Você está na página 1de 22

CURSO DE CONHECIMENTOS GERAIS

SOBRE O SUS P/ PREFEITURA DE


JABOATÃO DOS GUARARAPES
11 AULAS - TEORIA E QUESTÕES
COMENTADAS

Equipe Professor Rômulo Passos | 2015


Página 1 de 22
Olá, futura (o) concursada (o)!

Seja bem-vinda (o) ao curso!

A nossa metodologia de estudo está sendo adotada por mais de


35 mil estudantes e profissionais da Saúde de todo o Brasil.

Sou o Professor Rômulo Passos, graduado em


Enfermagem pela UFPB e especialista em Saúde
Coletiva pela UFBA.
Atualmente, sou servidor público federeal,
vinculado ao INSS e recém aprovado para o cargo
de ENFERMEIRO do Hospital Universitário Lauro
Wanderlei da UFPB.
É com a experiência de ter conduzido cursos
preparatório para os maiores concursos ocorridos
nos últimos dois anos na área da saúde no Brasil,
que venho convidá-la (o) para mais uma jornada
rumo à aprovação, agora na Prefeitura de Jaboatão
dos Guararapes -PE.

Antes de tudo, gostaria de falar sobre o grande diferencial para a


aprovação em concursos públicos: A LEITURA!
Se você tem medo ou preguiça de ler, você está dando o
primeiro passo para a reprovação. A aprovação só chega para os bons
leitores. Pense nisso!
Segundo diversos estudos científicos, a leitura exige uma
intensa mobilização cognitiva, o que repercute sobre o processo
de formação de memórias de médio e longo prazo. Esse processo é
essencial para incorporação das informações apreendidas durante a
sua preparação.
No entanto, há uma verdadeira febre entre os estudantes por
outros métodos de estudo, em especial as videoaulas. Muitos
subestimam a eficácia da leitura e acabam pagando um preço alto por
uma escolha equivocada.
Perdem, com isso, a habilidade de ler, o ritmo mental, e
comprometem o raciocínio automático. Entram em um ciclo vicioso:
quanto menos leem, mais dificuldade apresentam para a próxima
leitura. O mais interessante é que a sua prova exigirá alta capacidade
de concentração e de raciocínio, habilidades particulares dos bons
leitores.
Se você tem dificuldade de ler, comece a vencer esse desafio
praticando, e não fugindo dessa necessidade. Não estamos dizendo
que outras fontes de estudos devem ser abolidas, o que queremos
transmitir é que TODAS são complementares à LEITURA.
Bons estudos e não esqueça: LEIA MAIS, LEIA SEMPRE!

Página 2 de 22
Dentre os muitos encontros com os nossos
alunos pelo Brasil, uma pergunta sempre ocorre:
COMO ESTUDAR OS CONHECIMENTOS
GERAIS SOBRE O SUS?
Devemos ser realistas que o tempo entre o
lançamento do edital e a prova sempre é curto.
Precisamos otimizá-lo. Não é apenas a quantidade de
horas de estudo que será determinante para a sua
aprovação.
O seu tempo de estudo vale ouro. Precisa
escolher o material que aborde a teoria cobrada no
edital em equilíbrio com a resolução de todas as
questões da banca, no nosso caso da AOCP.

Por que a grande maioria dos aprovados em 2014 estudou


por nossos cursos em PDF?
A resposta é simples, este tipo de curso aborda a realidade das
bancas, você estuda de forma ativa, treinando determinadas aéreas
do seu cérebro para o dia da prova. Não perde tempo, pois a leitura é
direcionada e a resolução de questões realmente é o que determina a
aprovação. Isso foi comprovado, haja vista os nossos mais de 3.000
alunos aprovados em 2014.
O estudo deve ser crescente, com a destinação de tempo para
revisão e aprofundamento dos temas.
Este curso é o grande instrumento que lhe proporcionará a
preparação de alto rendimento, focada na banca AOCP.
Para complementar seus estudos, faz-se necessário a resolução
exaustiva de questões, divididas por temas e comentadas. Para isso,
criamos e recomendamos o site www.questoesnasaude.com.br.
A AOCP tem predileção por determinados temas, bem como por
determinadas abordagens. Na verdade, cada banca tem uma
abordagem peculiar! Esses temas serão priorizados, sem detrimento
dos demais. Não podemos perder nenhuma questão por negligência
em não ter estudado determinado assunto.
Portanto, o curso ora proposto permite que você aprenda aquilo
que realmente é cobrado nas provas da AOCP, de maneira
esquematizada, clara, objetiva e direcionada. Economiza-se tempo e
se ganha efetividade.

Página 3 de 22
Objetivos

 Apresentar toda a teoria necessária para a resolução das


questões do estilo da AOCP;
 Disponibilizar comentários a todas as questões da banca;
 Possibilitar disciplina de estudo.
 Possibilitar a fácil revisão dos conteúdos por meio dos
esquemas e resumos, contidos nas aulas;
 Estudar de forma direcionada e organizada, já que cada aula
aborda teoria e resolução de questões de determinado tópico
do edital.

Regras gerais
 As aulas, elaboradas pela equipe de professores do site, são
escritas no formato PDF (apostilas), que podem ser baixadas
para seu computador, tablet ou celular de forma permanente;

 Você poderá, ser for de seu interesse, imprimir as aulas;

 Poderá ainda participar dos fóruns de dúvidas e interagir com


os demais alunos e professores do curso.

Esse curso, bem como os demais


cursos direcionados para a
Prefeitura de Jaboatão dos
Guararapes, já se encontram
disponíveis em
www.romulopassos.com.br
Seja bem-vindo (a).
Vamos, novamente, formar o grupo
de estudos mais forte do Brasil
rumo à aprovação nesse concurso.

Página 4 de 22
Conteúdo e cronograma do nosso Curso:

Nº Aulas Datas
1 Constituição Federal, artigos de 194 a 200.
disponível

Políticas e sistemas de saúde no Brasil: retrospectiva histórica, reforma


2 31/01/15
sanitária, processo saúde-doença e seus determinantes/condicionantes.
Lei Orgânica da Saúde ‐ Lei nº 8.080/1990: Princípios e diretrizes do Sistema
3 Único, objetivos, atribuições, doutrinas e competências e princípios que regem 06/02/15
sua organização.
4 Lei nº 8. 142/1990. Participação e Controle Social. 12/02/15
5 Política Nacional de Humanização 18/02/15
Sistemas de Informação em Saúde: SIM, SINAN, SINASC, SAI E SIH/SUS,
6 25/02/15
SISAB/e SUS.
Redes de Atenção à Saúde. Planejamento em Saúde: conceitos e instrumentos.
7 04/03/15
Estratégia de Avaliação em Saúde: conceitos, tipos, instrumentos e técnicas.
Promoção da Saúde: conceitos e estratégias. Vigilância em Saúde: Vigilância
8 12/03/15
Epidemiológica, Ambiental, Sanitária e Saúde do Trabalhador.
9 Lei nº 141/2012 20/03/15
Políticas Nacionais de Saúde: Atenção Básica, Saúde da Criança, Saúde
10 28/03/15
Integral de Adolescentes e Jovens, Saúde da Mulher, Saúde do Homem.
Políticas Nacionais de Saúde: Saúde da Pessoa Idosa, Saúde Mental, Saúde da
11 05/04/15
População Negra, Saúde da Pessoa com Deficiência.

Mas vamos ao que interessa, segue a nossa primeira aula


inteiramente gratuita para sua aprovação.

Página 5 de 22
1º AULA DE SUS- Constituição Federal, artigos de 194 a 200.

Seja bem-vindo(a) a nossa primeira aula do curso [CONHECIMENTOS


GERAIS SOBRE O SUS PARA PREFEITURA DE JABOATÃO DOS
GUARARAPES].
Iniciaremos estudando SUS na Constituição Federal de 1988 (arts. 194 a 200),
pois seria inviável compreender a disciplina sem estudar o SUS na CF/88. Além da
teoria, comentaremos questões da AOCP e apresentaremos esquemas de revisão e
memorização.

É pensando em você e na sua aprovação que nos empenhamos em elaborar aulas


direcionadas e organizadas, já que cada aula aborda teoria e resolução de questões de
determinado tópico do edital. Enfim, esta é a mais efetiva preparação que existe. Será um
estudo rápido e profundo.

Página 6 de 22
1 – Seguridade Social (art. 194) da CF/88

A Saúde ganhou importante espaço na Constituição Federal de 1988 (CF/88),


constituindo a Seguridade Social juntamente com a Assistência e Previdência Social de
forma integrada.
Por isso, os artigos 196 a 200 dizem respeito ao ordenamento constitucional da
saúde, que é tratada com diversas outras áreas no título VIII, da ordem social,
conforme podemos visualizar no esquema abaixo:

Assistência Social
Seguridade Social
(conjunto integrado de Previdência Social
ações)
CF/88 Saúde (arts. 196 a 200)
Ordem Social
(Título VIII)
Educação, Cultura e Desporto; Ciência e Tecnologia; Comunicação
Social; Meio Ambiente; Família, Criança, Adolescente, Jovem e Idoso;
Indios.

Segundo a CF/88 (art.193), a Ordem Social tem como base o primado do


trabalho, e como objetivo o bem-estar e a justiça social.

base o primado do trabalho;


Ordem Social
CF/88, Art. 193
objetivo o bem-estar e a justiça sociais.

Amigo(a), a Ordem Social da CF/88 é formada por diversas áreas. Dentre elas,
destaca-se a Seguridade Social, que é composta pelo conjunto de ações integradas da
saúde, assistência e previdência social, conforme podemos observar no esquema abaixo:

Página 7 de 22
SEGURIDADE SOCIAL
é composta pelo conjunto de
AÇÕES INTEGRADAS da

Saúde Assistência Social Previdência Social

Memorize! As ações da saúde, assistência e previdência social devem ser


promovidas de forma INTEGRADA, sem relação de SUBORDINAÇÃO.
Em síntese, a Seguridade Social compreende um conjunto integrado de ações de
INICIATIVA dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos
relativos à saúde, à previdência e à assistência social (CF/88, art. 194).
Amigo(a), vamos visualizar este importante conceito da Seguridade Social no
esquema abaixo:

por um conjunto integrado de ações de


formada iniciativa dos PODERES PÚBLICOS e da
Seguridade
SOCIEDADE.
Social
(CF/88, art. 194)
organizada pelo PODER PÚBLICO.

Vejamos questões sobre o tema:


1. (HU-UFC/EBSERH/AOCP/Cargos de Nível Médio/2014) De acordo com o caput do art.
194 da Constituição Federal, a seguridade social compreende um conjunto integrado de ações
de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à
a) saúde, à previdência e à assistência social.
b) apenas à saúde e à assistência social.
c) apenas à saúde e à previdência.
d) somente à assistência social e à previdência.
e) apenas à saúde.
COMENTÁRIOS
A Seguridade Social é composta pelo conjunto de ações integradas da saúde,
assistência e previdência social, conforme podemos observar no esquema abaixo:

Página 8 de 22
SEGURIDADE SOCIAL
é composta pelo conjunto de AÇÕES
INTEGRADAS da

Saúde Assistência Social Previdência Social

O gabarito, portanto, é a letra A.

2. (HU-UFGD/EBSERH/AOCP/2014) A Seguridade Social encontra-se inserida no título da


Ordem Social da Constituição Federal e compreende
a) a Previdência Social, a Saúde e a Educação.
b) a Previdência Social, a Saúde e o Trabalho.
c) a Assistência Social, a Educação e a Saúde.
d) a Assistência Social, a Educação e a Previdência Social.
e) a Assistência Social, a Saúde e a Previdência Social.
COMENTÁRIOS:
Conforme comentários da questão anterior, o gabarito é a letra E.

2 - Artigo 196 da CF/88

Guerreiro(a), após estudo introdutório sobre a Seguridade Social, vamos


aprofundar a parte do assunto que trata da Saúde na CF/88.
De acordo com o art. 196 da CF/88, a saúde é direito de todos e dever do Estado,
garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de
doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para
sua promoção, proteção e recuperação.

Página 9 de 22
garantido mediante políticas sociais e econômicas;
Saúde DIREITO de todos e
dever do Estado visa à redução do risco de doença e de outros agravos;
(CF/88, art.196)
objetiva o acesso universal e igualitário às ações e
serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

3. (HU-UFS/EBSERH/AOCP/2014) De acordo com o que dispõe a Constituição


Federal, preencha as lacunas e assinale a alternativa correta.
A saúde é direito ____________________ e dever ________________, garantido
mediante políticas ________________________________ que visem à redução do
risco de doença e de outros agravos e ao acesso ____________________________ às
ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
a) dos trabalhadores / do Estado / sociais e econômicas / universal e igualitário
b) dos trabalhadores / da sociedade / sociais e econômicas / universal e igualitário
c) de todos / da sociedade / sociais e assistenciais / restrito e proporcional
d) de todos / do Estado / sociais e econômicas / universal e igualitário
e) de todos / do Estado / sociais e econômicas / restrito e Proporcional
COMENTÁRIOS:
A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas
sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao
acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e
recuperação. Logo, o gabarito é a letra D.

3 - Artigo 197 da CF/88

Essa é a parte mais tranquila de nossa aula, sendo pouco explorada pela bancas.
Segundo o art. 197 da CF/88, são de relevância pública as ações e serviços de saúde,
cabendo ao Poder Público dispor, nos termos da lei, sobre sua regulamentação,
fiscalização e controle, devendo sua execução ser feita diretamente ou através de
terceiros e, também, por pessoa física ou jurídica de direito privado.

Página 10 de 22
são de relevância pública;
Ações e Serviços de pelo Estado
cabe ao Poder Público dispor sobre sua
Saúde regulamentação, fiscalização e controle; (diretamente);
(CF/88, art. 197)
pelo Estado (através de
execução feita
terceiros);

por pessoa física ou


jurídica de direito privado.

4 - Artigo 198 da CF/88

Vejamos no esquema abaixo as diretrizes do SUS, insculpidas na CF/88.

descentralização, com direção única em cada esfera de governo;

atendimento integral, com prioridade para as atividades


São diretrizes preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;
do SUS
(CF/88, art. 198) participação da comunidade;

ações e serviços públicos de saúde que integram uma rede


regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único.

4. (HC-UFMG/EBSERH/AOCP/2014) As ações e serviços de saúde, executados pelo


Sistema Único de Saúde (SUS), seja diretamente ou mediante participação
complementar da iniciativa privada, serão organizados de forma
a) universalizada e independente dos níveis de complexidade.
b) universalizada e hierarquizada em níveis de complexidade crescente.
c) universalizada e hierarquizada em níveis de complexidade decrescente.
d) regionalizada e hierarquizada em níveis de complexidade crescente.
e) regionalizada e hierarquizada em níveis de complexidade decrescente.
COMENTÁRIOS:
As ações e serviços de saúde, executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS),
seja diretamente ou mediante participação complementar da iniciativa privada, serão
organizados de forma regionalizada e hierarquizada em níveis de complexidade
crescente. Logo, o gabarito é a letra D.

Página 11 de 22
O art. 198 da CF/88 dispõe ainda que:
Os estados e o Distrito Federal aplicarão anualmente em ações e serviços
públicos de saúde no mínimo 12% da arrecadação dos impostos estaduais, deduzidas
as parcelas que forem transferidas aos respectivos Municípios.
Os municípios e o Distrito Federal aplicarão anualmente, em ações e serviços
públicos de saúde, no mínimo 15% da arrecadação dos impostos municipais.
Observe que o Distrito Federal, por ser um entre federativo misto, deve aplicar,
em ações e serviços públicos de saúde, no mínimo 12% da arrecadação dos impostos de
base estadual e 15% da arrecadação dos impostos de base municipal.
Sintetizando, vamos visualizar o esquema gráfico abaixo:
valor empenhado no ano anterior mais, no mínimo, a
União
variação nominal do PIB.

Aplicação de Estados 12% da receita de impostos de sua competência.


Recursos Mínimos
na Saúde Municípios 15% da receita de impostos de sua competência.
(EC nº 29/2000)
Distrito 12% e 15% das receitas de impostos de competência
Federal estadual e municipal, respectivamente.

Os gestores locais do sistema único de saúde poderão admitir agentes


comunitários de saúde e agentes de combate às endemias por meio de processo seletivo
público, de acordo com a natureza e complexidade de suas atribuições e requisitos
específicos para sua atuação.
Lei federal disporá sobre o regime jurídico, o piso salarial profissional nacional, as
diretrizes para os Planos de Carreira e a regulamentação das atividades de agente
comunitário de saúde e agente de combate às endemias, competindo à União, nos
termos da lei, prestar assistência financeira complementar aos Estados, ao Distrito
Federal e aos Municípios, para o cumprimento do referido piso salarial.
Além das hipóteses previstas no § 1º do art. 41 e no § 4º do art. 169 da
Constituição Federal, o servidor que exerça funções equivalentes às de agente
comunitário de saúde ou de agente de combate às endemias poderá perder o cargo em
caso de descumprimento dos requisitos específicos, fixados em lei, para o seu
exercício.

Página 12 de 22
5. (EBSERH-SEDE/IADES/2013) Em uma situação hipotética, constatou-se
epidemia de dengue no município Cidade Felia. Para solucionar o problema, o gestor
local do SUS foi orientado a contratar agentes comunitários de saúde, de acordo com o
previsto no artigo 198 da CF/88. Diante disso, a contratação poderá ser realizada:
a) Somente por meio de concurso público
b) De forma direta, nem necessidade de concurso público ou processo seletivo
c) Por meio de processo seletivo público
d) Somente pela transferência de servidores de outras áreas
e) Por meio de empresas que fornecem mão-de-obra terceirizada
COMENTÁRIOS:
Os gestores locais do sistema único de saúde poderão admitir agentes
comunitários de saúde e agentes de combate às endemias por meio de processo
seletivo público, de acordo com a natureza e complexidade de suas atribuições e
requisitos específicos para sua atuação.
Lei federal disporá sobre o regime jurídico, o piso salarial profissional nacional,
as diretrizes para os Planos de Carreira e a regulamentação das atividades de agente
comunitário de saúde e agente de combate às endemias, competindo à União, nos
termos da lei, prestar assistência financeira complementar aos Estados, ao Distrito
Federal e aos Municípios, para o cumprimento do referido piso salarial.
O servidor que exerça funções equivalentes às de agente comunitário de saúde ou
de agente de combate às endemias poderá perder o cargo em caso de descumprimento
dos requisitos específicos, fixados em lei, para o seu exercício.
Nesses termos, o gabarito é a letra C.

4 - Artigo 199 da CF/88

As instituições privadas poderão participar de forma complementar do sistema


único de saúde, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito público ou
convênio, tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.

entidades filantrópicas;
Participação da COMPLEMENTAR,
iniciativa privada no SUS com preferência para
entidades sem fins lucrativos.

Página 13 de 22
É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às
instituições privadas com fins lucrativos.
A CF/88 e a Lei nº 8.080/90 criaram proteções para a assistência à saúde no
Brasil em relação à intervenção de outros países.
Primeiramente, foi assegurado pela CF/88 (art. 199, § 3º) que seria vedada a
participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na assistência à
saúde no País, salvo nos casos previstos em lei. Isso significa que a assistência à saúde
no Brasil deve ser prestada apenas pelo poder público, empresas e capitais brasileiros,
podendo haver alguma exceção determinada por lei.
Posteriormente, foi determinado pela Lei nº 8.080/90 (art. 23) que seria vedada a
participação direta ou indireta de empresas ou de capitais estrangeiros na assistência à
saúde, salvo através de doações de organismos internacionais vinculados à Organização
das Nações Unidas (ONU), de entidades de cooperação técnica e de financiamento e
empréstimos.

É vedada a participação direta ou indireta de empresas ou de capitais


estrangeiros na assistência à saúde, salvo através de (art. 23):

doações de organismos entidades de financiamento e


internacionais vinculados à ONU; cooperação técnica; empréstimos.

A Lei nº 8.080/90 (art. 15, inciso XII) determina ainda que a União, os estados, o
Distrito Federal e os municípios poderão executar, em seu âmbito administrativo, a
realização de operações externas de natureza financeira de interesse da saúde, desde
que autorizadas pelo Senado Federal. Isso significa dizer que qualquer empréstimo,
convênio ou acordo firmado pelos entes federativos com instituições internacionais
somente poderá ser feito após aprovação do Senado Federal.

Intervenções de Países Estrangeiros na Saúde Brasileira


 É vedada a participação direta ou  A Lei nº 8.080/90 (art. 23) prevê essa
indireta de empresas ou capitais participação através de doações de
estrangeiros na assistência à saúde organismos internacionais vinculados à
no País, salvo nos casos previstos em ONU, de entidades de cooperação técnica e
lei (CF/88, art. 199, §3º). de financiamento e empréstimos.

Página 14 de 22
 A União, os estados, o Distrito Federal e os municípios poderão executar, em seu
âmbito administrativo, a realização de operações externas de natureza financeira
de interesse da saúde, desde que autorizadas pelo Senado Federal (Lei nº
8.080/90, art. 15, inciso II).

6. (HU-UNB/EBSERH/IBFC/2013) Segundo artigo 199 da Constituição da


República Federativa do Brasil, a assistência à saúde é livre à iniciativa privada.
Analise os itens abaixo e a seguir assinale a alternativa correta:
I. As instituições privadas poderão participar de forma complementar do sistema único
de saúde, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito público ou convênio,
tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
II. É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às
instituições privadas com fins lucrativos.
III. É vedada a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na
assistência à saúde no País, salvo nos casos previstos em lei.
a) I, II, III são corretos.
b) Apenas I e II são corretos.
c) Apenas III é correto.
d) Apenas I é correto.
COMENTÁRIOS:
Todos os itens estão corretos. Logo, a letra A é o gabarito da questão

7. (HU-UFC/EBSERH/AOCP/2014) Nos termos do art. 199 da Constituição Federal,


é INCORRETO afirmar que
a) A assistência à saúde é livre à iniciativa privada.
b) As instituições privadas poderão participar de forma complementar do Sistema
Único de Saúde, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito público ou
convênio, tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
c) É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às
instituições privadas com fins lucrativos.
d) A lei disporá sobre as condições e os requisitos que facilitem a remoção de órgãos,
tecidos e substâncias humanas para fins de transplante, pesquisa e tratamento, bem
como a coleta, processamento e transfusão de sangue e seus derivados, sendo
permitida a comercialização.

Página 15 de 22
e) é vedada a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na
assistência à saúde no País, salvo nos casos previstos em lei.
COMENTÁRIOS:
A lei disporá sobre as condições e os requisitos que facilitem a remoção de
órgãos, tecidos e substâncias humanas para fins de transplante, pesquisa e tratamento,
bem como a coleta, processamento e transfusão de sangue e seus derivados, sendo
vedada a comercialização. Logo, a alternativa incorreta é a letra D.

4 - Artigo 200 da CF/88

O art. 200 CF/88 aborda as principais competências do SUS. Você precisa


compreender bem essas atribuições, pois a AOCP faz jogos de palavras para confundir o
candidato mal preparado, que não é o seu caso .
Compete ao SUS (art. 200 da CF/88)

 controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para


a saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos,
imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos;
 executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de
saúde do trabalhador;
 ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde;
 participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento
básico;
 incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e
tecnológico;
 fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor
nutricional, bem como bebidas e águas para consumo humano;
 participar do controle e fiscalização da produção, transporte, guarda e
utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos;
 colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendido o do trabalho.

Página 16 de 22
8. (HULW-UFPB/EBSERH/AOCP/2014) Preencha a lacuna e assinale a alternativa
correta. De acordo com a Constituição Federal, ao SUS, compete, além de outras
atribuições, nos termos da lei, ordenar a formação de recursos humanos na área de
______________.
a) educação
b) cultura
c) previdência social
d) ciência
e) saúde
COMENTÁRIOS:
De acordo com a Constituição Federal, ao SUS, compete, além de outras
atribuições, nos termos da lei, ordenar a formação de recursos humanos na área de
SAÚDE. Logo, o gabarito é a letra E.

9. (HULW-UFPB/EBSERH/AOCP/2014) Analise as assertivas e assinale a alternativa


que aponta as corretas de acordo com o disposto sobre Seguridade Social na
Constituição Federal.
Ao sistema único de saúde compete, além de outras atribuições, nos termos da lei,
I. controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde
e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos,
hemoderivados e outros insumos.
II. incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico.
III. fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor nutricional,
bem como bebidas e águas para consumo humano.
IV. participar do controle e fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de
substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.
a) Apenas I e II.
b) Apenas II e III.
c) Apenas III e IV.
d) Apenas I, II e III.
e) I, II, III e IV.
COMENTÁRIOS:
Questão muito fácil. Todos os itens estão corretos e o gabarito é a letra E.

Página 17 de 22
10. (HU-UFS/EBSERH/AOCP/2014) Analise as assertivas e assinale a alternativa que
aponta as corretas. Ao Sistema Único de Saúde (SUS), compete
I. executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do
trabalhador.
II. ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde.
III. legislar sobre as normas atinentes à área de saúde.
IV. colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendido o do trabalho.
a) Apenas I, II e IV.
b) Apenas I, II e III.
c) Apenas I e II.
d) Apenas I e IV.
e) I, II, III e IV.
COMENTÁRIOS:
O item III é o único errado, pois legislar sobre as normas atinentes à área de saúde
é atribuição do Poder Legislativo, e não uma competência do SUS. Logo, o gabarito é a
letra A.

Estamos chegando ao final de nossa 1º de Legislação do SUS do curso de


Conhecimentos Gerais sobre o SUS para Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes.
Envie dúvidas, críticas e sugestões!
Não se esqueça! Só depende de você a sua APROVAÇÃO.
Fique com Deus!
 Professor Rômulo Passos

REFERÊNCIAS
CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE (CONASS). Sistema
Único de Saúde (Coleção Para Entender a Gestão do SUS, v. 1). Brasília, DF, 2011.
MINISTÉRIO DA SAÚDE. <http://portalsaude.saude.gov.br>.
MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. < http://www.previdencia.gov.br>.

Página 18 de 22
Lista de Questões

1. (HU-UFC/EBSERH/AOCP/Cargos de Nível Médio/2014) De acordo com o caput


do art. 194 da Constituição Federal, a seguridade social compreende um conjunto
integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a
assegurar os direitos relativos à
a) saúde, à previdência e à assistência social.
b) apenas à saúde e à assistência social.
c) apenas à saúde e à previdência.
d) somente à assistência social e à previdência.
e) apenas à saúde.

2. (HU-UFGD/EBSERH/AOCP/2014) A Seguridade Social encontra-se inserida no


título da Ordem Social da Constituição Federal e compreende
a) a Previdência Social, a Saúde e a Educação.
b) a Previdência Social, a Saúde e o Trabalho.
c) a Assistência Social, a Educação e a Saúde.
d) a Assistência Social, a Educação e a Previdência Social.
e) a Assistência Social, a Saúde e a Previdência Social.

3. (HU-UFS/EBSERH/AOCP/2014) De acordo com o que dispõe a Constituição


Federal, preencha as lacunas e assinale a alternativa correta.
A saúde é direito ____________________ e dever ________________, garantido
mediante políticas ________________________________ que visem à redução do
risco de doença e de outros agravos e ao acesso ____________________________ às
ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
a) dos trabalhadores / do Estado / sociais e econômicas / universal e igualitário
b) dos trabalhadores / da sociedade / sociais e econômicas / universal e igualitário
c) de todos / da sociedade / sociais e assistenciais / restrito e proporcional
d) de todos / do Estado / sociais e econômicas / universal e igualitário
e) de todos / do Estado / sociais e econômicas / restrito e Proporcional

Página 19 de 22
4. (HC-UFMG/EBSERH/AOCP/2014) As ações e serviços de saúde, executados pelo
Sistema Único de Saúde (SUS), seja diretamente ou mediante participação
complementar da iniciativa privada, serão organizados de forma
a) universalizada e independente dos níveis de complexidade.
b) universalizada e hierarquizada em níveis de complexidade crescente.
c) universalizada e hierarquizada em níveis de complexidade decrescente.
d) regionalizada e hierarquizada em níveis de complexidade crescente.
e) regionalizada e hierarquizada em níveis de complexidade decrescente.

5. (EBSERH-SEDE/IADES/2013) Em uma situação hipotética, constatou-se epidemia


de dengue no município Cidade Felia. Para solucionar o problema, o gestor local do
SUS foi orientado a contratar agentes comunitários de saúde, de acordo com o previsto
no artigo 198 da CF/88. Diante disso, a contratação poderá ser realizada:
a) Somente por meio de concurso público
b) De forma direta, nem necessidade de concurso público ou processo seletivo
c) Por meio de processo seletivo público
d) Somente pela transferência de servidores de outras áreas
e) Por meio de empresas que fornecem mão-de-obra terceirizada

6. (HU-UNB/EBSERH/IBFC/2013) Segundo artigo 199 da Constituição da República


Federativa do Brasil, a assistência à saúde é livre à iniciativa privada. Analise os itens
abaixo e a seguir assinale a alternativa correta:
I. As instituições privadas poderão participar de forma complementar do sistema único
de saúde, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito público ou convênio,
tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
II. É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às
instituições privadas com fins lucrativos.
III. É vedada a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na
assistência à saúde no País, salvo nos casos previstos em lei.
a) I, II, III são corretos.
b) Apenas I e II são corretos.
c) Apenas III é correto.
d) Apenas I é correto.

Página 20 de 22
7. (HU-UFC/EBSERH/AOCP/2014) Nos termos do art. 199 da Constituição Federal, é
INCORRETO afirmar que
a) A assistência à saúde é livre à iniciativa privada.
b) As instituições privadas poderão participar de forma complementar do Sistema Único
de Saúde, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito público ou convênio,
tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
c) É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às
instituições privadas com fins lucrativos.
d) A lei disporá sobre as condições e os requisitos que facilitem a remoção de órgãos,
tecidos e substâncias humanas para fins de transplante, pesquisa e tratamento, bem
como a coleta, processamento e transfusão de sangue e seus derivados, sendo permitida
a comercialização.
e) é vedada a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na
assistência à saúde no País, salvo nos casos previstos em lei.

8. (HULW-UFPB/EBSERH/AOCP/2014) Preencha a lacuna e assinale a alternativa


correta. De acordo com a Constituição Federal, ao SUS, compete, além de outras
atribuições, nos termos da lei, ordenar a formação de recursos humanos na área de
______________.
a) educação
b) cultura
c) previdência social
d) ciência
e) saúde

9. (HULW-UFPB/EBSERH/AOCP/2014) Analise as assertivas e assinale a alternativa


que aponta as corretas de acordo com o disposto sobre Seguridade Social na
Constituição Federal.
Ao sistema único de saúde compete, além de outras atribuições, nos termos da lei,
I. controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde
e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos,
hemoderivados e outros insumos.
II. incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico.

Página 21 de 22
III. fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor nutricional,
bem como bebidas e águas para consumo humano.
IV. participar do controle e fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de
substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.
a) Apenas I e II.
b) Apenas II e III.
c) Apenas III e IV.
d) Apenas I, II e III.
e) I, II, III e IV.

10. (HU-UFS/EBSERH/AOCP/2014) Analise as assertivas e assinale a alternativa que


aponta as corretas. Ao Sistema Único de Saúde (SUS), compete
I. executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do
trabalhador.
II. ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde.
III. legislar sobre as normas atinentes à área de saúde.
IV. colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendido o do trabalho.
a) Apenas I, II e IV.
b) Apenas I, II e III.
c) Apenas I e II.
d) Apenas I e IV.
e) I, II, III e IV.

Gabarito

1. A
2. E
3. D
4. D
5. C
6. A
7. D
8. E
9. E
10. A

Página 22 de 22

Interesses relacionados