Você está na página 1de 17

Documento nº 05

GRUPO DE ESTUDOS
POLÍCIA FEDERAL
AGENTE/ESCRIVÃO/PAPILOSCOPISTA/PERITO

DIREITO ADMINISTRATIVO
PROF. VALMIR RANGEL

PARTICIPE DO GRUPO - mensagem para direitonaquestao@gmail.com

2ª ETAPA
- Agentes públicos. Legislação pertinente. Lei nº 8.112/1990 e suas
alterações. Disposições constitucionais aplicáveis. Disposições
doutrinárias. Conceito. Espécies. Cargo, emprego e função pública.

CESPE/Auxiliar Técnico de Controle Externo/TCE-PA/2016


No que concerne aos agentes públicos, julgue os próximos itens.

1. A definição de servidor público, em sentido amplo, engloba os empregados públicos e servidores temporários.
2. Por manter com o Estado vínculo de natureza diferenciada, os militares não integram a categoria de agentes
públicos.

CESPE/Auditor de Controle Externo/TCE-PA/2016


No que se refere à aplicabilidade das normas constitucionais e a servidores públicos, julgue os itens que se
seguem conforme as disposições constantes da Constituição Federal de 1988 (CF).

3. O servidor estável somente perderá o cargo em virtude de sentença judicial condenatória transitada em julgado e
mediante processo administrativo no qual lhe seja assegurada a ampla defesa.

CESPE/Auxiliar Técnico de Controle Externo/TCE-PA/2016


Julgue os itens subsequentes, acerca dos atos e dos poderes administrativos.

4. O advogado-geral da União e o defensor público-geral da União são classificados como agentes políticos, pois
sua atuação possui fundamento constitucional.

CESPE/Auditor Fiscal de Controle Externo/TCE-SC/2016


Com base na doutrina e nas normas de direito administrativo, julgue os itens que se seguem.

5. O servidor público ocupante exclusivamente de cargo em comissão adquire a estabilidade após três anos de
efetivo exercício.

CESPE/Nível Supeiror/DPU/2015
Com base nas disposições da Constituição Federal de 1988, julgue os itens subsequentes.

6. Cargos públicos vagos podem ser extintos por meio de decreto presidencial, sendo dispensável a edição de lei
em sentido estrito.

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Analista de Controle Externo/TCDF/2014


No tocante ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do DF, julgue os itens a seguir.

7. Não integram o RPPS do DF os servidores ocupantes, exclusivamente, de cargos em comissão.

CESPE/Técnico de Controle Externo/TCU/2015


No que se refere aos princípios e conceitos da administração pública e aos servidores públicos, julgue os
próximos itens.

8. A vedação ao acúmulo remunerado de cargos, empregos ou funções públicas não se estende aos empregados
das sociedades de economia mista.
9. O prazo de validade de concurso público é de até dois anos, podendo ele ser prorrogado enquanto houver
candidatos aprovados no cadastro de reserva.

CESPE/Auditor/TCE-RN/2015
Acerca da organização do Estado brasileiro e da administração pública, julgue os seguintes itens.

10. Seria constitucional lei que considerasse falta funcional de servidor público não estável a adesão a movimento
grevista, devido a eficácia limitada do dispositivo constitucional referente a greve de servidor público, segundo
entendimento do STF.
11. O servidor ocupante exclusivamente de cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração,
está ligado ao regime geral de previdência social, mas, ao servidor que ocupa cargo comissionado e cargo
público efetivo na administração pública estadual simultaneamente, aplica-se o regime próprio do ente público a
que está vinculado.

CESPE/Inspetor de Controle Externo/TCE-RN/2015


Com base nas disposições constitucionais e na jurisprudência do STF a respeito dos servidores públicos, julgue
os itens a seguir.

12. Funções de confiança e cargos em comissão destinam-se a atribuições de direção, chefia e assessoramento.
Distinguem-se, entretanto, quanto aos requisitos de seus ocupantes: a função de confiança é destinada,
exclusivamente, a servidor de cargo efetivo; os cargos em comissão podem ser desempenhados por agentes
públicos em caráter precário.
13. A investidura em cargo público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e
títulos. A pontuação dos títulos, entretanto, deve servir como critério de classificação do candidato, mas não
como fator de aprovação ou de reprovação.
14. Limite de idade fixado, exclusivamente, no edital do concurso público não supre a exigência constitucional de que
o requisito seja estabelecido em lei.

CESPE/Técnico Administrativo/MPU/2015
A respeito dos cargos e funções públicas, julgue os itens que se seguem.

15. A função pública compreende o conjunto de atribuições conferidas aos servidores ocupantes de cargo efetivo,
razão por que não é exercida por servidores temporários.
16. O ocupante de cargo vitalício só perde o cargo mediante regular processo judicial com sentença transitada em
julgado.

CESPE/Analista/ENAP/2015
João, agente administrativo de uma empresa estatal prestadora de serviço público, no exercício de suas funções,
causou prejuízo a terceiro, não usuário do serviço. Nessa situação hipotética,

17. A prévia aprovação de João em concurso público foi condição necessária à sua contratação como empregado
público, a não ser que seu vínculo seja de natureza precária.

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Analista/ENAP/2015
A respeito da organização político-administrativa do Estado e da administração pública, julgue o próximo item.

18. O texto constitucional é silente em relação ao direito de greve dos servidores públicos.

CESPE /Técnico/TCDF/2014
No que se refere aos agentes públicos, julgue o seguinte item.

19. Empresário convocado pela justiça eleitoral para ser mesário durante as eleições será considerado agente
público, mesmo que em caráter transitório, enquanto exercer a função a ele designada pelo Estado.

CESPE/Técnico Administrativo/MPU/2013
A respeito dos agentes públicos, julgue os próximos itens.

20. Os ministros de Estado são considerados agentes políticos, dado que integram os mais altos escalões do poder
público.

CESPE/Técnico Administrativo/ANATEL/2012
A respeito dos agentes públicos, julgue os itens subsecutivos.

21. O empregado de empresa concessionária do serviço de telefonia é considerado um agente público.


22. Os agentes políticos definem e implementam estratégias políticas para que o Estado atinja seus fins e sua
investidura se dá, exclusivamente, mediante eleição.

CESPE/Técnico Judiciário/TRE-ES/2011
Com relação aos agentes públicos, julgue os itens seguintes:

23. Alguns agentes políticos, a exemplo dos terceiros colaboradores, como os notários – titulares de registro e ofícios
de notas - , sujeitam-se a regime semelhante ao dos servidores públicos, aplicando-se-lhes a necessidade de
aprovação em concurso público, o benefício da estabilidade e a aposentadoria compulsória aos setenta anos de
idade.

CESPE/Nível Médio/Secretária-DF/2017
Acerca de administração pública, organização do Estado e agentes públicos, julgue o item a seguir.

24. O governador e os secretários de Estado do Distrito Federal são considerados agentes políticos.

CESPE/Técnico Superior/ENAP/2015
Julgue os itens subsequentes, relativos a agentes públicos.

25. Se tiver de contratar pessoal por tempo determinado para prestar assistência em situações de calamidade
pública, a administração pública federal, estadual, distrital ou municipal poderá fazê-lo mediante processo
seletivo simplificado, pois estará caracterizada a necessidade temporária de excepcional interesse público.
26. Os cargos em comissão e as funções de confiança relacionam-se exclusivamente às atribuições de direção,
chefia e assessoramento.

CESPE/Analista Administrativo/STJ/2015
Em relação aos agentes públicos, julgue os próximos itens.

27. Os servidores públicos gozam de todos os direitos sociais previstos no texto constitucional para os trabalhadores
da iniciativa privada.
28. O diploma ou habilitação legal exigido para o exercício do cargo deve ser apresentado pelo candidato no ato de
inscrição do concurso público pleiteado.
29. No que se refere ao exame psicotécnico, além de previsão legal, são exigidos mais três requisitos para que seja
válida a sua exigência em certames públicos: ser pautado em critérios objetivos e científicos, ser compatível com
as atribuições normais do cargo e ser ofertado direito de recurso na via administrativa.

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Analista Administrativo/STJ/2015
A respeito da organização administrativa do Estado, julgue o item a seguir.

30. Os agentes putativos são aqueles que praticam e executam atos e atividades em situações de emergência e em
colaboração com o poder público como se fossem agentes estatais.

CESPE /Técnico/TCDF/2014
No que se refere aos agentes públicos, julgue os seguintes itens.

31. Considere que determinada autarquia do DF tenha sido extinta, que seus servidores estáveis tenham sido
colocados em disponibilidade e, posteriormente, tenham reingressado no serviço público do DF em cargos de
atribuições e vencimentos compatíveis com os que antes ocupavam e percebiam. Nessa situação hipotética,
configura-se reingresso por aproveitamento.
32. Em obediência ao princípio da soberania nacional, os estrangeiros somente poderão ocupar funções públicas de
caráter transitório e sem vínculo estatutário.

CESPE/Técnico/TCDF/2014
Acerca da administração pública, julgue o item subsequente.

33. A CF prevê expressamente que o subsídio dos parlamentares federais e do presidente da República seja igual
ao dos ministros do STF, previsão essa que atende ao princípio da moralidade.

CESPE/Técnico/TCDF/2014
À luz das normas constitucionais e da jurisprudência do STF, julgue os seguintes itens.

34. Conforme jurisprudência do STF, em respeito ao princípio da isonomia, a administração pública não pode
remarcar a data de realização de teste de aptidão física de candidato impossibilitado, em virtude de problema
temporário de saúde certificado por atestado médico, de realizá-lo na data previamente agendada, caso o edital
do certame expressamente proíba a remarcação.
35. Cidadão português que legalmente adquira a nacionalidade brasileira não poderá exercer cargo da carreira
diplomática, mas não estará impedido de exercer o cargo de ministro de Estado das Relações Exteriores.

CESPE/Agente Administrativo/PF/2014
A respeito da organização político-administrativa brasileira, da administração pública e do Poder Executivo, julgue
o item subsequente.

36. De acordo com a CF, a prática de ato de improbidade administrativa por agente público implica a perda da
função pública e a suspensão dos direitos políticos, sem prejuízo da ação penal cabível.

CESPE/Técnico/ANATEL/2014
Julgue os itens seguintes, referentes aos agentes públicos.

37. Para que seja admitida a realização de exame psicotécnico em concurso público, basta que haja previsão no
edital, com a definição de critérios objetivos e a possibilidade de recurso.
38. Em um concurso público que requeira investigação social como uma de suas fases, a existência de inquérito
policial instaurado contra o candidato não tem, por si só, o poder de eliminá-lo do certame.

CESPE/Agente/PF/2014
No que se refere a organização administrativa e a agentes públicos, julgue os itens a seguir.

39. Conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal, se determinado concurso público destinar-se ao
provimento de duas vagas, não será possível que uma dessas vagas seja destinada exclusivamente a pessoa
portadora de necessidades especiais.
40. O cargo de dirigente de empresa pública e de sociedade de economia mista é regido pela Consolidação das Leis
do Trabalho (CLT).

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Auditor Fiscal do Trabalho//2013


No que se refere aos direitos e deveres do servidor publico, julgue o item seguinte.

41. Considere a seguinte situação hipotética. A administração publica reajustou o vencimento de um servidor publico,
interpretando equivocadamente determinada lei, circunstancia que implicou pagamento indevido a esse servidor.
Ao constatar o erro, a administração anulou o ato. Nessa situação hipotética, segundo entendimento do STJ, os
valores indevidamente pagos deverão ser descontados do servidor publico, presumindo-se a sua má-fé quanto
ao recebimento das quantias.

CESPE/Superior Específico/Min. Comunicações/2013


Julgue os itens subsecutivos, a respeito dos agentes administrativos.

42. De acordo com o entendimento do STF, é válida portaria ou decreto que defina ou altere atribuições de cargos
públicos.
43. O regime jurídico dos agentes públicos contratados por tempo determinado é celetista, logo esses agentes são
considerados empregados públicos.
44. Um artista consagrado contratado para representar o Brasil em um congresso internacional é um agente
credenciado, que é também considerado funcionário público para fins penais.

CESPE/Superior Específico/Min. Comunicações/2013


Julgue o item que se segue.

45. Segundo entendimento do STF, os empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, admitidos por
concurso público, não gozam da estabilidade conferida após três anos de efetivo exercício, preconizada pela CF,
mas sua demissão deve ser sempre motivada.

CESPE/Superior Específico/Min. Comunicações/2013


Julgue os itens subsequentes, relativos a servidores públicos.

46. A administração pública não pode exigir a devolução ao erário dos valores recebidos de boa-fé pelo servidor
público, quando estes tiverem sido pagos indevidamente em função de errônea interpretação ou má aplicação da
lei.

CESPE/Superior Específico/Min. Comunicações/2013


A respeito de concurso público, julgue o item abaixo.

47. Caso determinado candidato venha a ser aprovado dentro do número de vagas anunciado pelo edital do
concurso, preenchendo os demais requisitos exigidos, terá mera expectativa de direito à nomeação, não sendo a
administração pública obrigada a nomeá-lo.

CESPE/Básico Superior/Min. Comunicações/2013


No que concerne aos agentes administrativos, julgue os itens subsecutivos.

48. Segundo entendimento do STF, será constitucional lei estadual que permita o recrutamento de agentes
administrativos, também denominados servidores públicos, pelo regime especial temporário, não sendo
necessária motivação quanto à real necessidade temporária das funções a serem exercidas.

CESPE/Básico Superior/Min. Comunicações/2013


Julgue os itens que se seguem, relativos aos servidores públicos.

49. Todos os direitos sociais previstos para os trabalhadores urbanos ou rurais são extensíveis aos servidores
públicos da administração pública federal.
50. As ações de ressarcimento decorrentes de ilícitos praticados por qualquer agente, servidor ou não, que causem
prejuízos ao erário serão imprescritíveis.

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Nível Supeiror/DPU/2015
Com base nas disposições da Lei n.º 8.112/1990, julgue os seguintes itens.

51. Situação hipotética: Cláudio, servidor público federal, foi demitido após ter respondido a processo administrativo
pela suposta prática de ato de improbidade administrativa. Inconformado, Cláudio ingressou com ação judicial e
conseguiu anular a demissão, tendo sido reinvestido no cargo. Assertiva: Nesse caso, a reinvestidura de Cláudio
no cargo público se dará por meio da reversão.
52. O cargo público, definido como o conjunto de atribuições e responsabilidades incumbidas ao servidor, é criado
por lei para provimento em caráter efetivo ou em comissão.
53. Situação hipotética: Giorgio, de quarenta anos de idade, é cidadão italiano e não tem nacionalidade brasileira. Foi
aprovado, dentro do número de vagas, em concurso público para prover cargo do professor de ensino superior
de determinada universidade federal, tem o nível de escolaridade exigido para o cargo e aptidão física e mental.
Assertiva: Nessa situação, por não ter a nacionalidade brasileira, Giorgio não poderá tomar posse no referido
cargo.
54. Ascensão e reintegração são formas de provimento de cargo público.

CESPE/Analista/DPU/2015
Em relação aos serviços públicos e ao disposto na Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens seguintes.

55. A investidura em cargo público em comissão ocorre com a nomeação e independe de prévia habilitação em
concurso público.

CESPE/Técnico Administrativo/MPU/2015
Em cada um dos próximos itens, é apresentada uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada
com base no que dispõe a Lei n.º 8.112/1990.

56. Um servidor público federal inativo praticou, quando em atividade, conduta punível com a penalidade de
demissão. Nessa situação, ao final do devido procedimento de apuração, se for confirmada a responsabilidade
do servidor, deverá ser cassada a sua aposentadoria.
57. João, servidor público federal, atuou, junto à repartição pública competente, como intermediário da concessão de
determinado benefício previdenciário do qual o seu pai figura como titular. Nessa situação, conforme o disposto
na Lei n.º 8.112/1990, João praticou conduta vedada pela norma regente.

CESPE/Técnico Superior/ENAP/2015
Com relação aos institutos da promoção e da substituição e à responsabilização do servidor, julgue os itens que
se seguem.

58. O servidor efetivo que for investido em função de chefia deverá ter como substituto o servidor indicado no
regimento interno do órgão ou entidade, ou, no caso de omissão, aquele que for previamente designado por seu
dirigente máximo.
59. A promoção representa o deslocamento do servidor de uma classe inferior para outra classe superior dentro da
mesma carreira, razão por que não pode ser considerada forma de provimento.

CESPE/Analista Administrativo/STJ/2015
Julgue o item a seguir, referente ao direito administrativo.

60. A recondução é o retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado em decorrência de inabilitação em
estágio probatório relativo a outro cargo.

CESPE/Analista/TRE-GO/2015
Pedro, servidor de um órgão da administração pública, foi informado por seu chefe da possibilidade de ser
removido por ato de ofício para outra cidade, onde ele passaria a exercer suas funções. Nessa situação hipotética,
considerando as regras dispostas na Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens subsequentes.

61. Se for removido, Pedro terá direito a receber ajuda de custo correspondente ao valor efetivamente gasto no
deslocamento, seu e de sua família, que inclui despesa com passagem, bagagem e bens pessoais.
6

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Analista/TRE-GO/2015
A respeito da Lei n.º 8.112/1990, cada um dos próximos itens apresenta uma situação hipotética, seguida de uma
assertiva a ser julgada.

62. Um processo administrativo disciplinar instaurado para apurar possíveis irregularidades cometidas por um
servidor público federal revelou o desvio de verbas públicas. Nessa situação, o eventual ajuizamento da ação
penal não extinguirá o procedimento administrativo contra o servidor.
63. Alice, aprovada em concurso público para o cargo de técnico administrativo de um TRE, precisa acompanhar
cirurgia de ente familiar que ocorrerá no mesmo dia em que foi marcada sua posse. Nessa situação, Alice poderá
nomear, por procuração específica, alguém que a represente no ato da posse.
64. Em razão de uma reforma administrativa realizada no âmbito do Poder Judiciário, os cargos ocupados por alguns
servidores estáveis de determinado TRE foram extintos, e esses servidores foram colocados em disponibilidade.
Nessa situação, o retorno dos servidores à atividade pública poderá dar-se por recondução, caso em que eles
passarão a ocupar cargos de atribuições e vencimentos compatíveis com os anteriormente ocupados.
65. Paulo, técnico judiciário em exercício na capital do estado de jurisdição de um TRE, pediu sua remoção para
outra cidade, na mesma jurisdição desse tribunal. Nessa situação, se for removido, Paulo não terá direito a ajuda
de custo.

CESPE/Técnico Legislativo/Câmara dos Deputados/2014


Julgue os seguintes itens, referentes ao regime jurídico dos servidores públicos federais.

66. Um cidadão aprovado no cargo de técnico legislativo da Câmara dos Deputados que não possa comparecer à
sua posse por motivos de foro pessoal poderá tomar posse mediante procuração específica.
67. Servidor técnico legislativo da Câmara dos Deputados em gozo de licença para tratar de interesses particulares
poderá participar da gerência de sociedade privada, sendo-lhe vedado apenas o exercício de atos de comércio.
68. Considere que determinada autoridade tenha instaurado processo disciplinar para apurar denúncia que relata o
cometimento de irregularidades por servidor lotado no setor sob sua responsabilidade. Nessa situação, como
medida cautelar e a fim de evitar que o servidor denunciado influa na apuração, a autoridade poderá afastá-lo do
exercício do cargo durante todo o curso do processo, sem prejuízo de sua remuneração.
69. Os cargos de confiança vagos só poderão ser preenchidos, ainda que de forma interina, mediante o instituto
jurídico da nomeação.

CESPE/Técnico Administrativo/ICMBio/2014
No que concerne ao regime jurídico dos servidores públicos civis federais, julgue os seguintes itens.

70. A licença para capacitação tem natureza discricionária, é remunerada e pode ser solicitada mesmo durante o
período de estágio probatório.
71. A Lei n.º 8.112/1990 se aplica a todos os indivíduos que trabalham no serviço público federal, incluindo os
servidores da administração federal, os militares e os empregados públicos.
72. É obrigatória a realização de concurso público para provimento de cargo efetivo na administração direta ou
indireta.
73. De acordo com a Lei n.º 8.112/1990, a demissão não é aplicável aos ocupantes de cargos em comissão.
74. A aposentadoria compulsória, imposta ao servidor que completa setenta anos de idade, garante ao servidor
proventos proporcionais ao seu tempo de contribuição.

CESPE/Analista Administrativo/ICMBio/2014
Julgue os itens que se seguem, com base nas disposições da Lei n.º 8.112/1990.

75. Caso um analista do ICMBio tenha sido nomeado para determinado cargo em comissão no próprio instituto, não
poderá ser nomeado, mesmo interinamente, para outro cargo de confiança.
76. Considere que Pedro, técnico judiciário de um tribunal de justiça, tenha tomado posse no cargo de analista do
ICMBio em 2011 e se aposentado voluntariamente, aos sessenta anos de idade, em 2012. Nessa situação
hipotética, se Pedro requerer sua reversão ao instituto em 2014, ainda que haja cargo vago e interesse da
administração, sua solicitação deverá ser indeferida.

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Auxiliar em Administração/FUB/2016
Em conformidade com a Lei n.º 8.112/1990 e suas alterações, julgue os itens que se seguem.

77. O valor referente ao pagamento de ajuda de custo, diárias, transporte e auxílio-moradia incorpora-se ao
vencimento do servidor público para todos os efeitos.
78. É lícito ao servidor público requerer licença por motivo de doença do seu enteado, desde que este conste de seu
assentamento funcional, mediante comprovação por perícia médica oficial.
79. Sem qualquer prejuízo, o servidor público poderá se afastar do serviço por oito dias consecutivos em razão de
licença gala e licença nojo.
80. O servidor público, mediante prévia autorização do chefe imediato, pode ausentar-se do serviço durante o
expediente.
81. O servidor público, fora do serviço, poderá emprestar dinheiro a outrem e cobrar-lhe juros superiores a 15% ao
ano.

CESPE/Auxiliar em Administração/FUB/2016
Cláudio, servidor público federal lotado na capital federal, pediu remoção para o estado de São Paulo. O pedido
foi deferido pelo órgão ao qual ele pertence. Imediatamente, Cíntia, sua esposa, também servidora pública federal lotada
em Brasília, solicitou remoção para acompanhar o cônjuge. O pedido de Cíntia foi negado. Quinze dias depois da data de
ciência da decisão, Cíntia apresentou recurso, que não foi conhecido, por ter sido apresentado fora do prazo. Diante
disso, Cíntia, sem prévia autorização do chefe imediato, se ausentou do serviço durante o expediente para auxiliar na
mudança de Cláudio. Considerando essa situação hipotética, julgue o item que se segue com fundamento na Lei n.º
8.112/1990 — Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União — e na Lei n.º 9.784/1999, que dispõe sobre o
processo administrativo na administração pública federal.

82. A administração pública agiu corretamente ao indeferir o pedido de remoção para acompanhar o cônjuge
formulado por Cíntia, uma vez que Cláudio foi removido no seu interesse, e não no interesse da administração.
83. Por ter se ausentado do serviço durante o expediente e sem prévia autorização do chefe imediato, Cíntia está
sujeita à penalidade de demissão.

CESPE/Assistente em TI/FUB/2016
Com base nas disposições da Lei n.º 8.112/1990, julgue o item seguinte, a respeito de provimento de vagas no
serviço público e direitos e vantagens do servidor público.

84. Ajuda de custo, diárias, transporte e auxílio-moradia constituem indenizações ao servidor.

CESPE/Técnico do Seguro Social/INSS/2016


Julgue os itens subsecutivos conforme o disposto na Lei n.º 8.112/1990.

85. Como medida que contribui para a melhoria da qualidade de vida do servidor público, é-lhe facultado optar pela
acumulação de períodos de licença-capacitação, caso não seja possível usufruí-los após cada período aquisitivo.
86. Em conformidade com a Lei n.º 8.112/1990, o servidor público poderá ser afastado do Brasil para missão oficial
por tempo indeterminado.

CESPE/Nível Supeiror/DPU/2015
Com base nas disposições da Lei n.º 8.112/1990, que trata do regime jurídico dos servidores públicos federais,
julgue os itens a seguir.

87. Além do vencimento, poderão ser pagos ao servidor indenizações, gratificações e adicionais, vantagens que
serão incorporadas ao seu vencimento.
88. Situação hipotética: Carlos trabalha em atividade considerada insalubre e perigosa e faz jus ao recebimento dos
adicionais de insalubridade e de periculosidade. Assertiva: Nesse caso, Carlos deverá optar por um deles, sendo-
lhe vedado acumular os dois adicionais.
89. O tempo de serviço público prestado a estado, a município ou ao Distrito Federal será contado, para todos os
efeitos, no âmbito federal.
90. Caso o servidor público tenha causado danos ao poder público, a obrigação de reparar tais danos estende-se
aos seus sucessores e contra eles será executada, até o limite do valor da herança recebida.
91. Somente nos casos previstos em lei poderá haver a prestação gratuita de serviços ao poder público.
8

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

92. Em face da garantia da estabilidade, o servidor público estável só perderá o cargo por força de decisão judicial.

CESPE/Analista/TRE-GO/2015
Acerca do regime jurídico dos servidores públicos civis da União, cada um dos próximos itens apresenta uma
situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada.

93. Joaquim, analista judiciário do TRE/GO, solicitou licença por motivo de doença em pessoa da família em razão
do quadro clínico de saúde de sua sobrinha. Nessa situação, é possível a concessão da referida licença ao
servidor.
94. Caio, analista judiciário do TRE/GO, está em gozo de licença para tratar de interesses particulares. Nessa
situação, a referida licença pode ser interrompida, a qualquer tempo, se for de interesse do tribunal.
95. Flávia, analista judiciária do TRE/GO, acumula licitamente o cargo de analista e um cargo de professora na rede
pública de ensino em Goiânia. Por sua competência, foi convidada a ocupar cargo em comissão no governo
estadual de Goiás. Nesse caso, para ocupar o cargo em comissão, Flávia deve afastar-se dos dois cargos
efetivos.
96. Luana, analista judiciária do TRE/GO, tem procedido de forma desidiosa no exercício de suas atribuições. Nessa
situação, Luana comete transgressão disciplinar e está sujeita à pena de demissão do serviço público.
97. O TRE/GO recebeu denúncias sobre supostas irregularidades praticadas por José, um de seus analistas
judiciários. Nessa situação, ainda que os atos atribuídos a José não configurem evidente infração disciplinar ou
ilícito penal, a autoridade responsável do tribunal deve determinar a instauração de processo administrativo
disciplinar.
98. Ana, que está em licença por afastamento de seu marido, e Júlio, que está de férias, são servidores do TRE/GO
e foram nomeados para ocupar cargos na administração pública federal. Nessa situação, as posses dos dois
servidores em seus novos cargos devem ocorrer no prazo de trinta dias contados da publicação dos respectivos
atos de provimento nos cargos.
99. Pedro, analista judiciário, tomou posse no TRE/GO em 10/10/2011; Gilson, outro analista do tribunal, que havia
sido demitido do serviço público, foi reintegrado ao cargo, já ocupado por Pedro, em dezembro de 2014. Nessa
situação, o cargo deve passar a ser novamente ocupado por Gilson, e Pedro deve ser redistribuído.

CESPE/Analista Administrativo/ANATEL/2014
No que diz respeito aos direitos e deveres do servidor público, previstos na Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens
subsecutivos.

100. Licenças para tratamento de assuntos particulares poderão ser concedidas, por discricionariedade da
administração pública, a servidor ocupante de cargo efetivo, ainda que esteja cumprindo o estágio probatório,
pelo prazo de até três anos consecutivos, desde que sem remuneração.

CESPE/Analista Administrativo/MJ/2013
Acerca dos agentes públicos, julgue os itens que se seguem.

101. Conforme decisão recente do STJ, o adicional noturno previsto na Lei n.º 8.112/1990 será devido ao servidor
público federal que preste serviço em horário compreendido entre 22 horas de um dia e 5 horas do dia seguinte.
Entretanto, esse adicional não será devido se o serviço for prestado em regime de plantão.
102. Se um servidor público federal tiver realizado despesas com a utilização de meio próprio de locomoção para a
execução de serviços externos por força das atribuições próprias do cargo, ele terá direito ao recebimento de
indenização de transporte, que se incorporará ao seu vencimento.

CESPE/Agente Penitenciário/DEPEN/2015
Julgue os próximos itens no Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União.

103. SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: Lucas, servidor público, por não ter conseguido finalizar o trabalho durante o
expediente, levou para casa livros e documentos relacionados a um processo sigiloso que estava analisando. A
fim de comunicar o fato a seu superior, Lucas escreveu-lhe um bilhete informando o ocorrido. ASSERTIVA:
Nessa situação, Lucas poderá sofrer penalidade administrativa, ainda que sua intenção tenha sido a de terminar
o trabalho em tempo hábil.
104. Um servidor público que, após ser punido com advertência, integralizar três anos de efetivo exercício sem nova
punição disciplinar será beneficiado com o cancelamento do registro de sua punição, e tal cancelamento terá
9

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

efeito retroativo para fins de progressão na carreira.

CESPE/Nível Supeiror/DPU/2015
Ainda com base no disposto na Lei n.º 8.112/1990 e na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue os próximos
itens.

105. Com referência ao servidor público federal, a responsabilidade administrativa e a penal são independentes entre
si, podendo cumular-se, salvo no caso de absolvição criminal que negue a ocorrência do fato ou a sua autoria.
106. A inassiduidade habitual será apurada mediante procedimento sumário, cabendo, nesse caso, a penalidade de
remoção ou de advertência.
107. O servidor que for nomeado para cargo de provimento efetivo será submetido, após entrar em exercício, a
estágio probatório de três anos, no qual será avaliado com base na assiduidade, disciplina, capacidade de
iniciativa, produtividade e responsabilidade.
108. Servidor do Instituto Nacional do Seguro Social que agir como procurador de seu cônjuge na obtenção de
benefício previdenciário violará proibição estabelecida no regime disciplinar dos servidores públicos federais.
109. É permitido o exercício de mais de um cargo em comissão, desde que seja na condição de interino.

CESPE/Analista Administrativo/ICMBio/2014
Acerca do regime dos servidores públicos federais, julgue os itens:

110. O servidor em exercício nomeado para cargo de provimento efetivo está sujeito a estágio probatório pelo período
de três anos, durante o qual serão avaliadas sua aptidão e sua capacidade para o desempenho do cargo,
observando, entre outros fatores, a assiduidade e a responsabilidade a fim de adquirir estabilidade.
111. O servidor beneficiado por afastamento para realizar programa de mestrado ou de doutorado no país deverá
permanecer no exercício de suas funções após seu retorno por período igual ao do afastamento concedido,
ficando impedido de solicitar exoneração ou aposentadoria antes de cumprido o período de permanência no
exercício de sua função.
112. A demissão, espécie de penalidade disciplinar, será aplicada ao servidor, assegurado o contraditório e a ampla
defesa prévios, quando houver, entre outros casos, crime contra a administração pública, abandono de cargo,
corrupção e insubordinação grave em serviço.

CESPE/Agente Penitenciário/DEPEN/2015
Com base na Lei n.º 8.112/1990, julgue os próximos itens.

113. Qualquer servidor público está obrigado a manter conduta compatível com a moralidade administrativa e a
cumprir as ordens superiores, à exceção das que sejam manifestamente ilegais.
114. O servidor deve responder em âmbito civil, penal e administrativo pelas irregularidades por ele cometidas durante
o exercício de sua função.
115. O prazo para a conclusão de um processo disciplinar é de cento e vinte dias, contados a partir da constituição da
comissão julgadora, admitida a prorrogação por igual prazo, quando as circunstâncias o exigirem.
116. Qualquer cidadão pode denunciar uma irregularidade cometida por servidor público, desde que a denúncia
contenha identificação e endereço do denunciante e seja formulada por escrito.
117. Para que possa tomar posse em cargo público e exercer as funções a ele referentes, o agente público deve
declarar seu patrimônio privado.

CESPE/Técnico Administrativo/MPU/2015
Acerca de deveres, proibições e penalidades previstos na Lei n.º 8.112/1990, julgue o item subsecutivo.

118. Atrasos constantes no cumprimento da jornada de trabalho podem caracterizar conduta desidiosa, procedimento
que, de acordo com o estatuto dos servidores públicos civis da União, pode resultar em demissão.

CESPE/Superior/ENAP/2015
Tendo como referência as disposições da Lei n.º 8.112/1990, julgue o próximo item.

119. Ao servidor público que recusar fé a documentos públicos será aplicada a penalidade de advertência.

10

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

CESPE/Analista Administrativo/ANATEL/2014
No que diz respeito aos direitos e deveres do servidor público, previstos na Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens
subsecutivos.

120. Durante o período de apuração dos deveres inerentes ao cargo do servidor, as sanções administrativas
decorrentes do processo disciplinar poderão cumular-se com as sanções penais, sendo afastada, entretanto, a
responsabilidade administrativa do servidor no caso de absolvição criminal.

CESPE/Administrador/PF/2014
Julgue o item subsecutivo, relativo aos agentes públicos.

121. No processo administrativo disciplinar, a não intimação dos indiciados para que possam rebater os relatórios
finais das comissões processantes não constitui violação ao contraditório.

CESPE/Agente Administrativo/MDIC/2014
No que se refere aos agentes públicos , julgue o item que se segue.

122. Considere que um servidor vinculado à administração unicamente por cargo em comissão cometa uma infração
para a qual a Lei n.º 8.112/1990 preveja a sanção de suspensão. Nesse caso, se comprovadas a autoria e a
materialidade da irregularidade, o servidor sofrerá a penalidade de destituição do cargo em comissão.

CESPE/Analista de Negócio/MPOG/2013
Tendo como referência a Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens subsecutivos.

123. O funcionário do Ministério do Planejamento deverá manifestar claramente, na sua seção, a sua discordância e
seu desapreço aos atos que julgue equivocados e tenham sido desenvolvidos pelas chefias do órgão.

CESPE/Superior Específico/Min. Comunicações/2013


Com referência aos agentes administrativos, julgue os itens subsequentes.

124. É um dever do servidor guardar sigilo acerca de um assunto referente à sua repartição.
125. Se um servidor estiver respondendo a um processo administrativo disciplinar e estiver sujeito a uma diversidade
de sanções, o julgamento caberá à autoridade competente para impor a pena mais grave.
126. Um dos fundamentos aptos a ensejar a revisão do processo disciplinar é a alegação e a demonstração da
injustiça na aplicação da pena.

CESPE/Analista Administrativo/ANS/2013
Mediante portaria ministerial, um ministro de Estado determinou a demissão de um funcionário do cargo de
servidor público, com restrição do seu retorno ao serviço público federal, devido ao fato de este ter praticado ato de
improbidade administrativa e ter-se valido do cargo para lograr proveito pessoal.
Com base nessa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

127. A desinvestidura, forçada ou voluntária, afasta o dever da autoridade pública de apurar supostos ilícitos
administrativos cometidos por aquele que já foi investido no cargo público e não o é mais, quer por sponte
própria, quer por força do poder disciplinar exercido pelo Estado-administração.
128. O fato de a Administração Pública ter lançado mão de dados de ação penal instaurada para apurar as condutas
do servidor configura segunda punição baseada no mesmo processo.
129. Não gera nulidade do ato administrativo o fato de o servidor processado, apesar de intimado, não se fazer
acompanhar por advogado no momento do seu interrogatório.

CESPE/Nível Superior/MS/2013
Com fundamento na lei que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias
e das fundações públicas federais, julgue o item abaixo.
130. Considere que a administração pública tenha afastado um servidor público do exercício de função pública, a
despeito de este ter sido absolvido criminalmente por ausência de provas. Nessa situação, configura-se ofensa à
legislação de regência, visto que a responsabilidade administrativa do servidor deve ser afastada em caso de
absolvição criminal.
11

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

131.
GRUPO
132. DE ESTUDOS - POLÍCIA FEDERAL - DIR. ADMINISTRATIVO
133. 2ª ETAPA - GABARITO
134.

Número Gabarito Fundamentos e Comentários


Conforme classificação doutrinária contemporânea de Agentes Públicos, a exemplo
01 Certo de Maria Sylvia Zanella Di Pietro.
São citados pela doutrina acima referida como "militares", simplesmente. Uma das
02 Errado categorias de Agentes Públicos. Onde estão inseridas as Formas Armadas e as
Forças Auxiliares (Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar).
Existem outras duas hipóteses. Avaliação periódica de desempenho (art. 41, §1º, III)
03 Errado e em decorrência de excesso de gastos com pessoal (art. 169, §4º). Todos os
dispositivos da CR/88.
Tais agentes não se enquadram nas características dos Agentes Políticos, são
04 Errado servidores que ocupam cargos de natureza especial.
Não se adquire estabilidade na titularidade dos cargos em comissão, na forma do
05 Errado art. 41, da CR/88, que prevê tal garantia apenas para os titulares de cargos efetivos.
06 Certo Conforme autorizado no art. 84, VI, b), da CR/88.

07 Certo Conforme art. 40, §13, da CR/88.

08 Errado Vedação prevista no art. 37, XVII, da CR/88.


Não existe possibilidade de prorrogação nos moldes apontados no enunciado,
09 Errado conforme art. 37, III, da CR/88.
O direito de greve é direito constitucionalmente previsto no art. 37, VII, da CR/88, a
ser exercido na forma de lei específica. Na ausência da lei, o STF sustenta o
10 Errado exercício do direito com a aplicação da legislação de greve do regime trabalhista,
naquilo que couber, até o advento da lei específica para os servidores estatutários.
11 Certo Na forma do art. 40 e seu §13, da CR/88.
Na forma do art. 37, V, da CR/88. O vínculo precário nos cargos em comissão traduz
12 Certo a ideia de que não há garantia de permanência na titularidade do cargo. E também
não é possível precisar quanto tempo o vínculo com o cargo irá durar.
Abordagem adequada sobre a forma de realização de um concurso de provas e
13 Certo títulos.
14 Certo Visão jurisprudencial pacífica sobre o tema.
Função Pública é gênero, considerando um conjunto de atribuições destinadas à
15 Errado satisfação do interesse público, exercida por um "agente público".
A Cespe considerou correto. Mas devemos presumir que a vitaliciedade já teria
16 Certo sido adquirida pelo titular. Ou seja, o titular já teria ultrapassado eventual período
de vitaliciamente, de 02 anos.
17 Certo Conforme regra prevista no art. 37, II, da CR/88.
O direito de greve é direito constitucionalmente previsto no art. 37, VII, da CR/88, a
ser exercido na forma de lei específica. Na ausência da lei, o STF sustenta o
18 Errado exercício do direito com a disciplina da legislação de greve do regime trabalhista,
naquilo que couber, até o advento da lei específica para os servidores estatutários.
Denominado de Agente Honorífico (Hely Lopes Meirelles), ou Particular em
19 Certo Colaboração com o Poder Público (Maria Sylvia Zanella Di Pietro).
20 Certo Exemplo pacífico de Agente Político (Auxiliares diretos dos Chefes do Executivo).

12

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

Número Gabarito Fundamentos e Comentários


Tais profissionais são agentes públicos em sentido amplo, da categoria dos
21 Certo agentes delegados, ou particulares em colaboração com o poder público, a
depender a linha doutrinária.
Existem agentes políticos que não são eleitos, como é o caso dos auxiliares diretos
22 Errado dos chefes do executivo: Ministros e Secretários Estaduais e Municipais.
Os notários (titulares de cartórios de notas) são agentes públicos da categoria dos
agentes delegados, ou particulares em colaboração com o Poder Público. Apesar
23 Errado de a delegação ser conferida mediante prévio concurso público, não se pode falar
em estabilidade e aposentadoria compulsória.
24 Certo Exemplos pacíficos de Agentes Políticos na doutrina.
Contratação admitida no art. 37, IX, da CR/88, por intermédio de contrato
25 Certo administrativo, na forma de lei específica de cada entre da federação.
26 Certo Conforme expressamente estabelecido no art. 37, V, da CR/88.

27 Errado Conforme descrito no art. 39,§3º, da CR/88.


Tal exigência se aplica ao momento da posse, na forma da melhor doutrina e
28 Errado jurisprudência.
29 Certo Jurisprudência do STJ sobre o tema.
Agentes putativos são aqueles que exercem função pública sem estar regularmente
investido nela, apesar da aparência de regularidade. O poder público reconhece
seus atos e por eles se responsabiliza. As características apontadas no enunciado
30 Errado são adequadas ao que a doutrina denomina de "gestores de negócios", espécie de
particulares em colaboração com o poder público, também chamados de "agente
necessários".
Genericamente esse retorno é denominado de reingresso, cujo termo específico de
31 Certo provimento seria o "aproveitamento". Conforme art. 41, §3º, da CR/88.
A investidura de estrangeiros em cargos públicos se dará na forma da lei, de
32 Errado acordo com o previsto no art. 37, I, da CR/88.
Não existe tal vinculação no texto constitucional. Na verdade, o Subsídio dos
33 Errado Ministros do STF é o teto, mas não necessariamente igual ao dos parlamentares e
do presidente da república, na forma do art. 37, XI, da CR/88.
Entendimento jurisprudencial (STF e STJ) sobre o tema, para preservar a isonomia
34 Certo entre os candidatos.
35 Certo Aplicação literal da restrição prevista no art. 12, §3º, da CR/88.

36 Certo Conforme previsto no art. 37, §4º, da CR/88.


A realização do exame psicotécnico depende de previsão em lei e no edital
37 Errado respectivo.
Jurisprudência do STF sobre o tema, visa preservar o princípio da presunção de
38 Certo inocência.
Majoração indevida dos percentuais estabelecidos. Pela Lei nº 8.112/90, temos um
39 Certo limite de até 20% das vagas. Assim, somente um concurso com 5 vagas poderia
destinar uma para deficiente.
Dirigente de empresa estatal tem vinculo próprio, de acordo com os atos
40 Errado constitutivos da empresa, celebrando contrato de natureza diferenciada dos demais
empregados públicos.
Não existe presunção de má fé nestes casos. O dever de restituir depende da
41 Errado demonstração da má fé do servidor beneficiado.

13

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

Número Gabarito Fundamentos e Comentários


42 Errado Tais aspectos dependem de previsão em Lei.
O regime dos temporários, referido no art. 37, IX, da CR/88, decorre de lei
43 Errado específica, com celebração de contrato administrativo. É denominado de 3º Regime
ou Regime Especial.
Conforme a doutrina sobre agentes públicos, na categoria dos agentes
44 Certo credenciados.
Os titulares de emprego público não gozam de estabilidade formal, mas sua
45 Certo eventual demissão demanda motivação, a luz do interesse público.
46 Certo Conforme comentário da questão 41.
A regra é que, no caso de classificação dentro no número de vagas prevista no
Edital, exista direito subjetivo à nomeação. Salvo situações supervenientes ao
47 Errado concurso, excepcionais, a partir das quais o Poder Público possa justificar a não
nomeação, como em casos de decretação de calamidade pública.
Segundo a citada jurisprudência, a regularidade da contratação temporária
48 Errado depende de justificativa do excepcional interesse público, conforme art. 37, IX, da
CF/88.
49 Errado Conforme descrito no art. 39,§3º, da CR/88.

50 Certo Na forma do art. 37, §5º, da CR/88.

51 Errado Na hipótese aplica-se a reintegração, na forma do art. 28, da Lei nº 8.112/90.

52 Certo Na forma do art. 3º, da Lei nº 8.112/90.

53 Errado Tal investidura é admitida pela Estatuto Federal, na forma de seu art. 5º, §3º.

54 Errado A Ascensão não é hipótese de provimento, na forma do art. 8º, da Lei nº 8.112/90.
A investidura ocorre com a posse, na forma do art. 7º da Lei nº 8.112/90.,
55 Errado independente da natureza do cargo.
56 Certo Conforme previsto no art. 134, combinado com art. 146, da Lei nº 8.112/90.

57 Errado Tal conduta é autorizada, na forma do art. 117, XI, da Lei nº 8.112/90.

58 Certo Na forma do art. 28, da Lei nº 8.112/90.


A promoção é forma de provimento prevista expressamente no art. 8º, da Lei nº
59 Errado 8.112/90.
60 Certo Conforme previsto no art. 29, I, da Lei nº 8.112/90.
A ajuda de custo é limitada até 03 remunerações, na forma de regulamento,
61 Errado conforme art. 54, da Lei nº 8.112/90.
As instâncias de responsabilização são autônomas, na forma do art. 125, da Lei nº
62 Certo 8.112/90.
63 Certo Prática autorizada no art. 13, §3º, da Lei nº 8.112/90.

64 Errado Trata-se de caso de aproveitamento, na forma do art. 30, da Lei nº 8.112/90.


Remoção à pedido não gera direito ao recebimento de ajuda de custo, na forma do
65 Certo art. 53, §3º, da Lei nº 8.112/90.
66 Certo Prática autorizada no art. 13, §3º, da Lei nº 8.112/90.
Não há restrições também ao exercício dos atos de comércio, na forma do art. 117,
67 Errado X e seu §único, II, da Lei nº 8.112/90.

14

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

Número Gabarito Fundamentos e Comentários


O prazo é limitado a 60 dias, prorrogável por igual período, na forma do art. 147,
68 Errado com destaque para o §único, da Lei nº 8.112/90.
69 Certo Na forma do art. 9º, §único, da Lei nº 8.112/90.

70 Errado Na forma do art. 87, da Lei nº 8.112/90.


Aplicação somente aos servidores titulares de cargos públicos, na forma do art. 2º
71 Errado e 3º, da Lei nº 8.112/90.
72 Certo Como se observa no art. 10, da Lei nº 8.112/90.
Pode ser aplicada aos ocupantes de cargo em comissão que possuem cargo
73 Errado efetivo, na interpretação conjunta dos artigos 135 e 132, da Lei nº 8.112/90.
Todas as espécies de aposentadoria, em regra, levam em conta o tempo de
contribuição para fixação do valor dos proventos. Lembrando que a CF/88 foi
74 Certo alterada e admite que uma Lei Complementar estenda para 75 anos a idade da
aposentadoria compulsória, o que foi implementado pela LC nº 152/15.
75 Errado Tal medida é autorizada no art. 9º, §único, da Lei nº 8.112/90.
A reversão seria possível, com aplicação do disposto no art. 25, II, da Lei nº
76 Certo 8.112/90.
77 Errado Na forma do art. 49, §1º, da Lei nº 8.112/90.

78 Certo Na forma do art. 83, da Lei nº 8.112/90.


Licença Gala (Casamento), Licença Nojo (Falecimento). Enfim, termos já há muito
79 Certo não utilizados, em uma visão ampla de "Licença". Conforme art. 97, III, da Lei nº
8.112/90.
80 Certo Interpretação do art. 117, I, da Lei nº 8.112/90.
Segundo a banca estaria ocorrendo usura (agiotagem - empréstimo a juros
81 Errado extorsivos), o que é proibido ao servidor, na forma do art. 117, XIV, da Lei nº
8.112/90.
A remoção pretendida depende de o cônjuge/companheiro ter sido deslocado no
82 Certo interesse da Administração, na forma do art. 36, da Lei nº 8.112/90.
Tal conduta é punível com advertência, na forma do art. 117, I, combinado com art.
83 Errado 129, da Lei nº 8.112/90.
84 Certo Conforme descrito no art. 151, da Lei nº 8.112/90.

85 Errado Na forma do art. 87, §único, da Lei nº 8.112/90.

86 Errado Limite de 04 anos na forma do art. 95, §1º, da Lei nº 8.112/90.

87 Errado Não há tal incorporação de forma genérica, na forma do art. 49, da Lei nº 8.112/90.

88 Certo Na forma determinada no art. 68, §1º, da Lei nº 8.112/90.


A contagem é apenas para aposentadoria e disponibilidade, na forma do art. 103, I,
89 Errado da Lei nº 8.112/90.
90 Certo Na forma do art. 122, §3º, da Lei nº 8.112/90.

91 Certo Na forma do art. 4º, da Lei nº 8.112/90.


Também é previsto a perda do cargo por intermédio de processo Administrativo
92 Errado Disciplinar, na forma do art. 22, da Lei nº 8.112/90.

15

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

Número Gabarito Fundamentos e Comentários


A banca adotou a regra, considerando as informações apresentadas, na forma do
93 Errado art. 83, da Lei nº 8.112/90.
94 Certo Na forma do art. 91, §1º, da Lei nº 8.112/90.
A banca considerou a ressalva existente no art. 120, da Lei nº 8.112/90. Merece
95 Errado crítica, pois agora a banca descreve a regra e sequer cogita a exceção, devendo ser
considerada de forma implícita, diferentemente da questão 199.
96 Certo Combinação do art. 117, XV , com art. 132, XIII, da Lei nº 8.112/90.

97 Errado Na forma do art. 144, §único, da Lei nº 8.112/90.

98 Errado Na forma do art. 113, §2º, da Lei nº 8.112/90.

99 Errado Na forma do art. 28, §2º, da Lei nº 8.112/90.

100 Errado Na forma do art. 91, da Lei nº 8.112/90.


O adicional é devido mesmo em regime de plantão, com base no art. 75, da Lei nº
101 Errado 8.112/90.
Tal indenização não se incorpora ao vencimento, na forma do art. 49, §1º, da Lei nº
102 Errado 8.112/90.
103 Certo O servidor violou proibição prevista no art. 117, II, da Lei nº 8.112/90.
Não existe retroatividade dos efeitos do cancelamento, na forma do art. 131, da Lei
104 Errado nº 8.112/90.
105 Certo Na forma do art. 125 e 126, da Lei nº 8.112/90.
O procedimento está correto, mas as consequências não, na forma do art. 133, da
106 Errado Lei nº 8.112/90.
107 Certo A banca levou em conta o prazo constitucional para aquisição da estabilidade.
Não há violação de proibição, uma vez que a hipótese apresentada encontra-se
108 Errado ressalvada no art. 117, X, da Lei nº 8.112/90.
109 Certo Na forma do art. 9º, §único, da Lei nº 8.112/90.
A banca levou em conta o prazo constitucional para aquisição da estabilidade,
110 Certo sendo coerente com questões anteriores.
O pedido de exoneração é possível, desde que haja o ressarcimento das despesas,
111 Errado na forma do art. 96A, §5º, da Lei nº 8.112/90.
112 Certo Na forma do art. 132, da Lei nº 8.112/90.

113 Certo Na forma do art. 116, IV e IX, da Lei nº 8.112/90.


A cumulatividade não é impositiva, então a palavra "deve" está equivocada, pois as
114 Errado responsabilidades "podem" ser cumuladas.
Na forma do art. 152, da Lei nº 8.112/90, o prazo é de 60 dias, prorrogável por igual
115 Errado período.
116 Certo Na forma do art. 144, da Lei nº 8.112/90.

117 Certo Conforme art. 13, §5º, da Lei nº 8.112/90.


Desídia gera demissão, na forma do art. 117, XV, combinada do art. 132, XIII, da Lei
118 Certo nº 8.112/90.
119 Certo Na forma do art. 117, III, combinado com o art. 129, Lei nº 8.112/90.

16

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:
Prof. Valmir Rangel -Grupo de Estudo - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando:

Número Gabarito Fundamentos e Comentários


A absolvição criminal só afasta a responsabilidade Administrativa nos casos de
120 Errado inexistência do fato ou da autoria, na forma do art. 126, Lei nº 8.112/90.
O relatório final é elaborado após a defesa dos indiciados. Após o relatório o
121 Certo processo segue para julgamento da autoridade competente, na forma dos artigos.
165 a 167, Lei nº 8.112/90.
122 Certo Na forma do art. 135, Lei nº 8.112/90.
Tal conduta é proibida para o servidor federal, na forma do art. 117, V, Lei nº
123 Errado 8.112/90.
124 Certo Na forma do art. 116, VIII, da Lei nº 8.112/90.

125 Certo Na forma do art. 167, §2º, da Lei nº 8.112/90.


Tal argumento não é suficiente para instauração do processo revisional, na forma
126 Errado do art. 176, Lei nº 8.112/90.
O dever de apuração se impõe, determinado pela Indisponibilidade do Interesse
127 Errado Públicos, na forma do art. 143, Lei nº 8.112/90.
Não há dupla aplicação de sanções, considerando a autonomia das instâncias
Administrativa e Judicial Penal. Além disso, admite-se a utilização da "prova
128 Errado emprestada" do processo judicial no processo administrativo disciplinar, desde
que autorizado pelo Juiz, e produzidas sob o crivo do Contraditório e da Ampla
defesa, segundo a Jurisprudência dos Tribunais Superiores.
Na forma da Súmula Vinculante nº 5, do STF, a ausência de defesa por advogado,
129 Certo em Processo Administrativo Disciplinar, não viola a Constituição.
A absolvição criminal só afasta a responsabilidade Administrativa nos casos de
130 Errado inexistência do fato ou da autoria, na forma do art. 126, da Lei nº 8.112/90.

17

Polícia Federal 2018 - Grupo de Estudos - Direito Administrativo Participe do Grupo de Estudos acessando: