Você está na página 1de 25

Produção e propagação do som

 O som é produzido pela vibração de corpos.

 O som propaga-se em todas as direcções.


 O som propaga-se através dos sólidos, líquidos ou
gases.
 O som não se propaga no vácuo (vazio).
Velocidade de propagação do som

 Um som transmite-se melhor nos sólidos, depois nos


líquidos e finalmente, nos gases.
 Quanto melhor se transmitir um som, maior é a
velocidade do som nesse meio material.
v(som)sólidos > v(som)líquidos > v(som)gases
Velocidade de propagação do som
 A velocidade de propagação de um som calcula-se
dividindo a distância percorrida pelo tempo que o som
levou a percorrê-la.

v = distância percorrida
intervalo de tempo

v = d
t
avião supersónico
Instrumentos musicais
 Instrumentos de cordas
Instrumentos musicais
 Instrumentos de sopro
Instrumentos musicais
 Instrumentos de percussão
Ondas sonoras

 Uma onda mecânica é uma perturbação que se


propaga através de um meio.
 As ondas sonoras são ondas mecânicas.
 As ondas sonoras no ar resultam da compressão e
rarefacção alternada das partículas do meio.
Ondas
 As ondas podem produzir-se de dois modos:
 ondas longitudinais – produzem-se quando se comprime
e estica uma mola (originando zonas de compressão e de
rarefacção).
 ondas transversais – produzem-se quando se oscila
verticalmente a extremidade de uma corda (originando cristas
e vales)
Ondas
 Quanto ao modo como se propagam, as ondas podem
ser
 transversais – as vibrações dão-se perpendicularmente
à direcção de propagação.
 longitudinais – as vibrações dão-se na mesma direcção
em que a onda se propaga.

 As ondas sonoras no ar são ondas mecânicas


longitudinais, pois resultam de compressões e
rarefacções das moléculas de ar.
Características das ondas
 As ondas sonoras podem ser representadas por uma
curva que indica a compressão e a rarefacção das
partículas do ar.

 compressão

 rarefacção
Características das ondas
As ondas são caracterizadas por:
 comprimento de onda, – distância mínima entre duas
partículas com o mesmo estado de vibração. (m)
 período, T – tempo de uma vibração completa. (s)
 frequência, f – número de vibrações por segundo. (Hz)
 amplitude, A – afastamento máximo em relação à posição
de equilíbrio. (m)
 velocidade de propagação, v – distância percorrida pela
onda num segundo. (m/s)
Características das ondas
Características das ondas
Quanto maior for o comprimento de onda, menor é a
frequência de vibração.

v=λ×f

Quanto menor for o comprimento de onda, maior é a


frequência de vibração.
Características do som
 Altura – permite distinguir sons agudos de sons
graves.
A altura de um som está relacionada com a frequência
das ondas sonoras.

som grave ou baixo


frequência baixa

som agudo ou alto


frequência elevada
Será que o ouvido humano detecta todos os sons?

Existem muitos sons que o ser


humano não consegue ouvir.

Ao conjunto de todos os sons,


audíveis e inaudíveis pelo ser humano,
dá-se o nome de espectro sonoro.
Espectro sonoro
 Ultra-sons - sons com frequências muito elevadas,
superiores a 20 000 Hz, que o ouvido humano não
consegue ouvir .
 Sons audíveis, para os seres humanos - sons de
frequência compreendida entre os 20 Hz e os 20000
Hz.
 Infra-sons - sons de frequência de 0 a 20 Hz (não
audíveis) constituem a zona dos infra-sons. Estes sons
provocam náuseas e perturbações intestinais.
Alguns animais conseguem
ouvir e emitir sons que não
são audíveis pelo ser
humano.

Geralmente os animais
ouvem mais frequências do
que aquelas que produzem.
Características do som
 Intensidade – permite distinguir sons fortes de
sons fracos.
A intensidade sonora está relacionada com a
amplitude das ondas sonoras.

som forte
grande amplitude
som fraco
pequena amplitude
 A intensidade sonora mede-se em dB (deciBell) e
diminui à medida que a distância à fonte sonora
aumenta.
 A intensidade sonora está associada à energia
transferida pelas ondas sonoras.

 SOM FORTE – transporta mais energia e é ouvido a grande distância


da fonte sonora.

 SOM FRACO – transporta menos energia e é ouvido a pequena


distância da fonte sonora.
O nível sonoro permite saber se um som é forte ou fraco.
Mede-se com um sonómetro em dB (deciBell)
Características do som

Timbre – permite distinguir


sons com a mesma altura,
intensidade e duração,
produzidos por fontes sonoras
diferentes.
Sons puros e sons complexos
 Um som puro é o som de um diapasão. Tem só uma
frequência.
 Um som complexo (nota musical) é constituído por
ondas sonoras com uma mistura de diferentes
frequências.
Som e ruído
 Um som musical é agradável e apresenta regularidade
de vibrações.
 Um ruído é uma mistura de sons de muitas frequências
e apresenta uma grande irregularidade de vibrações.