Você está na página 1de 15

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)


COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

PROFESSOR PROJETO
Talia Souza Iniciação à Docência em Aprendizagem Cooperativa
DATA AULA Nº TEMPO PREVISTO TURMA
01 100 minutos Bolsistas Docência 2018
TEMA: Dicas de Português

OBJETIVOS:
● Entender a escrita e o uso de alguns termos da língua portuguesa;
● Compreender quando utilizar um termo ou outro na escrita e na fala da língua portuguesa;
● Perceber que alguns termos na língua portuguesa, apesar da semelhança na escrita, possuem significação diferente.
TÉCNICA UTILIZADA: FILA COOPERATIVA

DESCRIÇÃO DA TÉCNICA: O método da fila cooperativa visa alternar os temas estudados em fileiras onde os alunos
possuam tópicos distintos e vão construindo justificativas para compartilhar uns com os outros. Os integrantes da fila ímpar
permanecem sempre fixos enquanto os integrantes da fila par se alternam no sentido horário até que o ciclo se complete.
Após as discussões realizam uma atividade avaliativa com uma meta coletiva sobre todos os temas abordados.

REFERÊNCIA
MARQUES, S.P.D.; ÁVILA, F.N.; FILHO, F.A.D.; SILVA, M.G.V. Aprendizagem cooperativa como estratégia no aprendizado de
Química no Ensino Médio. Conex. Ci. e Tecnol. Fortaleza/CE, v. 9, n. 4, p. 57 - 66, dez. 2015.

RECURSOS MATERIAIS: cópias do material para cada estudante; computador, datashow, som e acesso à internet.

ATIVIDADES TEMPO

A. Dinâmica do Telefone sem Fio Humano: (10 min)


1. Pede-se que todos formem uma fila indiana.
2. A pessoa que está no final da fila fica responsável por criar um movimento com o corpo (ex.:
dois pulos e um mexer de cabeça).
3. Então, ela toca no ombro da pessoa a sua frente e faz o movimento que escolheu.
4. Assim, a pessoa que viu o movimento tenta repeti-lo para a pessoa a sua frente e assim por
diante.
O objetivo é perceber distorções na comunicação humana e que eles terão que tomar cuidado ao 15 min
compartilhar informações utilizando a fila cooperativa.

B. Exposição Inicial (5 min)

O facilitador deve apresentar os objetivos da aula e o que acontecerá na aplicação dela.

1. PREPARAÇÃO PARA O TRABALHO EM GRUPO: 5min

FORMAÇÃO DOS GRUPOS: Dividir a turma em grupos de cinco. Os grupos devem ser formados respeitando a permutação
sugerida de forma a garantir maior heterogeneidade e interação promotora face a face.

CONTRATO DE COOPERAÇÃO: Cada equipe deverá acertar pontos importantes para o trabalho em equipe ser bem realizado.
Sugestão:
Ouvir atentamente à fala do outro;
Manter o foco na atividade;
Esforça-se para contribuir com a equipe.

1
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

DIVISÃO DE FUNÇÕES: É muito importante que seja atribuída a cada membro da equipe uma função que seja complementar
e esteja interligada às demais. A atribuição de funções nos grupos estabelece o que os membros do grupo esperam uns dos
outros: 1) Coordenador (a); 2) Controlador (a) do tempo; 3) Relator (a) 4) Guardião do Silêncio 5) Guardião do contrato.
2. TAREFA NO GRUPO BASE 10 min

1. O facilitador entregará as tarefas aos grupos conforme as orientações a seguir:


GRUPOS ÍMPARES GRUPOS PARES
E1: Texto 1 - Parte 1 - POR QUE e PORQUE E1: Texto 2 - parte 1 - HÁ ou A - ENTRE MIM
E2: Texto 1 - Parte 2 - POR QUÊ e PORQUÊ E2: Texto 2 - parte 2 - PARA MIM ou PARA EU
E3: Texto 2 - parte - RETIFICAR/RATIFICAR - DE
E3: Texto 1 - Parte 3 - MAL e MAU - BEM e BOM
ENCONTRO A/AO ENCONTRO DE
E4: Texto 1 - Parte 4 - SENÃO e SE NÃO E4: Texto 2 - parte 4 - AQUELE e VIR e VER
E5: Texto 1 - Parte 5 - MAIS e MAS E5: Texto 2 - parte 5 - MENOS e MENAS - AFIM e A FIM

2. Solicitar que leiam individualmente os textos que ficaram responsáveis, respondam às questões propostas e
preparem-se para explicar aos seus colegas no momento do compartilhamento.
3. Solicitar que utilizem a técnica de interação promotora sugerida para o grupo-base.
3. COMPARTILHAMENTO NO GRUPO BASE 15 min

● Cada participante deverá compartilhar seu material estudado.


● O facilitador deve pedir que cada estudante compartilhe em um tempo de 2 minutos, deixando um minuto para
a utilização da interação promotora sugerida nas atividades (ver ANEXO I e II)
4. COMPARTILHAMENTO NA FILA COOPERATIVA 20 min

OBS: PARA ESTE MOMENTO, O FACILITADOR SERÁ O GUARDIÃO DO TEMPO. INFORMAR QUE OS PARTICIPANTES
DEVERÃO USAR AS SEGUINTES HABILIDADES PARA ESSA ETAPA:
1. Ouvir atentamente;
2. Concentrar-se na fala do outro;
3. Controlar o volume da voz
4. Sintetizar as informações.

● Formam-se as filas cooperativas para o compartilhamento dos textos, de acordo com as orientações abaixo: Os
grupos ímpares e pares irão compartilhar seus conteúdos, dessa maneira: Grupos 1 e 2; Grupos 3 e 4.
● Os grupos-base sentam-se lado a lado em uma fileira;
● Um grupo com a numeração ímpar (1, 3, 5) sentará frente a frente com um grupo de numeração par (2, 4, 6);
● Os grupos ímpares serão fixos. Os grupos pares se movimentarão.
● Ao sinal do facilitador, o grupo ímpar inicia a explicação do seu conteúdo para a pessoa que está sentada a sua frente.
Em seguida, o grupo par repete o mesmo processo.
● Cada rodada terá 4 minutos (2 min para cada pessoa explicar a sua parte do conteúdo).
● Ao final da primeira rodada, os grupos pares movimentam-se uma cadeira para a direita; enquanto os grupos ímpares
permanecem fixos.
● Repetem o mesmo processo até que retornem à posição inicial.
● Cada pessoa explicará a sua parte 5 vezes e ouvirá 5 partes diferentes de seus colegas.
5. META COLETIVA (Anexo 4) 10 min

o Meta coletiva: Os grupos retornam ao seu grupo-base para o preenchimento da meta coletiva.
o O facilitador deve ressaltar que os personagens utilizados na atividade são fictícios e que a semelhança com a
realidade é mera coincidência.
GAB.:
a. Por que; b. Porque; c. Vier; d. Àquelas; e. Senão; f. Tem; g. Para mim; h. Mas - Mas; i. Há; j. A fim .
6. FECHAMENTO 15 min

O facilitador convidará os representantes de células para responder a meta coletiva, à medida que os relatores forem
2
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

respondendo às perguntas, o facilitador poderá pedir complementação das respostas para o restante da turma.

8. AVALIAÇÃO INDIVIDUAL 5 min

Os estudantes receberão avaliações individuais acerca do conteúdo estudado. A meta individual é acertar três, sendo a
meta cooperativa que todos alcancem a meta individual.
GAB.: a. Porque; b. Mau; c. A; d. Mim; e. Têm
9.PROCESSAMENTO DE GRUPO: 5 min

Os grupos devem discutir sobre como se deu o trabalho em grupo. Sugere-se o incentivo à feedback.

10. BIBLIOGRAFIA:
● https://www.soportugues.com.br/secoes/FAQresposta.php?id=41
● https://duvidas.dicio.com.br/mal-ou-mau/
● https://www.todamateria.com.br/mais-ou-mas/

● https://www.bbc.com/portuguese/geral-43265788

3
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ANEXO I

ESTUDANTE 1: Texto 1 - Parte 1 - POR QUE e PORQUE


TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
da proposta para interação promotora no grupo-base.

1. Usamos POR QUE (separado e sem acento circunflexo) nos seguintes casos:

a) Nas frases interrogativas (quando escrevemos no início das frases) e quando equivale à "razão",
"motivo" e "causa". Por exemplo:

Por que você não varreu o chão?


Por que você brigou com seu amigo?
E as meninas, por que não vieram conosco?

b) Quando pudermos substituí-lo por "pelo qual", "pelos quais", "pela qual", "pelas quais". Por
exemplo:

Os caminhos por que percorri foram muitos. (= Os caminhos pelos quais percorri foram
muitos.)
As atrocidades por que foi submetido tornaram ele em um homem rude. (= As atrocidades
pelas quais foi submetido tornaram ele um homem rude.)

2. Usamos PORQUE (junto e sem acento circunflexo) quando temos explicação ou causa:

Não fale alto porque o bebê está dormindo. (explicação)


Não foi à aula porque estava com febre. (causa)

Interação Promotora no Grupo-base: Peça para um de seus colegas parafrasear o que você acabou de
explicar, focando nas diferenças entre os dois termos apresentados.
Fonte (adaptado): https://www.soportugues.com.br/secoes/FAQresposta.php?id=41

4
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 2: Texto 1 - Parte 2 - POR QUÊ e PORQUÊ

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
da proposta de interação promotora.

a.Usamos POR QUÊ (separado e com acento circunflexo) no final de frases que tenham apenas
um ponto (final, interrogativo, exclamativo,...) depois dele. Por exemplo:
Levantaste só agora por quê?
Eles não sabem por quê.
Não me pergunte outra vez, já disse que não sei por quê!

b. Usamos PORQUÊ (junto e com acento circunflexo) quando essa palavra for usada como
substantivo e for antecedida por artigo. Por exemplo:
Não sei o porquê de sua atitude tão grosseira.
O porquê da discussão não foi esclarecido até agora.
Contaram a ela o porquê de sua demissão.

Interação Promotora no Grupo-base: Peça para um de seus colegas comparar o que foi explicado
por você e pelo estudante 1.

Fonte (adaptado): https://www.soportugues.com.br/secoes/FAQresposta.php?id=41

5
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 3: Texto 1 - Parte 3 - MAL e MAU - BEM e BOM

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
de colocar em prática a proposta para interação promotora no grupo-base.
“Mau” e “mal” são palavras que existem na língua portuguesa e estão ambas corretas, no entanto, os
seus significados são diferentes e, portanto, devem ser usadas em situações diferentes:
Mal é o contrário de bem. Mau é o contrário de bom.
A forma mais fácil e eficaz de entendermos a diferença entre mal e mau e usarmos corretamente estas
palavras é pela oposição, ou seja, utilizando seus antônimos e vendo qual está correto na frase. Por
exemplo:
xVocê está sendo mal! (antônimo: sendo bem)

✔Você está sendo mau! (antônimo: sendo bom)

Interação Promotora no Grupo-base: Faça uma pergunta sobre o que você explicou para um de seus
colegas.

Fonte (adaptado): https://duvidas.dicio.com.br/mal-ou-mau/

6
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 4: Texto 1 - Parte 4 - SENÃO e SE NÃO

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo.
Quando este termo é escrito junto (senão), ele geralmente significa “do contrário”, “caso contrário”, “a
não ser”.

Tenho que ir à aula, senão perderei os comentários do professor.

Tenho que ir à aula, caso contrário perderei os comentários do professor.

Além disso, também pode significar um problema ou falha.

Talita tem apenas um senão, é muito impulsiva.

Talita tem apenas um defeito, é muito impulsiva.

Já quando o termo é escrito separadamente (se não), ele dá a ideia de “caso não”. Portanto, para saber
qual palavra usar você deve substituir na frase e analisar se continua coerente.
Se não chegar a tempo da aula, perderei a prova

Caso não chegue a tempo da aula, perderei a prova

Interação Promotora no Grupo-base: Faça uma pergunta para um de seus colegas acerca do que foi
explicado por você.

7
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 5: Texto 1 - Parte 5 - MAIS e MAS

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
de utilizar a proposta para interação promotora.

O “mais” e o “mas” são duas palavras que tem um som parecido e, no entanto, são utilizadas em
contextos distintos.

1. A palavra “mais” possui como antônimo o “menos”. Assim, ela indica a soma ou o aumento da
quantidade de algo.
Quero ir mais vezes para a Europa.

Hoje vivemos num mundo melhor e mais justo.

Jonatas foi à festa com seu amigo mais sua namorada.


2. A palavra “mas” pode desempenhar papéis distintos dentro de uma frase:
a. Estando associada a algum defeito.

Nem mas, nem meio mas, faça já seus deveres de casa.

b. Sendo utilizada quando o locutor quer expor uma ideia contrária a que foi dita
anteriormente.

Sou muito calmo, mas estou muito nervoso agora.

c. Sendo empregada empregada para enfatizar alguma informação.

Ela é muito dedicada, mas tão dedicada, que trabalhou anos vendendo doces.

Interação Promotora no Grupo-base: Peça para um de seus colegas lhe fazer uma pergunta sobre o
que foi explicado.

Fonte (adaptado): https://www.todamateria.com.br/mais-ou-mas/

8
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ANEXO II

ESTUDANTE 1: Texto 2 - parte 1 - HÁ ou A - ENTRE MIM

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
de utilizar a interação promotora sugerida.

“Há ou "a"

"Há", do verbo haver, indica passado e pode ser substituído por "faz".

Nos conhecemos há dez anos.

Nos conhecemos faz dez anos.

Mas o "a" faz referência à distância ou a um momento no futuro.

O hospital mais próximo fica a 15 km.

As eleições presidenciais acontecerão daqui a alguns meses.

"Entre eu e você"

O correto, segundo os especialistas, é usar: "entre mim e você" ou "entre mim e ti".

Entre mim e você não há segredos.


Interação Promotora no Grupo-base: Peça para um de seus colegas parafrasear o que você acabou de
explicar.

Fonte (adaptado): https://www.bbc.com/portuguese/geral-43265788

1
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 2: Texto 2 - parte 2 - PARA MIM ou PARA EU

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
de utilizar a interação promotora sugerida.

"Para mim" ou "para eu"

Os dois podem estar certos, mas, se você vai continuar a frase com um verbo, deve usar "para eu".

Mariana trouxe bolo para mim.

Caio pediu para eu curtir as fotos dele.

"Tem" ou "têm"

Tanto "tem" como "têm" fazem parte da conjugação do verbo "ter" no presente. Mas o primeiro é usado
no singular, e o segundo no plural.

Você tem medo de mudança.

Eles têm medo de mudança.

Interação Promotora no Grupo-base: Faça uma pergunta sobre o que você explicou para um de seus
colegas.

Fonte (adaptado): https://www.bbc.com/portuguese/geral-43265788

2
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 3: Texto 2 - parte 3 - RETIFICAR/RATIFICAR - DE ENCONTRO A/AO


ENCONTRO DE

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
da proposta de interação promotora.

Retificar / Ratificar
“Ratificar” é o mesmo que confirmar.

Os dados ratificaram a previsão.

“Retificar” é o mesmo que corrigir, emendar. Ex: Vou retificar os dados da empresa.

De encontro a / Ao encontro de
“Ao encontro de” expressa harmonia. Ex: Obrigada! Sua ajuda veio ao encontro do que eu precisava.
“De encontro a” expressa embate. Ex: Brigaram porque a opinião dele ia de encontro ao que ela
acreditava.

Interação Promotora no Grupo-base: Peça para um de seus colegas lhe fazer uma pergunta sobre o
que foi explicado.

Fonte (adaptado): https://blog.runrun.it/erros-de-portugues-em-e-mails/

3
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 4: Texto 2 - parte 4 - MENOS e MENAS - AFIM e A FIM

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo.

“Menos” e “Menas”

O correto é menos, que não sofre flexão, isto é, não vai pro feminino e mantém sempre a mesma
forma. Portanto, “menas” é incorreto.

“Afim” e “A fim”:

Quando escrito junto, diz respeito a afinidades. Quando separado, a interesses e a vontades.

Firlisbeto está a fim de ir ao cinema com Karlianny.

A amizade delas começou por interesses afins.

Interação Promotora no Grupo-base: Faça uma pergunta sobre o que você explicou para um de seus
colegas.

Fonte (adaptado): https://todateen.com.br/erros-portugues-redes-sociais/

4
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ESTUDANTE 5: Texto 2 - parte 5 - AQUELE - VIR e VER

TAREFA INDIVIDUAL - Leia o texto abaixo e prepare-se para explicá-lo no seu grupo. Lembre-se
da proposta de interação promotora.

"Aquele" com ou sem crase

Em vez de escrever "a aquele", "a aqueles", "a aquela", "a aquelas" e "a aquilo", use "àquele",
"àqueles", "àquela", "àquelas" e "àquilo".

Maíra deu o número de telefone dela àquele rapaz.

"Vir" e "Ver"

A conjugação desses verbos pode causar confusão em algumas situações Por exemplo, diz-se "quando
você o vir", e não "quando você o ver".

Já no caso do verbo "ir", a conjugação correta deste tempo verbal é "quando eu vier", e não "quando eu
vir"

Quando eu vier, vou comer bastante! (verbo “vir”)

Quando eu te vir, vou te abraçar forte. (verbo “ver”)

Interação Promotora no Grupo-base: Peça para um de seus colegas lhe fazer uma pergunta sobre o
que foi explicado.

Fonte (adaptado): https://www.bbc.com/portuguese/geral-43265788

5
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ANEXO III - META COLETIVA

Membros do Grupo:
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

1. Completem os espaços abaixo selecionando uma das opções fornecidas.


a. _________ você não chegou mais cedo? (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
b. Não esqueçam o lanche ________ eu tenho fome. (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
c. Quando a Victória _________, vai comer bastante! (Vir - Ver)
d. Edilene distribuiu __________ pessoas convites. (Àquelas - Aquelas)
e. Rafaella tem apenas um _______, é muito avoada. (Se não - Senão)
f. Michael ficou triste, pois Evaldo ______ medo de mudar o tema do artigo deles. (Tem -
Têm)
g. Daniela disse: “Fiquem longe! Eu trouxe bolacha de alho _________!”. (Para mim -
Para eu)
h. Arneide disse: “nem _____, nem meio _____, façam já suas atividades.” (Mais - Mas)
i. Talia está feliz, pois ____ muito tempo não vai para a suplementar. (Há - A)
j. Tycyane não estava _______ de requeijão segunda. (Afim - A fim)

ANEXO III - META COLETIVA

Membros do Grupo:
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

2. Completem os espaços abaixo selecionando uma das opções fornecidas.


k. _________ você não chegou mais cedo? (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
l. Não esqueçam o lanche ________ eu tenho fome. (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
m. Quando a Victória _________, vai comer bastante! (Vir - Ver)
n. Edilene distribuiu __________ pessoas convites. (Àquelas - Aquelas)
o. Rafaella tem apenas um _______, é muito avoada. (Se não - Senão)
p. Michael ficou triste, pois Evaldo ______ medo de mudar o tema do artigo deles. (Tem -
Têm)
q. Daniela disse: “Fiquem longe! Eu trouxe bolacha de alho _________!”. (Para mim -
Para eu)
r. Arneide disse: “nem _____, nem meio _____, façam já suas atividades.” (Mais - Mas)
s. Talia está feliz, pois ____ muito tempo não vai para a suplementar. (Há - A)
t. Tycyane não estava _______ de requeijão segunda. (Afim - A fim)

6
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ESCOLA INTEGRADA DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO ACADÊMICA (EIDEIA)
COORDENADORIA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E A ESCOLA BÁSICA (COART)
PROGRAMA DE ESTÍMULO À COOPERAÇÃO NA ESCOLA (PRECE)

ANEXO IV - ATIVIDADE INDIVIDUAL

Nome: ___________________________________________________________________________
Membros do Grupo Base ___________________________________________________________

1. Complete os espaços abaixo selecionando uma das opções fornecidas.

a. Bruna não foi à aula ________ estava dormindo. (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
b. Willamy gritou: “Ytalo ______!” (Mau - Mal)
c. As Robertas acham que a biblioteca fica ____ 4 km daqui. (Há - A)
d. Dálete sussurrou para o refri de caju: “Entre ____ e você não há segredos”. (Eu - Mim)
e. Thayane conheceu Pikachu e, agora, eles _____ uma amizade sincera. (Tem - Têm)

ANEXO IV - ATIVIDADE INDIVIDUAL

Nome: ___________________________________________________________________________
Membros do Grupo Base:____________________________________________________________

Complete os espaços abaixo selecionando uma das opções fornecidas.

a. Bruna não foi à aula ________ estava dormindo. (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
b. Willamy gritou: “Ytalo ______!” (Mau - Mal)
c. As Robertas acham que a biblioteca fica ____ 4 km daqui. (Há - A)
d. Dálete sussurrou para o refri de caju: “Entre ____ e você não há segredos”. (Eu - Mim)
e. Thayane conheceu Pikachu e, agora, eles _____ uma amizade sincera. (Tem - Têm)

ANEXO IV - ATIVIDADE INDIVIDUAL


Nome: ___________________________________________________________________________
Membros do Grupo Base: ___________________________________________________________
Complete os espaços abaixo selecionando uma das opções fornecidas.

a. Bruna não foi à aula ________ estava dormindo. (Porque - Porquê - Por quê - Por que)
b. Willamy gritou: “Ytalo ______!” (Mau - Mal)
c. As Robertas acham que a biblioteca fica ____ 4 km daqui. (Há - A)
d. Dálete sussurrou para o refri de caju: “Entre ____ e você não há segredos”. (Eu - Mim)
e. Thayane conheceu Pikachu e, agora, eles _____ uma amizade sincera. (Tem - Têm)