Você está na página 1de 8

Ciclo de Rankine Simples e com Reaquecimento

Lucas Severo, Marcelo Cunha, Vinícius Bloss

Exercício 1: Ciclo de Rankine simples ideal


Considere uma Usina de potência a vapor de 210 MW que opera em um ciclo de
Rankine simples ideal. O vapor entra na turbina a 10Mpa e 500°C e é resfriado no
condensador a uma pressão de 10 kPa. Mostre o ciclo em um diagrama T-s que inclua
as linhas de saturação e determine:
a) O título do vapor na saída da turbina;
b) A eficiência térmica do ciclo;
c) O fluxo de massa do vapor.
Resolução detalhada:
1) Suposições: A instalação opera em Regime Permanente, e as variações de
energia cinética e potencial são desprezíveis.

2) Desenhar o diagrama T-s:


Considerando Ciclo Ideal:
 Não há queda de pressão na caldeira e condensador;
 Bomba e turbina isentrópicas;
 Vapor deixa o condensador e entra na bomba como líquido saturado à
mesma pressão.

𝑘𝐽
ℎ1 = 191,81
𝑃1 = 10𝑘𝑃𝑎 𝑘𝑔
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 1 } Tab A − 5
𝐿í𝑞. 𝑆𝑎𝑡𝑢𝑟𝑎𝑑𝑜 𝑚³
𝑣1 = 0,001010
𝑘𝑔

𝑃2 = 10𝑀𝑃𝑎
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 2
𝑠2 = 𝑠1
𝑚3 𝑘𝐽
𝑤𝑏 = 𝑣1(𝑃2 − 𝑃1) ∴ 𝑤𝑏 = 0,001010 ∗ (10000 − 10)𝑘𝑃𝑎 = 10,09
𝑘𝑔 𝑘𝑔
𝑤𝑏 = ℎ2 − ℎ1 ∴
𝑘𝐽 𝑘𝐽 𝑘𝐽
ℎ2 = 𝑤𝑏 + ℎ1 ∴ ℎ2 = 10,09 + 191,81 = 201,9
𝑘𝑔 𝑘𝑔 𝑘𝑔

𝑘𝐽
ℎ3 = 3375,1
𝑃3 = 10𝑀𝑃𝑎 𝑘𝑔
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 3 } Tab A − 6
𝑇3 = 500°𝐶 𝑘𝐽
𝑠3 = 𝑠4 = 6,5995
𝑘𝑔

𝑃4 = 10𝑘𝑃𝑎
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 4
𝑠4 = 𝑠3

𝑠4 = 𝑠𝑙10𝑘𝑃𝑎 + 𝑥4. 𝑠𝑙𝑣10𝑘𝑃𝑎 ∴

𝑠4 − 𝑠𝑙10𝑘𝑃𝑎 6,5995 − 0,6492


(𝑎) 𝑥4 = = = 𝟎, 𝟕𝟗𝟑
𝑠𝑙𝑣10𝑘𝑃𝑎 7,4996
𝑘𝐽
ℎ4 = ℎ𝑙10𝑘𝑃𝑎 + 𝑥4. ℎ𝑙𝑣10𝑘𝑃𝑎 = 191,81 + 0,7934 ∗ 2583,9 ℎ4 = 2089,7
𝑘𝑔

𝑤𝑙𝑖𝑞 𝑤𝑡𝑢𝑟𝑏 − 𝑤𝑏 (ℎ3 − ℎ4) − (ℎ2 − ℎ1)


(𝑏) 𝜂 = = =
𝑞𝑒 𝑞𝑒 (ℎ3 − ℎ2)
(3375,1 − 2089,7) − (201,9 − 191,8)
𝜼= = 0,402 = 𝟒𝟎, 𝟐%
(3375,1 − 201,9)

𝑞𝑠 (ℎ4 − ℎ1) (2089,7 − 191,81)


𝜂 =1− =1− =1− = 0,402 = 40,2%
𝑞𝑒 (ℎ3 − ℎ2 (3375,1 − 201,9)

𝑤̇𝑙𝑖𝑞 210. 106 𝐽. 𝑘𝑔 𝒌𝒈


(𝑐) 𝑤̇𝑙𝑖𝑞 = 𝑚̇ ∗ 𝑤𝑙𝑖𝑞 ∴ 𝑚̇ = = = 𝟏𝟔𝟒, 𝟕
𝑤𝑙𝑖𝑞 𝑠. 1275,3. 103 𝐽 𝒔
Exercício 2: Ciclo de Rankine Ideal com Reaquecimento
Uma usina de potência a vapor opera em um ciclo de Rankine ideal com
reaquecimento entre as linhas de pressão de 15 MPa e 10 kPa. O fluxo de massa de
vapor de água no ciclo é de 12 kg/s. O vapor entra em ambos os estágios da turbina
a 500 °C. Considerando que o conteúdo de umidade do vapor na saída da turbina de
baixa pressão não deve exceder 10%, determine:
a) A pressão na qual ocorre o reaquecimento;
b) A taxa total de consumo de calor na caldeira;
c) A eficiência térmica do ciclo.

Mostre também o ciclo em um diagrama T-s que inclua as linhas de saturação.


Resolução detalhada:
1) Suposições: A instalação opera em Regime Permanente, e as variações de
energia cinética e potencial são desprezíveis.

2) Desenhar o diagrama T-s:

3) Iniciar os cálculos:
I. Utilizar a Tab. A-5 para descobrir ℎ1 utilizando o valor da pressão (10 kPa).

ℎ1 = ℎ𝑠𝑎𝑡@10𝑘𝑃𝑎 = 191,83 𝑘𝐽/𝑘𝑔

II. Na mesma tabela encontrar o volume específico 𝑣1

𝑣1 = 𝑣𝑠𝑎𝑡@10𝑘𝑃𝑎 = 0,00101 𝑚3 /𝑘𝑔

III. Sabendo que 𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎,𝑒 = 𝑣 × (𝑃2 − 𝑃1), pode-se calcular 𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎,𝑒 :

𝑚3 𝑘𝐽
𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎,𝑒 = 0,00101 × (15000 − 10) 𝑘𝑃𝑎 × | |
𝑘𝑔 𝑘𝑃𝑎 × 𝑚3
𝑘𝐽
𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎,𝑒 = 15,14
𝑘𝑔
IV. Logo para encontrar ℎ2 , utiliza-se a equação 𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎,𝑒 = ℎ2 − ℎ1 :

ℎ2 = ℎ1 + 𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎,𝑒

𝑘𝐽 𝑘𝐽 𝑘𝐽
ℎ2 = 191,83 + 15,14 = 206,97
𝑘𝑔 𝑘𝑔 𝑘𝑔

V. Para encontrar ℎ3 e 𝑠3 utiliza-se a Tab. A-6:

𝑃3 = 15 𝑀𝑃𝑎 ℎ3 = 3308,6 𝑘𝐽/𝑘𝑔


}
𝑇3 = 500°𝐶 𝑠3 = 6,3443𝑘𝐽/(𝑘𝑔 × 𝐾)

VI. Por enquanto não é possível encontrar ℎ4 e ℎ5 , por falta de informações, porém
podemos encontrar ℎ6 :

𝑃6 = 10 𝑘𝑃𝑎 ℎ6 = ℎ𝑓@10𝑘𝑃𝑎 + 𝑥6 × ℎ𝑓𝑔@10𝑘𝑃𝑎


}
𝑥 = 0,9 𝑠6 = 𝑠𝑓@10𝑘𝑃𝑎 + 𝑥6 × 𝑠𝑓𝑔@10𝑘𝑃𝑎

ℎ6 = ℎ𝑓@10𝑘𝑃𝑎 + 𝑥6 × ℎ𝑓𝑔@10𝑘𝑃𝑎 = 191,83 + (0,9 × 2392,8) = 2345,35 𝑘𝐽/𝑘𝑔


𝑠6 = ℎ𝑓@10𝑘𝑃𝑎 + 𝑥6 × ℎ𝑓𝑔@10𝑘𝑃𝑎 = 0,6433 + (0,9 × 7,5009) = 7,4 𝑘𝐽/(𝑘𝑔 × 𝐾)

VII. Sabendo que 𝑠5 = 𝑠6 pode-se encontrar a pressão que ocorre o


reaquecimento solicitado na questão (a) e ℎ5 :

T5 = 500°𝐶 𝑃5 =?
}
𝑠5 = 𝑠6 = 7,4 𝑘𝐽/(𝑘𝑔 × 𝐾) ℎ5 =?

Para descobrir P5 deve-se interpolar retirando os valores da Tab. A-6:


𝑃 − 𝑃0 𝑠 − 𝑠0 𝑃 − 2,5 7,4 − 7,3234
= ∴ = ∴ 𝑃 = 𝑷𝟓 = 𝟐, 𝟏𝟓 𝑴𝑷𝒂
𝑃1 − 𝑃0 𝑠1 − 𝑠0 2 − 2,5 7,4317 − 7,3234

Para descobrir ℎ5 deve-se interpolar retirando os valores da Tab. A-6:

ℎ − ℎ0 𝑠 − 𝑠0 ℎ − 3463,1 7,4 − 7,3234


= ∴ =
ℎ1 − ℎ0 𝑠1 − 𝑠0 3467,6 − 3462,1 7,4317 − 7,3234
ℎ = ℎ5 = 3465,99 𝑘𝐽/𝑘𝑔
VIII. Para encontrar ℎ4 sabe-se que 𝑃4 = 𝑃5 e 𝑠4 = 𝑠3 , logo podemos interpolar
e encontrar ℎ4 retirando os valores da Tab. A-6:

P4 = 2,15 MPa
} ℎ =?
𝑠4 = 𝑠3 = 6,3443 𝑘𝐽/(𝑘𝑔 × 𝐾) 4

ℎ − ℎ0 𝑠 − 𝑠0 ℎ − 2806,3 6,3443 − 6,2639


= ∴ =
ℎ1 − ℎ0 𝑠1 − 𝑠0 2835,8 − 2806,3 6,4147 − 6,2639
ℎ = ℎ4 = 2822 𝑘𝐽/𝑘𝑔

IX. Sabendo o valor das entalpias do sistema podemos calcular as questões (b) e
(c):
 (b) Taxa total de consumo de calor na caldeira:

𝑄̇
Sabendo que 𝑞𝑒 = (ℎ3 − ℎ2 ) + (ℎ5 − ℎ4 ) e que 𝑞 = , logo:
𝑚̇

𝑄̇𝑒 = 𝑚̇ × [(ℎ3 − ℎ2 ) + (ℎ5 − ℎ4 )]


𝑘𝐽
𝑄̇𝑒 = 12 𝑘𝑔/𝑠 × [(3308,6 − 206,97) + (3465,99 − 2822) ]
𝑘𝑔
𝑘𝐽 𝑊 × 𝑠
𝑸̇𝒆 = 44947,44 ×| | = 44947,44 𝑘𝑊 ≅ 𝟒𝟒, 𝟗 𝑴𝑾
𝑠 𝐽
 (c) A eficiência térmica do ciclo:

𝑄̇
Sabendo que 𝑞𝑠 = (ℎ6 − ℎ1 ) e que 𝑞 = , logo:
𝑚̇

𝑄̇𝑠 = 𝑚̇ × [(ℎ6 − ℎ1 )]
𝑘𝑔 𝑘𝐽 𝑘𝐽
𝑄̇𝑠 = 12 × [(2345,35 − 191,83) ] = 25842
𝑠 𝑘𝑔 𝑠
̇
𝑄𝑠 25842,24
𝜼𝒕 = 1 − =1− = 0,425 ≅ 𝟒𝟐, 𝟓%
𝑄̇𝑒 44947,44
Exercício 3: Ciclo de Rankine Ideal com Reaquecimento
Um ciclo de Rankine ideal com reaquecimento, que utiliza água como fluido de
trabalho, opera na entrada da turbina de alta pressão a 8000 kPa e 450°C; na entrada
da turbina de baixa pressão, a 500 kPa e 500°C; e no condensador, a 10 kPa.
Determine:
a) A vazão mássica necessária através da caldeira para que esse sistema
produza uma potência líquida de 5.000 kW
b) Defina a eficiência térmica do ciclo. O título do vapor na saída da turbina;

Resolução detalhada:
1) Suposições: A instalação opera em Regime Permanente, e as variações de
energia cinética e potencial são desprezíveis.

2) Desenhar o diagrama T-s:


Considerando Ciclo Ideal:
 Não há queda de pressão na caldeira e condensador;
 Bomba e turbina isentrópicas;
 Vapor deixa o condensador e entra na bomba como líquido saturado à
mesma pressão.

𝑘𝐽
ℎ1 = 191,81
𝑘𝑔
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 1 𝑇𝑎𝑏 𝐴 − 5
𝑚³
𝑣1 = 0,001010
𝑘𝑔

𝑃3 = 8 𝑀𝑃𝑎 𝑇3 = 450 °𝐶
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 3 𝑇𝑎𝑏 𝐴 − 6 𝑘𝐽 𝑘𝐽
𝑆3 = 6.5551 ℎ3 = 327,0
𝑘𝑔. 𝑘 𝑘𝑔
𝑃5 = 0,5 𝑀𝑃𝑎 𝑇5 = 500 °𝐶
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 5 𝑇𝑎𝑏 𝐴 − 6 𝑘𝐽 𝑘𝐽
𝑆5 = 8,0873 ℎ5 = 3483,9
𝑘𝑔. 𝑘 𝑘𝑔
𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 6 = 𝐸𝑠𝑡𝑎𝑑𝑜 1
𝑃5 = 𝑃4; 𝑆3 = 𝑆4; 𝑆6 = 𝑆5

𝑚3 𝒌𝑱
𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎 = 𝑣1(𝑃2 − 𝑃1) ∴ 0,001010 × (8000 − 10)𝑘𝑃𝑎 = 𝟖, 𝟎𝟔𝟗𝟗
𝑘𝑔 𝒌𝒈
𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎 = ℎ2 − ℎ1
𝑘𝐽 𝒌𝑱
𝑊𝑏𝑜𝑚𝑏𝑎 = ℎ2 − ℎ1 ∴ 8,0699 = ℎ2 − 191,83 ∴ ℎ2 = 𝟏𝟗𝟗, 𝟖𝟗𝟗𝟗
𝑘𝑔 𝒌𝒈

Calculando o título (x4) com base na entropia (estágio 4):

kJ
Slsat = 1,8607
kg. k
Tab A − 5
kJ
Sevap = 4,9606
kg. k
s4 − Slsat 6,5995 − 1,8607
x4 = = = 𝟎, 𝟗𝟒𝟓𝟗
Sevap 4,9606
h4 = hlsat + x4 × hevap
kJ
hlsat = 640,23
kg
Tab A − 5
kJ
hevap = 2108,50
kg
kJ
h4 = 640,23 + 0,9459 × 2108,50 ∴ h4 = 2634,73
kg

Calculando o título (x6) com base na entropia (estágio 6):

kJ
Slsat = 0,6493
kg. k
Tab A − 5
kJ
Sevap = 7,5009
kg. k
s6 − Slsat 8,0873 − 0,6493
x6 = = = 𝟎, 𝟗𝟗𝟏𝟔𝟏
Sevap 7,5009
h6 = hlsat + x6 × hevap
kJ
hlsat = 191,83
kg
Tab A − 5
kJ
hevap = 2392,8
kg
kJ
h6 = 191,83 + 0,99161 × 2392,8 ≫ h6 = 2564,5647
kg
Realizando o balanço de energia:

qentra = (h3 − h2) + (h5 − h4)


qentra = (3272,0 − 199,899) + (3483,900 − 2634,730)
𝐤𝐉
qentra = 𝟑𝟗𝟐𝟏, 𝟐𝟕𝟎
𝐤𝐠
qsai = (h6 − h1) ∴ (2564,565 − 191,830)
𝐤𝐉
qsai = 𝟐𝟑𝟕𝟐, 𝟕𝟑𝟓
𝐤𝐠

(a)
ẇliq
Vazão mássica = ṁ =
wliq
ẇliq = 5000 kW (enunciado)
wliq = qentra − qsai ≫ 3921,270 − 2372,735
kJ
wliq = 1548,535
kg
kJ
5000 𝐤𝐉
ṁ = 1 − s = 𝟑, 𝟐𝟐𝟗
kJ 𝐬
1548,535
kg

(b)
qentra 2372,735
η=1− =1− ∴ η = 𝟎, 𝟑𝟗𝟒𝟗 ou 𝟑𝟗, 𝟒𝟗%
qsai 3921,270