidades, ter facilidade de
comunicação, empatia e bom humor.
- professores: além de terem conhecimento sobre a fisiologia humana e atividades
físicas devem também conhecer as novas tecnologias aplicadas ao ensino dos
exercícios físicos e ser capaz de estabelecer diferentes níveis de objetivos na
programação das atividades. Cada um deve conhecer bem as suas atividades
específicas e gostar de trabalhar com pessoas.

O empreendedor deverá participar de seminários, congressos e cursos direcionados


ao seu ramo de negócio, para manter-se atualizado e sintonizado com as tendências
do setor, pois esse é um negócio especial que interfere diretamente na vida das
pessoas, o que requer conhecimentos, habilidade e atitudes capazes de agregar valor
real ao ser humano.

Deve-se estar atento para a Convenção Coletiva do Sindicato da categoria, utilizando-


a como balizadora dos salários e orientadora das relações trabalhistas, evitando,
assim, conseqüências desagradáveis.

O Sebrae da localidade poderá ser consultado para aprofundar as orientações sobre o


perfil do pessoal e o treinamento adequado.

7. Equipamentos
Podemos dividir os equipamentos em Administrativos e Esportivos. Os equipamentos
administrativos são aqueles de uso geral, utilizados para a gestão do empreendimento

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 8


Pessoal / Equipamentos
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
e conveniência dos clientes. Destacamos entre eles os principais e mandatórios:
Microcomputadores, equipamentos de rede e WIFI, Impressoras, telefones, mesas,
cadeiras, armários, equipamentos de som, TV, etc.

Os equipamentos esportivos da academia também estão sujeitos às variações de


qualidade e sofisticação dos mesmos. Devemos lembrar que as tecnologias
associadas ao fitness e saúde vem evoluindo constantemente, e podem ser um fator
diferenciador do empreendimento.

Um cuidado especial deve ser dado à questão da "robustez", pois esses equipamentos
estarão sujeitos ao uso contínuo e prolongado, requerendo que os mesmos sejam
desenvolvidos e construídos para a finalidade de uso profissional, muito diferente dos
equipamentos para uso doméstico ou condominial.

Os preços dos equipamentos variam muito, seja pela qualidade, quantidade e estilo
dos mesmos, ou até mesmo pela localização do empreendimento, e os valores aqui
apresentados devem ser considerados apenas como uma referência.

Os equipamentos básicos de uma academia são:

Área administrativa:

- microcomputador completo 1 – R$ 1.700,00;


- impressora 1 – R$ 300,00;
- telefone 2 – R$ 100,00;
- mesas 2 – R$ 500,00;
- cadeiras 2 – R$ 200,00;
- armário para o escritório 1 – R$ 400,00;
Total Área Administrativa: R$ 3.200,00.

Equipamentos de Ginástica:
- Cross trainers 1 – R$ 4.000,00;
- Esteiras 10 – R$ 40.000,00;
- Bicicleta ergométrica 10 – R$; 20.000,00;
- Banco supino 1 – R$ 3.000,00;
- Pull Over 1 - R$ 3.000,00;
- Peitoral Dorsal 1 – R$ 3.000,00;

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 9


Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
- Pec-Deck 1 – R$ 5.000,00;
- Máquina flexora 1 – R$ 5.000,00;
- Adutor/abdutor 1 – R$ 5.800,00;
- Abdominal com carga 1 – R$ 5.000,00;
- Remada com carga 1 – R$ 4.500,00;
- Leg press 1 – R$ 2.500,00;
- Cadeira Romana 1 – R$ 300,00;
- Halteres 5 – R$ 700,00;
- Barras 12 – R$ 1.500,00;
- Kit anilhas 5 – R$ 3.000,00;
- Porta barras 2 – R$ 300,00;
- Step 10 – R$ 1.000,00;
- Colchonetes 10 – R$ 1.000,00;
- Cordas 10 – R$ 400,00;
- Bebedouros 4 – R$ 800,00;
- Aparelhagem de som 1 – R$ 2.000,00;
- Balcão de atendimento 1 – R$ 1.000,00;
Total Equipamentos de Ginástica: R$ 112.800,00

Os equipamentos mais caros, e também os mais utilizados, são os de exercícios


aerobios como as esteiras, escadas, elípticos e bicicletas ergométricas. Devem ser
equipamentos robustos, profissionais e em quantidade suficiente para atender a
demanda esperada. Seus valores variam muito de acordo com a qualidade e
sofisticação, em torno de R$ 4.000,00 (Quato Mil Reais) as esteiras e R$ 2.000,00
(Dois Mil Reais) as bicicletas.

Estimamos que o valor total do investimento necessário em equipamentos seja da


ordem de R$ 100.000,00 (Cem mil Reais), ressaltando mais uma vez a significativa
variação em preços e qualidade dos mesmos. Consulte vários fornecedores e busque
promoções especiais.

8. Matéria Prima/Mercadoria
A gestão de estoques no varejo é a procura do constante equilíbrio entre a oferta e a
demanda.

Este equilíbrio deve ser sistematicamente aferido através de, entre outros, os

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 10


Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
seguintes três importantes indicadores de desempenho:
- Giro dos estoques: o giro dos estoques é um indicador do número de vezes em que o
capital investido em estoques é recuperado através das vendas. Usualmente é medido
em base anual e tem a característica de representar o que aconteceu no passado.
Obs.: Quanto maior for a freqüência de entregas dos fornecedores, logicamente em
menores lotes, maior será o índice de giro dos estoques, também chamado de índice
de rotação de estoques.

- Cobertura dos estoques: o índice de cobertura dos estoques é a indicação do período


de tempo que o estoque, em determinado momento, consegue cobrir as vendas
futuras, sem que haja suprimento.

- Nível de serviço ao cliente: o indicador de nível de serviço ao cliente para o ambiente


do varejo de pronta entrega, isto é, aquele segmento de negócio em que o cliente quer
receber a mercadoria, ou serviço, imediatamente após a escolha; demonstra o número
de oportunidades de venda que podem ter sido perdidas, pelo fato de não existir a
mercadoria em estoque ou não se poder executar o serviço com prontidão.

Portanto, o estoque dos produtos deve ser mínimo, visando gerar o menor impacto na
alocação de capital de giro. O estoque mínimo deve ser calculado levando-se em conta
o número de dias entre o pedido de compra e a entrega dos produtos na sede da
empresa.

Como se trata de uma prestação de serviços, as mercadorias ou matérias- primas


envolvidas na atividade não são muito relevantes em termos de volume e custo, mas
são muito importantes nos aspectos de higiene e conforto para os clientes.

Atenção a materiais de banheiro, toalete, higienização pelo uso dos equipamentos,


limpeza geral das instalações, entre outros, requer acompanhamento constante e
seleção adequada de fornecedores, ambiente e local adequado para seu
armazenamento, além controle de uso e reposição.

Se a academia possui uma lanchonete, mesmo que terceirizada, a disponibilidade,


armazenamento e manipulação dos alimentos, requerem atenção redobrada, pois
podem comprometer a saúde dos clientes, além de estarem sujeitas à fiscalização da

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 11


Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
ANVISA e das Secretarias Municipais de Vigilância Sanitária.

Para a definição do mix dos produtos/serviços a serem oferecidos, o empresário


deverá visitar concorrentes, ouvir permanentemente seus clientes e ir fazendo
adaptações ao longo do tempo.

9. Organização do Processo Produtivo


Como em todo negócio, o primeiro passo é conquistar o cliente: mostrar a academia,
seus equipamentos, facilidades, serviços, e a atenção que o aluno terá dos seus
profissionais habilitados. A apresentação dos preços, modalidades e formas de
associação e pagamento, também fazem parte dessa etapa inicial.

Conquistado o cliente, o próximo passo é a matrícula e avaliação física. O exame


médico pode ser obrigatório ou não, dependendo da legislação específica do Estado
ou Município, mas entendemos que sua realização seja uma boa prática e deve ser
mantida.

O serviço oferecido vai muito além da disponibilidade de equipamentos e professores.


A orientação profissional, de acordo com as necessidades e objetivos do cliente, passa
por um acompanhamento inicial para o perfeito usos dos equipamentos, seqüências de
exercícios mais apropriadas, posturas, graus de dificuldade e esforço aplicáveis a cada
aluno.

Também é importante a apresentação aos novos alunos as instalações e facilidades


existentes, como os vestiários, lanchonete, loja, etc., quando for o caso.

O acompanhamento dos progressos obtidos, de forma periódica e profissional, bem


como novas orientações e correções de rumo, completam o ciclo de procedimentos
voltados ao bem estar e satisfação do cliente.

Outros processos administrativos e gerenciais, bem como as áreas de apoio e


administrativa, têm papel importante no bom andamento da academia, abrangendo as
áreas de faturamento, marketing, informática, compras, financeira e administração de
pessoal, além da manutenção dos equipamentos e a limpeza do local.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 12


Canais de Distribuição
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
10. Automação
A automação das academias de ginástica é utilizada também como um elemento de
diferenciação e agregação de valor, dependendo da segmentação e público alvo. É
empregada com maior ou menor intensidade na atração de clientes, mas
principalmente como elemento de gestão e controle da freqüência e uso dos
equipamentos.

Em academias mais sofisticadas a automação vai desde o ingresso dos


freqüentadores através de equipamentos biométricos (ex: leitores de digitais),
passando pela escolha dos aparelhos altamente digitalizados e integrados a
televisores, monitores, etc., até a integração destes aparelhos com softwares de
acompanhamento físico individual de cada freqüentador.

Na parte administrativa a automação se dá através do emprego de softwares (pacotes)


especiais para gestão de academias com módulo de cadastro, matrícula, cobrança,
dentre outros.

A escolha dos equipamentos e software adequados ao porte e proposta da academia é


um passo importante, e seu custo pode variar bastante, seja pela qualidade,
sofisticação ou mesmo pela localização do estabelecimento.

11. Canais de Distribuição

O canal de distribuição dos serviços é o próprio estabelecimento. Entretanto, podemos


pensar em formas não convencionais, mas já bastante popularizadas, como os
"personal trainers" levando aos domicílios e condomínios os serviços da academia.
Nesse sentido, utilizar os espaços de fitness dos condomínios como meio de aproximar
sua academia aos clientes, é uma ideia interessante.

Assim, a qualificação dos profissionais e a qualidade do serviço prestado na academia


estará sendo disponibilizado também fora do seu estabelecimento. Idem para
empresas e condomínios empresariais, oferecendo uma conveniência bastante
interessante nas grandes cidades.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 13


Canais de Distribuição / Investimento
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
12. Investimento
O investimento compreende todo o capital empregado para iniciar e viabilizar o
negócio até o momento de sua auto-sustentação. Pode ser caracterizado como:

- investimento fixo – compreende o capital empregado na compra de imóveis,


equipamentos, móveis, utensílios, instalações, reformas etc.;

- investimentos pré- operacionais – são todos os gastos ou despesas realizadas com


projetos, pesquisas de mercado, registro da empresa, projeto de decoração,
honorários profissionais e outros;

- capital de giro – é o capital necessário para suportar todos os gastos e despesas


iniciais, geradas pela atividade produtiva da empresa. Destina-se a viabilizar as
compras iniciais, pagamento de salários nos primeiros meses de funcionamento,
impostos, taxas, honorários de contador, despesas de manutenção e outros.

Para uma Academia de Ginástica o empreendedor deverá dispor de aproximadamente


R$ 165.00,00 (Cento e sessenta mil reais) para fazer frente aos seguintes itens de
investimento:

- Mobiliário para a área administrativa – R$ 10.000,00;

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 14


Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
- Moveis e equipamentos – R$ 100.000,00;

- Construção e reforma de instalações – R$ 20.000,00;

- Despesas de registro da empresa, honorários profissionais, taxas etc.- R$ 5.000,00;

- Capital de giro para suportar o negócio nos primeiros meses de atividade – R$


30.000,00.

É importante lembrar que esses valores são apenas uma referência, variando
significativamente com o porte, nível de sofisticação do empreendimento, localização e
público alvo. Consulte o Sebrae da sua região para maiores esclarecimentos.

13. Capital de Giro

Capital de giro é o montante de recursos financeiros que a empresa precisa manter


para garantir fluidez dos ciclos de caixa ou seja, o descasamento entre as suas
receitas e despesas. O capital de giro funciona com uma quantia imobilizada no caixa
(inclusive bancos) da empresa para suportar as oscilações provenientes desse
descasamento.
O capital de giro é regulado pelos prazos praticados pela empresa, são eles: prazos
médios recebidos de fornecedores (PMF); prazos médios de estocagem (PME) e
prazos médios concedidos a clientes (PMCC).
Quanto maior o prazo concedido aos clientes e quanto maior o prazo de estocagem,
maior será sua necessidade de capital de giro. Portanto, manter estoques mínimos
regulados e saber o limite de prazo a conceder ao cliente pode melhorar muito a

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 15


Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
necessidade de imobilização de dinheiro em caixa.
Se o prazo médio recebido dos fornecedores de matéria-prima, mão-de-obra, aluguel,
impostos e outros forem maiores que os prazos médios de estocagem somada ao
prazo médio concedido ao cliente para pagamento dos produtos, a necessidade de
capital de giro será positiva, ou seja, é necessária a manutenção de dinheiro disponível
para suportar as oscilações de caixa. Neste caso um aumento de vendas implica
também em um aumento de encaixe em capital de giro. Para tanto, o lucro apurado da
empresa deve ser ao menos parcialmente reservado para complementar esta
necessidade do caixa.
Se ocorrer o contrário, ou seja, os prazos recebidos dos fornecedores forem maiores
que os prazos médios de estocagem e os prazos concedidos aos clientes para
pagamento, a necessidade de capital de giro é negativa. Neste caso, deve-se atentar
para quanto do dinheiro disponível em caixa é necessário para honrar compromissos
de pagamentos futuros (fornecedores, impostos). Portanto, retiradas e imobilizações
excessivas poderão fazer com que a empresa venha a ter problemas com seus
pagamentos futuros.
Um fluxo de caixa, com previsão de saldos futuros de caixa deve ser implantado na
empresa para a gestão competente da necessidade de capital de giro. Só assim as
variações nas vendas e nos prazos praticados no mercado poderão ser geridas com
precisão.

No caso de uma academia de ginástica, por ser uma prestação de serviços, é


esperado que os gastos mensais sejam mais significativos nos materiais de consumo,
taxas de serviços, pagamento de funcionários e impostos . O empresário deve reservar
em torno de 20 a 30% do total do investimento inicial para o capital de giro.

Consulte o Sebrae, que disponibiliza informações e consultoria especializada na


gestão financeira, para maiores detalhes e aconselhamento.

14. Custos
São todos os gastos realizados na produção de um bem ou serviço e que serão
incorporados posteriormente ao preço dos produtos ou serviços prestados, como:
aluguel, água, luz, salários, honorários profissionais, despesas de vendas e insumos
consumidos no processo de estoque e comercialização.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 16


Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
O cuidado na administração e redução de todos os custos envolvidos na compra,
produção e venda de produtos ou serviços que compõem o negócio, indica que o
empreendedor poderá ter sucesso ou insucesso, na medida em que encarar como
ponto fundamental a redução de desperdícios, a compra pelo melhor preço e o
controle de todas as despesas internas. Quanto menores os custos, maior a chance de
ganhar no resultado final do negócio.

Abaixo apresentamos uma estimativa de custos fixos mensais típicos de uma


academia de ginástica:
1. água, luz, telefone, internet – R$ 1.000,00;
2. salários, comissões e encargos – R$ 10.000,00;
3. taxas, contribuições e despesas afins – R$ 500,00;
4. transporte – R$ 1.500,00;
5. refeições – R$ 2.000,00;
6. seguros – R$ 1.000,00;
7. assessoria contábil – R$ 1.000,00;
8. segurança – R$ 1.000,00;
9. limpeza, higiene e manutenção – R$ 1.000,00.

Esses valores variam muito com a região onde está localizado o estabelecimento e o
porte do mesmo, e devem ser utilizados apenas como referência.

15. Diversificação/Agregação de Valor


As academias de ginástica podem ser consideradas como um grande centro de saúde,
lazer, beleza e diversão, onde os clientes são atraídos por atividades específicas e de
acordo com seus objetivos individuais.

Deve ser oferecido um mix de serviços no qual é possível encontrar várias


modalidades em um só lugar, com o objetivo de oferecer ao cliente conforto,
comodidade, variedade, e principalmente, profissionalismo. As principais modalidades
que podem ser oferecidas a critério do empreendedor são:

- musculação;
- ginástica;
- artes marciais;

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 17


Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
- dança;
- aulas de natação e hidroginástica;
- spinning;
- body system, entre outras.

Uma forma bastante comum de agregar valor é ofertar pacotes onde o aluno pode
praticar várias modalidades, tais como judô, dança, boxe e outros, por um único valor
mensal.

Outra forma de aumentar as receitas é a comercialização de roupas de ginástica e


acessórios, além de lanches, sucos naturais, energéticos, suplementos alimentares,
etc. Deve-se atentar no entanto, para os riscos que esses "adicionais" também trazem,
tais como a necessidade de manutenção de estoques , armazenagem de produtos
perecíveis, entre outros.

Uma modalidade de ginástica em destaque é o Pilates, introduzida no Brasil já há


algum tempo e com grande aceitação, em especial pelo público feminino. Essa
modalidade requer alguns equipamentos especiais e instrutores especializados e/ou
fisioterapeutas.

Outra modalidade em ascensão é a de “atividades funcionais”, que procura exercitar os


movimentos corriqueiros do dia-a-dia, como subir e descer escadas, agachamento,
entre outros. Essa modalidade, associada às praticas de ginástica laboral, poderão ser
oferecidas em ambientes empresariais e de escritórios, levando a academia até o
cliente no horário comercial.

Além disso, estabelecer parcerias ou sublocar espaço para fisioterapeutas e médicos


de reabilitação de lesões ortopédicas é um nicho de negócio para fidelizar o cliente e
aumentar a receita da academia. Outras modalidades de parcerias que devem ser
avaliadas são aqueles com lojas de produtos naturais e suplementos alimentares,
artigos que são bastante procurados por frequentadores de academias. Os chamados
“sites de compras coletivas” também oferecem uma oportunidade para diversificar a
forma de aproximação aos clientes, através de pacotes limitados de descontos para
grupos de pessoas.

É importante pesquisar junto aos concorrentes para conhecer os serviços que estão
sendo adicionados e desenvolver opções específicas com o objetivo de proporcionar
ao cliente um produto diferenciado. Além disso, conversar com os clientes atuais para

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 18


Divulgação
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
identificar suas expectativas é muito importante para o desenvolvimento de novos
serviços ou produtos personalizados, o que amplia as possibilidades de fidelizar os
atuais clientes, além de cativar novos.

A criatividade não tem limites, e a adoção de algumas práticas de outros negócios


devem ser avaliadas, tais como, instituir o “Dia do Amigo”, quando os alunos poderão
levar um amigo para conhecer e participar das aulas, ou em dias especiais oferecer
café da manhã ou lanches, que podem ser patrocinados por algum fabricante ou
comerciante dos produtos a serem oferecidos através de parcerias.

O empreendedor deve manter-se sempre atualizado com as novas tendências, novas


técnicas, novos métodos, através da leitura de colunas de jornais e revistas
especializadas, programas de televisão ou através da Internet - sites e redes sociais. O
uso adequado dessas novas mídias, seja para a oferta de promoções ou comunicação
de eventos, são ferramentas que ampliam o alcance das iniciativas comerciais da
academia.

16. Divulgação
Os meios para divulgação variam de acordo com o porte e o público-alvo escolhido, e
para que seja bem sucedida deve ser bem estudada e planejada.

Em linhas gerais podemos afirmar que, sendo um negócio "local", a melhor divulgação
deve alcançar o público das áreas próximas à academia. Panfletos, jornais locais e de
bairro, distribuição junto a outros negócios próximos, condomínios e empresas, além
de parcerias com estabelecimentos na mesma região, são alternativas que devem ser
incentivadas.

Além disso, a existência de um site na internet é altamente recomendado, não


somente para a divulgação dos serviços, mas também para a divulgação de
promoções, eventos, novidades, e como canal de comunicação com os clientes. A
participação em redes sociais, mantendo os alunos e potenciais clientes atualizados
quanto a promoções, dicas de alimentação, eventos esportivos e culturais, etc.,
permite estar em permanente contato com o público alvo.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 19


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
As formas tradicionais, tais como anúncios em jornais de bairro, ônibus e metro,
revistas locais e propaganda em rádio também devem ser consideradas, dependendo
dos hábitos e costumes da região. A propaganda boca-a-boca, o convite aos amigos
dos alunos para aulas-demonstração e outras formas de propaganda direta, podem ser
muito eficientes.

Uma divulgação interessante é a montagem de estandes em eventos de corrida, com


distribuição de brindes e/ou descontos na matrícula ou mensalidade.

Na medida do interesse e das possibilidades, poderão ser utilizados anúncios em


jornais de grande circulação, revistas e outdoor.

O Sebrae poderá ajudar na definição de uma estratégia de marketing, através de seus


consultores e de produtos específicos para a divulgação do empreendimento.

17. Informações Fiscais e Tributárias


O segmento de ACADEMIA DE GINÁSTICA, assim entendido pela CNAE/IBGE
(Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 9313-1/00 como a atividade de
academias de atividades físicas, desportivas, natação e escolas de esportes, poderá
optar pelo SIMPLES Nacional - Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos
e Contribuições devidos pelas ME (Microempresas) e EPP (Empresas de Pequeno
Porte), instituído pela Lei Complementar nº 123/2006, desde que a receita bruta anual
de sua atividade não ultrapasse a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) para
micro empresa R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) para empresa de
pequeno porte e respeitando os demais requisitos previstos na Lei.

Nesse regime, o empreendedor poderá recolher os seguintes tributos e contribuições,


por meio de apenas um documento fiscal – o DAS (Documento de Arrecadação do
Simples Nacional), que é gerado no Portal do SIMPLES Nacional (http://www8.receita.f
azenda.gov.br/SimplesNacional/):

• IRPJ (imposto de renda da pessoa jurídica);


• CSLL (contribuição social sobre o lucro);
• PIS (programa de integração social);
• COFINS (contribuição para o financiamento da seguridade social);
• ISSQN (imposto sobre serviços de qualquer natureza);

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 20


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
• INSS (contribuição para a Seguridade Social relativa a parte patronal).

Conforme a Lei Complementar nº 123/2006, as alíquotas do SIMPLES Nacional, para


esse ramo de atividade, variam de 17,50% a 22,9%, dependendo da receita bruta
auferida pelo negócio. No caso de início de atividade no próprio ano-calendário da
opção pelo SIMPLES Nacional, para efeito de determinação da alíquota no primeiro
mês de atividade, os valores de receita bruta acumulada devem ser proporcionais ao
número de meses de atividade no período.

Se o Estado em que o empreendedor estiver exercendo a atividade conceder


benefícios tributários para o ICMS (desde que a atividade seja tributada por esse
imposto), a alíquota poderá ser reduzida conforme o caso. Na esfera Federal poderá
ocorrer redução quando se tratar de PIS e/ou COFINS.

MEI (Microempreendedor Individual), para se enquadrar no MEI o CNAE de sua


atividade deve constar e ser tributado conforme a tabela da Resolução CGSN nº
94/2011 - Anexo XIII
(http://www.receita.fazenda.gov.br/legislacao/resolucao/2011/CGSN/Resol94.htm ),
este segmento não pode se enquadrar no MEI, conforme Res. 94/2001. Micro
empreendedor Individual - Conforme Res. 94/2011, este seguimento não se aplica no
âmbito do SIMEI.Este segmento não se encontr

Para este segmento, tanto ME ou EPP, a opção pelo SIMPLES Nacional sempre será
muito vantajosa sob o aspecto tributário, bem como nas facilidades de abertura do
estabelecimento e para cumprimento das obrigações acessórias.

Fundamentos Legais: Leis Complementares 123/2006 (com as alterações das Leis


Complementares nºs 127/2007, 128/2008 e 139/2011) e Resolução CGSN - Comitê
Gestor do Simples Nacional nº 94/2011.

18. Eventos
Congresso Brasileiro de Academia de Ginástica - Cobrapi
Evento: anual

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 21


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Local: Porto Alegre - RS.
www.acfeiras.com.br

Feira Brasil Esporte – Febraesp


Evento: anual
Local: Santa Maria - RS
www.redebrasilesportes.com.br

Fitness Brasil Internacional


Evento: anual
Local: Santos - SP
www.fitnessbrasil.com.br

Congresso Brasileiro de Atividade Física e Saúde


Evento: bianual
Local: em cidades diferentes
www.sbafs.org.br

Congresso Internacional de Educação Física


Evento: anual
Local: Foz do Iguaçu - PR
www.congressofiep.com

Simpósio Nordestino de Atividade Física e Saúde


Evento: anual
Local: Aracaju – SE
www.simposione.com.br

Simpósio Internacional de Ciências do Esporte


Evento: anual
Local: São Paulo - SP
www.simposiocelafiscs.org.br

Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua


Portuguesa
Evento: anual
Local: Campus Central da UFRGS – Porto Alegre – RS
www.ufrgs.br/xiipalops/historico.html

Fitness Brasil Norte – Nordeste


Evento: anual
Local: Salvador – BA
www.fitnessbrasil.com.br

Rio Sport Show


Evento: anual
Local: Rio de Janeiro – RJ
www.riosportshow.com.br

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 22


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Meeting de Treinamento e Força
Evento: anual
Local: São Paulo – SP
www.fitnessbrasil.com.br

Sport Infratech 2015


Local: São Paulo - SP
www.sport-infratech.com.br

Feira EBS
Evento: anual
Local: São Paulo - SP
www.feiraebs.com.br

Fitness Brasil Internacional -


Evento: anual
Local: Santos - Sp
www.fitnessbrasil.com.br/santos

IHRSA/ Fitness Brasil -


Evento: anual
Local: São Paulo - SP
www.fitnessbrasil.com.br

ENAF - Congresso de Esportes, Fitness e Saúde


Evento: anual
www.enaf.com.br
Alliance Fitness Convention

Evento: anual
Local: São Paulo - SP
www.alliancefitness.com.br

19. Entidades em Geral


Relação de entidades para eventuais consultas:

Associação Brasileira das Academias - ACAD


Avenida das Américas 500, bloco 21, sala 246 Shopping Downtown - Barra da Tijuca -
Rio de Janeiro - RJ
www.acadbrasil.com.br

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 23


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Sociedade Brasileira de Atividade Física e Sáude - SBAFS
Campus Universitário s/n – Anexo UFSC – Florianópolis-SC
www.sbafs.org.br

Conselho Federal de Educação Física - CONFEF


Rua do Ouvidor, 121 - 7º andar -- Rio de Janeiro - RJ
CEP 20040-030
(21) 2526-7179 / 2252-6275 / 2242-3670 / 2242-4228
www. confef. org.br

Conselho Nacional do Esporte – CNE, Ministério do Esporte - Esplanada dos


Ministérios, Bloco A - Brasília – DF
CEP 70.054-906
(61) 3217-1800
www.esporte.gov.br/conselhoEsporte/default.jsp

Procurar na localidade:

Conselho Regional de Educação Física

Obs.: Pesquisa na internet indicará fornecedores de produtos para academias de


ginástica , que poderão estar localizados próximos ao local de instalação do negócio.

20. Normas Técnicas


Norma técnica é um documento, estabelecido por consenso e aprovado por um
organismo reconhecido que fornece para um uso comum e repetitivo regras, diretrizes
ou características para atividades ou seus resultados, visando a obtenção de um grau
ótimo de ordenação em um dado contexto. (ABNT NBR ISO/IEC Guia 2).

Participam da elaboração de uma norma técnica a sociedade, em geral, representada

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 24


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
por: fabricantes, consumidores e organismos neutros (governo, instituto de pesquisa,
universidade e pessoa física).

Toda norma técnica é publicada exclusivamente pela ABNT – Associação Brasileira de


Normas Técnicas, por ser o foro único de normalização do País.

1. Normas específicas para uma Academia de Ginástica

Não existem normas específicas para este negócio.

2. Normas aplicáveis na execução de uma Academia de Ginástica

ABNT NBR 11238:1990 - Segurança e higiene de piscinas - Procedimento.

Esta Norma fixa as condições exigíveis para garantir segurança e higiene em piscinas.

ABNT NBR 10818:1989 - Qualidade de água de piscina - Procedimento.

Esta Norma fixa as condições exigíveis para que a qualidade de água de piscina
garanta sua utilização de maneira segura, sem causar prejuízo à saúde e ao bem-estar
dos usuários.

ABNT NBR 15842:2010 - Qualidade de serviço para pequeno comércio – Requisitos


gerais.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 25


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Esta Norma estabelece os requisitos de qualidade para as atividades de venda e
serviços adicionais nos estabelecimentos de pequeno comércio, que permitam
satisfazer as expectativas do cliente.

ABNT NBR 12693:2010 – Sistemas de proteção por extintores de incêndio.

Esta Norma estabelece os requisitos exigíveis para projeto, seleção e instalação de


extintores de incêndio portáteis e sobre rodas, em edificações e áreas de risco, para
combate a princípio de incêndio.

ABNT NBR 5626:1998 - Instalação predial de água fria.

Esta Norma estabelece exigências e recomendações relativas ao projeto, execução e


manutenção da instalação predial de água fria. As exigências e recomendações aqui
estabelecidas emanam fundamentalmente do respeito aos princípios de bom
desempenho da instalação e da garantia de potabilidade da água no caso de
instalação de água potável.

ABNT NBR 5410:2004 Versão Corrigida: 2008 - Instalações elétricas de baixa tensão.

Esta Norma estabelece as condições a que devem satisfazer as instalações elétricas


de baixa tensão, a fim de garantir a segurança de pessoas e animais, o funcionamento
adequado da instalação e a conservação dos bens.

ABNT NBR ISO/CIE 8995-1:2013 - Iluminação de ambientes de trabalho - Parte 1:


Interior.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 26


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Esta Norma especifica os requisitos de iluminação para locais de trabalho internos e os
requisitos para que as pessoas desempenhem tarefas visuais de maneira eficiente,
com conforto e segurança durante todo o período de trabalho.

ABNT NBR IEC 60839-1-1:2010 - Sistemas de alarme - Parte 1: Requisitos gerais -


Seção 1: Geral.

Esta Norma especifica os requisitos gerais para o projeto, instalação, comissionamento


(controle após instalação), operação, ensaio de manutenção e registros de sistemas de
alarme manual e automático empregados para a proteção de pessoas, de propriedade
e do ambiente.

ABNT NBR 9050:2004 Versão Corrigida: 2005 - Acessibilidades a edificações,


mobiliário, espaços e equipamentos urbanos - Sistemas de alarme - Parte 1:
Requisitos gerais - Seção 1: Geral.

Esta Norma estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quando do


projeto, construção, instalação e adaptação de edificações, mobiliário, espaços e
equipamentos urbanos às condições de acessibilidade.

21. Glossário
Aeróbio (a) - Qualquer atividade física que implique o fornecimento constante de
oxigênio aos músculos. As atividades aeróbias têm duração prolongada. Exemplos:
marcha, corrida lenta, bicicleta em plano, natação, dança.

Anaeróbio (a) - As atividades físicas intensas que debitam grande quantidade de


energia e duram poucos segundos ou minutos. Exemplos: sprints, saltos, musculação
com muita carga, halterofilismo.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 27


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Desidratação - Déficit de água e eletrólitos, suficientemente grave para produzir
alterações bioquímicas e sinais clínicos detectáveis, como aumento da temperatura,
respiração ofegante, cãibras, fadiga muscular, visão turva ou exaustão.

Fitness – Palavra de origem inglesa e um dos seus significados é “em bom estado”, ou
seja, “em forma”. Essa palavra é largamente utilizada para designar uma área de
atuação dentro das academias de ginástica. O fitness compreende os departamentos
de ginástica e musculação.

Jogging - Palavra inglesa que significa corrida muito lenta, sempre em regime aeróbio.
Localizada (ginástica): Atividade física que faz trabalhar, ao mesmo tempo, menos de
um terço da musculatura corporal.

Personal Trainer - Profissional da área do exercício físico que através de uma


abordagem individualizada, avalia, motiva, educa e treina os seus clientes, de acordo
com as necessidades específicas de cada um deles.

Pilates - Método de exercícios para todo o corpo, focado no alongamento e


fortalecimento muscular, gerador de equilíbrio físico, resistência e prevenção de
lesões.

Spinning - Atividade aeróbia praticada sobre uma bicicleta ergométrica.

22. Dicas de Negócio


Para todo tipo de negócio é importante lembrar dos fundamentos: o ponto ou
localização é essencial, assim como a promocão e divulgação dos serviços, seu mix e
os preços praticados. Sendo um serviço já conhecido e difundido no mercado
brasileiro, a eficiência, a competitividade e a inovação fazem toda a diferença no bom
andamento de negócio Academia de Ginástica.

Seguem abaixo algumas dicas que podem melhorar o desempenho e os resultados do


negócio:

- É importante, para se tornar mais competitivo, dimensionar o conjunto de serviços


que serão agregados; avaliar o custo-benefício desses serviços é vital para a
sobrevivência do negócio, porque pode representar um elevado custo sem geração do
mesmo volume de receitas.
- Investir na qualidade global de atendimento ao cliente, ou seja: qualidade do serviço,
ambiente agradável, profissionais atenciosos, respeitosos e interessados pelo cliente,
além de comodidades adicionais como é o caso de estacionamento, rede WIFI,

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 28


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
lanchonete, etc.
- Procurar fidelizar a clientela com ações de pós-venda, como: remessa de cartões de
aniversário, comunicação de novos serviços e novos produtos ofertados, contato
telefônico e por email lembrando eventos e promoções.
- A presença do proprietário e a atenção aos clientes são fundamentais para o sucesso
do empreendimento.
- É vital participar de feiras e eventos que reúnam expositores do segmento, visando
também estabelecer contato com novos fornecedores e práticas.

Muitos outros fatores irão contribuir para o sucesso do seu negócio, dentre eles:
- Distribuir bem os horários das aulas e atividades para ampliar o alcance do público.
As aulas e atividades mais demandadas devem ser oferecidas no mínimo duas vezes
ao dia desta atividade, pois os frequentadores de academias costumam ir em apenas
um turno (manhã, tarde ou noite).
- Oferecer uma boa variedade de opções de modalidades individuais e coletivas para
homens e mulheres. Um público cada vez mais ativo é a chamada "terceira idade", que
em geral, pode desfrutar dos serviços em horários diferentes dos horários mais
concorridos pelos clientes que trabalham e estudam.
- Participar em equipe de eventos esportivos públicos (maratonas, corridas e torneios).
- Avaliar a oportunidade de instalar no local loja de roupas e artigos de ginástica, salão
de beleza, loja de suplementos, lanchonete, área para crianças com monitores
especializados, etc.
- Avaliar constantemente o benefício de terceirizar serviços (médicos, informática,
limpeza), para melhorar a lucratividade.
- Investir constantemente em marketing.
- Contratar bons profissionais e investir constantemente no treinamento e
aprimoramento da equipe.
- Trabalhar com especialistas.
- Manter uma programação diversificada, atualizada e motivadora para todas as idades
e condições físicas.
- Renovar a programação pelo menos a cada seis meses.
- Supervisionar adequadamente o trabalho dos professores para assegurar a atenção
a todos os alunos democraticamente, evitando a formação das chamadas
"panelinhas".
- Formar um grupo de alunos antes mesmo da inauguração.
- Firmar convênios com escolas, condomínios e empresas, oferecendo demonstração
de aulas.
- Pesquisar preços e condições oferecidas pelo mercado, buscando sempre a
diferenciação.
- Atenção constante nas questões de higiene e manutenção das instalações
- Escute seus clientes: incentive que eles opinem sobre as atividades desenvolvidas,
solicitação de novos horários de determinadas aulas, melhorias no ambiente etc.
- Mantenha sempre uma cópia do Código de Defesa do Consumidor disponível e em
local visível aos clientes.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 29


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Consulte sempre o Sebrae (www.sebrae.com.br) para saber das novidades do setor,
ou aprimorar as práticas de gestão do negócio.

23. Características
O empreendedor do negócio Academia de Ginástica precisa ter um perfil que o
mantenha na vanguarda do setor. É aconselhável uma auto-análise para verificar qual
a situação do futuro empresário frente a esse conjunto de características e identificar
oportunidades de desenvolvimento. A seguir, algumas características desejáveis a
quem atua nesse ramo.

- Ter paixão pela atividade e conhecer bem o ramo de negócio (ou um sócio
identificado com o segmento). Dedicação também é fundamental.
- Possuir ou desenvolver habilidade de relacionamento e de motivação de equipes.
- Manter-se atualizado tecnicamente e buscar constantemente conhecimento e
inovações na área de saúde / educação física.
- Pesquisar e observar permanentemente o mercado em que está instalado,
promovendo ajustes e adaptações no negócio.
- Ter atitude e iniciativa para promover as mudanças necessárias.
- Acompanhar o desempenho dos concorrentes.
- Saber administrar todas as áreas internas da empresa.
- Saber negociar, vender benefícios e manter clientes satisfeitos.
- Ter visão clara de onde quer chegar.
- Planejar e acompanhar o desempenho da empresa.
- Ser persistente e não desistir dos seus objetivos.
- Manter o foco definido para a atividade empresarial.
- Ter coragem para assumir riscos calculados.
- Estar sempre disposto a inovar e promover mudanças.
- Ter grande capacidade para perceber novas oportunidades e agir rapidamente para
aproveitá- las.
- Ter habilidade para liderar a equipe de profissionais da academia de ginástica.

24. Bibliografia
AIUB, George Wilson et al. Plano de Negócios: serviços. 2. ed. Porto Alegre: Sebrae,
2000.

BARBOSA, Mônica de Barros; LIMA, Carlos Eduardo de. A Cartilha do Ponto

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 30


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Comercial: como escolher o lugar certo para o sucesso do seu negócio. São Paulo:
Clio Editora, 2004.

BIRLEY, Sue; MUZYKA, Daniel F. Dominando os Desafios do Empreendedor. São


Paulo: Pearson/Prentice Hall, 2004.

CAPINUSSÚ, José Maurício. Administração e Marketing nas Academias de Ginásticas.


São Paulo: Ibrasa, 1989.

COSTA, Nelson Pereira. Marketing para Empreendedores: um guia para montar e


manter um negócio. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2003.

DAUD, Miguel; RABELLO, Walter. Marketing de Varejo: Como incrementar resultados


com a prestação de Serviços. São Paulo: Artmed Editora, 2006.

DOLABELA, Fernando. O Segredo de Luisa. 14. ed. São Paulo: Cultura Editores
Associados, 1999.

KOTLER, Philip. Administração de Marketing: a edição do novo milênio. 10. ed. São
Paulo: Prentice Hall, 2000.

LAMARTINE, Da Costa (organizador). Atlas do Esporte, Educação Física e Atividades


Físicas de Saúde e Lazer no Brasil. Consórcio Líder CONFEF - Rio de Janeiro :
Shape, 2005.

PARENTE, Juracy. Varejo no Brasil. São Paulo: Ed Atlas, 2000.

RATTO, LUIZ. Comercio : Um Mundo de Negócios. Rio de Janeiro: Ed. Senac


Nacional, 2004.

ACADEMIA de ginástica. Belo Horizonte: Sebrae/MG,2005.

ACADEMIA de ginástica. 2ª ed. São Paulo: Sebrae/SP, 2005.

SILVA, José Pereira. Análise Financeira das Empresas. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

ANVISA - Manual de orientação para fiscalização sanitária em estabelecimentos


prestadores de atividade física e afins. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 31


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
25. Fonte
Os recursos financeiros requeridos para um negócio de Academia de Ginástica variam
muito com o porte do estabelecimento. Em geral esses recursos vem diretamente dos
sócios proprietários, mas existem linhas de financiamento que podem ser exploradas,
seja para o investimento ou capital de giro.

O BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, possui uma linha


de crédito específica para os pequenos negócios e empreendedores individuais.
Consulte o site (www.bndes.gov.br) e verifique as oportunidades e condições de
financiamento. Destacamos aqui alguns produtos:

BNDES Finame: financiamento para produção e aquisição de máquinas e


equipamentos novos, de fabricação nacional; BNDES Automático: financiamento a
projetos gerais de investimento (equipamentos, obras civis, capital de giro etc.); Cartão
BNDES: crédito pré-aprovado de até R$ 1 milhão destinado às Micro, Pequenas e
Médias Empresas para aquisição de produtos credenciados de diversos tipos.

Além disso, a Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br) e a maioria dos bancos


comerciais também possui linhas de crédito específicas para o pequeno empresário.
Consulte seu gerente de conta e avalie as condições de financiamento, taxa de juros,
carências e prazos.

26. Planejamento Financeiro


O Planejamento Financeiro engloba as atividades administrativas referentes ao uso,
obtenção e aplicação dos recursos financeiros da empresa.

Em geral compõe-se de um orçamento, ou seja, a previsão de gastos e despesas que


serão incorridas, bem como das fontes de recursos ou entradas no caixa provenientes
da atividade empresarial.

O Orçamento deve levar em consideração a previsão de receita de alunos


matriculados, inadimplência, preço médio cobrado, e sazonalidades, tais como período
de férias escolares e feriados.

A previsão dos custos implica na identificação e previsão das contas a pagar, tais
como salários, impostos, despesas com água, luz, telefone, contratação de serviços,
entre outros.

O Fluxo de Caixa, que mostra como esses recursos financeiros estarão disponíveis

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 32


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
para o pagamento dos compromissos assumidos, mostrará se haverá sobra ou falta de
caixa, e que providências deverão ser tomadas em ambos os casos.

Além de uma ferramenta de acompanhamento e gestão do negócio, o planejamento


financeiro é fundamental na avaliação da rentabilidade do negócio e da sua
continuidade.

Procure o Sebrae para maiores informações e treinamento nessa importante atividade


empresarial.

27. Soluções Sebrae


O Sebrae dispõe de uma grande variedade de soluções em apoio ao pequeno
empreendedor.

Consulte regularmente o site www.sebrae.com.br e verifique quais programas melhor


atendem as necessidades do negócio. Abaixo uma lista de possibilidades a serem
avaliadas:

- Aprender a Empreender;
- Técnicas de Vendas;
- Eficiência Energética nas Micro, Pequenas e Médias Empresas;
- D’olho na Qualidade;
- Como Vender Mais e Melhor – Módulo 1;
- Como Vender Mais e Melhor – Módulo 2;
- Como Vender Mais e Melhor – Módulo 3;
- Análise de Marcado;
- Controles Financeiros;
- Contabilidade na Prática;
- Análise e Planejamento Financeiro;
- Formação de Preços;
- Gestão de Pessoas;
- Empretec.
- Soluções de Educação a Distância: http://www.ead.sebrae.com.br/
- Central de Oportunidades: http://www.sebrae2014.com.br/Sebrae2014/
- Comércio Brasil: http://www.sebrae.com.br/customizado/acesso-a-mercados/sebrae-
mercado/comercio-b rasil
- Click Marketing: http://www.clickmarketing.sebrae.com.br/

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 33


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
28. Sites Úteis
Sebrae Nacional: www.sebrae.com.br

http://www.sebrae.com.br/setor/servicos/servicos-relacionados/fitnes s

BNDES- Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social: www.bndes.gov.br

Portal da Educação Física: http://www.educacaofisica.com.br/

Associação das Academias de Ginástica do Brasil : www.acadbrasil.com.br/

JusBrasil: www.jusbrasil.com.br/topicos/359757/academia-de-ginastica

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 34


Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /
Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /
Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /
Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /
Conselho Federal de Educação Física: www.confef.org.br/

Educação Física: www.educacaofisica.org/wp/

SEEAATESP - Sindicato dos Estabelecimentos de Esportes Aquáticos, Aéreos e


Terrestres do Estado de São Paulo: www.sindicatodasacademias.org.br/

Sindicato dos Empregados de Clubes Esportivos e em Federações, Confederações e


Academias Esportivas no Estado de São Paulo.: www.sindesporte.org.br

29. URL
http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/Como-montar-uma-academia-de-
gin%C3%A1stica

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br 35