Você está na página 1de 4

A TERRA COMO UM SISTEMA CAPAZ DE

GERAR VIDA

A TERRA COMO SISTEMA

Subsistemas da Terra
Do planeta Terra fazem parte:

 Geosfera: camada rochosa sólida externa da Terra, bem como o seu


interior
 Hidrosfera: água existente no planeta nos estados sólido e líquido
 Atmosfera: camada gasosa que envolve a Terra
 Biosfera: conjunto dos seres vivos que habitam a Terra e os seus
ambientes
Estes componentes do planeta estão interligados, influenciando-se
uns aos outros, estando assim dependentes uns dos outros. Por isso
mesmo são designados subsistemas do sistema Terra.

Exemplos de interações entre os vários subsistemas


 Atmosfera-Biosfera
 Os seres fotossintéticos retiram da atmosfera dióxido de carbono
e libertam oxigénio (fotossíntese)
 Os seres aeróbios retiram da atmosfera oxigénio e libertam
dióxido de carbono (respiração)
 Atmosfera-Hidrosfera
 A água dos rios, lagos e oceanos evapora acumulando-se na
atmosfera e que posteriormente pode precipitar voltando assim à
superfície terrestre (ciclo da água)
 Atmosfera-Geosfera
 Durante as erupções vulcânicas são libertados vários gases para a
atmosfera
 Hidrosfera-Biosfera
 Os seres vivos ingerem água pois é o seu principal constituinte e é
fundamental para as funções essenciais do organismo
 A água é poluída por várias atividades humanas
 Hidrosfera-Geosfera
 A água tem uma ação erosiva sobre as rochas
 Biosfera-Geosfera
 A geosfera serve de suporte a grande parte da vida terrestre
 As plantas retiram do solo grande parte dos nutrientes que
utilizam na fotossíntese
 Os produtos resultantes da decomposição de seres vivos podem
originar novas rochas como o carvão e o petróleo

Sistema Terra
Como existem trocas de energia e matéria entre os subsistemas da
Terra, são considerados sistemas abertos.
No entanto, o planeta Terra é considerado um sistema
fechado porque apesar de haver trocas de energia com o exterior, as
trocas de matéria são praticamente inexistentes.

TEORIAS DA ORIGEM DA VIDA NA TERRA

Como terão surgido na Terra os primeiros seres vivos?


 Teoria do Criacionismo
 defende que a vida, o mundo e os seres vivos foram criados por
uma entidade divina (Deus)
 Hipótese Cosmozoica (ou Panspermia)
 defende que a vida surgiu na Terra através de corpos vindo do
Espaço
 Espontaneísmo
 defende que a vida surgiu a partir de matéria não viva de forma
espontânea
 Hipótese Evolucionista (desenvolvida por Oparin)
 defende que a vida surgiu a partir de uma “sopa nutritiva”
constituída por moléculas orgânicas que se formaram a partir de
moléculas mais simples na atmosfera devido a descargas elétricas

Explicação da Hipótese Evolucionista proposta por Oparin


Os seres vivos são constituídos por matéria orgânica e a grande
dúvida sobre a origem da vida está relacionada sobre como se formou
essa matéria pela primeira vez no planeta.
Entende-se matéria orgânica a que provém de seres vivos. Então,
quando ainda não existiam seres vivos, como surgiu a primeira
matéria orgânica?
Segundo Aleksandr Ivanovich Oparin, a primeira matéria orgânica
formou-se a partir de moléculas simples presentes na atmosfera e
que, devido a descargas elétricas e radiação intensa, deram origem
aos primeiros compostos orgânicos que posteriormente foram
arrastados para os oceanos.
Na mesma época (início do século XX). John Haldane desenvolveu
trabalhos que levaram a resultados semelhantes aos de Oparin.
Com base no modelo proposto por Oparin e Haldane, em
1953, Harold Urey e Stanley Miller construíram um dispositivo que
pretendia recriar as condições existentes na Terra na altura do
aparecimento da vida. Nessa experiência foi possível criar compostos
orgânicos sem a presença de seres vivos, o que veio suportar a
Hipótese Evolucionista de Oparin.

Teoria da origem da vida atualmente mais aceite


Hipótese Evolucionista (atualmente mais aceite)
 defende que a vida surgiu a partir de moléculas orgânicas
(protovida) formadas a partir do metano e da amónia nas fontes
hidrotermais existentes nos fundos oceânicos
Segundo esta teoria, após o surgimento das primeiras formas de vida,
a vida foi evoluindo, verificando-se uma explosão evolutiva há cerca
de 600 milhões de anos – o designado Big Bang evolutivo.
PAPEL DOS SUBSISTEMAS NA MANUTENÇÃO DE VIDA
NA TERRA
O ciclo da água e a formação do solo
Os seres vivos libertam para a atmosfera vapor de água que depois
pode precipitar e acumular-se nos lençóis de água subterrâneos, rios,
lagos, oceanos e glaciares. A água, juntamente com outros agentes
erosivos como o vento e os seres vivos, provoca a alteração das
rochas existentes na geosfera. Essa alteração das rochas conduziu,
em muitos locais, à formação do solo que é o suporte da vida em meio
terrestre.

O solo é o habitat de muitos seres vivos, serve de suporte a grande


parte da vida terrestre, retém água para ser utilizada pelas plantas e
fixa nutrientes essenciais para a vida.
Apesar de a formação do solo ser um processo muito lento, é muito
importante para a manutenção da vida na terra.

Papel de cada subsistema na manutenção de vida


 Geosfera
 constitui o substrato para a vida na terra e o reservatório dos
minerais essenciais à vida e é responsável pelo campo magnético
que serve de escudo contra partículas solares
 Hidrosfera
 constitui o maior habitat terrestre e o reservatório de água para a
manutenção da vida
 Atmosfera
 constitui uma proteção contra os raios ultravioleta (através da
camada de ozono), tem um efeito moderador da temperatura
(devido ao efeito de estufa), protege a Terra contra meteoros e é
constituída por gases essenciais à respiração dos seres vivos
 Biosfera
 constitui a fonte de matéria orgânica (alimento) para a
manutenção da vida e as interações entre os seres vivos são
essenciais para a manutenção e evolução da vida na Terra

Equilíbrio no sistema Terra


A manutenção da vida na Terra está dependente de complexas
interações entre os subsistemas terrestres dado que a rutura do
equilíbrio de um dos subsistemas reflete-se em todos os outros.