Você está na página 1de 18

Ecologia – Cadeias e Teias

Lista III – 40 Questões


Professor Charles Reis
Curso Expoente
01. (UEMG) O esquema a seguir caracteriza uma teia alimentar simplificada, com
representantes de espécies que existem no Pantanal. Analise-o.

Observe, abaixo, o gráfico, que mostra a contaminação por mercúrio (Hg) nos tecidos de alguns
organismos dessa teia alimentar, como consequência da poluição dos rios da região,
principalmente por atividade de garimpo.

A cadeia alimentar que substitui, respectivamente, os algarismos 1, 2 e 3 está correta somente


na alternativa:
ORGANISMO 1 ORGANISMO 2 ORGANISMO
3

a Onça-pintada Jacaré Tuiuiú

b Lambari Tuiuiú Onça-pintada

c Piolho Pulga d’água Fitoplâncton

d Jacaré Piranha Lambari

02. (UEPG) Em um ecossistema qualquer existem plantas, gafanhotos que delas se alimentam e
pássaros que se alimentam dos gafanhotos. No solo existem bactérias e fungos que utilizam
como alimento as plantas e animais mortos. Nesse contexto, assinale o que for correto.

I II

0 0 – As plantas representam a base da cadeia alimentar.

1 1 – Os gafanhotos pertencem ao nível trófico dos consumidores primários.

2 2 – Os pássaros devem ser menos abundantes que os gafanhotos.

3 3 – Os fungos e as bactérias representam os decompositores que participam do processo de


reciclagem da matéria orgânica.

4 4 – Os fungos e bactérias representam o ápice da cadeia alimentar.

03. (UDESC) Analise as proposições abaixo, a respeito da energia nos ecossistemas.

I. Organismos fotossintetizantes (como algas e plantas) são capazes de capturar a energia


luminosa do Sol e convertê-la em energia química, que fica armazenada nas moléculas das
substâncias orgânicas. Este processo é chamado de fotossíntese.

II. Em uma cadeia alimentar, a quantidade de energia de um nível trófico é sempre maior que a
energia que pode ser transferida ao nível seguinte, uma vez que todos os seres vivos consomem
parte da energia do alimento para a manutenção de sua própria vida.

III. A transferência de energia na cadeia alimentar é unidirecional; tem início nos organismos
produtores, passa para os consumidores e finaliza com os organismos decompositores.

IV. Os consumidores primários obtêm a energia necessária à sua sobrevivência alimentando-se


diretamente dos organismos fotossintetizantes.

V. Os organismos decompositores obtêm a energia necessária à sua sobrevivência através da


decomposição da matéria orgânica morta.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, IV e V são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.


d) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.

e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

04. (UFU) Considere a cadeia alimentar abaixo.

Capim → gafanhoto → sapo → cobra

Assinale a alternativa correta em relação à cadeia alimentar acima.

a) O gafanhoto é carnívoro.

b) A cobra é consumidor terciário.

c) O sapo é consumidor primário.

d) O capim é heterótrofo.

05. (UCB) Quanto ao esquema abaixo, referente a relações tróficas, julgue os Itens seguir.

I II

0 0 – O animal descrito em E é um consumidor secundário.

1 1 – A é um produtor primário.

2 2 – E está no topo da cadeia alimentar.

3 3 – C é um herbívoro ou um consumidor primário.

4 4 – C é predador de D.

06. (PUC-SP) “No Pantanal, plantas aquáticas servem de alimento para lambaris, pacus e
capivaras. Nesse ambiente, piranhas alimentam-se de lambaris e pacus. Já as ariranhas
sobrevivem, alimentando-se de pacus e piranhas”.

Na teia alimentar descrita no trecho acima, os organismos que ocupam dois níveis tróficos são:

a) Lambaris.
b) Pacus.

c) Capivaras.

d) Piranhas.

e) Ariranhas.

07. (ASCES) Em uma cadeia alimentar, alguns organismos são produtores, e outros são
consumidores ou decompositores. Então, pode-se admitir que:

a) Consumidores finais não possuem predadores naturais.

b) Somente as plantas são organismos produtores.

c) Consumidores primários geralmente são carnívoros.

d) Decompositores realizam fotossíntese ou quimiossíntese.

e) As relações numa cadeia alimentar são harmônicas e interespecíficas.

08. (FUVEST) A figura representa parte de uma teia alimentar em uma plantação de couve,
onde convivem vários tipos de insetos.

Sobre essa teia alimentar, é correto afirmar:

a) Se a população de insetos 1 for eliminada, ocorrerá, inicialmente, uma diminuição na


população de “vaquinhas”.

b) A população de insetos 6 ocupa a posição de decompositor na teia alimentar.

c) As populações de insetos 1, 2 e 3 ocupam a posição de consumidores terciários na teia


alimentar.

d) O aumento da população de insetos 3 poderia auxiliar no controle de uma praga de pulgões.


e) Se a população de insetos 2 for eliminada, ocorrerá, inicialmente, um aumento na população
de insetos 4.

09. (UFT) Avalie a teia ou cadeia alimentar a seguir e marque a alternativa correta:

a) A Lontra é consumidora de segunda, terceira, quarta, quinta e sexta ordens.

b) O Peixe 3 é consumidor apenas de segunda e terceira ordens.

c) As Rãs são consumidoras de terceira ordem.

d) O Peixe 2 é consumidor de terceira ordem.

e) O Urso é consumidor apenas de terceira e quarta ordem.

10. (UFG) Analise o diagrama a seguir.

A teia alimentar representada evidencia as relações interespecíficas de uma comunidade que


ocorre em vários ecossistemas. No caso da retirada dos consumidores secundários, espera-se
inicialmente que a população de:

a) Consumidores primários diminua.

b) Consumidores terciários aumente.

c) Produtores diminua.
d) Consumidores quaternários aumente.

e) Decompositores diminua.

11. (MACK)

Observando o esquema acima, considere as afirmações I, II, III e IV, abaixo.

I. A quantidade de energia de um nível trófico é sempre maior que a energia que pode ser
transferida ao nível seguinte.

II. A energia dissipada de um nível trófico, na forma de calor, pode ser aproveitada pelo nível
trófico seguinte.

III. Em uma cadeia alimentar, a quantidade de biomassa dos produtores é sempre maior do que
a de todos os consumidores.

IV. Consumidores primários são sempre mais numerosos do que os consumidores secundários.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) II e IV.

12. (UERJ) Nos ecossistemas, o fluxo de energia dos organismos produtores para os
consumidores pode ser representado por um diagrama.

Dentre os diagramas acima, o que melhor representa esse fluxo na cadeia alimentar é o de
número:

a) I.
b) II.

c) III.

d) IV.

13. (IFSEP) Um jacaré abateu e comeu um marreco que havia ingerido simultaneamente

algas e um inseto herbívoro. Considerando a ingesta do marreco, pode-se afirmar que o jacaré

ocupa, na cadeia alimentar, a posição de:

a) Consumidor primário e secundário.

b) Consumidor secundário e terciário.

c) Predador secundário e decompositor.

d) Primeiro e segundo nível trófico.

e) Consumidor terciário e superpredador.

14. (CEDERJ) A Cadeia Alimentar é fluxo contínuo de matéria e energia dos seres produtores
aos decompositores, passando ou não pelos consumidores. Com relação à Cadeia Alimentar a
afirmativa correta é:

a) Os Produtores são organismos heterótrofos, capazes de sintetizar seu próprio alimento.

b) Os Consumidores Secundários alimentam-se do resto do alimento deixado pelos


consumidores primários.

c) Os Consumidores Primários se alimentam dos carnívoros menores.

d) Os Consumidores Terciários se alimentam de herbívoros de grande porte.

e) Os Decompositores, saprófitas, são seres heterótrofos que se alimentam da matéria orgânica


morta.

15. (UFPA) Um ecossistema apresenta vários tipos de consumidores que podem interligar suas
vidas formando uma cadeia alimentar. Nesse contexto, considere o ciclo da leishmaniose
tegumentar americana, na qual: o cão infectado atua como reservatório; o mosquito palha
(Phlebotomíneos) atua como vetor; o protozoário parasito (Leishmania sp) é o agente infectante;
e o homem apresenta a doença na forma de ulcerações na pele. Então, é correto afirmar que,
nesse ciclo, existem os seguintes tipos de consumidores:

a) Primários e secundários.

b) Apenas secundários.

c) Secundários e terciários.

d) Secundários e decompositores.

e) Primários, terciários e decompositores.


16. (UESPI)Sobre a cadeia alimentar mostrada abaixo, é correto afirmar que:

a) A cobra é o consumidor final da cadeia alimentar.

b) O fluxo energético diminui do falcão para o gafanhoto.

c) As relações entre a flor e o gafanhoto são harmônicas.

d) O sapo é consumidor terciário.

e) A flor e todos os animais da cadeia serão alvo de organismos decompositores presentes no


solo.

17. (CEFET-S. Paulo) A cadeia alimentar é a transferência de energia ao longo de uma


sequência alimentar. A energia inicial é proveniente do sol, convertida em energia química e
armazenada em moléculas orgânicas que serão transferidas e incorporadas aos demais seres
vivos da cadeia, aumentando sua biomassa. O início dessa sequência alimentar é realizada
pelos:

a) Fungos e bactérias que atuam como decompositores.

b) Seres autotróficos que ocupam a última posição da cadeia alimentar.

c) Seres clorofilados que constituem a base da cadeia alimentar.

d) Seres herbívoros que são classificados como consumidores primários.

e) Seres onívoros que podem ocupar qualquer posição na cadeia alimentar.

18. (UNCISAL) Nas cadeias alimentares, há sempre transferência de matéria e energia. Nos
ecossistemas (aquáticos ou terrestres), essas cadeias terminam sempre com as atividades dos:

a) Decompositores.

b) Carnívoros de grande porte.

c) Consumidores.

d) Produtores.

e) Organismos autótrofos.
19. (UFJF) O Gambá é um mamífero comumente encontrado na Floresta Atlântica e é facilmente
observado perambulando pelas estradas e ruas durante a noite, já que seus hábitos são
noturnos. Vive solitário e alimenta-se de raízes, frutas, insetos, anfíbios, lagartos, serpentes e
aves.

Considerando que as raízes e frutas são produtores, insetos são consumidores primários,
anfíbios e lagartos são consumidores secundários e serpentes e aves são consumidores
terciários, é correto afirmar que:

a) O gambá é um animal onívoro.

b) O gambá está no mesmo nível trófico dos demais consumidores.

c) O gambá é um consumidor quaternário.

d) O gambá está no primeiro nível trófico.

e) O gambá ocupa o mesmo nicho dos demais animais.

20. (UFAL) Os ecossistemas têm sequências de transferência de energia e de matéria a partir


dos produtores. Uma sequência linear em que os organismos servem de alimento uns para os
outros recebe o nome de cadeia alimentar. Numa cadeia alimentar formada pelos seguintes
organismos: capim, capivara, onça, bactérias e fungos; assinale a opção cujo elemento da
cadeia está associado corretamente a seu nível trófico.

a) Capim – decompositor.

b) Capivara – consumidor secundário.

c) Onça – consumidor primário.

d) Bactérias e fungos – produtor.

e) Capim – produtor.

21. (UFRR) Os índios da etnia Yanomami fazem uso de mais de 20 espécies de cogumelos, que
crescem sobre troncos caídos no chão da floresta, cujas hifas nutrem-se das moléculas
orgânicas componentes da madeira morta. Ao ingerirem os corpos de frutificação dos
basidiomicetos, estes índios estão se comportando como:

a) Consumidores secundários.

b) Consumidores primários.

c) Consumidores terciários.

d) Produtores.

e) Decompositores.

22. (UFRR) Uma das características de todo ecossistema é a relação que se estabelece entre os
seres vivos de maneira a suprir suas necessidades energéticas e materiais. Com relação a estes
processos e às substâncias que deles participam, é correto afirmar que:
a) O fluxo de energia e de matéria na cadeia alimentar é unidirecional.

b) Os organismos heterótrofos, ao utilizarem os compostos orgânicos produzidos pelos


organismos autótrofos, liberam oxigênio.

c) O papel dos organismos denominados decompositores, como certas bactérias e fungos, não é
importante, uma vez que transformam as substâncias orgânicas de que se alimentam em
substâncias minerais.

d) O sol representa a fonte de energia para os seres vivos e penetra nos ecossistemas através
dos seres autótrofos.

e) Ao longo da cadeia alimentar há uma transferência de energia e de matéria orgânica dos


organismos heterotróficos para os autótrofos para os níveis tróficos superiores.

23. (FATEC) As relações alimentares entre os diversos organismos de um ecossistema


costumam ser representadas por meio de diagramas, denominados teias ou redes alimentares.
Observe a teia alimentar abaixo.

Com base na figura e nos conceitos de ecologia, considere as seguintes afirmações:

I. Galinhas podem ocupar os níveis II e IV.

II. Bactérias e fungos podem ocupar o nível VI.

III. Minhocas podem ocupar os níveis V e VI.

IV. O ser humano pode ocupar o nível III.

Está correto o contido apenas em:

a) III.

b) II e III.

c) I e IV.

d) I, II e IV.
e) II, III e IV.

24. (UNEMAT) Considere os níveis tróficos abaixo:

I. Produtor

II. Consumidor primário

III. Consumidor secundário

Supondo que o consumidor secundário seja um pássaro, em que forma esse animal deve
receber nitrogênio do nível trófico II e eliminá-lo para o ambiente? Assinale a alternativa correta.

a) Proteínas; ácido úrico.

b) Proteínas; amônia.

c) Proteínas; aminoácidos.

d) Açúcares; ácido úrico.

e) Açúcares; ureia.

25. (UNEMAT) Observe as cadeias alimentares apresentadas abaixo.

Assinale a alternativa que representa a cadeia alimentar que disponibiliza ao homem a maior
quantidade de energia.

a) Cadeia (I).

b) Cadeia (II).

c) Cadeia (III).

d) Cadeia (IV).

e) O homem obtém a mesma quantidade de energia nas quatro cadeias apresentadas.

26. (UEPB) O termo biomanipulação significa controle biológico para a recuperação ou melhoria
das condições ambientais, nas quais pequenas mudanças nas relações biológicas podem
produzir modificações favoráveis.”

Na figura abaixo se observa uma cadeia alimentar de um lago em duas situações, com (B) e
sem (A) piscívoros no topo da cadeia alimentar.
Dessas situações pode-se concluir que:

I. A redução de produtores primários, na situação B, depende diretamente do incremento de


herbívoros, que sofrem fraca pressão de predação por consumidores de primeira ordem.

II. A abundância de algas, na situação A, depende da ausência de piscívoros que liberam o


estoque de consumidores de segunda ordem aumentando seu poder de predação sobre os
herbívoros.

III. A redução de matéria orgânica na base da cadeia, na situação A, promovida em última


análise pela ausência de predadores piscívoros, melhora as qualidade de luminosidade da água
através do aumento de penetração de luz nas camadas mais profundas do lago.

IV. O estoque de piscívoros dentro de um lago pode determinar a quantidade da regeneração ou


depleção de elos subsequentes em efeito cascata em lagos.

Das afirmações acima, são verdadeiras:

a) II e IV.

b) I e IV.

c) III e IV.

d) Somente I.

e) Somente II.

27. (UFCG) A cadeia alimentar, que começa no nível dos produtores, passa pelos consumidores
e conclui-se pela ação dos compositores, corresponde a um processo de contínua transferência
de energia entre os seres de um ecossistema. Com relação a esse assunto, julgue os itens
abaixo.

I. Os produtores são seres fotossintetizantes ou quimiossintetizantes. As plantas, as


cianobactérias e as bactérias são exemplos de produtores.

II. Em uma pirâmide de números, os produtores estão localizados na base, porque o seu número
é sempre maior que o do nível trófico subsequente.

III. Nos ecossistemas aquáticos, as algas são consideradas consumidores primários.


IV. A atividade decompositora é exercida por bactérias e fungos que têm a capacidade de
transformar compostos orgânicos em elementos químicos, liberando energia.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmação(ões) da alternativa:

a) I.

b) II e III.

c) I e II.

d) I e IV.

e) III e IV.

28. (UNIFESP) Quando nos referimos a uma cadeia alimentar, é correto afirmar que:

a) A armazenagem de energia utiliza trifosfato de adenosina apenas nos consumidores e nos


decompositores.

b) Na armazenagem de energia, é utilizado o trifosfato de adenosina, tanto nos produtores


quanto nos consumidores.

c) As organelas celulares responsáveis pela quebra da energia acumulada são diferentes entre
produtores e consumidores.

d) No nível celular, um consumidor primário utiliza energia de forma diferente de um consumidor


secundário.

e) No interior da célula, a fonte de energia para decompositores de plantas é diferente da fonte


de energia para decompositores de animais.

29. (PUC-RIO) O estudo da comunidade do ecossistema marinho de uma faixa litorânea revelou
o esquema montado abaixo.

Quais indivíduos ocupam o mesmo trófico nesta teia alimentar?

a) Algas marinhas, fungos e bactérias.

b) Peixes, crustáceos e moluscos.

c) Golfinhos, moluscos e gaivotas.

d) Peixes, golfinhos e gaivotas.

e) Algas marinhas, crustáceos e moluscos.

30. (UESPI)Sobre a cadeia alimentar mostrada abaixo, é correto afirmar que:


a) O rato silvestre é o produtor.

b) A coruja é consumidor primário.

c) A cobra é um consumidor terciário.

d) Os fungos são decompositores; atuam em todos os níveis da cadeia alimentar.

e) O fluxo de energia crescente é transferido de um nível trófico a outro, como indicado pela
seta.

31. (UEPB) Considerando-se apenas a cadeia alimentar:

ALGAS → COPÉPODES → PEIXES → FRAGATA

e sabendo-se que a fragata voa sobre águas próximas da costa e nidifica em ilhas rochosas, o
que mais se aproxima do conceito de nicho trófico/funcional ocupado por essa ave é dizer que
seu nicho

a) É o mar costeiro, onde obtém o alimento.

b) São as ilhas onde nidificam.

c) É o de consumidor primário na sua comunidade.

d) É o de predador de peixes na sua comunidade.

e)São tanto o mar costeiro como as ilhas.

32. (UFLA) Considere uma cadeia alimentar constituída por produtor, consumidor primário e
consumidor secundário. Uma ação de caça predatória reduziu drasticamente a população dos
consumidores secundários. Diante disso, qual das alternativas abaixo indica corretamenteo que
ocorre com as outras populações imediatamente após esse impacto?

a) Produtor: aumenta / Consumidor primário: aumenta.

b) Produtor: aumenta / Consumidor primário: diminui.

c) Produtor: diminui / Consumidor primário: aumenta.

d) Produtor: diminui / Consumidor primário: não altera.

33. (PUC-CAMPINAS) Ao longo de uma cadeia alimentar, os valores da biomassa:

a) Correspondem ao número de indivíduos em cada nível trófico.


b) Acompanham a quantidade de energia de cada nível trófico.

c) Estão organizados na forma de uma pirâmide invertida.

d) Apresentam-se constantes, mas variam ao longo do tempo.

e) São menores nos níveis tróficos intermediários.

34. (UDESC) A teia alimentar mostrada abaixo apresenta as relações entre os diversos tipos de
organismos. Sobre isso, é incorreto afirmar:

a) Existe apenas um representante dos organismos produtores.

b) Apenas dois organismos representados na teia podem ser considerados como consumidor
secundário e terciário ao mesmo tempo.

c) Fungos e bactérias representam os decompositores.

d) Na teia, os consumidores primários estão representados por dois organismos.

e) Existe apenas um consumidor estritamente secundário.

35. (PUC-SP) Em uma cadeia alimentar, o homem se comportará como consumidor primário e
secundário se sua dieta contiver:

a) Leite de cabra e frango grelhado.

b) Salada de verduras e suco de laranja.

c) Carne de soja e arroz integral.

d) Sopa de legumes e salada de frutas.

e) Batata frita e bife de alcatra.

36. (UEMS) No Pantanal existe um grande número de ecossistemas aquáticos, formados por
rios, lagoas e áreas inundáveis. Dá-se o nome de fitoplâncton à comunidade de algas
microscópicas que crescem abundantemente nesses ambientes. Esses organismos exercem em
seus ecossistemas a função de:

a) Consumidores primários.
b) Consumidores secundários.

c) Consumidores terciários.

d) Produtores primários.

e) Decompositores.

37. (U. S. Judas Tadeu-SP) Considere a seguinte cadeia alimentar:

ALGAS → MICROCRUSTÁCEOS → MOLUSCOS → PEIXES → URSOS

Caso a água seja contaminada por DDT, os organismos que após algum tempo apresentarão
maiores concentrações dessas substâncias serão:

a) As algas.

b) Os microcrustáceos.

c) Os moluscos.

d) Os peixes.

e) Os ursos.

38. (UFMA) Na teia alimentar constituída por insetos, lagartixas, seriemas e guarás, a destruição
da população de seriemas provocaria:

a) Aumento da população de guarás, insetos e lagartixas.

b) Diminuição da população de lagartixas e aumento da população de insetos.

c) Diminuição da população de lagartixas e aumento da população de guarás.

d) Diminuição da população de inseto e lagartixas.

e) Aumento da população de lagartixas e diminuição da população de insetos e guarás.

39. (UFAC) Observe a rede alimentar hipotética representada na figura abaixo.

Na rede alimentar acima:

I. Existem três espécies autotróficas e seis heterotróficas.


II. Existem duas espécies autotróficas e sete heterotróficas.

III. O ser humano é onívoro por ser consumidor primário na sequência A → B e consumidor
secundário na sequência A → C → B.

IV. Morcego, pássaro, águia, onça e lebre são todos espécies carnívoras.

V. Gafanhoto e lebre são espécies herbívoras.

VI. Existem sete cadeias alimentares.

São afirmativas verdadeiras:

a) apenas I, II, III, V e VI.

b) apenas II, III, IV, V e VI.

c) apenas III, IV, V e VI.

d) apenas II, III, V e VI.

e) apenas II, III, IV e VI.

40. (UFSCar) No exemplo de cadeia alimentar da ilustração abaixo, supondo que o peixe
abocanhado pelo jaburu se alimente de plantas aquáticas, podemos considerar que:

a) A maior quantidade de energia disponível está no nível trófico do peixe.

b) O nível trófico do jaburu apresenta menor quantidade de energia disponível que o do jacaré.

c) A menor quantidade de energia disponível está no nível trófico do jaburu.

d) A quantidade de energia disponível nos níveis tróficos do peixe e do jacaré são equivalentes.

e) A quantidade de energia disponível no nível trófico do peixe é maior que no nível trófico do
jaburu.

GABARITO

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
B VVVVV E B FFVVF E A D A C

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

B C B E C E C A A E

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

A D D A B A A B C D

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40

D C B E E D E E D E