Você está na página 1de 2

Ewá

Saudação: Ri ro, Ewá!

Ewá é a Divindade da sensibilidade, sendo o instinto humano de transcendência e


ocultismo.
Ela é a “Senhora da Visão”, no sentido mais profundo da expressão e permite o acesso à
espiritualidade, àquilo que é secreto.
Porém, Ewá, como Orixá feminino, também está ligada à beleza, à graciosidade. A
beleza de Ewá, porém, é espiritualizada e imaterial, sendo ela a energia do céu
estrelado, belo e intocável.
Ewá é a beleza virgem, as águas cristalinas, a fonte que brota misteriosamente das
pedras - é a Mãe da pureza.
Ágil, é a caçadora da luz da Lua e o mistério e beleza da noite.
A Ewá é atribuído o fascínio pelos astros, a beleza do Universo e dos planetas e o céu
como um todo, principalmente, quando ele está rosado.
Filha mítica de Nanã, Ewá está ligada à terra e à água, sendo também relacionada à
ancestralidade e ao ciclo da matéria e do Axé. Ewá é a responsável pelos cemitérios e,
junto a Obaluaiê e Oyá, é a força que orienta os desencarnados.
Fortemente relacionada a Oxumarê, Ewá é o contorno branco do arco-íris e está também
presente na representação das serpentes, principalmente as mais misteriosas, coloridas e
venenosas.
Suas cores são o coral e o vermelho e seus símbolos são o ofá, a adaga e o ejô (serpente
enrolada).

Filhos de Ewá:
Estão entre os mais raros filhos de Orixá, dada as características.
São pessoas elegantes, intelectualizadas, ligadas aos estudos, misteriosas, belas e que
não compactuam com vulgaridades.
Religiosos e enormemente sensitivos, os filhos de Ewá são videntes natos, bons
observadores e fiéis de corpo e alma. Não toleram hipocrisias e falsidades e em sua vida
tudo tem de ser justo e rígido, pois, como Ewá, não toleram sujeiras morais e materiais.
Adeptos da solidão, gostam de observar o comportamento alheio e de avaliar,
internamente, as atitudes das outras pessoas.

Qualidades do Orixá

Ewá Awô
Senhora de tudo que é misterioso e oculto por alguma razão. É a Ewá do Jogo de
Búzios. Usa rosa e adereços de palha com búzios. Divindades relacionadas: Oyá, Odé e
Ossaim.
Ewá Bamiô
Ligada às gemas e às pedras preciosas. É a dona das cores. Usa fios de cristal com
múltiplas cores. Divindade relacionada: Ossaim.

Ewá Fagemy
Ewá ligada aos rios cristalinos e encantados. Liga-se ao arco-íris que se forma nas
quedas d’água. Usa tecidos transparentes de múltiplos tons e contas coloridas de cristal.
Divindades relacionadas: Oxumarê, Oxum, Ayrá e Oxalás.

Ewá Gebeuyin
É a Ewá primordial. Liga-se à chuva e à neblina. Senhora da ocultação e da
transformação. É a esposa mítica de Omolu. Veste vermelho maravilha e amarelo e usa
contas vermelhas rajadas de amarelo. Divindades relacionadas: Oxumarê, Omolu, Oyá,
Oxum, Nanã.

Ewá Gyran
É a senhora dos raios de sol. Liga-se ao contorno do arco-íris e ao arco-íris
duplo. Veste branco e usa cristais em seus fios. Divindades relacionadas: Oxumarê,
Oxum, Omolu e Oxalás.

Ewá Salamim
É a Ewá mais jovem, ágil e caçadora. Associa-se às matas virgens e intocadas. É
também uma das senhoras da Lua e das suas estações. Veste roupas com motivos de
caça, carrega ofá e adereços prateados. Divindades relacionadas: Odé e Yemanjá.