Você está na página 1de 16

2

OLÁ!

ESTE É UM MATERIAL
COMPLEMENTAR DO NOSSO
PRIMEIRO VÍDEO DO WORKSHOP
DE GESTÃO DA EMOÇÃO.
Nele, você está descobrindo como a mente humana funciona e
o porquê de muitas de nossas atitudes serem descontroladas
e impulsivas, nos gerando muita tensão, ansiedade, desespero,
pânico entre outros sintomas.

Esta apostila é um resumo do que você aprendeu no primeiro


episódio do Workshop e, aqui, acrescentamos alguns exemplos
práticos de cada fenômeno do inconsciente explicado no vídeo.

Recomendamos que, após ler este breve material, você reveja o


primeiro episódio do Workshop de Gestão da Emoção para que
você tenha um entendimento ainda maior deste importantíssimo
conteúdo.
3 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

1. O Fenômeno RAM (Registro


Automático da Memória)
O fenômeno RAM (Registro Automático da Memória) é o
responsável por realizar ou biografar todos os arquivos das
experiências pelas quais passamos ao longo da vida.

Ele funciona como se fosse uma máquina fotográfica,


registrando em nossa memória todas as nossas sensações: o
que vemos, ouvimos, sentimos, saboreamos, vivenciamos e até
o que pensamos é guardado em nossa biblioteca interna (córtex
cerebral).

É muito importante compreender o que é esse fenômeno antes


de darmos o próximo passo.

Em resumo: tudo o que você vivencia no seu dia a dia, coisas boas
ou ruins, conhecimento, pensamentos, são registrados pela sua
memória sem que você perceba ou controle.

Ou seja, colocou em uma prateleira de sua biblioteca interna


(córtex cerebral) sem que você sequer se desse conta.
4 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

2. Os 4 Fenômenos do
Inconsciente
Como vimos anteriormente, temos um registro de memória que
é automático, ou seja, temos uma imensa biblioteca com milhões
de livros guardados nas suas infinitas prateleiras.

E, sem ao menos sabermos, inconscientemente, nosso


cérebro vai registrando informações tão rapidamente que não
conseguimos filtrar de maneira inteligente o que é bom ou ruim
para nós.

Imagine você com uma biblioteca gigantesca com muitos livros e,


mesmo assim, todos os dias chegam caminhões de livros novos,
de diversos assuntos, para serem colocados em suas prateleiras.

E tudo isso sem que você possa gerenciar…. ou seja, de maneira


inconsciente.

Então, entram os “4 fenômenos” que agem nesse inconsciente,


levando-nos à produção de pensamentos, emoções e
consequentemente, nossas atitudes.

Sem o gerenciamento do Eu (o nosso consciente) agimos na


grande maioria das vezes, de maneira impulsiva, sem pensar, sem
raciocinar e nem perceber nossas atitudes.

Por isso, devemos nos conhecer profundamente para que


saibamos lidar com as armadilhas da mente, assumirmos o
controle e protegermos nossas emoções.
5 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

Primeiro fenômeno: Gatilho da Memória


O Gatilho da Memória ou Autochecagem é o fenômeno
inconsciente que lê automaticamente a memória.

É o primeiro fenômeno que atua na etapa inicial do processo


de interpretação. Diante de um estímulo qualquer, seja
um pensamento ou um estímulo físico, ele é acionado e,
em milésimos de segundos, lê a memória e faz a primeira
interpretação. Por exemplo, ao ler este texto, você reconhece
o significado das palavras escritas porque o Gatilho fez essa
interpretação.

Por exemplo: ao ouvir a música que tenha marcado um momento


de sua vida, você se lembra de um determinado local ou pessoa.

Ao sentir o cheiro de uma certa comida, lembra de quando sua


avó preparava esse prato aos domingos em família.

Porém, essa interpretação pode ser feita também com


passagens ruins de nossas vidas.

Pense, por exemplo, em uma experiência desagradável que você


deve ter tido num determinado momento da sua história. Esta
experiência sem gestão das suas emoções, foi arquivada de
maneira privilegiada em seu inconsciente.

LEMBRA DA BIBLIOTECA?
Vamos te mostrar aqui UMA das várias formas do gatilho da
memória ser acionado:

Ao colocar um livro (memória) na prateleira, alguém veio e falou


uma frase de grande impacto para você no exato momento em
que você guardava esse livro.
6 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

Essa frase que você ouviu passou a ser o gatilho (o botão da


campainha) para você relembrar desse livro que você guardou.

Imagine que você voltou para casa após um dia de aula, aos 10
anos de idade, com uma nota baixa que o professor te deu.

Ao ler o seu boletim, o seu pai e mãe desapontados,


expressaram-se da seguinte forma:

“Você nos decepcionou! Que vergonha, você não serve para nada”.

Você que já estava com medo, agora sente culpa por decepcionar
as pessoas que ama. Sem pensar que aquelas palavras foram
ditas em um momento de impulsividade, você toma aquilo como
verdade e aceita passivamente de que você de fato “não serve
para nada”.

Certo, 20 anos se passaram e agora a situação é no seu trabalho.

Você se depara com uma situação de estresse no trabalho e


sente culpa por não estar fazendo a tarefa como te pediram.

Você vê o seu chefe olhando o material que você apresentou


e logo pensa: “ele vai dizer que está desapontado comigo”, em
seguida você pensa: “eu de fato não sirvo para nada.”

Veja que o trauma foi registrado quando você era criança, porém,
esse trauma foi carregado durante sua vida e quando situações
que lembram aquela de quando você tinha 10 anos surgem, você
pode se paralisar.

Uma conversa, uma discussão ou quaisquer situações do


cotidiano podem acionar o gatilho (a campainha) que te leva até
a lembrança que está guardada em uma janela.

A Janela abre e você passa a enxergar e sentir aquele momento.


7 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

Segundo fenômeno: Janelas da Memória


A janela da memória é como o próprio nome diz, uma janela
onde está o registro de um determinado momento de sua vida.

Voltando ao exemplo da biblioteca, a Janela é um livro que está


em uma caixa com vários livros e quando ela se abre, você tem o
acesso à ela.

Em nosso inconsciente há centenas ou milhares de informações


e experiências em diversas janelas. Como livros em várias caixas
guardadas em milhões de prateleiras.

Consegue imaginar o tamanho dessa biblioteca?

Existe um universo dentro de nós.

Há janelas que carregam o medo, a tensão, a angústia, o pânico,


a raiva, a inveja… Outras janelas trazem a tranquilidade, a
serenidade, o prazer e a afetividade.

Mas a Janela que vamos estudar aqui é a Janela Killer (Killer =


assassina) também conhecida como Janela Traumática.

Essas são janelas que carregam os medos, angústias, pânico,


raiva e vários traumas da vida, que muitas vezes nem sabemos
que carregamos.

São os livros guardados nas caixas que contém os temas de


terror, suspense, medo, angústias, etc.

COMO ELA FUNCIONA?


Como vimos, o Registro Automático da Memória (RAM) também
conhecido como nosso biógrafo (ou máquina fotográfica)
registra tudo o que se passa, o tempo todo, no nosso dia a dia.
8 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

Esses registros podem ser bons ou ruins e até mesmo


traumáticos.

Se eu disser: ”gato”, mesmo que você não queira, você vai pensar
nesse animal, certo?

Um gato pode ser inofensivo para muitas pessoas, mas para


você, ele pode ter um significado profundo e te remeter a um
trauma vivido, por exemplo, alergia a gatos; ou um gato que
arranhou você na infância; ou gatos que miavam a noite inteira e
não te deixavam dormir.

Então, o Gatilho da Memória (botão da campainha) associou


a palavra “GATO”, que você acabou de ler aqui, a um momento
traumático, abrindo essa Janela Killer (um livro de terror) e você
agora passa a enxergar e sentir aquela cena traumática.

Essas Janelas Killer ou traumáticas são as que nos levam ao mau


humor, ciúme, raiva, pessimismo, impulsividade, alienação, fobias,
excesso de autoconfiança e dependência.

Esses níveis de tensão são capazes de nos deixar desequilibrados,


desgastados e, consequentemente, doentes física e
mentalmente.

E sob um foco de tensão, ficamos sensíveis às perdas,


frustrações e à contrariedades, sem saber lidar com essas
situações. Por mais serenos que possamos ser, nos tornamos
pessoas irreconhecíveis.

O terceiro fenômeno: A Âncora da Memória


Quando uma Janela Killer é aberta, a âncora se fixa sobre essa
janela, gerando um volume de tensão tão grande, que você passa
a enxergar somente aquele momento ruim, bloqueando o acesso
à outras milhares de janelas que você possui, fazendo com que
você seja prisioneiro dentro de si mesmo, paralisado e incapaz de
9 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

dar respostas racionais e lógicas.

A Âncora da Memória é responsável por ancorar (como se fosse


uma âncora de navio) o processo de leitura numa determinada
região da memória.

Então na biblioteca, você abriu sem querer, aquela caixa com os


livros que te fazem mal e acessou um livro.

Você quer fechar aquele livro de qualquer jeito, mas, de repente,


vem uma âncora e se fixa em cima desse livro. Pronto!

Se torna quase impossível fechar o livro, pois ele está muito


pesado devido a âncora que nele se instalou, e nosso foco fica só
nele, não conseguimos olhar para outro lugar. Nossa visão se fixa
na tensão.

Em resumo: o Gatilho fez a associação a algo ruim, a Janela Killer


foi aberta e, então, a âncora fixa sobre a Janela, intensificando
aquela tensão.

Quarto fenômeno: O Autofluxo


O Autofluxo é nosso veículo interno, que nos leva para todos os
lugares de nossa memória.

Ele é a escada da biblioteca que corre por todas as prateleiras,


permitindo acesso a todos os livros, todas as caixas de livros de
todos os tempos, sonhos e também pensamentos.

Através deles temos a possibilidade de viajar pelos nossos


pensamentos, fantasias, penetrar em nosso passado e especular
sobre o futuro.

Agora, quando acontece de uma Janela Killer ser aberta e


a âncora se fixar sobre ela, o Autofluxo fica lendo e relendo
somente aquele momento.
10 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

Ou seja, quando a caixa de livros de terror é aberta e você acessa


um livro, a âncora pesa sobre ele, não conseguimos remover e
nem fechá-lo e nossa escada da biblioteca fica presa também.

Corremos pra lá e pra cá num mesmo lugar, exatamente onde


nosso foco está fixado, em cima daquele livro ruim.

Ou seja, o autofluxo fica travado, lendo e relendo o trauma. E o


Eu (nosso consciente) onde fica nesse processo?

O Eu sem o treinamento das técnicas de Gestão da Emoção,


acaba se tornando escravo dessas emoções impulsionadas pelos
4 fenômenos do inconsciente.

O Eu representa você, gerente da biblioteca.

O Eu deve guiar a escada pelas prateleiras, escolher as caixas


certas e abri-las, pegando os melhores livros, para que o seu
conteúdo sejam os capítulos mais nobres de sua história.

Por isso, para se ter uma vida mais leve e emocionalmente


saudável, é preciso praticar as ferramentas de Gestão da
Emoção.

Só assim o seu Eu ganhará força e você passará a ter controle


sobre essas emoções e a proteger sua mente, evitando que
coisas ruins sejam arquivadas.

Você também passará a reeditar, ou seja, dar novos significados


às coisas negativas que já foram armazenadas em sua memória.
12 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

EU - Seu consciente, o piloto da sua aeronave mental.

Os 4 fenômenos do inconsciente - Seus copilotos, ou seja,


enquanto o piloto dorme, eles assumem.

E em nossa mente, muitas vezes o piloto está dormindo. Mas


agora chegou a hora de acordá-lo!

No próximo episódio do Workshop de Gestão da Emoção


entraremos em camadas mais profundas da mente e
trabalharemos ferramentas para acordar e fortalecer o seu EU
(o seu piloto).

Nos vemos lá!

Um forte abraço,

Dr. Augusto Cury


14 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

1. Você teve ou enfrenta algum conflito familiar?


Sim ( ) Não ( )

Qual?
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

2. Você teve ou enfrenta problemas em seus relacionamentos?


Sim ( ) Não ( )

Qual?
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

3. Você teve ou enfrenta algum tipo de vício?


Sim ( ) Não ( )

Qual?
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
15 Entendendo a mente humana | Dr. Augusto Cury

4. Existe mais alguma outra situação (ou situações) em que você


detecta uma Janela Killer?
Sim ( ) Não ( )

Qual? (ou quais?)


_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

IMPORTANTE: O OBJETIVO DESTE


EXERCÍCIO É FAZER COM QUE VOCÊ
TENHA CLAREZA SOBRE O QUE ESTÁ
ENFRENTANDO.
Guarde estas anotações, porque no próximo episódio o Dr. Cury
explicará o que você precisa fazer para combater essas janelas
killer.