Você está na página 1de 11

Powered by TCPDF (www.tcpdf.

org)
www.violaosambaechoro.com.br
Aqui você encontra o melhor material de estudo para violão e música!

Cursos Online e Ebooks


Top Master Violão Básico – Curso para Iniciantes
Top Master Violão Intermediário – Curso para quem já sabe o básico
Violão Samba Choro e Cia 1 e 2 – Curso Avançado
Kit 7 Cordas Online – Curso de Violão 7 Cordas
Kit Ritmos no Violão – Curso para Iniciantes e Intermediários
Método Bona Musical – E-book com áudios - Aprenda ler e solfejar partituras
180 Introduções/Finalizações no 7 Cordas – tons maiores
140 Introduções/Finalizações no 7 Cordas – tons menores
Álbum E. Nazareth - vol. I e II (10 + 10 músicas p/ Solistas em C e Bb)
Álbum E. Nazareth - vol. I e II (10 + 10 músicas p/ 7 Cordas)
Livros impressos:
O Violão de 7 Cordas (livro 146 pgs + 2 CDs)
Kit 7 Cordas (livro + 2 cds + DVD)
DVD O Violão de 7 Cordas
Ritmos no Violão (livro 46 pgs + CD)
Kit Ritmos no Violão (livro + CD + DVD)
DVD Ritmos no Violão
Método Bona Musical - método/livro para solfejo com 3 CDs
Violão - Samba, Choro & Cia - vol. I (livro + CD)
Violão - Samba, Choro & Cia - vol. II (livro + CD)
Partituras
Para 7 Cordas (com e sem Tablatura)
Para Solistas (instrumentos afinados em C e Bb)
Para Violão solo
Para Violão 6 Cordas
Para MPB - com letras e cifras
Kits de partituras e playbacks - Você escolhe as músicas!
Playbacks
Para 7 Cordas (Você toca o violão 7)
Para Solistas (Você é o solista)
Para Violão 6 Cordas (Você toca o violão 6)
Kits de playbacks (Você escolhe as músicas)
Como montar acordes
Todo acorde é formado por uma tríade (3 notas), composta pelos Iº, IIIº e Vº graus da escala do
acorde. Além dela, pode haver alterações, que são tiradas da própria escala do acorde. A escala usada
deve ser sempre a maior (diatônica). Se o acorde for menor, deve-se diminuir em meio tom o IIIº grau.
No violão, às vezes, é necessário suprir algumas notas do acorde, para facilitar o desenho (a
montagem) do mesmo. Geralmente o Vº grau e, às vezes, até mesmo o IIIº grau é suprimido, quando
não há possibilidade de se montar o acorde completo.

C Acorde....... C
1 Escala........ C D E F G A B
2
Exemplo 1 3 Graus......... I II III IV V VI VII+
Tríade........ C-E-G

.ÊÊÊÊ Alterações.. ---

Cm Acorde....... Cm
Escala........ C D E F G A B
Exemplo 2  Graus......... I II III IV V VI VII+
2
33 44 Tríade........ C - Eb - G

. ÊÊÊÊ Alterações.. ---

A7+ 9 Acorde....... A 7 +9
Escala........ A B C# D E F# G#
Exemplo 3 V 1 Graus......... I II III IV V VI VII+
2 3
Tríade........ A - C# - E
4

. Ê Ê ÊÊ Alterações.. G# (VII+) - B (IX)

B7 11+ Acorde....... B 7 11+


Escala........ B C# D# E F# G# A#
Exemplo 4 Graus......... I II III IV V VI VII+
1
VII 2

.
2 3 Tríade........ B - D# - F#

ÊÊ Ê
4 Alterações.. A (VII) - F (XI+)

Gm/Bb
X

6
Acorde....... Gm6/Bb
1
2 Escala........ G A B C B E F#
Exemplo 5 4
Graus......... I II III IV V VI VII+

. ÊÊ ÊÊ
Tríade........ G - Bb - D
Alterações.. E (VI)

© Marco Bertaglia
www.violaosambaechoro.com.br
Convenções adotadas para representar acordes

NOME DO ACORDE

NOTAS DO ACORDE – cordas a serem


tocadas

NOTAS ESTRANHAS AO ACORDE –


não devem ser tocadas

BAIXO DO ACORDE – tocado com o


polegar

Para se achar tons com sustenidos (#) ou bemóis (b), basta subir ou descer, respectivamente,
meio tom (1 casa) o desenho escolhido, tomando-se cuidado com as cordas soltas. Veja o exemplo.

© Marco Bertaglia
www.violaosambaechoro.com.br
Powered by TCPDF (www.tcpdf.org)