Você está na página 1de 2

DEPARTAMENTO DE MÚSICA

RESPOSTAS ESPERADAS AO PRÉ TESTE :: TEORIA MUSICAL :: 21 FEV 2O18


Prof. Sérgio Paulo Ribeiro de Freitas

QUESTÃO 3: No hipotético trecho musical abaixo, considerando as cifras, assinale e classifique todas as notas auxiliares:

B = Bordadura  | Ant. = Antecipação  |Np = Nota de passagem  | R = Retardo 

Notas Auxiliares
As notas auxiliares (também conhecidas como “notas estranhas ao acorde”, “notas de ornamentação”, “notas
acidentais”, “notas de jogo melódico”, “notas melódicas estranhas a harmonia”, “notas de figuração melódica”
etc.) são importantes recursos que possibilitam o desdobramento das tríades em um número ilimitado de
ocorrências musicais.

De grande importância melódica, este conjunto de notas auxiliares (nota de passagem; bordadura; apojatura;
antecipação; retardo; escapada; e suas muitas espécies de variações e combinações) atua tanto na construção
da melodia principal quanto na condução das vozes internas da harmonia e também na elaboração da linha
de baixo.

Nota de passagem

A “nota de passagem” liga duas notas diferentes de um mesmo acorde (ou de acordes
diferentes), através de um (ou mais) intervalos de segunda (maior ou menor; diatônica ou
cromática) entre essas notas ( = sempre por grau conjunto). A “nota de passagem” se
apresenta sempre em posição métrica mais fraca que que a(s) nota(s) do(s) acorde(s). Nunca
se salta de uma “nota de passagem”, nem para uma “nota de passagem”.
Bordadura

A “bordadura” aparece entre uma nota de acorde (um ou dois acordes no caso de a nota ser comum aos dois)
e sua repetição imediata. Se encontra sempre à distância de uma segunda (maior ou menor; diatônica ou cromática)
inferior ou superior ( = sempre por grau conjunto) da nota real. A “bordadura” se apresenta sempre em
posição métrica mais fraca que a(s) nota(s) do(s) acorde(s). Nunca se salta de uma “bordadura”, nem para
uma “bordadura”.

Apojatura

A “apojatura” é uma nota estranha que precede a nota de acorde por uma distância de segunda (maior ou menor;
diatônica ou cromática) superior ou inferior (= sempre por grau conjunto). A “apojatura” se apresenta sempre
em posição métrica mais forte que a nota do acorde. Nunca se salta de uma “bordadura”, nem para uma
“bordadura”.

Retardo (ou Suspensão)

O “retardo” é uma “apojatura” preparada. Ou seja, é uma nota estranha que precede a nota de acorde por
uma distância de segunda (maior ou menor; diatônica ou cromática) superior ou inferior (= sempre por grau
conjunto) que deve ser preparada no acorde imediatamente anterior, como uma consonância (= nota de
acorde). O “retardo” é resolvido levando-o por grau conjunto descendente à nota real correspondente. O
“retardo” se apresenta sempre em posição métrica mais forte que a nota do acorde. Nunca se salta de um
“retardo”, nem para um “retardo”. Entre o retardo e sua resolução podem aparecer outras notas intercaladas.

Antecipação

A “antecipação” é uma nota que será real no acorde seguinte, que é antecipada, como nota estranha, em
posição métrica mais fraca. Então a “antecipação” é um “retardo” ao contrário. A “antecipação” pode até ser
alcançada por salto.