Você está na página 1de 9

OS

ENGENHEIROS E
A LIDERANÇA
Introdução.......................................................................................3
A Capacidade de Gestão e Eficácia ..................................................5
E na Engenharia...............................................................................7
Conclusão .......................................................................................8
Sobre a SixSigma .............................................................................9
3

Introdução
Gestão de pessoas é a grande lacuna na
formação dos engenheiros, que são cada vez
mais demandados para a liderança de equipes.
Nesse e-book vamos relatar um pouco sobre
esse perfil que os Engenheiros devem se
encaixar, venha conosco e boa leitura!
De acordo com estudo publicado pelo Instituto
de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), o país
precisará formar, até 2020, 95 mil engenheiros
por ano para sustentar um crescimento
econômico anual por volta de 4% (uma expansão
de 2,5% exigiria mais de 70 mil engenheiros por
ano). O déficit de engenheiros não é o único
dado que chama a atenção. Em 2009, 62% dos
formandos em Engenharia atuavam em outras
funções, provavelmente muitos com
responsabilidade de liderar times.
4

Muito se fala em capacidade de gestão


e estilos de liderança dos que estão no
topo das empresas, assim como a
importância, cada vez maior, destes
assuntos para o desenvolvimento das
organizações no mercado trabalho.
Quais as diferentes características dos
líderes e como estas influenciam na
dinâmica das atividades realizadas pelos
funcionários nas empresas, sejam elas
públicas ou privadas? E na Engenharia,
esta realidade também é perceptível?
5

A capacidade de gestão e a
eficácia
Há diferentes tipos de líderes, os
autocráticos, que tomam a decisão com
pouca ou nenhuma participação dos
subordinados, ou então os líderes
liberais, com limitada atuação, uma vez
que o enfoque é nos funcionários e, por
fim, os líderes democráticos, que
conseguem resultados melhores na
qualidade dos serviços resultantes de
debates e de uma participação mais
equilibrada entre o líder e o funcionário.
6

Frente a todos estes estudos e


conclusões, que permanecem atuais
mesmo com o passar dos anos, podemos
ir além e perceber como um estilo de
liderança integrado ao contexto em que
os funcionários e a empresa estão
inseridos, e aliado à motivação dos
funcionários, ao feedback e
aprimoramento constantes podem fazer
a diferença.
7

E na Engenharia?
A capacidade de liderança é fundamental
no campo da Engenharia, mas é ainda um
desafio, apesar dos constantes
aprimoramentos desde os anos básicos de
formação. O espírito de liderança ficou, por
muito tempo, defasado na formação de
engenheiros. Mas atualmente já são mais
comuns os conceitos de gestão de pessoas,
ou mesmo a especialização na área.
A UFSCar, por exemplo, oferece o Curso de
Especialização em Gestão Organizacional e
de Pessoas (GOPe) voltado a engenheiros,
arquitetos e outros profissionais que tenham
interesse em adquirir mais conhecimentos
sobre o assunto.
8

Conclusão
Conhecer a realidade do mercado de
trabalho e, acima de tudo, ter a
capacidade de se autoconhecer, ter uma
consciência social e liderança com visão
de futuro só fazem bem aos atuais e
futuros profissionais.
9

A SixSigma Consultoria é uma equipe


composta por dezesseis alunos de
Engenharia de Produção Mecânica, criada
a partir do trabalho Trilhando
Competências 2º Semestre de 2018,
promovido pelo Centro Universitário de
Sete Lagoas o UNIFEMM, tem o objetivo de
falar sobre assuntos atuais do meio
empresarial: projetos, processos e pessoas.
Entre em contato conosco, acesse :
https://engagregados40.wixsite.com/engag
regados40