Você está na página 1de 21

QUESTÕES DIVERSAS B- A composição do capital das sociedades de economia

mista é o resultado da conjugação de recursos públicos e


1- Os poderes administrativos são prerrogativas
privados, sendo os recursos privados inadmitidos na
outorgadas aos agentes públicos para a consecução dos
composição do capital das empresas públicas.
interesses da coletividade. A respeito desses poderes,
assinale a opção correta. C- As empresas públicas assumem obrigatoriamente a
forma de sociedades anônimas, enquanto as sociedades
A- O pagamento de multa aplicada em decorrência do
de economia mista podem-se revestir de qualquer das
poder de polícia não pode configurar condição para que a
formas admitidas em direito.
administração pratique outro ato em favor do
interessado. D- O protesto apresentado por empresa pública federal
em execução que tramite na justiça estadual desloca a
B- O poder restritivo da administração, consubstanciado
competência para a justiça federal.
no poder de polícia, não se limita pelos direitos
individuais. E- A legislação relativa ao regime falimentar não se aplica
às empresas públicas e às sociedades de economia mista,
C- O poder vinculado refere-se à faculdade de agir
assim como os regimes de execução e penhora.
atribuída ao administrador.

D- Entre os poderes administrativos incluem-se o poder


disciplinar, o poder regulamentar e o poder jurídico. 4- Conforme a Lei n.º 9.784 /1999, que trata dos atos
administrativos, são indelegáveis
E- Poder regulamentar é a prerrogativa concedida à
administração pública de editar atos gerais para A- a edição de atos normativos e as matérias de
complementar as leis e permitir a sua efetiva aplicação. competência exclusiva do órgão.

B- a elaboração de ofícios e a avaliação de recursos


administrativos.
2- Assinale a opção correta com referência aos atos
administrativos. C- a decisão de recursos administrativos e as matérias de
competência privativa de autoridade.
A- A finalidade reflete o fim mediato dos atos
administrativos, enquanto o objeto, o fim imediato, ou D- a revisão de atos administrativos e a edição de atos
seja, o resultado prático que deve ser alcançado. normativos.

B- O silêncio administrativo consubstancia ato E- as matérias de competência exclusiva e a publicação de


administrativo, ainda que não expresse uma edital.
manifestação formal de vontade.

C- Autorização é o ato pelo qual a administração concorda


5- Assinale a opção correta acerca do recurso
com um ato jurídico já praticado por particular em
administrativo e da sindicância.
interesse próprio.
A- O recurso terá de ser dirigido à autoridade
D- O objeto dos atos administrativos normativos é
imediatamente superior à que proferiu a decisão, a qual
equivalente ao dos atos administrativos enunciativos.
deverá se pronunciar no prazo de dez dias.
E- Motivação e motivo são juridicamente equivalentes.
B- Contra omissão ou ato da administração pública
admite-se a reclamação, ainda que não se tenham
esgotado as vias administrativas.
3- No que se refere às sociedades de economia mista e às
empresas públicas, assinale a opção correta. C- Pode o órgão administrativo instaurar diretamente o
processo administrativo disciplinar, sem que se tenha
A- A pessoa federativa a que estejam vinculadas as
instaurado previamente a sindicância.
sociedades de economia mista possui responsabilidade
solidária quanto aos atos ilícitos praticados por agentes D- O instituto da verdade sabida é vedado, salvo se se
dessas sociedades. tratar de sindicância acusatória.
E- É constitucional a exigência de depósito ou
arrolamento prévios de dinheiro ou bens para a
8- A respeito dos bens públicos e dos servidores públicos,
admissibilidade de recurso administrativo.
assinale a opção correta.

A- As águas públicas de uso comum incluem os mares


6- No que se refere a licitação e contratos, assinale a territoriais, as correntes, os canais, os lagos e as lagoas
opção correta. navegáveis ou flutuáveis e as fontes e reservatórios
públicos.
A- A apresentação de documentos relativos à qualificação
econômico-financeira pode ser dispensada, desde que B- Consideram-se bens móveis da União as ferrovias, as
seja notória a solidez do patrimônio líquido da empresa. instalações portuárias, os telégrafos, os telefones, as
fábricas, as oficinas e as fazendas nacionais.
B- Os registros cadastrais deverão ser revisados pela
administração pública a cada cinco anos, ocasião em que C- A condenação em processo administrativo disciplinar
se dará publicidade aos registros para atualização. produz efeitos na esfera penal, mas não na civil.

C- O direito à revisão do contrato depende de previsão D- Nos termos da legislação, quanto à destinação, os bens
expressa no instrumento contratual. públicos classificam-se em bens de uso comum, de uso
especial, de uso privativo e bens dominicais.
D- O edital de licitação pode ser alterado por qualquer
meio, desde que se garanta ampla visibilidade da E- Recondução é o retorno do servidor público, estável ou
alteração aos participantes. não, ao cargo anteriormente ocupado e decorre de
inabilitação em estágio probatório relativo a outro cargo
E- Quando do pagamento de fatura, a administração
ou de exoneração do anterior ocupante.
pública não pode preterir a ordem cronológica de sua
exigibilidade.

9- A CF, em seu artigo 5.º, XXII, garante o direito de


propriedade; no inciso XXIII do mesmo artigo, condiciona
7- Acerca da servidão administrativa, assinale a opção
o exercício desse direito ao atendimento da função social.
correta.
Acerca da intervenção do Estado na propriedade privada,
A- A servidão administrativa, de natureza de direito real e assinale a opção correta.
de definitividade, incide sobre bem imóvel e dela decorre
A- A ocupação temporária é direito real, uma vez que só
o direito à indenização prévia e incondicionada ao
incide sobre a propriedade imóvel.
proprietário do bem.
B- A limitação administrativa enseja ao pagamento de
B- Sendo permanente, a servidão administrativa jamais
indenização em favor dos proprietários.
será extinta, ainda que a propriedade seja incorporada ao
patrimônio da pessoa em favor da qual foi instituída. C- As modalidades de intervenção supressiva incluem a
desapropriação e a ocupação temporária.
C- A servidão administrativa, direito real público que
autoriza o poder público a usar a propriedade imóvel para D- A requisição é modalidade de intervenção em que o
a execução de obras e serviços de interesse coletivo, pode Estado utiliza propriedade particular no caso de perigo
incidir tanto sobre bem privado quanto público. público iminente.

D- Sendo o decreto expedido para constituir a servidão E- É exemplo de servidão administrativa a utilização
administrativa revestido de publicidade, é desnecessária temporária de terrenos particulares contíguos a estradas
a inscrição no registro de imóveis para a produção de em construção ou em reforma, para, por exemplo, a
efeitos erga omnes. alocação transitória de máquinas de asfalto.

E- Ainda que não haja dano efetivo ou prejuízos causados


ao imóvel serviente, será devida a indenização, uma vez
10- Com relação a licitação, assinale a opção correta.
que a limitação do direito decorrente da servidão, por si,
gera dano abstrato. A- A empreitada por preço global refere-se à contratação
de um empreendimento em sua integralidade,
compreendidas todas as etapas da obra, serviços e lhes, supletivamente, os princípios da teoria geral dos
instalações necessários, sob inteira responsabilidade da contratos e as disposições de direito privado. Com base
contratada. na legislação de regência dos contratos administrativos,
assinale a opção correta.
B- Para fins de julgamento das propostas de preços, será
computada a atualização monetária das obrigações de A- São cláusulas implícitas de todos os contratos
pagamento como valor da obra ou serviço. administrativos os direitos e as responsabilidades das
partes.
C- O autor do projeto básico não poderá participar, ainda
que indiretamente, do fornecimento de bens necessários B- Não é condição indispensável para a eficácia do
à execução de obra. contrato a publicação, na imprensa oficial, do
instrumento ou de seus aditamentos.
D- As margens de preferência por produto manufaturado
e por serviços nacionais que atendam a normas técnicas C- É facultado ao contratado manter preposto, no local da
brasileiras são definidas pelo Congresso Nacional, não obra ou serviço, para representá-lo na execução do
podendo seu preço ultrapassar o montante de 50% do contrato, estando a indicação desse proposto
preço dos produtos manufaturados e serviços condicionada à aceitação da administração.
estrangeiros.
D- É vedada a subcontratação de partes da obra, de
E- Os conteúdos das propostas e todos os atos e serviço ou fornecimento.
procedimentos licitatórios são públicos.
E- A declaração de nulidade do contrato administrativo
susta os efeitos jurídicos que ele, ordinariamente, deveria
produzir.
11- Acerca do controle da administração pública, assinale
a opção correta.

A- Não cabe mandado de segurança contra ato de gestão 13- No que se refere à discricionariedade administrativa
comercial praticado por administrador de empresa e ao controle judicial dos atos administrativos, assinale a
pública, de sociedade de economia mista ou de opção correta.
concessionária de serviço público.
A- Não havendo previsão legal sobre o tema, o STF tem
B- É exemplo de controle constitucional interno a admitido que o Poder Judiciário determine a atualização
determinação de que as contas dos municípios fiquem à da tabela do imposto de renda.
disposição dos contribuintes, para exame e apreciação,
B- Segundo o entendimento do STF, não havendo
durante sessenta dias a cada ano, podendo o contribuinte
flagrante ilegalidade ou inconstitucionalidade, o Poder
questionar-lhes a legitimidade.
Judiciário não pode interferir em critérios fixados por
C- A CF não prevê expressamente que o Poder Legislativo banca examinadora de concurso público.
possa fiscalizar e controlar diretamente os atos da
C- Segundo o STF, a determinação judicial para que a
administração indireta.
administração pública realize obras ou reformas
D- A recusa da administração em corrigir dados emergenciais em presídios fere a separação dos poderes,
incorretos, por solicitação da pessoa interessada, natural mesmo que a melhoria preste-se a garantir a integridade
ou jurídica, é condição de procedibilidade para o física dos presos.
ajuizamento de habeas data.
D- Não se admite o controle judicial dos atos
E- Qualquer pessoa física ou jurídica é parte legítima para discricionários.
propor ação popular que vise anular ato lesivo ao
patrimônio público, à moralidade administrativa, ao meio
ambiente e ao patrimônio histórico e cultural. 14- De acordo com o art. 54 da Lei n.º 9.784/1999, o
direito da administração de anular os atos administrativos
de que decorram efeitos favoráveis para os destinatários
12- Os contratos administrativos regulam-se pelas suas decai em cinco anos, contados da data em que foram
cláusulas e pelos preceitos de direito público, aplicando- praticados, salvo comprovada má-fé. Trata-se de
hipótese em que o legislador, em detrimento da 17- Em recente decisão, o STF entendeu que, quando o
legalidade, prestigiou outros valores. Tais valores têm por poder público comprovar causa impeditiva da sua
fundamento o princípio administrativo da atuação protetiva e não for possível ao Estado agir para
evitar a morte de detento (que ocorreria mesmo que o
A- presunção de legitimidade.
preso estivesse em liberdade),
B- autotutela.
A- haverá responsabilidade civil do Estado, aplicando-se à
C- segurança jurídica. situação a responsabilidade subjetiva por haver omissão
estatal.
D- continuidade do serviço público.
B- haverá responsabilidade civil do Estado, aplicando-se
ao caso a responsabilidade objetiva por haver omissão
15- O art. 58 da Lei n.º 8.666/1993 prevê que o regime estatal.
jurídico dos contratos administrativos por ela instituído C- não haverá responsabilidade civil do Estado, pois o
confere à administração a prerrogativa de prever nexo causal da sua omissão com o resultado danoso terá
cláusulas exorbitantes. Ocorre que alguns contratos sido rompido.
celebrados pela administração apenas incidem ou podem
incidir parcialmente em cláusulas exorbitantes, pois são D- haverá responsabilidade civil do Estado, aplicando-se
regidos predominantemente por normas de direito ao caso a teoria do risco integral.
privado. Nesse sentido, assinale a opção que apresenta
contrato celebrado pela administração, regido por
normas do direito público, e pelas disposições do citado 18- A alienação de bens imóveis para que uma empresa
art. 58, independentemente de compatibilidade com as pública estadual possa, regularmente, transferi-los para o
regras contratuais do direito privado. respectivo estado da Federação será precedida de

A- contrato de locação em que o poder público seja A- edição de autorização legal específica e(ou) licitação
locatário em qualquer modalidade.

B- contrato de seguro B- autorização legislativa e licitação na modalidade leilão.

C- contrato de financiamento C- avaliação formal desses bens e licitação, podendo


ambas ser dispensadas.
D- contrato de prestação de serviço técnico profissional
de fiscalização de obras e serviços D- avaliação formal desses bens e licitação na modalidade
tomada de preços.

16- O ingresso na carreira de juiz se dá mediante concurso


público de provas e títulos, com a participação da OAB em 19- Com base na Lei n.º 9.784/1999, assinale a opção
todas as fases, exigindo-se do candidato que ele seja correta acerca da revogação e dos elementos dos atos
bacharel em direito com, no mínimo, três anos de administrativos.
atividade jurídica. Nesse sentido, de acordo com o
A- A revogação de um ato administrativo deve apresentar
entendimento do STF, a exigência de comprovação do
os seus motivos devidamente externados, com indicação
triênio de prática forense, quando houver ausência de
dos fatos e dos fundamentos jurídicos.
especificação de data no edital, deverá ser cumprida
B- O ato de delegação pode ser revogado a qualquer
A- no ato de inscrição definitiva no concurso.
tempo pela autoridade delegante ou pela autoridade
B- na data da nomeação. delegada.

C- na data da posse. C- O ato de delegação deve ser publicado no meio oficial,


mas não o de sua revogação.
D- no ato de inscrição inicial no concurso.
D- Caso um ato administrativo esteja eivado de vício de
legalidade, o Poder Judiciário terá de revogá-lo.
B- Por serem abertos a uma utilização universal, o
mercado municipal e o cemitério público são
20- Assinale a opção correta a respeito da desapropriação
considerados bens de uso comum do povo.
indireta.
C- Em face do atributo da inalienabilidade, os bens
A- Se a administração conferir destinação pública a
públicos dominicais não podem ser alienados.
determinado bem, o particular prejudicado poderá
recorrer a ações possessórias, reivindicatórias e D- Quando o tribunal de justiça consente o uso gratuito
indenizatórias. de determinada sala do prédio do foro para uso
institucional da defensoria pública local, efetiva-se o
B- O juízo competente para processar e julgar a
instituto da permissão de uso de bem público.
desapropriação indireta é o do foro de situação do bem.

C- A afetação do bem particular a um fim público constitui


forma de transferência da propriedade. 23- Um tribunal de justiça pretende adquirir um software
que inclua um programa para computadores, máquinas,
D- Por observar o devido processo legal, a desapropriação
equipamentos e dispositivos de tratamento da
indireta é instituto amplamente praticado e permitido
informação e a respectiva documentação técnica
pela legislação brasileira.
associada com manuais e especificações, visando
possibilitar a realização de audiências e acareações a
distância, mediante videoconferências. O sistema deverá
21- De acordo com o entendimento jurisprudencial e a Lei permitir, ainda, a gravação das audiências em áudio e
n.º 8.429/1992, assinale a opção correta a respeito da vídeo. Para tanto, o referido tribunal dará publicidade a
improbidade administrativa. um edital de licitação na modalidade pregão eletrônico.
A- Conforme o STJ, a tipificação do ato de improbidade Nessa situação hipotética, conforme a regra geral
administrativa que atenta contra os princípios da pertinente ao objeto a ser licitado, o edital deverá
administração pública exige a demonstração de dolo estabelecer licitação do tipo
específico. A- técnica e preço.
B- A jurisprudência do STJ firmou-se no sentido de que os B- maior lance ou oferta.
agentes políticos municipais não se submetem aos
ditames da Lei de Improbidade Administrativa, porquanto C- menor preço.
já estão sujeitos à responsabilização política e criminal
D- melhor técnica.
prevista no decreto-lei que trata dos crimes de
responsabilidade de prefeitos e vereadores.

C- Segundo o STF, compete ao primeiro grau de jurisdição 24- Acerca das entidades paraestatais e do terceiro setor,
o julgamento das ações de improbidade administrativa assinale a opção correta.
contra agentes políticos, ocupantes de cargos públicos ou
A- Segundo o STF, o procedimento de qualificação pelo
detentores de mandato eletivo, independentemente de
poder público de entidades privadas como OS prescinde
eles estarem, ou não, em atividade.
de licitação.
D- Para o STJ, nos atos de improbidade administrativa que
B- Segundo o STF, as atividades de saúde, ensino e cultura
causem lesão ao erário, a responsabilidade entre os
devem ser viabilizadas por intervenção direta do Estado,
agentes ímprobos é subsidiária.
não podendo a execução desses serviços essenciais ser
realizada por meio de convênios com organizações
sociais.
22- Em relação aos bens públicos, assinale a opção
correta. C- Cumpridos os requisitos legais, caso uma OS requeira a
qualificação como OSCIP, o poder público deverá
A- O ordenamento jurídico brasileiro permite que
outorgar-lhe o referido título, pois se trata de decisão
pertençam a particulares algumas áreas nas ilhas
vinculada do ministro da Justiça.
oceânicas e costeiras.
D- Caso uma OSCIP ajuíze ação cível comum de rito 33 O reconhecimento de firmas por notário oficial é
ordinário, o foro competente para o julgamento da causa obrigatório na realização dos atos do processo
será a vara da fazenda pública, se existente na respectiva administrativo.
comarca, já que se trata de uma entidade que integra a
administração pública.
À luz do disposto na Lei n.º 8.666/1993 — Lei de
Licitações e Contratos —, julgue os próximos itens.
Com base nas disposições da Lei n.º 8.112/1990, julgue os
34 É vedada a criação de outras modalidades de licitação
itens seguintes, a respeito de provimento de vagas no
além daquelas elencadas na referida lei.
serviço público e direitos e vantagens do servidor público.
35 Concurso é a modalidade de licitação entre quaisquer
25 A posse no serviço público ocorrerá no prazo máximo
interessados que, preliminarmente, comprovem possuir
de quinze dias, contados da publicação do ato de
a qualificação exigida no edital para a execução do seu
provimento.
objeto.
26 Ajuda de custo, diárias, transporte e auxílio-moradia
constituem indenizações ao servidor.
À luz das disposições constitucionais relativas aos
27 Nos concursos para provimento de vagas no serviço
direitos sociais, julgue os itens a seguir.
público, no mínimo, 25% das vagas oferecidas são
reservadas às pessoas portadoras de deficiência. 36 Cabe ao sindicato da categoria definir, no caso de
greve, os serviços ou atividades essenciais que serão
disponibilizados à coletividade, assim como dispor sobre
A respeito de atos de improbidade administrativa, julgue o atendimento das necessidades inadiáveis da
os itens que se seguem de acordo com o disposto na Lei comunidade.
de Improbidade Administrativa.
37 É livre a associação sindical, desde que o poder público
28 O herdeiro do agente que causar lesão ao patrimônio autorize, previamente, a fundação do sindicato.
público não estará sujeito às cominações da referida lei,
38 É assegurada a participação dos trabalhadores e
isto é, a responsabilização encerra-se com o falecimento
empregadores nos colegiados dos órgãos públicos em
do acusado.
que seus interesses profissionais ou previdenciários
29 A referida lei é aplicável, no que couber, ao particular sejam objeto de discussão e deliberação.
que concorrer para a prática de ato ímprobo ou que dele
39 Aos trabalhadores compete decidir sobre os interesses
se beneficie.
que devam defender por meio do exercício do direito de
30 Constitui ato de improbidade administrativa perceber greve.
vantagem econômica para intermediar a liberação de
verba pública de qualquer natureza.
Acerca dos princípios fundamentais que regem a
administração pública brasileira, julgue os itens a seguir.
A respeito do processo administrativo, julgue os itens
40 Elaborar a programação financeira de desembolsos na
subsequentes.
administração pública federal é uma atividade associada
31 Nos processos administrativos, a divulgação oficial dos ao princípio da coordenação.
atos é obrigatória, ressalvadas as hipóteses
41 O princípio fundamental do controle determina que o
constitucionais de sigilo.
controle das atividades da administração federal seja
32 A desistência do interessado extingue o processo exercido em todos os seus níveis e órgãos, sem exceções.
administrativo, mesmo que haja interesse público no seu
42 De acordo com o princípio fundamental da
prosseguimento.
descentralização, é possível descentralizar atividades da
administração federal para empresas privadas.
43 Os princípios que regem a administração pública competências do Ministério da Indústria, Comércio
federal brasileira estão estabelecidos no Título I – Dos Exterior e Serviços.
Princípios Fundamentais, da Constituição Federal de
1988.
No que diz respeito aos poderes e deveres dos
44 Entre esses princípios inclui-se aquele que autoriza
administradores públicos, julgue os itens que se seguem.
que o administrador público federal, em determinadas
situações, delegue competência para a prática de atos 54 O administrador público que cometer ato de
administrativos. improbidade administrativa poderá ser punido com a
suspensão de seus direitos políticos.

55 O dever do administrador público de agir de forma


Acerca da estrutura da administração federal brasileira,
ética e com boa-fé se refere ao seu dever de eficiência.
julgue os itens seguintes.
56 Atos de improbidade administrativa ferem o dever de
45 Empresas públicas são aquelas entidades da
probidade dos administradores públicos e sujeitam esses
administração indireta que possuem personalidade
administradores a punições nas esferas administrativa e
jurídica de direito privado e cujo capital admite recursos
penal.
da iniciativa privada, desde que, no mínimo, 51% dele
consista de recursos públicos. 57 Assim como o administrador de empresas privadas, o
administrador público tem o poder de agir, o que lhe
46 Fundações públicas são entidades da administração
faculta a escolha de agir ou não no exercício de sua
indireta dotadas de personalidade jurídica de direito
função.
público.

47 Na administração indireta estão incluídas as fundações


públicas, as empresas públicas e as autarquias. Bruno, servidor contratado temporariamente para
prestar serviços a determinado órgão público federal,
48 As entidades da administração indireta estão incluídas
praticou conduta vedada aos servidores públicos pelo
na estrutura administrativa da Presidência da República e
Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
dos ministérios, sendo a eles subordinadas
Poder Executivo Federal. A partir dessa situação
independentemente do enquadramento de sua principal
hipotética, julgue os itens a seguir à luz do disposto nos
atividade.
Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007.

58 Se, para a infração praticada por Bruno, estiverem


A respeito dos ministérios na estrutura da administração previstas as penalidades de advertência ou suspensão, a
pública brasileira e de suas competências, julgue os itens comissão de ética será competente para, após o regular
subsequentes. procedimento, aplicar diretamente a penalidade.

49 No Brasil, os serviços postais são de competência do 59 Mesmo prestando serviço de natureza temporária,
Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Bruno está sujeito às disposições contidas no Decreto n.º
Comunicações. 1.171/1994.

50 A elaboração do orçamento de defesa, no Brasil, é 60 Durante o procedimento de apuração da conduta de


competência do Ministério da Fazenda. Bruno, a comissão de ética deverá garantir-lhe proteção
à sua honra e à sua imagem.
51 Previdência complementar, fiscalização e controle do
comércio exterior são exemplos de competências do Acerca do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º
Ministério da Fazenda. 6.029/2007, julgue os itens subsequentes.

52 Direitos dos índios, políticas sobre drogas e 61 Embora deva respeitar a hierarquia, o servidor
cooperação jurídica internacional são competências do público está obrigado a representar contra ações
Ministério da Justiça e Cidadania. manifestamente ilegais de seus superiores hierárquicos.

53 A aplicação de mecanismos de defesa comercial e a 62 O rol de legitimados a provocar a atuação da Comissão


execução das atividades de registro do comércio são de Ética Pública, prevista no Decreto n.º 6.029/2007, é
restrito a agentes públicos, sendo, entretanto, permitido 70 A garantia constitucional de acesso dos usuários a
a qualquer cidadão provocar a atuação das comissões de registros administrativos e a informações sobre atos de
ética de que trata o Decreto n.º 1.171/1994. governo está relacionada ao princípio da eficiência.

63 Em razão da relevância do serviço público prestado, é 71 Na análise da moralidade administrativa, pressuposto


vitalício o mandato de membro integrante da Comissão de validade de todo ato da administração pública, é
de Ética Pública, o que evita interferências externas na imprescindível avaliar a intenção do agente.
atuação da comissão.
72 No cômputo do limite remuneratório (chamado de
teto constitucional), devem ser consideradas todas as
parcelas percebidas pelo agente público, incluídas as de
Considerando que determinado servidor público federal
caráter indenizatório.
tenha sido removido para outra sede, situada em outro
município, para acompanhar sua esposa, que também é 73 Em decorrência do princípio da impessoalidade, as
servidora pública federal e foi removida no interesse da realizações administrativo-governamentais são
administração, julgue os itens seguintes à luz do disposto imputadas ao ente público e não ao agente político.
na Lei n.º 8.112/1990.

64 Ainda que o servidor e sua esposa sejam integrantes


de órgãos pertencentes a poderes distintos da União, a
remoção do servidor poderia ser concedida. A respeito dos direitos fundamentais, julgue os itens a
seguir.
65 É correto inferir que houve interesse da administração
na remoção do servidor, pois esse é um dos requisitos 74 Basta que a pessoa nasça no território brasileiro para
para sua concessão. que seja considerada brasileiro nato,
independentemente da nacionalidade dos seus pais, a
66 A referida remoção pressupõe o deslocamento do
não ser que algum deles, ou ambos, esteja(m) no Brasil a
cargo ocupado pelo servidor para outro órgão ou
serviço de seu país.
entidade do mesmo poder.
75 O direito à vida desdobra-se na obrigação do Estado
67 O período de afastamento do servidor para o
de garantir à pessoa o direito de continuar viva e de
deslocamento e para a retomada do exercício do cargo no
proporcionar-lhe condições de vida digna.
novo município, observados os limites legais, é
considerado como de efetivo exercício. 76 Em decorrência do princípio da igualdade, é vedado
ao legislador elaborar norma que dê tratamento distinto
a pessoas diversas.
Julgue os itens subsecutivos conforme o disposto na Lei
n.º 8.112/1990.
Julgue os próximos itens, a respeito dos atos
68 Como medida que contribui para a melhoria da
administrativos.
qualidade de vida do servidor público, é-lhe facultado
optar pela acumulação de períodos de licença- 77 A autoexecutoriedade é atributo restrito aos atos
capacitação, caso não seja possível usufruí-los após cada administrativos praticados no exercício do poder de
período aquisitivo. polícia.
69 Em conformidade com a Lei n.º 8.112/1990, o servidor 78 Em decorrência do princípio da autotutela, não há
público poderá ser afastado do Brasil para missão oficial limites para o poder da administração de revogar seus
por tempo indeterminado. próprios atos segundo critérios de conveniência e
oportunidade.

79 O ato praticado por agente não competente para fazê-


Julgue os itens que se seguem, acerca da administração
lo poderá ser convalidado discricionariamente pela
pública.
autoridade competente para sua prática, caso em que
ficará sanado o vício de incompetência.
Com relação à administração direta e indireta, ao
controle da administração pública e à responsabilidade
Julgue os seguintes itens, acerca da concessão de serviço
do Estado, julgue os itens que se seguem.
público.
89 Tanto as pessoas jurídicas de direito público como as
80 A encampação, que consiste em rescisão unilateral da
de direito privado prestadoras de serviços públicos
concessão pela administração antes do prazo acordado,
responderão pelos prejuízos que seus agentes causarem
dá ao concessionário o direito a ressarcimento de
a terceiros no exercício de suas funções, assegurado o
eventual prejuízo por ele comprovado.
direito de regresso contra o responsável nos casos de
81 A lei prevê que a concessão de serviço público se dê dolo ou culpa.
por licitação na modalidade de concorrência, prevendo,
90 As autarquias, as fundações públicas, as empresas
ainda, hipóteses legais de inexigibilidade de licitação para
públicas e as sociedades de economia mista são
a concessão.
entidades da administração pública indireta.

91 Partidos políticos não têm legitimidade para denunciar


No que se refere aos princípios e poderes da irregularidades ou ilegalidades na administração pública
administração pública e ao serviço público, julgue os itens ao Tribunal de Contas da União.
a seguir.

82 Os atributos do poder de polícia da administração


92- Álvaro, Deputado Federal, solicitou à sua assessoria
pública incluem a discricionariedade, observada, por
jurídica um parecer a respeito da aplicabilidade do
exemplo, na concessão de licença para dirigir veículos.
disposto no art. 5º, XIII, da Constituição Federal de 1988,
83 Para caracterizar uma atividade de interesse público que assegura, aos brasileiros e aos estrangeiros
como serviço público, é essencial a edição de lei que residentes no País, o livre “exercício de qualquer
determine ao Estado tal atividade. trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações
profissionais que a lei estabelecer”. De acordo com sua
84 A atuação da administração pública deve observar os assessoria, esse tipo de comando, que dispõe sobre a
princípios da legalidade, da impessoalidade, da possibilidade de o seu alcance ser restringido pela
moralidade, da publicidade e da eficiência. legislação infraconstitucional, é considerado uma norma:

(A) de eficácia plena;


A respeito de contratos administrativos, licitações e bens (B) programática;
públicos, julgue os próximos itens.
(C) de eficácia limitada, de princípio institucional;
85 Para a contratação de músico consagrado tanto pela
crítica como pela opinião pública, a licitação é (D) de eficácia variável;
dispensável.
(E) de eficácia contida.
86 Os contratos administrativos submetem-se sempre ao
regime jurídico de direito privado.
93- Décio, inconformado com decisão proferida, em
87 Concorrência é a modalidade de licitação entre
instância recursal, pelo Tribunal Superior do Trabalho, a
interessados devidamente cadastrados ou que
qual, no seu entender, além de injusta, afrontava
atenderem a todas as condições exigidas para
diretamente a ordem constitucional, solicitou ao seu
cadastramento até o terceiro dia anterior à data do
advogado que interpusesse o recurso cabível. O seu
recebimento das propostas, observada a necessária
desejo era que a causa fosse examinada em outra
qualificação.
instância do Poder Judiciário. O único recurso que poderia
88 Veículos oficiais são bens de uso especial, o que ajustar-se à narrativa acima, caso preenchidos os demais
implica que são inalienáveis, imprescritíveis e requisitos exigidos pela ordem jurídica, é:
impenhoráveis.
(A) recurso extraordinário endereçado ao Supremo
Tribunal Federal;
(B) recurso especial endereçado ao Superior Tribunal de (E) deve ser meramente arquivado, não sendo objeto de
Justiça; análise ou registro pelo Tribunal de Contas.

(C) recurso ordinário endereçado ao Supremo Tribunal


Federal;
96- O único vizinho de Antônio tinha o hábito de escutar
(D) recurso de revista endereçado ao Superior Tribunal de música todos os dias, em volume elevado, até o início da
Justiça; madrugada. De acordo com a Constituição Federal de
1988, para solucionar o problema, Antônio:
(E) reclamação constitucional endereçada ao Conselho
Nacional de Justiça. (A) deve procurar a Advocacia-Geral da União, de modo
que o problema seja resolvido em caráter nacional;

(B) caso seja hipossuficiente, deve procurar a Defensoria


94- Osmar estava em sua residência e foi informado de
Pública, pois a questão envolve um interesse individual;
que deveria permitir a entrada de um policial que estava
portando um mandado judicial de busca e apreensão, a (C) deve procurar uma associação constituída há pelo
ser cumprido justamente em sua residência. À luz da menos 1 (um) ano, que poderá defender a sua cidadania;
sistemática constitucional, é correto afirmar que o
(D) deve procurar o Ministério Público, pois a poluição
ingresso na residência de Osmar, sem o seu
sonora afronta o meio ambiente;
consentimento, para o cumprimento do referido
mandado: (E) deve procurar a Procuradoria Geral do Município,
responsável pela resolução dos problemas locais.
(A) poderia ocorrer em qualquer dia ou horário;

(B) deveria ocorrer em certo horário, que deve ser


indicado pela autoridade judicial; 97- Certo profissional da área jurídica foi questionado
sobre as características do processo e do julgamento do
(C) deveria ocorrer à noite, se autorizado pela autoridade
Presidente da República pela prática de crimes de
judicial;
responsabilidade. Em resposta, afirmou que a
(D) não poderia ser realizado à noite, ainda que Osmar instauração do processo deve ser autorizada pela Câmara
seja muito perigoso; dos Deputados, o processamento e o julgamento ficam a
cargo do Senado Federal, bem como que a perda da
(E) não poderia ocorrer no final de semana.
função é decidida pelo Presidente do Supremo Tribunal
Federal. À luz da sistemática constitucional, essa resposta
é:
95- Geraldo, servidor da Justiça do Trabalho, após
cumprir os requisitos exigidos para a aposentadoria (A) totalmente incorreta, pois todas as questões
voluntária, ingressou com o pedido no setor competente envolvendo o julgamento por crimes de responsabilidade
e foi informado que, constatado o preenchimento dos devem ser decididas pelas duas Casas Legislativas em
requisitos exigidos, o seu pedido seria deferido e conjunto;
publicado no diário oficial. À luz da sistemática
(B) parcialmente correta, pois a instauração do processo
constitucional, o deferimento da aposentadoria:
deve ser autorizada pelo Senado Federal e o julgamento
(A) configura ato jurídico perfeito, insuscetível de análise fica a cargo da Câmara dos Deputados;
administrativa por qualquer outro órgão;
(C) totalmente correta, pois a separação entre as funções
(B) deve ser registrado perante o Tribunal de Contas, que estatais exige que cada fase do processo de
pode, de modo fundamentado, negar-se a promover o responsabilização seja dividida entre poderes distintos;
registro;
(D) parcialmente correta, pois a decisão a respeito da
(C) irá adquirir plena eficácia caso seja apreciado e perda da função fica a cargo do Senado Federal, que a
aprovado pela Justiça Federal; proferirá quando do julgamento;

(D) deve ser objeto de registro perante o Tribunal de (E) parcialmente correta, pois a Câmara dos Deputados
Contas, que está obrigado a realizar o registro; deve autorizar a instauração do processo e, após o
julgamento pelo Senado, decidir a respeito da perda da remuneração, para frequentar o curso pretendido, caso
função. preenchidos os demais requisitos legais;

98- José, Técnico Judiciário do Tribunal Regional do (C) poderá, no interesse da Administração, afastar-se do
Trabalho de Santa Catarina, ocupante do cargo em exercício das funções de seu cargo efetivo, com a
comissão de supervisor do departamento de recursos respectiva remuneração, para frequentar o curso
humanos do Tribunal, praticou ato administrativo que era pretendido, caso preenchidos os demais requisitos legais;
de competência do diretor daquele departamento. De
(D) não poderá afastar-se do exercício das funções, pois
acordo com a doutrina de Direito Administrativo e a Lei
tal afastamento apenas seria possível se houvesse
nº 9.784/99, o ato praticado por José:
compatibilidade do horário do curso com sua jornada de
(A) deve ser anulado pela autoridade competente, eis que trabalho ou possibilidade de compensação de horário;
vícios de competência são insanáveis, com efeitos ex
(E) não poderá afastar-se do exercício das funções, diante
tunc, pelo princípio da segurança jurídica e para evitar
da ausência de norma dispondo sobre afastamento para
prejuízos a terceiros;
participação em programa de pós-graduação stricto
(B) deve ser anulado pela autoridade competente, pois se sensu no país, mas pode requerer licença para tratar de
trata de ato vinculado em razão do vício de competência, interesses particulares.
que não admite retificação, devendo atender ao princípio
da legalidade e observar o interesse público;
100- O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de
(C) deve ser anulado pela autoridade competente, pois se
Santa Catarina enviou ofício ao Presidente do Tribunal
trata de matéria de ordem pública, regida por normas
Regional do Trabalho da 12ª Região, solicitando a cessão
cogentes que não admitem a retificação do ato por parte
de Rodrigo, ocupante estável do cargo efetivo de Técnico
do agente que deveria originalmente tê-lo praticado;
Judiciário daquele TRT, para exercer cargo em comissão
(D) pode ser convalidado pela autoridade competente, na Justiça Estadual. De acordo com as disposições legais
por meio da ratificação do ato, caso entenda conveniente que regem a matéria, em especial a Lei nº 8.112/90, o
e oportuno, desde que sanável o vício e não haja prejuízos pleito:
a terceiros, bem como seja atendido o interesse público;
(A) não pode ser deferido, eis que o servidor está
(E) pode ser convalidado pela autoridade competente, vinculado ao órgão de origem para o qual prestou
por meio da prática de novo ato que substitua o anterior, concurso público, somente podendo ser afastado nas
com efeitos ex nunc, sendo tal aproveitamento um ato hipóteses legais, dentre as quais não se inclui o caso em
vinculado, cuja prática é obrigatória pelo agente superior. tela;

(B) não pode ser deferido, em regra, para que se atenda


à Lei de Responsabilidade Fiscal e o limite de gasto com
99- Bruno, ocupante estável do cargo de Técnico
pessoal, com exceção dos casos de permuta, em que o
Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho de Santa
órgão cessionário também cede um servidor para
Catarina, pretende participar de programa de pós-
compensação;
graduação stricto sensu (mestrado) na Universidade de
Brasília. Ocorre que, diante da carga horária do curso, não (C) pode ser deferido, mediante ato discricionário do
é possível que a participação ocorra simultaneamente Presidente do TRT, e o ônus da remuneração do agente
com o exercício do cargo ou mediante compensação de será do órgão cessionário, isto é, Tribunal de Justiça
horário. De acordo com a Lei nº 8.112/90, Bruno: Estadual;

(A) poderá, no interesse do próprio servidor, afastar-se do (D) pode ser deferido, mediante ato discricionário do
exercício das funções de seu cargo efetivo, sem qualquer Presidente do TRT, e o ônus da remuneração do agente
remuneração, para frequentar o curso pretendido, caso será do órgão cedente de origem, isto é, Justiça do
preenchidos os demais requisitos legais; Trabalho;

(B) poderá, no interesse da Administração, afastar-se do (E) deve ser deferido, eis que se trata de ato
exercício das funções de seu cargo efetivo, sem qualquer administrativo vinculado, e o ônus da remuneração do
agente recairá necessariamente sobre órgão cessionário, dispensável, desde que o preço seja compatível com o
isto é, Tribunal de Justiça Estadual. valor de mercado, segundo avaliação prévia;

(B) poderá discricionariamente alugar o imóvel


pretendido, sem realização de prévia licitação, por
101- A Resolução nº 230/2016 do CNJ orienta a
inexigibilidade do certame, pois a competição é possível
adequação das atividades dos órgãos do Poder Judiciário
mas não recomendável, caso se atenda ao valor de
e de seus serviços auxiliares às determinações exaradas
mercado;
pela Convenção Internacional sobre os Direitos das
Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo e (C) deverá necessariamente realizar procedimento
pela Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. licitatório, na modalidade carta-convite, em razão do
De acordo com o citado ato normativo: valor global da contratação, não sendo caso de dispensa
ou inexigibilidade de licitação;
(A) cada órgão do Poder Judiciário deverá dispor de, pelo
menos, um por cento de servidores, funcionários e (D) deverá necessariamente realizar procedimento
terceirizados capacitados para o uso e a interpretação da licitatório, na modalidade tomada de preços, em razão do
Libras; valor global da contratação, não sendo caso de dispensa
ou inexigibilidade de licitação;
(B) ao Poder Judiciário e seus serviços auxiliares é
proibido impor ao usuário com deficiência custo anormal, (E) deverá necessariamente realizar procedimento
direto ou indireto, para o amplo acesso a serviço público licitatório, na modalidade concorrência, em razão do
oferecido; valor global da contratação, não sendo caso de dispensa
ou inexigibilidade de licitação.
(C) aos órgãos do Poder Judiciário é vedada a utilização
de processo eletrônico aos usuários com deficiência
visual, para não inviabilizar o princípio do acesso à justiça;
103- Ricardo e Marco, respectivamente Chefe do Poder
(D) as edificações públicas novas devem garantir Executivo e servidor responsável pela tesouraria,
acessibilidade à pessoa com deficiência em todas as suas encaminharam sua prestação de contas anual ao órgão
dependências e serviços, tendo como referência as competente. À luz da sistemática constitucional, é correto
normas de acessibilidade vigentes e as já existentes afirmar que esse órgão é:
podem permanecer no estado em que se encontram na
(A) a Casa Legislativa competente, que deve apreciar as
data da publicação da resolução;
contas de Ricardo e Marco em caráter definitivo;
(E) os serviços notariais e de registro podem criar
(B) o Tribunal de Contas, que deve limitar-se a emitir
condições diferenciadas ao cumprimento de suas funções
parecer prévio, cabendo à Casa Legislativa o julgamento
em razão de deficiência ao solicitante, facultando
das contas;
reconhecer sua capacidade legal plena.
(C) o Tribunal de Contas, que deve emitir parecer em
relação às contas de Ricardo e julgar as contas de Marco;
102- O Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina
(D) a Casa Legislativa competente em relação às contas de
pretende firmar contrato para locação, pelo período de
Ricardo e o Tribunal de Contas em relação às contas de
doze meses, do imóvel vizinho, que será destinado ao
Marco;
atendimento das finalidades precípuas da administração,
cujas necessidades de instalação e localização (E) o Tribunal de Contas, que deve julgar as contas
condicionam a sua escolha, haja vista que o imóvel será apresentadas por Ricardo e Marco.
utilizado temporariamente para o depósito e guarda de
bens do TRT. No caso em tela, levando em consideração
que o proprietário do imóvel pretendido está disposto a 104- Beto e Pedro travaram intenso debate a respeito dos
alugá-lo pelo preço de sessenta mil reais por mês, de conceitos de nacionalidade e cidadania. De acordo com
acordo com o texto da Lei nº 8.666/93, o TRT: Beto, todo nacional, que é necessariamente cidadão,
(A) poderá discricionariamente alugar o imóvel possui direitos políticos. Para Pedro, por sua vez, só o
pretendido, sem realização de prévia licitação, que é
cidadão, não qualquer nacional, possui direitos políticos. mesmo que relativo a matéria de competência do
À luz da sistemática constitucional, é correto afirmar que: Município;

(A) Beto e Pedro estão totalmente corretos; (B) a Constituição Estadual não pode desconsiderar a
divisão de competências estabelecida na Constituição
(B) Beto está totalmente correto e Pedro parcialmente
Federal de 1988, devendo preservar a autonomia do
correto, já que todo nacional é cidadão;
Município;
(C) Beto está incorreto em parte, pois o nacional não
(C) a Constituição Estadual, para vincular o Município na
precisa ser cidadão e Pedro incorreto, já que não só o
edição da Lei X, deveria dispor de maneira expressa que a
cidadão tem direitos;
respectiva norma incidiria sobre todos os Municípios;
(D) Pedro está totalmente correto e Beto incorreto, pois
(D) a Lei X, por força do princípio da unidade nacional,
nacionalidade e cidadania são institutos distintos;
deveria observar os comandos da Constituição Federal de
(E) Beto e Pedro estão totalmente incorretos. 1988, não os da Constituição Estadual;

(E) em razão da autonomia política dos entes federativos,


tanto a Constituição Federal de 1988 como a Constituição
105- João, servidor público federal, estava conduzindo, Estadual não vinculariam o Município.
no exercício de suas funções, o veículo da repartição em
que trabalha, quando realizou uma inversão de direção
proibida e colidiu com o veículo de Antônio, que se
107- Luís, portador de deficiência física congênita e
lesionou com o impacto. Ato contínuo, Antônio procurou
trabalhador da iniciativa privada, solicitou a orientação de
um advogado e solicitou informações a respeito da
um profissional da área jurídica a respeito das
natureza da responsabilidade civil no evento que o
peculiaridades do regime geral de previdência social
lesionou. À luz da sistemática constitucional, a única
considerando a sua situação pessoal. O profissional
resposta correta é:
consultado respondeu corretamente que Luís:
(A) responsabilidade objetiva e subsidiária da União;
(A) não pode ser beneficiado por qualquer requisito ou
(B) responsabilidade subjetiva da União; critério diferenciado para a obtenção de aposentadoria;

(C) responsabilidade objetiva de João; (B) poderia ser beneficiado por critérios diferenciados
para se aposentar caso exercesse atividade insalubre,
(D) responsabilidade subjetiva e exclusiva de João; mas não por ser deficiente;
(E) responsabilidade objetiva da União e subjetiva de (C) poderia ser beneficiado por requisitos ou critérios
João. diferenciados para se aposentar caso fosse mulher, mas
106- Determinado Vereador percebeu que a Lei X do não por ser deficiente;
respectivo município, apesar de estar plenamente (D) poderia ser beneficiado por critérios diferenciados
harmônica com a Constituição Federal de 1988, para se aposentar caso o seu trabalho prejudicasse a
apresentava certas dissonâncias em relação à saúde, mas não por ser deficiente;
Constituição do Estado. Afinal, a Constituição detalhara a
disciplina estatutária relativa aos servidores públicos (E) pode ser beneficiado por requisitos ou critérios
municipais, isso com o objetivo de uniformizar a matéria distintos para se aposentar nos termos de lei
em todos os Municípios. À luz desse quadro, o Vereador complementar.
solicitou à sua assessoria que analisasse os aspectos
gerais da influência das Constituições Federal de 1988 e
do Estado sobre a legislação do Município. Dentre as 108- Após amplos debates, um grupo de estudantes
opções abaixo, a única que se mostra harmônica com a concluiu que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é órgão
sistemática constitucional é: de controle externo do Poder Judiciário; somente é
integrado por membros do Poder Judiciário; e tem
(A) a Lei X, por força do princípio da simetria, não poderia
competência para rever os atos jurisdicionais praticados
destoar de nenhum comando da Constituição Estadual,
pelos órgãos controlados. À luz da sistemática 110- A União celebrou contrato administrativo com
constitucional, essa conclusão está: sociedade empresária especializada para prestação de
serviços de apoio às atividades de copeiros. A contratada
(A) totalmente incorreta, já que dissonante da ordem
ficou inadimplente no pagamento das verbas trabalhistas
constitucional;
aos empregados que trabalharam por força de tal
(B) parcialmente incorreta, pois o CNJ também exerce o contrato. estou comprovado que a Administração Pública
controle externo sobre outros órgãos; foi omissa em seu dever de fiscalizar o fiel cumprimento
do contrato pela prestadora do serviço, no que diz
(C) parcialmente incorreta, já que o CNJ pode controlar respeito às obrigações trabalhistas referentes aos
atos jurisdicionais quando autorizado; empregados vinculados ao contrato celebrado, agindo,
(D) parcialmente incorreta, pois o CNJ também possui pois, com culpa in vigilando. No caso em tela, com base
membros estranhos ao Judiciário; na jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, a
União:
(E) totalmente correta, já que harmônica com a ordem
constitucional. (A) tem responsabilidade solidária, por ser a beneficiária
dos serviços finais prestados pelos empregados
contratados pela sociedade empresária;
109- Determinado legitimado ingressou com ação civil (B) tem responsabilidade subsidiária por ter agido com
pública visando à implementação de certo direito social conduta culposa no cumprimento da fiscalização das
dos trabalhadores. Ao fim da relação processual, o pedido obrigações contratuais e legais da prestadora de serviço
foi julgado improcedente sob o argumento de que a como empregadora;
norma constitucional que estaria sendo descumprida
possui contornos essencialmente programáticos, ao que (C) tem responsabilidade civil objetiva por todos os
se soma a constatação de que a reserva do possível encargos trabalhistas devidos aos empregados das
impediria a implementação dos direitos sociais na pessoas jurídicas contratadas, independentemente de ter
dimensão almejada. À luz da sistemática constitucional e agido com culpa ou dolo;
da doutrina sedimentada a respeito dos direitos sociais, (D) não tem qualquer responsabilidade pelos encargos
os fundamentos da sentença proferida são: trabalhistas porque não tem o dever de fiscalizar as
(A) totalmente inadequados, pois os direitos sociais são obrigações contratuais e legais da prestadora de serviço
previstos em normas de eficácia plena e sempre deve ser como empregadora;
possível implementá-los; (E) não tem qualquer responsabilidade trabalhista, pois a
(B) parcialmente inadequados, pois a categoria das Constituição Federal de 1988 estabelece a
normas programáticas está restrita à disciplina dos responsabilidade civil subjetiva do poder público nos
clássicos direitos de liberdade; casos de culpa ou dolo do agente público.

(C) parcialmente inadequados, pois a disponibilidade


financeira e orçamentária está associada à 111- Alfa, Analista Judiciário do Tribunal Regional do
implementação dos direitos de liberdade; Trabalho de determinada região, utilizou, pelo período de
(D) parcialmente inadequados, pois o caráter seis meses, materiais de informática da Vara do Trabalho
programático da norma constitucional não compromete onde estava lotado, em serviços e atividades particulares,
a sua plena eficácia, principalmente quando consagra para ajudar sua irmã, que estava montando uma empresa
direitos; de propaganda e marketing. De acordo com o regime
disciplinar estabelecido na Lei nº 8.112/90, após regular
(E) totalmente adequados, pois os direitos sociais de processo administrativo disciplinar, Alfa está sujeito à
estatura constitucional normalmente precisam ser pena de:
integrados pela lei e demandam gastos para a sua
implementação. (A) demissão, aplicada pelo Presidente do TRT;

(B) suspensão até 180 dias, aplicada pelo Presidente do


TRT;
(C) suspensão até 90 dias, aplicada pelo Corregedor do (B) não tem direito a qualquer pensão, pois está
TRT; configurada fraude presumida à previdência pela
diferença de idade superior a 30 anos entre o servidor
(D) suspensão até 90 dias, aplicada pelo Presidente do
falecido e a beneficiária;
TRT;
(C) tem direito à pensão provisória pelo período de 6
(E) advertência, aplicada pelo Corregedor do TRT.
anos, tendo em vista que, na data do óbito do servidor, a
beneficiária tinha 24 anos;

112- De acordo com Resolução CNJ nº 230/2016, as (D) tem direito à pensão vitalícia e proporcional, tendo
Comissões Permanentes de Acessibilidade e Inclusão de em vista que o servidor ainda não tinha completado os
cada Tribunal, com caráter multidisciplinar, fiscalizam, requisitos legais para se aposentar;
planejam, elaboram e acompanham os projetos
(E) tem direito à pensão vitalícia e integral, tendo em vista
arquitetônicos de acessibilidade e projetos
que, na data do óbito do servidor, a beneficiária era
“pedagógicos” de treinamento e capacitação dos
casada com o servidor que já tinha vertido com mais de
profissionais e funcionários que trabalhem com as
18 contribuições mensais.
pessoas com deficiência. Tais comissões devem
estabelecer a fixação de metas anuais, direcionadas à
promoção da acessibilidade para pessoas com
114- O Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina,
deficiência, tais como:
após processo licitatório na modalidade pregão,
(A) inclusão, em todos os editais de concursos públicos, contratou sociedade empresária para fornecimento de
da previsão constitucional de reserva de cargos para determinados materiais de informática. Ocorre que, além
pessoas com deficiência, exceto nos que tratam do de não ter fornecido todos os produtos contratados, o
ingresso na magistratura; TRT descobriu que os entregues eram falsificados pela
própria contratada. De acordo com a Lei nº 8.666/93, pós
(B) registro da audiência, em qualquer caso, por filmagem
regular processo administrativo, garantida a ampla
de todos os atos nela praticados, sempre que presente
defesa à contratada e observado o princípio da
pessoa com deficiência auditiva;
proporcionalidade, o tribunal contratante poderá aplicar-
(C) nomeação ou permissão de utilização de guia- lhe, dentre outras, a sanção administrativa de:
intérprete, quando figurar no processo pessoa com
(A) multa de até três vezes o valor do contrato,
deficiência auditiva e visual, custeado pelo particular
independentemente de ter sido prevista no contrato,
interessado;
além de ressarcimento integral do dano, pagamento de
(D) permissão de entrada e permanência de cães-guias multa civil de até cinco vezes o valor do acréscimo
em todas as dependências dos edifícios e sua extensão; patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público
por prazo não superior a cinco anos;
(E) pelo menos a metade de locação de imóveis, aquisição
ou construções novas deverão ser feitas com (B) suspensão temporária de participação em licitação e
acessibilidade. impedimento de contratar com a Administração Pública
direta ou indireta de quaisquer dos poderes da União,
Estados, Municípios e Distrito Federal por prazo não
113- Fernanda, atualmente com 24 anos, era casada há 3 superior a cinco anos;
anos com Manoel, Analista Judiciário do Tribunal (C) declaração de inidoneidade para licitar ou contratar
Regional do Trabalho de Santa Catarina, ocupante de tal com a Administração Pública direta ou indireta de
cargo efetivo há 20 anos ininterruptamente. Manoel quaisquer dos poderes da União, Estados, Municípios e
faleceu com 60 anos em acidente automobilístico Distrito Federal enquanto perdurarem os motivos
ocorrido no mês de julho de 2017. De acordo com as determinantes da punição ou até que seja promovida a
disposições da Lei nº 8.112/90, Fernanda: reabilitação, na forma da lei;
(A) não tem direito a qualquer pensão, pois não (D) proibição de contratar com o Poder Público ou
completou o período mínimo de 5 anos de casamento receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios,
com o servidor falecido;
direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de (A) Fernando deve ser responsabilizado por crime de
outra pessoa jurídica do mesmo grupo empresarial; responsabilidade e ato de improbidade administrativa, na
qualidade de agente público que cometeu o ato, e
(E) perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao
Francisco responderá apenas na esfera cível pelo
patrimônio, ressarcimento integral do dano, pagamento
ressarcimento ao erário, pois como particular não se
de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo
submete à lei de improbidade;
patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público
por prazo não superior a cinco anos. (B) Fernando deve ser responsabilizado por ato de
improbidade administrativa, na qualidade de agente
público que cometeu o ato, e Francisco responderá
115- A Lei nº 12.846/2013 dispõe sobre a apenas na esfera criminal, pois como particular não se
responsabilização objetiva administrativa e civil de submete à lei de improbidade;
pessoas jurídicas pela prática de atos contra a
(C) ambos devem ser responsabilizados por ato de
Administração Pública, nacional ou estrangeira. A
improbidade administrativa: Fernando, porque na
autoridade máxima de cada órgão ou entidade pública
qualidade de agente público que cometeu o ato, e
poderá celebrar acordo de leniência com as pessoas
Francisco porque, apesar de particular, se beneficiou do
jurídicas responsáveis pela prática dos atos previstos
ato;
naquela Lei que colaborem efetivamente com as
investigações e o processo administrativo. e acordo com (D) ambos devem ser responsabilizados por ato de
a ei Anticorrupção, dentre os requisitos exigidos para improbidade administrativa, independentemente de
celebração do mencionado acordo de leniência, destaca- serem agentes públicos ou particulares, sendo
se que a pessoa jurídica deve: imprescindível para a configuração de qualquer ato de
improbidade a demonstração do dano ao erário;
(A) cessar completamente seu envolvimento na infração
investigada no prazo de até trinta dias da assinatura do (E) ambos devem ser responsabilizados por ato de
acordo; improbidade administrativa, independentemente de
serem agentes públicos ou particulares, sendo
(B) cooperar plena e permanentemente com as
imprescindível para a configuração de qualquer ato de
investigações e o processo administrativo,
improbidade a presença do elemento subjetivo dolo, eis
independentemente de admitir sua participação no
que inexiste, em qualquer hipótese, improbidade
ilícito;
culposa.
(C) suspender ou interditar totalmente suas atividades
até a sua dissolução compulsória;
117- De acordo com a Constituição Federal de 1988, o
(D) comparecer, quando solicitada, a todos os atos
Presidente da República poderá ser impedido de exercer
processuais, até a fase de instrução, ainda que sob as
o mandato caso pratique crime comum ou de
expensas do erário;
responsabilidade. Se o Presidente da República for
(E) ser a primeira a se manifestar sobre seu interesse em acusado da prática de crime de responsabilidade, é
cooperar para a apuração do ato ilícito. correto afirmar que:

(A) instaurado o processo no Senado Federal, ele será


suspenso das funções pelo prazo de cento e vinte dias;
116- Fernando, Analista Judiciário do Tribunal Regional do
Trabalho de determinada região, lotado no setor de (B) a admissibilidade da acusação será decidida, por
compras do Tribunal, no exercício da função, facilitou a maioria absoluta, pela Câmara dos Deputados;
aquisição de bem por preço superior ao de mercado.
(C) caso seja condenado, deverá cumprir pena em regime
Fernando agiu em conluio com Francisco, representante
aberto;
legal da sociedade empresária contratada, sendo que
ambos auferiram vantagem econômica indevida e (D) será submetido a julgamento perante o Senado
causaram prejuízo ao erário. De acordo com a Lei nº Federal;
8.429/92:
(E) na vigência de seu mandato, poderá ser (A) a aquisição de outra nacionalidade estrangeira
responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas ocasiona a perda da nacionalidade brasileira;
funções.
(B) em virtude da perda da nacionalidade, James deverá
aguardar cinco anos para solicitar a reaquisição da
nacionalidade brasileira;
118- A Constituição Federal de 1988 prevê que Estados,
Distrito Federal e Municípios terão competência para (C) a imposição pelo País Z à naturalização de James,
criar e cobrar o imposto sobre serviços de qualquer como condição de permanência em seu território, não
natureza – ISS, o imposto sobre operações de circulação ocasiona a perda da nacionalidade brasileira;
de mercadorias e serviços – ICMS, o imposto sobre a
(D) para ter direito à regularização do título eleitoral,
propriedade de veículo automotor – IPVA, o imposto
James deverá solicitar o cancelamento de sua
sobre transmissão causa mortis e doação – ITCMD, o
nacionalidade no País Z;
imposto sobre propriedade predial e territorial urbana –
IPTU e o imposto sobre transmissão inter vivos, a (E) a Constituição Federal de 1988 veda a perda da
qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis – ITBI. nacionalidade brasileira.
Sobre o tema, é correto afirmar que:

(A) o ISS é de competência municipal e o IPVA estadual;


120- João, brasileiro, idoso e analfabeto, compareceu à
(B) o ICMS é de competência municipal e o ITBI estadual; Promotoria de Tutela Coletiva do Município onde reside
e relatou, ao Promotor de Justiça com atribuição, fatos
(C) o ITCMD é de competência municipal e o IPTU
lesivos ao patrimônio público. Afirmou que os moradores
estadual;
da localidade sabiam da ocorrência de fraudes na escolha
(D) o ICMS e o ISS são de competência estadual; de empresas que realizavam obras no Município, algumas
delas feitas com material de péssima qualidade. Na
(E) o ITCMD e o IPTU são de competência municipal.
ocasião, após solicitar as providências cabíveis, João
entregou fotos da queda de uma passarela e informou o
nome e o endereço de duas pessoas que poderiam
119- James é americano e residia há mais de quinze anos esclarecer a ligação dos sócios da empresa com
no Rio de Janeiro quando obteve a nacionalidade funcionários da secretaria de obras. Com base nessa
brasileira. Em virtude de sua atividade profissional, viajou hipotética situação, e tendo em vista as normas da
ao País Z com a finalidade de ali fixar residência e Constituição Federal de 1988 a respeito da atuação do
trabalho. Residindo naquele país, James soube que a lei Ministério Público, a correta providência a ser adotada
local condicionava sua permanência e trabalho à pelo Promotor de Justiça é:
aquisição da nacionalidade local, razão pela qual solicitou
e obteve a nacionalidade do País Z. Três anos após obter (A) ajuizar ação popular, visando a anular o ato lesivo ao
tal nacionalidade, James retornou definitivamente ao patrimônio público;
Brasil e foi informado que seu título eleitoral havia sido
(B) indeferir o pedido de providências, em virtude de João
cancelado, tendo como fundamento a perda da
ser analfabeto;
nacionalidade brasileira pela voluntária aquisição da
nacionalidade no País Z. Ao tomar conhecimento desses (C) instaurar inquérito civil para apurar a lesão ao
fatos, o Promotor de Justiça com atribuição eleitoral patrimônio público;
solicitou ao corpo de estagiários que pesquisasse as
(D) solicitar a autorização do Procurador-Geral de Justiça
regras da Constituição Federal de 1988 a respeito da
para instaurar ação civil pública com o objetivo de reparar
nacionalidade brasileira. Considerando que os fatos
a lesão ao patrimônio público;
narrados nesse hipotético caso sejam verdadeiros, se
você fosse o estagiário forense encarregado de pesquisar (E) informar João que somente poderá adotar alguma
na Constituição Federal brasileira a resposta para a providência se o pedido for assinado por advogado.
situação de James e informar ao Promotor de Justiça,
escolheria como opção correta:
121- O rol de direitos e garantias fundamentais previstos 124- Em tema de poderes administrativos, de acordo com
na Constituição Federal de 1988 permite concluir que no a doutrina de Direito Administrativo, o poder de polícia
Brasil: pode ser conceituado como a prerrogativa de direito
público que, calcada na lei, autoriza:
(A) não há possibilidade de uma pessoa ser condenada à
pena de morte; (A) a Polícia Civil a realizar diligências de busca e
apreensão na casa dos investigados, independentemente
(B) nenhum brasileiro será extraditado;
de autorização judicial;
(C) o Tribunal do Júri é competente para julgamento dos
(B) a Polícia Militar a proceder à prisão/captura de
crimes contra a vida;
suspeitos de crimes hediondos, mesmo sem situação
(D) às presidiárias serão asseguradas condições para que flagrancial ou ordem judicial;
possam permanecer com seus filhos durante o período de
(C) o Poder Legislativo a determinar o confisco de bens de
educação;
origem ilícita adquiridos por pessoas que cometeram
(E) ninguém será levado à prisão ou nela mantido, quando crimes contra a Administração Pública;
a lei admitir a liberdade provisória, com ou sem fiança.
(D) a Administração Pública, por meio do Poder Executivo,
a editar leis ordinárias dispondo sobre o funcionamento
das forças de segurança pública;
122- De acordo com a Constituição Federal de 1988,
pode(m) propor a ação direta de inconstitucionalidade e (E) a Administração Pública a restringir o uso e o gozo da
a ação declaratória de constitucionalidade: liberdade e da propriedade em favor do interesse da
coletividade.
(A) o Presidente e o Vice-Presidente da República;

(B) o Procurador-Geral da República;


125- Prefeito Municipal, após estudos estratégicos,
C) os partidos políticos; usando critérios de oportunidade e conveniência, decidiu
(D) os Prefeitos municipais; iniciar o asfaltamento das vias públicas da cidade pelas
ruas do bairro X. Inconformada, a associação de
(E) o Presidente do Congresso Nacional. moradores do bairro Y ajuizou ação judicial pleiteando
que as ruas de seu bairro sejam as primeiras a receber
pavimentação. No caso em tela, em tema de controle
123- Prefeito Municipal determinou às diretoras das judicial dos atos administrativos, o pleito da associação de
escolas municipais que promovessem a afixação de moradores:
cartazes, na entrada de cada unidade de ensino,
contendo a fotografia de sua esposa com os seguintes (A) não merece prosperar, eis que, em se tratando de ato
dizeres: “A primeira dama Maria, mulher guerreira e discricionário, ao Poder Judiciário, em regra, não cabe a
dedicada às causas filantrópicas, será candidata a análise do mérito administrativo, mas tão somente o
Deputado Estadual nas próximas eleições e conta com o controle da legalidade do ato;
seu apoio”. A conduta do Prefeito viola frontalmente, a (B) não merece prosperar, eis que, em se tratando de ato
um só tempo, os princípios administrativos expressos no vinculado, o Poder Judiciário, em regra, não pode
art. 37, caput, da Constituição Federal de 1988 da: adentrar à análise da legalidade formal do ato
(A) isonomia e razoabilidade; administrativo, se restringindo ao controle do mérito
administrativo;
(B) eficiência e pessoalidade;
(C) merece prosperar, eis que, em se tratando de ato
(C) improbidade e lealdade; vinculado, o Poder Judiciário, em regra, pode adentrar à
análise somente do mérito administrativo e não de
(D) impessoalidade e moralidade;
aspectos pertinentes à legalidade do ato;
(E) competitividade e igualdade.
(D) merece prosperar, eis que, em se tratando de ato
vinculado, ao Poder Judiciário, em regra, não cabe a
análise do mérito administrativo, mas tão somente o causou ao menor, independentemente da comprovação
controle da legalidade do ato; da culpa ou dolo do Policial;

(E) merece prosperar, eis que, em se tratando de ato (E) responsabilidade civil subjetiva do Estado, razão pela
discricionário, ao Poder Judiciário, em regra, cabe a qual o Estado responde pelos danos que seu agente
análise tanto do mérito administrativo, como de aspectos causou ao menor, desde que comprovada a culpa ou o
relacionados à legalidade do ato. dolo por parte do Policial.

126- De acordo com a doutrina de Direito Administrativo, 128- O procedimento de direito público pelo qual o Poder
as empresas públicas e as sociedades de economia mista Público transfere para si a propriedade de terceiro, por
integram a: razões de utilidade pública ou de interesse social,
normalmente mediante o pagamento de indenização, é
(A) Administração Direta e ostentam personalidade
chamado pelo ordenamento jurídico de:
jurídica de direito público;
(A) concessão;
(B) Administração Direta e ostentam personalidade
jurídica de direito privado; (B) desapropriação;

(C) Administração Indireta e ostentam personalidade (C) permissão;


jurídica de direito privado;
(D) cassação;
(D) Administração Indireta e ostentam personalidade
(E) tombamento.
jurídica de direito público;

(E) Administração Mista e ostentam personalidade


jurídica de direito público. GABARITO
127- João, Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro, ao 1-E
realizar diligência para combater o tráfico de
entorpecentes, abordou o menor Felipe e, agindo com 2-A
abuso de autoridade e com emprego de desnecessária 3-B
violência física e emocional, causou-lhe danos materiais
(pois quebrou a bicicleta do menor) e morais (tortura 4-A
psicológica). No caso em tela, de acordo com o texto 5-C
constitucional, em matéria de indenização, aplica-se a:
6-E
(A) irresponsabilidade civil do Estado, razão pela qual o
Policial deve responder diretamente pelos danos que 7-C
causou ao menor, sem possibilidade de responsabilização
8-A
do Estado;
9-D
(B) responsabilidade civil ilimitada do Estado, razão pela
qual o Estado responde pelos danos que seu agente 10-C
causou ao menor, independentemente da comprovação
11-NULA
do nexo causal;
12-E
(C) responsabilidade civil limitada do Estado, razão pela
qual o Estado responde pelos danos que seu agente 13-B
causou ao menor, somente no caso de insolvência do
Policial; 14-C

(D) responsabilidade civil objetiva do Estado, razão pela 15-D


qual o Estado responde pelos danos que seu agente 16-A
17-C 50-E

18-NULA 51-C

19-A 52-C

20-B 53-C

21-C 54-C

22-A 55-E

23-NULA 56-C

24-A 57-E

25-E 58-E

26-C 59-C

27-E 60-C

28-E 61-C

29-C 62-E

30-C 63-E

31-C 64-C

32-E 65-E

33-E 66-E

34-C 67-C

35-E 68-E

36-E 69-E

37-E 70-NULO

38-C 71-E

39-C 72-E

40-E 73-C

41-C 74-NULO

42-C 75-C

43-E 76-E

44-C 77-E

45-E 78-E

46-E 79-C

47-C 80-C

48-E 81-NULO

49-C 82-E
83-C 117-C

84-C 118-D

85-E 119-A

86-E 120-C

87-E 121-C

88-C 122-E

89-C 124-B

90-C 125-D

91-E 126-E

92-E 128-A

93-A

94-D

95-B

96-B

97-D

98-D

99-C

100-C

101-B

102-A

103-C

104-D

105-E

106-B

107-E

108-A

109-E

110-B

112-A

113-D

114-C

115-C

116-E