Você está na página 1de 64

ME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

ESSA É A COR DO SEU CADERNO DE PROVAS!


MARQUE-A EM SEU CARTÃO-RESPOSTA
1° DIA
CADERNO

1
AZUL

em 2010
EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO
UM ENSAIO PARA A VIDA

2a APLICAÇÃO
PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES

1 Este CADERNO DE QUESTÕES contém 90 questões numeradas de 1 a 90, 8 O tempo disponível para estas provas é de quatro horas e trinta
dispostas da seguinte maneira: minutos.
a. as questões de número 1 a 45 são relativas à área de
Ciências Humanas e suas Tecnologias; 9 Reserve os 30 m inutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os
rascunhos e as marcações assinaladas no CADERNO DE QUESTÕES não
b. as questões de número 46 a 90 são relativas à área de serão considerados na avaliação.
Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
10 Quando term inar as provas, entregue ao aplicador este CADERNO DE
2 Marque no CARTÃO-RESPOSTA, no espaço apropriado, a opção QUESTÕES e o CARTÃO-RESPOSTA.
correspondente à cor desta capa: 1 -Azul; 2-Amarela; 3-Branca ou 4-Rosa.
ATENÇÃO: se você assinalar mais de uma opção de cor ou deixar todos os 11 Você somente poderá deixar o local de prova após decorridas duas horas
campos em branco, sua prova não será corrigida. do início da sua aplicação. Caso permaneça na sala por, no m ínimo,
quatro horas após o início da prova, você poderá levar este CADERNO DE
3 Verifique, no CARTÃO-RESPOSTA, se os seus dados estão registrados QUESTÕES.
corretamente. Caso haja alguma divergência, comunique-a imediatamente
12 Você será excluído do exame caso:
ao aplicador da sala.
a. utilize, durante a realização da prova, máquinas e/ou
4 Após a conferência, escreva e assine seu nome nos espaços próprios do relógios de calcular, bem com o rádios, gravadores,
CARTÃO-RESPOSTA com caneta esferográfica de tinta preta. headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de
qualquer espécie;
5 Não dobre, não amasse, nem rasure o CARTÃO-RESPOSTA. Ele não poderá
ser substituído. b. se ausente da sala de provas levando con sigo o
CADERNO DE QUESTÕES e/ou o CARTÃO-RESPOSTA antes
6 Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 opções, do prazo estabelecido;
identificadas com as letras ( A l,( B i, ( C i,( D( e( E I. Apenas uma responde
corretamente à questão. c. aja com incorreção ou descortesia para com qualquer
participante do processo de aplicação das provas;
7 No CARTÃO-RESPOSTA, marque, para cada questão, a letra correspondente à
opção escolhida para a resposta, preenchendo todo o espaço compreendido d. se com unique com outro participante, verbalmente, por
no círculo, com caneta esferográfica de tinta preta. Você deve, portanto, escrito ou por qualquer outra forma;
assinalar apenas uma opção em cada questão. A marcação em mais de uma
opção anula a questão, mesmo que uma das respostas esteja correta. e. apresente dado(s) falso(s) na sua identificação pessoal.

Ministério
da Educação * A Z U L 7 5 S A B 0 *
CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
Questões de 1 a 45

A relação entre a sociedade e a natureza vem sofrendo


Questão 1
profundas mudanças em razão do conhecimento
técnico. A partir da leitura do texto, identifique a possível
consequência do avanço da técnica sobre o meio natural.
© A sociedade aumentou o uso de insumos
químicos — agrotóxicos e fertilizantes — e, assim,
os riscos de contaminação.
© O homem, a partir da evolução técnica, conseguiu
Nova Escola, n° 226, out. 2009.
explorar a natureza e difundir harmonia na vida social.
© As degradações produzidas pela exploração dos
A tirinha mostra que o ser humano, na busca de atender recursos naturais são reversíveis, o que, de certa
forma, possibilita a recriação da natureza.
suas necessidades e de se apropriar dos espaços,
© O desenvolvimento técnico, dirigido para a
recomposição de áreas degradadas, superou os
© adotou a acomodação evolucionária como forma de
efeitos negativos da degradação.
sobrevivência ao se dar conta de suas deficiências
© As mudanças provocadas pelas ações humanas
impostas pelo meio ambiente. sobre a natureza foram mínimas, uma vez que os
© utilizou o conhecimento e a técnica para criar recursos utilizados são de caráter renovável.

equipamentos que lhe permitiram compensar as Questão 3


suas limitações físicas. Um fenômeno importante que vem ocorrendo nas últimas
quatro décadas é o baixo crescimento populacional
© levou vantagens em relação aos seres de menor
na Europa, principalmente em alguns países como
estatura, por possuir um físico bastante desenvolvido,
Alemanha e Áustria, onde houve uma brusca queda na
que lhe permitia muita agilidade. taxa de natalidade. Esse fenômeno é especialmente
preocupante pelo fato de a maioria desses países já
© dispensou o uso da tecnologia por ter um organismo
ter chegado a um índice inferior ao “nível de renovação
adaptável aos diferentes tipos de meio ambiente.
da população”, estimado em 2,1 filhos por mulher. A
© sofreu desvantagens em relação a outras espécies, diminuição da natalidade europeia tem várias causas,
algumas de caráter demográfico, outras de caráter
por utilizar os recursos naturais como forma de se
cultural e socioeconômico.
apropriar dos diferentes espaços. OLIVEIRA, P S. Introduçã o à sociolog ia. São Paulo: Ática, 2004 (adaptado).

As tendências populacionais nesses países estão


Questão 2
relacionadas a uma transformação

© na estrutura familiar dessas sociedades, impactada por


Se, por um lado, o ser humano, como animal, é parte
mudanças nos projetos de vida das novas gerações.
integrante da natureza e necessita dela para continuar © no comportamento das mulheres mais jovens, que têm
imposto seus planos de maternidade aos homens.
sobrevivendo, por outro, como ser social, cada dia mais
© no número de casamentos, que cresceu nos últimos
sofistica os mecanismos de extrair da natureza recursos que,
anos, reforçando a estrutura familiar tradicional.
ao serem aproveitados, podem alterar de modo profundo a © no fornecimento de pensões de aposentadoria, em
funcionalidade harmônica dos ambientes naturais. queda diante de uma população de maioria jovem.
© na taxa de mortalidade infantil europeia, em contínua
ROSS, J. L. S. (Org.). G eografia do Brasil. São Paulo: EDUSP, 2005 (adaptado). ascensão, decorrente de pandemias na primeira infância.
V.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 1
Sabendo que o acelerado crescimento populacional
Questão 4
urbano está articulado com a escassez de recursos
A bandeira da Europa não é apenas o símbolo da União financeiros e a dificuldade de implementação de leis
Europeia, mas também da unidade e da identidade de proteção ao meio ambiente, pode-se estabelecer o
da Europa em sentido mais lato. O círculo de estrelas estímulo a uma relação sustentável entre conservação e
douradas representa a solidariedade e a harmonia entre produção a partir
os povos da Europa.
© do aumento do consumo, pela população mais
Disponível em: http://europa.eu/index_pt.htm.
Acessoem: 29 abr. 2010 (adaptado). pobre, de produtos industrializados para o equilibrio
da capacidade de consumo entre as classes.
A que se pode atribuir a contradição intrínseca entre o que
© da seleção e recuperação do lixo urbano, que já é
propõe a bandeira da Europa e o cotidiano vivenciado
uma prática rotineira nos grandes centros urbanos
pelas nações integrantes da União Europeia?
dos países em desenvolvimento.
© Ao contexto da década de 1930, no qual a bandeira foi © da diminuição acelerada do uso de recursos naturais,
forjada e em que se pretendia a fraternidade entre os ainda que isso represente perda da qualidade de
povos traumatizados pela Primeira Guerra Mundial. vida de milhões de pessoas.

© da fabricação de produtos reutilizáveis e


© Ao fato de que o ideal de equilíbrio implícito na
biodegradáveis, evitando-se substituições e descartes,
bandeira nem sempre se coaduna com os conflitos e como medidas para a redução da degradação
rivalidades regionais tradicionais. ambiental.

© Ao fato de que Alemanha e Itália ainda são vistas © da transferência dos aterros sanitários para as partes
mais periféricas das grandes cidades, visando-se à
com desconfiança por Inglaterra e França mesmo
preservação dos ambientes naturais.
após décadas do final da Segunda Guerra Mundial.
Questão 6
© Ao fato de que a bandeira foi concebida por
O volume de matéria-prima recuperado pela reciclagem
portugueses e espanhóis, que possuem uma
do lixo está muito abaixo das necessidades da indústria.
convivência mais harmônica do que as demais
No entanto, mais que uma forma de responder ao
nações europeias.
aumento da demanda industrial por matérias-primas e
© Ao fato de que a bandeira representa as energia, a reciclagem é uma forma de reintroduzir o lixo

aspirações religiosas dos países de vocação no processo industrial.


SCARLATO, F. C.; PONTIN, J. A. Do nicho ao lix o . São Paulo: Atual, 1992 (adaptado).
católica, contrapondo-se ao cotidiano das nações
protestantes. A prática abordada no texto corresponde, no contexto
global, a uma situação de sustentabilidade que
Questão 5
© reduz o buraco na camada de ozônio nos distritos
O crescimento rápido das cidades nem sempre é
industriais.
acompanhado, no mesmo ritmo, pelo atendimento de
© ameniza os efeitos das chuvas ácidas nos polos
infraestrutura para a melhoria da qualidade de vida.
petroquímicos.
A deficiência de redes de água tratada, de coleta
e tratamento de esgoto, de pavimentação de ruas, © diminui os efeitos da poluição atmosférica das
indústrias siderúrgicas.
de galerias de águas pluviais, de áreas de lazer, de
áreas verdes, de núcleos de formação educacional e © diminui a possibilidade de formação das ilhas de
profissional, de núcleos de atendimento médico-sanitário calor nas áreas urbanas.

é comum nessas cidades. © reduz a utilização de matérias-primas nas indústrias


ROSS, J. L. S. (Org.) G eografia do B ra s il . São Paulo: EDUSP, 2009 (adaptado). de bens de consumo.

CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 2


2010
No texto, há informações sobre a prática da queimada
Questão 7
em diferentes períodos da história do Brasil. Segundo a
O mapa mostra a distribuição de bovinos no bioma
análise apresentada, os portugueses
amazônico, cuja ocupação foi responsável pelo
desmatamento de significativas extensões de terra na © evitaram emitir juízo de valor sobre a prática da
região. Verifica-se que existem municípios com grande queimada.
contingente de bovinos, nas áreas mais escuras do
© consideraram que a queimada era necessária em
mapa, entre 750 001 e 1 500 000 cabeças de bovinos.
certas circunstâncias.
Produção de Bovinos - Efetivos de Cabeças em 2004
© concordaram quanto à queimada ter sido uma prática
no Bioma Amazônico segundo municípios
agrícola insuficiente.

© entenderam que a queimada era uma prática


necessária no início do séc. XIX.

© relacionaram a queimada ao descaso dos agricultores


da época com a terra.

Questão 9

No século XIX, para alimentar um habitante urbano, eram


necessárias cerca de 60 pessoas trabalhando no campo.
Essa proporção foi se modificando ao longo destes dois
séculos. Em certos países, hoje, há um habitante rural
para cada dez urbanos.
Disponível em: www.ibge.gov.br. Acessoem: 05jul. 2008. SANTOS, M. M etam orfoses do espaço h a b itado . São Paulo: EDUSP, 2008.

A análise do mapa permite concluir que


O autor expõe uma tendência de aumento de produtividade
© os estados do Pará, Mato Grosso e Rondônia detêm
a maior parte de bovinos em relação ao bioma agrícola por trabalhador rural, na qual menos pessoas
amazônico.
produzem mais alimentos, que pode ser explicada
© os municípios de maior extensão são responsáveis
pela maior produção de bovinos, segundo mostra a
© pela exigência de abastecimento das populações
legenda.
urbanas, que trabalham majoritariamente no setor
© a criação de bovinos é a atividade econômica
principal nos municípios mostrados no mapa. primário da economia.
© o efetivo de cabeças de bovinos se distribui
© pela imposição de governos que criam políticas
amplamente pelo bioma amazônico.
econômicas para o favorecimento do crédito agrícola.
© as terras florestadas são as áreas mais favoráveis ao
desenvolvimento da criação de bovinos.
© pela incorporação homogênea dos agricultores às
Questão 8 técnicas de modernização, sobretudo na relação
De fato, que alternativa restava aos portugueses, ao latifúndio-minifúndio.
se verem diante de uma mata virgem e necessitando de
terra para cultivo, a não ser derrubar a mata e atear-lhe © pela dinamização econômica desse setor e utilização
fogo? Seria, pois, injusto reprová-los por terem começado de novas técnicas e equipamentos de produção
dessa maneira. Todavia, podemos culpar os seus
descendentes, e com razão, por continuarem a queimar pelos agricultores.
as florestas quando há agora, no início do século XIX,
© pelo acesso às novas tecnologias, o que fez com que
tanta terra limpa e pronta para o cultivo à sua disposição.
áreas em altas latitudes, acima de 66°, passassem a
SAINT-HILAIRE, A. Viagem às nascentes do rio S. F rancisco [1847].
BeloHorizonte: Itatiaia; São Paulo: EDUSP, 1975 (adaptado). ser grandes produtoras agrícolas.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 3
A Z U L 7 5 S A B 4
2010

Questão 10 Questão 11
O gráfico mostra a relação da produção de cereais,
SOJA: EVOLUÇÃO DA ÁREA PLANTADA 1990-2006
leguminosas e oleaginosas com a área plantada no
Brasil, no período de 1980 a 2008. Verifica-se uma
grande variação da produção em comparação à área
plantada, o que caracteriza o crescimento da
© economia.
© área plantada.
© produtividade.
© sustentabilidade.
© racionalização.
Questão 12
Que transformação ocorrida na agricultura brasileira,
nas últimas décadas, justifica as variações apresentadas
no gráfico?
© O aumento do número de trabalhadores e menor
necessidade de investimentos.
© O progressivo direcionamento da produção de grãos
para o mercado interno.
© A introdução de novas técnicas e insumos agrícolas, como
fertilizantes e sementes geneticamente modificadas.
© A introdução de métodos de plantio orgânico, altamente
produtivos, voltados para a exportação em larga escala.
Dados IBGE - Produção Agrícola Municipal
© O aumento no crédito rural voltado para a produção
Disponível em: http://www4.fct.unesp.br.Acessoem: 20abr. 2010. de grãos por camponeses da agricultura extensiva.
A interpretação do mapa indica que, entre 1990 e 2006, Questão 13
a expansão territorial da produção brasileira de soja
ocorreu da região Os últimos séculos marcam, para a atividade agrícola, com
a humanização e a mecanização do espaço geográfico,
© Sul em direção às regiões Centro-Oeste e Nordeste. uma considerável mudança em termos de produtividade:
© Sudeste em direção às regiões Sul e Centro-Oeste. chegou-se, recentemente, à constituição de um meio
técnico-científico-informacional, característico não
© Centro-Oeste em direção às regiões Sudeste e apenas da vida urbana, mas também do mundo rural,
Nordeste. tanto nos países avançados como nas regiões mais
© Norte em direção às regiões Sul e Nordeste. desenvolvidas dos países pobres.
SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal.
© Nordeste em direção às regiões Norte e Centro- Rio de Janeiro: Record, 2004 (adaptado).

Oeste. A modernização da agricultura está associada ao


desenvolvimento científico e tecnológico do processo
A partir do gráfico a seguir, responda às questões 11 e 12. produtivo em diferentes países. Ao considerar as novas
relações tecnológicas no campo, verifica-se que a
RELAÇÃO ENTRE PRODUÇÃO E ÁREA PLANTADA
NO BRASIL 1980-2008 © introdução de tecnologia equilibrou o desenvolvimento
econômico entre o campo e a cidade, refletindo
diretamente na humanização do espaço geográfico
nos países mais pobres.
© tecnificação do espaço geográfico marca o modelo
produtivo dos países ricos, uma vez que pretendem
transferir gradativamente as unidades industriais
para o espaço rural.
© construção de uma infraestrutura científica e
tecnológica promoveu um conjunto de relações que
geraram novas interações socioespaciais entre o
campo e a cidade.
© aquisição de máquinas e implementos industriais,
incorporados ao campo, proporcionou o aumento da
produtividade, libertando o campo da subordinação
à cidade.
© incorporação de novos elementos produtivos
oriundos da atividade rural resultou em uma relação
com a cadeia produtiva industrial, subordinando a
cidade ao campo.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 4
Responda sem pestanejar: que país ocupa a liderança
mundial no mercado de etanol? Para alguns, a resposta
óbvia é o Brasil. Afinal, o país tem o menor preço de
produção do mercado, além de vastas áreas disponíveis
para o plantio de matéria-prima. Outros dirão que são os
EUA, donos da maior produção anual. Nos próximos anos,
essa pergunta não deve gerar mais dúvida, pois a disputa
não se dará em plantações de cana-de-açúcar ou nas
usinas, mas nos laboratórios altamente sofisticados.
TERRA, L. C onexões: estudos de geografiageral. São Paulo: Moderna, 2009 (adaptado).
A biotecnologia propicia, entre outras coisas, a produção
dos biocombustíveis, que vêm se configurando em
importantes formas de energias alternativas. Que
impacto possíveis pesquisas em laboratórios podem
Disponível em: http://img15.imageshack.us (adaptado).
provocar na produção de etanol no Brasil e nos EUA?
© Aumento na utilização de novos tipos de matérias- A maior frequência na ocorrência do fenômeno
primas para a produção do etanol, elevando a atmosférico apresentado na figura relaciona-se a
produtividade. © concentrações urbano-industriais.
© Crescimento da produção desse combustível, © episódios de queimadas florestais.
causando, porém, danos graves ao meio ambiente
© atividades de extrativismo vegetal.
pelo excesso de plantações de cana-de-açúcar.
© Estagnação no processo produtivo do etanol © índices de pobreza elevados.
brasileiro, já que o país deixou de investir nesse tipo © climas quentes e muito úmidos.
de tecnologia.
© Elevação nas exportações de etanol para os EUA, Questão 17
já que a produção interna brasileira é maior que a A Convenção da ONU sobre Direitos das Pessoas com
procura, e o produto tem qualidade superior.
Deficiências, realizada, em 2006, em Nova York, teve
© Aumento da fome em ambos os países, em virtude da
como objetivo melhorar a vida da população de 650
produção de cana-de-açucar prejudicar a produção
de alimentos. milhões de pessoas com deficiência em todo o mundo.
Dessa convenção foi elaborado e acordado, entre os
Questão 15 países das Nações Unidas, um tratado internacional para
O movimento operário ofereceu uma nova resposta ao garantir mais direitos a esse público.
grito do homem miserável no princípio do século XIX.
A resposta foi a consciência de classe e a ambição de Entidades ligadas aos direitos das pessoas com
classe. Os pobres então se organizavam em uma classe deficiência acreditam que, para o Brasil, a ratificação do
específica, a classe operária, diferente da classe dos tratado pode significar avanços na implementação de
patrões (ou capitalistas). A Revolução Francesa lhes deu leis no país.
confiança; a Revolução Industrial trouxe a necessidade Disponível em: http//www.bbc.co.uk. Acessoem: 18 mai. 2010 (adaptado).
da mobilização permanente.
HOBSBAWM, E. J. A era das revoluções . SãoPaulo: PazeTerra, 1977. No Brasil, as políticas públicas de inclusão social
apontam para o discurso, tanto da parte do governo
No texto, analisa-se o impacto das Revoluções Francesa quanto da iniciativa privada, sobre a efetivação da
e Industrial para a organização da classe operária. cidadania. Nesse sentido, a temática da inclusão social
Enquanto a “confiança” dada pela Revolução Francesa de pessoas com deficiência
era originária do significado da vitória revolucionária sobre
as classes dominantes, a "necessidade da mobilização © vem sendo combatida por diversos grupos sociais,
permanente", trazida pela Revolução Industrial, decorria em virtude dos elevados custos para a adaptação e
da compreensão de que
manutenção de prédios e equipamentos públicos.
© a competitividade do trabalho industrial exigia
© está assumindo o status de política pública bem
um permanente esforço de qualificação para o
enfrentamento do desemprego. como representa um diferencial positivo de marketing
© a completa transformação da economia capitalista institucional.
seria fundamental para a emancipação dos operários. © reflete prática que viabiliza políticas compensatórias
© a introdução das máquinas no processo produtivo voltadas somente para as pessoas desse grupo que
diminuía as possibilidades de ganho material para estão socialmente organizadas.
os operários.
© o progresso tecnológico geraria a distribuição de © associa-se a uma estratégia de mercado que objetiva
riquezas para aqueles que estivessem adaptados atrair consumidores com algum tipo de deficiência,
aos novos tempos industriais. embora esteja descolada das metas da globalização.
© a melhoria das condições de vida dos operários seria © representa preocupação isolada, visto que o Estado
conquistada com as manifestações coletivas em ainda as discrimina e não lhes possibilita meios de
favor dos direitos trabalhistas. integração à sociedade sob a ótica econômica.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 5
atividades desempenhadas por esses trabalhadores eram
Questão 18
diversas, os escravos de aluguel representados na pintura
Gregório de Matos definiu, no século XVII,
© vendiam a produção da lavoura cafeeira para os
o amor e a sensualidade carnal. moradores das cidades.
O Amor é finalmente um embaraço de pernas, união de © trabalhavam nas casas de seus senhores e
barrigas, um breve tremor de artérias. acompanhavam as donzelas na rua.
Uma confusão de bocas, uma batalha de veias, um © realizavam trabalhos temporários em troca de
pagamento para os seus senhores.
rebuliço de ancas, quem diz outra coisa é besta.
VAINFAS, R. Brasil detodosospecados. Revista de H is tó ria .Ano1, no1. Riode Janeiro:
© eram autônomos, sendo contratados por outros
BibliotecaNacional, nov. 2003. senhores para realizarem atividades comerciais.
© aguardavam a sua própria venda após
Vilhena descreveu ao seu amigo Filopono, no desembarcarem no porto.
século XVIII, a sensualidade nas ruas de Salvador.
Causa essencial de muitas moléstias nesta cidade é a Questão 20
desordenada paixão sensual que atropela e relaxa o rigor Chegança
da Justiça, as leis divinas, eclesiásticas, civis e criminais.
Logo que anoutece, entulham as ruas libidinosos, vadios Sou Pataxó,
e ociosos de um e outro sexo. Vagam pelas ruas e, sem Sou Xavante e Carriri,
pejo, fazem gala da sua torpeza. Ianomâmi, sou Tupi
Guarani, sou Carajá.
VILHENA, L.S. A Bahia no século XVIII. ColeçãoBaiana. v. 1. Salvador: Itapuã, 1969(adaptado).
Sou Pancaruru,
A sensualidade foi assunto recorrente no Brasil Carijó, Tupinajé,
colonial. Opiniões se dividiam quando o tema afrontava Sou Potiguar, sou Caeté,
diretamente os “bons costumes”. Nesse contexto, Ful-ni-ô, Tupinambá.
contribuía para explicar essas divergências
Eu atraquei num porto muito seguro,
© a existência de associações religiosas que defendiam Céu azul, paz e ar puro...
a pureza sexual da população branca. Botei as pernas pro ar.
© a associação da sensualidade às parcelas mais Logo sonhei que estava no paraíso,
Onde nem era preciso dormir para sonhar.
abastadas da sociedade.
© o posicionamento liberal da sociedade oitocentista, que Mas de repente me acordei com a surpresa:
reivindicava mudanças de comportamento na sociedade. Uma esquadra portuguesa veio na praia atracar.
Da grande-nau,
© a política pública higienista, que atrelava a
Um branco de barba escura,
sexualidade a grupos socialmente marginais. Vestindo uma armadura me apontou pra me pegar.
© a busca do controle do corpo por meio de discurso E assustado dei um pulo da rede,
ambíguo que associava sexo, prazer, libertinagem e Pressenti a fome, a sede,
pecado. Eu pensei: "vão me acabar".
Levantei-me de Borduna já na mão.
Questão 19 Aí, senti no coração,
O Brasil vai começar.
NóBREGA, A; e FREIRE, W. CDPernam buco falando para o m undo , 1998.

A letra da canção apresenta um tema recorrente na


história da colonização brasileira, as relações de poder
entre portugueses e povos nativos, e representa uma
crítica à ideia presente no chamado mito
© da democracia racial, originado das relações cordiais
estabelecidas entre portugueses e nativos no período
anterior ao início da colonização brasileira.
© da cordialidade brasileira, advinda da forma como
os povos nativos se associaram economicamente
aos portugueses, participando dos negócios
coloniais açucareiros.
© do brasileiro receptivo, oriundo da facilidade com que
os nativos brasileiros aceitaram as regras impostas pelo
colonizador, o que garantiu o sucesso da colonização.
© da natural miscigenação, resultante da forma como a
metrópole incentivou a união entre colonos, ex-escravas
DEBRET, J. B.; SOUZA, L. M. (Org.). H istó ria da vid a privada no Brasil: e nativas para acelerar o povoamento da colônia.
cotidianoevida privada naAmérica Portuguesa, v. 1. © do encontro, que identifica a colonização portuguesa
São Paulo: Companhia das Letras, 1997.
como pacífica em função das relações de troca
A imagem retrata uma cena da vida cotidiana dos escravos estabelecidas nos primeiros contatos entre
urbanos no início do século XIX. Lembrando que as portugueses e nativos.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 6
Contrapondo o fenômeno da hibridez à ideia de "pureza"
cultural, observa-se que ele se manifesta quando
Ó sublime pergaminho
© criações originais deixam de existir entre os grupos
Libertação geral de artistas, que passam a copiar as essências das
A princesa chorou ao receber obras uns dos outros.

A rosa de ouro papal © civilizações se fecham a ponto de retomarem os


seus próprios modelos culturais do passado, antes
Uma chuva de flores cobriu o salão
abandonados.
E o negro jornalista
© populações demonstram menosprezo por seu
De joelhos beijou a sua mão patrimônio artístico, apropriando-se de produtos
culturais estrangeiros.
Uma voz na varanda do paço ecoou:
© elementos culturais autênticos são descaracterizados
"Meu Deus, meu Deus
e reintroduzidos com valores mais altos em seus
Está extinta a escravidão" lugares de origem.
MELODIA, Z.; RUSSO, N.; MADRUGADA, C. Sublim e P erga m inho . Disponível emhttp:// © intercâmbios entre diferentes povos e campos de
www.letras.terra.com.br.Acessoem: 28 abr. 2010.
produção cultural passam a gerar novos produtos e
O samba-enredo de 1968 reflete e reforça uma manifestações.
concepção acerca do fim da escravidão ainda viva em
Questão 23
nossa memória, mas que não encontra respaldo nos
estudos históricos mais recentes. Nessa concepção A dependência regional maior ou menor da mão de
ultrapassada, a abolição é apresentada como obra escrava teve reflexos políticos importantes no
encaminhamento da extinção da escravatura. Mas a
© conquista dos trabalhadores urbanos livres, que possibilidade e a habilidade de lograr uma solução
demandavam a redução da jornada de trabalho. alternativa - caso típico de São Paulo - desempenharam,
© concessão do governo, que ofereceu benefícios aos ao mesmo tempo, papel relevante.
negros, sem consideração pelas lutas de escravos FAUSTO, B. H istó ria do B ra s il . São Paulo: EDUSP, 2000.
e abolicionistas. A crise do escravismo expressava a difícil questão em
© ruptura na estrutura socioeconômica do país, torno da substituição da mão de obra, que resultou
sendo responsável pela otimização da inclusão
social dos libertos. © na constituição de um mercado interno de mão
de obra livre, constituído pelos libertos, uma vez
© fruto de um pacto social, uma vez que agradaria
que a maioria dos imigrantes se rebelou contra a
os agentes históricos envolvidos na questão: superexploração do trabalho.
fazendeiros, governo e escravos.
© no confronto entre a aristocracia tradicional, que
© forma de inclusão social, uma vez que a abolição defendia a escravidão e os privilégios políticos, e
possibilitaria a concretização de direitos civis e os cafeicultores, que lutavam pela modernização
sociais para os negros. econômica com a adoção do trabalho livre.
Questão 22 © no "branqueamento" da população, para afastar
o predomínio das raças consideradas inferiores
A hibridez descreve a cultura de pessoas que mantêm e concretizar a ideia do Brasil como modelo de
suas conexões com a terra de seus antepassados, civilização dos trópicos.
relacionando-se com a cultura do local que habitam. © no tráfico interprovincial dos escravos das áreas
Eles não anseiam retornar à sua "pátria" ou recuperar decadentes do Nordeste para o Vale do Paraíba,
para a garantia da rentabilidade do café.
qualquer identidade étnica “pura” ou absoluta; ainda
© na adoção de formas disfarçadas de trabalho
assim, preservam traços de outras culturas, tradições e
compulsório com emprego dos libertos nos cafezais
histórias e resistem à assimilação. paulistas, uma vez que os imigrantes foram trabalhar
CASHMORE, E. Dicionário de relações étnicas e raciais . SaoPaulo: SeloNegro, 2000(adaptado). em outras regiões do país.

CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 7


llllllllllllllllllllllll
Questão 24 Questão 26
O alfaiate pardo João de Deus, que, na altura em que Para os amigos pão, para os inimigos pau; aos amigos
foi preso, não tinha mais do que 80 réis e oito filhos, se faz justiça, aos inimigos aplica-se a lei.
declarava que “Todos os brasileiros se fizessem LEAL, V N. C o ron elism o, enxada e v o to . São Paulo: Alfa Omega.
franceses, para viverem em igualdade e abundância".
Esse discurso, típico do contexto histórico da República
MAXWELL, K. Condicionalismosda independênciadoBrasil. SILVA, M. N. (Org.)
O im pério lu so-b rasileiro, 1750-1822 . Lisboa: Estampa, 1986.
Velha e usado por chefes políticos, expressa uma
realidade caracterizada
O texto faz referência à Conjuração Baiana. No contexto
da crise do sistema colonial, esse movimento se © pela força política dos burocratas do nascente Estado
diferenciou dos demais movimentos libertários ocorridos republicano, que utilizavam de suas prerrogativas
no Brasil por
para controlar e dominar o poder nos municípios.
© defender a igualdade econômica, extinguindo a
© pelo controle político dos proprietários no interior
propriedade, conforme proposto nos movimentos
liberais da França napoleônica. do país, que buscavam, por meio dos seus currais
eleitorais, enfraquecer a nascente burguesia brasileira.
© introduzir no Brasil o pensamento e o ideário liberal
que moveram os revolucionários ingleses na luta © pelo mandonismo das oligarquias no interior do
contra o absolutismo monárquico. Brasil, que utilizavam diferentes mecanismos
© propor a instalação de um regime nos moldes da assistencialistas e de favorecimento para garantir o
república dos Estados Unidos, sem alterar a ordem controle dos votos.
socioeconômica escravista e latifundiária.
© pelo domínio político de grupos ligados às velhas
© apresentar um caráter elitista burguês, uma vez que instituições monárquicas e que não encontraram
sofrera influência direta da Revolução Francesa,
espaço de ascensão política na nascente república.
propondo o sistema censitário de votação.
© defender um governo democrático que garantisse © pela aliança política Armada entre as oligarquias
a participação política das camadas populares, do Norte e Nordeste do Brasil, que garantiria
influenciado pelo ideário da Revolução Francesa. uma alternância no poder federal de presidentes
originários dessas regiões.
Questão 25
Questão 27
Na antiga Grécia, o teatro tratou de questões como
destino, castigo e justiça. Muitos gregos sabiam de cor A ética exige um governo que amplie a igualdade entre
inúmeros versos das peças dos seus grandes autores. os cidadãos. Essa é a base da pátria. Sem ela, muitos
Na Inglaterra dos séculos XVI e XVII, Shakespeare indivíduos não se sentem “em casa”, experimentam-se
produziu peças nas quais temas como o amor, o poder, como estrangeiros em seu próprio lugar de nascimento.
o bem e o mal foram tratados. Nessas peças, os grandes SILVA, R. R. Ética, defesa nacional, cooperaçãodospovos. OLIVEIRA, (. R(Org.)
personagens falavam em verso e os demais em prosa. Segurança & Defesa Nacional: da competiçãoà cooperaçãoregional. SãoPaulo:
No Brasil colonial, os índios aprenderam com os jesuítas Fundação Memorial daAmérica Latina, 2007 (adaptado).
a representar peças de caráter religioso. Os pressupostos éticos são essenciais para a
Esses fatos são exemplos de que, em diferentes tempos estruturação política e integração de indivíduos em uma
e situações, o teatro é uma forma sociedade. De acordo com o texto, a ética corresponde a

© de manipulação do povo pelo poder, que controla © valores e costumes partilhados pela maioria da
o teatro. sociedade.
© de diversão e de expressão dos valores e problemas © preceitos normativos impostos pela coação das
da sociedade. leis jurídicas.
© de entretenimento popular, que se esgota na sua © normas determinadas pelo governo, diferentes das
função de distrair. leis estrangeiras.
© de manipulação do povo pelos intelectuais que © transferência dos valores praticados em casa para a
compõem as peças. esfera social.
© de entretenimento, que foi superada e hoje é © proibição da interferência de estrangeiros em
substituída pela televisão. nossa pátria.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 8
A Z U L 7 5 S A B 9
2010

Questão 28 Questão 30
Dali avistamos homens que andavam pela praia, obra A solução militar da crise política gerada pela sucessão
de sete ou oito. Eram pardos, todos nus. Nas mãos do presidente Washington Luis em 1929-1930 provoca
traziam arcos com suas setas. Não fazem o menor caso profunda ruptura institucional no país. Deposto o presidente,
de encobrir ou de mostrar suas vergonhas; e nisso têm o Governo Provisório (1930-1934) precisa administrar
tanta inocência como em mostrar o rosto. Ambos traziam as diferenças entre as correntes políticas integrantes da
os beiços de baixo furados e metidos neles seus ossos composição vitoriosa, herdeira da Aliança Liberal.
brancos e verdadeiros. Os cabelos seus são corredios. LEMOS, R. A revolução constitucionalista de 1932. SILVA, R. M.; CACHAPUZ, P B.;
LAMARÃO, S. (Org). G etúlio Vargas e seu tem po. Rio de Janeiro: BNDES.
CAMINHA, P. V. Carta. RIBEIRO, D. et al. Viagem pela his tó ria do Brasil: documentos.
São Paulo: Companhia das Letras, 1997 (adaptado).
No contexto histórico da crise da Primeira República,
O texto é parte da famosa Carta de Pero Vaz de Caminha, verifica-se uma divisão no movimento tenentista. A
documento fundamental para a formação da identidade atuação dos integrantes do movimento liderados por
brasileira. Tratando da relação que, desde esse primeiro Juarez Távora, os chamados “liberais” nos anos 1930,
contato, se estabeleceu entre portugueses e indígenas, deve ser entendida como
esse trecho da carta revela a
© a aliança com os cafeicultores paulistas em defesa
© preocupação em garantir a integridade do colonizador
de novas eleições.
diante da resistência dos índios à ocupação da terra.
© o retorno aos quartéis diante da desilusão política
© postura etnocêntrica do europeu diante das
com a “Revolução de 30”.
características físicas e práticas culturais do indígena.
© o compromisso político-institucional com o governo
© orientação da política da Coroa Portuguesa quanto provisório de Vargas.
à utilização dos nativos como mão de obra para
© a adesão ao socialismo, reforçada pelo exemplo do
colonizar a nova terra.
ex-tenente Luís Carlos Prestes.
© oposição de interesses entre portugueses e índios, © o apoio ao governo provisório em defesa da
que dificultava o trabalho catequético e exigia amplos
descentralização do poder político.
recursos para a defesa da posse da nova terra.
Questão 31
© abundância da terra descoberta, o que possibilitou a sua
O mestre-sala dos mares
incorporação aos interesses mercantis portugueses,
por meio da exploração econômica dos índios. Há muito tempo nas águas da Guanabara
O dragão do mar reapareceu
Questão 29 Na figura de um bravo marinheiro
Para o Paraguai, portanto, essa foi uma guerra pela A quem a história não esqueceu
sobrevivência. De todo modo, uma guerra contra dois Conhecido como o almirante negro
Tinha a dignidade de um mestre-sala
gigantes estava fadada a ser um teste debilitante e
E ao navegar pelo mar com seu bloco de fragatas
severo para uma economia de base tão estreita. Lopez
Foi saudado no porto pelas mocinhas francesas
precisava de uma vitória rápida e, se não conseguisse Jovens polacas e por batalhões de mulatas
vencer rapidamente, provavelmente não venceria nunca. Rubras cascatas jorravam nas costas
LYNCH, J. As Repúblicas do Prata: da Independência à Guerra do Paraguai. BETHELL, Leslie (Org). dos negros pelas pontas das chibatas...
História da Am érica Latina: da Independência até 1870, v. III. São Paulo: EDUSP 2004.
BLANC, A.; BOSCO, J. O m estre-sala dos mares. Disponível em: www.usinadeletras.com.br.
Acesso em: 19 jan. 2009.

A Guerra do Paraguai teve consequências políticas Na história brasileira, a chamada Revolta da Chibata,
importantes para o Brasil, pois liderada por João Cândido, e descrita na música, foi

© representou a afirmação do Exército Brasileiro como © a rebelião de escravos contra os castigos físicos,
ocorrida na Bahia, em 1848, e repetida no Rio de
um ator político de primeira ordem. Janeiro.
© confirmou a conquista da hegemonia brasileira © a revolta, no porto de Salvador, em 1860, de
marinheiros dos navios que faziam o tráfico negreiro.
sobre a Bacia Platina. © o protesto, ocorrido no Exército, em 1865, contra o
castigo de chibatadas em soldados desertores na
© concretizou a emancipação dos escravos negros. Guerra do Paraguai.
© incentivou a adoção de um regime constitucional © a rebelião dos marinheiros, negros e mulatos, em
1910, contra os castigos e as condições de trabalho
monárquico. na Marinha de Guerra.
© o protesto popular contra o aumento do custo de vida
© solucionou a crise financeira, em razão das no Rio de Janeiro, em 1917, dissolvido, a chibatadas,
indenizações recebidas. pela polícia.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 9
Os impactos e efeitos dessa universalização, conforme
Questão 32
descritos no texto, podem ser analisados do ponto de
Os cercamentos do século XVIII podem ser considerados
vista moral, o que leva à defesa da criação de normas
como sínteses das transformações que levaram à
consolidação do capitalismo na Inglaterra. Em primeiro universais que estejam de acordo com
lugar, porque sua especialização exigiu uma articulação
© os valores culturais praticados pelos diferentes
fundamental com o mercado. Como se concentravam
na atividade de produção de lã, a realização da renda povos em suas tradições e costumes locais.
dependeu dos mercados, de novas tecnologias de
© os pactos assinados pelos grandes líderes políticos,
beneficiamento do produto e do emprego de novos tipos de
ovelhas. Em segundo lugar, concentrou-se na inter-relação os quais dispõem de condições para tomar decisões.
do campo com a cidade e, num primeiro momento, também © os sentimentos de respeito e fé no cumprimento de
se vinculou à liberação de mão de obra.
valores religiosos relativos à justiça divina.
RODRIGUES, A. E. M. Revoluções burguesas. In: REISFILHO, D. A. et al (Orgs.) O Século XX,
v. I. Riode Janeiro: Civilização Brasileira, 2000 (adaptado). © os sistemas políticos e seus processos consensuais
Outra consequência dos cercamentos que teria e democráticos de formação de normas gerais.
contribuído para a Revolução Industrial na Inglaterra foi o
© os imperativos técnico-científicos, que determinam
© aumento do consumo interno. com exatidão o grau de justiça das normas.
© congelamento do salário mínimo.
Questão 35
© fortalecimento dos sindicatos proletários.
© enfraquecimento da burguesia industrial.
© desmembramento das propriedades improdutivas.

Questão 33

Sozinho vai descobrindo o caminho


O rádio fez assim com seu avô
Rodovia, hidrovia, ferrovia
E agora chegando a infovia
Para alegria de todo o interior
GIL, G. Banda la rga c o rd e l. Disponível em: www.uol.vagalume.com.br.
Acessoem: 16abr. 2010(fragmento).
O trecho da canção faz referência a uma das dinâmicas
centrais da globalização, diretamente associada ao
processo de
Disponível em: www.culturabrasil.org.br. Acessoem: 28 abr. 2010.
© evolução da tecnologia da informação.
A foto revela um momento da Guerra do Vietnã
© expansão das empresas transnacionais.
(1965-1975), conflito militar cuja cobertura jornalística
© ampliação dos protecionismos alfandegários. utilizou, em grande escala, a fotografia e a televisão. Um
© expansão das áreas urbanas do interior. dos papéis exercidos pelos meios de comunicação na
© evolução dos fluxos populacionais. cobertura dessa guerra, evidenciado pela foto, foi

Questão 34 © demonstrar as diferenças culturais existentes entre


norte-americanos e vietnamitas.
No século XX, o transporte rodoviário e a aviação civil
aceleraram o intercâmbio de pessoas e mercadorias, © defender a necessidade de intervenções armadas
em países comunistas.
fazendo com que as distâncias e a percepção subjetiva das
mesmas se reduzissem constantemente. É possível apontar © denunciar os abusos cometidos pela intervenção
uma tendência de universalização em vários campos, por militar norte-americana.
exemplo, na globalização da economia, no armamentismo © divulgar valores que questionavam as ações do
nuclear, na manipulação genética, entre outros. governo vietnamita.
HABERMAS, J. A constelação pós-nacional: ensaios políticos. São Paulo: © revelar a superioridade militar dos Estados Unidos
Littera Mundi, 2001 (adaptado).
da América.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 10
Os generais abaixo-assinados, de pleno acordo com o A América se tornara a maior força política e financeira
Ministro da Guerra, declaram-se dispostos a promover do mundo capitalista. Havia se transformado de país
uma ação enérgica junto ao governo no sentido de devedor em país que emprestava dinheiro. Era agora
contrapor medidas decisivas aos planos comunistas uma nação credora.
HUBERMAN, L. H istó ria da riqueza do hom em . Riode Janeiro: Zahar, 1962.
e seus pregadores e adeptos, independentemente
da esfera social a que pertençam. Assim procedem Em 1948, os EUA lançavam o Plano Marshall, que
no exclusivo propósito de salvarem o Brasil e suas consistiu no empréstimo de 17 bilhões de dólares para
instituições políticas e sociais da hecatombe que se que os países europeus reconstruíssem suas economias.
mostra prestes a explodir. Um dos resultados desse plano, para os EUA, foi
Ata de reuniãonoMinistériodaGuerra, 28/09/1937. BONAVIDES, P; AMARAL, R. © o aumento dos investimentos europeus em indústrias
Textos p o lítico s da histó ria do B ra s il , v. 5.
Brasília: Senado Federal, 2002 (adaptado).
sediadas nos EUA.
Levando em conta o contexto político-institucional dos © a redução da demanda dos países europeus por
anos 1930 no Brasil, pode-se considerar o texto como produtos e insumos agrícolas.
uma tentativa de justificar a ação militar que iria © o crescimento da compra de máquinas e veículos
estadunidenses pelos europeus.
© debelar a chamada Intentona Comunista, acabando © o declínio dos empréstimos estadunidenses aos
com a possibilidade da tomada do poder pelo PCB. países da América Latina e da Ásia.
© reprimir a Aliança Nacional Libertadora, fechando © a criação de organismos que visavam regulamentar
todas as operações de crédito.
todos os seus núcleos e prendendo os seus líderes.
Questão 39
© desafiar a Ação Integralista Brasileira, afastando o
perigo de uma guinada autoritária para o fascismo. Ato Institucional n° 5 de 13 de dezembro de 1968

© instituir a ditadura do Estado Novo, cancelando as Art. 10 —Fica suspensa a garantia de habeas corpus, nos
eleições de 1938 e reescrevendo a Constituição do país. casos de crimes políticos, contra a segurança nacional,
a ordem econômica e social e a economia popular.
© combater a Revolução Constitucionalista, evitando
que os fazendeiros paulistas retomassem o poder Art. 11 - Excluem-se de qualquer apreciação judicial todos os
perdido em 1930. atos praticados de acordo com este Ato Institucional e seus
Atos Complementares, bem como os respectivos efeitos.
Questão 37 Disponível em: http://www.senado.gov.br. Acessoem: 29jul. 2010.
Eu não tenho hoje em dia muito orgulho do Tropicalismo. O Ato Institucional n° 5 é considerado por muitos
Foi sem dúvida um modo de arrombar a festa, mas
autores um "golpe dentro do golpe". Nos artigos do
arrombar a festa no Brasil é fácil. O Brasil é uma pequena
sociedade colonial, muito mesquinha, muito fraca. AI-5 selecionados, o governo militar procurou limitar a
atuação do Poder Judiciário, porque isso significava
VELOSO, C. In: HOLLANDA, H. B.; GONÇALVES, M. A. C ultura e participação nos anos 60.
São Paulo: Brasiliense, 1995 (adaptado).
© a substituição da Constituição de 1967.
O movimento tropicalista, consagrador de diversos
músicos brasileiros, está relacionado historicamente © o início do processo de distensão política.
© a garantia legal para o autoritarismo dos juízes.
© à expansão de novas tecnologias de informação,
© a ampliação dos poderes nas mãos do Executivo.
entre as quais, a Internet, o que facilitou imensamente
a sua divulgação mundo afora. © a revogação dos instrumentos jurídicos implantados
durante o golpe de 1964.
© ao advento da indústria cultural em associação com
um conjunto de reivindicações estéticas e políticas Rascunho
durante os anos 1960.
© à parceria com a Jovem Guarda, também considerada
um movimento nacionalista e de crítica política ao
regime militar brasileiro.
© ao crescimento do movimento estudantil nos anos
1970, do qual os tropicalistas foram aliados na crítica ao
tradicionalismo dos costumes da sociedade brasileira.
© à identificação estética com a Bossa Nova, pois
ambos os movimentos tinham raízes na incorporação
de ritmos norte-americanos, como o blues.
v_
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 11
Questão 41
A gente não sabemos escolher presidente
A gente não sabemos tomar conta da gente
A gente não sabemos nem escovar os dentes
Tem gringo pensando que nóis é indigente
Inútil
A gente somos inútil
MOREIRA, R. Inútil. 1983 (fragmento).

O fragmento integra a letra de uma canção gravada em


momento de intensa mobilização política. A canção foi
censurada por estar associada

© ao rock nacional, que sofreu limitações desde o início


da ditadura militar.
© a uma crítica ao regime ditatorial que, mesmo em sua
fase final, impedia a escolha popular do presidente.
© à falta de conteúdo relevante, pois o Estado buscava,
naquele contexto, a conscientização da sociedade
por meio da música.
© à dominação cultural dos Estados Unidos da América
sobre a sociedade brasileira, que o regime militar
Disponível em:http://pimentacomlimao.files.wordpress.com. Acesso em: 17 abr. 2010 (adaptado). pretendia esconder.
A charge remete ao contexto do movimento que ficou © à alusão à baixa escolaridade e à falta de consciência
conhecido como Diretas Já, ocorrido entre os anos
política do povo brasileiro.
de 1983 e 1984. O elemento histórico evidenciado na
imagem é Questão 42
© a insistência dos grupos políticos de esquerda em
A primeira instituição de ensino brasileira que inclui disciplinas
realizar atos políticos ilegais e com poucas chances
de serem vitoriosos. voltadas ao público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e
© a mobilização em torno da luta pela democracia frente transexuais) abriu inscrições na semana passada. A grade
ao regime militar, cada vez mais desacreditado. curricular é inspirada em similares dos Estados Unidos da
© o diálogo dos movimentos sociais e dos partidos América e da Europa. Ela atenderá jovens com aulas de
políticos, então existentes, com os setores do
governo interessados em negociar a abertura. expressão artística, dança e criação de fanzines. É aberta a
© a insatisfação popular diante da atuação dos partidos todo o público estudantil e tem como principal objetivo impedir
políticos de oposição ao regime militar criados no a evasão escolar de grupos socialmente discriminados.
início dos anos 80.
Época, 11jan. 2010 (adaptado).

© a capacidade do regime militar em impedir que as


manifestações políticas acontecessem. O texto trata de uma política pública de ação afirmativa
voltada ao público LGBT. Com a criação de uma instituição
Rascunho de ensino para atender esse público, pretende-se

© contribuir para a invisibilidade do preconceito ao


grupo LGBT.
© copiar os modelos educacionais dos EUA e da
Europa.
© permitir o acesso desse segmento ao ensino técnico.
© criar uma estratégia de proteção e isolamento
desse grupo.
© promover o respeito à diversidade sexual no sistema
de ensino.
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 12
2010
A biblioteca de Alexandria exerceu durante certo tempo
Questão 43
um papel fundamental para a produção do conhecimento
O meu lugar,
e memória das civilizações antigas, porque
Tem seus mitos e seres de luz,
© eternizou o nome de Alexandre, o Grande, e zelou
É bem perto de Oswaldo Cruz,
pelas narrativas dos seus grandes feitos.
Cascadura, Vaz Lobo, Irajá.
© funcionou como um centro de pesquisa acadêmica e
O meu lugar, deu origem às universidades modernas.
É sorriso, é paz e prazer, © preservou o legado da cultura grega em diferentes
O seu nome é doce dizer, áreas do conhecimento e permitiu sua transmissão
a outros povos.
Madureira, ia, Iaiá.
Madureira, ia, Iaiá © transformou a cidade de Alexandria no centro urbano
mais importante da Antiguidade.
Em cada esquina um pagode um bar, © reuniu os principais registros arqueológicos até
Em Madureira. então existentes e fez avançar a museologia antiga.
Império e Portela também são de lá, Questão 45
Em Madureira. Quando Édipo nasceu, seus pais, Laio e Jocasta, os reis
E no Mercadão você pode comprar de Tebas, foram informados de uma profecia na qual o
Por uma pechincha você vai levar, filho mataria o pai e se casaria com a mãe. Para evitá-la,
ordenaram a um criado que matasse o menino. Porém,
Um dengo, um sonho pra quem quer sonhar,
penalizado com a sorte de Édipo, ele o entregou a um
Em Madureira.
casal de camponeses que morava longe de Tebas para
CRUZ, A. Meu lugar. Disponível em:www.vagalume.uol.com.br.Acessoem: 16abr. 2010(fragmento).
que o criasse. Édipo soube da profecia quando se tornou
A análise do trecho da canção indica um tipo de interação adulto. Saiu então da casa de seus pais para evitar a
entre o indivíduo e o espaço. Essa interação explícita na tragédia. Eis que, perambulando pelos caminhos da
canção expressa um processo de Grécia, encontrou-se com Laio e seu séquito, que,
insolentemente, ordenou que saísse da estrada. Édipo
© autossegregação espacial.
reagiu e matou todos os integrantes do grupo, sem saber
© exclusão sociocultural. que entre eles estava seu verdadeiro pai. Continuou a
© homogeneização cultural. viagem até chegar a Tebas, dominada por uma Esfinge.
Ele decifrou o enigma da Esfinge, tornou-se rei de Tebas e
© expansão urbana.
casou-se com a rainha, Jocasta, a mãe que desconhecia.
© pertencimento ao espaço.
Disponível em: http://www.culturabrasil.org.Acessoem: 28ago. 2010 (adaptado).
Questão 44
No mito Édipo Rei, são dignos de destaque os temas do
Alexandria começou a ser construída em 332 a.C., por destino e do determinismo. Ambos são características do
Alexandre, o Grande, e, em poucos anos, tornou-se um mito grego e abordam a relação entre liberdade humana
e providência divina. A expressão filosófica que toma
polo de estudos sobre matemática, filosofia e ciência
como pressuposta a tese do determinismo é:
gregas. Meio século mais tarde, Ptolomeu II ergueu uma
enorme biblioteca e um museu — que funcionou como © "Nasci para satisfazer a grande necessidade que eu
tinha de mim mesmo." Jean Paul Sartre
centro de pesquisa. A biblioteca reuniu entre 200 mil e
© “Ter fé é assinar uma folha em branco e deixar que
500 mil papiros e, com o museu, transformou a cidade no Deus nela escreva o que quiser." Santo Agostinho
maior núcleo intelectual da época, especialmente entre © "Quem não tem medo da vida também não tem medo
os anos 290 e 88 a.C. A partir de então, sofreu sucessivos da morte." Arthur Schopenhauer
ataques de romanos, cristãos e árabes, o que resultou na © "Não me pergunte quem sou eu e não me diga para
permanecer o mesmo.” Michel Foucault
destruição ou perda de quase todo o seu acervo.
RIBEIRO, F Filósofae mártir. A venturas na h is tó ria . © "O homem, em seu orgulho, criou a Deus a sua
São Paulo: Abril. ed. 81, abr. 2010 (adaptado). imagem e semelhança.” Friedrich Nietzsche
CH - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 13
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
Questões de 46 a 90
© Evitar o contato com a água contaminada por
Questão 46
mosquitos, combater os percevejos hematófagos
A interferência do homem no meio ambiente tem feito conhecidos como barbeiros, eliminar os caramujos
do gênero Biomphalaria e combater o mosquito
com que espécies de seres vivos desapareçam muito Anopheles.
© Combater o mosquito Anopheles, evitar o contato
mais rapidamente do que em épocas anteriores. Vários
com a água suja acumulada pelas enchentes,
mecanismos de proteção ao planeta têm sido discutidos combater o mosquito flebótomo e eliminar os
caramujos do gênero Biomphalaria.
por cientistas, organizações e governantes. Entre esses © Eliminar os caramujos do gênero Biomphalaria,
mecanismos, destaca-se o acordado na Convenção combater o mosquito flebótomo, evitar o contato com
a água suja acumulada pelas enchentes e combater
sobre a Diversidade Biológica durante a Rio 92, que o mosquito Aedes.
afirma que a nação tem direito sobre a variedade de © Combater o mosquito Aedes, evitar o contato com a
água suja acumulada pelas enchentes, eliminar os
vida contida em seu território e o dever de conservá-la caramujos do gênero Biomphalaria e combater os
percevejos hematófagos conhecidos como barbeiros.
utilizando-se dela de forma sustentável.
© Combater o mosquito Aedes, eliminar os caramujos
do gênero Biomphalaria, combater o mosquito
A dificuldade encontrada pelo Brasil em seguir o acordo flebótomo e evitar o contato com a água contaminada
da Convenção sobre a Diversidade Biológica decorre, por mosquitos.
entre outros fatores, do fato de a Questão 48
No nosso dia a dia deparamo-nos com muitas tarefas
© extinção de várias espécies ter ocorrido em larga pequenas e problemas que demandam pouca energia
escala. para serem resolvidos e, por isso, não consideramos a
eficiência energética de nossas ações. No global, isso
© alta biodiversidade no país impedir a sua significa desperdiçar muito calor que poderia ainda ser
conservação. usado como fonte de energia para outros processos. Em
ambientes industriais, esse reaproveitamento é feito por um
© utilização de espécies nativas de forma sustentável processo chamado de cogeração. A figura a seguir ilustra
ser utópica. um exemplo de cogeração na produção de energia elétrica.

© grande extensão de nosso território dificultar a


sua fiscalização.

© classificação taxonômica de novas espécies ocorrer


de forma lenta.

Questão 47
Em 2009, o município maranhense de Bacabal foi
fortemente atingido por enchentes, submetendo a
população local a viver em precárias condições durante
algum tempo. Em razão das enchentes, os agentes de
saúde manifestaram, na ocasião, temor pelo aumento
dos casos de doenças como, por exemplo, a malária,
HINRICHS, R. A.; KLEINBACH, M. Energia e m eio am bie nte .
a leptospirose, a leishmaniose e a esquistossomose. São Paulo: PioneiraThomson Learning, 2003 (adaptado).
CidadesinundadasenfrentamaumentodedoençasFolha O nline . 22abr. 2009. Em relação ao processo secundário de aproveitamento
Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br. de energia ilustrado na figura, a perda global de energia
Acesso: em28 abr. 2010 (adaptado).
é reduzida por meio da transformação de energia
Que medidas o responsável pela promoção da saúde da © térmica em mecânica.
© mecânica em térmica.
população afetada pela enchente deveria sugerir para © química em térmica.
evitar o aumento das doenças mencionadas no texto, © química em mecânica.
respectivamente? © elétrica em luminosa.

CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 14


Os frutos são exclusivos das angiospermas, e a dispersão
das sementes dessas plantas é muito importante
para garantir seu sucesso reprodutivo, pois permite a
conquista de novos territórios. A dispersão é favorecida
por certas características dos frutos (ex.: cores fortes
e vibrantes, gosto e odor agradáveis, polpa suculenta)
e das sementes (ex.: presença de ganchos e outras
estruturas fixadoras que se aderem às penas e pelos
de animais, tamanho reduzido, leveza e presença de
C iência Hoje . v. 5, n° 27, dez. 1986. Encarte. expansões semelhantes a asas). Nas matas brasileiras,
os animais da fauna silvestre têm uma importante
Os quadrinhos mostram, por meio da projeção da sombra contribuição na dispersão de sementes e, portanto, na
da árvore e do menino, a sequência de períodos do dia: manutenção da diversidade da flora.
matutino, meio-dia e vespertino, que é determinada CHIARADIA, A. M ini-m anual de pesquisa: Biologia. Jun. 2004 (adaptado).

© pela posição vertical da árvore e do menino. Das características de frutos e sementes apresentadas,
quais estão diretamente associadas a um mecanismo de
© pela posição do menino em relação à árvore.
atração de aves e mamíferos?
© pelo movimento aparente do Sol em torno da Terra.
© Ganchos que permitem a adesão aos pelos e penas.
© pelo fuso horário específico de cada ponto da © Expansões sem elhantes a asas que favorecem
superfície da Terra. a flutuação.
© Estruturas fixadoras que se aderem às asas das
© pela estação do ano, sendo que no inverno os dias aves.
são mais curtos que no verão. © Frutos com polpa suculenta que fornecem energia
aos dispersores.
Questão 50
© Leveza e tamanho reduzido das sementes, que
favorecem a flutuação.
A utilização de células-tronco do próprio indivíduo
(autotransplante) tem apresentado sucesso como terapia Rascunho
medicinal para a regeneração de tecidos e órgãos cujas
células perdidas não têm capacidade de reprodução,
principalmente em substituição aos transplantes, que causam
muitos problemas devidos à rejeição pelos receptores.

O autotransplante pode causar menos problemas


de rejeição quando comparado aos transplantes
tradicionais, realizados entre diferentes indivíduos. Isso
porque as

© células-tronco se mantêm indiferenciadas após sua


introdução no organismo do receptor.

© células provenientes de transplantes entre diferentes


indivíduos envelhecem e morrem rapidamente.

© células-tronco, por serem doadas pelo próprio


indivíduo receptor, apresentam material genético
semelhante.

© células transplantadas entre diferentes indivíduos se


diferenciam em tecidos tumorais no receptor.

© células provenientes de transplantes convencionais


não se reproduzem dentro do corpo do receptor.
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 15
A tabela apresenta dados comparados de respostas de brasileiros, norte-americanos e europeus a perguntas
relacionadas à compreensão de fatos científicos pelo público leigo. Após cada afirmativa, entre parênteses, aparece
se a afirmativa é Falsa ou Verdadeira. Nas três colunas da direita aparecem os respectivos percentuais de acertos dos
três grupos sobre essas afirmativas.

% respostas certas
Pesquisa
Brasileiros Norte-americanos Europeus

Os antibióticos matam tanto vírus quanto


41,8 51,0 39,7
bactérias. (Falsa)
Os continentes têm mudado sua posição no
78,1 79,0 81,8
decorrer dos milênios. (Verdadeira)

O Homo sapiens originou-se a partir de uma


56,4 53,0 68,6
espécie animal anterior. (Verdadeira)
Os elétrons são menores que os átomos.
53,6 48,0 41,3
(Verdadeira)
Os primeiros homens viveram no mesmo
61,2 48,0 59,4
período que os dinossauros. (Falsa)

Percepção pública deciência: uma revisãometodológica e resultados para SaoPaulo.


Indica dores de ciência, te c n o lo g ia e inovação em São Paulo . São Paulo: Fapesp, 2004 (adaptado).

De acordo com os dados apresentados na tabela, os norte-americanos, em relação aos europeus e aos brasileiros,
demonstram melhor compreender o fato científico sobre
© a ação dos antibióticos.
© a origem do ser humano.
© os períodos da pré-história.
© o deslocamento dos continentes.
© o tamanho das partículas atômicas.

Questão 53

O aquecimento global, ocasionado pelo aumento do efeito estufa, tem como uma de suas causas a disponibilização acelerada
de átomos de carbono para a atmosfera. Essa disponibilização acontece, por exemplo, na queima de combustíveis fósseis,
como a gasolina, os óleos e o carvão, que libera o gás carbônico (CO2) para a atmosfera. Por outro lado, aprodução de
metano (CH4), outro gás causador do efeito estufa, está associada à pecuária e à degradação dematéria orgânica em
aterros sanitários.

Apesar dos problemas causados pela disponibilização acelerada dos gases citados, eles são imprescindíveis à vida na
Terra e importantes para a manutenção do equilíbrio ecológico, porque, por exemplo, o

© metano é fonte de carbono para os organismos fotossintetizantes.


© metano é fonte de hidrogênio para os organismos fotossintetizantes.
© gás carbônico é fonte de energia para os organismos fotossintetizantes.
© gás carbônico é fonte de carbono inorgânico para os organismos fotossintetizantes.
© gás carbônico é fonte de oxigênio molecular para os organismos heterotróficos aeróbios.

CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 16


A Z U L 7 5 S A B 1 7
2010

Questão 54 Questão 56
Os espelhos retrovisores, que deveriam auxiliar os Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações
motoristas na hora de estacionar ou mudar de pista, químicas. A seguir destacam-se três exemplos no
muitas vezes causam problemas. É que o espelho contexto da preparação e da conservação de alimentos:
retrovisor do lado direito, em alguns modelos, distorce a 1. A maioria dos produtos alimentícios se conserva por
imagem, dando a impressão de que o veículo está a uma muito mais tempo quando submetidos à refrigeração.
distância maior do que a real. Esse procedimento diminui a rapidez das reações que
Este tipo de espelho, chamado convexo, é utilizado com contribuem para a degradação de certos alimentos.
o objetivo de ampliar o campo visual do motorista, já que 2. Um procedimento muito comum utilizado em práticas
no Brasil se adota a direção do lado esquerdo e, assim, o de culinária é o corte dos alimentos para acelerar o seu
espelho da direita fica muito distante dos olhos do condutor. cozimento, caso não se tenha uma panela de pressão.
Disponível em: http://noticias.vrum.com.br.Acessoem: 3 nov. 2010 (adaptado). 3. Na preparação de iogurtes, adicionam-se ao leite
bactérias produtoras de enzimas que aceleram as
Sabe-se que, em um espelho convexo, a imagem reações envolvendo açúcares e proteínas lácteas.
formada está mais próxima do espelho do que este
Com base no texto, quais são os fatores que influenciam
está do objeto, o que parece entrar em conflito com a
a rapidez das transformações químicas relacionadas
informação apresentada na reportagem. Essa aparente
aos exemplos 1,2 e 3, respectivamente?
contradição é explicada pelo fato de
© Temperatura, superfície de contato e concentração.
© a imagem projetada na retina do motorista ser menor © Concentração, superfície de contato e catalisadores.
do que o objeto.
© Temperatura, superfície de contato e catalisadores.
© a velocidade do automóvel afetar a percepção © Superfície de contato, temperatura e concentração.
da distância. © Temperatura, concentração e catalisadores.
© o cérebro humano interpretar como distante uma Questão 57
imagem pequena. Atualmente, existem inúmeras opções de celulares com
© o espelho convexo ser capaz de aumentar o campo telas sensíveis ao toque (touchscreen). Para decidir
visual do motorista. qual escolher, é bom conhecer as diferenças entre os
principais tipos de telas sensíveis ao toque existentes
© o motorista perceber a luz vinda do espelho com a
parte lateral do olho. no mercado. Existem dois sistemas básicos usados para
reconhecer o toque de uma pessoa:
Questão 55 • O primeiro sistema consiste de um painel de vidro
normal, recoberto por duas camadas afastadas por
Um agricultor, buscando o aumento da produtividade de espaçadores. Uma camada resistente a riscos é
sua lavoura, utilizou o adubo NPK (nitrogênio, fósforo colocada por cima de todo o conjunto. Uma corrente
e potássio) com alto teor de sais minerais. A irrigação elétrica passa através das duas camadas enquanto
dessa lavoura é feita por canais que são desviados de a tela está operacional. Quando um usuário toca a
tela, as duas camadas fazem contato exatamente
um rio próximo dela. Após algum tempo, notou-se uma
naquele ponto. A mudança no campo elétrico é
grande mortandade de peixes no rio que abastece os percebida, e as coordenadas do ponto de contato
canais, devido à contaminação das águas pelo excesso são calculadas pelo computador.
de adubo usado pelo agricultor. • No segundo sistema, uma camada que armazena
Que processo biológico pode ter sido provocado na água carga elétrica é colocada no painel de vidro do monitor.
Quando um usuário toca o monitor com seu dedo,
do rio pelo uso do adubo NPK?
parte da carga elétrica é transferida para o usuário, de
© Lixiviação, processo em que ocorre a lavagem do modo que a carga na camada que a armazena diminui.
solo, que acaba disponibilizando os nutrientes para Esta redução é medida nos circuitos localizados em
a água do rio. cada canto do monitor. Considerando as diferenças
© Acidificação, processo em que os sais, ao se relativas de carga em cada canto, o computador
dissolverem na água do rio, formam ácidos. calcula exatamente onde ocorreu o toque.
Disponível em: http://eletronicos.hsw.uol.com.br.Acessoem: 18 set. 2010 (adaptado).
© Eutrofização, ocasionada pelo aumento de fósforo
O elemento de armazenamento de carga análogo ao
e nitrogênio dissolvidos na água, que resulta na exposto no segundo sistema e a aplicação cotidiana
proliferação do fitoplâncton. correspondente são, respectivamente,
© Aquecimento, decorrente do aumento de sais © receptores — televisor.
dissolvidos na água do rio, que eleva sua temperatura. © resistores — chuveiro elétrico.
© Denitrificação, processo em que o excesso de nitrogênio © geradores — telefone celular.
que chega ao rio é disponibilizado para a atmosfera, © fusíveis — caixa de força residencial.
prejudicando o desenvolvimento dos peixes. © capacitores — flash de máquina fotográfica.

CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 17


A Z U L 7 5 S A B 1
2010

Questão 58 Questão 59

Um garoto que passeia de carro com seu pai pela A resistência elétrica de um fio é determinada pela
suas dimensões e pelas propriedades estruturais do
cidade, ao ouvir o rádio, percebe que a sua estação
material. A condutividade (a ) caracteriza a estrutura do
de rádio preferida, a 94,9 FM, que opera na banda de material, de tal forma que a resistência de um fio pode
frequência de megahertz, tem seu sinal de transmissão ser determinada conhecendo-se L, o comprimento do fio
e A, a área de seção reta. A tabela relaciona o material
superposto pela transmissão de uma rádio pirata de
à sua respectiva resistividade em temperatura ambiente.
mesma frequência que interfere no sinal da emissora do
centro em algumas regiões da cidade. Tabela de condutividade
Considerando a situação apresentada, a rádio pirata Material Condutividade (S-m/mm2)
interfere no sinal da rádio do centro devido à Alumínio 34,2
Cobre 61,7
© atenuação promovida pelo ar nas radiações emitidas.
Ferro 10,2
© maior amplitude da radiação emitida pela estação Prata 62,5
do centro.
Tungstênio 18,8
© diferença de intensidade entre as fontes emissoras
Mantendo-se as mesmas dimensões geométricas, o fio
de ondas. que apresenta menor resistência elétrica é aquele feito de
© menor potência de transmissão das ondas da © tungstênio.
emissora pirata. © alumínio.
© ferro.
© semelhança dos comprimentos de onda das © cobre.
radiações emitidas. © prata.

Questão 60
O Brasil é um dos países que obtêm melhores resultados na reciclagem de latinhas de alumínio. O esquema a seguir
representa as várias etapas desse processo:

0 alumínio é resfriado FORNO


em fôrmas que
moldam os lingotes. As tintas e outros
produtos químicos são
eliminados durante a
Os lingotes darão fusão a 400 “C - 700 °C.
origem a novas
latas.

Disponível em: http://ambiente.hsw.uol.com.br.Acessoem: 27abr. 2010 (adaptado).


A temperatura do forno em que o alumínio é fundido é útil também porque

© sublima outros metais presentes na lata.


© evapora substâncias radioativas remanescentes.
© impede que o alumínio seja eliminado em altas temperaturas.
© desmagnetiza as latas que passaram pelo processo de triagem.
© queima os resíduos de tinta e outras substâncias presentes na lata.
CN - 1o dia | Caderno 1 - AZUL - Página 18
A Z U L 7 5 S A B 1 9
2010

Questão 61 Questão 63
A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é a A figura representa uma cadeia alimentar em uma lagoa.
As setas indicam o sentido do fluxo de energia entre os
manifestação clínica da infecção pelo vírus HIV, que leva,
componentes dos níveis tróficos.
em média, oito anos para se manifestar. No Brasil, desde
a identificação do primeiro caso de A ID S em 1980 até
junho de 2007, já foram identificados cerca de 474 mil
casos da doença. O país acumulou, aproximadamente,
192 mil óbitos devido à A ID S até junho de 2006, sendo
as taxas de mortalidade crescentes até meados da
década de 1990 e estabilizando-se em cerca de 11 mil
óbitos anuais desde 1998. [...] A partir do ano 2000, essa
taxa se estabilizou em cerca de 6,4 óbitos por 100 mil
habitantes, sendo esta estabilização mais evidente em
São Paulo e no Distrito Federal. Sabendo-se que o mercúrio se acumula nos tecidos
Disponível em: http://www.aids.gov.br. Acessoem: 01 maio2009 (adaptado). vivos, que componente dessa cadeia alimentar
apresentará maior teor de mercúrio no organismo se
A redução nas taxas de mortalidade devido à A ID S a
nessa lagoa ocorrer um derramamento desse metal?
partir da década de 1990 é decorrente

© As aves, pois são os predadores do topo dessa


© do aumento do uso de preservativos nas relações
cadeia e acumulam mercúrio incorporado pelos
sexuais, que torna o vírus H IV menos letal.
componentes dos demais elos.
© da melhoria das condições alimentares dos soropositivos,
© Os caramujos, pois se alimentam das raízes das
a qual fortalece o sistema imunológico deles.
plantas, que acumulam maior quantidade de metal.
© do desenvolvimento de drogas que permitem
diferentes formas de ação contra o vírus HIV. © Os grandes peixes, pois acumulam o mercúrio
presente nas plantas e nos peixes pequenos.
© das melhorias sanitárias implementadas nos últimos
30 anos, principalmente nas grandes capitais. © Os pequenos peixes, pois acumulam maior
quantidade de mercúrio, já que se alimentam das
© das campanhas que estimulam a vacinação contra o
plantas contaminadas.
vírus e a busca pelos serviços de saúde.
© As plantas aquáticas, pois absorvem grande
Questão 62
quantidade de mercúrio da água através de suas
Às vezes, ao abrir um refrigerante, percebe-se que uma
raízes e folhas.
parte do produto vaza rapidamente pela extremidade do
recipiente. A explicação para esse fato está relacionada à
perturbação do equilíbrio químico existente entre alguns
dos ingredientes do produto, de acordo com a equação:

C O 2(g) + H2O (l) ^ H2C O 3(aq)

A alteração do equilíbrio anterior, relacionada ao


vazamento do refrigerante nas condições descritas, tem
como consequência a

© liberação de CO2 para o ambiente.

© elevação da temperatura do recipiente.

© elevação da pressão interna no recipiente.

© elevação da concentração de C O 2 no líquido.

formação de uma quantidade significativa de H2O.


©
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 19
Um brinquedo chamado ludião consiste em um pequeno
Rua da Passagem frasco de vidro, parcialmente preenchido com água, que
é emborcado (virado com a boca para baixo) dentro
Os automóveis atrapalham o trânsito.
de uma garrafa PET cheia de água e tampada. Nessa
Gentileza é fundamental. situação, o frasco fica na parte superior da garrafa,
conforme mostra a FIGURA 1.
Não adianta esquentar a cabeça.

Menos peso do pé no pedal.

O trecho da música, de Lenine e Arnaldo Antunes


(1999), ilustra a preocupação com o trânsito nas
cidades, motivo de uma campanha publicitária de uma
seguradora brasileira. Considere dois automóveis,
A e B, respectivamente conduzidos por um motorista
imprudente e por um motorista consciente e adepto da
FIGURA 1
campanha citada. Ambos se encontram lado a lado no
Quando a garrafa é pressionada, o frasco se desloca
instante inicial t = 0 s, quando avistam um semáforo amarelo
para baixo, como mostrado na FIGURA 2.
(que indica atenção, parada obrigatória ao se tornar
vermelho). O movimento de A e B pode ser analisado
por meio do gráfico, que representa a velocidade de cada
automóvel em função do tempo.

FIGURA 2
Ao apertar a garrafa, o movimento de descida do frasco
ocorre porque

© diminui a força para baixo que a água aplica no frasco.


© aumenta a pressão na parte pressionada da garrafa.
© aumenta a quantidade de água que fica dentro do frasco.
© diminui a força de resistência da água sobre o frasco.
As velocidades dos veículos variam com o tempo em
© diminui a pressão que a água aplica na base do frasco.
dois intervalos: (I) entre os instantes 10 s e 20 s; (II) entre
Rascunho
os instantes 30 s e 40 s. De acordo com o gráfico, quais
são os módulos das taxas de variação da velocidade do
veículo conduzido pelo motorista imprudente, em m/s2,
nos intervalos (I) e (II), respectivamente?

© 1,0 e 3,0
© 2,0 e 1,0
© 2,0 e 1,5
© 2,0 e 3,0
© 10,0 e 30,0
____________________ J
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 20
* A Z U L 7
2010
Considerando a situação descrita sob o ponto de
Questão 66
vista da hereditariedade e da evolução biológica,
Segundo Jeffrey M. Smith, pesquisador de um laboratório o comportamento materno decorrente da ação das
que faz análises de organismos geneticamente substâncias citadas é
modificados, após a introdução da soja transgênica no
Reino Unido, aumentaram em 50% os casos de alergias.
"O gene que é colocado na soja cria uma proteína nova © transmitido de geração a geração, sendo que
que até então não existia na alimentação humana, a indivíduos portadores dessas características terão
qual poderia ser potencialmente alergênica”, explica o mais chance de sobreviver e deixar descendentes
pesquisador. com as mesmas características.
C orreio do Estado/M S . 19 abr. 2004 (adaptado).
© transmitido em intervalos de gerações, alternando
Considerando-se as informações do texto, os grãos descendentes machos e fêmeas, ou seja, em uma
transgênicos que podem causar alergias aos indivíduos
que irão consumi-los são aqueles que apresentam, em geração recebem a característica apenas os machos
sua composição, proteínas e, na outra geração, apenas as fêmeas.
© que podem ser reconhecidas como antigênicas pelo © determinado pela ação direta do ambiente sobre a
sistema imunológico desses consumidores. fêmea quando ela está no período gestacional, portanto
© que não são reconhecidas pelos anticorpos todos os descendentes receberão as características.
produzidos pelo sistema imunológico desses © determinado pelas fêmeas, na medida em que elas
consumidores.
transmitem o material genético necessário à produção
© com estrutura primária idêntica às já encontradas no de hormônios e dos mediadores químicos para sua
sistema sanguíneo desses consumidores. prole de fêmeas, durante o período gestacional.
© com sequência de aminoácidos idêntica às
produzidas pelas células brancas do sistema © determinado após a fecundação, pois os
sanguíneo desses consumidores. espermatozoides dos machos transmitem as
© com estrutura quaternária idêntica à dos características para a prole e, ao nascerem, os
anticorpos produzidos pelo sistema imunológico indivíduos são selecionados pela ação do ambiente.
desses consumidores.
Questão 69
Questão 67 A perda de pelos foi uma adaptação às mudanças
O efeito Tyndall é um efeito óptico de turbidez provocado ambientais, que forçaram nossos ancestrais a deixar a
pelas partículas de uma dispersão coloidal. Foi
vida sedentária e viajar enormes distâncias à procura de
observado pela primeira vez por Michael Faraday em
1857 e, posteriormente, investigado pelo físico inglês água e comida. Junto com o surgimento de membros
John Tyndall. Este efeito é o que torna possível, por mais alongados e com a substituição de glândulas
exemplo, observar as partículas de poeira suspensas no apócrinas (produtoras de suor oleoso e de lenta
ar por meio de uma réstia de luz, observar gotículas de
água que formam a neblina por meio do farol do carro evaporação) por glândulas écrinas (suor aquoso e de
ou, ainda, observar o feixe luminoso de uma lanterna por rápida evaporação), a menor quantidade de pelos teria
meio de um recipiente contendo gelatina. favorecido a manutenção de uma temperatura corporal
REIS, M. Com pletam ente Quím ica: Físico-Química. São Paulo: FTD, 2001 (adaptado). saudável nos trópicos castigados por calor sufocante,
Ao passar por um meio contendo partículas dispersas, em que viveram nossos ancestrais.
um feixe de luz sofre o efeito Tyndall devido S c ie n tific A m e ric a n . Brasil, mar. 2010 (adaptado).

© à absorção do feixe de luz por este meio. De que maneira o tamanho dos membros humanos poderia
© à interferência do feixe de luz neste meio. estar associado à regulação da temperatura corporal?
© ansmissão do feixe de luz neste meio.
© à polarização do feixe de luz por este meio. © Membros mais longos apresentam maior relação
© ao espalhamento do feixe de luz neste meio. superfície/volume, facilitando a perda de maior
quantidade de calor.
Questão 68
© Membros mais curtos têm ossos mais espessos, que
Experimentos realizados no século XX demonstraram protegem vasos sanguíneos contra a perda de calor.
que hormônios femininos e mediadores químicos atuam
no comportamento materno de determinados animais, © Membros mais curtos desenvolvem mais o panículo
como cachorros, gatos e ratos, reduzindo o medo e adiposo, sendo capazes de reter maior quantidade
a ansiedade, o que proporciona maior habilidade de de calor.
orientação espacial. Por essa razão, as fêmeas desses © Membros mais longos possuem pele mais fina e com
animais abandonam a prole momentaneamente, a fim menos pelos, facilitando a perda de maior quantidade
de encontrar alimentos, o que ocorre com facilidade e de calor.
rapidez. Ainda, são capazes de encontrar rapidamente o
caminho de volta para proteger os filhotes. © Membros mais longos têm maior massa muscular,
capazes de produzir e dissipar maior quantidade
VARELLA, D. B o rbo letas da alma: escritossobreciência e saúde.
Companhia das Letras, 2006 (adaptado). de calor.
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 21
Questão 70 Questão 72

Há vários tipos de tratamentos de doenças cerebrais A produção de hormônios vegetais (como a auxina,
ligada ao crescimento vegetal) e sua distribuição pelo
que requerem a estimulação de partes do cérebro
organismo são fortemente influenciadas por fatores
por correntes elétricas. Os eletrodos são introduzidos ambientais. Diversos são os estudos que buscam
no cérebro para gerar pequenas correntes em áreas compreender melhor essas influências. O experimento
específicas. Para se eliminar a necessidade de introduzir seguinte integra um desses estudos.

eletrodos no cérebro, uma alternativa é usar bobinas


que, colocadas fora da cabeça, sejam capazes de induzir
correntes elétricas no tecido cerebral.

Para que o tratamento de patologias cerebrais com


bobinas seja realizado satisfatoriamente, é necessário que

© haja um grande número de espiras nas bobinas, o


que diminui a voltagem induzida.

© o campo magnético criado pelas bobinas seja


constante, de forma a haver indução eletromagnética.

© se observe que a intensidade das correntes induzidas


depende da intensidade da corrente nas bobinas.
O fato de a planta do experimento crescer na direção
© a corrente nas bobinas seja contínua, para que o horizontal, e não na vertical, pode ser explicado pelo
argumento de que o giro faz com que a auxina se
campo magnético possa ser de grande intensidade.
© distribua uniformemente nas faces do caule,
© o campo magnético dirija a corrente elétrica das estimulando o crescimento de todas elas de forma
bobinas para dentro do cérebro do paciente. igual.

Questão 71 © acumule na face inferior do caule e, por isso,


determine um crescimento maior dessa parte.
Um molusco, que vive no litoral oeste dos EUA, pode
redefinir tudo o que se sabe sobre a divisão entre animais © concentre na extremidade do caule e, por isso, iniba
e vegetais. Isso porque o molusco (Elysia chiorotica) é o crescimento nessa parte.
um híbrido de bicho com planta. Cientistas americanos
© distribua uniformemente nas faces do caule e, por
descobriram que o molusco conseguiu incorporar um
gene das algas e, por isso, desenvolveu a capacidade de isso, iniba o crescimento de todas elas.
fazer fotossíntese. É o primeiro animal a se "alimentar" © concentre na face inferior do caule e, por isso, iniba
apenas de luz e CO2, como as plantas. a atividade das gemas laterais.
GARATONI, B. S uperinteressante . Edição276, mar. 2010 (adaptado).
Rascunho
A capacidade de o molusco fazer fotossíntese deve estar
associada ao fato de o gene incorporado permitir que ele
passe a sintetizar
© clorofila, que utiliza a energia do carbono para
produzir glicose.
© citocromo, que utiliza a energia da água para formar
oxigênio.
© clorofila, que doa elétrons para converter gás
carbônico em oxigênio.
© citocromo, que doa elétrons da energia luminosa
para produzir glicose.
© clorofila, que transfere a energia da luz para
compostos orgânicos.
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 22
A Z U L 7 5 S A B 2 3
Clíwm
2010

Questão 73 Questão 74
Fator de emissão (carbon footprint) é um termo utilizado Os oceanos absorvem aproximadamente um terço
para expressar a quantidade de gases que contribuem das emissões de CO2 procedentes de atividades
para o aquecimento global, emitidos por uma fonte humanas, como a queima de combustíveis fósseis e
ou processo industrial específico. Pode-se pensar na as queimadas. O CO2 combina-se com as águas dos
oceanos, provocando uma alteração importante em
quantidade de gases emitidos por uma indústria, uma
suas propriedades. Pesquisas com vários organismos
cidade ou mesmo por uma pessoa. Para o gás CO2,
marinhos revelam que essa alteração nos oceanos afeta
a relação pode ser escrita:
uma série de processos biológicos necessários para o
Massa de CO2 emitida desenvolvimento e a sobrevivência de várias espécies
Fator de emissão de CO2 da vida marinha.
Quantidade de material
A alteração a que se refere o texto diz respeito ao aumento
O termo “quantidade de material” pode ser, por exemplo, © da acidez das águas dos oceanos.
a massa de material produzido em uma indústria ou a
© do estoque de pescado nos oceanos.
quantidade de gasolina consumida por um carro em um
determinado período. © da temperatura média dos oceanos.

No caso da produção do cimento, o primeiro passo é a © do nível das águas dos oceanos.
obtenção do óxido de cálcio, a partir do aquecimento do © da salinização das águas dos oceanos.
calcário a altas temperaturas, de acordo com a reação:
Questão 75
CaCO_.,
3(s) ^ CaO,,
(s) + C O2,,,
(g)
O pH do solo pode variar em uma faixa significativa
Uma vez processada essa reação, outros compostos devido a várias causas. Por exemplo, o solo de áreas com
inorgânicos são adicionados ao óxido de cálcio, tendo o chuvas escassas, mas com concentrações elevadas do
cimento formado 62% de CaO em sua composição. sal solúvel carbonato de sódio (Na2CO3), torna-se básico
devido à reação de hidrólise do íon carbonato, segundo
Dados: Massas molares em g/mol — CO 2 = 44;
o equilíbrio:
CaCO3 = 100; CaO = 56.
TREPTOW, R. S. Jo urnal o f Chem ical E d ucation . v. 87 n° 2, fev. 2010 (adaptado). C O 3(aq) + H 2 O (l) ^ H C O 3(aq) + O H (aq)

Considerando as informações apresentadas no texto,


Esses tipos de solos são alcalinos demais para fins
qual é, aproximadamente, o fator de emissão de CO2 agrícolas e devem ser remediados pela utilização de
quando 1 tonelada de cimento for produzida, levando-se aditivos químicos.
em consideração apenas a etapa de obtenção do óxido
BAIRD, C. Q uím ica a m bie nta l. São Paulo: Artmed, 1995 (adaptado).
de cálcio?
© 4,9 x 10-4 Suponha que, para remediar uma amostra desse tipo
© 7,9 x 10-4 de solo, um técnico tenha utilizado como aditivo a cal
© 3,8 x 10-1 virgem (CaO). Nesse caso, a remediação
© 4,9 x 10-1 © foi realizada, pois o caráter básico da cal virgem
© 7,9 x 10-1 promove o deslocamento do equilíbrio descrito para
a direita, em decorrência da elevação de pH do meio.
Rascunho
© foi realizada, pois o caráter ácido da cal virgem
promove o deslocamento do equilíbrio descrito para a
esquerda, em decorrência da redução de pH do meio.
© não foi realizada, pois o caráter ácido da cal virgem
promove o deslocamento do equilíbrio descrito para
a direita, em decorrência da redução de pH do meio.
© não foi realizada, pois o caráter básico da cal virgem
promove o deslocamento do equilíbrio descrito para a
esquerda, em decorrência da elevação de pH do meio.
© não foi realizada, pois o caráter neutro da cal virgem
promove o deslocamento do equilíbrio descrito para a
esquerda, em decorrência da manutenção de pH do meio.
V.
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 23
A Z U L 7 5 S A B 2 4
2010
Com base no texto, a toxicidade do cádmio em sua forma
Questão 76
iônica é consequência de esse elemento
O rótulo de uma garrafa de água mineral natural contém
as seguintes informações:
© apresentar baixa energia de ionização, o que
Características Com posição favorece a formação do íon e facilita sua ligação a
Valor mg/L
físico-químicas química outros compostos.
bicarbonato 93,84 © possuir tendência de atuar em processos biológicos
pH a 25 °C 7,54 cálcio 15,13 mediados por cátions metálicos com cargas que
sódio 14,24 variam de +1 a +3.
magnésio 3,62 © possuir raio e carga relativamente próximos aos de
condutividade 151
carbonatos 3,09 íons metálicos que atuam nos processos biológicos,
elétrica a 25 °C (mS/cm)
sulfatos 2,30 causando interferência nesses processos.
potássio 1,24 © apresentar raio iônico grande, permitindo que ele
resíduo da
126,71 fosfatos 0,20 cause interferência nos processos biológicos em
evaporação a
(mg/L)
180 °C que, normalmente, íons menores participam.
fluoretos 0,20
© apresentar carga +2, o que permite que ele cause
As informações químicas presentes no rótulo de vários
interferência nos processos biológicos em que,
produtos permitem classificar o produto de várias formas,
de acordo com seu gosto, seu cheiro, sua aparência, sua normalmente, íons com cargas menores participam.
função, entre outras. As informações da tabela permitem
concluir que essa água é
Questão 78
A cafeína atua no cérebro, bloqueando a ação natural
© gasosa.
de um componente químico associado ao sono, a
© insípida. adenosina. Para uma célula nervosa, a cafeína se parece
© levemente azeda. com a adenosina e combina-se com seus receptores.
© um pouco alcalina. No entanto, ela não diminui a atividade das células da

© radioativa na fonte. mesma forma. Então, ao invés de diminuir a atividade


por causa do nível de adenosina, as células aumentam
Questão 77 sua atividade, fazendo com que os vasos sanguíneos do
O cádmio, presente nas baterias, pode chegar ao solo
cérebro se contraiam, uma vez que a cafeína bloqueia a
quando esses materiais são descartados de maneira
irregular no meio ambiente ou quando são incinerados. capacidade da adenosina de dilatá-los. Com a cafeína
Diferentemente da forma metálica, os íons Cd2+ são bloqueando a adenosina, aumenta a excitação dos
extremamente perigosos para o organismo, pois eles neurônios, induzindo a hipófise a liberar hormônios que
podem substituir íons Ca2+, ocasionando uma doença
ordenam às suprarrenais que produzam adrenalina,
degenerativa nos ossos, tornando-os muito porosos
e causando dores intensas nas articulações. Podem considerada o hormônio do alerta.
ainda inibir enzimas ativadas pelo cátion Zn2+, que são Disponível em: http://ciencia.hsw.uol.com.br. Acessoem: 23abr. 2010 (adaptado).
extremamente importantes para o funcionamento dos
rins. A figura mostra a variação do raio de alguns metais Infere-se do texto que o objetivo da adição de cafeína
e seus respectivos cátions. em alguns medicamentos contra a dor de cabeça é

© contrair os vasos sanguíneos do cérebro, diminuindo


a compressão sobre as terminações nervosas.

© aumentar a produção de adrenalina, proporcionando


uma sensação de analgesia.

© aumentar os níveis de adenosina, diminuindo a


atividade das células nervosas do cérebro.

© induzir a hipófise a liberar hormônios, estimulando a


produção de adrenalina.

© excitar os neurônios, aumentando a transmissão de


ATKINS, P; JONES, L. P rin cípios de quím ica: Questionandoavida moderna e omeio
ambiente. PortoAlegre: Bookman, 2001 (adaptado). impulsos nervosos.

CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 24


A Z U L 7 5 S A B 2 5
2010

Questão 79 Questão 80
A curcumina, substância encontrada no pó amarelo-
Vários materiais, quando queimados, podem levar
alaranjado extraído da raiz da curcuma ou açafrão-da-
à formação de dioxinas, um composto do grupo dos índia (Curcuma longa), aparentemente, pode ajudar a
organoclorados. Mesmo quando a queima ocorre em combater vários tipos de câncer, o mal de Parkinson e
o de Alzheimer e até mesmo retardar o envelhecimento.
incineradores, há liberação de substâncias derivadas Usada há quatro milênios por algumas culturas orientais,
da dioxina no meio ambiente. Tais compostos são apenas nos últimos anos passou a ser investigada pela
ciência ocidental.
produzidos em baixas concentrações, como resíduos da
queima de matéria orgânica em presença de produtos
que contenham cloro. Como consequência de seu
amplo espalhamento no meio ambiente, bem como
de suas propriedades estruturais, as dioxinas sofrem
magnificação trófica na cadeia alimentar. Mais de 90%
ANTUNES, M. G. L. Neurotoxicidade induzida peloquimioterápicocisplatina: possíveis
da exposição humana às dioxinas é atribuída aos efeitoscitoprotetoresdosantioxidantesdadietacurcuminae coenzimaQ10. Pesquisa
FAPESP . São Paulo, n. 168, fev. 2010 (adaptado).

alimentos contaminados ingeridos. A estrutura típica de


Na estrutura da curcumina, identificam-se grupos
uma dioxina está apresentada a seguir: característicos das funções
© éter e álcool.
© éter e fenol.
© éster e fenol.
© aldeído e enol.
© aldeído e éster.

Rascunho

A molécula do 2,3,7,8 - TCDD é popularmente conhecida


pelo nome ‘dioxina’, sendo a mais tóxica dos 75 isômeros
de compostos clorados de dibenzo-p-dioxina existentes.
FADINI, P S; FADINI, A. A. B. Lixo: desafios ecompromissos. Cadernos Tem áticos de
Q uím ica Nova na E scola , São Paulo, n. 1, maio2001 (adaptado).

Com base no texto e na estrutura apresentada, as


propriedades químicas das dioxinas que permitem sua
bioacumulação nos organismos estão relacionadas ao
seu caráter

© básico, pois a eliminação de materiais alcalinos é


mais lenta do que a dos ácidos.

© ácido, pois a eliminação de materiais ácidos é mais


lenta do que a dos alcalinos.

© redutor, pois a eliminação de materiais redutores é


mais lenta do que a dos oxidantes.

© lipofílico, pois a eliminação de materiais lipossolúveis


é mais lenta do que a dos hidrossolúveis.

© hidrofílico, pois a eliminação de materiais


hidrossolúveis é mais lenta do que a dos
lipossolúveis.
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 25
Questão 81 Questão 82
Os dínamos são geradores de energia elétrica utilizados Os corais que formam o banco dos Abrolhos, na Bahia,
em bicicletas para acender uma pequena lâmpada. Para podem estar extintos até 2050 devido a uma epidemia.
isso, é necessário que a parte móvel esteja em contato Por exemplo, os corais-cérebro já tiveram cerca de 10%
com o pneu da bicicleta e, quando ela entra em movimento, de sua população afetada pela praga-branca, a mais
é gerada energia elétrica para acender a lâmpada. Dentro
prevalente das seis doenças identificadas em Abrolhos,
desse gerador, encontram-se um ímã e uma bobina.
causada provavelmente por uma bactéria. Os cientistas
atribuem a proliferação das patologias ao aquecimento
global e à poluição marinha. O aquecimento global
reduziria a imunidade dos corais ou estimularia os
patógenos causadores desses males, trazendo novos
agentes infecciosos.
FURTADO, F. Peste branca nomar. C iência hoje . Riode Janeiro,
v. 42, n. 251, ago. 2008 (adaptado).

A fim de combater a praga-branca, a medida mais


apropriada, segura e de efeitos mais duradouros seria

Disponível em: http://www.if.usp.br.Acessoem: 1 maio2010.


© aplicar antibióticos nas águas litorâneas de Abrolhos.
O princípio de funcionamento desse equipamento é
© substituir os aterros sanitários por centros de
explicado pelo fato de que a
reciclagem de lixo.

© corrente elétrica no circuito fechado gera um campo © introduzir nas águas de Abrolhos espécies que se
magnético nessa região. alimentem da bactéria causadora da doença.

© bobina imersa no campo magnético em circuito © aumentar, mundialmente, o uso de transportes


fechado gera uma corrente elétrica. coletivos e diminuir a queima de derivados de petróleo.

© bobina em atrito com o campo magnético no circuito © criar uma lei que proteja os corais, impedindo que
mergulhadores e turistas se aproximem deles e
fechado gera uma corrente elétrica.
os contaminem.
© corrente elétrica é gerada em circuito fechado por
Rascunho
causa da presença do campo magnético.

© corrente elétrica é gerada em circuito fechado


quando há variação do campo magnético.

Rascunho

____________________ J
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 26
A Z U L 7 5 S A B 2 7
2010

Questão 83 Questão 84
Quando ocorre um curto-circuito em uma instalação
O flúor é usado de forma ampla na prevenção de
elétrica, como na figura, a resistência elétrica total do
cáries. Por reagir com a hidroxiapatita [Ca10(PO4) 6(OH)2] circuito diminui muito, estabelecendo-se nele uma
corrente muito elevada.
presente nos esmaltes dos dentes, o flúor forma a
fluorapatita [Ca10(PO4) 6F2], um mineral mais resistente
ao ataque ácido decorrente da ação de bactérias
específicas presentes nos açúcares das placas que
aderem aos dentes.
Disponível em: http://www.odontologia.com.br. Acessoem: 27jul. 2010 (adaptado).

A reação de dissolução da hidroxiapatita é:

[Ca10(P° 4)6( ° H)2] (s) + 8H+(aq) - 10Ca2+(aq) + 6HPO42(aq) + 2H2O(l)


O superaquecimento da fiação, devido a esse aumento
Dados: Massas molares em g/mol — [Ca10(PO4)6(OH2)] = 1004; da corrente elétrica, pode ocasionar incêndios, que
seriam evitados instalando-se fusíveis e disjuntores
HPO42- = 96; Ca = 40. que interrompem essa corrente, quando a mesma
atinge um valor acima do especificado nesses
Supondo-se que o esmalte dentário seja constituído dispositivos de proteção.
exclusivamente por hidroxiapatita, o ataque ácido que Suponha que um chuveiro instalado em uma rede elétrica
dissolve completamente 1 mg desse material ocasiona de 110 V, em uma residência, possua três posições de
regulagem da temperatura da água. Na posição verão
a formação de, aproximadamente, utiliza 2 100 W, na posição primavera, 2 400 W, e na
posição inverno, 3 200 W.
© 0,14 mg de íons totais.
GREF. Física 3: Eletromagnetismo. SãoPaulo: EDUSP, 1993 (adaptado).
© 0,40 mg de íons totais.
Deseja-se que o chuveiro funcione em qualquer uma das
© 0,58 mg de íons totais. três posições de regulagem de temperatura, sem que
haja riscos de incêndio. Qual deve ser o valor mínimo
© 0,97 mg de íons totais. adequado do disjuntor a ser utilizado?
© 1,01 mg de íons totais.
© 40 A
Rascunho © 30 A
© 25 A
© 23 A
© 20 A
Rascunho

V_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 27
Questão 85 Questão 87
Ao contrário dos rádios comuns (AM ou FM), em que Devido ao seu alto teor de sais, a água do mar é
uma única antena transmissora é capaz de alcançar imprópria para o consumo humano e para a maioria
toda a cidade, os celulares necessitam de várias antenas dos usos da água doce. No entanto, para a indústria,
para cobrir um vasto território. No caso dos rádios FM, a a água do mar é de grande interesse, uma vez que
frequência de transmissão está na faixa dos MHz (ondas
os sais presentes podem servir de matérias-primas
de rádio), enquanto, para os celulares, a frequência está
importantes para diversos processos. Nesse contexto,
na casa dos GHz (micro-ondas). Quando comparado aos
devido a sua simplicidade e ao seu baixo potencial de
rádios comuns, o alcance de um celular é muito menor.
impacto ambiental, o método da precipitação fracionada
Considerando-se as informações do texto, o fator que tem sido utilizado para a obtenção dos sais presentes
possibilita essa diferença entre propagação das ondas na água do mar.
de rádio e as de micro-ondas é que as ondas de rádio são
Tabela 1: Solubilidade em água de alguns compostos
© facilmente absorvidas na camada da atmosfera presentes na água do mar a 25 oC
superior conhecida como ionosfera.
SOLUBILIDADE
© capazes de contornar uma diversidade de obstáculos SOLUTO FÓRMULA
g/kg de H2 O
como árvores, edifícios e pequenas elevações.
Brometo de sódio NaBr 1,20 x 103
© mais refratadas pela atmosfera terrestre, que
apresenta maior índice de refração para as ondas Carbonato de cálcio CaCO g 1,30 x 10- 2
de rádio. Cloreto de sódio NaCl 3,60 x 102
© menos atenuadas por interferência, pois o número Cloreto de magnésio MgCl2 5,41 x 102
de aparelhos que utilizam ondas de rádio é menor.
Sulfato de magnésio MgSO 4 3,60 x 102
© constituídas por pequenos comprimentos de onda
que lhes conferem um alto poder de penetração em Sulfato de cálcio CaSO 44 6,80 x 10-1
materiais de baixa densidade.
Pitombo, L.R.M.; Marcondes, M.E.R.; GEPEC. Grupode pesquisaemEducaçãoem
Questão 86 Química. Q uím ica e Sobrevivência: Hidrosfera Fonte de Materiais.
São Paulo: EDUSP, 2005 (adaptado).
Usando pressões extremamente altas, equivalentes às
encontradas nas profundezas da Terra ou em um planeta Suponha que uma indústria objetiva separar
gigante, cientistas criaram um novo cristal capaz de determinados sais de uma amostra de água do mar a
armazenar quantidades enormes de energia. Utilizando- 25 °C, por meio da precipitação fracionada. Se essa
se um aparato chamado bigorna de diamante, um cristal amostra contiver somente os sais destacados na tabela,
de difluoreto de xenônio (XeF2) foi pressionado, gerando a seguinte ordem de precipitação será verificada:
um novo cristal com estrutura supercompacta e enorme
© Carbonato de cálcio, sulfato de cálcio, cloreto de
quantidade de energia acumulada. sódio e sulfato de magnésio, cloreto de magnésio e,
Inovação Tecn ológ ica . Disponível em: http://www.inovacaotecnologica.com.br. por último, brometo de sódio.
Acessoem: 07jul. 2010 (adaptado).
© Brometo de sódio, cloreto de magnésio, cloreto de
Embora as condições citadas sejam diferentes do
sódio e sulfato de magnésio, sulfato de cálcio e, por
cotidiano, o processo de acumulação de energia descrito
último, carbonato de cálcio.
é análogo ao da energia
© Cloreto de magnésio, sulfato de magnésio e cloreto
© armazenada em um carrinho de montanha russa de sódio, sulfato de cálcio, carbonato de cálcio e, por
durante o trajeto. último, brometo de sódio.
© armazenada na água do reservatório de uma © Brometo de sódio, carbonato de cálcio, sulfato de
usina hidrelétrica. cálcio, cloreto de sódio e sulfato de magnésio e, por
último, cloreto de magnésio.
© liberada na queima de um palito de fósforo.
© Cloreto de sódio, sulfato de magnésio, carbonato de
© gerada nos reatores das usinas nucleares.
cálcio, sulfato de cálcio, cloreto de magnésio e, por
© acumulada em uma mola comprimida. último, brometo de sódio.

CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 28


A Z U L 7 5 S A B 2 9
2010

Questão 88 Questão 90
As estrelas-do-mar comem ostras, o que resulta em efeitos
econômicos negativos para criadores e pescadores. Por Com a frequente adulteração de combustíveis, além de
isso, ao se depararem com esses predadores em suas fiscalização, há necessidade de prover meios para que
dragas, costumavam pegar as estrelas-do-mar, parti-
las ao meio e atirá-las de novo à água. Mas o resultado o consumidor verifique a qualidade do combustível. Para
disso não era a eliminação das estrelas-do-mar, e sim o isso, nas bombas de combustível existe um densímetro,
aumento do seu número. semelhante ao ilustrado na figura. Um tubo de vidro
DONAVEL, D. Abelaé umafera. Super Interessante . Disponível em: http://super.abril.com.br.
Acessoem: 30abr. 2010 (adaptado). fechado fica imerso no combustível, devido ao peso
A partir do texto e do seu conhecimento a respeito desses das bolinhas de chumbo colocadas no seu interior. Uma
organismos, a explicação para o aumento da população coluna vertical central marca a altura de referência, que
de estrelas-do-mar, baseia-se no fato de elas possuírem
deve ficar abaixo ou no nível do combustível para indicar
© papilas respiratórias que facilitaram sua reprodução
e respiração por mais tempo no ambiente. que sua densidade está adequada. Como o volume do
© pés ambulacrários que facilitaram a reprodução e a líquido varia com a temperatura mais que o do vidro,
locomoção do equinodermo pelo ambiente aquático. a coluna vertical é preenchida com mercúrio para
© espinhos na superfície do corpo que facilitaram compensar variações de temperatura.
sua proteção e reprodução, contribuindo para a
sua sobrevivência.
© um sistema de canais que contribuíram na
distribuição de água pelo seu corpo e ajudaram
bastante em sua reprodução.
© alta capacidade regenerativa e reprodutiva, sendo
cada parte seccionada capaz de dar origem a um
novo indivíduo.
Questão 89
Cientistas da Austrália descobriram um meio de
produzir roupas que se limpam sozinhas. A equipe de
pesquisadores usou nanocristais de dióxido de titânio
(TiO2) que, sob ação da luz solar, são capazes de
decompor as partículas de sujeira na superfície de um
tecido. O estudo apresentou bons resultados com fibras
de algodão e seda. Nesses casos, foram removidas
manchas de vinho, bastante resistentes. A nanocamada
protetora poderá ser útil na prevenção de infecções
em hospitais, uma vez que o dióxido de titânio também
mostrou ser eficaz na destruição das paredes celulares
de microrganismos que provocam infecções. O termo
nano vem da unidade de medida nanômetro, que é a
bilionésima parte de 1 metro.
Veja . Especial Tecnologia. São Paulo: Abril, set. 2008 (adaptado).

A partir dos resultados obtidos pelos pesquisadores


em relação ao uso de nanocristais de dióxido de titânio De acordo com o texto, a coluna vertical de mercúrio,
quando aquecida,
na produção de tecidos e considerando uma possível
utilização dessa substância no combate às infecções
hospitalares, pode-se associar que os nanocristais de © indica a variação da densidade do combustível com
dióxido de titânio a temperatura.
© são pouco eficientes em ambientes fechados e escuros. © mostra a diferença de altura da coluna a ser corrigida.
© possuem dimensões menores que as de seus
átomos formadores. © mede a temperatura ambiente no momento do
© são pouco eficientes na remoção de partículas de abastecimento.
sujeira de natureza orgânica.
© regula a temperatura do densímetro de acordo com
© troem microrganismos causadores de infecções,
a do ambiente.
por meio de osmose celular.
© interagem fortemente com material orgânico devido © corrige a altura de referência de acordo com a
à sua natureza apolar. densidade do líquido.
CN - 1° dia | Caderno 1 - AZUL - Página 29
Illlllllllllllllllllllllll
ME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO
ESSA É A COR DO SEU CADERNO DE PROVAS!
MARQUE-A EM SEU CARTÃO-RESPOSTA
2° DIA
CADERNO

7
AZUL

em 2010
EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO
UM ENSAIO PARA A VIDA

2a APLICAÇÃO
PROVA DE REDAÇÃO E DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS
PROVA DE MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS
LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES

1 Este CADERNO DE QUESTÕES contém a Proposta de Redação e 90 8 O tempo disponível para estas provas é de cinco horas e trinta minutos.
questões numeradas de 91a 180, dispostas da seguinte maneira:
a. as questões de número 91 a 135 são relativas à área de 9 Reserve os 30 minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; rascunhos e as marcações assinaladas no CADERNO DE QUESTÕES não
b. as questões de número 136 a 180 são relativas à área de serão considerados na avaliação.
Matemática e suas Tecnologias.
ATENÇÃO: as questões de 91 a 95 são relativas à língua estrangeira. Você 10 Quando term inar as provas, entregue ao aplicador este CADERNO DE
deverá responder apenas às questões relativas à língua estrangeira (inglês QUESTÕES e o CARTÃO-RESPOSTA/FOLHA DE REDAÇÃO.
ou espanhol) escolhida no.ato de sua inscrição. Confirme a sua opção de
língua estrangeira no CARTÃO-RESPOSTA. 11 Você somente poderá deixar o local de prova após decorridas duas horas
2 Marque no CARTÃO-RESPOSTA, no espaço apropriado, a opção do início da sua aplicação. Caso permaneça na sala por, no m ínim o,
correspondente à cor desta capa: 5-Amarela; 6-Cinza; 7-Azul ou 8-Rosa. cinco horas após o início da prova, você poderá levar este CADERNO DE
ATENÇÃO: se você assinalar mais de uma opção de cor ou deixar todos os QUESTÕES.
campos em branco, sua prova não será corrigida.
12 Você será excluído do exame caso:
3 Verifique, no CARTÃO-RESPOSTA e na FOLHA DE REDAÇÃO, que se
encontra no verso do CARTÃO-RESPOSTA, se os seus dados estão
registrados corretamente. Caso haja alguma divergência, comunique-a a. utilize, durante a realização da prova, máquinas e/ou
imediatamente ao aplicador da sala. relógios de calcular, bem com o rádios, gravadores,
headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de
4 Após a conferência, escreva e assine seu nome nos espaços próprios do qualquer espécie;
CARTÃO-RESPOSTA e da FOLHA DE REDAÇÃO com caneta esferográfica de
tinta preta.
b. se ausente da sala de provas levando con sigo o
5 Não dobre, não amasse, nem rasure o CARTÃO-RESPOSTA. Ele não poderá CADERNO DE QUESTÕES e/ou o CARTÃO-RESPOSTA antes
ser substituído. do prazo estabelecido;
6 Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 opções,
identificadas com as letras ta •,( B ',(C i,(D e( E l. Apenas uma responde c. aja com incorreção ou descortesia para com qualquer
corretamente à questão. participante do processo de aplicação das provas;
7 No CARTÃO-RESPOSTA, marque, para cada questão, a letra correspondente à d. se com unique com outro participante, verbalmente, por
opção escolhida para a resposta, preenchendo todo o espaço compreendido
no círculo, com caneta esferográfica de tinta preta. Você deve, portanto, escrito ou por qualquer outra forma;
assinalar apenas uma opção em cada questão. A marcação em mais de uma
opção anula a questão, mesmo que uma das respostas esteja correta. e. apresente dado(s) falso(s) na sua identificação pessoal.

Ministério
da Educação
2010

r PROPOSTA DE REDAÇÃO
Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija
um texto dissertativo-argumentativo, em norma culta escrita da língua portuguesa, sobre o tema Ajuda Humanitária,
apresentando experiência ou proposta de ação social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione,
de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para a defesa de seu ponto de vista.

Comitê de Ajuda Humanitária da UEPB treina voluntários para atuar junto às vítimas de Palmares
Quinta, 01 de julho de 2010 16:19
Na manhã desta quinta-feira, cerca de 50 pessoas, entre alunos e professores da Universidade Estadual da Paraíba,
participaram do 1° Treinamento de Equipe Multidisciplinar para Atuação em Situação de Emergência, oferecido pelo
Comitê de Ajuda Humanitária, Social e da Saúde, criado recentemente pela Instituição.
A primeira atividade da equipe terá início já neste domingo, data em que viajarão para a cidade de Palmares (AL), onde
permanecerão por uma semana, para oferecer apoio humanitário aos moradores daquela localidade, uma das tantas
atingidas pelas chuvas e enchentes que assolaram os estados de Pernambuco e Alagoas nas últimas semanas.
Disponível em: http://www.uepb.edu.br. Acesso em: 23 ago. 2010 (adaptado).

TERREMOTO NO HAITI
Redes Sociais da Internet foram o principal meio de comunicação
14/01/2010 00:01h
Durante todo o dia de ontem, a Internet foi o principal meio DASUA
AJUDA!
usado pelo Haiti para se comunicar com o mundo. Mensagens
ao exterior foram encaminhadas por estrangeiros no país e por
moradores locais. Apesar da instabilidade na rede - os sistemas
de luz e telefone também estavam intermitentes - , os sites de
relacionamento foram usados para acalmar familiares e clamar
por auxílio internacional. FAÇA AQUI A SUA DOAÇÃO
PARA AS VÍTIMAS DAS CHUVAS
No Brasil, usuários do Twitter divulgavam a ação da ONG Viva N 0 RIO DE JANEIRO.
Rio, que abriu uma conta para receber doações aos desabrigados
no Haiti. (OT, com Agência Estado)
PRODUTOSDEPRIMEIRANECESSIDADE:
UM PEZA E HIGIENE PESSOAL | LEITE EM PÓ | ALIM ENTOS INFANTIS
Disponível em: http://www.gazetadopovo.com.br. Acesso em: 30 abr. 2010.
FRALDAS DESCARTÁVEIS [GERIÁTRICAS E INFANTIS)

Disponível em: http://gcmandretavares.blogspot.com. Acesso em: 23 ago. 2010.

In s t r u ç õ e s :
• Seu texto tem de ser escrito à tinta, na folha própria.
• Desenvolva seu texto em prosa; não redija narração, nem poema.
• O texto com até 7 (sete) linhas escritas será considerado texto em branco.
• O texto deve ter, no máximo, 30 linhas.

• O Rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.

V_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 1
2010
LINGUAGENS E CODIGOS E SUAS TECNOLOGIAS O texto aborda uma tem ática inerente ao processo
de desenvolvim ento do ser humano, a dentição.
Questões de 91 a 135 Há inform ação quantificada na mensagem quando
se d iz que as cáries dos dentes m encionados
Questões de 91 a 95 (opção inglês)
© acontecem em mais de 25% das crianças entre seis
e sete anos.
Questão 91
© ocorrem em menos de 25% das crianças entre seis
The record industry
e sete anos.
The record industry is undoubtedly in crisis, with labels
© surgem em uma pequena minoria das crianças.
laying off employees in continuation. This is because CD
sales are plummeting as youngsters prefer to download © começam em crianças acima dos 7 anos.
their music from the Internet, usually free of charge. © podem levar dezenas de anos para ocorrer.
And yet it's not all gloom and doom. Some labels are
Questão 93
in fact thriving. Putumayo World Music, for example, is
growing, thanks to its catalogue of ethnic compilation Hip hop music
albums, featuring work by largely unknown artists from
Hip hop music is a musical genre which developed as
around the planet.
part of hip hop culture, and is defined by key stylistic
Putumayo, which takes its name from a valley in
elements such as rapping, DJing, sampling (or synthesis),
Colombia, was founded in New York in 1993. It began life
scratching and beatboxing. Hip hop began in the South
as an alternative clothing company, but soon decided to
concentrate on music. Indeed its growth appears to have Bronx of New York City in the 1970s. The term rap is often
coincided with that of world music as a genre. used synonymously with hip hop, but hip hop denotes the
Speak Up. Ano XXIII, n° 275 (fragmento). practices of an entire subculture.
Disponível em: http://en.wikipedia.org. Acesso em: 8 jul. 2010.
A indústria fonográfica passou por várias mudanças
no século XX e, como consequência, as empresas Brazilian hip hop is one of the world's major hip hop
enfrentaram crises. Entre as causas, o texto da revista scenes, with active rap, break dance, and graffiti scenes,
Speak Up aponta especially in São Paulo, where groups tend to have a
more international style, influenced by old school hip hop
© o baixo interesse dos jovens por alguns gêneros
and gangsta rap.
musicais.
© o acesso a músicas, geralmente sem custo, pela Brazilian rap has served as a reflection of political,
Internet. social, and racial issues plaguing the disenfranchised
© a compilação de álbuns com diferentes estilos youth in the suburbs of São Paulo and Rio. The lyrical
musicais.
content, band names, and song names used by Brazilian
© a ausência de artistas populares entre as pessoas
hip hop artists often connote the socio-political issues
mais jovens.
© o aumento do número de cantores desconhecidos. surrounding their communities.
Disponível em: http://en.wikipedia.org. Acesso em: 8 jul. 2010 (fragmento).

Questão 92 Sendo a música uma das formas de manifestação cultural


de um país, o rap brasileiro, a partir das informações do
The six-year molars texto, tem sido caracterizado
The six-year molars are the first permanent teeth. They
are the “keystone” of the dental arch. They are also © pela influência internacional nos nomes de bandas e
extremely susceptible to decay. de músicas.
Parents have to understand that these teeth are very como um instrumento de reflexão crítica do jovem
important. Over 25% of 6 to 7 year old children have da periferia.
beginning cavities in one of the molars.
© pela irreverência dos cantores, adeptos e suas
The early loss of one of these molars causes serious vestimentas.
problems in childhood and adult life. It is never easy for
© como um gênero musical de menor prestígio na
parents to make kids take care of their teeth. Even so,
parents have to insist and never give up. sociedade.
M ódulo do Ensino Integ rad o : Fundamental, Médio, Profissional- DCL. © pela criatividade dos primeiros adeptos do gênero hip hop.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 2
2010

Questão 95
Crystal Ball

Come see your life in my crystal glass -

Twenty-five cents is all you pay.

Let me look into your past -

Here's what you had for lunch today:

Tuna salad and mashed potatoes,

Collard greens pea soup and apple juice,

Chocolate milk and lemon mousse.

You admit I've got told it all?

Well, I know it, I confess,

Not by looking, in my ball,

But just by looking at your dress.


SILVERSTEIN, S. Falling up. New York: Harper Collins Publishers, 1996.

A curiosidade a respeito do futuro pode exercer um


fascínio peculiar sobre algumas pessoas, a ponto de
colocá-las em situações inusitadas. Na letra da música
Disponível em: http://www.weblogcartoons.com. Acesso em: 13 jul. 2010.
Crystal Ball, essa situação fica evidente quando é
revelado à pessoa que ela Os aparelhos eletrônicos contam com um número cada
vez maior de recursos. O autor do desenho detalha os
recebeu uma boa notícia. diferentes acessórios e características de um celular e, a
©
julgar pela maneira como os descreve, ele
© ganhou um colar de pedras.
© prefere os aparelhos celulares com flip, mecanismo
se sujou durante o almoço. que se dobra, estando as teclas protegidas contra
eventuais danos.
© comprou vestidos novos.
© apresenta uma opinião sarcástica com relação aos
© encontrou uma moeda.
aparelhos celulares repletos de recursos adicionais.
Rascunho © escolhe seus aparelhos celulares conforme o
tamanho das teclas, facilitando o manuseio.
© acredita que o uso de aparelhos telefônicos portáteis
seja essencial para que a comunicação se dê a
qualquer instante.
© julga essencial a presença de editores de textos
nos celulares, pois ele pode concluir seus trabalhos
pendentes fora do escritório.

Rascunho

V_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 3
LINGUAGENS E CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Questão 92

Questões de 91 a 135

Questões de 91 a 95 (opção espanhol)

Questão 91
La cueca chilena
La cueca es la danza nacional de Chile, la protagonista
de las celebraciones y festividades criollas. Su origen
no está claramente definida, ya que investigadores la
vinculan a culturas como la espanola, africana, peruana,
así como también a la chilena.
La rutina de esta danza
encuentra — según algunos
folcloristas — una explicación
zoomórfica por provenir de la El sistema que se ha estado utilizando es el de urna
“clueca”, concepto con el que
se hace referencia a los electrónica con teclado numérico para la emisión del voto.
movimientos que hace una Tiene botones especiales de confirmación e impresión de
polla cuando es requerida acta inicial con activación por clave. La caja de balotas
por el gallo. Es por ello que el
rol del hombre, en el baile, se electrónicas es una computadora personal con un uso
asemeja a la rueda y al específico que tiene las siguientes características:
entusiasmo que pone el gallo en su conquista amorosa. resistente, pequena en dimensión, liviana, con fuentes
La mujer, en cambio, sostiene una conducta más
defensiva y esquiva. autónomas de energía y recursos de seguridad. La
Disponível em: http://www.chile.com. Acesso em: 27 abr. 2010 (adaptado). característica más destacable del sistema brasileno
Todos os países têm costumes, músicas e danças reside en que permite unificar el registro y verificación de
típicos, que compõem o seu folclore e diferenciam a la identidad del elector, la emisión y el escrutinio de voto
sua cultura. Segundo o texto, na cueca, dança típica do
en una misma máquina.
Chile, o comportamento e os passos do homem e da
Voto ele ctró n ico en B ra s il . Disponível em: http://www.votoelectronico.info/blog.
mulher, estão associados
Acesso em: 12 abr. 2009 (adaptado).

© à postura defensiva da mulher. Pela observação da imagem e leitura do texto a respeito


© à origem espanhola da dança. da votação eletrônica no Brasil, identifica-se como tema
ao cortejo entre galo e galinha.
ao entusiasmo do homem. © a funcionalidade dos computadores, por meio
© ao nacionalismo chileno. das palavras-chave teclado, botones, impresión,
electrónicas e computadora.
Rascunho
© a evolução das máquinas modernas, por meio das
palavras-chave teclado, botones, electrónicas,
energia e máquina.

© a segurança da informação, por meio das palavras-


chave electrónica, clave, seguridad, verificación e
identidad.

© o sistema brasileiro de votação eletrônica, por meio


das palavras-chave urna, teclado, voto, botones e
elector.

© a linguagem matemática, por meio das palavras-


chave numérico, clave, pequena, dimensión e
energia.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 4
2010
O texto traz informações acerca de um evento de grande
Questão 93
importância ocorrido em Ubrique — uma tourada. De
acordo com esse fragmento, alguns dos fatos que atestam
a vitória nesse evento típico da cultura espanhola são

© a realização de cortejo público ao toureiro e o abraço


do adversário.
© a hospedagem no Hotel Sierra de Ubrique e a
presença da família real.
© a formação de fã-clubes numerosos e o recebimento
de título de nobreza.
© o acúmulo de maior número de orelhas e a saída
pelo portão principal.
© a reunião de numerosos curiosos e o apreço de uma
Disponível em: www.gaturro.com. Acesso em: 10 ago. 2010. rica mulher.

O gênero textual história em quadrinhos pode ser usado


com a intenção de provocar humor. Na tira, o cartunista
Questão 95
Nik atinge o clímax dessa intenção quando
El Camino de la lengua nos lleva hasta el siglo X,
© apresenta, já no primeiro quadro, a contradição de época en la que aparecen las Glosas Emilianenses
humores nas feições da professora e do aluno. en el monasterio de Suso en San Millán (La Rioja).
© sugere, com os pontos de exclamação, a entonação Las Glosas Emilianenses están consideradas como
incrédula de Gaturro em relação à pergunta de Ágatha. el testimonio escrito más antiguo del castellano. Paso
© compõe um cenário irreal em que uma professora não a paso y pueblo a pueblo, el viajero llegará al siglo XV
percebe no texto de um aluno sua verdadeira intenção. para asistir al nacimiento de la primera Gramática de la
© aponta que Ágatha desconstrói a ideia inicial de Lengua Castellana, la de Nebrija. Más tarde, escritores
Gaturro a respeito das reais intenções da professora. como Miguel de Cervantes, Calderón de la Barca, Miguel
de Unamuno, Santa Teresa de Jesús o el contemporáneo
© congela a imagem de Ágatha, indicando seu
desinteresse pela situação vivida por Gaturro. Miguel Delibes irán apareciendo a lo largo del itinerario.

Pero la literatura no es el único atractivo de este viaje


Questão 94
que acaba de comenzar.
Jesulín y Cayetano Rivera salieron a hombros por la
Nuestra ruta está llena de palacios, conventos, teatros y
puerta grande aplaudidos por María José Campanario y
restaurantes. La riqueza gastronômica de esta región es
la duquesa de Alba.
algo que el viajero debe tener muy en cuenta.
Expectación, mucha expectación fue la que se vivió el
R evista Punto y C om a . Espanha, n°9, nov./dez. 2007.
pasado sábado en la localidad gaditana de Ubrique.
Un cartel de lujo para una tarde gloriosa formado por O “Camino de la lengua”, um percurso para turistas na
los diestros Jesulín, “El Cid”, y Cayetano Rivera. El de Espanha, conduz o viajante por um roteiro que, além da
Ubrique pudo presumir de haber sido “profeta en su temática original sobre a língua e a literatura espanholas,
tierra” en una tarde triunfal, con un resultado de tres envolve também os aspectos
orejas y salida por la puerta grande.
© turísticos e místicos.
Desde primera hora de la tarde, numerosos curiosos
y aficionados fueron llegando a los alrededores de la © culturais e educacionais.
plaza y al hotel Sierra de Ubrique, donde hubo un gran
© históricos e de enriquecimento.
ambiente previo a la cita taurina, dado que era el sitio
donde estaban hospedados los toreros. © literários e de conflito religioso,
Revista jH ola! n° 3.427, Barcelona, 7 abr. 2010 (fragmento).
arquitetônicos e gastronômicos.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 5
A Z U L 2 5 D O M 6

Questão 98

Reclame

Se o mundo não vai bem


a seus olhos, use lentes
... ou transforme o mundo

Figura I Figura II Figura III ótica olho vivo


agradece a preferência
Figura I. Disponível em: http://zuperdido.wordpress.com. Acesso em: 27 abr. 2010.
Figura II. Disponível em: http://jornale.com.br. Acesso em: 27 abr. 2010. CHACAL et al. Poesia m arg inal. São Paulo: Ática, 2006.
Figura III. Disponível em: http://www.alamedavirtual.com. Acesso em: 27 abr. 2010.
Chacal é um dos representantes da geração poética de
O salto, movimento natural do homem, está presente 1970. A produção literária dessa geração, considerada
em ações cotidianas e também nas artes, nas lutas, nos marginal e engajada, de que é representativo o poema
esportes, entre outras atividades. Com relação a esse apresentado, valoriza
movimento, considera-se que
© o experimentalismo em versos curtos e tom jocoso.
© é realizado para cima, sem que a impulsão determine © a sociedade de consumo, com o uso da linguagem
o tempo de perda de contato com o solo. publicitária.

© é na fase de voo que se inicia o impulso, que, dado © a construção do poema, em detrimento do conteúdo.
pelos braços, determina o tipo e o tempo de duração © a experimentação formal dos neossimbolistas.
do salto.
© o uso de versos curtos e uniformes quanto à métrica.
© é verificado o mesmo tempo de perda de contato
Questão 99
com o solo nas situações em que é praticado.
© é realizado após uma breve corrida para local mais Prima Julieta
alto, sem que se utilize apoio para o impulso. Prima Julieta irradiava um fascínio singular. Era
é a perda momentânea de contato dos pés com o a feminilidade em pessoa. Quando a conheci, sendo
solo e apresenta as fases de impulsão, voo e queda. ainda garoto e já sensibilíssimo ao charme feminino,
teria ela uns trinta ou trinta e dois anos de idade.
Questão 97
Apenas pelo seu andar percebia-se que era
Em uma reportagem a respeito da utilização do uma deusa, diz Virgílio de outra mulher. Prima Julieta
computador, um jornalista posicionou-se da seguinte caminhava em ritmo lento, agitando a cabeça para trás,
forma: A humanidade viveu milhares de anos sem o remando os belos braços brancos. A cabeleira loura
computador e conseguiu se virar. Um escritor brasileiro incluía reflexos metálicos. Ancas poderosas. Os olhos de
um verde azulado borboleteavam. A voz rouca e ácida,
disse com orgulho que ainda escreve a máquina ou a
em dois planos: voz de pessoa da alta sociedade.
mão; que precisa do contato físico com o papel. Um
profissional liberal refletiu que o computador não mudou MENDES, M. A idade do se rro te . Rio de Janeiro: Sabiá, 1968.

apenas a vida de algumas pessoas, ampliando a oferta Entre os elementos constitutivos dos gêneros, está o
de pesquisa e correspondência, mudou a carreira de todo modo como se organiza a própria composição textual,
mundo. Um professor arrematou que todas as disciplinas tendo-se em vista o objetivo de seu autor: narrar,
hoje não podem ser imaginadas sem os recursos da descrever, argumentar, explicar, instruir. No trecho,
computação e, para um físico, ele é imprescindível para, reconhece-se uma sequência textual
por exemplo, investigar a natureza subatômica.
© explicativa, em que se expõem informações objetivas
Como era a vida antes do computador? O ceanA ir em Revista. n° 1,2007 (adaptado).
referentes à prima Julieta.
Entre as diferentes estratégias argumentativas utilizadas © instrucional, em que se ensina o comportamento
na construção de textos, no fragmento, está presente feminino, inspirado em prima Julieta.
© narrativa, em que se contam fatos que, no decorrer
© a comparação entre elementos. do tempo, envolvem prima Julieta.
a reduplicação de informações. © descritiva, em que se constrói a imagem de prima
ê o confronto de pontos de vista.
Julieta a partir do que os sentidos do enunciador
captam.
© a repetição de conceitos. © argumentativa, em que se defende a opinião do
enunciador sobre prima Julieta, buscando-se a
© a citação de autoridade. adesão do leitor a essas ideias.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 6
2010
Considerando a relação entre os usos oral e escrito da
Questão 100
língua, tratada no texto, verifica-se que a escrita
Texto I
XLI © modifica as ideias e intenções daqueles que tiveram
Ouvia: seus textos registrados por outros.
Que não podia odiar
© permite, com mais facilidade, a propagação e a
E nem temer
permanência de ideias ao longo do tempo.
Porque tu eras eu.
E como seria © figura como um modo comunicativo superior ao
Odiar a mim mesma da oralidade.
E a mim mesma temer. © leva as pessoas a desacreditarem nos fatos narrados
HILST, H. C antares . São Paulo: Globo, 2004 (fragmento). por meio da oralidade.
Texto II
Transforma-se o amador na cousa amada © tem seu surgimento concomitante ao da oralidade.
Transforma-se o amador na cousa amada, Questão 102
por virtude do muito imaginar;
não tenho, logo, mais que desejar,
pois em mim tenho a parte desejada.
Camões. Sonetos . Disponível em: http://www.jornaldepoesia.jor.br. Acesso em: 03 set. 2010 (fragmento).

Nesses fragmentos de poemas de Hilda Hilst e de


Camões, a temática comum é

© o “outro” transformado no próprio eu lírico, o que se


realiza por meio de uma espécie de fusão de dois
seres em um só.
© a fusão do “outro” com o eu lírico, havendo, nos
versos de Hilda Hilst, a afirmação do eu lírico de que
odeia a si mesmo.
© o “outro” que se confunde com o eu lírico, verificando-
se, porém, nos versos de Camões, certa resistência
do ser amado. ESTE 0 LEC0 ESTE 0 J0 Aé0
© a dissociação entre o “outro” e o eu lírico, porque o
ódio ou o amor se produzem no imaginário, sem a
realização concreta. •ELE TEM 3 REFEIÇÕES DIÁRIAS.

© o “outro” que se associa ao eu lírico, sendo tratados, • TEM CONSULTAS REGULARES


nos Textos I e II, respectivamente, o ódio e o amor. PARA CUIDAR DA SUA SAÚDE.

Questão 101 •TE M UM LUGAR QUENTE E


CONFORTÁVEL PARA DORMIR.

•TEM CARINHO.
BCJDA SÓCRATES CRISTO
N A O ESCREVEU N A O ESCREVEU N A O ESCREVEU • TEM ALGUÉM QUE SE
NENHUMA NENHUM NEN H U M A • ELE TEM 4 ANOS DE IDADE.
PREOCUPA COM ELE.
PALAVRA- LIVRO- FRASE-

APADRINHE. IGUAL AO JOÃO, MILHARES DE


CRIANÇAS TAMBÉM PRECISAM DE UM MELHOR
AMIGO. SEJA O MELHOR AMIGO DE UMA CRIANÇA.
Anúncio assinado pelo Fundo Cristão para Crianças CCF-Brasil. Revista IstoÉ . São Paulo:
Três, ano 32, n° 2079, 16 set. 2009.

Os discípulos de Platão divulgou Os apostoios Pela forma como as informações estão organizadas, observa-
Buda registraram as palavras de escreveram os se que, nessa peça publicitária, predominantemente, busca-se
seus serm õe s S ó c r a te s em Evangelhos
em dezenas de vários diálogos varias C arta s conseguir a adesão do leitor à causa anunciada.
sutras
© reforçar o canal de comunicação com o interlocutor.
© divulgar informações a respeito de um dado assunto.
e praticamente © enfatizar os sentimentos e as impressões do
s o B O D IS M O e surgiu o
fundou a FILOSOFIA próprio enunciador.
Foi f u n d a d o ! OCIDENTAL' CRISTIANISMO!
© ressaltar os elementos estéticos, em detrimento do
conteúdo veiculado.
XAVIER, C. Disponível em: http://www.releituras.com. Acesso em: 03 set. 2010.

LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 7


A Z U L 2 5 D O M
2010

Questão 103 Questão 105


No Brasil colonial, os portugueses procuravam ocupar
e explorar os territórios descobertos, nos quais viviam CURRÍCULO
índios, que eles queriam cristianizar e usar como força
de trabalho. Os missionários aprendiam os idiomas dos
nativos para catequizá-los nas suas próprias línguas. Ao Identificação Pessoal
longo do tempo, as línguas se influenciaram. O resultado
desse processo foi a formação de uma língua geral, [Nome Completo]
desdobrada em duas variedades: o abanheenga, ao sul, Brasileiro, [Estado Civil], [Idade] anos
e o nheengatu, ao norte. Quase todos se comunicavam
na língua geral, sendo poucos aqueles que falavam [Endereço - Rua/Av. + Número + Complemento]
apenas o português. [Bairro] - [Cidade] - [Estado]
De acordo com o texto, a língua geral formou-se e Telefone: [Telefone com DDD] / E-mail: [E-mail]
consolidou-se no contexto histórico do Brasil-Colônia.
Portanto, a formação desse idioma e suas variedades
foi condicionada Objetivo
© pelo interesse dos indígenas em aprender a religião [Cargo pretendido]
dos portugueses.
© pelo interesse dos portugueses em aprimorar o saber
linguístico dos índios.
© pela percepção dos indígenas de que as suas línguas Formação
precisavam aperfeiçoar-se.
© pelo interesse unilateral dos indígenas em aprender
uma nova língua com os portugueses. Experiência Profissional
pela distribuição espacial das línguas indígenas, que [Período] - Empresa
era anterior à chegada dos portugueses.
Cargo:
Questão 104 Principais atividades:
Por volta do ano de 700 a.C., ocorreu um importante
invento na Grécia: o alfabeto. Com isso, tornou-se
possível o preenchimento da lacuna entre o discurso Qualificação Profissional
oral e o escrito. Esse momento histórico foi preparado
ao longo de aproximadamente três mil anos de evolução [Descrição] ([Local], conclusão em [Ano de Conclusão
e da comunicação não alfabética até a sociedade grega do Curso ou Atividade]).
alcançar o que Havelock chama de um novo estado
de espírito, “o espírito alfabético”, que originou uma
transformação qualitativa da comunicação humana.
As tecnologias da informação com base na eletrônica Informações Adicionais
(inclusive a imprensa eletrônica) apresentam uma
[Descrição Informação Adicional]
capacidade de armazenamento. Hoje, os textos
eletrônicos permitem flexibilidade e feedback, interação
e reconfiguração de texto muito maiores e, dessa forma,
A busca por emprego faz parte da vida de jovens e
também alteram o próprio processo de comunicação.
CASTELLS, M. A. Era da in form ação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: adultos. Para tanto, é necessário estruturar o currículo
Paz e Terra, 1999 (adaptado).

Com o advento do alfabeto, ocorreram, ao longo da adequadamente. Em que parte da estrutura do currículo
história, várias implicações socioculturais. Com a Internet, deve ser inserido o fato de você ter sido premiado com o título
as transformações na comunicação humana resultam
© da descoberta da mídia impressa, por meio da de “Aluno Destaque do Ensino Médio - Menção Honrosa”?
produção de livros, revistas, jornais.
© do esvaziamento da cultura alfabetizada, que, na era
da informação, está centrada no mundo dos sons e © Identificação pessoal.
das imagens.
© da quebra das fronteiras do tempo e do espaço na © Formação.
integração das modalidades escrita, oral e audiovisual.
© da audiência da informação difundida por meio da © Experiência Profissional.
TV e do rádio, cuja dinâmica favorece o crescimento
da eletrônica. Informações Adicionais.
© da penetrabilidade da informação visual, predominante
na mídia impressa, meio de comunicação de massa. Qualificação Profissional.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 8
2010
Questão 106 Questão 107

Texto I
Você sabe que dengue mata.
Você sabe como combater. Se eu tenho de morrer na flor dos anos,
Então você já sabe o que fazer Meu Deus! não seja já;
depois de ler a revista. Eu quero ouvir na laranjeira, à tarde,
Mobilize sua familia e seus vizinhos. Cantar o sabiá!
Esta luta é de todos nós.
Meu Deus, eu sinto e bem vês que eu morro
Respirando esse ar;
Faz que eu viva, Senhor! dá-me de novo
Os gozos do meu lar!

Dá-me os sítios gentis onde eu brincava


Lá na quadra infantil;
Dá que eu veja uma vez o céu da pátria,
O céu de meu Brasil!
Mantenha bem Encftadearea Mantenha a cana Remova folias. Náodeoeaágua Se eu tenho de morrer na flor dos anos,
tampados tonéis até a bonda os dágua bemfechada gatcsebdoque dathuvaaamJada
e banis d água, ptabnbos de Coloque também possa mpeór a sobe a laje. Meu Deus! Não seja já!
plantas una tela no ladrão água de correr
dacaáa peíasoías Eu quero ouvir cantar na laranjeira, à tarde,

Se você tiver febre alta com dor de cabeça, dor atrás dos olhos, Cantar o sabiá!
no corpo e nas juntas, vá imediatamente a uma unidade de saúde. ABREU, C. Poetas rom â nticos brasileiros. São Paulo: Scipione, 1993.
Revista Nova E sco la . São Paulo: Abril, ago. 2009.
Texto II
Esse texto é uma propaganda veiculada nacionalmente.
A ideologia romântica, argamassada ao longo do século
Esse gênero textual utiliza-se da persuasão com uma XVIII e primeira metade do século XIX, introduziu-
se em 1836. Durante quatro decênios, imperaram o
intencionalidade específica. O principal objetivo desse
“eu”, a anarquia, o liberalismo, o sentimentalismo, o
texto é nacionalismo, através da poesia, do romance, do teatro
e do jornalismo (que fazia sua aparição nessa época).
© comprovar que o avanço da dengue no país está MOISÉS, M. A literatura brasileira através dos textos. São Paulo: Cultrix, 1971 (fragmento).

relacionado ao fato de a população desconhecer os De acordo com as considerações de Massaud Moisés


no Texto II, o Texto I centra-se
agentes causadores.
© no imperativo do “eu”, reforçando a ideia de que
© convencer as pessoas a se mobilizarem, com o
estar longe do Brasil é uma forma de estar bem, já
intuito de eliminar os agentes causadores da doença. que o país sufoca o eu lírico.
© no nacionalismo, reforçado pela distância da pátria e
© demonstrar que a propaganda tem um caráter pelo saudosismo em relação à paisagem agradável
institucional e, por essa razão, não pretende vender onde o eu lírico vivera a infância.

produtos. © na liberdade formal, que se manifesta na opção por


versos sem métrica rigorosa e temática voltada para
© informar à população que a dengue é uma doença o nacionalismo.
© no fazer anárquico, entendida a poesia como
que mata e que, por essa razão, deve ser combatida.
negação do passado e da vida, seja pelas opções
formais, seja pelos temas.
© sugerir que a sociedade combata a doença,
© no sentimentalismo, por meio do qual se reforça a
observando os sintomas apresentados e procurando
alegria presente em oposição à infância, marcada
auxílio médico. pela tristeza.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 9
0

Onde fleam os “artistas”? Onde fleam os “artesãos”? O Am erican Idol islâm ico
Submergidos no interior da sociedade, sem reconhecimento
Quem não gosta do Big Brother diz que os reality shows
formal, esses grupos passam a ser vistos de diferentes
são programas vazios, sem cultura. No mundo árabe,
perspectivas pelos seus intérpretes, a maioria das
esse problema já foi resolvido: em The Millions’ Poet (“O
vezes, engajados em discussões que se polarizam entre
Poeta dos Milhões”), líder de audiência no golfo pérsico,
artesanato, cultura erudita e cultura popular.
o prêmio vai para o melhor poeta. O programa, que é
PORTO ALEGRE, M. S. Arte e ofício de artesão . São Paulo, 1985 (adaptado). transmitido pela Abu Dhabi TV e tem 70 milhões de
O texto aponta para uma discussão antiga e recorrente espectadores, é uma competição entre 48 poetas de 12
sobre o que é arte. Artesanato é arte ou não? De acordo países árabes — em que o vencedor leva um prêmio de
com uma tendência inclusiva sobre a relação entre arte US$ 1,3 milhão.
e educação, Mas lá, como aqui, o reality gera controvérsia. O BBB
teve a polêmica dos “coloridos” (grupo em que todos
© o artesanato é algo do passado e tem sua os participantes eram homossexuais). E Millions’ Poet
sobrevivência fadada à extinção por se tratar de detonou uma discussão sobre os direitos da mulher no
trabalho estático produzido por poucos. mundo árabe.
© os artistas populares não têm capacidade de pensar GARATTONI, B. O American Idol islâmico. SuperInteressante . Edição 278, maio 2010 (fragmento).
e conceber a arte intelectual, visto que muitos deles
sequer dominam a leitura. No trecho “Mas lá, como aqui, o reality gera controvérsia”,
o termo destacado foi utilizado para estabelecer uma
© o artista popular e o artesão, portadores de saber
ligação com outro termo presente no texto, isto é, fazer
cultural, têm a capacidade de exprimir, em seus
referência ao
trabalhos, determinada formação cultural.
© os artistas populares produzem suas obras pautados © vencedor, que é um poeta árabe.
em normas técnicas e educacionais rígidas, © poeta, que mora na região da Arábia.
aprendidas em escolas preparatórias.
© mundo árabe, local em que há o programa.
© o artesanato tem seu sentido limitado à região em
que está inserido como uma produção particular, © Brasil, lugar onde há o programa BBB.
sem expansão de seu caráter cultural. © programa, que há no Brasil e na Arábia.

Questão 110

Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br. Acesso em: 27 abr. 2010.

Calvin apresenta a Haroldo (seu tigre de estimação) sua escultura na neve, fazendo uso de uma linguagem especializada.
Os quadrinhos rompem com a expectativa do leitor, porque

© Calvin, na sua última fala, emprega um registro formal e adequado para a expressão de uma criança.

© Haroldo, no último quadrinho, apropria-se do registro linguístico usado por Calvin na apresentação de sua obra de arte.

© Calvin emprega um registro de linguagem incompatível com a linguagem de quadrinhos.

Calvin, no último quadrinho, utiliza um registro linguístico informal.

Haroldo não compreende o que Calvin lhe explica, em razão do registro formal utilizado por este último.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 10
2010
Questão 111 Questão 112

Quincas Borba mal podia encobrir a satisfação do triunfo. Segundo o físico da USP, Cláudio Furukawa, é possível
Tinha uma asa de frango no prato, e trincava-a com ser um cidadão ecossustentável adotando atos simples.
filosófica serenidade. Eu fiz-lhe ainda algumas objeções, É um argumento utilizado pelo físico, para sustentar
mas tão frouxas, que ele não gastou muito tempo em a ideia de que podemos contribuir para melhorar a
destruí-las. qualidade de vida no planeta,
— Para entender bem o meu sistema, concluiu ele, © tampar a panela para a comida não esfriar, seguindo
importa não esquecer nunca o princípio universal, os conselhos da mãe.
repartido e resumido em cada homem. Olha: a
guerra, que parece uma calamidade, é uma operação © reduzir a quantidade de calorias, fervendo a água em
recipientes tampados.
conveniente, como se disséssemos o estalar dos dedos
de Humanitas; a fome (e ele chupava filosoficamente a © analisar o calor do GLP, enquanto a água estiver em
asa do frango), a fome é uma prova a que Humanitas processo de ebulição.
submete a própria víscera. Mas eu não quero outro © aquecer líquidos utilizando os botijões de 13 quilos,
documento da sublimidade do meu sistema, senão este pois consomem menos.
mesmo frango. Nutriu-se de milho, que foi plantado por
um africano, suponhamos, importado de Angola. Nasceu © diminuir a chama do fogão, para aquecer quantidades
esse africano, cresceu, foi vendido; um navio o trouxe, maiores de líquido.
um navio construído de madeira cortada no mato por
Questão 113
dez ou doze homens, levado por velas, que oito ou
dez homens teceram, sem contar a cordoalha e outras O contato com textos exercita a capacidade de
partes do aparelho náutico. Assim, este frango, que eu
reconhecer os fins para os quais este ou aquele texto é
almocei agora mesmo, é o resultado de uma multidão
produzido. Esse texto tem porfinalidade
de esforços e lutas, executadas com o único fim de dar
mate ao meu apetite. © apresentar um conteúdo de natureza científica.
ASSIS, M. M emórias póstum as de Brás Cubas. Rio de Janeiro: Civilização Brasiliense, 1975.

A filosofia de Quincas Borba — a Humanitas — contém © divulgar informações da vida pessoal do pesquisador.
princípios que, conforme a explanação do personagem,
0 anunciar um determinado tipo de botijão de gás.
consideram a cooperação entre as pessoas uma forma de
© solicitar soluções para os problemas apresentados.
lutar pelo bem da coletividade.
atender a interesses pessoais. © instruir o leitor sobre como utilizar corretamente o botijão.

erradicar a desigualdade social. Questão 114


minimizar as diferenças individuais. O Arlequim, o Pierrô, a Brighella ou a Colombina são
estabelecer vínculos sociais profundos. personagens típicos de grupos teatrais da Commedia
dell’art, que, há anos, encontram-se presentes em
Texto para as questões 112 e 113. marchinhas e fantasias de carnaval. Esses grupos
Tampe a panela teatrais seguiam, de cidade em cidade, com faces e
Parece conselho de mãe para a comida não esfriar, disfarces, fazendo suas críticas, declarando seu amor
mas a ciência explica como é possível ser um cidadão por todas as belas jovens e, ao final da apresentação,
ecossustentável adotando o simples ato de tampar a despediam-se do público com músicas e poesias.
panela enquanto esquenta a água para o macarrão ou
para o cafezinho. Segundo o físico Cláudio Furukawa, A intenção desses atores era expressar sua mensagem
da USP, a cada minuto que a água ferve em uma panela voltada para a
sem tampa, cerca de 20 gramas do líquido evaporam.
© crença na dignidade do clero e na divisão entre o
Com o vapor, vão embora 11 mil calorias. Como o
poder de conferir calor do GLP, aquele gás utilizado no mundo real e o espiritual.
botijão de cozinha, é de 11 mil calorias por grama, será
© ideologia de luta social que coloca o homem no
preciso 1 grama a mais de gás por minuto para aquecer
a mesma quantidade de água. Isso pode não parecer centro do processo histórico.
nada para você ou para um botijão de 13 quilos, mas 0 crença na espiritualidade e na busca incansável pela
imagine o potencial de devastação que um cafezinho
justiça social dos feudos.
despretensioso e sem os devidos cuidados pode provocar
em uma população como a do Brasil: 54,6 toneladas © ideia de anarquia expressa pelos trovadores
de gás desperdiçado por minuto de aquecimento da iluministas do início do século XVI.
água, considerando que cada família brasileira faça um
cafezinho por dia. Ou 4 200 botijões desperdiçados. © ideologia humanista com cenas centradas no
Superinteressante. Sao Paulo: Abril, n° 247, dez. 2007. homem, na mulher e no cotidiano.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 11
A Z U L 2
2010
Questão 117
Questão 115
Estamos em plena “Idade Mídia” desde os anos de
As doze cores do vermelho
1990, plugados durante muitas horas semanais (jovens
Você volta para casa depois de ter ido jantar com sua entre 13 e 24 anos passam 3h30 diárias na Internet,
amiga dos olhos verdes. Verdes. Às vezes quando você
garante pesquisa Studio Ideias para o núcleo Jovem da
sai do escritório você quer se distrair um pouco. Você
não suporta mais tem seu trabalho de desenhista. Cópias Editora Abril), substituímos as cartas pelos e-mails, os
plantas réguas milímetros nanquim compasso 360°. diários intímos pelos blogs, os telegramas pelo Twitter,
de cercado cerco. Antes de dormir você quer estudar a enciclopédia pela Wikipédia, o álbum de fotos pelo
para a prova de história da arte mas sua menina menor Flickr. O YouTube é mais atraente do que a TV.
tem febre e chama você. A mão dela na sua mão é um PERISSÉ, G. A escrita na Internet . Especial Sala de Aula. São Paulo, 2010 (fragmento).
peixe sem sol em irradiações noturnas. Quentes ondas. Cada sistema de comunicação tem suas especificidades.
Seu marido se aproxima os pés calçados de meias nos No ciberespaço, os textos virtuais são produzidos
chinelos folgados. Ele olha as horas nos dois relógios combinando-se características de gêneros tradicionais.
de pulso. Ele acusa você de ter ficado fora de casa o Essa combinação representa,
dia todo até tarde da noite enquanto a menina ardia em © na redação do e-mail, o abandono da formalidade e
febre. Ponto e ponta. Dor perfume crescente...
do rigor gramatical.
CUNHA, H. P. A s doze cores do v e rm e lh o . Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2009. © no uso do Twitter, a presença da concisão, que
A literatura brasileira contemporânea tem abordado, aproxima os textos às manchetes jornalísticas.
sob diferentes perspectivas, questões relacionadas © na produção de um blog, a perda da privacidade,
ao universo feminino. No fragmento, entre os recursos pois o blog se identifica com o diário íntimo.
expressivos utilizados na construção da narrativa, © no uso do Twitter, a falta de coerência nas mensagens
destaca-se a ali veiculadas, provocada pela economia de palavras.
© repetição de “você”, que se refere ao interlocutor da © na produção de textos em geral, a soberania da
personagem. autoria colaborativa no ciberespaço.
© ausência de vírgulas, que marca o discurso irritado
da personagem.
Questão 118
© descrição minuciosa do espaço do trabalho, que se Não é raro ouvirmos falar que o Brasil é o país das
opõe ao da casa. danças ou um país dançante. Essa nossa “fama” é bem
© autoironia, que ameniza o sentimento de opressão
pertinente, se levarmos em consideração a diversidade
da personagem.
© ausência de metáforas, que é responsável pela de manifestações rítmicas e expressivas existentes de
objetividade do texto. Norte a Sul. Sem contar a imensa repercussão de nível
internacional de algumas delas.
Questão 116
Diante do número de óbitos provocados pela gripe H1N1 Danças trazidas pelos africanos escravizados, danças
- gripe suína - no Brasil, em 2009, o Ministro da Saúde relativas aos mais diversos rituais, danças trazidas pelos
fez um pronunciamento público na TV e no rádio. Seu imigrantes etc. Algumas preservam suas características
objetivo era esclarecer a população e as autoridades e pouco se transformaram com o passar do tempo, como
locais sobre a necessidade do adiamento do retorno às o forró, o maxixe, o xote, o frevo. Outras foram criadas e
aulas, em agosto, para que se evitassem a aglomeração são recriadas a cada instante: inúmeras influências são
de pessoas e a propagação do vírus. incorporadas, e as danças transformam-se, multiplicam-
Fazendo uso da norma padrão da língua, que se pauta se. Nos centros urbanos, existem danças como o funk, o
pela correção gramatical, seria correto o Ministro ler, em hip hop, as danças de rua e de salão.
seu pronunciamento, o seguinte trecho: É preciso deixar claro que não há jeito certo ou errado
de dançar. Todos podem dançar, independentemente
© Diante da gravidade da situação e do risco de de biótipo, etnia ou habilidade, respeitando-se as
que nos expomos, há a necessidade de se evitar
aglomerações de pessoas, para que se possa conter diferenciações de ritmos e estilos individuais.
GASPARI, T. C. Dança e educação física na escola: implicações para a prática pedagógica.
o avanço da epidemia.
Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008 (adaptado).
© Diante da gravidade da situação e do risco a que
Com base no texto, verifica-se que a dança, presente em
nos expomos, há a necessidade de se evitarem
aglomerações de pessoas, para que se possam todas as épocas, espaços geográficos e culturais, é uma
conter o avanço da epidemia. © prática corporal que conserva inalteradas suas
formas, independentemente das influências culturais
Diante da gravidade da situação e do risco a que
nos expomos, há a necessidade de se evitarem da sociedade.
aglomerações de pessoas, para que se possa conter © forma de expressão corporal baseada em gestos
o avanço da epidemia. padronizados e realizada por quem tem habilidade
© Diante da gravidade da situação e do risco os para dançar.
quais nos expomos, há a necessidade de se evitar © manifestação rítmica e expressiva voltada para as
aglomerações de pessoas, para que se possa conter apresentações artísticas, sem que haja preocupação
o avanço da epidemia. com a linguagem corporal.
© Diante da gravidade da situação e do risco com que © prática que traduz os costumes de determinado povo
ou região e está restrita a este.
nos expomos, tem a necessidade de se evitarem
aglomerações de pessoas, para que se possa conter ® representação das manifestações, expressões,
o avanço da epidemia. comunicações e características culturais de um povo.y
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 12
2010
Questão 120

Texto I
Chão de esmeralda

Me sinto pisando
Um chão de esmeraldas
Quando levo meu coração
À Mangueira
Sob uma chuva de rosas
Meu sangue jorra das veias
E tinge um tapete
Pra ela sambar
É a realeza dos bambas
Que quer se mostrar
Soberba, garbosa
Minha escola é um catavento a girar
É verde, é rosa
Oh, abre alas pra Mangueira passar
BUARQUE, C.; CARVALHO, H. B. C h ico Buarque de M angueira . Marola Edições Musicais
Ltda. BMG. 1997. Disponível em: www.chicobuarque.com.br. Acesso em: 30 abr. 2010.

Texto II

Quando a escola de samba entra na Marquês de Sapucaí,


a plateia delira, o coração dos componentes bate mais
forte e o que vale é a emoção. Mas, para que esse
verdadeiro espetáculo entre em cena, por trás da cortina
Disponível em: http://ziraldo.blogtv.uol.com.br. Acesso em: 27 jul. 2010. de fumaça dos fogos de artifício, existe um verdadeiro
batalhão de alegria: são costureiras, aderecistas,
O cartaz de Ziraldo faz parte de uma campanha contra o diretores de ala e de harmonia, pesquisador de enredo e
uso de drogas. Essa abordagem, que se diferencia das de uma infinidade de profissionais que garantem que tudo
esteja perfeito na hora do desfile.
outras campanhas, pode ser identificada
AMORIM, M.; MACEDO, G. O espetáculo dos bastidores. R evista de Carnaval 2010:
Mangueira. Rio de Janeiro: Estação Primeira de Mangueira, 2010.

© pela seleção do público alvo da campanha, Ambos os textos exaltam o brilho, a beleza, a tradição e o
compromisso dos dirigentes e de todos os componentes
representado, no cartaz, pelo casal de jovens.
com a escola de samba Estação Primeira de Mangueira.
Uma das diferenças que se estabelece entre os textos
© pela escolha temática do cartaz, cujo texto configura uma é que
ordem aos usuários e não usuários: diga não às drogas.
© o artigo jornalístico cumpre a função de transmitir
• pela ausência intencional do acento grave, que emoções e sensações, mais do que a letra de música.
constrói a ideia de que não é a droga que faz a © a letra de música privilegia a função social de
comunicar a seu público a crítica em relação ao
cabeça do jovem. samba e aos sambistas.
© pelo uso da ironia, na oposição imposta entre • a linguagem poética, no Texto I, valoriza imagens
metafóricas e a própria escola, enquanto a linguagem, no
a seriedade do tema e a ambiência amena que Texto II, cumpre a função de informar e envolver o leitor.
envolve a cena. © ao associar esmeraldas e rosas às cores da escola, o
Texto I acende a rivalidade entre escolas de samba,
© pela criação de um texto de sátira à postura dos enquanto o Texto II é neutro.
jovens, que não possuem autonomia para seguir © o Texto I sugere a riqueza material da Mangueira,
seus caminhos. enquanto o Texto II destaca o trabalho na escola
de samba.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 13
2010
Como qualquer outra variedade linguística, a norma
Questão 121
padrão tem suas especificidades. No texto, observam-
Riqueza ameaçada se marcas da norma padrão que são determinadas
pelo veículo em que ele circula, que é a Revista Língua
Boa parte dos 180 idiomas sobreviventes está ameaçada Portuguesa. Entre essas marcas, evidencia-se
de extinção — mais da metade (110) é falada por menos
© a obediência às normas gramaticais, como a
de 500 pessoas. No passado, era comum pessoas
concordância em “um gênero que invade as livrarias”.
serem amarradas em árvores quando se expressavam
em suas línguas, lembra o cacique Felisberto Kokama, © a presença de vocabulário arcaico, como em “há de
um analfabeto para os nossos padrões e um guardião da ter alguma grandeza natural” .
pureza de seu idioma (caracterizado por uma diferença © o predomínio de linguagem figurada, como em “um
marcante entre a fala masculina e a feminina), lá no viço qualquer que o destaque”.
Amazonas, no Alto Solimões. Outro Kokama, o professor
© o emprego de expressões regionais, como em “tem
Leonel, da região de Santo Antônio do Içá (AM), mostra
essa pegada”.
o problema atual: “Nosso povo se rendeu às pessoas
brancas pelas dificuldades de sobrevivência. O contato © o uso de termos técnicos, como em “grandes títulos
com a língua portuguesa foi exterminando e dificultando do gênero infantil”.
a prática da nossa língua. Há poucos falantes, e com
vergonha de falar. A língua é muito preconceituada entre
nos mesmos . Questão 123
Revista Língua P o rtuguesa . Sao Paulo: Segmento, n° 26,2007.
O novo boca a boca

O desaparecimento gradual ou abrupto de partes Tomara que não seja verdade, porque, se for, os críticos,
importantes do patrimônio linguístico e cultural do país comentaristas, os chamados formadores de opinião,
possui causas variadas. Segundo o professor Leonel, todos corremos o risco de perder nossa razão de ser e
da região de Santo Antônio do Içá (AM), os idiomas nossos empregos. Há uma nova ameaça à vista. Dizem
indígenas sobreviventes estão ameaçados de extinção que a Internet será em breve, já está sendo, o boca a
boca de milhões de pessoas, isto é, vai substituir aquele
devido ao
processo usado tradicionalmente para recomendar um
filme, uma peça, um livro e até um candidato. Não mais
© medo que as pessoas tinham de serem castigadas a orientação transmitida pela imprensa e nem mesmo as
por falarem a sua língua. dicas dadas pessoalmente - tudo seria feito virtualmente
pelos mecanismos de mobilização da rede.
© número reduzido de índios que continuam falando
VENTURA, Z. O G lo b o , 19 set. 2009 (fragmento).
entre si nas suas reservas.
Segundo o texto, a Internet apresenta a possibilidade
© contato com falantes de outras línguas e a imposição
de modificar as relações sociais, na medida em que
de um outro idioma.
estabelece novos meios de realizar atividades cotidianas.
© desaparecimento das reservas indígenas em A preocupação do autor acerca do desaparecimento de
decorrência da influência do branco. determinadas profissões deve-se

© descaso dos governantes em preservar esse


© às habilidades necessárias a um bom comunicador,
patrimônio cultural brasileiro.
que podem ser comprometidas por problemas
Questão 122 pessoais.

Maurício e o leão chamado Millôr © à confiabilidade das informações transmitidas pelos


internautas, que superam as informações jornalísticas.
Livro de Flavia Maria ilustrado por cartunista nasce como
um dos grandes títulos do gênero infantil © ao número de pessoas conectadas à Internet, à
Um livro infantil ilustrado por Millôr há de ter alguma rapidez e à facilidade com que a informação acontece.
grandeza natural, um viço qualquer que o destaque de
© aos boatos que atingem milhões de pessoas, levando
um gênero que invade as livrarias (2 mil títulos novos,
todo ano) nem sempre com qualidade. Uma pegada que a população a desacreditar nos formadores de
o afaste do risco de fazer sombra ao fato de ser ilustrado opinião.
por Millôr: Maurício - O Leão de Menino (CosacNaify, 24
páginas, R$ 35), de Flavia Maria, tem essa pegada. © aos computadores serem mais eficazes do que os
Disponível em: http://www.revistalingua.com.br. Acesso em: 30 abr. 2010 (fragmento). profissionais da escrita para informar a sociedade.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 14
Mill
Questão 124 A progressão textual realiza-se por meio de relações
semânticas que se estabelecem entre as partes do texto.
O “politicamente correto” tem seus exageros, como
chamar baixinho de “verticalmente prejudicado”, mas, Tais relações podem ser claramente apresentadas pelo
no fundo, vem de uma louvável preocupação em não emprego de elementos coesivos ou não ser explicitadas,
ofender os diferentes. É muito mais gentil chamar no caso da justaposição. Considerando-se o texto lido,
estrabismo de “idiossincrasia ótica” do que de vesguice.
O linguajar brasileiro está cheio de expressões racistas
e preconceituosas que precisam de uma correção, e até © no primeiro parágrafo, o conectivo já que marca uma
as várias denominações para bêbado (pinguço, bebo, relação de consequência entre os segmentos do texto.
pé-de-cana) poderiam ser substituídas por algo como
“contumaz etílico”, para lhe poupar os sentimentos. © no primeiro parágrafo, o conectivo mas explicita uma
relação de adição entre os segmentos do texto.
O tratamento verbal dado aos negros é o melhor
exemplo da condescendência que passa por tolerância © entre o primeiro e o segundo parágrafos, está
racial no Brasil. Termos como “crioulo”, “negão” etc. são
implícita uma relação de causalidade.
até considerados carinhosos, do tipo de carinho que se
dá a inferiores, e, felizmente, cada vez menos ouvidos. © no quarto parágrafo, o conectivo enquanto estabelece
“Negro” também não é mais correto. Foi substituído por
afrodescendente, por influência dos afro-americans, uma relação de explicação entre os segmentos do texto.
num caso de colonialismo cultural positivo. Está certo. © entre o quarto e o quinto parágrafos, está implícita
Enquanto o racismo que não quer dizer seu nome
continua no Brasil, uma integração real pode começar uma relação de oposição.
pela linguagem.
VERÍSSIMO, L. F. Peixe na cama. D iário de Pernam buco . 10 jun. 2006 (adaptado). Questão 126

Ao comparar a linguagem cotidiana utilizada no Brasil e Quando vou a São Paulo, ando na rua ou vou ao mercado,
as exigências do comportamento “politicamente correto”, apuro o ouvido; não espero só o sotaque geral dos
o autor tem a intenção de
© criticar o racismo declarado do brasileiro, que nordestinos, onipresentes, mas para conferir a pronúncia
convive com a discriminação camuflada em certas de cada um; os paulistas pensam que todo nordestino
expressões linguísticas.
fala igual; contudo as variações são mais numerosas
© defender o uso de termos que revelam a
despreocupação do brasileiro quanto ao preconceito que as notas de uma escala musical. Pernambuco,
racial, que inexiste no Brasil. Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí têm no falar
© mostrar que os problemas de intolerância racial, no de seus nativos muito mais variantes do que se imagina.
Brasil, já estão superados, o que se evidencia na
linguagem cotidiana. E a gente se goza uns dos outros, imita o vizinho, e todo
© questionar a condenação de certas expressões mundo ri, porque parece impossível que um praiano de
consideradas “politicamente incorretas”, o que
beira-mar não chegue sequer perto de um sertanejo
impede os falantes de usarem a linguagem
espontaneamente. de Quixeramobim. O pessoal do Cariri, então, até se
© sugerir que o país adote, além de uma postura orgulha do falar deles. Têm uns tês doces, quase um the;
linguística “politicamente correta”, uma política de
convivência sem preconceito racial. já nós, ásperos sertanejos, fazemos um duro au ou eu
Questão 125 de todos os terminais em al ou el - carnavau, Raqueu...
Já os paraibanos trocam o l pelo r. José Américo só me
Diego Souza ironiza torcida do Palmeiras
O Palmeiras venceu o Atlético-GO pelo placar de 1 a 0, chamava, afetuosamente, de Raquer.
com um gol no final da partida. O cenário era para ser Queiroz, R. O Estado de São Paulo . 09 maio 1998 (fragmento adaptado).
de alegria, já que a equipe do Verdão venceu e deu
um importante passo para conquistar a vaga para as Raquel de Queiroz comenta, em seu texto, um tipo de
semifinais, mas não foi bem isso que aconteceu.
variação linguística que se percebe no falar de pessoas
O meia Diego Souza foi substituído no segundo tempo
debaixo de vaias dos torcedores palmeirenses e chegou de diferentes regiões. As características regionais
a fazer gestos obscenos respondendo à torcida. Ao final exploradas no texto manifestam-se
do jogo, o meia chegou a dizer que estava feliz por jogar
no Verdão. © na fonologia.
— Eu não estou pensando em sair do Palmeiras. Estou
muito feliz aqui — disse. © no uso do léxico.
Perguntado sobre as vaias da torcida enquanto era
substituído, Diego Souza ironizou a torcida do Palmeiras. © no grau de formalidade.
—Vaias? Que vaias? — ironiza o camisa 7 do Verdão, © na organização sintática.
antes de descer para os vestiários.
Disponível em: http://oglobo.globo.com. Acesso em: 29 abr. 2010. © na estruturação morfológica.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 15
2010
As redes sociais compõem uma categoria de organização
Questão 127
social em que grupos de indivíduos utilizam a Internet com
Saúde objetivos comuns de comunicação e relacionamento.
Afinal, abrindo um jornal, lendo uma revista ou assistindo Nesse contexto, os chamados blogueiros
à TV, insistentes são os apelos feitos em prol da atividade © promovem discussões sobre diversos assuntos,
física. A mídia não descansa; quer vender roupas
expondo seus pontos de vista particulares e
esportivas, propagandas de academias, tênis, aparelhos
de ginástica e musculação, vitaminas, dietas... uma incentivando a troca de opiniões e consolidação de
relação infindável de materiais, equipamentos e produtos grupos de interesse.
alimentares que, por trás de toda essa “parafernália”, © contribuem para o analfabetismo digital dos leitores
impõe um discurso do convencimento e do desejo de
de blog, uma vez que não se preocupam com os
um corpo belo, saudável e, em sua grande maioria, de
usos padronizados da língua.
melhor saúde.
RODRIGUES,L. H.; GALVÃO, Z. Educação Física na escola: implicações para a prática © interferem nas rotinas de encontros e comemorações
pedagógica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008. de determinados segmentos, porque supervalorizam
Em razão da influência da mídia no comportamento das o contato a distância.
pessoas, no que diz respeito ao padrão de corpo exigido,
© definem previamente seus seguidores, de modo a
podem ocorrer mudanças de hábitos corporais. A esse
evitar que pessoas que não compactuam com as
respeito, infere-se do texto que é necessário
mesmas opiniões interfiram no desenvolvimento de
© reconhecer o que é indicado pela mídia como
determinados assuntos.
referência para alcançar o objetivo de ter um corpo
belo e saudável. © utilizam os blogs para exposição de mensagens
© valorizar o discurso da mídia, entendendo-o como particulares, sem se preocuparem em responder aos
incentivo à prática da atividade física, para o culto do comentários recebidos, e abdicam do uso de outras
corpo perfeito. ferramentas virtuais, como o correio eletrônico.
© diferenciar as práticas corporais veiculadas pela
Questão 129
mídia daquelas praticadas no dia a dia, considerando
a saúde e a integridade corporal. Expressões Idiomáticas
© atender aos apelos midiáticos em prol da prática
exacerbada de exercícios físicos, como garantia de Expressões idiomáticas ou idiomatismo são expressões
beleza.
que se caracterizam por não identificar seu significado
© identificar os materiais, equipamentos e produtos através de suas palavras individuais ou no sentido literal.
alimentares como o caminho para atingir o padrão
Não é possível traduzi-las em outra língua e se originam
de corpo idealizado pela mídia.
de gírias e culturas de cada região. Nas diversas regiões
Questão 128 do país, há várias expressões idiomáticas que integram
As redes sociais de relacionamento ganham força a os chamados dialetos.
cada dia. Uma das ferramentas que tem contribuído Disponível em: www.brasilescola.com. Acesso em: 24 abr. 2010 (adaptado).
significativamente para que isso ocorra é o surgimento
e a consolidação da blogosfera, nome dado ao conjunto O texto esclarece o leitor sobre as expressões
de blogs e blogueiros que circulam pela Internet. Um idiomáticas, utilizando-se de um recurso metalinguístico
blog é um site com acréscimos dos chamados artigos, que se caracteriza por
ou posts. Estes são, em geral, organizados de forma
© influenciar o leitor sobre atitudes a serem tomadas
cronológica inversa, tendo como foco a temática
proposta do blog, podendo ser escritos por um número em relação ao preconceito contra os falantes que
variável de pessoas, de acordo com a política do blog. utilizam expressões idiomáticas.
Muitos blogs fornecem comentários ou notícias sobre © externar atitudes preconceituosas em relação às
um assunto em particular; outros funcionam mais como
classes menos favorecidas que utilizam expressões
diários on-line. Um blog típico combina texto, imagens
e links para outros blogs, páginas da web e mídias idiomáticas.
relacionadas a seu tema. A possibilidade de leitores © divulgar as várias expressões idiomáticas existentes
deixarem comentários de forma a interagir com o autor e e controlar a atenção do interlocutor, ativando o
outros leitores é uma parte importante dos blogs. canal de comunicação entre ambos.
O que foi visto com certa desconfiança pelos meios de
( © ) definir o que são expressões idiomáticas e como
comunicação virou até referência para sugestões de
reportagem. A linguagem utilizada pelos blogueiros, elas fazem parte do cotidiano do falante pertencente
autores e leitores de blogs, foge da rigidez praticada nos a grupos regionais diferentes.
meios de comunicação e deixa o leitor mais próximo do © preocupar-se em elaborar esteticamente os sentidos
assunto, além de facilitar o diálogo constante entre eles.
das expressões idiomáticas existentes em regiões
Disponível em: http//pt.wikipedia.org. Acesso em: 21 maio 2010 (adaptado). distintas.
LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 16
Questão 130 Todo texto apresenta uma intenção, da qual derivam as
escolhas linguísticas que o compõem. O texto da campanha
HAGAR, o horrível CtirtiBron» publicitária e o da charge apresentam, respectivamente,
composição textual pautada por uma estratégia

© expositiva, porque informa determinado assunto


de modo isento; e interativa, porque apresenta
intercâmbio verbal entre dois personagens.
descritiva, pois descreve ações necessárias ao
combate à dengue; e narrativa, pois um dos
personagens conta um fato, um acontecimento.
© injuntiva, uma vez que, por meio do cartaz, diz como
se deve combater a dengue; e dialogai, porque
HAGAR, o horrível. O G lo b o , Rio de Janeiro, 12 out. 2008.
estabelece uma interação oral.
Pela evolução do texto, no que se refere à linguagem © narrativa, visto que apresenta relato de ações a serem
realizadas; e descritiva, pois um dos personagens
empregada, percebe-se que a garota
descreve a ação realizada.
© deseja afirmar-se como nora por meio de uma fala poética. persuasiva, com o propósito de convencer o
interlocutor a combater a dengue; e dialogal, pois há
© utiliza expressões linguísticas próprias do discurso
a interação oral entre os personagens.
infantil.

© usa apenas expressões linguísticas presentes no

discurso formal.

© se expressa utilizando marcas do discurso formal e


do informal.

© usa palavras com sentido pejorativo para assustar o


interlocutor.

AMARAL, Tarsila do. O m am oeiro . 1925, óleo sobre tela, 65x70, IEB//USP.

O modernismo brasileiro teve forte influência das


vanguardas europeias. A partir da Semana de Arte
Moderna, esses conceitos passaram a fazer parte da
arte brasileira definitivamente. Tomando como referência
Disponível em: http://portal.saude.gov.br. Acesso em: 03 set. 2010.
o quadro O mamoeiro, identifica-se que, nas artes
plásticas, a

© imagem passa a valer mais que as formas


vanguardistas.
© forma estética ganha linhas retas e valoriza o cotidiano.
© natureza passa a ser admirada como um espaço
utópico.
© imagem privilegia uma ação moderna e industrializada.

Disponível em: http://www.dukechargista.com.br. Acesso em: 03 set. 2010.


© forma apresenta contornos e detalhes humanos.

LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 17


2010
A Literatura Brasileira desempenha papel importante \
Questão 133
ao suscitar reflexão sobre desigualdades sociais. No
São 68 milhões num universo de 190 milhões de fragmento, essa reflexão ocorre porque o eu lírico
brasileiros conectados às redes virtuais. O e-mail ainda
é uma ferramenta imprescindível de comunicação, mas © descreve as propriedades do açúcar.
já começa a dar espaço para ferramentas mais ágeis de © se revela mero consumidor de açúcar.
interação, como MSN, Orkut, Facebook, Twitter e blogs.
© destaca o modo de produção do açúcar.
A campanha dos principais pré-candidatos à Presidência
da República, por exemplo, não chegou às ruas, mas já © exalta o trabalho dos cortadores de cana.
se firma na rede. © explicita a exploração dos trabalhadores.
O marco regulatório da Internet no Brasil é discutido pela
sociedade civil e parlamentares no Congresso Nacional, Questão 135
numa queda de braço pela garantia de um controle do
Assaltantes roubam no ABC 135 mil figurinhas da
que alguns consideram “uma terra sem lei”.
Copa do Mundo
Por abrir um canal, apresentar instrumentos e diversificar
as ferramentas de interação na troca de informações, a
Internet levanta preocupações em relação aos crimes Cinco assaltantes roubaram 135 mil figurinhas do álbum
cibernéticos, como roubos de senha e pedofilia. da Copa do Mundo 2010 na noite de quarta-feira (21),
em Santo André, no ABC. Segundo a assessoria da
F. JÚNIOR, H. Internet cresce no país e preocupa. J o rnal Hoje em Dia . Brasília, 25 abr.
Treelog, empresa que distribui os cromos, ninguém ficou
2010 (adaptado).
ferido durante a ação.
Ao tratar do controle à Internet, o autor usou a expressão
“uma terra sem lei” para indicar opinião sobre O roubo aconteceu por volta das 23h30. Armados, os
criminosos renderam 30 funcionários que estavam
© a falta de uma legislação que discipline o uso da no local, durante cerca de 30 minutos, e levaram 135
Internet e a forma de punição dos infratores. caixas, cada uma delas contendo mil figurinhas. Cada
pacote com cinco cromos custa R$ 0,75.
© a liberdade que cada político tem de poder atingir um
número expressivo de eleitores via Internet. Procurada pelo G1, a Panini, editora responsável pelas
figurinhas, afirmou que a falta dos cromos em algumas
© o constante crescimento do número de pessoas que
bancas não tem relação com o roubo. Segundo a editora,
possuem acesso à Internet no Brasil.
isso se deve à grande demanda pelas figurinhas.
© o ponto de vista de parlamentares e da sociedade Disponível em: http://g1.globo.com. Acesso em: 23 abr. 2010 (adaptado).
civil que defendem um controle na Internet.
A notícia é um gênero jornalístico. No texto, o que
© os possíveis prejuízos que a Internet traz, apesar caracteriza a linguagem desse gênero é o uso de
dos benefícios proporcionados pelas redes sociais.
© expressões linguísticas populares.
Questão 134
© palavras de origem estrangeira.
Açúcar
© variantes linguísticas regionais.
O branco açúcar que adoçará meu café © termos técnicos e científicos.
Nesta manhã de Ipanema © formas da norma padrão da língua.
Não foi produzido por mim
Nem surgiu dentro do açucareiro por milagre. Rascunho
[...]
Em lugares distantes,
Onde não há hospital,
Nem escola, homens que não sabem ler e morrem de fome
Aos 27 anos
Plantaram e colheram a cana
Que viraria açúcar.
Em usinas escuras, homens de vida amarga
E dura
Produziram este açúcar
Branco e puro
Com que adoço meu café esta manhã
Em Ipanema.
GULLAR, F. Toda Poesia . Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,1980 (fragmento).

LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 18


llllllllllllllllllllllllll
* A Z U L 2 5 D O M 1 9 * \ "
2010
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS O menor comprimento que esse cabo deverá ter para
Questões de 136 a 180 ligar os pontos A e B poderá ser obtido por meio da
seguinte representação no plano:
Questão 136

Para confeccionar, em madeira, um cesto de lixo que


comporá o ambiente decorativo de uma sala de aula, um

marceneiro utilizará, para as faces laterais, retângulos


e trapézios isósceles e, para o fundo, um quadrilátero,
com os lados de mesma medida e ângulos retos.

Qual das figuras representa o formato de um cesto que


possui as características estabelecidas?

©

©
f

©
(

© €
Questão 137

A figura seguinte ilustra um salão de um clube onde


estão destacados os pontos A e B.
Desde 2005, o Banco Central não fabrica mais a nota
de R$ 1,00 e, desde então, só produz dinheiro nesse
valor em moedas. Apesar de ser mais caro produzir uma
moeda, a durabilidade do metal é 30 vezes maior que a
do papel. Fabricar uma moeda de R$ 1,00 custa R$ 0,26,
enquanto uma nota custa R$ 0,17, entretanto, a cédula
dura de oito a onze meses.
Disponível em: http://noticias.r7.com. Acesso em: 26 abr. 2010.

Com R$ 1 000,00 destinados a fabricar moedas, o Banco


Central conseguiria fabricar, aproximadamente, quantas
cédulas a mais?
Nesse salão, o ponto em que chega o sinal da TV a
cabo fica situado em A. A fim de instalar um telão para © 1 667
a transmissão dos jogos de futebol da Copa do Mundo, © 2 036
esse sinal deverá ser levado até o ponto B por meio de © 3 846

um cabeamento que seguirá na parte interna da parede © 4 300

e do teto. © 5 882

MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 19


A Z U L 2 5 D O M 2 Q
2010

Questão 139 Questão 141


Existe uma cartilagem entre os ossos que vai crescendo Nos últimos anos, a corrida de rua cresce no Brasil. Nunca se
e se calcificando desde a infância até a idade adulta. No falou tanto no assunto como hoje, e a quantidade de adeptos
fim da puberdade, os hormônios sexuais (testosterona e aumenta progressivamente, afinal, correr traz inúmeros
estrógeno) fazem com que essas extremidades ósseas benefícios para a saúde física e mental, além de ser um
(epífises) se fechem e o crescimento seja interrompido. esporte que não exige um alto investimento financeiro.
Assim, quanto maior a área não calcificada entre os
Disponível em:http://www.webrun.com.br. Acesso em: 28 abr. 2010.
ossos, mais a criança poderá crescer ainda. A expectativa
é que durante os quatro ou cinco anos da puberdade, um Um corredor estipulou um plano de treinamento diário,
garoto ganhe de 27 a 30 centímetros. correndo 3 quilômetros no primeiro dia e aumentando
500 metros por dia, a partir do segundo. Contudo, seu
Revista C láudia . Abr. 2010 (adaptado).
médico cardiologista autorizou essa atividade até que o
De acordo com essas informações, um garoto que inicia corredor atingisse, no máximo, 10 km de corrida em um
a puberdade com 1,45 m de altura poderá chegar ao mesmo dia de treino.
final dessa fase com uma altura Se o atleta cumprir a recomendação médica e praticar
o treinamento estipulado corretamente em dias
© mínima de 1,458 m. consecutivos, pode-se afirmar que esse planejamento
© mínima de 1,477 m. de treino só poderá ser executado em, exatamente,

© máxima de 1,480 m. © 12 dias.

© máxima de 1,720 m. © 13 dias.


© 14 dias.
máxima de 1,750 m.
© 15 dias.
Questão 140
© 16 dias.
Numa feira de artesanato, uma pessoa constrói formas
Questão 142
geométricas de aviões, bicicletas, carros e outros
engenhos com arame inextensível. Em certo momento, Um foguete foi lançado do marco zero de uma estação
ele construiu uma forma tendo como eixo de apoio outro e após alguns segundos atingiu a posição (6, 6, 7) no
arame retilíneo e rígido, cuja aparência é mostrada na espaço, conforme mostra a figura. As distâncias são
figura seguinte: medidas em quilômetros.

Ao girar tal forma em torno do eixo, formou-se a imagem


de um foguete, que pode ser pensado como composição,
por justaposição, de diversos sólidos básicos de
revolução.
Sabendo que, na figura, os pontos B, C, E e F são
colineares, AB = 4FG, BC = 3FG, EF = 2FG, e utilizando-
se daquela forma de pensar o foguete, a decomposição
deste, no sentido da ponta para a cauda, é formada pela Considerando que o foguete continuou sua trajetória,
seguinte sequência de sólidos: mas se deslocou 2 km para frente na direção do eixo-x,
3 km para trás na direção do eixo-y, e 11 km para frente,
© pirâmide, cilindro reto, cone reto, cilindro reto. na direção do eixo-z, então o foguete atingiu a posição
© cilindro reto, tronco de cone, cilindro reto, cone
© (17, 3, 9).
equilátero.
© (8, 3, 18).
cone reto, cilindro reto, tronco de cone e cilindro
equilátero. © (6, 18, 3).
© cone equilátero, cilindro reto, pirâmide, cilindro. © (4, 9, - 4).
© cone, cilindro equilátero, tronco de pirâmide, cilindro. © (3, 8, 18).
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 20
2010

Questão 145
FONTES ALTERNATIVAS João tem uma loja onde fabrica e vende moedas de
chocolate com diâmetro de 4 cm e preço de R$ 1,50
Há um novo impulso para produzir combustível a partir a unidade. Pedro vai a essa loja e, após comer várias
de gordura animal. Em abril, a High Plains Bioenergy moedas de chocolate, sugere ao João que ele faça
inaugurou uma biorrefinaria próxima a uma fábrica de moedas com 8 cm de diâmetro e mesma espessura e
processamento de carne suína em Guymon, Oklahoma. cobre R$ 3,00 a unidade.
A refinaria converte a gordura do porco, juntamente com
Considerando que o preço da moeda depende apenas
o óleo vegetal, em biodiesel. A expectativa da fábrica é
da quantidade de chocolate, João
transformar 14 milhões de quilogramas de banha em 112
milhões de litros de biodiesel. © aceita a proposta de Pedro, pois, se dobra o diâmetro,
R e v is ta S c ie n tific A m e rica n . Brasil, ago. 2009 (adaptado).
o preço também deve dobrar.

Considere que haja uma proporção direta entre a © rejeita a proposta de Pedro, pois o preço correto
seria R$ 12,00.
massa de banha transformada e o volume de biodiesel
produzido. © rejeita a proposta de Pedro, pois o preço correto
seria R$ 7,50.
Para produzir 48 milhões de litros de biodiesel, a
massa de banha necessária, em quilogramas, será de, rejeita a proposta de Pedro, pois o preço correto
aproximadamente, seria R$ 6,00.
© rejeita a proposta de Pedro, pois o preço correto
6 milhões. seria R$ 4,50.

© 33 milhões. Questão 146


Uma torneira gotejando diariamente é responsável por
© 78 milhões.
grandes desperdícios de água. Observe o gráfico que
© 146 milhões. indica o desperdício de uma torneira:

© 384 milhões.
Questão 144

O gráfico expõe alguns números da gripe A-H1N1. Entre


as categorias que estão em processo de imunização, uma
já está completamente imunizada, a dos trabalhadores
da saúde.

Números da campanha contra a gripe A "H1N1"

Adultos entre 20 e 29 anos Se y representa o desperdício de água, em litros, e x


Gestantes
representa o tempo, em dias, a relação entre x e y é
Doentes crônicos © y=2x
Indígenas
* 1
Cnançesde 6 meses a 2 anos
© y= -x
Trabalhadores da saúde

0 .0 % 10.0 % 20.0 % 30 .0 % 40 .0 % 90.0 % 80 .0 % 70.0 % 80 .0% 00 .0 % 100.0 %


© y = 60 x
© y = 60 x + 1
Época . 26 de abr. 2010 (adaptado). © y = 80 x + 50
De acordo com o gráfico, entre as demais categorias, Rascunho
a que está mais exposta ao vírus da gripe A-H1N1 é a
categoria de

© indígenas.
© gestantes.
© doentes crônicos.
© adultos entre 20 e 29 anos.
© crianças de 6 meses a 2 anos.
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 21
2010
Questão 147 Suponha uma escala de 0 h a 24 h e considere que o
Big Bang ocorreu exatamente à 0 h. Desse modo, a
O hábito de comer um prato de folhas todo dia faz
proezas para o corpo. Uma das formas de variar o explosão da estrela GRB 090423 teria ocorrido à(s)
sabor das saladas é experimentar diferentes molhos.
Um molho de iogurte com mostarda contém 2 colheres © 1,10 h.
de sopa de iogurte desnatado, 1 colher de sopa de
© 1,16 h.
mostarda, 4 colheres de sopa de água, 2 colheres de
sopa de azeite. © 1,22 h.
DESGUALDO. P. Os Segredos da Supersalada. R evista Saúde . Jan. 2010.
© 1,84 h.
Considerando que uma colher de sopa equivale a
© 2,01 h.
aproximadamente 15 mL, qual é o número máximo de
doses desse molho que se faz utilizando 1,5 L de azeite
e mantendo a proporcionalidade das quantidades dos Questão 150
demais ingredientes?
Em uma reserva florestal existem 263 espécies de
© 5 peixes, 122 espécies de mamíferos, 93 espécies de
répteis, 1 132 espécies de borboletas e 656 espécies
© 20
de aves.
© 50
Disponível em: http:www.wwf.org.br. Acesso em: 23 abr. 2010 (adaptado).
© 200
Se uma espécie animal for capturada ao acaso, qual a
© 500
probabilidade de ser uma borboleta?
Questão 148
© 63,31%
No dia 12 de janeiro de 2010, o governo da Venezuela
© 60,18%
adotou um plano de racionamento de energia que previa
cortes no fornecimento em todo o país. © 56,52%
O ministro da Energia afirmou que uma das formas mais © 49,96%
eficazes de se economizar energia nos domicílios seria o
uso de lâmpadas que consomem 20% menos da energia © 43,27%
consumida por lâmpadas normais.
Disponível em: http://www.bbc.co.uk. Acesso em: 23 abr. 2010 (adaptado). Questão 151
Em uma residência, o consumo mensal de energia As Olimpíadas de 2016 serão realizadas na cidade
proveniente do uso de lâmpadas comuns é de 63 kWh. do Rio de Janeiro. Uma das modalidades que trazem
Se todas as lâmpadas dessa residência forem trocadas esperanças de medalhas para o Brasil é a natação.
pelas lâmpadas econômicas, esse consumo passará a Aliás, a piscina olímpica merece uma atenção especial
ser de, aproximadamente, devido as suas dimensões. Piscinas olímpicas têm 50
© 9 kWh. metros de comprimento por 25 metros de largura.

© 11 kWh. Se a piscina olímpica fosse representada em uma escala


de1:100, ela ficaria com as medidas de
© 22 kWh.
© 35 kWh. © 0,5 centímetro de comprimento e 0,25 centímetro de
© 50 kWh. largura.

Questão 149 © 5 centímetros de comprimento e 2,5 centímetros de


largura.
Em abril de 2009, o observatório espacial americano
Swift captou um feixe de raios gama proveniente de 50 centímetros de comprimento e 25 centímetros de
uma explosão no espaço. Cientistas italianos e ingleses
apresentaram conclusões de que as luzes captadas largura.
provêm do colapso de uma estrela ocorrido há 13 bilhões
© 500 centímetros de comprimento e 250 centímetros
de anos, apenas 630 milhões de anos após o Big Bang,
expansão súbita que originou o Universo. Batizada de de largura.
GRB 090423, a estrela é o objeto celeste mais antigo já
observado pelo homem. © 200 centímetros de comprimento e 400 centímetros
Revista Veja . 4 nov. 2009 (adaptado). de largura.
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 22
2010
Questão 154

Grandes times nacionais e internacionais utilizam dados Se pudéssemos reunir em esferas toda a água do
estatísticos para a definição do time que sairá jogando planeta, os diâmetros delas seriam:

0
numa partida. Por exemplo, nos últimos treinos, dos
chutes a gol feito pelo jogador I, ele converteu 45 chutes
em gol. Enquanto isso, o jogador II acertou 50 gols. Quem
deve ser selecionado para estar no time no próximo jogo, Toda água do planeta
já que os dois jogam na mesma posição? 1,39 ralh õ esd e km 3

A decisão parece simples, porém deve-se levar em


conta quantos chutes a gol cada um teve oportunidade 1385 km
de executar. Se o jogador I chutou 60 bolas a gol e o
jogador II chutou 75, quem deveria ser escolhido?

© ) O jogador I, porque acertou — dos chutes, enquanto



406 km
Água doce do planeta
35,03 m ilhões de km 3


2
o jogador II acertou — dos chutes.
Água doce subterrânea
10,53 m ih õ es de km 3

© O jogador I, porque acertou — dos chutes, enquanto 272 km


J
• Á gua doce superficial
o jogador II acertou — dos chutes.
104,59 m i km 3
58 km

© O jogador I, porque acertou — dos chutes, enquanto G uia do Estudante: Atualidades e Vestibulares+ENEM. Abril: Sao Paulo, 2009.

3 A razão entre o volume da esfera que corresponde à água


o jogador II acertou — dos chutes.
doce superficial e o volume da esfera que corresponde à
água doce do planeta é
12
© O jogador I, porque acertou — dos chutes,
25 1
2
enquanto o jogador II acertou — dos chutes. 343

© O jogador I, porque acertou — dos chutes, ©


25 49
2
enquanto o jogador II acertou — dos chutes.
5 _1_
Questão 153 ©
7
Uma empresa de refrigerantes, que funciona sem
interrupções, produz um volume constante de 1 800 000 cm3 29
©
de líquido por dia. A máquina de encher garrafas apresentou 136
um defeito durante 24 horas. O inspetor de produção
percebeu que o líquido chegou apenas à altura de 12 cm 136
dos 20 cm previstos em cada garrafa. A parte inferior da ©
203
garrafa em que foi depositado o líquido tem forma cilíndrica
com raio da base de 3 cm. Por questões de higiene, o líquido Rascunho
já engarrafado não será reutilizado.
Utilizando n = 3, no período em que a máquina
apresentou defeito, aproximadamente quantas garrafas
foram utilizadas?

© 555
© 5 555
© 1 333
© 13 333
© 133 333
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 23
A Z U L 2 5 D O M 2 4
2010
Questão 155
Questão 157
O IGP-M é um índice da Fundação Getúlio Vargas, obtido Os estilos musicais preferidos pelos jovens brasileiros
por meio da variação dos preços de alguns setores da são o samba, o rock e a MPB. O quadro a seguir registra
economia, do dia vinte e um do mês anterior ao dia vinte o resultado de uma pesquisa relativa à preferência
do mês de referência. Ele é calculado a partir do Índice musical de um grupo de 1 000 alunos de uma escola.
de Preços por Atacado (IPA-M), que tem peso de 60% Alguns alunos disseram não ter preferência por nenhum
do índice, do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M),
desses três estilos.
que tem peso de 30%, e do Índice Nacional de Custo de
Construção (INCC), representando 10%. Atualmente, o
IGP-M é o índice para a correção de contratos de aluguel preferência rock e
rock samba MPB
e o indexador de algumas tarifas, como energia elétrica. musical samba
número de
200 180 200 70
alunos

preferência rock e samba e rock, samba


musical MPB MPB e MPB
número de
60 50 20
alunos
A partir das informações, é possível determinar o maior
IGP-M mensal desse primeiro trimestre, cujo valor é igual a Se for selecionado ao acaso um estudante no grupo
pesquisado, qual é a probabilidade de ele preferir
© 7,03%. somente mPb?
© 3,00%.
© 2%
© 2,65%.
© 5%
© 1,15%.
© 6%
© 0,66%.
© 11%
Questão 156 © 20%
As sacolas plásticas sujam florestas, rios e oceanos e
quase sempre acabam matando por asflxia peixes, Questão 158
baleias e outros animais aquáticos. No Brasil, em 2007, Em uma corrida de regularidade, a equipe campeã
foram consumidas 18 bilhões de sacolas plásticas. Os é aquela em que o tempo dos participantes mais se
supermercados brasileiros se preparam para acabar com aproxima do tempo fornecido pelos organizadores
as sacolas plásticas até 2016. Observe o gráflco a seguir, em cada etapa. Um campeonato foi organizado em
em que se considera a origem como o ano de 2007. 5 etapas, e o tempo médio de prova indicado pelos
organizadores foi de 45 minutos por prova. No quadro,
estão representados os dados estatísticos das cinco
equipes mais bem classificadas.

Dados estatísticos das equipes mais bem


classificadas (em minutos)

Equipes Média Moda Desvio-padrão


Equipe I 45 40 5
Equipe II 45 41 4
Equipe III 45 44 1
Equipe IV 45 44 3
Equipe V 45 47 2
LUCENA, M. Guerra às sacolinhas. G alileu . n° 225, 2010.

De acordo com as informações, quantos bilhões de Utilizando os dados estatísticos do quadro, a campeã foi
sacolas plásticas serão consumidos em 2011? a equipe

© 4,0 © I. © II. \© III. © IV. © V.


© 6,5
© 7,0
© 8,0
© 10,0
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 24
2010
Questão 159 Questão 161

O administrador de uma cidade, implantando uma política Um laticínio possui dois reservatórios de leite. Cada
de reutilização de materiais descartados, aproveitou reservatório é abastecido por uma torneira acoplada
milhares de tambores cilíndricos dispensados por a um tanque resfriado. O volume, em litros, desses
empresas da região e montou kits com seis tambores reservatórios depende da quantidade inicial de leite no
reservatório e do tempo t, em horas, em que as duas
para o abastecimento de água em casas de famílias
torneiras ficam abertas. Os volumes dos reservatórios
de baixa renda, conforme a figura seguinte. Além
são dados pelas funções V 1(t) = 250t3 - 100t + 3000 e
disso, cada família envolvida com o programa irá pagar
V2(t) = 150t3 + 69t + 3000.
somente R$ 2,50 por metro cúbico utilizado.
Depois de aberta cada torneira, o volume de leite de
um reservatório é igual ao do outro no instante t = 0 e,
também, no tempo t igual a

O 1,3 h.
1,69 h.
© 10,0 h.
© 13,0 h.
© 16,9 h.

Questão 162
<------------ >
40 cm Em fevereiro, o governo da Cidade do México, metrópole
com uma das maiores frotas de automóveis do mundo,
passou a oferecer à população bicicletas como opção de
Uma família que utilizar 12 vezes a capacidade total do
kit em um mês pagará a quantia de transporte. Por uma anuidade de 24 dólares, os usuários
têm direito a 30 minutos de uso livre por dia. O ciclista
(considere n s 3 )
pode retirar em uma estação e devolver em qualquer
O R$ 86,40. outra e, se quiser estender a pedalada, paga 3 dólares
© R$ 21,60. por hora extra.
R evista Exam e . 21 abr. 2010.
© R$ 8,64.
© R$ 7,20. A expressão que relaciona o valor f pago pela utilização
da bicicleta por um ano, quando se utilizam x horas
© R$ 1,80.
extras nesse período é
Questão 160
O f(x) = 3x
O Pantanal é um dos mais valiosos patrimônios
© f(x) = 24
naturais do Brasil. É a maior área úmida continental do
© f(x) = 27
planeta — com aproximadamente 210 mil km2, sendo
140 mil km2 em território brasileiro, cobrindo parte dos © f(x) = 3x + 24

estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. As © f(x) = 24x + 3


chuvas fortes são comuns nessa região. O equilíbrio
Rascunho
desse ecossistema depende, basicamente, do fluxo
de entrada e saída de enchentes. As cheias chegam a

cobrir até — da área pantaneira.

Disponível em: http://www.wwf.org.br. Acesso em: 23 abr. 2010 (adaptado).

Durante o período chuvoso, a área alagada pelas


enchentes pode chegar a um valor aproximado de

O 91,3 mil km2.


© 93,3 mil km2.
© 140 mil km2.
© 152,1 mil km2.
233,3 mil km2.
©
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 25
2010
Se a altura e a aresta da base da torre central medem,
Questão 163
respectivamente, 24 m e 6 72 m e o lado da base da
Para verificar e analisar o grau de eficiência de um
teste que poderia ajudar no retrocesso de uma doença plataforma mede 19 72 m, então a medida, em metros,
numa comunidade, uma equipe de biólogos aplicou-o de cada cabo será igual a
em um grupo de 500 ratos, para detectar a presença
dessa doença. Porém, o teste não é totalmente eficaz, © 7288
podendo existir ratos saudáveis com resultado positivo
e ratos doentes com resultado negativo. Sabe-se, 0 7313
ainda, que 100 ratos possuem a doença, 20 ratos são
saudáveis com resultado positivo e 40 ratos são doentes @ 7328
com resultado negativo.
Um rato foi escolhido ao acaso, e verificou-se que o seu © 74ÕÕ
resultado deu negativo. A probabilidade de esse rato ser
saudável é © 7505
7 Questão 165
©
5
Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o
4
© poder germinativo de duas culturas de cebola, conforme
5
a tabela.
19
21 Germinação de sementes de
duas culturas de cebola
© ü
25
27 Germinação
E
25 Culturas TOTAL
Não
Germinaram
Germinaram
Questão 164
A 392 8 400
Devido aos fortes ventos, uma empresa exploradora
de petróleo resolveu reforçar a segurança de suas B 381 19 400
plataformas marítimas, colocando cabos de aço para
melhor afixar a torre central. TO TA L 773 27 800

Considere que os cabos ficarão perfeitamente esticados


BUSSAB, W. O; MORETIN, L. G. Estatística para as ciências agrárias e biológicas (adaptado).
e terão uma extremidade no ponto médio das arestas
laterais da torre central (pirâmide quadrangular regular) Desejando-se fazer uma avaliação do poder germinativo
e a outra no vértice da base da plataforma (que é um de uma das culturas de cebola, uma amostra foi
quadrado de lados paralelos aos lados da base da torre retirada ao acaso. Sabendo-se que a amostra escolhida
central e centro coincidente com o centro da base da germinou, a probabilidade de essa amostra pertencer à
pirâmide), como sugere a ilustração. Cultura A é de

_8_
©
27

0 719
7
27
381
C
773
392
773
392
E
800
____________________ J
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 26
2010
Após avaliar o esboço, cada um dos funcionários
Questão 166
esboçou sua resposta:
Com o intuito de tentar prever a data e o valor do
reajuste do próximo salário mínimo, José primeiramente FUNCIONÁRIO I: aproximadamente 200 estrelas.
observou o quadro dos reajustes do salário mínimo de
abril de 2000 até fevereiro de 2009, mostrada a seguir. FUNCIONÁRIO II: aproximadamente 6 000 estrelas.
Ele procedeu da seguinte maneira: computou o menor FUNCIONÁRIO III: aproximadamente 12 000 estrelas.
e o maior intervalo entre dois reajustes e computou a
média dos valores encontrados, e usou este resultado FUNCIONÁRIO IV: aproximadamente 22 500 estrelas.
para predizer a data do próximo aumento. Em seguida,
determinou o menor e o maior reajuste percentual FUNCIONÁRIO V: aproximadamente 22 800 estrelas.
ocorrido, tomou a média e usou este resultado para
determinar o valor aproximado do próximo salário. Qual funcionário apresentou um resultado mais próximo
da quantidade de estrelas necessária?
Mês Ano Valor
© I
Abril 2000 R$ 151,00 © II
Abril 2001 R$ 180,00 © III
Abril 2002 R$ 200,00 © IV
Abril 2003 R$ 240,00 © V
Maio 2004 R$ 260,00
Questão 168
Maio 2005 R$ 300,00 Um arquiteto está fazendo um projeto de iluminação de
Abril 2006 R$ 350,00 ambiente e necessita saber a altura que deverá instalar
a luminária ilustrada na figura.
Abril 2007 R$ 380,00
Março 2008 R$ 415,00
Fevereiro 2009 R$ 465,00

Tabela de Salário mínimo nominal vigente. Disponível em: www.ipeadata.gov.br.


Acesso em: 03 maio 2009.

De acordo com os cálculos de José, a data do novo


reajuste do salário mínimo e o novo valor aproximado do
mesmo seriam, respectivamente,

© fevereiro de 2010 e R$ 530,89.


© fevereiro de 2010 e R$ 500,00.
© fevereiro de 2010 e R$ 527,27. Sabendo-se que a luminária deverá iluminar uma área
© janeiro de 2010 e R$ 530,89. circular de 28,26 m2, considerando n = 3,14, a altura h
será igual a
© janeiro de 2010 e R$ 500,00.
© 3 m. © 4 m. © 5 m. © 9 m. © 16 m.
Questão 167
O trabalho em empresas de festas exige dos profissionais Rascunho
conhecimentos de diferentes áreas. Na semana passada,
todos os funcionários de uma dessas empresas estavam
envolvidos na tarefa de determinar a quantidade de
estrelas que seriam utilizadas na confecção de um painel
de Natal.

Um dos funcionários apresentou um esboço das primeiras


cinco linhas do painel, que terá, no total, 150 linhas.

☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆
1» 2a 3a 4a 5a 150a

MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 27


8

Questão 169 Questão 171

Uma bióloga conduziu uma série de experimentos Nosso calendário atual é embasado no antigo calendário
romano, que, por sua vez, tinha como base as fases da
demonstrando que a cana-de-açúcar mantida em um
lua. Os meses de janeiro, março, maio, julho, agosto,
ambiente com o dobro da concentração atual de CO outubro e dezembro possuem 31 dias, e os demais, com
realiza 30% mais de fotossíntese e produz 30% mais de exceção de fevereiro, possuem 30 dias. O dia 31 de
março de certo ano ocorreu em uma terça-feira.
açúcar do que a que cresce sob a concentração normal
de CO ■ Das câmaras que mantinham esse ar rico em Nesse mesmo ano, qual dia da semana será o dia 12 de
outubro?
gás carbônico, saíram plantas também mais altas e mais
encorpadas, com 40% mais de biomassa. © Domingo.
Disponível em:http://revistapesquisa.fapesp.br Acesso em: 26 set 2008.
© Segunda-feira.
Os resultados indicam que se pode obter a mesma © Terça-feira.
produtividade de cana numa menor área cultivada.
© Quinta-feira.
Nas condições apresentadas de utilizar o dobro da
© Sexta-feira.
concentração de CO2 no cultivo para dobrar a produção
da biomassa da cana-de-açúcar, a porcentagem da área Questão 172
cultivada hoje deveria ser, aproximadamente, Uma fábrica de tubos acondiciona tubos cilíndricos
menores dentro de outros tubos cilíndricos. A figura
mostra uma situação em que quatro tubos cilíndricos estão
© 80%. acondicionados perfeitamente em um tubo com raio maior.

© 100%.

© 140%.

© 160%.

© 200%.
Questão 170
Suponha que você seja o operador da máquina que
Algumas pesquisas estão sendo desenvolvidas para se obter produzirá os tubos maiores em que serão colocados,
arroz e feijão com maiores teores de ferro e zinco e tolerantes sem ajustes ou folgas, quatro tubos cilíndricos internos.
à seca. Em média, para cada 100 g de arroz cozido, o teor Se o raio da base de cada um dos cilindros menores for
de ferro é de 1,5 mg e o de zinco é de 2,0 mg. Para 100 g de igual a 6 cm, a máquina por você operada deverá ser
feijão, é de 7 mg o teor de ferro e de 3 mg o de zinco. Sabe- ajustada para produzir tubos maiores, com raio da base
se que as necessidades diárias dos dois micronutrientes igual a
para uma pessoa adulta é de aproximadamente 12,25 mg
de ferro e 10 mg de zinco. © 12 cm.
Disponível em: http://www.embrapa.br. Acesso em: 29 abr. 2010 (adaptado).
© 12 V 2 c m .
Considere que uma pessoa adulta deseja satisfazer suas
© 24 V 2cm .
necessidades diárias de ferro e zinco ingerindo apenas
arroz e feijão. Suponha que seu organismo absorva ( 5 ) 6(1+72 )cm.
completamente todos os micronutrientes oriundos
desses alimentos. © 12(1+V2)cm.

Na situação descrita, que quantidade a pessoa deveria Rascunho


comer diariamente de arroz e feijão, respectivamente?

© 58 g e 456 g
© 200 g e 200 g
© 350 g e 100 g
© 375 g e 500 g
© 400 g e 89 g
____________________ J
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 28
llllllllllllllllllllllllll
* A Z U L 2 5 D O M 2 9 *
2010
Questão 173 Questão 175

Um fabricante de creme de leite comercializa seu Considere que um professor de arqueologia tenha obtido
recursos para visitar 5 museus, sendo 3 deles no Brasil
produto em embalagens cilíndricas de diâmetro da base e 2 fora do país. Ele decidiu restringir sua escolha aos
medindo 4 cm e altura 13,5 cm. O rótulo de cada uma museus nacionais e internacionais relacionados na
custa R$ 0,60. Esse fabricante comercializará o referido tabela a seguir.
produto em embalagens ainda cilíndricas de mesma Museus Nacionais Museus Internacionais
capacidade, mas com a medida do diâmetro da base Masp - São Paulo Louvre - Paris
igual à da altura.
MAM - São Paulo Prado - Madri
Levando-se em consideração exclusivamente o gasto Ipiranga - São Paulo British Museum - Londres
com o rótulo, o valor que o fabricante deverá pagar por Imperial - Petrópolis Metropolitan - Nova York
esse rótulo é de De acordo com os recursos obtidos, de quantas maneiras
diferentes esse professor pode escolher os 5 museus
© R$ 0,20, pois haverá uma redução de — na superfície para visitar?
vJ
da embalagem coberta pelo rótulo. © 6 © 8 © 20 © 24 © 36
1 Questão 176
© R$ 0,40, pois haverá uma redução de — na superfície
3 Certo município brasileiro cobra a conta de água de seus
da embalagem coberta pelo rótulo.
habitantes de acordo com o gráfico. O valor a ser pago
depende do consumo mensal em m3.
© R$ 0,60, pois não haverá alteração na capacidade
da embalagem.
1
© R$ 0,80, pois haverá um aumento de — na superfície
da embalagem coberta pelo rótulo.
2
© R$ 1,00, pois haverá um aumento de — na superfície
da embalagem coberta pelo rótulo.
Se um morador pagar uma conta de R$ 19,00, isso
Questão 174 significa que ele consumiu
16 m3 de água.
Para dificultar o trabalho de falsificadores, foi lançada # 17 m3 de água.
uma nova família de cédulas do real. Com tamanho
variável - quanto maior o valor, maior a nota - o dinheiro 18 m3 de água.
novo terá vários elementos de segurança. A estreia será © 19 m3 de água.
entre abril e maio, quando começam a circular as notas © 20 m3 de água.
de R$ 50,00 e R$ 100,00. Rascunho

As cédulas atuais têm 14 cm de comprimento e 6,5 cm de


largura. A maior cédula será a de R$ 100,00, com 1,6 cm
a mais no comprimento e 0,5 cm maior na largura.

Disponível em: http://br.noticias.yahoo.com. Acesso em: 20 abr. 2010 (adaptado).

Quais serão as dimensões da nova nota de R$ 100,00?

© 15,6 cm de comprimento e 6 cm de largura.

© 15,6 cm de comprimento e 6,5 cm de largura.

© 15,6 cm de comprimento e 7 cm de largura.

© 15,9 cm de comprimento e 6,5 cm de largura.

15,9 cm de comprimento e 7 cm de largura.


MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 29
Questão 177

Certa marca de suco é vendida no mercado em


Lucas precisa estacionar o carro pelo período
embalagens tradicionais de forma cilíndrica. Relançando
a marca, o fabricante pôs à venda embalagens menores, de 40 minutos, e sua irmã Clara também precisa
reduzindo a embalagem tradicional à terça parte de sua
estacionar o carro pelo período de 6 horas.
capacidade.
Por questões operacionais, a fábrica que fornece as O estacionamento Verde cobra R$ 5,00 por hora de
embalagens manteve a mesma forma, porém reduziu permanência. O estacionamento Amarelo cobra R$ 6,00
à metade o valor do raio da base da embalagem
tradicional na construção da nova embalagem. Para por 4 horas de permanência e mais R$ 2,50 por hora ou
atender à solicitação de redução da capacidade, após fração de hora ultrapassada. O estacionamento Preto
a redução no raio, foi necessário determinar a altura da
cobra R$ 7,00 por 3 horas de permanência e mais R$ 1,00
nova embalagem.
por hora ou fração de hora ultrapassada.
Que expressão relaciona a medida da altura da nova
embalagem de suco (a) com a altura da embalagem Os estacionamentos mais econômicos para Lucas e
tradicional (h)?
Clara, respectivamente, são
Verde e Preto.
• a= f Verde e Amarelo.
© a= C Amarelo e Amarelo.
6
© Preto e Preto.
2h
© a= © Verde e Verde.
3
Questão 180
4/7
Gft a =
Em março de 2010, o Conselho Nacional de
Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
9 a.ÍH
reajustou os valores de bolsas de estudo concedidas a
alunos de iniciação científica, que passaram a receber

Questão 178 R$ 360,00 mensais, um aumento de 20% com relação


ao que era pago até então. O órgão concedia 29 mil
Um dos estádios mais bonitos da Copa do Mundo na
bolsas de iniciação científica até 2009, e esse número
África do Sul é o Green Point, situado na Cidade do
aumentou em 48% em 2010.
Cabo, com capacidade para 68 000 pessoas. O G lo b o . 11 mar. 2010.

CENTAURO . Ano 2, edição 8, mar./abr, 2010. Caso o CNPq decidisse não aumentar o valor dos
pagamentos dos bolsistas, utilizando o montante
Em certa partida, o estádio estava com 95% de sua
destinado a tal aumento para incrementar ainda mais
capacidade, sendo que 487 pessoas não pagaram o o número de bolsas de iniciação científica no país,
ingresso que custava 150 dólares cada. quantas bolsas a mais que em 2009, aproximadamente,
poderiam ser oferecidas em 2010?
A expressão que representa o valor arrecadado nesse
© 5,8 mil. © 13,9 mil . ® 22,5 mil. © 51,5 mil. © 94,4 mil.
jogo, em dólares, é
Rascunho
© 0,95 x 68000 x 150 - 487

© 0,95 x (68000 - 487) x 150

c (0,95 x 68000 - 487) x 150

© 95 x (68000 - 487) x 150

© (95 x 68000 - 487) x 150


____________________ J
MT - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 30
ii m i

Transcreva a sua Redação para a Folha de Redação.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

LC - 2° dia | Caderno 7 - AZUL - Página 31