Você está na página 1de 94

a p o s t i l a de

GEO-HISTÓRIA DE GOIÁS
o f e s s o r
H
p r
P
BÁSICO P/ CONCURSOS
2018/2
PH
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA,
GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA
DO ESTADO DE GOIÁS E DO BRASIL
(Lei nº 14.911/2004):
Formação econômica de Goiás: a mineração no século XVIII, a agropecuária nos
séculos XIX e XX, a estrada de ferro e a modernização da economia goiana, as
transformações econômicas com a construção de Goiânia e Brasília
industrialização, infraestrutura e planejamento. Modernização da agricultura e
urbanização do território goiano. População goiana: povoamento, movimentos
migratórios e densidade demográfica. Economia goiana: industrialização e
infraestrutura de transportes e comunicação. As regiões goianas e as
desigualdades regionais. Aspectos físicos do território goiano: vegetação,
hidrografia, clima e relevo. Aspectos da história política de Goiás: a
independência em Goiás, o coronelismo na República Velha, as oligarquias, a
Revolução de 1930, a administração política de 1930 até os dias atuais. Aspectos
da História Social de Goiás: o povoamento branco, os grupos indígenas, a
escravidão e cultura negra, os movimentos sociais no campo e a cultura popular.
Atualidades econômicas, políticas e sociais do Brasil, especialmente do Estado
de Goiás.
a) Entrada: Expedição de bandeirantes financiadas com o
GEO-HISTÓRIA DE GOIÁS capital do governo (coroa) com intuito de encontrar
“Quanto maior a dificuldade, tanto maior o mérito”. ouro, pedras preciosas ou índios. Esse tipo de expedição
Pedro Ludovico foi em menor número, pois o governo português não
queria ariscar seu capital sem a certeza de obter lucros,
pois o ouro só foi encontrado no século XVIII, no Brasil.
b) Bandeira: expedição organizada, na maioria das vezes,
com capital privado, com a finalidade de encontrar
índios, ouro ou pedras preciosas. Esse tipo de campanha
foi mais freqüente, porque a coroa não tinha nada a
perder, e sempre incentivava e autorizava os que
quisessem se aventurar nessa empreitada. As bandeiras
eram expedições organizadas militarmente, onde os
participantes contribuíam com parcela de capital
representado por escravos, e o governo entrava com
alguns militares da coroa(Isso garantia a segurança da
expedição e o retorno dela, caso encontrasse ouro).
c) Descidas: Essas expedições vinham do Norte (Pará) até
o Interior do país (Sertão) para capturar índios e drogas
do sertão para suas aldeias, nas missões da Amazônia.
Geralmente, as descidas eram comandadas pelos
jesuítas que aproveitavam essas viagens para
expandirem o cristianismo no novo continente, através
da catequização dos índios e lucrarem com a venda das
ervas medicinais, que só existiam nos países tropicais
como o Brasil. Essas ervas medicinais (chamadas de
Drogas do Sertão) eram muito valorizadas na Europa.
Os jesuítas também tinham o costume de fazer mapas
da região, onde eles passavam, e levando ao
conhecimento da região. Esses mapas foram muito
utilizados pelos bandeirantes.
d) Monções: Qualquer tipo de expedição (Entrada,
Bandeira ou Descida), desde que acompanhasse o curso
dos rios, como caminho para o sertão (interior).

GOIÁS ANTES DA MINERAÇÃO


Desde o primeiro século de colonização do Brasil,
EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL a região de Goiás foi percorrida pelas Bandeiras e pelas
Descidas; mas só no século XVIII, com a mineração,
iniciou-se a ocupação efetiva do território goiano pelos
No início, os colonizadores portugueses portugueses.
concentraram-se no litoral com a extração do pau-brasil, A mentalidade Mercantilista do governo
depois no Nordeste brasileiro plantando a cana de açúcar, concentrava todos os esforços na produção do ouro; com
nesse período existiam Bandeiras de caça ao índio para essa finalidade, proibia ou dificultava outros ramos
escravizar. Com o passar do tempo, a cana começou a econômicos (Ex:proibia os engenhos de açúcar em Goiás).
entrar em decadência e a população transferiu-se para o Em Goiás, ocorreu a supervalorização do “mineiro”
Sudeste. A partir daí o Brasil começou a expandir seu (proprietário das lavras e escravos). Ser mineiro era a
território, levando à descoberta de ouro em Minas Gerais, profissão mais honrosa, significava a classe alta, todos
Mato Grosso e Goiás. queriam ser mineiros e ninguém queria ser chamado de
São vários os fatores que levaram a essa expansão, “roceiro” pois a agropecuária era desprezadas.
como a: A primeira Bandeira de que se tem notícia em
*União Ibérica 1580-1640 – Em 1578 D. Sebastião terras goianas data de 1590-93, sob o comando de
morreu na batalha de Alcácer-Quibir (Marrocos) durante Domingos Luis Grau e Antônio Macedo. Depois desta, várias
uma batalha cruzadista, com isso o rei da Espanha, Filipe outras estiveram em Goiás, como:
II, assume o trono português em 1580. Acabando com o  Sebastião Marinho- 1592;
Tratado de Tordesilhas (esse período é conhecido,  Domingos Rodrigues- 1596-1600;
literatura, como Sebastianismo) e levando à decadência do  Nicolau Barreto- 1602-04;
açúcar no Brasil.  Belchior Dias Carneiro- 1607;
*Criação de gado - Iniciou-se no Nordeste (Bahia e  Martins Rodrigues- 1608-13;
Pernambuco) e acompanhou o curso do rio São Francisco  André Fernandes- 1613-15;
(pela grande quantidade de pastagens naturais) até o  Lázaro da Costa- 1615-18;
interior do Brasil (sertão), levando ao povoamento das  Antônio Pedroso de Alvarenga- 1615-18;
regiões de M.G., M.T. e, depois, Goiás. Obs.: O rio São  Francisco Lopes Buenavides- 1665-66;
Francisco também é conhecido como Rio dos Currais e  Antônio Pais- 1671;
Velho Chico.  Sebastião Pais de Barros e Bartolomeu Bueno da
*Drogas do Sertão - Os jesuítas vieram até o interior do Silva(pai)- 1673;
Brasil a procura de ervas medicinal. Eles partiam OBS.: muitas bandeiras não foram registradas.
geralmente do Pará, com as Descidas e penetravam até o As Descidas
interior da Amazônia. A primeira foi coordenada pelo padre Cristóvão de Lisboa,
*Bandeirismo - Expedições de bandeirantes que saiam de em 1625. Depois, vieram:
SP para o interior do Brasil à procura de ouro ou cativar  *Pe. Luis Filgueira- 1636;
índios para serem escravizados.  *Pe. Antonio Ribeiro e Pe. Antônio Vieira-1653;
Tipos de bandeiras:  *Pe. Tomé Ribeiro e Francisco Veloso-1655;
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
 *Pe. Manuel Nunes- 1659;
 *Pe. Gaspar Misch e Ir. João de Almeida- 1668; ROTAS E SUAS HISTÓRIAS
 *Pe. Gonçalo de Vera e Ir. Sebastião Teixeira- 1671; As grandes estradas que rasgam o Brasil escondem
 *Pe. Raposo- 1674; muito mais aventuras do que mostram suas placas e sinais.
 *Pe. Manuel da Mota e Pe. Jerônimo da Gama- 1721- A cada passo deparamos com uma paisagem diferente,
22; cada encruzilhada leva a regiões marcadas pelas histórias
OBS.: nem as bandeiras, nem as descidas, vinham para se do Brasil. Quem parte de São Paulo e segue pela via
fixar na terra. Anhangüera, rumo a Campinas, percorre trechos do antigo
Os fatores que motivaram os bandeirantes virem Caminho para as Minas de Goiás (ou Caminho dos
para Goiás Goiases).
-Buscar um caminho por terra para chegar a
Cuiabá (M.T.), pois Goiás localizava-se entre a região das
Minas Gerais e a região das minas de Cuiabá;
-Crenças populares de que em Goiás haveria ouro
(Goiás fica entre as regiões mineradoras de M.T. e M.G.);
-Momento político favorável(a coroa precisava de
novas fontes de riquezas), pois Portugal estava passando
por dificuldades econômicas.
Descoberta do Ouro:
-Em 1693 ,o bandeirante paulista Antônio Rodrigues Arzão,
02
encontra ouro Sabará, M.G.;
-Em 1718 , Pascoal Moreira Cabral descobriu ouro em
Cuiabá, M.T.; Aberto em 1725 por Bartolomeu Bueno da Silva,
era usado pelos bandeirantes que iam explorar o ouro da
região central do Brasil. Mas esse caminho tinha sido
traçado com objetivos bem mais ambiciosos: fazia parte
das estratégias de integração e domínio territorial do
governo português. Era preciso proteger as minas auríferas
e impedir o avanço dos espanhóis pelas fronteiras do sul.
Com a abertura do Caminho dos Goiases, pretendia-se
articular estradas como o Caminho do Viamão com a bacia
hidrográfica do rio Paraná, a fim de fundar povoados, vilas
e cidades no eixo dessas estradas e incentivar a agricultura
de cana-de-açúcar. Essa política surtiu grandes efeitos na
- Em 1673 veio para Goiás uma expedição chefiada pelos
capitania de São Paulo, durante o governo de Morgado de
bandeirantes Bartolomeu Bueno da Silva(pai) e Sebastião
Mateus ( 1765-1775 ). Vilas como Campinas, Jundiaí e
Pais de Barros, essa bandeira saiu de S.P. percorrendo
Moji-Mirim foram fundadas; os engenhos de açúcar se
vários caminhos(rios Tiete, Paranaíba e Tocantins). Mas o
multiplicaram e as regiões Sul e Sudeste atingiram limites
ouro encontrado era de pouco valor(ouro de tolo), e com
próximos aos de hoje.
isso Bartolomeu morreu pobre e desmoralizado perante a
Há outras estradas da época das bandeiras: a
sociedade mineradora brasileira.
Raposo Tavares, a Fernão Dias... Mas hoje seus trajetos
Depois que várias Bandeiras de caça ao índio e de
são percorridos em alta velocidade, revelando apenas
mineração percorreram o solo goiano, Bartolomeu Bueno
fragmentos de paisagens. Suas histórias se diluem e se
da Silva(filho), o Anhangüera, (1670-1740), João Leite da
apagam a cada curva, a cada morro. É parar e ver o tempo
Silva Ortiz e João de Abreu(irmão de Ortiz) conduziram
correr.
uma expedição para procurar ouro na região, composta
por:
- 500 homens (brancos,negros e índios,homens livres e
POVOAMENTO DE GOIÁS
escravos); Após a descoberta do ouro deu-se o início do
- Mulas e cachorros; povoamento de Goiás pelos paulistas, estes tiveram vários
- Um padre e nenhuma mulher (havia índias que foram obstáculos, como:
aprisionadas no caminho).  A distância dos grandes centros urbanos do Sudeste(as
Essa expedição partiu no dia 3 de julho de 1722 e vezes as viagens demoravam até 3 meses);
no dia 26 de julho de 1725 chegou as margens do Rio  O desconhecimento da região goiana(muitas expedições
Vermelho(Rio das Cambaúbas) próximo à Serra D’ourada, se perdiam pelo caminho);
onde encontrou um veio de ouro, dando início ao  O despovoamento e a situação de isolamento da região;
povoamento de Goiás.Quando essa expedição chegou a  A irregularidade dos rios(os rios goianos não são
Goiás só restavam 120 homens, o restante morrera no navegáveis);
caminho por vários motivos como:fome,doenças,ataques  Os índios hostis que atacavam as expedições paulistas;
de animais e índios, e longos períodos de seca. Assim que  Falta de estradas para Goiás;
descobriu ouro Bartolomeu fincou uma cruz(A Cruz do  Secas e falta de alimentos;
Anhanguera) marcando a presença do homem branco e ** Cidade de Goiás, século 19, em desenho de William
dado início a colonização de Goiás. Burchell.,
Poucos meses depois da volta da bandeira,
organizou-, em São Paulo, uma nova expedição para as
minas. Bartolomeu Bueno voltava, a Goiás, com o título de
superintendente das minas, e Ortiz com o de guarda-mor.
Entre 1722 e 1725, foram descobertas as jazidas
de Sant’Anna, Ouro Fino, Barra, Anta, Santa Rita, Santa
Cruz, Meia Ponte, Jaraguá, Corumbá e Araxá.Com isso, a
região aurífera de Goiás passou a receber um grande fluxo
migratório. Em 1726, Bartolomeu fundou o Arraial Nossa
Senhora de Sant’Anna( elevada a categoria de Vila “Boa”
2
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
em 1739) e depois cidade de Goiás que estava vinculado Mas, somente no final do século XVIII, após muita
politicamente à Capitania de São Paulo,este foi o primeiro resistência à custa de incontáveis baixas, os caiapós
arraial goiano e capital de Goiás até 1933. Encravada nas remanescentes foram aldeados nas reduções de D. Maria I
montanhas e construída em solo rochoso, a cidade de e São José de Mossâmedes. Essa reduções eram aldeias
Goiás, tinha de encanto os casarios coloniais, cujos quintais criadas pelos jesuítas para reunir os indígenas com o
terminavam em córregos de água fresca (como rio objetivo de catequiza-los.
Vermelho ). Durante a administração da Metrópole pelo
Nos salões da oligarquia, herdeira da riqueza criada Marquês de Pombal, no reinado de D. José I (1750-1777),
pela exploração do ouro, falava-se tanto o francês quanto os jesuítas foram expulsos e o chamado Regimento das
português, as igrejas construídas por escravos (financiadas Missões (ou Reduções) foi anulado. Com isso, a
pelos mineradores) ostentavam imagens barrocas pintadas responsabilidade pelos assuntos indígenas passou para a
a ouro, obra do escultor Veiga Valle. Mas o luxo dos livros e administração leiga. Foi nomeado um diretor dos povoados
sedas importadas convivia com a desesperança de uma indígenas e as reduções foram elevadas à condição de
cidade onde, nas primeiras décadas deste século, já não se vilas.
construía mais do que uma casa por ano, e nas noites de A política pombalina em relação aos indígenas
luar, o lirismo das serenatas era pontuadas pelos gemidos visava persistir nas tentativas de conquistar pacificamente
da febre, provocada pelos esgotos a céu aberto. os grupos indígenas para explorar sua mão-de-obra na
Esse povoamento foi marcado por quatro lavoura. A guerra somente deveria ser usada quando não
características básicas: houvesse outra alternativa. É claro que para as autoridades
 Irregular; locais foi relativamente fácil encontrar argumentos para
 Instável; justificar as matanças que continuaram a ocorrer. Nesse
 Sem Planejamento; contexto, a força da espada acabou por impor o domínio do
 Rápido. branco sobre o índio(segundo Palacin), levando a dizimação
Em 1727, foi edificada a primeira capela goiana: do nativo de várias formas, como:
Capela de Sant’Anna, erguida por Bartolomeu. Em 1743,  Ocupação das terras dos índios;
sob iniciativa do ouvidor-geral de Goiás, demoliu-se a  Escravização dos mais pacíficos;
capela, e no mesmo local(Praça do Jardim), houve a  Choques intermitentes com as tribos indomáveis;
construção da Igreja de Sant’Anna, a catedral da cidade de  Aldeamento de pequenos grupos, que definhavam
Goiás. Essa atitude do ouvidor-geral foi justificada pelo rapidamente no regime de semi-cativeiro;
crescimento da população na região  Cruzamentos raciais, sobretudo através dos índios
Zonas de povoamento em Goiás:(Arraiais)  cativos;
NA REGIÃO SUL  Suicídios coletivos (forma de resistência à escravidão);
1726 Sant’Anna(Vila Boa), hoje cidade de  Degeneração e extinção dos índios;
Goiás  Doenças trazidas pelos brancos;
 Destruição do meio onde eles viviam.
1729 Santa Cruz
1731 Meia Ponte(Pirenópolis)-Chegou a PRINCIPAIS TRIBOS
disputar com Vila Boa a sede do Governo
*caiapós – nação bravíssima e muito numerosa
1734 Crixás que com seus ataques dificultou o aumento da capitania.
1737 Córrego do Jaraguá Eram valentes e guerreiros. Admitiam o divórcio e a
1746 Santa Luzia(Luziânia) poligamia; contavam os meses pelas luas. Quando morria
1741 Pilar alguém da tribo, faziam danças e se tingiam de negro,
1774 Bonfim demonstrando seus sentimentos.Inimigos mortais dos
NA REGIÃO NORTE xavantes., *xavantes – nação mais feroz e numerosa.
Embora numerosos, andavam dispersos pelas matas, entre
1730 Maranhão
os rios Araguaia e Tocantins. Cruéis e roubadores,
1732 Águas Quentes
*goyazes(deu nome a Goiás) – índios que tinham a pele
1734 Natividade
mais branca que os demais, vivendo nas vizinhanças da
1735 Traíras e São José do Tocantins Serra Dourada, pacíficos(atualmente extintos), *crixás,
1736 Cachoeira e São Félix *araé, *canoeiros – nação muito cruel, guerreia, e que
1738 Porto Real não sabia fugir, resistindo nos seus combates até morrer.
1740 Arraias e Cavalcante Além de arco e flecha, usavam lanças compridas, dentadas
1746 Carmo nas extremidades e adoravam carne de cavalo, que era seu
1749 Cocal mais saboroso alimento, *apinagé, *capepuxis – nação
Esse povoamento foi marcado por um confronto indolente e preguiçosa, que não plantava e só vivia da
entre o Branco(“colonizador”) e índio, é claro que este caça, pesca e roubos, que faziam de seus vizinhos,
último sempre saía perdendo. Como a maioria das tribos *xacriabá, *acroá, *carão, *coroá-mirim, *temembó,
mostrava-se resistente às tentativas de dominação, fosse *tapiropé, *carajá, *javaé, *carajaí, *gradaí, *tessemedu,
combatendo os bandeirantes ou evitando o assédio dos *amadu, *guaia-guassu, *xerente, *carijó, *aricobé,
jesuítas, as autoridades declararam a Guerra Justa, ou *macamecran, *noraguajé, *afodige, *otogé, *garahus-
seja, a guerra de extermínio. aussu, *guanayrissu, *guapindae, *coriti, *tapaguá,
Contra os caiapós foram enviadas bandeiras de *bororó e *xerente de quá.(35 tribos).
Sertanismo de Contrato, em que os bandeirantes recebiam Contudo, a arqueologia nos mostra que a região de
terras ou ouro para exterminar grupos indígenas Goiás já era habitada por volta de 9.000 ªC. Mas, em 1986,
resistentes ou quilombos. cientistas e instituições de pesquisa de renome da França e
Primeiro foi a bandeira de Antônio Pires de Campos, dos Estados Unidos se mobilizaram para apoiar ou
com seus quinhentos índios bororós, que atacou os caiapós contestar a teoria segundo a qual o sítio arqueológico
pela quantia de uma arroba de ouro. Pouco depois foi a vez encontrado no projeto Serra Geral, no limite de Goiás com
de Manuel de Campos Bicudo, considerado um experiente a Bahia, mostraria sinais de atividade humana bem mais
explorador de ouro e caçador de índios e que costumava antiga, coisa de há 43 mil anos.
despovoar aldeias inteiras. A tese, se comprovada, seria o suficiente para no
mínimo, colocar em xeque todas as teorias até então

3
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
aceitas sobre o povoamento do continente americano e que A exploração do ouro goiano e seu reflexo no
dão como data provável de 15 mil anos atrás. comportamento da pecuária, registrou três momentos
As populações pré-históricas do Planalto Central distintos: o apogeu das minas, de 1725 a 1753, quando a
eram divididas em grupos bem pequenos, com estrutura pecuária era usada apenas para matar a fome; a crise na
familiar, que os cientistas chamam de “microbando”. mineração, de 1753 a 1777, época em que a pecuária
Eles explicam esta limitação populacional ( no passou a ser um instrumento para diminuir as calamidades
máximo duas ou três famílias vivendo juntas ) como uma e a decadência do ciclo aurífero, de 1788 a 1822, fase na
decorrência da falta de tecnologia para a construção de qual a pecuária finalmente descobriu seu poder econômico.
aldeias, o que as obrigava a viver nos abrigos naturais. No período do apogeu, a cultura da pecuária foi
Mesmo assim, havia ocasiões em que esses bandos se altamente controlada pelos representantes da coroa
juntavam em agrupamentos maiores, geralmente nos portuguesa, que interpretavam esse segmento econômico
períodos secos, quando se conclui que eles já como forma de concorrência à exploração do ouro e certeza
experimentavam algumas formas de festejos. Também era na diminuição dos dízimos. Além disso, os portugueses
nos períodos secos que esses indivíduos mais se achavam que a pecuária fomentava o contrabando,
distanciavam de cavernas, para explorar outros tipos de principalmente pelas picadas que levavam aos currais da
ambientes, como as margens dos grandes rios, onde Bahia, instalados às margens do rio São Francisco(Rio dos
exerciam a atividade da pesca, caça e coleta de frutos e Currais). Vários bandos ( os decretos eram assinados pelos
raízes. capitães-generais da Capitania de São Paulo, pois somente
No Brasil, no período da chegada dos europeus, a 8 de novembro de 1749, com a posse de Dom Marcos de
havia aproximadamente 200 mil índios, e no Centro-oeste Noronha, é criada a capitania de Goiás, desmembrando-a
cerca de 40 mil nativos, já em Goiás havia perto de 5 mil da jurisdição paulistana) foram enviadas aos
indivíduos(índios). Havia grupos nômades (caçadores, superintendentes das minas de Goiás, proibindo e punindo
coletores e usavam instrumentos lascados para com rigor a entrada em terras goianas de pessoas, gêneros
conseguirem seus alimentos) e sedentários (com cerâmica, alimentícios e gado por outros caminhos senão aquele que
horticultura, roçados e campos de caça e coleta). saía de São Paulo, controlado por vários registros.
A pecuária nesses anos era mera coadjuvante da
exploração do ouro. Somente acontecia na medida
necessária para alimentar bocas, essas mais ávidas da
fome pelo metal amarelo. Sem contar que havia por parte
dos próprios mineradores, um arraigado preconceito por
essa iniciativa, que a interpretavam como menos honrosa
do que a exploração do ouro, entendendo-a como perda de
status. as necessidades de ambos os lados moveram
moinhos do preconceito.
No contexto histórico do século XVIII destinava-se
a Goiás o papel de região exportadora de ouro. A
agricultura e a pecuária (regiões criadoras de gado: Rio
Verde, Jataí, Morrinhos, Catalão, Caiapônia e Luziânia)
estavam em segundo plano, com veremos neste
documento.
Antônio Ferraz de Araújo, o precursor da pecuária
goiana, foi o segundo filho do casal Manoel Ferraz de
DOCUMENTO
Araújo (natural da cidade do Porto, Portugal) e Verônica
BANDO: - Pedro Mathias Sigar, escrivão da
Dias Leite. No ano de 1678, casou-se na Vila Sant’Ana do
superintendência d’estas minas dos Goyaz, etc. Certifico
Parnahyba (SP) com Maria Pires Bueno, filha de Bartolomeu
que em meu poder e cartório se acha um bando, que
Bueno da Silva(pai) e Isabel Cardoso. Fez parte da histórica
mandou lançar o superintendente d’estas minas, prohibindo
bandeira do cunhado Bartolomeu Bueno da Silva(filho), o
aos moradores d’ellas o terem canaviaes de assucar,
Anhangüera, que no dia 3 de julho de 1722 saiu de São
fazerem aguardente, o qual é do theor seguinte
Paulo e vagou pelos sertões dos goyazes sofrendo todo tipo
“Bartolomeu Bueno da Silva superintendente e Guarda-mór
de infortúnio durante três anos, três meses e dezoito dias.
d’estas minas de Goyaz, n’ellas provedor das fazendas dos
No mês de julho de 1726, Ferraz veio novamente
defuntos e ausentes, tudo na forma das ordens de
acompanhando o cunhado Bartolomeu em sua segunda
S.M.;etc. Porquanto tenho recebido carta do governador e
incursão às terras goianas. Porém, ele só chegaria à futura
capitão-general da capitania de S. Paulo e suas minas,
terra de Vila Boa, alguns dias depois da chegada da
Antônio da Silva Caldeira Pimentel, em qual me declara que
bandeira de Bueno, conduzindo porcos e vacas de leite,
S.M.”que Deus guarde, por repetidas ordens tem prohibido
vendidos literalmente a peso de ouro(o valor de uma vaca
haver cannas deassucar, engenhocas e as suas destilações
era de duas libras, ou 919 gramas de ouro, e o porco valia
de aguas ardentes en minas, e com especialidade n’estas
286 gramas. Essa é a primeira informação histórica que
dos Goyaz, por principiarem de novo, e lhe constava que
temos a respeito da entrada de gado em solo goiano.
muitos moradores d’estas minas tinham em suas roças e
Antônio Ferraz de Araújo foi nomeado, em 1728,
fazendas, mandasse logo queimar e destruir adita planta de
por Bartolomeu Bueno, para administrar o Arraial de
canna. Pelo que mando nenhuma pessoa de qualquer grão
Sant’Ana, futura Cidade de Goiás. Provavelmente Ferraz,
e condição que seja, não tenha em suas roças e fazendas a
insatisfeito com a perda do título de superintendente das
referida planta de canna, e os que tiverem, a destruirão e
Minas de Goiás, que ostentava o cunhado Bueno, e o seu
queimarão logo, para que lhes concedo o tempo de
afastamento da administração do Arraial de Sant’Ana, no
sessenta dias, com a comunicação de que não fazendo,
ano de 1733, resolve empreender novas aventuras. Neste
denunciando-se que a tem, provando-se, pagará a pessoa
intento, funda, em 1734, as minas de Natividade, cidade
que comprehendida cem oitavas de ouro, que a aplicarão
hoje localizada no Tocantins. Por volta do ano de 1744,
para as obras da matriz d’espezas da justiça, e outrossim
contratado pela administração das minas de Goiás,
será preso na cadeia, donde estará 30 dias. E para que
organiza ataque aos índios caiapós, que foram se refugiar
ninguém possa allegar ignorância, etc., 13 de junho de
na Capitania de Mato Grosso. O local e a data do seu
1732. Bartolomeu Bueno da Silva” .
falecimento infelizmente não são conhecidos.
(“Entretanto seria inútil que os colonos plantassem

4
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
milho, feijão e arroz em maior quantidade do que a  As técnicas rudimentares (e precárias) empregadas na
necessária para alimentar suas famílias, pois esses extração do ouro;
produtos não encontram comprador. É a criação de gado  Contrabando de ouro;
que constitui atualmente a fonte de renda mais segura dos  Falta de investimentos(todo ouro produzido aqui era
fazendeiros de Santa Luzia (Luziânia), mas nem por isso levado para a metrópole);
são grandes os lucros obtidos, não só porque eles precisam  Excesso, e altas taxas, de impostos cobrados às
dar sal aos animais se quiserem conservá-los, mas populações das regiões auríferas.
principalmente porque as fazendas ficam distantes demais
dos mercadores que poderiam compra-los”... Os Impostos Cobrados Em Goiás
O sistema de capitação, instituído em 1736,vigorou
Adaptado de SAINT-HILAIRE, A.). até 1751, na tentativa de evitar o contrabando. Esse
sistema consistia no pagamento de uma quantia por cabeça
Toda força de trabalho deveria ser destinada à de escravos possuídos; a quantia era fixada por escravo. A
mineração, única atividade valorizada e compensatória, partir de 1751, voltou-se ao pagamento do quinto, que
motivando o deslocamento desses trabalhadores das consistia na cobrança da quinta parte de todo ouro extraído
regiões mais distantes do país para Goiás. , o qual deveria ser levado às Casas de Fundição de Vila
No entanto, é justamente no período da Boa(instalada em 1751) e São Félix(instalada em
decadência do ouro que a sociedade ruraliza-se em busca 1754,mais tarde transferida para Cavalcante em 1796),
de duas vertentes econômicas: a pecuária e a agricultura. E pois todo ouro, para sair da Capitania, deveria ser fundido
estas atividades apareciam não mais objetivando apenas a em barras, ter o carimbo da coroa e uma guia para
subsistência, mas sim como ação econômica. Até hoje são exportação.Essas Casas de Fundição foram extintas em
uma fonte vital para o PIB goiano e Goiás é conhecido 1807.
nacionalmente pela força de sua pecuária e agricultura. Para agravar situação, o governo não possuía uma
A região norte da Capitania de Goiás antecedeu a força repressiva capaz de conter o clima de banditismo em
exploração da pecuária em detrimento ao sul. Algumas terras goianas. Com um pequeno Regimento dos Dragões,
premissas justificam tal acontecimento. que mesmo assim consumia perto de 2/3 da debilitada
As minas de ouro do norte, apesar de férteis, não receita do Estado, era impossível modificar o clima
conseguiam sobrepujar em qualidade as lavras do sul. As existente, até porque essa pequena força repressiva ainda
alternativas de subsistência que sobravam eram a pecuária tinha outras funções, como a segurança interna, a
e a agricultura. As terras não eram boas para o plantio, vigilância das fronteiras, o patrulhamento das regiões
lembrando que na época não havia os atuais recursos de diamantíferas, o transporte dos quintos e até a arrecadação
correção e revitalização do solo. Portanto, a opção final era dos impostos. Com todas essas funções, a situação gerada
a pecuária, ainda nos moldes de subsistência. Em acabava inviabilizando trabalho repressivo. Sem dúvida, o
contrapartida, a região sul goiana, dadas à qualidade de contrabando e a violência eram a tônica da região.
suas terras, teve como opção principal a agricultura,
trilhando o caminho inverso do norte. Além do quinto(20% da produção de ouro) e da
capitação(imposto cobrado por cabeça de escravos), havia
A MINERAÇÃO EM GOIÁS outros impostos como:
 ENTRADAS-sobre a circulação das mercadorias(roupas,
A maior concentração aurífera em Goiás deu-se em ferragens, sal e até alimentos);
torno das serras dos Pirineus e Dourada.O ouro era  DÍZIMOS-sobre a décima parte da produção
descoberto por acaso e no início apenas as camadas de agropecuária(pois o governo não queria que a
superfície eram exploradas de várias formas, como: O ouro agropecuária se desenvolvesse muito em áreas
era encontrado em veios d’água(regatos), nos mineradoras, ficando sempre em segundo plano);
taboleiros(bancos de areia) e nas grupiaras(cascalho ralo).  PASSAGENS-sobre o trânsito nos rios( isso dificultava
O período minerador teve por base trabalho escravo, e a ainda mais o trânsito para Goiás);
Coroa portuguesa tomou medidas quanto às jazidas  OFÍCIOS-sobre lotação de cargos públicos(a prática de
minerais, tentando evitar o ençambarcamento(demarcação) comprar cargos públicos era comum em terras goianas);
dessas jazidas numa extensão superior à capacidade de  SIZAS-sobre o comércio de escravos(esse imposto era
exploração dos mineradores. cobrado em todo Brasil, isso levava ao aumento do
Essa medida teve por objetivo “incentivar o maior contrabando de escravos);
número possível de mineradores, com vistas obviamente à  FORO-imposto pago pelo uso dos terrenos e
extração de mais elevadas quantidades do metal precioso”. casas(espécie de IPTU).
As principais jazidas foram descobertas em: Sant’Anna,
Ouro Fino, Barra, Anta, Santa Rita, Santa Cruz, Meia Ponte, Apesar de tantos tributos, a crise de arrecadação
Jaraguá, Corumbá e Araxá. Alem de ouro, Goiás também era constante, principalmente após a década de 1770, com
apresentava grandes concentrações de xisto, quartzífero, a decadência da mineração goiana e também pela pratica
xisto micácio(útil na produção do aço) e pedras preciosas. da corrupção dos fiscais. A crise na mineração acabou por
A produção de ouro em Goiás não foi uniforme e levar o goiano à agricultura e a pecuária de
realizou-se numa curva que teve seu início em 1725,seu subsistência(estas já existiam desde o início da mineração),
apogeu em 1750, e sua decadência já em 1770. mas as dificuldades eram de toda ordem. Comprava-se e
A região mineradora de Goiás foi a terceira em vendia-se o estritamente necessário.
produção de ouro no Brasil(ficando atrás de M.G. e M.T.), e Goiás importava o sal, o ferro, a pólvora e os
teve seu esgotamento rápido,causado por vários fatores tecidos, e exportava o algodão, o açúcar, a marmelada, os
como: couros e o gado. Se o comércio externo estava prejudicado
 O esgotamento rápido das minas; pela dificuldade de transportes, pela falta de produção
 A carência de mão-de-obra; agrícola e pela diminuição do ouro, o comércio interno
 A má administração da região; também tinha os seus problemas, como a falta de moeda
 Altos custos no transportes; para troca de mercadorias, o baixo poder de compra dos
 Estradas precárias; moradores e a economia de subsistência.Tudo isso
 Longas distâncias dos grandes centros; contribuía para o isolamento de Goiás, que era “terra de
 Falta de alimentação; ninguém”.

5
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

A ESCRAVIDÃO

GOIÁS DENTRO DO SISTEMA COLONIAL


No contexto histórico, desde a descoberta das
minas, Goiás pertencia à Capitania de São Paulo. As
insatisfações administrativas existiam, foram as câmaras
que se manifestaram em primeira linha contra os Capitães
Generais, representantes diretos da metrópole. Também
O DESEMBARQUE DOS ESCRAVOS havia o descaso com os problemas goianos, principalmente
Em Goiás foi utilizado, na mineração, a mão de após a decadência da mineração, levou a algumas revoltas
obra escrava indígena(no início) e negra. Normalmente, a nesse período.
estimativa de vida útil de um escravo nas minas não Em 1821, ocorreu no norte de Goiás o primeiro
ultrapassava 7 anos de trabalho. movimento separatista, comandado pelo padre Luiz
Além do mais, a má alimentação, os maus tratos Bartolomeu Márquez, que estabeleceu um governo
(às vezes os escravos dormiam em pé dentro d’água), as provisório na província de Cavalcante (tal insurreição foi
arbitrariedades e os castigos eram a forma usual de 09
reprimida por D. Pedro I ). Esse movimento foi fruto da
sujeição do escravo, como descreveu Debret...”fazendo insatisfação gerada pelos poucos benefícios recebidos e
pouco exercícios, passa a mulher quase o dia inteiro também pela chegada de líderes sulistas descontentes com
sentada à moda asiática, com parte superior do corpo governo central no norte do Estado. Apesar de o
inclinada para frente e apoiada nos rins; da imobilidade movimento separatista do norte de Goiás ter fracassado,
dessa posição resulta uma adiposidade que se manifesta continuou vivo o ideal até a criação do Estado do Tocantins,
pela inchação excessiva das partes inferiores, o que visível em 1988. Mas esses movimentos não eram ricos em
principalmente nos tornozelos...”. sentimentos nacionalistas, era do clero que se sentiam
Em Goiás, a lei garantia aos escravos o direito de lesados em seus interesses.
comprar sua liberdade (alforria). A vida do escravo nas As conspirações foram denunciadas e seus
minas era muito dura, sofriam os males do garimpo: principais implicados receberam como castigo deportação
trabalho esgotador, má alimentação, doenças. para além de 50 léguas da capital de Goiás. Os grupos
Com o declínio da mineração, os senhores de locais,com diferentes idéias e com os mesmos objetivos – o
escravos não tinham mais como mantê-los e nem recursos poder, entraram novamente em choque. Houve até mesmo
para adquirir novas peças. Tal fato levou ao abrandamento quem falasse em ideal republicano. No entanto, a situação
da escravidão, com a miscigenação, fugas(Kalungas em foi dominada por conchavos políticos entre famílias ricas e
Cavalcante), deslocamento para outras regiões, e da influentes de Goiás e Meia Ponte, sempre coerentes com a
compra da liberdade. A criação de gado, nova atividade ordem constituída, desde que ela lhes oferecesse a direção
econômica, por suas próprias características levou também da futura Província.
a um controle menos rigoroso do trabalho escravo. Após vários choques administrativos, Goiás
Félix de Bulhões foi um dos goianos que mais conseguiu sua independência no dia 9 de maio de 1748
trabalhou pela libertação dos escravos, era poeta e, no ano realizada por D. João V (que passou a ser valida em 1749),
de 1885, fundou o jornal O Libertador. Compôs o Hino influenciado pela Guerra dos Emboabas(1708-09),tendo
Abolicionista Goiano. Ficou conhecido como Castro Alves como primeiro governador, enviado de S.P., D. Marcos de
Goiano pela sua atuação em beneficio à liberdade do negro, Noronha ”Conde dos Arcos”, ex-governador de
morreu em 1887. Pernambuco. O Governador era responsável pela
Portanto,quando foi assinada a lei áurea, em administração, pela aplicação das leis e pelo comando do
1888, quase não havia escravos, para serem libertos, em exército. A justiça ficava a cargo do Ouvidor e a
Goiás (4.000 libertos em um total de 200.000 habitantes). arrecadação dos impostos sob responsabilidade do
Um dos maiores redutos de escravos fugitivos(1736) em Intendente.
Goiás é a pequena cidade de Pilar de Goiás, que foi As primeiras medidas de Marcos de Noronha
tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em foram: Restrição para conter despesas das jazidas que
1954. estavam em decadência, substituição da capitação pelo
quinto, cobrados nas novas casas de fundição construídas
em Vila Boa e São Félix. Além disso, como forma de
combater o contrabando, também expulsou os ourives de
Vila Boa.
Os sucessores de D. Marcos de Noronha, tanto José
Xavier Botelho Távora quanto João de Manuel de Melo,
pouco fizeram para melhorar a situação da capitania. Este
último tentou, sem sucesso, ativar a navegação dos rios
Araguaia e Tocantins. José de Almeida Vasconcelos, o
barão de Mossâmedes, assumiu o governo em 1772 e
6
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
preocupou-se em estimular o desenvolvimento de outras Adaptado de POHL, J. E. ). Na falta de mulheres brancas, a
atividades na capitania, tais como a agricultura e a união com as índias era costume predominante, geralmente
pecuária. Mais tarde, governou Luís da Cunha Meneses, que não-oficializado.
conseguiu abrir a navegação do Araguaia, melhorando, O número de escravos africanos era bastante
ainda que pouco, a comunicação de Goiás com outras superior ao número de homens livres. Estes, por sua vez,
capitanias. eram mestiços, mamelucos e mulatos( ...”Eles se vestem
A decadência da mineração refletiu-se no com tecidos grosseiros de algodão ou lã, fabricados em
esvaziamento dos núcleos urbanos, dispersando a casa. Não há homem que não deseje ter um traje
população, parte dela retornando paras as capitanias de apropriado para os dias de festas, nem mulher que não
origem, para o litoral, onde era mais fácil garantir os meios queira ter um vestido de boa qualidade, um colar, um par
de sobrevivência. Os que ficavam tinham a alternativa de de brincos, uma de lã, um chapéu de feltro. Tais
tentar a sorte em busca de novas jazidas ou em outras mercadorias não são encontradas nas pouquíssimas e mal
atividades, sendo que cresciam rapidamente em providas lojas que ainda existem em Santa Luzia, mas o
importância a agricultura e a pecuária, que também pouco dinheiro que ainda circula é gasto em outras regiões.
atraíam interessados de outras regiões. Com a pecuária, Alguns agricultores estão tão empobrecidos que passam
novos arraiais surgiram, entre eles Curralinho(atual meses comendo alimentos sem sal; quando o vigário
Itaberaí), Campo Alegre(pouso de tropeiros – Os vendeiros aparece para confessar as mulheres de uma mesma
de beira de estrada forneciam provisões e pouso para os família, vão se apresentando, uma por uma, usando o
tropeiros. Muitos arraiais se formavam em torno desses mesmo vestido”... Adaptado de SAINT-HILAIRE, A.).
estabelecimentos. -- ), Ipameri, Catalão, Posse, Porto Real Proveniente de diversas regiões do Brasil,
e outros. aventureiros atrás de minas, comerciantes inescrupulosos,
Até 1809, havia em Goiás apenas uma ouvidoria procurando enriquecimento fácil (e eram os que mais o
(OUVIDOR: no período colonial, o juiz posto pelos conseguiam), negociantes contrabandistas, tropeiros e até
donatários ou antigo magistrado com as funções do atual alguns portugueses vindos da Metrópole.
juiz), ou seja, uma comarca. Somente desse ano em diante Muitos criminosos procurados refugiavam-se nos
é que passaram a ser duas: uma para o norte e outra para arraiais goianos para fugir da Justiça(“Goiás era terra de
sul. O provedor, importante funcionário real presente em ninguém”), mais presente na área litorânea e nas vilas
todas as capitanias, em Goiás, acumulava também a função mineiras mais bem estruturadas.Tudo contribuía para o
de diretor geral dos índios, criada em 1774. isolamento de Goiás. O transporte das tropas do Rio de
Na passagem do século XVIII para o XIX, Goiás Janeiro era oneroso, devido às distâncias, ao tempo gasto e
perdeu territórios para o Maranhão, Minas Gerais(as terras à perda de produtos ao longo da viagem; tentou-se a
de Araxá e Desemboque, que hoje fazem parte do navegação para minimizar problema, mas de novo a
Triângulo Mineiro) e Mato Grosso, que pretendia receber as distância era um grande problema, além dos ataques
terras entre o Araguaia e o Rio das Mortes, além de áreas indígenas, do tempo gasto nas viagens causado pelo
na região do Rio Pardo, de Coxim e de Santana do isolamento de Goiás e dos gastos com pessoal. Isso
Paranaíba. resultou no crescimento da violência e do sentimento de
insegurança.
A sociedade colonial goiana Além da violência, que era uma constante na vida
 
dos goianos, as doenças ceifavam milhares de vida de
 

tempos em tempos. Eram comuns as epidemias de varíola


e as febres que dificilmente poupavam algum dos que eram
por elas acometidos. Nem mesmo o investimento de capital
externo no final do século XIX, garantiu o êxito do comércio
pelos rios Araguaia e Tocantins.Por tudo isso Goiás estava
condenado ao isolamento. Várias foram as conseqüências
para Goiás com a crise do setor mineratório, assim
relatadas por Palacin:
 Diminuição da importação e do comércio externo;
 Menos rendimento dos impostos;
 Diminuição da mão-de-obra escrava(pelo seu alto
custo);
 Estreitamento do comércio interno, determinando a
subsistência;
 Esvaziamento dos centros urbanos e ruralização;
 Empobrecimento e isolamento cultural;

TRANSIÇÃO DA ECONOMIA MINERATÓRIA


A população era muito variada, tanto etnicamente
    PARA A AGROPECUÁRIA
como em sua condição socioeconômica, ou seja, classe alta É um período de transição, tanto do ponto de vista
e classe baixa (... “Pode-se melhor constatar o luxo dos econômico - da mineração para a agropecuária - quanto do
vestuários aos domingos e dias santificados, quando todos ponto de vista político – passagem do sistema colonial para
exibem o que de mais poderoso têm. Nesses dias, vêem-se o sistema imperial. Contudo, mantêm-se as estruturas da
freios de cavalos e estribos de prata, sendo o animal sociedade goiana. Esse momento de transição, com todas
coberto com uma manta de pele de onça. Os brancos as suas incertezas, relatadas pelos viajantes, deixa
aparecem usualmente com uniforme, distinção à qual algumas impressões comuns sobre Goiás nas primeiras
quase todos têm direito por ocuparem postos na Guarda décadas do século XIX, como:
Nacional. No modo de viver, tudo como antigamente. Em  Precárias condições das vias de comunicação e infra-
regra, a riqueza era acumulada por indivíduos isolados, que estrutura para os viajantes;
depois viviam regaladamente, mas para cada um desses,  Longas distâncias;
podiam-se contar cinqüenta mendigos entre o povo”...  Crise no abastecimento de víveres;

7
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
 Despovoamento da região, com um processo de Ainda na primeira metade do século XIX, os
ruralização; caminhos para os sertões de Goiás também eram
 Escassez de mão-de-obra; enfrentados com grandes riscos e dificuldades pelos
 Comércio de pequeno porte e estagnado; comerciantes mineiros de gado. As rotas e as áreas de
 Pecuária como principal atividade de exportação. criação de gado em Minas Gerais haviam se modificado no
Isto posto, podemos concluir que “... Goiás, na século XIX. Por volta da década de 1820, segundo
primeira metade do século XIX, é terra em que vivem informações da presidência da província, novos pecuaristas
populações abandonadas, isoladas e iletradas, mantidas à haviam se estabelecido em Uberaba e no Prata, na região
margem da civilização capitalista”. do Triângulo mineiro. Posteriormente, esses municípios
A crise do ouro fez com que Goiás regredisse a viriam a se tornar os principais centros criatórios de Minas,
uma economia de subsistência, com a agricultura e a além de compradores de animais do sertão mineiro, do
pecuária. A estrutura social goiana dessa época Mato Grosso e de Goiás.
apresentava-se bem definida: a elite, formada por grandes O comercio de gado procedente de Goiás se
fazendeiros, altos funcionários da Coroa e alguns ricos desenvolveu a partir de meados do século XIX, alcançando
comerciantes; os homens livres, como pequenos um grande volume para o período. Esse gado era
proprietários e pequenos comerciantes, vaqueiros, exportado, o destino principal eram os mercados
sapateiros, entre outros; e os pobres – mulatos, negros fluminenses e os abatedouros do Rio de Janeiro, para o
livres, aventureiros, fugitivos, mendigos –, estes sim, a abastecimento dessa cidade e outras regiões do Sudeste.
maioria da população. O presidente da câmara da vila de Oliveira, Vigilato
O número de escravos era muito maior do que o José Bernades, que fora um dos mais importantes
número de pobres, porém eles eram considerados marchantes mineiros, narrou como uma aventura a sua
mercadorias, e não como pessoa(na época da Lei Áurea, primeira tentativa de comercializar o gado daquelas
em 1888, a quantidade de escravos era muito pequena e províncias vizinhas no ano de 1847. A sua tropa teve de
ela quase não afetou a sociedade goiana). Nessa sociedade, enfrentar péssimos caminhos e abrir picadas(roçados no
segundo documentos da época, as pessoas que tinham meio do mato) em regiões inóspitas, temendo a ameaça
algum estudo eram uma minoria insignificante(mas as que dos índios da tribo dos coroados(índios que usavam coroas
eram estudadas tinham um certo privilégio e eram de plumas), a peste bovina e a falta de víveres ao longo do
chamadas de “doutores”). A situação era tão crítica que em trajeto(entre Minas e Goiás).
1810, por exemplo, existiam apenas 14 professores em A região Centro-Oeste(na época formada pelas
toda a Capitania de Goiás, sendo que três em Vila Boa, dois províncias de Goiás e Mato Grosso), em 1872, mostrava-se
em Meia Ponte e os demais dispersos pelas vilas goianas. ainda pouco povoada, comportando apenas 2,2% da
Havia uma única livraria em toda a Capitania, instalada em população brasileira, com um contingente escasso de
Meia Ponte. escravos, correspondente a 7,8% dos seus
E o papel das mulheres nessa sociedade, era de ser habitantes(Goiás era menos da metade desses dados).
sempre dominadas pelos homens. Viviam praticamente Após o declínio das atividades mineradoras em fins do
confinadas às suas casas e durante o dia só se viam século XVIII, a reconexão dessa área(sudeste goiano) à
homens nas ruas. Como as mulheres não recebiam economia do Sudeste do Brasil se fez por meio da
educação, sua conversa era desprovida de encanto. Eram agricultura de alimentos e a pecuária, que se assentaram
inibidas e estúpidas, e se achavam praticamente reduzidas principalmente no trabalho livre não assalariado(parceiros e
ao papel de fêmeas para os homens. meeiros). A pequena lavoura de caráter camponês,
Geralmente os casamentos eram arranjados, e as cultivada com o trabalho familiar, conviveu com a
mulheres eram sempre mais jovens do que os homens, ou agropecuária, que empregava agregados e camaradas –
seja, ainda crianças. Era freqüente que, além da própria trabalhadores que recebiam como remuneração a cessão
esposa, os homens da época tivessem amantes e filhos de lotes de terras para retirarem sua auto-subsistência –
com elas. Estes filhos eram os “bastardos”, e ficavam à bem como a pecuária, baseada no “sistema de quarta”, o
margem da sociedade, e quase sempre, não eram qual remunerava o vaqueiro com a quarta parte das crias
reconhecidos pelos pais. do rebanho de houvesse cuidado.
O avanço da pecuária extensiva, voltada para o
mercado do Sudeste, contribuiu para a rápida ocupação do
TENTATIVAS GOVERNAMENTAIS DE sul de Goiás, que passou a concentrar mais da metade da

MELHORAR A ECONOMIA DE GOIÁS população da província em 1872. A montagem dessa


pecuária mercantil goiana, foi promovida pelo
Como medidas salvadoras, o Príncipe Regente – D. deslocamento de capitais(oriundos do café) e famílias de
João, tendo em vista seus objetivos mercantilistas, passou Minas e São Paulo, desde o início do século XIX, com a
a incentivar a agricultura, a pecuária, o comércio e a ocupação territorial por grandes unidades
navegação dos rios. pecuaristas(coronéis).
a) Foi concebida isenção dos dízimos por espaço de tempo As condições sócio-econômicas do Brasil não
de dez anos aos lavradores que, nas margens dos rios possibilitaram uma ação administrativa satisfatória em
Tocantins, Araguaia e Maranhão fundassem Goiás, durante os séculos XVIII e XIX. A política goiana,
estabelecimentos agrícolas; por outra parte, era dirigida por Presidentes impostos pelo
b) Deu-se especial ênfase a catequese e civilização do poder central(Capital). Somente no fim do Segundo
gentio com interesse em aproveitar a mão-de-obra dos Reinado(séc. XIX ), é que a administração de Goiás passou
índios na agricultura; a ser comandada por políticos(famílias de coronéis)
c) Criação dos presídios às margens dos rios com os locais:Rodrigues, Jardins, Fleury, Bulhões e Caiados.
seguintes objetivos: proteger o comércio, auxiliar a
navegação e aproveitar o trabalho dos nativos para cultivar
a terra; PANORAMA CULTURAL
d) Incrementou-se a navegação do Araguaia e Tocantins; A educação formal(desligada da igreja), no século
e) Revogou-se o alvará de 5 de Janeiro de 1785 que XIX em Goiás inexistia. Em 1830 é criado o primeiro jornal
proibia e extinguia fábricas e manufaturas em toda a goiano, “A MATUTINA MEIAPONTENSE”. Em 1846 cria-se o
colônia. Esta revolução foi seguida de estímulos a Liceu de Goiás, onde o ensino secundário deu seus
agricultura do algodão e à criação de fábricas de tecer.

8
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
primeiros passos. As famílias mais ricas faziam seus liberto continuou flutuante caminhando para o
estudos em Minas Gerais ou São Paulo. marginalismo social; as elites dominantes continuaram as
mesmas; não ocorreu a imigração européia; os latifúndios
continuaram improdutivos, áreas imensas ainda por povoar
A REPÚBLICA EM GOIÁS e explorar; ocorria a decadência econômica, sem se pensar
Goiás acompanhou os movimentos liberais, no em modificar a estrutura de produção; a pecuária e a
Brasil durante e século XIX, a abolição da escravidão não agricultura eram deficitárias;a educação estava em estado
afetou a vida econômica da Província. Pois o número de embrionário; o povo esquecido em suas necessidades, mas
escravos era muito pequeno em comparação a outras usado pelos hábeis políticos, que baixavam vários decretos
regiões do Brasil. Após a decadência da mineração goiana a em seu nome.
escravidão foi sendo substituída, gradativamente, pela
prática do trabalho de parceiros e meeiros, diminuindo
progressivamente o cativo goiano. CRISES POLÍTICAS E ELITES DOMINANTES
A fidelidade partidária e a firmeza de convicção de
Guimarães Natal eram, realmente excepcionais para a – BULHÕES E JARDIM CAIADO
época, pois, na política partidária de Goiás a figura usual Os Bulhões continuaram donos do poder como na
era o camaleão, ou seja, adaptar-se ao governo central. fase na qual ascendiam os liberais na área nacional. Agora,
Guimarães fez renascer o Jornal Bocayuva fundado por com maior margem de mando, graças á autonomia do
Manuel Alves de Castro através do qual batalhou pela Estado oferecida pelo novo regime — Federação. Com o
divulgação de seus ideais, na época denominados Marechal de Ferro (Floriano Peixoto) no poder central, os
subversivos, contrários aos ideais republicanos. Em 1887 Bulhões consolidaram seu domínio na política de Goiás. O
fundou o Brazil Federal com os mesmos objetivos. Tinha grande líder desta oligarquia foi José Leopoldo.
como lema: “Quanto pior melhor”. Em Goiás as idéias No entanto, em 1908, em decorrência da sucessão
republicanas não encontraram muito apoio. Na capital senatorial, Goiás viveu clima de intranqüilidade política,
existam apenas 20 republicanos, no interior só existia um desaguando numa revolução(1909).Nesta luta saíram
Clube Republicano em Formosa, originado de rixas no seio vitoriosos, mais uma vez, os Bulhões, a esta altura
do Partido Conservador em 1888. apoiados por Eugênio Jardim e Antônio Ramos Caiado, que
A notícia da proclamação só chegou aqui a 28 de posteriormente, se tornaram fortes como políticos não só
novembro, confirmada pelo Correio Oficial a 1o de na área regional como na nacional.
dezembro. Era presidente do nosso Estado o Dr. Eduardo Foram desentendimentos entre o grupo bulhônico
Augusto Montadon. Guimarães Natal foi aclamado e os Jardim Caiado e o apoio da política de Hermes da
Presidente do Estado na Praça Pública. Nessa ocasião ele Fonseca a estes, que levaram a oligarquia dos Bulhões à
mesmo sugeriu uma junta, que assim se compunha: derrocada. A partir de 1912, a elite dominante na política
Joaquim Xavier Guimarães Natal, José Joaquim de Souza e goiana, vai ser a dos Jardim Caiado, popularmente
Major Eugênio Augusto de Melo. Em conseqüência surgiram conhecido por Caiadismo.
questões administrativas e políticas. O povo continuava
13
No seu início os documentos registram “política
esquecido e usado por hábeis políticos. É bom lembrar que Eugenista”. A política de Hermes da Fonseca denominou-
Guimarães Natal é cunhado dos Bulhões e logicamente se: “Política de Salvação”, consistia em depor os grupos
continuava tudo na mesma. dominantes em vários estados, revestindo de poderes
Após a Proclamação da República, Goiás teve duas políticos elementos de farda(CORONEIS).
Constituições: a dos Bulhões e a dos Fleury. Após renúncia Em Goiás, na disputa do poder político o Coronel
de Deodoro prevaleceu a Constituição de 1o de julho de reformado Eugênio Jardim, que, por ser cunhado dos
1891, que era a Constituição dos Bulhões, apoiados por Caiados, dividiu com eles o mandonismo estadual. Após sua
Floriano Peixoto. A transformação do regime monárquico morte, Antônio Ramos Caiado (Totó Caiado) tornou-se o
em republicano ocorreu sem grandes dificuldades,mas a verdadeiro chefe político de Goiás até 1917, depois ele foi
administração foi substituída pelo poder local(coroneis). Os substituído por Eugênio Caiado, que governou até 1930
Bulhões, dirigentes do partido liberal após o 15 de .Seus contemporâneos afirmam que dirigiu Goiás como se
novembro, apoiados pelos republicanos, tornaram-se os fora uma grande fazenda de sua propriedade. Somente foi
donos do poder em Goiás. afastado do poder quando o movimento renovador de 1930
tornou-se vitorioso. Em Goiás, seu grande opositor foi o
médico Pedro Ludovico Teixeira.
FELIX DE BULHÕES, O CASTRO ALVES
GOIANO GOIÁS ANTES DA REVOLUÇÃO DE 30 E
As sociedades abolicionistas de Goiás tornaram
maior impulso na última década de 70 (século XIX).A Lei ESTRADA DE FERRO
Áurea não encontrou nenhum negro cativo na cidade de As três primeiras décadas do século XX não
Goiás. A notícia da abolição chegou no dia 31 de maio. Não modificam substancialmente a situação a que Goiás
causou surpresa porque a muito era esperada. A Lei regredira como conseqüência de decadência da mineração
libertou em toda a Província goiana aproximadamente no fim do século XVIII. Continuava sendo um Estado
4.000 escravos, segundo o historiador Luis Palacin. Número isolado, pouco povoado, quase integralmente rural.
insignificante para uma população que já alcançava a cifra Com o propósito de dotar o estado de Goiás de
superior a 200.000 habitates. Pelo exposto, vimos que a reais condições de transporte ferroviário, visando integrá-lo
abolição em Goiás não deve ter afetado a economia ao resto do Brasil, surge em 1873 um decreto do governo
agropastoril. Imperial para que tal situação fosse concretizada. Dessa
maneira, o então presidente da província goiana Antero
Cícero de Assis foi autorizado a contratar a construção de
TRANSIÇÃO DO REGIME DE GOVERNO EM uma estrada de ferro para ligar a cidade de Goiás, ora
capital de Goiás, à margem do rio Vermelho, partindo da
GOIÁS estrada de ferro Mogiana, em Minas Gerais.
Os efeitos do 15 de novembro em Goiás A construção da Estra de Ferro foi o primeiro passo
prenderam-se às questões administrativas e políticas. Os na urbanização e na expansão do capitalismo em Goiás no
fatores sócio-econômicos e culturais não sofreram abalos: o
9
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
início do século XX. Em 1886 a Estrada de Ferro Mogiana O governo passou a propor como objetivo primordial o
chegou até Araguari (MG). desenvolvimento do Estado de Goiás, que foi marcado pela
Os trabalhos da construção da da Estrada de Ferro construção de Goiânia.
de Goiás tiveram início no começo do século XX. Já em O principal objetivo do governo provisório de
1912 chegavam à cidade goiana de Goiandira (onde foi Getúlio Vargas (1930-34) foi o esfacelamento do poder
inaugurada em 1913). local dos coronéis e o fortalecimento do Estado Nacional. A
Até o ano de 1952, a ferrovia percorria com seus construção de Goiânia, pelas energias que mobilizou, pela
trilhos, aproximadamente, 480 quilômetros, chegando ao abertura de vias de comunicação que a acompanharam o
seu ponto mais distante em Goiânia. No total, 30 estações crescimento, e pela divulgação do Estado no país. E isso foi
à estrada, onde se destacavam as de: Araguari, Amanhece, o ponto de partida dessa nova etapa histórica.
Ararapira, Anhanguera, Goiandira (ponto de ligação com a A participação efetiva de Goiás na Revolução
rede mineira), Ipameri, Roncador, Pires do Rio, Engenho limitou-se à ação pessoal do Dr. Pedro Ludovico Teixeira.
Balduíno, Vianópolis, Leopoldo de Bulhões e Goiânia. Pedro L. Teixeira nasceu na cidade de Goiás(encravada nas
Atualmente, o território goiano é servido por 685 encostas da Serra Dourada e dos morros São Francisco,
Km de trilhos, pertencentes à Ferrvia Centro-Atlantica, Lajes e Cantagalo, a Cidade de Goiás, antiga Vila boa,
subsidiária da Cvrd e sucessora da antiga Estrada de Ferro resiste à memória do tempo, mostrando aos olhos de hoje
de Goiás e da RFF. Essa empresa ferroviária percorre com suas bicentenárias calçadas de pedras e casas coloniais de
seus trilhos a região sudeste do Estado, passando por parede-meia, naquela solidariedade que se estende aos
Catalão, Ipameri, Leopoldo de Bulhões, chegando até fundos dos pomares, sempre alimentados por becos
Anápolis (Porto Seco), Senador Canedo e indo até a Capital ancestrais), então capital do estado de Goiás, em 23 de
Federal. A Centro-Atlantica promove o escoamento de boa outubro de 1891, filho do médico João Teixeira Álvares e de
parte da produção goiana (soja, álcool, acúcar e açucar). Josefina Ludovico de Almeida. Cursou o 2 grau no Liceu de
Goiás. Transferiu-se para o Rio de Janeiro e bacharelou-se
em Medicina.
Retornou a Goiás em março de 1916, fixando
REGIME PROPRIEDADE: CLASSES residência em Bela Vista, onde começou a clinicar. Em 1917
SOCIAIS mudou-se para Rio Verde(GO) e no ano seguinte casou
com Gercina Borges Teixeira, que era filha do senador
Inexistia uma classe de pequenos proprietários Martins Borges. Tiveram seis filhos: Mauro, Lívia, Pedro
dedicados à lavoura ou à pecuária. Em todo o estado Ludovico Júnior, Paulo, Antônio e Goianio Borges Teixeira.
encontramos as propriedades em mãos de poucas famílias Pedro Ludovico foi um dos fundadores do jornal O Sertão,
aparentadas entre si. Dentro dessa grande propriedade, mais tarde denominado O Sudoeste. Durante sete anos
trabalhavam e viviam seus dependentes; sitiantes, tinha lutado na oposição ao coronelismo em Rio Verde. Ao
vaqueiros, meeiros, camaradas, jagunços, etc., num articular-se o movimento revolucionário, ele entrou no
sistema patriarcal, herdado do período colonial. A diferença esquema mantendo-se em contato com os centros
mais profunda encontrava-se no prestígio e no poder. Não revolucionários de Minas (como na Coluna Mineira de 27 de
existindo uma economia monetária regulamentada pelo outubro de 1930). Desmantelado o movimento, Pedro
poder central. Trabalhar para alguém não significava Ludovico foi preso por 14 dias. Quando ele estava sendo
simplesmente um contrato de serviço prestado e salário conduzido para Goiás, juntamente com os demais presos,
recebido, era principalmente o estabelecimento de um laço chegou a noticia da vitória da Revolução de 1930.
pessoal, de confiança mútua e de dependência pessoal. Após a Revolução de 30, Goiás foi governado por
O empregado tomava-se assim “homem do Carlos Pinheiros Chagas entre 27 e 30 de outubro de 1930,
patrão”, num sentido real, embora sem o formalismo e sem quando assumiu uma Junta Provisória formada por Mário
a ideologia do antigo feudalismo. Quase poderíamos dizer Caiado, Pedro Ludovíco e Emílio Francisco Póvoa(de 30 de
que o governo só exercia sua jurisdição na capital; os outubro a 23 de novembro de 1930 ). E em 23 de
coronéis, o vigário e o juiz (este último mais dependente do novembro de 1930 Pedro Ludovico Teixeira foi indicado, por
governo) eram mantenedores da ordem social. As Getúlio Vargas, como Interventor de Goiás.
distâncias, a pobreza de meios econômicos, a carência de
um corpo de funcionários adequado, são as causas
principais deste enfraquecimento do poder central do Governo de Pedro Ludovico Teixeira
Estado.
(1930-45)
A REVOLUÇÃO DE 30 E A CONSTRUÇÃO DE
GOIÂNIA
A Revolução de 30 embora sem raízes próprias em
Goiás, teve uma significação profunda para o Estado. É o
marco de uma nova etapa histórica para o Estado. Esta
transformação não se operou, imediatamente, no campo
social, mas abalou o campo político drasticamente (fim do
caiadismo e início do ludoviquismo). Não foi popular nem
sequer uma revolução de minorias com objetivos sociais. A
consciência social não havia atingido tal ponto e faltava
organização de classe. Foi feita por grupos heterogêneas da
classe dominante descontente (MG e RS), de militares
(grupo tenentista) e das classes médias, sem uma ideologia
determinada e coerente, aglutinados por sua repulsa à
ordem política estabelecida na República Oligárquica.
A Revolução não provocou nenhuma mudança
social. Mas sem dúvida trouxe uma renovação política, com
transformações profundas e decisivas no estilo de governo.
10
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

Pedro Ludovico, no cerrado goiano (onde hoje


é o centro de Goiânia), operários trabalhando Pedro Ludovico e Getúlio Vargas(no
na construção de Goiânia (repare nas más início da construção de Goiânia) e a
instalações) e a construção Av. Goiás em 1934.

MUDANÇA DA CAPITAL
A mudança da capital de Goiás estava inserida no
plano de Getulio Vargas, a “Marcha para o Oeste”, que
ETAPAS DA CONSTRUÇÃO DE GOIÂNIA
visava entre outros aspectos: A ocupação do interior do (FEITA POR PEDRO L. TEIXEIRA)
Brasil com a ação de imigrantes, a valorização das terras
através de sua distribuição à posseiros, defender o O Brasil vê Goiânia Nascer 1933...1942
território nacional (através do nacionalismo), expandir o Trechos de um relatório que Pedro Ludovico envia
capitalismo que estava centrado somente no Sudeste do a Getúlio Vargas, em 1933, com o objetivo de convencer o
16 diminuir e eliminar a oposição das oligarquias
país, presidente da importância de mudar a capital do Estado da
locais(coronéis). cidade de Goiás para outra região. Neste relatório Pedro
Havia também, o desejo ampliar e incentivar a Ludovico mostra os problemas da antiga capital de Goiás.
economia agro-exportadora de Goiás e diminuir as De: Pedro Ludovico
diferenças econômicas entre as regiões Sudeste e Centro- Para: Getúlio Vargas
Oeste. Para isso, Getulio Vargas precisava de uma base de Rede de esgotos
apoio política goiana, foi quando indicou Pedro Ludovico “A cidade de Goiás se assenta toda ela em terreno
Teixeira como interventor de Goiás, já que ele era inimigo rochoso, de perfuração difícil, quase impossível, porque
político dos Caiados. exige o emprego de dinamite. Em muitos pontos urbanos,
mesmo nos centrais, sobrepondo-se ao nível das ruas, se
vêem pedras enormes que não podem ser removidas nem
rebentadas. Não são susceptíveis de remoção porque
nenhuma força dominada pelo homem as removeria. E não
podem ser rebentadas porque as cargas de dinamite que
seriam necessárias estenderiam os efeitos danificadores de
suas explosões às habitações vizinhas. São saliências
visíveis do colossal rochedo calcário em que foi plantada a
velha cidade do Anhanguera. A perfuração de cisternas é
tarefa a um tempo temerária e penosa, porque a coesão da
rocha só capitula mediante a intervenção estilhaçadora da
dinamite. (...)
De onde se conclui quanto difícil é, sobretudo,
quanto dispendiosa seria a construção de rede de esgotos
nesta capital. E como pode uma cidade ser limpa, higiênica,
habitável sem possuir um sistema de galerias subterrâneas
para o esgotamento dos detritos, águas servidas e matérias
fecais? E mais: se realizasse a captação e a canalização de
água em volume suficiente para atender às necessidades
da população da cidade de Goiás como se poderia construir,
com os poucos recursos da municipalidade, ainda que
auxiliada pelo Estado, a obra complementar, no caso a rede
de esgotos, que, a ser traçada e realizada como a exigem
as condições do centro urbano, imporia um dispêndio talvez
superior a 2.000 contos? Houve um técnico que orçou, em
Av. Goiás tempos, os serviços de água e esgotos da capital em 3.000
Para governar de acordo com os propósitos de contos, soma absurda se atentarmos para a circunstância
Vargas, Pedro só teve uma alternativa que foi a de que a população da capital, toda centralizada numa
transferência da capital, para um local distante dos mandos pequena área, compõe-se apenas de 8.256 habitantes.
e desmandos da família dos Caiados, que controlava a
região da cidade de Goiás, desde 1912, como uma de suas Falta de água
propriedades rurais particular. Contudo veio a idéia da O problema do abastecimento de água permanece
mudança da capital goiana. Essa mudança só foi possível insolúvel, tal como em 1890, tal como sempre. Toda a água
com o apoio político econômico e militar do governo potável, consumida pela população da Capital, é
federal. transportada na cabeça em potes é fornecida pelas duas
únicas e pobres fontes existentes, que ainda são as

11
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
mesmas mandadas levantar, a 60 anos, pelo capitão e
general d. José de Almeida Vasconcelos – a histórica Fonte Clima
da Carioca, antigamente chamada Cambaúba, construída Tratemos agora do clima, o qual se pode classificar
em 1772, no primeiro ano, e não menos histórico Chafariz de excelente, a julgar pelo que observei e se me informou a
do Largo da Cadeia, construído em 1778, no ultimo ano de respeito. O clima é determinado principalmente pelos
governo daquele capitão(...) . É muito comum, em todas as seguintes elementos: latitude, altitude, direção dos ventos,
cidades que não têm água canalizada, o expediente condições topográficas, geológicas e hidrográficas do
primitivo de recorrer a população à abertura de cisternas terreno. Se a latitude é baixa em Campinas, influindo tal
para se prover de água potável. circunstância para as temperaturas altas, em compensação
Nesta capital, nem desse recurso se pode valer a a altitude é nos lugares de cota inferior superior a 700
população, ainda que a maioria das casas tenha cisterna. È metros, o que influi sobremodo para que a coluna
que aqui a água de poço é absolutamente impotável, termométrica indique, nos dias mais quentes, graus
devido à abundancia de carbonato de cálcio que lhe perfeitamente suportáveis.(...)
adicionam as rochas calcárias que formam o subsolo da
cidade. Rara é a cisterna que não tenha aberto na pedra Condições topográficas
viva, a dinamite. Em alguns pontos centrais do perímetro Com relação às condições topográficas, nada, de
urbano, as águas dos poços não são utilizados nem para fato, pude observar contra a escolha feita. Os terrenos se
banhos, porque, além do carbonato de cálcio, contêm estendem em torno da velha e pequena cidade de
outras substâncias que as tornam viscosas, neutralizam a Campinas, apresentando até pontos bem afastados, as
ação química do sabão e provocam sensação desagradável mais suaves ondulações. Os acidentes topográficos
na epiderme.(...) nenhuma dificuldade oferecem que se oponha ao traçado
A contingência secular de necessitar a população moderno. As avenidas e ruas podem ser orientadas do
de um exército de baldeadores de água, deu lugar a que modo mais favorável sem que isso dê lugar a dispendiosas
surgisse uma estranha instituição nitidamente local – o obras de terraplanagem. (...)
bobo. Caracteriza-se esta instituição pela tendência
comum, verificável em muitas das famílias goianas, de
A vitalidade da ideia
manter cada uma delas um bobo – mentecapto, idiota,
Há outros fatores responsáveis pelo atraso de
imbecil – para o serviço de transportes domésticos,
Goiás. Negá-los, para atirar toda a carga à velha capital
especialmente o de água. Há numerosas famílias que se
goiana, seria atitude unilateral e vesga, que jamais
beneficiam dos serviços desses deserdados da sorte,
perfilharíamos. Mas o fator flagrante, o que se apresenta
transformando-os em escravos irremissíveis, a troco dos
em primeiro plano, o imediato é, inquestionavelmente, a
restos de comida e de um canto para dormir, não raro
incapacidade da capital atual para impulsionar o progresso
entre os animais domésticos. Contam-se às dezenas, nesta
do Estado. E como o poderá fazer uma cidade que, com
capital, os infelizes classificáveis no extenso grupo
duzentos e tantos anos de existência, apoiada na situação
patológico dos débeis mentais, desde os imbecis natos até
ímpar de capital, ainda hoje não existe paralelo, já não
os cretinizados pela miséria física ou adquiridas, os quais,
dizemos com as outras capitais, porque isso pareceria
como verdadeiras máquinas, se esbofam nos trabalhos
gracejo, mas com qualquer cidadezinha obscura, que
caseiros das famílias que os acolhem.
possua 10.000 habitantes, água canalizada, rede de
Entre os elementos mais indispensáveis à fundação
esgotos e casas de diversões? Como poderia dirigir e
e desenvolvimento de um centro urbano figura a água.
acionar o desenvolvimento do colossal território goiano
Sem tal elemento ao alcance dos habitantes de uma
uma cidade como Goiás, isolada, trancada pela tradição e
cidade, a qualquer hora do dia ou da noite, nos mais
pelas próprias condições topográficas ao progresso, e que
elevados pavimentos dos prédios, ela deixa de realizar um
em meio século não dá um passo para a frente, não se
dos principais requisitos estabelecidos pela vida moderna.
mexe, não se remoça, não resolve um só dos seus
O consumo d’água tem crescido nos últimos anos nas
problemas? (...) Eis porque, arrostando trabalhosa mas
aglomerações humanas civilizadas. É que as cidades
resolutamente as mil dificuldades previstas e imprevistas,
tendem a ser cada vez mais limpas. Além do aumento do
nos encontramos tête à tête com o problema da mudança
seu consumo no interior das habitações, verifica-se
da capital, disposto a resolvê-lo e convencido de que o
também um maior gasto nos logradouros públicos nos
resolveremos, tanto nos encorajam as suas justas
jardins e parques.(...)
esperanças.
Não alimentamos sentimentos contrários à velha
A cidade de Goiás foi sede política da Capitania, da
capital. Nascido aqui, criado aqui, educado no Liceu de
Província e do Estado de Goiás, desde 1749 até 1930,
Goiás, preso portanto à cidade pelos laços afetivos que se
quando ocorreu a transferência para Goiânia.Mas Pedro
estabelecem geralmente entre o homem e a sua terra
Ludovico não foi o primeiro governante a pensar na
natal, se considerações de ordem sentimental pudessem
mudança da capital; em 1754, quando o Brasil ainda era
influir em nosso ânimo, relativamente ao caso da mudança,
colônia de Portugal, o governador Conde dos Arcos(D.
é claro que a nossa opinião seria contrária à mesma, tanto
Marcos de Noronha), responsável pela primeira
mais pelo motivo de que ela fere profundamente os
administração de Goiás naquela época, escreveu ao
interesses de muitos membros de nossa família, assim
governo português falando que seria melhor transferir a
como os de numerosos amigos.
capital, já na categoria de Vila Boa desde 1736, para o
Arraial de Meia Ponte(Pirenópolis). O Conde achava que a
O local escolhido Vila tinha problemas climáticos e de comunicação. Mas o
O local que se destina à fundação da nova capital governo português não quis saber disso, pois para que
foi escolhido por comissão composta dos senhores d. ocorresse a transferência era preciso bastante
Emanuel Gomes de Oliveira, revmo. Arcebispo de Goiás, investimento.
cel. Pirineus de Sousa, conceituadíssimo oficial no Exército, Em 1830, Miguel Lino de Morais, que foi o segundo
comandante do 6o Batalhão de Caçadores, de Ipameri, dr. presidente da Província de Goiás no período do Império,
Laudelino Gomes, médico, diretor-geral do Serviço expressou seu desejo de fazer a mudança da capital para
Sanitário do Estado, sr. Antonio Augusto de Santana, Água Quente, porque , de acordo com ele, esse era o local
comerciante estabelecido nesta capital, e dr. Colemar Natal mais promissor, uma região mais povoada e seu comércio
e Silva, advogado, o qual funcionou como secretário da era mais intenso. Ao contrário da capital que, segundo ele,
comissão. (...) tinha uma estrutura sanitária ruim e um sistema de
12
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
transporte deficiente. Contudo, em 1890, Rodolfo Gustavo Em Goiás ficaram ainda a Câmara e o Judiciário. A
da Paixão, presidente do Estado, criticava a cidade de Goiás mudança definitiva, teve lugar em 23 de março de 1937,
e sua falta de infra-estrutura.Portanto, em 1891, surgiu um pelo Dereto nº 1816, quando os principais edifícios públicos
anteprojeto que indicava que a cidade de Goiás continuaria já estavam concluídos, embora a cidade, do ponto de vista
como capital até que a Assembléia encontrasse meios de urbanístico, ainda se encontrasse em seus começos.
deliberar sua transferência. Mas o que importa é que Pedro O Baismo Cultural só ocorreu a 5 de julho de
Ludovico foi primeiro e o desejar e conseguir concretizar a 1942, em solenidade realizada no recinto do Cine-Teatro
mudança da capital para onde hoje é Goiânia. Goiânia, com a presença de representantes do governo
O interventor, na seqüência natural das diversas federal, dos estados e de todos os municípios goianos.
fases da iniciativa, continuava a tomar providências a Planejada para 50 mil habitantes, Goiânia tem
respeito da edificação da cidade. Em 20 de dezembro de hoje uma população 1.430.001 habitantes, de acordo com
1932, foi assinado o Decreto nº 2737, nomeando uma os dados do IBGE, com base no Censo realizado em 2000.
comissão que, sob a presidência de de Dom Emanuel Pedro Ludovico, a partir de 1935, exerceu
Gomes de Oliveira, então bispo de Goiás, escolhesse o local constitucionalmente o cargo de governador até o golpe do
onde seria edificada a nova Capital do Estado. O parecer foi Estado Novo, quando voltou a ser interventor federal até a
favorável a campinas, nas proximidades de Serrinha. O queda de Getúlio Vargas. Pedro governara Goiás
relatório da Comissão, depois de submetido ao parecer dos novamente de 1951/54, dessa vez eleito 19pelo povo através
engenheiros Armando Augusto de Godói, Benedito Neto de do voto direto.
Velasco e Américo de Carvalho Ramos, foi encaminhado ao
Chefe do Governo Estadual, apesar da forte campanha
antimudancista. DADOS GERAIS
O Decreto nº 3359, de 18 de maio de 1933, Goiânia, capital do Estado de Goiás, foi fundada em
determinou que a região, às margens do córrego Botafogo, 24 de outubro de 1933, por Pedro Ludovico Teixeira. São
compreendida pelas fazendas denominadas “Criméia”, feriados municipais os dias 24 de outubro (aniversário da
“Vaca Brava” e “Botafogo”, no então Municipio de cidade) e 24 de maio (padroeira de Goiânia - Nossa
Campinas, fosse escolhida para ser edificada a Nova Senhora Auxiliadora). A tensão elétrica local é 220 Volts, a
Capital. Entre outras medidas, enumerava o ato que a frequência é 60 Hertz, e o CEP é 74000-000, diferenciando-
transferência se operasse no prazo máximo de dois anos. se por regiões, bairros e setores da cidade.
Dessa forma, nas proximidades de Anápolis, onde Situado na Mesorregião centro goiano e na
logo chegariam os trilhos da estrada de ferro, teve início a Microrregião de Goiânia, o município de Goiânia é limitado
construção daquela que viria a ser a cidade de Goiânia. ao norte pelos municípios de Goianira, Nerópolis e
Designado o dia 27 de maio de 1933, para início dos Goianápolis; ao sul, pelo de Aparecida de Goiânia; a leste,
trabalhos de prearo do terreno, e com o lançamento da pelo de Bela Vista de Goiás; e a oeste, pelos de Goianira e
pedra fundamental em 24 de outubro de 1933 e foi Trindade. O Centro Administrativo Municipal está localizado
inaugurada em 1942. na Avenida do Cerrado, nº. 999, Parque Lozandes, CEP:
A 06 de julho de 1933 baixou um decreto 74884-092, na região sudeste da cidade.
encarregando o urbanista Atílio Correia Lima, representante Situado em uma região de topografia quase plana,
da firma carioca P. Antunes Ribeiro e Cia, da elaboração do o território surge como um degrau de acesso às terras mais
projeto para a construção da nova capital de Goiás, elevadas do Brasil Central. O Rio Meia Ponte e seus
mediante o pagamento de Cr$ 55.000,00. Situado em afluentes, entre os quais se destaca o Ribeirão João Leite,
região de topografia quase plana, o território surge como constituem a rede hidrográfica de Goiânia.
degrau de acesso às terras mais elevadas do Brasil Central. O clima mesotérmico é úmido. A temperatura
O rio Meia Ponte e seus afluentes, entre os quais se destaca média anual é de 21,9°C, devido à influência da altitude. As
o ribeirão João Leite, constituem a rede hidrográfica de temperaturas mais baixas ocorrem de maio a agosto,
Goiânia. Clima mesotérmico e úmido. Temperatura média 18,8°C a 21,0°C. A mínima absoluta mais baixa registrada
anual de 21,9 graus, devido a influência de altitude. foi de 1,2°C em julho, mês mais frio. A primavera é a
Formado na Suíça e na França, de onde acabara estação mais quente, com média das máximas entre 29°C
de voltar, o urbanista Armando de Godoi assina em 1935 o e 32°C. A precipitação pluviométrica é de 1487,2mm.
plano diretor da nova capital, um projeto estilo
monumental, baseado nos mesmos princípios adotados em
Versailles, Kalrsruhe e Washington. O plano tinha como
referencia o projeto original da cidade, idealizado em 1933,
por outro urbanista, Atílio Corrêia Lima, também autor do
projeto de prédios importantes, como o Palácio das
Esmeraldas. Foi um grande falatório: desvario dos
modernistas planejar uma cidade para 15 mil habitantes,
quando a antiga capital, dois séculos depois de fundada,
contava com apenas 9 mil moradores.Topografia,
zoneamento e sistema de tráfego são os aspecto que
norteiam o arrojado projeto. Destaque para a Praça Cívica,
sede do Centro Administrativo, de onde se irradiam as
grandes avenidas( Av Goiás, Araguaia e Tocantins)
A 24 de outubro de 1933 — como homenagem à
Revolução de 30 — teve lugar o lançamento da pedra
fundamental. A partir deste momento. a construção de
Goiânia progrediu rapidamente.
A 7 de novembro de 1935 realizou-se a “mudança
provisória”: o governador - Pedro Ludovíco -deixou Goiás,
para fixar sua residência em Goiânia. Nesta data, em 1935,
foi criado o município de Goiânia, que teve seu primeiro
prefeito, nomeado pelo governador Pedro Ludovico,
Venerando de Freitas Borges.

13
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
Na faixa maior, a frase: "PELA GRANDEZA DA PÁTRIA" O
Brasão representa o Governo Municipal.

PREFEITOS DE GOIÂNIA
Venerando de Freitas Borges
Estudos: Contabilidade, Escolas Profissionais Salesianas,
São Paulo, 1926.
Profissão: Contador, Professor e Jornalista.
Nascimento: 22 de julho de 1907, Anápolis, GO.
Residência: Goiânia.
Filiação: João de Freitas e Custódia Carolina Borges.
Cônjuge: Maria José de Araújo.
Filhos: Eclair, Carlos, Nize, Hírcio, Dila e Luis Roberto.
Vida Política e Parlamentar
f) Primeiro prefeito de Goiânia, nomeado por Pedro
Ludovico em 07.11.1935, mantendo-se no cargo até
05.11.1945.
g) Secretário da Fazenda, nas Interventorias, de
fevereiro de 1946 a abril de 1947, quando Coimbra
Bueno toma posse.
h) Prefeito, eleito, de Goiânia, PSD, 1951-1955.
i) Deputado Estadual, PSD, 3.ª Legislatura, 1955-1959.
j) Deputado Estadual, PSD, 4.ª Legislatura, 1959-1963.
k) Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás,
nomeado em 1963, ao término da 4.ª Legislatura.
Outras Informações:
l) Colaborou com os jornais ‘Correio Official’ e ‘Voz do
Povo’, sob pseudônimo. Diretor e Redator-Chefe do “O
Comércio”, jornal que circulou na antiga Capital em
1934.
m) Um dos fundadores da Associação Goiana de
Imprensa.
n) Diretor dos Diários Associados de Goiás.
o) Contador do Estado de Goiás.
p) Superintendente da Federação das Indústrias do
Situada no coração do Brasil, Goiânia fica próxima Estado de Goiás – FIEG.
da Capital Federal e praticamente equi-distante de todos os q) Membro da Academia Goiana de Letras e do Instituto
outros estados brasileiros. É fácil chegar a Goiânia e mais Histórico e Geográfico de Goiás.
fácil ainda apaixonar-se por ela. Nove meses de sol por Publicação:
ano, centenas de praças floridas, ruas arborizadas, limpas e “Dobras do Tempo”.
bem iluminadas, com um dos melhores sistemas de “Samburá”.
transporte coletivo do país e uma gente bonita e Falecimento: 16 de janeiro de 1994, em Goiânia.
acolhedora fazem o visitante se sentir em casa.

Bandeira de Goiânia
Retângulo verde, dividido por oito faixas brancas 1º - Venerando de Freitas Borges.
carregadas de sobre-faíscas vermelhas, dispostas duas a Nomeado pelo Interventor Pedro Ludovico Teixeira,
duas, no sentido horizontal e vertical. No centro, em aos 28 anos, viria a ser o prefeito que ficou mais tempo no
retângulo branco, aplicado o brasão: escudo do 1º estilo comando da cidade — 14 anos (20/11/1935 a
introduzido em Portugal trazido para o Brasil. No escudo: 05/11/45). Viu a população da Capital triplicar cinco anos
coroa mural, com oito torres, sendo cinco visíveis. A cor depois da criação, em 1940(48.166 habitantes), segundo o
verde do escudo simboliza a vitória, a honra, a cortesia IBGE. Em 1942, seriam 52 mil. Empenhou-se em oferecer
civilizada, a alegria e a abundância. A flor de lís, no centro infra-estrutura à nova cidade e teve dificuldades em
do escudo, é o símbolo do poder. A faixa estreita e superar a falta de energia elétrica e asfalto.
ondulada, de frente, simboliza o córrego Botafogo, às Em 1935, quando o jovem jornalista Venerando de
margens do qual foi construída Goiânia. De um lado, o Freitas Borges foi levado à presença de Pedro Ludovico,
bandeirante lembra o Anhanguera; do outro, o garimpeiro. isso por causa dos seus artigos publicados no jornal Correio
Oficial em defesa da mudança da capital, ele perguntou ao

14
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
interventor se havia alguma condição para que ele fosse o das prerrogativas da autonomia obtida na gestão de Hélio,
primeiro prefeito de Goiânia. "Sim, a de que não se roube Íris teve saldo de realizações apreciável. Foram abertas e
na prefeitura. Não gosto de ladrão", disse Pedro. Só que o pavimentadas novas avenidas, construídas praças e o
futuro prefeito também impôs a sua: "Pois bem, doutor Parque Mutirama, ampliou-se a rede municipal de ensino.
Pedro, eu também tenho uma condição: não aceito que me Decisão da junta militar que governava o País suspendeu os
botem cabresto”. direitos políticos e cassou seu mandato em 1969.
12º - Leonino Di Ramos Caiado 22-10-1969 a 30-06-
2º - Ismerindo Soares de Carvalho 09-11- 1970.
1945 a 17-02-1946. Indicado pelo regime militar (governador Otávio Lage de
Assumiu por apenas três meses, nomeado pelo Siqueira pela ARENA). Até 1985, os prefeitos das capitais,
interventor Eládio de Amorim, e voltaria à prefeitura mais por imposição do regime, passariam a ser indicados de
tarde, ficando também por menos de um ano. forma indireta. Saiu para assumir o governo de Goiás –
3º - Orivaldo Borges Leão 18-02-1946 a 25-03-1947. indicado pelo general Emílio Médici.
Nomeado pelo interventor Filipe Antônio Xavier de Barros, 13º - Manoel dos Reis e Silva 02-07-1970 a 14-04-1974.
ficou menos de um ano à frente da administração Médico, foi presidente do BEG em 1965, até ser nomeado,
municipal. pelo governador Otávio Lage de Siqueira pela ARENA, para
4º - Ismerindo Soares de Carvalho 26-03-1947 a 06-11- a prefeitura de Goiânia. Demonstrou muito fôlego com
1947. programas de obras disseminados por toda a cidade. A
Nomeado pelo interventor Jerônimo Coimbra Bueno, ficou antiga tendência de privilegiar o Centro e os bairros
pouco temo no poder. chamados nobres foi substituída pela descentralização dos
5º - Eurico Viana 06-11-1947 a 30-01-1951. benefícios, como obras de pavimentação e iluminação
Primeiro prefeito eleito pelo voto universal e direto. pública. Foi o idealizador do programa “Prefeitura nos
Trabalhara como engenheiro em Rio Verde e na Cidade de Bairros”.
Goiás. Trabalhou ainda nas obras de construção de Goiânia 14º - Rubens Vieira Guerra 27-05-1974 a 21-03-1975.
e investiu na infra-estrutura. Engenheiro, que estava no comando da Secretaria de
6º - Venerando de Freitas Borges 31-01-1951 a 31-01- Planejamento do Estado, depois de ter sido presidente da
1955. Saneago. Formado em Engenharia Civil pela UFG,
Pelo voto, volta à prefeitura, pelo PSD, e continua sua destacou-se como profissional na área. Havia sido chefe da
administração visando ao desenvolvimento. Sevop, em 1958. Foi diretor técnico da Suplan. Foi
7º - Messias de Souza Costa 02-02-1955 a 05-03-1955. nomeado pelo governador Leonino Di Ramos Caiado, ela
Presidente da Câmara na terceira legislatura, assumiu ARENA, prefeitura de Goiânia.
interinamente por menos de um mês, pelo PSD. 15º - Francisco de Freitas Castro 21-03-1975 a 17-05-
8º - João de Paula Teixeira Filho 05-03-1955 a 31-01- 1978.
1959. Atuou com destaque no ramo de supermercados. Em 1974,
Conhecido como Parateca, foi eleito pelo PTB. Profissional foi eleito deputado estadual, e um ano depois, nomeado
de fotografia, chegou a Goiânia em 1939, para documentar pelo governador Irapuan Costa Júnior ela ARENA, para
imagens dos primeiros tempos da cidade. Foi vereador por prefeito. Encontrou a prefeitura de Goiânia com problemas
quatro mandatos. Atendeu a zona rural do município, orçamentários e financeiros e promoveu, para superá-los,
construindo estradas e açudes e fundou novas escolas no um exercício de intensificação fiscal, levantando a receita e
campo. Preocupou-se com o que iria se tornar depois a enxugando a máquina. Em sua administração, destacam-se
Grande Goiânia, implantou novo sistema de arborização, o asfaltamento de grande parte das linhas de ônibus e a
pavimentou ruas de Campinas, instituiu o sistema de reforma da Avenida Goiás, com construção do calçadão.
tributação sobre imóveis e racionalizou a arrecadação. 16º - Hélio Mauro Umbelino Lobo 17-05-1978 a 10-04-
9º - Jaime Câmara 31-01-1959 a 31-01-1961. 1979.
Pioneiro na comunicação em Goiânia, tornou-se candidato Nomeado pelo governador Irauan Costa Júnior, pela
natural do partido situacionista, o PSD, à prefeitura, pois ARENA. Era deputado federal e havia sido, no governo
havia passado pela Secretaria de Viação e Obras Públicas Leonino Caiado, secretário de Educação. Foi o primeiro
(Sevop), que tinha envolvimento grande com a cidade. goianiense a chegar ao cargo de prefeito. Se preocupou
Muito entrosado com o governador José Feliciano, com a questão ambiental, restaurar pontos e equipamentos
conduziu-se na administração municipal contando sempre urbanísticos originais, refazer áreas verdes que haviam sido
com o apoio da esfera estadual e pôde cuidar bem dos reduzidas. O coreto original da Praça Cívica retomou a
serviços essenciais durante o mandato-tampão de dois originalidade em sua gestão, infundiu mais qualidade ao
anos. serviço de limpeza urbana e à coleta do lixo e melhorou a
10º - Hélio Seixo de Britto 31-01-1961 a 31-01-1966. iluminação pública. Acrescentou cerca de 200 mil metros
Eleito pela UDN, médico e político de grande senso ético e quadrados de asfalto. Promoveu ainda ampla reforma do
profunda integridade, militante nas antigas oposições. Foi o Lago das Rosas.
responsável pela conquista da autonomia da prefeitura. 17º - Daniel Antônio de Oliveira 10-04-1979 a 30-06-
Desde a criação, a esfera estadual assumiu a maior parte 1979.
das responsabilidades em relação à cidade. Levantou essa O governador Ary Valadão indicou o nome de Rogério
bandeira como sua maior prioridade. Promoveu ampla Gouthier Fiúza para o cargo, mas havia resistência na
reestruturação administrativa. No final de 1961, um Assembléia Legislativa – que deveria aprovar a indicação.
decreto do governador Mauro Borges transferia à Na condição de presidente da Câmara, o vereador Daniel
competência da prefeitura os assuntos de urbanismo, Antônio teve de assumir interinamente a função por dois
conservação da cidade e cadastro imobiliário. Hélio meses, pelo MDB.
reequipou a prefeitura, renovando a frota e o maquinário e 18º - Índio do Brasil Artiaga Lima 30-06-1979 a 14-05-
criou as secretarias municipais. 1982.
11º - Íris Rezende Machado 31-01-1966 a 20-10-1969. Fez Direito na UFG, ocupou a presidência da Caixego e do
Eleito pelo MDB, carismático e populista, implantou o BEG, quando foi nomeado por Ary Valadão a prefeitura de
sistema de mutirão para a realização de muitas obras, Goiânia, pela ARENA. Fez uma administração planejada.
inclusive a nova sede da prefeitura na Praça Cívica. Sem Iniciou a regulamentada revisão do Código de Posturas
problemas maiores no relacionamento com a Câmara, pois Urbanas e do Código de Edificações e Obras. Implantou a
tinha sido vereador por duas vezes, e desfrutando agora Área Azul; planejou e instalou os grandes eixos de

15
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
transporte coletivo, com faixas exclusivas para ônibus Eleito pelo PMDB, deu prioridade ao programa de
(como os eixos Norte-Sul e Anhanguera). Formulou e fez asfaltamento dos Bairros de Goiânia. Investiu na educação
aprovar a Lei de Habitação Popular, criando condições para e saúde do município, e na construção de parques em
loteamento de áreas destinadas à população de baixa Goiânia. Sanou as dividas da prefeitura e foi reeleito para
renda. Antecipou-se a alguns problemas do crescimento da um mandato de 01- 01- 2009 a 31- 12- 2012.
cidade. Deixou o cargo para se submeter à cirurgia nos
EUA.
19º - Goianésio Ferreira Lucas 17-05-1982 a 14-03-
1983.
Médico, nomeado pelo governador Ary Valadão pela
ARENA, foi designado para completar a gestão de Índio,
que deixou o cargo para se submeter a uma cirurgia.
20º - Daniel Borges Campos 15-03-1983 a 18-03-1983.
Assumiu por apenas três dias a prefeitura.
21º - Nion Albernaz 18-03-1983 a 31-12-1985.
Indicado pelo governador Íris Rezende pelo PMDB, de quem
havia sido secretário quando este passou pela prefeitura.
Na história político-administrativa de Goiânia, apenas
Venerando exerceu o cargo por mais tempo que Nion, que
esteve no comando por 11 anos. Teve como prioridade no
primeiro mandato pavimentação de praças, avenidas e
ruas, assim como um serviço público decorrente e a
iluminação.
22º - Daniel Antônio de Oliveira 01-01-1986 a 26-03- LICEU DE GOIANIA
1987.
Primeiro prefeito e Goiânia eleito diretamente após o Golpe
de 1964, pelo PMDB. Envolveu-se com política estudantil e GOVERNADORES
acadêmica no Colégio Estadual Professor Pedro Gomes e na
O GOVERNO DE JERONYMO COIMBRA BUENO
Faculdade de Direito da UCG, onde presidiu o Centro
Acadêmico Clóvis Bevilácqua. Problemas de relacionamento (1947/50)
com diversas áreas o envolveram em uma crise que acabou Coimbra Bueno, engenheiro que dirigiu a execução
por afastá-lo. O governador Henrique Santillo promoveu faz obras civis na construção de Goiânia, foi o primeiro
intervenção estadual na administração no dia 2 de março governador goiano a ser eleito pelo voto universal
de 1987. O interventor foi Joaquim Roriz, então deputado (masculino e feminino) direto em Goiás.No seu governo
federal. Ele ficou no cargo de 3 de março de 1987 até 19 houve uma importante melhoria genética do rebanho
de outubro de 1988. Daniel reassumiu em 19 de outubro de bovino goiano, graças à importação de tourinhos indianos
1988 para no dia 1º de janeiro de 1989 passar o cargo a pelo Estado. Estimulou,também, a abertura de campos de
Nion. aviação.
23º - Joaquim Domingos Roriz 03- 03 – 1987 a 19 – Coimbra Bueno lutou ainda pela transferência da
10 – 1988. capital federal para o planalto central. Após o seu governo
Interventor nomeado pelo governador Henrique Santillo. Pedro Ludovico volta ao cargo de governador, desta vez,
- Daniel Antônio de Oliveira 19- 10- 1988 a 31- 12- eleito pelo povo.
1988. BRASÍLIA, a nova capital federal
Reassumiu o cargo e passou à Nion Idealizada desde a fundação do Império no Brasil,
24º - Nion Albernaz 01-01-1989 a 31-12-1992. a transferência da sede federal para o Planalto Central ficou
Eleito pelo PMDB, preocupou-se com a limpeza da cidade, definida na Constituição de 1946 (A Constituição de 1946
com o ajardinamento, com as flores, e enfatizou a foi promulgada em setembro, divulgada em todos os
qualificação dos serviços, a começar pela educação. jornais. Nela ficou definida a transferência da sede federal
Considera importante a questão do visual da cidade porque para o Planalto Central). Após estudos feitos sobre a
levanta a auto-estima coletiva e estimula civilidade. região, foi finalmente indicado o perímetro do território de
Também iniciou a construção da Marginal Botafogo. Goiás, onde, em 1960, foi inaugurada a cidade de Brasília,
25º - Darci Accorsi 01-01-1993 a 31-12-1996. planejada por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer.
Eleito pelo PT, após vários mandatos do PMDB, inseriu uma A construção da capital federal trouxe um novo
ruptura no Irismo na prefeitura de Goiânia. Deixou a fluxo migratório, predominantemente de nordestinos, os
prefeitura com 94% de aprovação popular. Destacou-se na chamados “candangos”, que empenharam sua mão-de-obra
área ambiental, com a construção do Parque Vaca Brava e de forma brutal, realizando um sacrifício sobre-humano
preocupação com desenvolvimento sustentável. Goiânia foi para garantir ao chefe da nação o privilégio de inaugurar a
considerada à época a 2ª cidade ecologicamente correta do cidade no curto período de um mandato presidencial.
País. Brasília é a maior obra de engenharia da época
26º - Nion Albernaz 01-01-1997 a 31-12-2000. contemporânea. A construção de Brasília marcou para
Eleito pelo PSDB, sua prioridade foi a qualificação dos sempre o governo Juscelino Kubitschek.
serviços, especialmente os da saúde pública. Terminadas as obras, esses trabalhadores
27º - Pedro Wilson 01-01-2001 a 31-12-2004. passaram a ter dificuldades ainda maiores para manter sua
Eleito pelo PT, lançou a Agenda 21 local e o Orçamento sobrevivência, sendo que boa parte deles acabou por fixar-
Participativo. Iniciou a revitalização do Centro, cuja se na periferia de Brasília, originando as cidades-satélites.
primeira iniciativa foi levar ambulantes das avenidas Goiás
e Anhanguera ao Mercado Aberto, construído na Avenida O GOVERNO DE JUCA LUDOVICO (1955-59)
Paranaíba, dotado de estrutura e equipado para ser espaço Ex-secretário da Fazenda de Pedro Ludovico, José
de lazer à noite, aos domingos e feriados. Ludovico de Almeida foi um investidor na ampliação da
28º Íris Rezende Machado 01- 01- 2005 a 31- 12- rede energética em Goiás. Quando secretário da fazenda do
2008. Governo de Pedro Ludovico conseguiu recursos para a
construção da Usina do Rochedo, no Rio Meia Ponte e no

16
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
seu próprio governo iniciou a construção da Usina da
a favor do movimento militar. O apoio durou pouco.
Cachoeira Dourada (privatizada por Maguito Vilela) que
Enfrentou resistência interna de políticos opositores, que
inclusive forneceu energia inicialmente para a construção
apoiavam o golpe. Esses adversários municiavam os
de Brasília. militares com acusações contra Mauro Borges até outubro
Juca Ludovico lutou ferrenhamente pela
de 1964, quando o confronto parecia inevitável. O
transferência da capital federal, agilizando, inclusive, a
rompimento final foi em 26 de novembro de 1964, quando
desapropriação das terras do atual Distrito Federal. Deu
o Palácio das Esmeraldas foi cercado e Mauro Borges
atenção à educação construindo várias escolas, ampliou a
deposto. Segue-se o período dos interventores até a nova
telefonia, construiu o Hospital das Clínicas e o Aeroporto
eleição, marcada para 1965. Após a queda de Mauro, e por
Santa Genoveva dois meses, assume Carlos de Meira Mattos. De janeiro de
65 a janeiro de 66, comanda o Estado o oficial do Exército
O GOVERNO DE JOSE FELICIANO FERREIRA Emílio Rodrigues Ribas Júnior.
(1959-61) O GOVERNO RIBAS JUNIOR (1965-66)
José Feliciano ofereceu apoio logístico à construção O General Emilio Rodrigues Ribas Jr., amigo
de Brasília, ampliou a malha rodoviária e de redes de pessoal do Mal. Castello Branco, exerceu em Goiás um
energia, dobrou o número de professores nas escolas mandato-tampão até a realização das eleições de 1965. O
estaduais e iniciou a pavimentação dos trechos Goiânia — governo do general não se preocupou em criar um novo
Trindade / Goiânia — lnhumas. programa, apenas deu continuidade às obras iniciadas e
O GOVERNO MAURO BORGES (1961-64) paralisadas com o brusco afastamento de Mauro Borges.
A década de 1960 teve início sob um clima de O GOVERNO OTAVIO LAGE (1966-71)
grande expectativa de progresso em todo o Brasil. Afinal, o Em 31 de janeiro de 1966 toma posse o novo
período do governo de JK chegou a ser considerado o governador eleito: Otávio Lage de Siqueira, que governou
período dos “anos dourados”. Em Goiás, foi eleito para o Goiás até março de 1971,quando o país já vive sob os anos
governo do estado o filho de Pedro Ludovico Teixeira, o de chumbo da ditadura. Nesta época, o País já vivia sob o
militar Mauro Borges Teixeira. Era um político que jugo do AI-5, que fechou o Congresso, suspendeu as
representava, de certa forma, a idéia de continuidade do eleições diretas para governador e prefeitos de capitais.
desenvolvimentismo. Entre seus planos incluía-se a Otávio Lage enfrentou várias crises políticas (a
elaboração de um pioneiro projeto de desenvolvimento assembléia tinha maioria oposicionista),mas do ponto de
para Goiás, que seria sustentado pela mineração, cujo vista administrativo conseguiu realizar várias obras,
potencial viria a ser explorado pela empresa Metais de como:pavimentação de rodovias, postos de saúde no
Goiás S.A.(METAGO). interior, iniciou a construção do Hospital Materno-infantil e
Além das atividades da mineração, estava previsto concluiu a 2 etapa de Cachoeira Dourada, além de construir
o incremento da produtividade agropecuária, porém o dezenas de escolas.Leonino Caiado é eleito pelo voto
mandato de Mauro Borges acabou encerrando-se de forma indireto pela Assembléia Legislativa. Depois dele, também
prematura. foram indicados para governar o Estado, Irapuã Costa
O Governo de Mauro Borges foi o primeiro em Júnior e Ary Valadão.
Goiás planejado tecnicamente, com base em estudos sobre O GOVERNO LEONINO CAIADO (1971 -75)
o potencial do estado e de suas carências, com base em Leonino Di Ramos Caiado assumiu a prefeitura de
estudos da Fundação Getúlio Vargas com “O Plano MB”. Goiânia em 1968, quando o então prefeito iris Rezende,
No seu governo foram criadas várias empresas teve os direitos políticos cassados, pela ditadura.Em 1971
estatais para suprir carência de investimento da iniciativa assumiu o governo do estado em eleição indireta realizada
privada nesses setores: pela Assembléia Legislativa.
*Cotelgo (Telefones), hoje Telegoiás; Suas principais realizações administrativas foram a
* Metago (Minérios, Metais de Goiás); construção do Estádio Serra Dourada e do Autódromo
* lquego (Medicamentos,- Industria Química do Estado de Internacional de Goiânia, que acabaram por projetar
Goiás); positivamente a capital. Deu atenção ao campo criando o
* Casego (Armazenamento agrícola, -Comp. de Armazéns e Goiás rural e expandindo a fronteira agrícola em Goiás.
Silos do Estado de Goiás);
* Crisa (Rodovias e estradas); O GOVERNO IRAPUÃ (1975-79)
* Osego (Organização de Saúde do Estado de Goiás); Irapuã Costa Júnior iniciou sua carreira como
* Caixego (Finanças,- Caixa Econômica do Estado de prefeito indicado de Anápolis, considerado pelos militares
Goiás); como município de segurança nacional, por causa da base
* Cosego (Seguros); aérea.
* Saneago (Saneamento básicos); Assumiu o governo do estado em 1975 sob
* ldago (política agrária) protesto da bancada o MDB (oposição) que discordava das
* Ciago(Companhia de Abastecimento do Estado de Goiás); eleições indiretas.Deu atenção ao norte do estado (hoje
* Suplan(Superintendência do Plano de Obras); Tocantins), e dentre outras obras construiu a ponte sobre o
* Cepaigo( Centro Penitenciário Agrícola e Industrial do Rio Tocantins, em Porto Nacional. Construiu o Ginásio Rio
Estado de Goiás); Vermelho e iniciou a implantação do DAIA (Distrito
O ldago (Instituto de Desenvolvimento Agrário de Agroindustrial de Anápolis).
Goiás) foi responsável pela implantação em Goiás dos O GOVERNO ARY VALADAO (1979-83)
combinados agrourbanos inspirados no modelo de Apadrinhado pelo poderoso General Golbery do
colonização agrícola de Israel, os Kibutz. Couto e Silva, eminência parda e regime militar, Ary Ribeiro
A liderança de Mauro Borges, segundo destaca o Valadão assume o poder eleito indiretamente pela
jornalista Hélio Rocha no livro “Os Inquilinos da Casa Verde Assembléia Legislativa.
– Governos de Goiás de Pedro Ludovico a Maguito Vilela”, Devido à anistia decretada por Figueiredo,
fortaleceu-se a partir de 1961, quando ele aliou-se ao enfrentou forte oposição ao seu governo, pois várias
governador do Rio Grande do Sul a favor da legalidade, isso lideranças que estavam com direitos políticos cassados
fez com que os militares o derrubasse. Em 01/04/64, um voltaram à atividade. Deu especial atenção ao norte do
movimento golpista militar é vitorioso e uma junta militar estado, hoje Tocantins, inclusive, devido a esse respaldo
assume o poder, depondo João Goulart, que assumira com político, chegou a exercer um mandato de Deputado
a renúncia de Jânio Quadros. A princípio, Mauro Borges foi
17
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
Federal naquela recém-criada unidade da federação.Sua federativa nascia com um território de 277.322 quilômetros
maior realização administrativa foi o Projeto Rio Formoso, quadrados, área que foi desmembrada da região norte de
de agricultura irrigada. Goiás e passava a integrar a Região Norte do País.
O movimento separatista é desejo antigo(desde de
O IRISMO – 1983-98 1821), embora naquela ocasião o movimento tivesse sido
reprimido por D. Pedro, a questão continuou a provocar
O GOVERNO IRIS REZENDE (1983-86)
debates acalorados durante as sessões do Legislativo
As pressões pelo fim da ditadura e da crise
Imperial e do Legislativo federal da República, gerando
econômica causaram muitas manifestações populares e de
focos de rivalidade política entre as oligarquias goianas,
setores da sociedade, destacando-se as greves dos
que se dividiam em “favoráveis” e “francamente
metalúrgicos de ABC Paulista e as ações promovidas por
contrárias” ao desmembramento do território. No Período
outras organizações, como a OAB, a CNBB, CIMI etc. O
Republicano, com maior autonomia para os Legislativos
processo de abertura política teve um início “lento, seguro
Estaduais, sempre o grupo que defendia a manutenção da
e gradual” a partir do governo do Presidente Geisel, mas
integridade territorial do estado obitinha vitória na
concretizou-se no mandato de seu sucessor, o General João
Assembléia Legislativa Estadual.
Baptista de Oliveira Figueiredo.
Com a recuperação dos seus direitos políticos, em
1982, e com o apoio de uma “frente” de oposição ao CÉSIO - A TRAGÉDIA DA DESINFORMAÇÃO
oficialismo, Íris Rezende consegue se eleger governador de Em 1.987. Dois sucateiros, Roberto Alves e Wagner
Goiás, o primeiro eleito pelo povo(voto direto) após o Mota Pereira, percorrem o centro de Goiânia catando
regime militar. Em Goiás, o governo de Íris transcorreu em material para vender no ferro velho. No local conhecido
sincronismo com as medidas de transição política para a como o buraco da Santa Casa (demolida alguns anos
redemocratização do País. antes), eles penetram nos escombros do que fora o
Íris adotou um governo de estilo populista instituto Goiano de Radioterapia. E encontram o que lhes
“Governador dos Mutirões”, dando ênfase à construção de parece ser a coisa de valor. Um objeto todo coberto de
moradias em sistema de mutirão mobilizando chumbo, que carregam, quebram e desmontam. No ferro-
estado/prefeitura/povo.Ainda nesse primeiro mandato velho dos irmãos Devair e Ivo Alves Ferreira maravilham-se
como governador íris aumentaria 2,5 vezes a quantidade com uma espécie de pedra do tamanho de um ovo,
de rodovias pavimentadas e faria 14.000 kms de redes de guardada dentro de uma cápsula de chumbo. Aquilo tem
energia, investindo pesado em infra-estrutura. A grande uma estranha luz nunca vista antes, será uma pedra
critica que se faz a esse seu governo seria a de que o social preciosa? Uma mistura de curiosidade, cobiça, gestos de
teria ficado relegado a um segundo plano. delicadeza e desinformação faz com que o objeto passe de
Administrativamente, o governo baixa o chamado mão em mão.
“Decretão”, tentendo coibir os abusos empreguistas do Tão lindo que a menina Leide não resiste e lambe.
governo anterior. Foi uma medida extrema. Com maior Tão raro, que um homem tira um pedaço para presentear a
critério, o Estado voltou a absorver os funcionários, mulher. Outro esconde um pedacinho no bolso. Pode valer
reforçando a função do “Estado de Obras”, numa estrutura muito, ele pensa em vender. Horas depois 27 de manusearem
social que era incapaz de absorção da mão-de-obra por aquele objeto luminoso, as pessoas começam a sentir
outras vias. Seu governo cria o Estatuto do Magistério, tonturas, vômitos, diarréias que não cessam com remédios
antiga solicitação dos professores. caseiros. Eles se medicam como de costume, nas
De maneira geral foi um governo de caráter farmácias. Sem melhoras, alguns procuram hospitais e são
reformista que tentou recolocar o Estado nas vias de tratados como portadores de doenças infecto-contagiosa.
crescimento econômico. Também sem melhoras. Desconfiada, a mulher de Devair
A partir desse momento lris Rezende vai se tornar leva o que resta do objeto para a Vigilância Sanitária. Um
uma das principais lideranças políticas de Goiás e vai médico suspeita que os sintomas apresentados sejam
projetar-se nacionalmente, assumindo inclusive o Ministério síndrome de radiação.
da Agricultura e depois da Justiça. Dará, dessa forma, inicio Consultado, o físico Walter Mendes Ferreira
a um ciclo político conhecido por lrismo. confirmou. E deu o alarme. O objeto coberto de chumbo
O governador íris Rezende Machado foi nomeado era uma bomba de césio-137. Da discriminação à
Ministro da Agricultura do governo José Sarney e seu solidariedade. Enquanto o Governador Henrique Santillo
mandato foi completado pelo vice-governador Onofre providenciava as primeiras medidas de socorro às vítimas e
Quinan (1986/87), que deu grande ênfase ao setor de o isolamento dos locais supostos de contaminação, o pânico
transportes, pavimentando estradas escoadoras da se espalhava em Goiânia. E em consequência da
produção rural. desinformação, também pelo país todo, viajantes de Goiás
O GOVERNO HENRIQUE SANTILLO (1987-91) não conseguiam confirmar reservas em hotéis de outros
Henrique Antônio Santillo foi um dos governadores estados brasileiros. Os negócios com produtos goianos
eleitos pelo PMDB na esteira de sucessão do Plano Cruzado, foram suspensos internacionalmente.
que depois foi taxado de estelionato eleitoral. Possuía um Henrique Santillo, fez então, uma série de viagens
ousado programa desenvolvimentista, mas acabou dando pelo país, para divulgar as reais dimensões do acidente. O
prioridade as áreas de saúde e saneamento. esforço fez efeito, especialmente porque contou com o
Seu governo enfrentou uma catástrofe de apoio generoso de artistas como Beth Faria, Lucélia Santos,
proporções mundiais, o acidente com o Césio 137, logo no Elizeth Cardoso, Stepan Nercessian, Alceu Valença, Fagner,
sexto mês, o que demandou vultosa soma de recursos e Chico Buarque e muitos outros. Beth Faria deixou-se
projetou negativamente a imagem não só de Goiânia como fotografar no Rio, ao lado de uma das vítimas
do estado. hospitalizadas, demonstrando que não mais havia perigo de
convívio social.
CRIAÇÃO DO ESTADO DO TOCANTINS A tragédia que ocorreu em Goiânia poderia ter
acontecido em qualquer outra cidade brasileira, tendo em
Outro acontecimento importante e marcante vista o descaso das autoridades responsáveis pelo controle
dessa época foi a criação do estado do Tocantins, previsto e fiscalização de material radioativo. Morte e sofrimento
no capítulo sobre Ato das Disposições Constitucionais, não foram em vão: A constituição de 88 atualizou a
promulgada em outubro de 1988. A nova unidade legislação sobre uso e controle de material radioativo,

18
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
definiu que cada Estado da federação é responsável pela voltou a investir novamente em pavimentação e iniciou a
guarda do lixo radioativo que produzir. E, ainda que quarta etapa de Cachoeira Dourada. Expandiram-se os
incipiente, já existe no Brasil uma nova consciência sobre distritos agroindustriais através do programa FOMENTAR.
os riscos da contaminação nuclear. Mais uma vez o social foi relegado a um segundo plano. O
endividamento do estado cresceu de maneira preocupante.
O Grande acidente radioativo de Goiânia Íris e o seu vice, Maguito ,
Setembro de 1987; comoção, medo, angústia e soluções desincompatibilizaram-se seis meses antes do término do
rápidas encontradas, lições de vida, lições de mandato para concorrerem, respectivamente aos cargos de
relacionamento, nós goianos, aprendemos muito depois do senador e governador. Assume o poder dessa forma, o
trágico acidente com o Césio-137. Em setembro de 1987 Presidente da Assembléia Legislativa, Agenor Rezende, que
inadivertidamente, dois indivíduos removeram do extinto vai exercer um mandato-tampão até a posse do próximo
Instituto de Radioterapia de Goiânia uma cápsula contendo governador.
50.9 TBq (1375 Ci ) de material radioativo Césio-137.
Levaram a peça para suas casas e tentaram desmantelá-la.
Iniciava-se, assim o maior acidente radioativo do Ocidente,
O GOVERNO MAGUITO VILELA (1995-98)
até a presente data, que chamou a atenção de toda a Luis Alberto Vilela, mais conhecido como Maguíto
comunidade científica internacional. Vilela realizou um governo pautado na atenção às classes
Por ignorarem a periculosidade do conteúdo da menos favorecidas. Criou a Secretaria de Solidariedade
peça, os envolvidos no acidente distribuíram suas partes e Humana que, segundo seu governo era um compromisso
porções do pó radioativo(que brilhava muito) entre várias de resgate da cidadania, contra a forma e a miséria. 250
pessoas e locais da cidade, abrangendo área superior a mil famílias passaram a desfrutar isenção do pagamento de
2.000 metros quadrados, localizada no centro de Goiânia, taxas de água e luz e oitocentas mil pessoas foram
contaminando 118 pessoas das quais 04 foram a óbito logo beneficiadas com o acesso a cestas básicas distribuídas
após o acidente. Esse fato, e a falta de conhecimento, pelo governo. Lotes foram distribuídos á população mais
contribuiu para dificultar operação de socorro às vítimas e à pobre. Seus programas sociais o colocaram no topo das
população em geral. pesquisas de opinião pública como o governador mais
Devido a falta de conhecimento em medicina das popular do Brasil e recebeu elogios do sociólogo Betinho e
radiações por parte da equipe local, foi necessário a ajuda do Unicef. Houve avanço nas áreas de saneamento básico e
de organismos Nacionais e Internacionais especializados na educação. Algumas rodovias foram pavimentadas e
em radiações, bem como a participação efetiva dos outras duplicadas.
profissionais médicos. Formou-se, então, a “Operação Mas, todo esse investimento esgotou a capacidade
Césio-137”, com vários profissionais encarregados de de endividamento do estado e transformou Goiás num pólo
enfrentar um inimigo comum: O Césio-137. Hoje existe a de atração de miseráveis do Brasil inteiro superlotando a
Fundação Leide das Neves Ferreira(FunLeide) que presta periferia de Goiânia e o entorno do DF, que se transformou
assistência social, odontológica, psicológica e médica e da numa das regiões mais violentas do Brasil. Goiás é hoje
apoio a todos os radioacidentados de Goiânia. percentualmente o estado mais endividado do Brasil. No
O acidente com o Césio-137 aqui ocorrido, veio governo Maguito a usina de Cachoeira Dourada foi
servir de alerta à toda a nação, despertando a sociedade privatizada.
para uma reflexão maior à cerca da utilização e os cuidados Maguito era o candidato natural à reeleição em
que se devem ter no manejo com a energia nuclear. Além Goiás, mas Íris Rezende temendo ver o seu brilho político
dessa reflexão, torna-se necessário que todos tomem ofuscado pela meteórica ascensão do seu apadrinhado
consciência do avanço desse processo tecnológico, o qual político, convenceu-o a disputar o senado e candidatou-se
tem se utilizado deste tipo de energia, atendo-se para seus pela terceira vez a governador do Estado, Os institutos de
benefícios e riscos. pesquisa indicavam que Iris tinha mais de 70% da
Os produtos goianos passaram a ser boicotados ou preferência do eleitorado enquanto que, o segundo
rejeitados fora do estado, influindo negativamente na colocado Marconi Perillo, tinha menos de 7%.
economia. Some-se a isso uma divida de US$ 2 bilhões e
inchaço da máquina administrativa, extremamente onerosa
e está pintado o quadro do seu governo.Sua principal GOV. DE MARCONI PERILLO (1998 E
realização administrativa foi a construção do HUGO —
Hospital de Urgências de Goiânia. Quando deixou o governo REELEITO EM 2002-06) “UM TEMPO
o funcionalismo público estava com o salário atrasado em
mais de cem dias, em sua grande maioria. Durante o seu NOVO”
governo houve ainda a liquidação da Caixego. Nos anos de 1990, Goiás experimentou uma maior
diversificação econômica, com os governos estaduais
O SEGUNDO GOVERNO DE ÍRIS REZENDE incentivando a instalação de indústrias. Em 1997, surgiu o

(1991-94) projeto de instalação de uma unidade das indústrias da


Perdigão, um dos maiores frigoríficos do País, além da
lris assume o segundo mandato encontrando o instalação de duas montadoras de veículos, a Honda e
estado completamente sucateado. São suas essas Mitsubishi. O setor farmacêutico também tem recebido
palavras:”Recebo um governo literalmente arrasado. O investimentos importantes. Alguns municípios goianos já
funcionalismo público desmotivado e desmobilizado porque despontam como pólos agroindustriais, atraindo
não recebe seus vencimentos a cinco meses. Hospitais e investimentos em razão da infra-estrutura já instalada e da
postos de saúde funcionando precariamente por falta de oferta de matérias-primas.
equipamentos, remédios e condições mínimas de trabalho. Um dos mais graves problemas sociais com que se
Rodovias intransitáveis. Calendário escolar comprometido. depara o governador Marconi Perillo (eleito em 1998 e
Instituições financeiras falidas. E a receita com níveis reeleito em 2002) é a questão fundiária, que tem gerado,
baixíssimos.” ao longo dos anos, sérios conflitos pela posse de terras.
Houve uma intensificação maciça na fiscalização Marconi Perilo faz uma administração pautada no
dos impostos e um esforço concentrado de arrecadação. A incentivo fiscal para as empresas que queiram se instalar
receita elevou-se 18% já nos primeiros meses. Com isso o em Goiás, desagradando os interesses dos estados
pagamento do funcionalismo foi normalizado. O governo

19
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
centrais(estados mais ricos), como São Paulo, tendo Localizada a 54 Km de Goiânia e 140 Km de Brasília. Hoje,
procurado também solucionar esta problemática política. é um grande pólo industrial, com o DAIA (Distrito
Com isso, o Estado se industrializou com a Agroindustrial de Anápolis), localizado no Centro-oeste
chamada “guerra fiscal”. Marconi fez, em seu governo, goiano, junto ao entorno de Brasília, representando um
várias viagens com a finalidade de abrir os mercados total de 68 indústrias e 8 empresas de apoio. Trata-se da
nacionais e internacionais aos produtos goianos. região mais desenvolvida do Centro-oeste e com um dos
Características: mais expressivos potenciais de crescimento sócio-
 Foi o primeiro governador reeleito na história de Goiás; econômico de Goiás.
 Melhorou a administração pública de Goiás(governo
planejado); BRASÍLIA
 Criou e ampliou UEG; Sede do poder material, onde se decide os destinos político
 Desenvolveu a agroindustria(Perdigão – 2000); e econômico do país, a capital federal, é uma cidade
 Melhorou a infraestrutura de Goiás. realmente diferente. Nela se falam todas as línguas ao
Apesar das dificuldades existentes, que são abrigar mais de 150 embaixadas.
comuns a outros estados brasileiros, Goiás segue É um lugar ideal para se trabalhar, viver e sonhar; isso
crescendo, melhorando a cada dia as condições de vida de explica porque em Brasília vem crescendo o número de
sua população. Os goianos conseguem superar, com grande congressos, seminários e feiras. No futuro, o magnetismo
esforço, suas dificuldades econômicas e mantêm aceso o da cidade será ainda maior. Além de novos shoppings
esplendor de sua cultura, representada por seus artistas centers e centros comerciais, a capacidade hoteleira
plásticos, seus literatos, poetas, músicos e artesãos de encontra-se em franca expansão.
talento indiscutível. Brasília tornou-se um destino de viagem obrigatório. Ao
ALCIDES RODRIGUES (31/03/2006- lado do charme que, naturalmente inspira o poder e do seu
significado histórico e arquitetônico, existe uma exuberante
01/01/2007 A 31/12/2010) beleza natural.
Essa cidade foi a obra mais arrojada de arquitetura e
Alcides Rodrigues foi um dos organizadores do urbanismo, em âmbito mundial, do século XX, e tornou o
Partido Democrático Cristão (PDC) no estado de Goiás, que Brasil reconhecido dentro do próprio país e no interior.
originaria o atual Partido Progressista (PP), em 1990 foi
eleito deputado, e em 1992 p
prefeito de Sta Helena (1993-96). No ano de 1999 assume
GOIÂNIA
No coração do Brasil, uma capital cheia de exuberância que
como vice de Marconi e em 2003 foi nomeado interventor
encanta a todos. Goiânia(209 Km de Brasília) é cheia de
de Anápolis, normalizando em 100 dias, a grave situação
charme. Nela a natureza brilha e brinca distribuindo seus
político-institucional da cidade.
verdes e a beleza das pessoas. Vento, brisa e sol alternam,
Em 2006 Alcides é escolhido, com o ex-prefeito de
potencializados, um clima que é a cara do seu povo,
Aparecida de Goiânia Ademir Menezes, pelos partidos
tropical, agradável, arrematado pelo céu sempre azul e por
coligados para disputar as eleições. Vence a disputa no
horizontes sempre visíveis.
primeiro turno e confirma a vitória no segundo turno com
Apontada entre as sete cidades brasileiras com melhor
57,14% dos votos.
qualidade de vida, Goiânia se orgulha de encantar seus
Realizações:
moradores e visitantes com sua beleza. Quase 30% de sua
r) Desenvolveu vários projetos de infraestrutura na região
área urbana é arborizada, proporcionando ao turista ótimas
do Vale do Araguaia;
condições para sua estada. Possui uma completa rede
s) Firmou parcerias com o DF para a região do Entorno;
hoteleira, pousadas tradicionais e áreas de camping,
t) Fez várias viagens de negócios ao exterior (Ucrânia,
possibilitando a recepção de diversos segmentos do
França, China e Russia) e fechou acordos de comércio,
turismo.
indústria e agropecuária para o Estado;
Um dos maiores pólos de turismo de eventos, negócios,
u) Aumentou o programa Renda Cidadão e ampliou o CRER
compras e hospitalar do país, Goiânia sedia todo ano
e a UEG;
centenas de eventos nacionais e internacionais.
v) Construiu escolas estaduais de tempo integral.
Contudo, não deixe de conhecer o Memorial do Cerrado,
MARCONI PERILO(01/01/2011) Atualidade praças e parques urbanos e os milhares de agradáveis
barzinhos, restaurantes e casas noturnas.

CAMINHO DO OURO CIDADE DE GOIÁS


A Cidade de Goiás, localizada a 136Km de Goiânia e 320Km
O Caminho do Ouro é roteiro turístico e histórico
de Brasília, é notadamente uma das mais belas cidades
cultural localizado na região central do Estado de Goiás e
que compreende à região explorada, no século XVIII, por turísticas do Estado. Incrustada ao pé da Serra Dourada,
bandeirantes a procura de ouro e pedras preciosas, o queem um vale cercado de morros verdes e cortada por vários
originou a fundação das cidades históricas do Estado de rios balneáveis. A cidade mostra, em suas construções,
Goiás. Corumbá de Goiás e Pirenópolis localizadas no ruas inclinadas e tortas e calçadas de pedra, a história da
entorno da Serra dos Pirineus e a Cidade de Goiás, primeira Capital do Estado que, inspirada no estilo colonial,
Patrimônio Histórico da Humanidade, localizada nas leva-nos de volta ao passado. A cada esquina, a cada
proximidades da Serra Dourada e banhada pelo Rio pequena rua ou beco, há muito para se descobrir e admirar
Vermelho, são as cidades localizadas nos extremos deste em meio às construções de largas paredes, nobres
caminho turístico. Mas o Caminho do Ouro apresenta casarios.
surpresas, como as cidades de Jaraguá, Itaberaí, Olhos A Serra Dourada, com suas areias coloridas, vegetação
d’Água e Pilar de Goiás. instigante e o afloramento rochoso é um portal para se
conhecer o cerrado em sua forma mais primitiva. Ao
ANÁPOLIS amanhecer a luz invade suas pedras, transformando-as em
Anápolis nasceu durante o desbravamento de terras ouro, lembrando a origem do seu nome.
goianas pelos viajantes e comerciantes que percorriam o Encontra-se em Goiás riquíssima arte sacra nas seculares
Vale do Araguaia. igrejas e museus, que registram o início da colonização do
Estado, e os recursos d’água que banham a cidade e o

20
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
entorno, fazem com que a história e a natureza sejam localizado o Pico dos Pirineus com 1385 m. de altitude,
vivenciados. sendo o segundo ponto culminante da região Centro Oeste
A culinária tem muito para oferecer, como o arroz com onde realizam-se caminhadas, trilhas, acampamentos e
pequi, o empadão goiano, licores e doces cristalizados muita aventura.
feitos artesanalmente com os frutos da terra.
Patrimônio Histórico da Humanidade, a cidade atrai
milhares de turistas para sua tradicional festa, a Procissão PROBLEMAS DE GOIÁS
do Fogaréu realizada durante a semana santa. Goiás entrou Nosso Estado passa por problemas de todas as
definitivamente no cenário dos municípios turísticos ordens, Goiás tem dificuldades como:
brasileiros ao criar, no final dos anos 90, o FICA – Festival  crescimento desordenado do entorno da grande Goiânia
Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental. e de Brasília;
A cidade de Goiás possui vários pontos turísticos como, as  falta de infraestrutura(saneamento básico, violência,
obras sacras de Veia Valle, os museus, igrejas e falta de vagas nas escolas públicas e leitos hospitalares
monumentos históricos( Museu Casa de Cora Coralina, de e moradia para as classes baixas);
Arte Sacra da Boa Morte e Conde dos Arcos, o Chafariz de  Águas Lindas e Luziânia são as cidades mais violentas;
Cauda, os muros e ruas de pedra as pinturas em areia de  o transporte público goiano também é muito deficiente;
Goiandira do Couto, os sucos de frutos do cerrado, pastéis,  a malha ferroviária de Goiás, que é uma das menores
o empadão e bolos de arroz vendidos no Mercado do Brasil;
Municipal, as cachoeiras e rios cristalinos e a monumental
Serra Dourada.
O POTÊNCIAL DE GOIÁS
PIRENÓPOLIS  a base econômica de Goiás, hoje, é a agroindústria;
A Serra dos Pirineus (onde está localizado o PESP) é uma  no turismo se destaca o grande Araguaia, as lindas
das regiões mais antigas do planeta, onde nasce o Rio das cidades de Goiás, Pirenópolis e Caldas Novas e a
Almas(um dos afluentes do Rio Tocantins) que, percorrendo belíssima Chapada dos Veadeiros;
seu relevo acidentado, nos presenteia com lindas e  em Minaçu tem o um dos maiores pólos produtores de
cristalinas cachoeiras. Amianto do mundo;
Ao pé da serra, Pirenópolis, Patrimônio Histórico Nacional, é  temos o DAIA onde localiza-se as indústrias químicas e
uma pequena e acolhedora cidade que traz em sua farmacêuticas;
conservada arquitetura do século XVIII, traços de uma  na cidade de Rio Verde temos várias empresas: Cargil,
colonização bandeirantista, mantendo sempre vivas suas Cereal Ouro, Comigo e a maior indústria alimentícia da
festas tradicionais. América Latina a Perdigão;
 nos exportamos para: Japão, Cingapura, Hong Kong,
Europa, Índia, China e Oriente Médio;
REGIÕES E SUAS POTENCIALIDADES
Atualmente o Estado de Goiás e
regionalizado,segundo critérios do IBGE, em 5
mesorregiöes e 18 microrregiöes geográficas, fazendo
parte, juntamente com os estados de Mato Grosso e Mato
Grosso do Sul, da Regiäo Centro Oeste. As regiöes do
IBGE seguem os limites administrativos municipais, o que
facilita o trabalho com os dados e indicadores
socioeconômicos. É assim em todos os estados do Brasil.
Os estados brasileiros säo divididos em mesorregiöes
geográficas, que säo, por sua vez, subdividas em
microrregiöes geográficas. Em todo o Brasil existem 137
mesorregiöes e 558 microrregiöes, formadas a partir da
agregacäo dos 5.507 municipios brasileiros.
Os sinais de prosperidade são evidentes em todas as
regiões de Goáis.
Pólo principal do agronegócio, o Sudoeste goiano é um
exemplo do crescimento da economia goiana (Chapadão do
Céu, Jataí, Mineiros, Quirinópolis, Santa Helena de Goiás e
Rio Verde). Indústrias como a Perdigão, Comigo, Cargill,
Orsa Papel e Celulose, Brasilata, Cereal Ouro e outras
fazem da região uma das mais competitivas do País. O
Sudeste se tornou um pólo de três atividades industriais
pesadas – mineração, química e metalurgia –
representadas por empresas como a Copebrás, ultrafértil,
MMC Motores (subsidiária da Mitsubishi), John Deere/
Cameco. O turismo ecológico é outro ponto que desperta os
CAVALHADA DE PIRINÓPOLIS investidores, sobretudo com os lagos a serem formados
Com seus sólidos casarões seculares e ruas calçadas com pelas usinas, o Parque Nacional das Emas, as águas
pedras, o fascínio do Rio das Almas, a cidade é um cartão quentes de Lagoa Santa, em Itajá, e em Jataí.
postal da História do Brasil, e referência em criação de No Sul, estão dois dos principais municípios
santuários silvestres. exportadores do Estado: Itumbiara com o agronegócio e a
Existe ainda na região o Parque Estadual da Serra dos montadora japonesa Suzuki Motors (iniciou a construção de
Pirineus(PESP), que ocupa representativa região do Cerrado sua fábrica em 2011), Goiatuba com agronegócio, Caldas
do entorno das cidades de Pirenópolis, Corumbá de Goiás e Novas com Turismo, Morrinhos com forte produção de leite
Cocalzinho. Este é um local de pesquisas sobre a fauna e e tomate industrial, Piracanjuba também com o leite, milho
flora típicas do cerrado goiano, repleto de animais, flores, e soja.
plantas, nascentes, rios e cachoeiras. No PESP está
21
34
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
No Centro-Goiano, Goiânia tem uma economia baseada
nos setores de serviços e comércio, com um pólo de
confecções forte. E, agora, busca se tornar referência na
área tecnológica. Anápolis é o número um no ranking dos
municípios com o maior desenvolvimento econômico do
Estado. Com localização privilegiada, abriga o maior pólo
farmacêutico de medicamentos genéricos do País e, ainda
este ano, inaugura a fábrica de veículos da marca Hyundai,
sob o camando do grupo Caoa, há ainda as ferrovias
Centro-Atlântica e Norte-Sul , a UEG e o Porto Seco Centro-
Oeste e a futura Plataforma Logística Multimodal de Goiás
além do DAIA. Os municípios de Jaraguá e Goianésia
destacam-se os setores de confecções, açúcar e álcool e
Rubiataba o setor Moveleiro.

22
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

22
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

FERROVIA NOTE-SUL Ceres/Rialma GO-480


Comércio e
serviços
Municípios localizados trajeto Ferrovia Norte-Sul -
GO GO-434 e
Rubiataba Biocombustível
GO-483
. Anápolis . Goianésia
Goianésia/Santa Pátio de Biocombustível e
. Campo Limpo de Isabel transbordo atomatados
. São Luís do Norte
Goiás
Itapaci GO-336 Biocombustível
. Ouro Verde de Goiás . Uruaçu
Barro Alto BR-080 Mineração
. Petrolina de Goiás . Campinorte Pátio de Comércio e
Uruaçu
. Jesúpolis . Mara Rosa transbordo serviços
. São Francisco de Niquelândia GO-237 Mineração
. Estrela de Norte
Goiás GO-347 e
Alto Horizonte Mineração
.Jaraguá . Formoso GO-556
. Santa Teresa de Minaçu GO-241 Mineração
. Rianápolis
Goiás Pátio de Comércio e
Porangatu
. Santa Isabel . Porangatu transbordo serviços
São Miguel do Carne, grãos,
Principais municípios (população e Araguaia GO-244
biodiesel
desenvolvimento) econômico na área de influência
da Ferrovia Norte-Sul A Região Norte também é outro importante pólo
mineral como a Sama em Minaçu(amianto), a Codemin e a
Acesso Destaques Companhia Níquel Tocantins em Niquelândia(Níquel e
Município
rodoviário econômicos Calcário), onde os grupos Votarantim, Anglo American e
Pátio de Indústria, com. e outros projetam investimentos superiores a US$ 1 bilhão.
Anápolis Além da pecuária, nos municípios de Porangatu, Novo
transbordo serviços
Planalto e São Miguel do Araguaia, estão previstos ainda
Pátio de investimentos no setor de energia elétrica.
Jaraguá Confecções
transbordo A Região Oeste se destaca na pecuária leiteira, no
Itapuranga GO-320 Biocombustível setor de curtumes e destilarias de álcool.
O Entorno do DF tem atraído indústrias de alimentação,
Uruana GO-230 Pólo frutícola
com suas áreas irrigáveis.
Carmo do Rio
GO-460 Biocombustível
Verde

23
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

Região Metropolitana de Goiânia e a Região do Entorno


Criada pela Lei Complementar nº 27 de 30 de dezembro de 1999, era composta por 11 municípios (atualmente
são 20 municípios), com a Cidade sede – Goiânia. A Região Metropolitana de Goiânia-RMG, conhecida popularmente
como Grande Goiânia, é uma conurbação de cidades ao redor de Goiânia.

24
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

25
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
Municípios da RMG integrar-se ao Município de Grimpas (atual Hidrolândia),
Área IDH
tornando-se distrito. Em seguida, no ano de 1963, o
PIB em reais
Município (km²) População
(IBGE/2008)
(PNUD/ Distrito de Aparecida de Goiás emancipou-se de
2010) Hidrolândia, passando a se chamar Aparecida de Goiânia.
1 Abadia de Goiás 146,458 6 698 35 169 mil
0,742 Aparecida de Goiânia passou então a ser o alvo de
médio inúmeros assentamentos promovidos principalmente pelo
2 Aparecida de
288,465 442 978 3 873 756 mil
0,764 governo do estado, o que a impulsionou na classificação de
Goiânia médio um dos maiores índices de crescimento populacional do
3 Aragoiânia 219,755 8 300 41 412 mil
0,759 Brasil.
médio
O Município de Aparecida de Goiânia se chamou,
4 Bela Vista de Goiás 1280,9
23
255 210 mil
0,744 ainda como povoado, Aparecida, nome derivado da
981 médio
padroeira do lugar, Nossa Senhora Aparecida. Em 1958, a
5 Bonfinópolis 122,257
7
31 666 mil
0,723 Lei Municipal n. 1295 alterou-lhe o nome para Vila
536 médio
Aparecida de Goiás, e restaurou a condição de Distrito,
6 Brazabrantes 123,548
3 31 240 0,749 sendo a derivação implícita. Ainda em 1958, a Lei Municipal
134 mil médio
n. 1.406, de 26 de dezembro, fixou-lhe o nome de
7 Caldazinha 311,687
3 27 181 0,742 Goialândia, formado de Goia de Goiânia e Lândia de
280 mil médio
Hidrolândia, o que indica Vila situada entre os municípios
8 Caturaí 207
4 34 557 0,728 de Goiânia e Hidrolândia. O nome "Goialândia", porém não
618 mil médio
foi aceito por parte dos seus moradores, permanecendo o
1
19 457 0,832
anterior.
9 Goiânia 739,492 256
514
328 mil elevado A Lei Estadual n. 4.927, de 14/11/1963 eleva à
categoria de Município o Distrito, modificando-lhe o nome
10 52 833 0,689
10 Goianápolis 162,380
562 mil médio
para Aparecida de Goiânia, já com foros de cidade, que
pode ser dada como cidade que nasceu de Goiânia. Os
33 44 502 0,740
11 Goianira 200,402
556 mil médio
primórdios da evolução social do pequenino povoado
repousam na capelinha Nossa Senhora Aparecida. Local
13 70 277 0,729
12 Guapó 517,005
841 mil médio
onde os moradores de então praticavam o culto religioso
àquela que seria mais tarde consagrada a padroeira do
17 158 324 0,736
13 Hidrolândia 944,238
251 mil médio
lugar.
Habitavam naquelas paragens os fazendeiros José
47 396 812 0,765
14 Inhumas 613,349
572 mil médio
Cândido de Queirós, Abrão Lourenço de Carvalho, Antônio
Barbosa Sandoval, João Batista de Toledo e Aristides
24 275 789 0,785
15 Nerópolis 204,216
032 mil médio
Frutuoso suas mulheres e filhos que, juntando-se a mais
outros, formavam o núcleo populacional que marcou o
58
16 Nova Veneza 123,376
8
654
0,732 início da sua história.
130 médio
mil As freqüentes desobrigas levadas a efeito pelos
33
padres sediados em Campinas acabaram por incutir nos
4 0,749
17Santo Antônio de Goiás 132,803
639
463
médio
primeiros habitantes o sentimento religioso da Igreja
mil Católica Apostólica Romana. Os sacerdotes se
82
2 304
0,729
transportavam para o pequeno lugarejo em animais a fim
18 Senador Canedo 244,745 014 de cumprirem missão de fé, acentuando indelevelmente a
712 médio
mil
agregação religiosa, incrementando, conseqüentemente, a
40 afluência de residentes em função do culto.
6 0,707
19Terezópolis de Goiás 105,976 768
558
mil
médio Nos seus aspectos geográficos, Aparecida de
644
Goiânia integra a Microrregião de Goiânia, estando situada
20 Trindade 713,280
98
772
0,759 a 18 quilômetros do centro da Capital do Estado pela BR
159 médio
mil 153 e 15 minutos de percurso. Sua altitude é de 804
27 metros, com uma área de 289,08 quilômetros quadrados.
2
Total 7 401,332 100
867 0,745 Suas terras são do tipo sílico argilosa com pedreiras. A
727 médio
771
mil temp. média oscila entre 26 e 27 graus centígrados.
Aparecida de Goiânia possui um clima tropical
Região Metropolitana de Goiânia semi-úmido sendo quente a maior parte do ano. Apesar
Abadia de Goiás disso, no inverno as temperaturas mínimas podem
Abadia de Goiás foi elevado à categoria de despencar para até 9°C. Porém, as máximas podem ser
município com a denominação de Abadia de Goiás, pela Lei superiores a 31°C. (Temperaturas típicas de um dia de
Estadual nº 12799, de 27/12/1995, desmembrado de inverno: mín. 11°C/máx.28°C). Na primavera, são
Aragoiânia, Goiânia, Guapó e Trindade. Sede no Distrito de registradas as maiores temperaturas. Há casos em que as
Abadia de Goiás, Constituído do Distrito Sede. Instalado em temperaturas máximas podem alcançar ou ultrapassar os
01/01/1997. Sua população é de 6182 habitantes com PIB 38°C. (Temperaturas típicas de um dia de primavera: mín.
per capita de R$ 3.632. 21°C/máx.35°C). No verão as temperaturas ficam mais
Abadia tem uma ligação com Goiânia na prestação amenas: entre 19°C e 29°C. (Temperaturas típicas de um
de Serviço, com indústrias de alimentos e metálicas. A dia de verão: mín. 20°C/máx.29°C). No outono, as
aproximadamente 1km da região habitada da cidade, temperaturas ficam mais amenas variando entre 14°C e
encontra-se o lixo radioativo proveniente do Acidente de 28°C. (Temperaturas típicas de um dia de outono: mín.
Goiânia, com o isótopo de metal alcalico Césio-137, 15°C/máx.27°C).
armazenado em dois depósitos subterrâneos. A sua hidrografia é formada pelo rio Meia Ponte
Aparecida de Goiânia que banha o município em pequena extensão, servindo de
A cidade de Aparecida de Goiânia foi inicialmente limite com outros municípios. Os ribeirões das Lages, Santo
uma doação de terras feita por um grupo de fazendeiros da Antônio e o córrego da Serra banham o seu território. O
região à Igreja Católica e pertencia ao Município de Pouso serviço de eletrificação do município, com energia fornecida
Alto (atual Piracanjuba), logo depois em 1958 passou a pela hidrelétrica de Cachoeira Dourada, foi inaugurado em

26
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
11 de maio de 1960 pelas Centrais Elétricas de Goiás março de 1880. Luiz José de Siqueira, natural de São João
(CELG).No aspecto demográfico, a população residente no Del Rei, Minas Gerais, foi quem começou a dar os primeiros
município após a sua emancipação que não atingia 2.000 passos pelo desenvolvimento da povoação, tendo mandado
pessoas, de acordo com a sinopse preliminar do censo construir por conta própria um chafariz na Praça Senador
demográfico, sua população em 1980, foi proporcional- Silva Canedo, ao lado direito da Igreja de Nossa Senhora
mente a de maior crescimento no Brasil, estando assim da Piedade, padroeira da Freguesia. Pela Lei nº 100, de
distribuída: urbana 20.724, rural 21.941 com um total de cinco de junho de 1896, o Distrito de Bela Vista,
42.665 habitantes, ficando a densidade demográfica em pertencente ao município de Bonfim – atual Silvânia –, foi
11,40 hab/km². elevado à categoria de município, com a denominação de
Em seus aspectos econômicos, a pecuária, com a Bela Vista de Goiás. Houve um período em que a cidade
criação de gado bovino com a finalidade de corte e leite é produzia fumo de boa qualidade, e exportava para outros
uma das atividades na sua pequena extensão rural. No estados brasileiros. Está a 45 quilômetros da capital do
município onde predomina a indústria extrativa de areia estado, Goiânia. Bela Vista de Goiás faz parte da Região
para construções, pedras, barro comum para fabricação de Metropolitana de Goiânia, onde habitam mais de dois
tijolos, a agricultura não é expressiva, tendo-se em vista milhões e meio de pessoas.
que são atividades conflitantes, dentro de uma pequena O município de Bela Vista é atravessado pelos
área territorial rural, visto que 70% do seu território seguintes rios e córregos: Rio Meia Ponte, Caldas,
encontra-se hoje ocupado por grande proliferação Piracanjuba, Boa Vista, Arapuca, Sozinha, São José,
imobiliária, cujos lotes e áreas diversas estão ocupadas por Aborrecido, Nuelo, Barro Amarelo, São Bento, Furado,
moradias e setores industriais. Sucuri e Boa Vistinha. Sua área é de 1.277 km², com uma
O intercâmbio comercial, em maior escala, é população em 2007: 20.615.
realizado com o município de Goiânia e com outros estados, Durante o período entre 1930 e 1950, Bela Vista
tendo como principal meio de acesso a rodovia BR-153. Por foi famosa pela sua produção de fumo e chegou a ser
seu turno, Goiânia é o principal centro consumidor de seus reconhecida como a "Capital do Fumo Brasileiro". Os preços
produtos extrativos e industrializados. Supermercados, do mercado internacional em baixa causaram o abandono
armazéns, mercearias e semelhantes realizam o gradual das plantações e hoje a economia é dividida entre o
abastecimento interno. cultivo de frutas, o laticínio e a indústria granjeira.
Aparecida de Goiânia possui agências dos Correios Há um grande rebanho de gado - 113.970 cabeças
e Telégrafos, milhares de telefones instalados, ônibus de em 2007, sendo 21.810 de vacas leiteiras. É um dos
percurso entre a Capital e a maioria das regiões do maiores produtores de leite do estado e tem dois laticínios
município, bastante asfalto e muitos bens e serviços no município. São aproximadamente oito mil produtores de
públicos, existindo agências bancárias como o Banco do leite, dos quais 70% estão em pequenas fazendas. A
Brasil, Bradesco, CEF, Itaú e outros. produção de leite chegou aos 30 milhões de litros ao ano.
A população de Aparecida de Goiânia é formada Goianápolis
por 99.75% de sua população urbana e 0.25% de sua Sua população estimada em 2005 era de 12.825
população rural, isso gera problemas de transporte, habitantes. Goianápolis é a capital brasileira do tomate e
violência, falta de moradia e grandes espaços de também é conhecida por ser a cidade onde nasceram
especulação imobiliária. Leandro e Leonardo cantores.
Aragoiânia O município de Goianápolis e grande produtor de
Na região de Aragoiânia havia uma parada de gado hortifrute e tem uma ligação com Goiânia, pela distribuição
– local de descanso e ruminação dos animais – devido a no grande mercado consumidor.
este fato, a primeira denominação do município foi Goianira
Malhadouro passou por Rosália, uma homenagem ao Carinhosamente conhecida como a Capital das
pioneiro José Cândido Rosa. Aragoiânia foi a última Flores ou como Pequena Goiânia, é uma cidade industrial
denominação, mas a cidade até hoje carrega o pseudônimo com a população urbana (22.727hab.). Situada apenas a
de Biscoito Duro. Apelido peculiar, devido ao local que era 22 km de Goiânia, a cidade de Goianira está se tornando
parada de lanche entre Goiânia e Rio Verde. um grande Parque Agro-industrial.
No dia 27 de abril de 1940, foi celebrada a primeira O município foi beneficiado pela concretização do
missa do povoado. Nesta época havia apenas meia dúzia de Distrito Agroindustrial de Goianira, com as obras do Pólo
casas no local. Ainda neste referido ano surgiu a idéia da Calçadista. Destaca-se também na produção de postes e
construção de uma capela, cujo terreno fora doado por José placas rodoviárias, fios, calçados, assim como na produção
Cândido Rosa. Em 1946, este templo foi ampliado pelo de avestruzes e peixes ornamentais.
sírio-libanês João Nasser, primo de Alfredo Nasser. Com o Mesmo com o rápido crescimento da população,
passar dos anos, a comunidade ajudou em diversas Goianira conseguiu manter o padrão de qualidade de vida
reformas, até o atual formato que a Igreja de Santa Luzia do povo. Terra de gente trabalhadora e ordeira, tornou-se a
se encontra hoje. A igreja nunca mudou de local, sempre Capital dos Calçados de Goiás. A área total de Goianira
esteve na praça que também tem o seu nome. atinge apenas 200 km². A densidade demográfica é de 105
O nome Aragoiânia foi uma escolha do pioneiro habitantes por quilómetro quadrado. Esta taxa supera em
José Cândido Rosa, significa cidade entre Goiânia e o Rio muito a média do Estado de Goiás que é de apenas 14
Araguaia. Por muito tempo a rodovia que corta o município habitantes por quilometro quadrado.
foi o caminho entre a capital e o referido rio. A história de Goianira começa em Trindade, onde
40 Vista de Goiás
Bela havia um vigário com o nome de Padre Pelágio Sauter. De
O município de Bela Vista de Goiás surgiu com a seis em seis meses ele montava em seu burrico e visitava
doação de terras de José Bernardo Pereira e sua mulher, vária s fazendas da redondeza como a Pinguela Preta, São
Inocência Maria de Jesus. Essas terras foram doadas em Domingos, Boa Vista e Meia Ponte. Foi desses encontros de
função da formação do patrimônio da Igreja Católica. Com Padre Pelário com os fazendeiros que surgiu a idéia de
isso, muitas pessoas passaram a fixar residência na montar um povoado. As terras foram doadas e construiu-se
redondeza, o que levou a formar o Arraial Sussuapara no uma capela em louvor a São Geraldo. Em torno dessa
século XIX. capela surgiu o Povoado de São Geraldo, futuramente a
O arraial foi crescendo e desenvolvendo cidade de Goianira. A comissão para formar o povoado foi
gradativamente, e foi elevado à categoria de freguesia pela organizada por Padre Pelágio, Philadelphio Peres de Souza,
Resolução da Assembléia Provincial, sob nº 612, de 30 de
27
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
João de Assis Pereira, José Antônio Gabriel e Joaquim Bento O município possui boa densidade hidrográfica. É
da Costa. banhado pelo Rio dos Bois que é o principal e faz parte da
O primeiro terreno escolhido, próximo a um bacia do Paranaíba. Pode-se incluí-los no tipo de "regime
cemitério, ficava nas terras do Senhor Philadelphio. Como tropical" típico de lugares que se caracteriza por apresentar
nesse local a existência de água era precária, a construção o período das enchentes durante o verão e das vazantes
da capela foi tranferido para as terras de João Augusto durante o inverno, com uma inflexão máxima das águas em
Gonçalves, proprietário da Fazenda Boa Vista. A primeira janeiro/fevereiro e mínima em agosto/setembro.
capela foi feita de Pau-a-pique e sapê. No dia 25 de março O clima de Guapó é tropical, semi-úmido, com
de 1922, foi realizado a primeira missa, procissão e duas estações bem definidas. O período do ano mais
distribuição de santinhos de São Geraldo Magela. No verso quente e setembro/outubro, com média em torno de 24°C.
da imagem estava escrito "lembrança do levantamento do (dado de 1989). A estação chuvosa corresponde ao
cruzeiro no largo de São Geraldo, 25 de março de 1922". A semestre outubro/março e a concentração 41 das chuvas
igreja ficou pronta em 16 de outubro de 1930. Em 1935 foi ocorre nos meses de dezembro e janeiro.
criado o distrito de São Geraldo. O município não possui grandes elevações de terra.
A partir de 1940, São Geraldo passou a ser uma As elevações mais destacadas são as serras: Feia, do Mato
das bases de apoio para a construção de Goiânia. Uma Grande e dos Teixeiras (Serrinha), sobressaindo essa
serraria foi montada na Fazenda Boca da Mata, servindo última pelo fato de possuir em seu cume a conhecida Pedra
para a fabricação de tacos e forro paulista usado na Grande, formada por dois blocos de rocha superpostos,
construção do Grande Hotel, Teatro Goiânia e outras obras. sendo o primeiro de quatro metros e o segundo de cinco
Aos poucos, a região também foi se especializando na metros. A amplitude altimétrica varia entre 250 a 1750
produção de produtos alimenticios como banha de porco, metros. Dentre as formações vegetais caracterizadas na
fubá e outros utensilios que eram transportados de carro de região, destacam-se os campos e o cerrado.
boi para Goiânia, No mesmo ano, o distrito teve seu nome As terras que formam o município de Guapó,
alterado para Latim, depois para Itaitê (em tupi quer dizere pertenceram ao município de Trindade. A causa principal do
Pedra Feia) e posteriormente para Itaim (em tupi significa povoamento da sede do município foi a edificação da
Pedra Grande). Nenhum desses nomes deu certo, e os Capela de São Sebastião do Ribeirão. A doação do terreno
padroeiros do local pediram a volta do nome São Geraldo. para a formação do patrimônio foi feita por Manuel Pereira
A construção da matriz de São Geraldo teve início em de Ávila. Inaugurada a capela em 1905, a povoação
1949.Dez anos depois o município foi criado pela lei aumentou em conseqüência da suas possibilidades
estadual nº 2.363. A instalação se deu a 4 de janeiro de econômicas e de seus recursos naturais.
1959. O nome foi novamente alterado de São Geraldo para Devido ao rápido desenvolvimento, é elevado a
Goianira, em homenagem a filha da primeira professora da distrito, por força da Lei nº 3, de 14 de março de 1914,
Escola Estadual São Geraldo. pertencendo ao município de Trindade e com o nome de
Goiás é grande produtor de couro bovino, pois São Sebastião do Ribeirão.
conta com o terceiro maior rebanho do País, totalizando Com a transferência da Capital do Estado para
cerca de 20 milhões de cabeças. Com as fábricas e calçados Goiânia, o distrito de São Sebastião do Ribeirão foi
em Goianira, o Estado de Goiás deu um salto de qualidade desanexado do município de Trindade e incorporado ao
na cadeia produtiva do couro bovino. O Pólo calçadista de município goianiense, pelo decreto-lei n.º 327, de 2 de
Goianira possui 15 galpões que variam de 570 a 1360 m². agosto de 1935.
Cada um possui tratamento de esgoto individualizado com Em 30 de março de 1938, pelo decreto-lei n.º 557,
sistema de fossa séptica sumidouro. Desse modo, o Distrito quando a fixação do quadro territorial do estado, o distrito
Agroindustrial de Goianira encontra-se com infra-estrutura de São Sebastião do Ribeirão passou à denominação de
preparada para o recebimento de qualquer grande industria Ribeirão. Em 31 de dezembro de 1943 pelo ato estadual,
de calçados do Brasil. n.º 8305, este distrito passou a denominar-se Guapó,
Goiás possui cerca de 300 indústrias de calçados, tornando-se município pela lei n.º 171, de 8 de outubro de
bolsas, chinelos, cintos e outros acessórios. Ao todo, o 1948, sendo criada a Comarca pela lei n.º 711, de 14 de
setor produz mais de 400 mil pares por mês, dos quais novembro de 1952 e instalada em 1º de maio de 1954,
20% abastecem o mercado interno e o restante é tendo sido seu primeiro juiz o Bacharel Eurico Velasco de
comercializado para outros estados brasileiros. O destaque Azevedo e o seu primeiro prefeito, Raimundo Emerenciano
fica com os calçados femininos, no estilo modinha, seguidos de Araújo.
de bolsa, pastas, carteiras e cintos. As botinhas e chinelos Hidrolândia
são vendidos principalmente nas regiões norte e nordeste No município de Hidrolândia existem atividades
do país. De 1985 a 1989, 51 empresas se instalaram em voltadas a criação de rãs e pecuária leiteira. Com relação
Goianira. ao turismo local, os principais atrativos são os recantos (ao
De 1990 a 1994, foram mais de 126 empresas e de todo dezesseis fazendas), aonde os turistas podem fazer
1995 até 2001, foram mais de 330 empresas. Outras trilhas e andar a cavalos.
atividades, no setor agropecuário tem destaque e Hidrolândia possui hoje aproximadamente 15 mil
intensificam o nome do município de Goianira em ambito habitantes, numa área de 108.400 km².
nacional, uma delas e a criação de avestruz e da tilápia
vermelha conhecida como Saint Peter, que vem chamando
Nerópolis
Sua população estimada em 2006 era de 22.710
atenção de outras regiões. Goianira emplacou a idéia e está
habitantes IBGE/2006. A cidade já foi considerada a
produzindo alevinos e importando matrizes de Israel, com
"capital do alho do estado". Hoje se destaca na produção
mais de oito tanques é o maior produtor de alevinos de
de doces artesanais e na expansão da área industrial
tilápia Saint Peter do Estado e um dos poucos do Brasil.
alimentícia. Nerópolis está localizado no coração de Goiás,
Guapó próximo às principais cidades do estado (Goiânia e
Guapó localiza-se na Microrregião de Goiânia, com Anápolis), e é cortado pela rodovia GO-080, com ligação ao
uma população de 15.586 hab, compondo-se a região 10 norte pela BR-153 no sentido norte-nordeste brasileiro.
do Estado de Goiás. Sua sede está situada Santo Antônio de Goiás
aproximadamente a 200Km de Brasília e 27Km da Capital Sua população estimada em 2006 era de 3.932
do Estado. Localiza-se em terras marginais do Ribeirão dos habitantes.
Pereiras, que mais adiante divide este município com o de
Senador Canedo
Trindade.
28
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
A origem de Senador Canedo está relacionada com romaria continuar sem os padres e os revoltosos pediram
a estrada de ferro da Rede Ferroviária Federal S/A. O perdão ao Bispo e a romaria de 1904 já foi feita novamente
crescimento da cidade ocorreu na trilha aberta na com a presença dos redentoristas em Trindade.
construção da ferrovia, e as primeiras famílias Campinas é levada a categoria de Município em
trabalhadoras eram oriundas do estado de Minas Gerais e 1907 tendo os arraiais de Barro Preto e São Sebastião do
Bahia. Ribeirão (atual Guápo) incorporados a ele. Dois anos após a
O nome da cidade é uma homenagem ao senador criação do município de Campinas é criado o distrito de
Antônio Amaro da Silva Canedo, primeiro representante do Barro Preto e alterado seu nome para Trindade. Cinco anos
estado de Goiás em cenário nacional. Em 1953, o povoado mais tarde é a vez de Ribeirão se tornar distrito.
foi elevado à condição de distrito de Goiânia e em 1988, a Em 1911 e 1912 foi construído o atual Santuário
Assembléia Legislativa de Goiás aprovou a emancipação do “velho” (Igreja Matriz). Trindade foi levada a categoria de
município, cuja sua principal atividade econômica era a Vila Velha em 16 de julho de 1920, cuja instalação se deu
agropecuária. em 31 de agosto de 1920, tendo seu território
Destaca-se também, atualmente, o pólo desmembrado de Campinas e ficando a ele anexado o
petroquímico, frigorífico, curtumes e com outras diversas distrito de Ribeirão. Sete anos depois sua sede é elevada à
empresas do setor situadas na proximidade da cidade, categoria de Cidade.
entre outras está a Petrobrás. Trindade faz parte da Microrregião de Goiânia e
Sua população estimada pelo IBGE em 2007 era de localiza-se a uma latitude 16º38’58” Sul e a uma longitude
70.559 habitantes. Atualmente é um dos municípios que 49º29’20” Oeste, estando a uma altitude de 756 metros.
mais crescem no estado. Possui os distritos de Santa Maria e Cedro.
Senador Canedo possui um clima tropical semi- O sistema hidrográfico regional apresenta uma
úmido sendo quente na primavera e verão e ameno no malha de drenagem com escoamento geral de norte para
outono e inverno. No inverno as temperaturas mínimas sul integrando-se a bacia do Rio Paranaíba, principal curso
podem despencar para até 10°C. Porém, as máximas d’água de toda a bacia. A região em questão é drenada por
podem ser superiores a 27°C. (Temperaturas típicas de um contribuintes que escoam para a margem esquerda do Rio
dia de inverno: mín. 11°C/máx.28°C). Na primavera, são dos Bois principal manancial de influência no município. Os
registradas as maiores temperaturas. Há casos em que as Principais córregos e ribeirões são: Barro Preto, Barro
temperaturas máximas podem alcançar ou ultrapassar os Branco, Arroizal, Fazendinha, Santa Maria e Pereiras.
37°C. (Temperaturas típicas de um dia de primavera: mín. O padrão climático da região é do tipo tropical,
20°C/máx.35°C). No verão as temperaturas ficam mais caracterizado por apresentar duas estações bem definidas -
amenas: entre 19°C e 29°C. (Temperaturas típicas de um uma chuvosa, de outubro a março (primavera / verão), e
dia de verão: mín. 20°C/máx.28°C). No outono, as outra seca, de abril a setembro (outono / inverno). Em
temperaturas ficam mais amenas variando entre 13°C e janeiro e fevereiro, que são os meses de maior
27°C. (Temperaturas típicas de um dia de outono: mín. precipitação, podem ocorrer períodos de interrupção total
14°C/máx.27°C). Senador Canedo é servida pelas rodovias caracterizando o “veranico”, como é conhecido, que se faz
estaduais: GO-020, GO-403 e GO-010. acompanhar de desastres na agricultura. O total
A principal atividade econômica da cidade é o pluviométrico anual para a região de gira em torno de
complexo petroquímico da Petrobras e indústrias 1.600mm, a temperatura média anual é de 23,2°C, a
relacionadas. Além do pólo petroquímico, destaca-se ainda insolação é de 2588,1 horas/ano, a velocidade média dos
o setor comercial em ampla ascensão, bem como a ventos é de 3,7 km/h e a umidade relativa em torno de
expansão dos empreendimentos imobiliários. 66%.
O município de Trindade acha-se a 780m de
Trindade (Goiás)
altitude. A região possui topografia classificada como suave
Trindade é um município com 719,75 km² e
ondulado, tendo uma superfície topográfica pouco
população estimada em 2008 de 102.870 habitantes. A
movimentada, com predominância de declives de 3,9 %, no
cidade surgiu da romaria a imagem do Divino Pai Eterno e
sentido S-N e uma diferença máxima de cotas de 24 m. As
continua seguindo sua vocação religiosa até hoje.
elevações mais destacadas são as serras da Taboca, de
Atualmente faz parte da região Metropolitana de Goiânia.
Trindade e da Jibóia.
Em Trindade - denominada nesta época de Barro
A área do município está inserida no bioma
Preto - por volta de 1840 foi encontrada uma pequena
Cerrado, que é entendido como um complexo de formações
imagem de barro, em formato de medalha, representando
vegetativas que vão desde o campo limpo, até o cerradão,
a Virgem Maria sendo coroada pela Santíssima Trindade em
além da formação denominada campo aberto, representada
uma olaria de propriedade de Constantino Xavier Maria.
por gramas nativas, árvores e palmeiras de pequeno porte.
Essa medalha foi considerada miraculosa e deu início a uma
O Cerrado constitui-se no segundo maior bioma do Brasil e
romaria até o local onde foi construído uma igreja para
da América do Sul, englobando a terça parte de todos os
abrigar tal artefato. Ao longo dos anos diversas pessoas se
organismos vivos do Brasil e 5% dos animais e das plantas
juntaram próximo a essa igreja formando um vilarejo onde
que ocorrem no mundo.
a economia dependia dos fiéis.
Alguns dos principais símbolos e atrações turísticas da
Dom Eduardo Silva, Bispo de Goiás, esteve no
cidade são: Desfile de Carro-de-Bois, Santuário Velho do
Distrito de Barro Preto em 1891 e nomeou como
Divino Pai Eterno, Basílica do Divino Pai Eterno e a Festa do
administrador do Santuário o Pe. Francisco Inácio de Sousa
Divino Pai Eterno.
para que novenas fossem conduzidas por sacerdotes e
É considerada a capital católica do estado. As
acabar com a exploração indevida dos fiéis até que pudesse
novenas têm início nove dias antes do primeiro domingo do
instalar no povoado uma Congregação religiosa para
mês de julho. Nesta ocasião, ocorre uma romaria com
conduzir a romaria ao Divino Pai Eterno. As novenas no
afluência de centenas de milhares de turistas e devotos do
vilarejo passaram a ser conduzida por sacerdotes.
Divino Pai Eterno.
Aconteceu em 1897 um conflito entre fazendeiros e
redentoristas, a revolta foi encabeçada pelo fazendeiro Cel.
Anacleto Gonçalves. Os conflitos seguiram nos anos GEOGRAFIA DE GOIÁS
seguintes, quando Dom Eduardo fez uma portaria
Localização:
estabelecendo regras para a romaria. Os líderes da
subversão da ordem não se conformaram com essas
normas. Mas depois os moradores viram as dificuldades da
29
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS
Goiás é uma das 27 unidades federativas da Rep. temperaturas mais altas são registradas entre setembro e
Fed. Situa-se a leste da Região Centro-Oeste, no Planalto outubro, e as máximas podem chegar a até 39 °C. As
Central brasileiro. temperaturas mais baixas, por sua vez, são registradas do
Área, população, etc: entre maio e julho, quando as mínimas, dependendo da
O seu território é de 340.086 km², sendo delimitado região, podem chegar a até 4 °C.
pelos estados de Tocantins (norte), Bahia (nordeste), Mato Vegetação:
Grosso (oeste), Mato Grosso do Sul (sudoeste), Minas Com exceção da região do Mato Grosso Goiano,
Gerais (leste e sul) e pelo Distrito Federal. onde domina uma pequena área de floresta tropical onde
A capital e maior cidade de Goiás é Goiânia(município existem árvores de grande porte, onde a indústria
mais populoso), sede da Região Metropolitana de aproveita como o mogno, jequitibá e peroba, o território
Goiânia (RMG). Outras cidades importantes quanto a goiano apresenta a típica vegetação do Cerrado. Arbustos
aspectos econômicos, fora daregião metropolitana de altos e árvores de galhos retorcidos de folha e casca
Goiânia, são: Anápolis, Rio Verde, Luziânia, Formosa, grossas com raízes profundas formam boa parte da
Itumbiara, Jataí, Porangatu, Catalão, Caldas vegetação. Municípios como Goiânia, Anápolis, bem como
Novas, Goianésia, Mineiros e Cristalina, que também são as diversos outros localizados no sul do estado possuem
maiores cidades em população do interior do estado, além estreitas faixas de floresta Atlântica, as quais, na maioria
das cidades que compõem o Entornam de Brasília. Ao todo das vezes, cobre margens de rios e grandes serras.
são 246 municípios. Ao contrário das áreas
Com uma população de 6,7 milhões de habitantes é o de caatinga do Nordeste brasileiro, o subsolo do cerrado
estado mais populoso do Centro-Oeste e o sétimo mais apresenta água em abundância, embora o solo seja ácido,
rico do país. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de com alto teor de alumínio, e pouco fértil. Por esse motivo,
Goiás, em junho de 2011 registram-se em Goiás 4.061.613 na estação seca, parte das árvores perde as folhas para
eleitores. que suas raízes possam buscar a água presente no subsolo.
Área total do estado é de 340 086 km², sendo o 7º
maior do país representando 3,99% do território nacional, Hidrografia:
com extensão comparável a países como a Finlândia. O Goiás é banhado por três bacias hidrográficas:
município com a maior área é Niquelândia, localizado a Bacia do rio Paraná, a Bacia do Tocantins e a Bacia do
na Mesorregião do Norte Goiano e Microrregião de Araguaia.
Porangatu, com 9 843,17 km² de extensão. O menor
é Anhanguera, com 44 km², localizado na Mesorregião do
Sul Goiano, e na Microrregião de Catalão. As maiores
cidades são respectivamente: Goiânia, Ap. de Goiânia,
Anápolis, Luziânia, Rio Verde e Itumbiara.
Economia:
A composição da economia do estado de Goiás está
baseada na produção agrícola, na pecuária, no comércio e
nas indústrias de mineração, alimentícia, de confecções,
mobiliária, metalurgia e madeireira. Agropecuária é a
atividade mais explorada no estado e umas das principais
responsáveis pelo rápido processo de agro -
industrialização que Goiás vem experimentando.
Atualmente, o estado de Goiás enfrenta um grande
desafio: tentar conciliar a expansão da agroindústria e
da pecuária com a preservação do cerrado, considerada
uma das regiões mais ricas do planeta em biodiversidade.
O rápido crescimento na agroindústria teve início no
decorrer dos anos 1990 graças à adoção de uma dinâmica
política de incentivos fiscais. A recente instalação de
empresas alimentícias transformou Goiás em um dos
principais pólos de produção de tomate.
Relevo:
O estado de Goiás está localizado no Planalto
central brasileiro, entre chapadas, planaltos, depressões e
vales. Há bastante variação de relevo no território goiano,
onde ocorrem terrenos cristalinos sedimentares antigos,
áreas de planaltos bastante trabalhadas pela erosão, bem
como chapadas, apresentando características físicas de
contrastes marcantes e beleza singular.
As maiores altitudes localizam-se a leste e a norte,
na Chapada dos Veadeiros (1.784 metros), na Serra dos
Cristais (1.250 metros) e na Serra dos Pireneus (1.395
metros). As altitudes mais baixas ocorrem especialmente
no oeste do estado(Vale do Araguaia).

Clima:
O clima é tropical semi úmido. Basicamente, há duas
estações bem definidas: a chuvosa, que vai de outubro a
abril, e a seca, que vai de maio a setembro. A média
térmica é de 23 °C, e tende a subir nas regiões oeste e
norte, e a diminuir nas regiões sudoeste, sul e leste. As

30
REALIDADE ÉTNICA, SOCIAL, HISTÓRICA, GEOGRÁFICA, CULTURAL, POLÍTICA E ECONÔMICA DO ESTADO DE GOIÁS

Meio ambiente:
A expansão da agropecuária tem causado graves
prejuízos ao cerrado goiano. As matas ciliares estão sendo
destruídas e as reservas permanentes sendo desmatadas,
para ceder espaço para o gado bovino e as plantações. Na
região de nascentes do Rio Araguaia, a implantação de
pastagens fez surgir inúmeros focos de erosão provocados
pelo desmatamento, causando as voçorocas (valetas LISTA I
profundas causadas pela erosão), praticamente EXERCÍCIOS PARA FIXAÇÃO
incontroláveis, que atingem o lençol freático. Algumas “Não há montanha intransponível, crer é ver a
dessas valas chegam a medir 1,5 km de extensão, por 100 vitória”.
m de largura e 30 m de profundidade. Esse quadro 01) UFG: A ocupação do território goiano com a
desolador, aliado ao assoreamento dos rios, tem feito com mineração do ouro, o índio, sob todos os aspectos,
que Goiás enfrente sérios problemas de abastecimento de ficou à margem da sociedade que se instalou em
água nas grandes cidades, uma situação que se torna grave Goiás, por que:
nos períodos de estiagem prolongada.
31
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
a) não havia legislação que defendesse os índios; a) o regresso de D. João VI a Portugal provocou medidas
b) o regime de D. Marcos de Noronha submeteu os índios a fiscais que prejudicariam os comerciantes daquela região;
um rigoroso regime militar; b) a revolução do Porto (1820) prejudicou o progresso do
c) não havia pessoa especializada para cuidar das aldeias Norte de Goiás;
indígenas; c) os grandes proprietários daquela região afirmavam que,
d) não eram os índios, e sim as minas de ouro, nas terras apesar de pagarem os impostos, os benefícios do governo
dos índios, que interessavam ao governo; lá não chegavam;
e) a política de aldeamento dos índios opunha-se às d) em Cavalcante, o povo não vivia em completa miséria;
guerras de extermínio. e) a violência entre posseiros e fazendeiros, naquela
02)UFG: A decadência da mineração do ouro afetou a região, gerou esta atitude separatista.
sociedade goiana no século XVIII provocando: 09) UFG: Com relação aos efeitos da abolição da
a) a sensível urbanização; escravatura em Goiás, podemos afirmar que:
b) aumento da população; a) a abolição não afetou a vida econômica da Província,
c) acelerado êxodo rural; uma vez que o número de libertos era insignificante para o
d) rápido enriquecimento; total da população;
e) crescimento da população rural. b) a abolição afetou profundamente a vida econômica da
03) UFG: Com a decadência da mineração, a pecuária Província, uma vez que não se esperava a libertação da
tornou-se o setor mais dinâmico da economia goiana. mão-de-obra básica;
Isto se deve à (ao): c) a abolição não afetou a vida política da província, mas
a) decadência de mão-de-obra escrava; causou sérios problemas para a economia, uma vez que o
b) falta de campos de pastagens; escravo era maioria da população;
c) facilidade de exportação; d) a abolição afetou seriamente a vida econômica da
d) carência de capitais para investimento; Província porque a escravidão era o sustentáculo da
e) colapso administrativo. exploração aurífera em Goiás;
04) AEE: A época do ouro em Goiás foi intensa e e) a abolição não afetou a vida econômica da Província
breve. Mas, na segunda metade do século XVIII porque já havia em Goiás um grande número de imigrantes
verificou-se a rápida decadência da mineração, para substituir a mão-de-obra escrava.
provocando: 10) AEE: O processo da Independência do Brasil, em
a) a substituição do ouro pela agropecuária já muito Goiás foi gradual, gerando, inclusive, disputas pelo
desenvolvida na região; poder, entre grupos locais. Em decorrência disto,
b) o declínio da vida urbana e a regressão a uma economia ocorreu:
de subsistência; a) o movimento separatista do norte de Goiás, provocado
c) a ascensão social do fazendeiro, profissão muito pela falta de assistência governamental;
conceituada mesmo na época do ouro; b) a imigração estrangeira, responsável pelo
d) a ocupação do território por missões jesuítas; desenvolvimento da pecuária;
e) o total despovoamento da região, que só voltou a ser c) sérios atritos com o governo central, culminando na
ocupada no século XX. vitória do separatismo sulista;
05) AEE: O descobrimento de Goiás é d) a redução da população indígena, que perdeu o apoio do
tradicionalmente atribuído a um célebre bandeirante, clero;
que descobriu ouro nas cabeceiras do Rio Vermelho, e) a recuperação total da economia mineradora.
na região atual cidade de Goiás. Trata-se de: 11) UFG: Dentro do processo de expansão capitalista
a) Fernão Dias Paes; em Goiás, no começo deste século(séc. XX), um dos
b) Manuel Preto; fatores de maior dinamização deste processo foi:
c) Antonio Dias; a) a industrialização;
d) Francisco Pires Ribeiro; b) a estrada de ferro;
e) Bartolomeu Bueno da Silva. c) a construção de Brasília;
06) AEE: Nas alternativas abaixo, identifique a que d) a Belém-Brasilia;
considerar correta sobre a História de Goiás no final e) a navegação fluvial.
do século XVIII: 12) AEE: A política das “Salvações”, adotada pelo
a) período áureo, grande circulação de riqueza, intenso Presidente Hermes da Fonseca, trouxe como
povoamento, apogeu da mineração; consequência para o governo de Goiás:
b) crescimento do comércio com outras regiões da colônia, a) o fim do coronelismo e do voto de cabresto;
desenvolvimento urbano; b) o rápido povoamento e desenvolvimento de uma
c) declínio da mineração e empobrecimento da capitania sociedade urbana;
que se volta para as atividades agropecuárias de c) a ascensão de Antônio de Ramos Caiado, representante
subsistência; do mandonismo local;
d) aumento da arrecadação fiscal e da imigração para esta d) a substituição de uma economia de subsistência pela
região; produção voltada para a exportação;
e) desenvolvimento da indústria como alternativa para o e) não afetou a política Goiás.
declínio da agropecuária. 13) AEE: O “Caiadismo”, domínio político dos Jardim-
07)UFG: A política goiana, durante o século XIX, era Caiado na política de Goiás, teve inicio com:
dirigida por Presidentes impostos pelo poder central a) Getúlio Vargas e a Revolução de 30;
por que: b) a nomeação do interventor Pedro Ludovico Teixeira;
a) a constituição do Império era liberal; c) a Política das Salvações do Mal.Hermes Fonseca em
b) a carta política do Império instituiu a monarquia 1912;
Constitucional; d) a ascensão da oligarquia Bulhões ao poder local;
c) a primeira constituição brasileira foi outorgada; e) a transferência da capital para Goiânia, fato que
d) a administração do Império era altamente centralizada; fortaleceu este grupo ligárquico.
e) a província de Goiás era pobre, portanto, sem força 14) UFG: A Revolução de 1930, em Goiás, teve como
política. ponto de apoio:
08) UFG: Em 1821, o Norte de Goiás, julgando-se a) as classes médias, já com uma atuação expressiva;
injustiçado, proclamou sua separação do Sul do b) parte de classe dominante descontente;
Estado por que: c) militares goianos discordantes do regime vigente;
d) o operariado já com certa representação;

2
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
e) os industriais goianos interessados em reformas “ Funeral de um lavrador” é parte da peça teatral
básicas. Morte e Vida Severina, relacionada com os problemas
15) UFG: A mudança da Capital para Goiânia não se enfrentados pelos camponeses. Por causa da má
processou em termos normais, mas em tempo de distribuição de terras. Em Goiás, ocorreram vários
alteração política, por que: movimentos que demonstram a difícil situação em
a) a oposição à mudança da Capital era inexpressiva; que se encontra o campesinato. Sobre esse tema, leia
b) as transformações ocorridas com a Revolução de 30 a atentamente as proposições abaixo e depois marque
impediram; a opção CORRETA.
c) a cidade de Anápolis era o centro do poder da oligarquia I – O movimento messiânico liderado por Santa Dica,
estadual; ocorrido no inicio do século XX, defendia o coletivismo no
d) o ideal mudancista enfraqueceu com a Revolução de 30; uso da terra, no trabalho e na distribuição, o que causou o
e) a Revolução de 30 criou condições para a mudança. receio e a oposição dos coronéis.
II – O movimento social camponês conhecido como a
16) UFG: Com o estabelecimento do Estado Novo, em Revolta de Formoso e Trombas, iniciado em 1959,
1937, os Estados da Federação perderam sua caracterizou o confronto entre posseiros e grileiros,
autonomia político-administrativo, passando a ser contando com a participação do partido comunista.
governados por interventores. O interventor em III – A tensão no campo em Goiás levou a Igreja Católica a
Goiás foi: apresentar um projeto de Reforma Agrária sob a liderança
a) José Leopoldo de Bulhões; de D. Fernando Gomes dos Santos, arcebispo de Goiânia.
b) Antônio de Ramos Caiado; IV – Sendo Goiás um Estado agrário, o modelo econômico
c) Venerando de Freitas Borges; do período da ditadura caracterizou-se por um novo padrão
d) Pedro Ludovico Teixeira; de acumulação de renda, baseado na modernização
e) César da Cunha Bastos. conservadora da grande propriedade.
17) AEE: Dentre as conseqüências que a revolução de V – Os problemas relacionados com a ocupação de terras
1930 trouxe para Goiás apontamos: em Goiás são uma herança dos primórdios da colonização
a) profundas mudanças na composição social; da província que favoreceu a concentração da propriedade
b) a prisão do Dr. Pedro Ludovico que fazia forte oposição e a formação de oligarquias.
a Getúlio Vargas; a) I, II e III b) I, IV e V
c) a manutenção do mesmo estilo de governo sem c) I, II, III, IV e V d) II, III e IV
nenhuma renovação política; e) I, II e IV
d) a ênfase ao desenvolvimento do Estado e o apoio do 22) “...Uma cápsula de césio de um aparelho de raio
governo federal à construção de Goiânia; x. vendido para o ferro-velho de Devair Ferreira, o
e) a oposição do governo Vargas à mudança da capital por material passou a ser tratado como objeto de
implicar em gastos públicos. diversão (o azul da Prúsia, brilhante no escuro). Oito
18) AEE: A construção da nova capital de Goiás pessoas morreram na época e cerca de 700 pessoas
recebeu todo o apoio do governo revolucionário foram contaminadas.”
implantado em 1930. Sobre o tema podemos dizer: Sobre esse episódio recente na história de Goiânia,
I) a antiga capital de Goiás era mal localizada para servir pode se afirmar que:
de centro administrativo, além de possuir clima insalubre; 01 ( ) Goiânia passou a ser chamada de a “Chernobil do
II) apesar das condições desfavoráveis à saúde e às Brasil” e ficou conhecida no mundo todo: o povo e os
atividades comerciais, parte da população opunha-se à produtos goianos passaram a ser estigmatizados.
mudança por motivos sentimentais e por temer a 02 ( ) O Comitê de Defesa de Goiânia reuniu pessoas
desvalorização de seus bens e imóveis; interessadas em apurar responsabilidades, exigindo um
III) a transferência da capital contou com o apoio unânime programa de ações para o ampara das vitimas e da cidade.
da população e do governo local, já que os gastos seriam A fundação Leide das Neves foi criada para dar assistência
reduzidos e o Estado era rico. às vitimas.
Assinale: 03 ( ) A CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear), a
a) se I, II e III forem corretas; União e os médicos IGR saíram ilesos do episodio: a
b) e apenas I e II forem corretas; prontidão na localização e solução do problema provocou o
c) se apenas I for correta; preparo do sistema brasileiro de gestão de metais
d) se todas forem corretas; radioativos.
e) se I e III corretas. 04 ( ) Na época, Goiânia sediou uma competição
19)UFG: Entre os empreendimentos importantes que internacional que desviou a atenção da população e atrasou
nasceram no governo Mauro Borges, um deles foi a o diagnostico e o tratamento do problema.
tentativa de reforma agrária, através de uma 23) (ALFA 2004) A respeito da economia goiana,
experiência piloto. Estamos no referido à (ao): assinale as proposições com C (certo) ou E (errado):
a) Combinado Agro-Urbano de Arraias(Kibutz); A – ( ) O Estado de Goiás tem se destacado no cenário
b) Colônia Agrícola de Ceres; econômico do país com um crescimento da produção e da
c) Colônia de Uvá; geração de empregos, acima da média nacional.
d) Colônia de Santa Cruz; B – ( ) A chamada economia mineral goiana é pouco
e) Colônia de Italianos de Nova Veneza. expressiva, pois Goiás não possui grandes reservas
20) AEE: As cidades planejadas de Goiânia e Brasília minerais as quase poderia dar uma maior dimensão a esse
tiveram sua construção ligada aos seguintes setor.
governos respectivamente: C – ( ) O agronegócio tem um significativo destaque na
a) Castelo Branco e Costa e Silva; economia, exemplo disso é a grande produção de grãos
b) Getúlio Vargas e Juscelino Kubistchek; local e a presença na cidade de Rio Verde de empresas
c) Eurico Gaspar Dutra e Getúlio Vargas; como a Comigo e a Perdigão.
d) Washington Luiz e Jânio Quadros; D – ( ) A produção de leite em Goiás é pequena, dada à
e) Prudente de Morais e João Goulart. inexpressiva dimensão do nosso rebanho bovino e do baixo
21) UEG: “E a conta menor que tiraste em Vida índice tecnológico dessa atividade na região.
É a parte que te cabe neste latifúndio 24) (ALFA 2004) Em relação aos meios de transporte
É a terra que querias ver dividida”. em Goiás, assinale com C (certo) ou E (errado):
MELLO, João Cabral de. Morte e Vida Severina A – ( ) Em 1907 constitui-se a Companhia Estrada de
Ferro Goiás, que deveria construir a Linha Araguari – rio

3
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
Araguaia. No entanto, até 1931 o avanço dos trilhos havia b) A pecuária desenvolveu-se de forma extensiva e ganhou
sido muito lento, chegando apenas até Leopoldo de projeção graças à capacidade de deslocamento dos animais
Bulhões. para os mercados consumidores.
B – ( ) Mesmo com todo esforço por parte do governo de c) O transporte ferroviário ingressou no território goiano
Goiás, da União e da iniciativa privada, a chegada dos no final dos anos de 1920, propiciando forte modernização
trilhos da Estrada de Ferro em solo goiano, no início do da economia por meio da agroindústria.
século XX, em nada alterou a economia local. d) Vila Boa acompanhou os distintos ritmos do
C – ( ) No século XIX e nos primeiros anos do século XX, desenvolvimento econômico de Goiás: da extração do ouro
o principal meio de transporte era o carro de boi em à implantação das ferrovias, a cidade manteve-se como
estradas de rodagem, geralmente mal construídas e pior pólo de desenvolvimento econômico até o final de 1930.
conservadas. 28) UEG-PM-2005 Em Goiás, as cidades originaram-
25) (ALFA 2004) A respeito da pecuária e da se em função de fatores como mineração, atividade
agricultura em Goiás, assinale as proposições com agropecuária, implantação de rede viária, patrimônio
C(certo) ou E(errado): religioso, colônias agrícolas, entre outros.
A – ( ) A criação de gado bovino em Goiás é uma Sobre a origem das cidades goianas, julgue as
atividade recente, pois na maior parte dos anos a economia proposições abaixo e marque V ou F.
local sempre esteve identificada com a mineração do ouro e ( ) Com a atividade mineradora surgiram Vila Boa(Goiás)
o cultivo do arroz. e Meia Ponte(Pirenópolis), considerados, na atualidade, os
B -- ( ) A agropecuária em Goiás, no século XVIII, era mais ricos patrimônios históricos e arquitetônicos do
pouco desenvolvida, pois todos os esforços de capital e de Estado.
mão-de-obra deveriam se destinar à exploração do ouro. ( ) As cidades de Anápolis e Damolândia formaram-se em
C – ( ) No século XVIII, ser mineiro era a profissão mais terras doadas à Igreja pelos fazendeiros, como forma de
honrosa, significava o mais alto status social. Todos devoção religiosa.
queriam ser mineiros e ninguém queria ser chamado de ( ) Pires do Rio teve sua origem ligada à estrada de ferro,
roceiro, ou seja, a agropecuária era desprezada. enquanto Mara Rosa surge em função da rodovia Belém-
D – ( ) Durante o século XIX, a soja e o milho Brasília.
constituíam os principais produtos de exportação de Goiás, ( ) Dentro do movimento da “Marcha para o Oeste”,
por serem produtos de fácil transporte e de grande Itumbiara é o exemplo mais representativo da implantação
aceitação no mercado europeu. de colônias agrícolas.
26) (UFG 2004) A integração de Goiás nos quadros Marque a alternativa que apresenta a seqüência
da economia nacional encontrou na construção de CORRETA, de cima para baixo:
Brasília um momento de inflexão: Goiânia a) V-F-F-V
transformou-se em ponto de apoio fundamental para b) F-V-V-F
a construção da nova capital. c) V-V-V-F
Acerca da integração econômica de Goiás entre as d) F-F-F-V
décadas de 1950 e 1970, marque a alternativa 29) UEG-PM-2005 A mudança da capital mobilizou
CORRETA: todas as atenções do Estado, pois se tratava de
a) Houve uma enorme resistência da elite política goiana mudar a geografia política, alterando o lugar de
em ceder imensa quantidade de terras para a formação do encontro das atividades econômicas, administrativas
Distrito Federal, uma vez que a atividade pecuarista era e culturais. Entre os anos de 1933 e 1937,
desenvolvida intensivamente nas terras onde a nova capital estruturou-se, ainda que timidamente, a nova capital
seria construída. de Goiás, cuja construção foi uma decorrência.
b) A construção de Brasília recebeu apoio inconteste de a. da reorientação política ocorrida em Goiás após 1930. O
todos os partidos políticos, pois a interiorização da capital interventor Pedro Ludovico, desejoso de restringir o poder das
já estava prevista na primeira constituição republicana. O elites políticas fixadas na tradicional cidade de Goiás,
sonho de se construir uma nova capital ultrapassou as comprometeu-se com a mudança da capital como chave para o
divisões ideológicas. seu governo.
c) O golpe de 1964 paralisou os investimentos na b. do desejo explícito do presidente Getúlio Vargas de ocupar
produtivamente as regiões interioranas, abandonadas pelas
modernização da agricultura brasileira. O modelo
elites locais.
econômico adotado reservava à agricultura papel
c. da crise econômica de 1929 que, regionalmente, afetou a
secundário, concentrando os investimentos no
cidade de Goiás: o número de falências e a desorganização da
desenvolvimento industrial. atividade pecuarista alimentaram o desejo de mudança da
d) A modernização da agricultura goiana foi uma capital.
decorrência da transferência da capital, pois o estado de d. do desejo da população de reconstruir uma nova capital
Goiás tornou-se responsável pelo abastecimento de longe do clima insalubre que transformava a cidade em fator
Brasília, o que permitiu uma profunda alteração na de risco para a saúde dos moradores.
agricultura goiana, com o crescimento da pequena 30) UEG-PM-2005 Sobre a modernização agrícola de
propriedade. Goiás, pode-se afirmar que:
e) A integração da economia goiana nos fluxos de I - Gera emprego especializado, ao mesmo tempo em que
investimentos nacionais iniciou-se no final da década de contribui para o aumento do desemprego entre os
1920 com a chegada dos trilhos, mas só ganhou impulso trabalhadores com pouca qualificação.
decisivo com o desenvolvimento da agricultura moderna, II - Prioriza o plantio de produtos destinados à exportação,
com o cultivo da soja. como a soja, em detrimento da produção de alimento para
27) UEG-PM-2005 O brilho e a escassez do metal o mercado interno, como o feijão.
precioso são marcas de nascença do mundo goiano III - Investe em pequenas propriedades, pois seu objetivo é
entre os séculos XVIII e XIX que, lentamente, foram a melhor distribuição de terras e de renda.
apagadas pelos rastros das boiadas e pelos trilhos do IV - Impede o êxodo rural na medida em que aumenta a
trem. Nesse longo processo de formação, destaca-se produção e a produtividade agrícola.
o seguinte fator: Marque a alternativa CORRETA:
a) A herança do período minerador permitiu a acumulação a)Somente as proposições I e IV são verdadeiras
de capital suficiente para a formação de um grande b)Somente as proposições I e II são verdadeiras
rebanho bovino que permitiu a Goiás, no século XIX, c)Somente as proposições II e III são verdadeiras.
transformar-se no principal criador de bovinos do Brasil. d)Somente as proposições III e IV são verdadeiras.

4
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
31) UEG-PM-2005 Goiânia, cidade planejada para 50 II - A percepção do planejamento como instância
mil habitantes, encontra-se hoje com uma população fundamental da administração pública foi a grande
acima de 1 milhão de habitantes e não pára de novidade do governo de Mauro Borges(1960-64).
crescer. Vários fatores atuam na expansão da área III - A expansão do setor agroindustrial e da indústria são
urbana. conquistas que remontam ao final dos anos 70, mas que
Com base em seus conhecimentos sobre o ganharam impulso decisivo no governo de Marconi Perillo.
crescimento urbano de Goiânia, julgue as Marque a alternativa CORRETA:
proposições abaixo: a) Apenas as proposições I e II estão corretas.
I.Grandes áreas urbanas da cidade pertencem a b) Apenas as proposições I e III estão corretas.
especuladores imobiliários que aguardam a valorização dos c) Apenas as proposições II e III estão corretas.
lotes para colocá-los à venda. d) Todas as proposições estão corretas.
II.A população de baixa renda participa do mercado
imobiliário através da compra de lotes baratos na periferia, 35) UCG 2005/1
que podem ser oriundos de loteamentos legalizados ou Metrópole do Oeste
clandestinos. Os dias passam lentos, lerdos, lerdos,
III.A competição entre proprietários de terras, corretoras e até que enfim surge a triunfal manhã de outubro,
incorporadores imobiliários contribui para o barateamento e molhada de chuva,
a regularização do uso do solo urbano. lavada de sol.
IV.A expansão desordenada da cidade é motivada pela Claros clarins no ar rabiscam
aprovação de novos loteamentos pelo poder público, bem O canto da vitória!
como pela incapacidade de coibir a ocupação clandestina de Aliança Liberal.
áreas. Getúlio Vargas, Pedro Ludovico!
Marque a alternativa CORRETA: De novo se abre a boca de cenário
a) Somente as proposições I e III são verdadeiras. E no palco aparece
b) Somente as proposições II e IV são verdadeiras. Goiânia.
c) Somente as proposições I, II e IV são verdadeiras. (ROCHA, B. Revista Oeste, 1944)
d) Todas as proposições são verdadeiras. O trecho do poema acima, publicado na Revista
32) UEG-PM-2005 A industrialização de Goiás é um Oeste, em 1944, fala sobre Goiânia e o panorama da
processo recente e sua implantação acabou mudança da capital. Sobre o contexto histórico a que
contribuindo para o aumento das diferenças se refere, as representações do ideal mudancista e a
regionais. construção de uma nova cidade. Julgue C ou E.
Em relação à industrialização goiana, marque a 01 ( ) A menção do mês de Outubro no poema refere-se
alternativa INCORRETA: a 1930, ocasião em que, motivado por uma conjuntura
a) O (DAIA)Distrito Agroindustrial de Anápolis ganha maior socioeconômica em transição, houve a deposição de
dinamismo com a incorporação de novos ramos industriais, Washington Luís e o estabelecimento do governo federal
como o farmacêutico. provisório, chefiado por Getúlio Vargas.
b) A região nordeste do estado abriga várias etapas da 02 ( ) “Aliança Liberal, Getúlio Vargas”. O trecho inspira-
cadeia produtiva das mais poderosas agroindústrias do país se na composição do grupo de oposição à candidatura
ligadas ao setor de alimentação. oficial à presidência, lançada por Washington Luís, formado
c) A indústria automobilística, antes concentrada nas por Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraíba. A Aliança
regiões metropolitanas, chega a Goiás(Catalão) atraída por Liberal indicou Getúlio Vargas à presidência da República
incentivos governamentais, entre outros fatores. com o apoio dos tenentistas, com o objetivo de romper com
d) Em Minaçu, a exploração do amianto não foi a política do “café com leite”.
acompanhada da instalação de indústrias de 03 ( ) A “Revolução de trinta”, encarada como golpe por
beneficiamento de grande porte daquele minério. muitos autores, teve como resultado o deslocamento da
33) UEG-PM-2005 Falta de justiça social no campo e tradicional oligarquia mineira do centro de poder.
na cidade, e a violência praticada pelo latifúndio e Ocorreram rupturas de ordem constitucional, uma
pelos especuladores imobiliários tem como pano de revolução, de fato. Houve ampla participação popular e
fundo o modelo de desenvolvimento seguido pelo verdadeiras mudanças sócio-econômicas no Brasil, após
Brasil... este período.
De acordo com o texto acima e seus conhecimentos, 04 ( ) O poema exalta Getúlio Vargas como símbolo de
marque a resposta INCORRETA. um novo tempo, e o interventor designado para administrar
a) O Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra(MST) tem a nova capital, Pedro Ludovico. Carismático, Pedro Ludovico
presença marcante em vários municípios goianos, com foi peça importante na política de interiorização e
ações concretas de invasão de terras. construção de uma nova capital, Goiânia. Este ato
b) A luta pela moradia vem agregando um número cada deslocaria o centro de poder, retirando-o das oligarquias
vez maior de pessoas que ocupam áreas públicas e regionais ligadas à Cidade de Goiás e seria encarado como
privadas, principalmente na capital do Estado. o marco de modernidade e desenvolvimento.
c) O modelo econômico seguido pelo Brasil tem como 05 ( ) Além da mudança das elites políticas e oligarquias
características a aceitação das regras definidas pelo FMI, goianas, Goiânia também será considerada um resultado
que define o pagamento dívida externa como prioridade. das novas tendências da economia, antes fundamentadas
d) A Constituição de 1988, ao definir o significado social da na mineração do ouro e, depois, desenvolvimento da
propriedade da terra, criou o instrumento legal que deu pecuária e da agricultura. Nessa condição, vai suceder a
estabilidade política ao campo. Cidade de Goiás, fundada em 1727 pelo bandeirante
34) UEG-PM-2005 A vida política em Goiás foi Bartolomeu Bueno da Silva Filho e capital desde então.
marcada pela presença de lideranças que assumiram 06 ( ) Fundada em 24 de outubro de 1933, Goiânia vai,
o papel de condutores do processo de modernização portanto, representar os novos paradigmas regionais e
e integração da economia goiana no circuito nacional. nacionais, os que afirmavam paulatinamente os valores
Acerca desse processo, julgue os itens e responda: capitalistas. Assim, será uma cidade de traçado urbano
I - Pedro Ludovico foi responsável pela grande planejado e arquitetura fundamentada na arte déco e nas
transformação operada nos anos 30 com a passagem da idéias européias modernas de cidade-jardim.
economia agrícola para a industrial. 36) G.M. – 2005 Marcado pela visita do paulista
Bartolomeu Bueno da Silva, surgiu um dos principais

5
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
monumentos construídos em Goiânia e que retrata a d) Os dados da tabela indicam o quanto a economia goiana
essência da História da cidade, denominados de: encontra-se desconcentrada, com destacada participação
a) Museu de Artes dos municípios do sul e leste goiano.
b) Parque Mutirama 41) Sobre o povoamento do território goiano no
c) Praça do Cruzeiro século XX é INCORRETO afirmar:
d) Palácio das Esmeraldas a) A estrada de ferro exerceu significativa influência nas
e) Monumentos às Três Raças. primeiras décadas do século XX, favorecendo a ligação
37) G.M. – 2005 A idéia da mudança da capital do entre o sul goiano e o Centro –Sul do Brasil, via triângulo
Estado de Goiás surgiu da necessidade de localizá-la mineiro.
num lugar de acordo com os novos interesses b) A edificação de Brasília, durante a década de 1950,
econômicos, pois a cidade de Goiás já não suportava provocou um intenso fluxo migratório para as regiões que
mais a estrutura da capital. Daí a necessidade da circundavam a nova capital.
construção de Goiânia, com a seguinte localização: c) A modernização da agricultura na região norte de Goiás,
a) as margens do Córrego Botafogo, nas terras especialmente a partir da década de 1960, estimulou a
pertencentes ao município de Campinas; migração de envolvidos no cultivo da soja.
b) nas proximidade do Rio Vermelho, na região de origem d) A construção da Belém-Brasília favoreceu o surgimento
do Arraial de Sant’Anna; de inúmeras cidades no norte de Goiás e no Tocantins.
c) nas proximidades do Rio Capivary e do Córrego Cururu, 42) A queda do rendimento nas minas goianas
em terras férteis prolongou-se de forma vagarosa, mas constante. A
d) às margens do Rio Tocantins, região de grande partir de 1778 a baixa na produção foi alarmante,
produção de ouro; embora a diminuição do rendimento-homem já se
e) na fronteira do município de Vila Boa, atual Pirenópolis. insinuasse desde décadas anteriores.
38) G.M. – 2005 Em 1960, Goiânia já contava com ESTEVAM, Luiz. O tempo da transformação: estrutura
150 mil habitantes. Um conjunto de fatos marcou a e dinâmica da formação econômica de Goiás. 2 ed.
arrancada definitiva de Goiânia em busca de seus Goiânia: Ed. da UCG. 2004, p. 39.
espaço entre as maiores e mais belas metrópoles Com base no texto acima, assinale a alternativa que
brasileiras. Dos fatos abaixo, aquele que não pode expressa CORRETAMENTE o contexto do período de
ser considerado um dos responsáveis por esse transição de mineração para a agropecuária:
desenvolvimento foi: a) No quadro de declínio da produção aurífera, em Goiás, o
a) chegada da ferrovia governo incentivou as atividades comerciais, suspendendo
b) início da construção de Brasília medidas que proibiam a navegação fluvial e revogando o
c) inauguração da usina do Rochedo alvará que não permitia a instalação de manufaturas no
d) política de interiorização de Vargas Estado. Assim ocorreu a expansão do comércio nos
e) desapropriação das terras para a Reforma Agrária. primeiros anos do século XIX.
39) G.M. – A Região Metropolitana de Goiânia b) A transição entre as atividades mineratórias e a
engloba vinte municípios, incluindo Goiânia. A agropecuária em Goiás, na passagem do século XVIII para
alternativa em que todos os municípios citados fazem o XIX pode ser percebida pelo aumento do número de
parte dessa Região Metropolitana é: estabelecimentos rurais na região, sendo que no norte, em
a) Abadia de Goiás, Aragoiânia, Luziânia e Senador função de as jazidas auríferas serem menos expressiva, o
Canedo; declínio dera-se mais rapidamente e a pecuária extensiva
b) Abadia de Goiás, Aragoiânia, Goianápolis e Trindade; fora precocemente fomentada..
c) Goianira, Luziânia, Trindade e Senador Canedo; c) A transumância interna da população de Goiás no
d) Anápolis, Hidrolândia, Piracanjuba e Nerópolis; período não foi relevante, sendo que, com a ruína da
e) Anápolis, Goianira, Hidrolândia e Nerópolis. mineração, os moradores continuaram nos “núcleos
40) urbanos”, embora a atividade da agropecuária adquirisse
proeminência em relação ao comércio, de forma que o
processo de ruralização das atividades econômicas não
significou mudança efetiva na vida social da população.
d) Depois de esgotada a febre de extração aurífera em
Goiás, o alvorecer do século XIX evidenciou o resultado de
um longo período colonial para a região. Uma das heranças
mais significativas foi que a estrutura fundiária se
conformou através de contratos de compra e venda, sendo
a posse um mecanismo pouco utilizado para a ocupação
das terras.
43) O sistema tributário representou, ao longo de
todo o período colonial, o principal instrumento
através do qual a metrópole drenava as riquezas
produzidas na colônia. Sobre a tributação das minas
FONTE: SEPLAN-GO/SEPIN/Gerência de Contas em Goiás, julgue a validade das proposições que se
Regionais –2005. seguem.
Levando em consideração seu conhecimento sobre a I - O imposto típico da mineração era o Quinto, com o qual
geoeconomia goiana e os dados do quadro, é o rei concedia o direito a que particulares desenvolvessem
CORRETO afirmar: a lavra das minas, reservando para si a quinta parte de
a) O elevado valor do PIB (per capita) de São Simão toda riqueza extraída.
guarda relação com sua reduzida população total e o II - As entradas, cobradas sobre todas as mercadorias que
expressivo peso no setor de geração de energia elétrica. ingressavam na Capitania, representavam uma importante
b) O baixo valor do PIB (per capita) de Goiânia é um fonte de receita para os cofres públicos; ao mesmo tempo,
indicador do seu reduzido peso no cenário econômico esse imposto gerava a carestia nas regiões das minas.
goiano. II - O dízimo, consistente na décima parte dos ganhos da
c) O menor PIB (per capita) de Aparecida de Goiânia tem produção agrícola, era cobrado diretamente pela coroa
relação com o fato de o município ser o mais populoso, através de seus funcionários, diferentemente do Quinto,
entre os citados. que era cobrado por contratadores.
Assinale a alternativa CORRETA:

6
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
a) Apenas as proposições I e II são verdadeiras. c) A expressão “síndrome de ilha” é utilizada para
b) Apenas as proposições I e III são verdadeiras. caracterizar o Parque Nacional das Emas. A argumentação,
c) Apenas as proposições II e III são verdadeiras. entre outros motivos, decorre do fator preocupante de o
d) Todas as proposições são verdadeiras. parque encontrar-se isolado pelo cultivo da soja que, entre
44) No período republicano, a causa separatista do outros impactos, polui os recursos hídricos e acelera o
Norte de Goiás voltou a se manifestar. O crescimento processo de erosão na região.
econômico das regiões Sul e Sudoeste, intensificado d) O desmatamento dos cerrados ocorreu primeiramente
a partir da chegada dos trilhos no Estado, refletiu-se no sul goiano, nas regiões de chapada,onde havia uma
no aumento das diferenças regionais. ASSIS, Wilson fertilidade natural dos solos, o que favoreceu a expansão
Rocha. Estudo de história de Goiás. Goiânia: Editora do cultivo da soja.
Vieira, 2005, p. 139. Com base no texto acima, 47) Hugo de Carvalho Ramos abriu caminho para
analise as proposições que se seguem: uma geração de escritores que pensaram Goiás como
I - O movimento pela “Proclamação autonomista de Porto região, Nessa direção, a literatura elabora os
Nacional” remonta a 1956, representando os anseios da elementos da cultura e da identidade goiana. Analise
região a favor da criação do Estado do Tocantins. as assertivas abaixo e responda:
II - O movimento emancipacionista que pregava a ruptura I - Hugo de Carvalho Ramos, em seus contos, apresenta
com o sul, ganhou força em razão de que dos 32 deputados como elemento fundamental de sua obra as transformações
estaduais de Goiás à épooca a metade era originária da sociais ocorridas em Goiás com o avanço da urbanização
região norte do estado. decorrente da presença dos tropeiros.
III - O movimento pela criação do Estado do Tocantins II - Bernardo Elis enfatiza a presença da violência e da
alcançou êxito na Constituição de 1988, em uma campanha exploração sobre o trabalhador rural no romance o tronco.
de caráter suprapartidário liderada por Siqueira Campos. III - Cora Coralina, em sua poesia, evoca o passado como
Assinale a alternativa CORRETA: libertação, focalizando a vida que se desenvolvia livre dos
a)Apenas as proposições I e II são verdadeiras. preconceitos e do moralismo próprios da cidade grande.
b)Apenas as proposições I e III são verdadeiras. a) São corretas apenas as assertivas I e II
c)Apenas as proposições II e III são verdadeiras. b) São corretas apenas as assertivas II e III.
d)Todas as proposições são verdadeiras. c) São corretas apenas as assertivas I e III.
45) Em 1964, um golpe militar depunha o presidente d) Apenas a assertivas II está correta.
João Goulart, iniciando a ditadura militar que 48) A cidade de Pirenópolis tem na Festa do Divino
perduraria até 1985. escolha a alternativa que faz uma das suas principais atrações. Na relação entre
uma análise CORRETA dos reflexos do golpe militar festa e cultura pirenopolina, destaca-se:
em Goiás. a) a preservação de uma tradição cultural recriada nos
a) O Governador de Goiás, Mauro Borges Teixeira, era festejos que atraem turistas de todas as partes do Brasil.
coronel do Exército, o que explica ausência de conflitos b) o culto de tradições culturais seculares imunes às
entre seu governo e o regime militar. influências do comércio e do turismo.
b) O bom relacionamento de Mauro Borges Teixeira com c) a ruptura com a tradição cultural marcada pela contínua
nomes da esquerda, tais como Miguel Arraes e Leonel invenção de novos rituais voltados para o mercado
Brizola, e a sua postura independente explicam os seus turístico.
atritos com os governantes militar, que culminaram com a d) a espontaneidade dos festejos que são recriados
sua deposição em novembro de 1964. livremente pela população sem apelo ao seu suposto
c) As divergências entre Mauro Borges Teixeira e João sentido original.
Goulart remontavam a 1961, quando o governador de 49) Na década de 1960, o intenso clima de disputa
Goiás apoiou os grupos que tentavam impedir a posse do ideológica resultou no golpe que derrubou o governo
então vice-presidente. de João Goulart, impondo um novo modelo político ao
d) Ancorado pelo apoio popular e pela polícia militar de país, Analise as assertivas abaixo e responda.
Goiás, Mauro Borges Teixeira organizou o movimento de I - O compromisso do governo Goulart com as reformas de
resistência à intervenção militar federal, que ficou base, principalmente a agrária, motivou a mobilização
conhecido como Movimento da Legalidade. militar para a derrubada do governo.
46) “Em menos de trinta anos desmatou-se II - O movimento que derrubou o presidente Goulart pode
indiscriminadamente a cobertura vegetal original do ser caracterizado como golpe militar, uma vez que não
cerrado para a monocultura da soja. A paisagem contava com apoio algum da sociedade civil.
retorcida das espécies do cerrado deu lugar às III - O governador Mauro Borges foi cassado por exigência
formas geométricas homogêneas, a exemplo dos dos setores conservadores que identificavam no
belts norte-americanos, comprometendo as planejamento econômico e no projeto de reforma agrária
nascentes do Araguaia, um dos mais importantes rios (combinado agrourbano de Arraias) influências
do território goiano, como se vê nas proximidades do "esquerdistas".
Parque Nacional das Emas, no município de Mineiros, a) São corretas as assertivas I e II.
Sudoeste Goiano”. b) São corretas as assertivas II e III.
ARRAIS, T. A. Geografia contemporânea de Goiás. Goiânia, c) São corretas as assertivas I e III;
Editora Vieira, 2004. p. 20. d) Todas as assertivas são corretas.
Em referência ao cerrado goiano e à agricultura, leia 50) Historicamente, a urbanização induziu o
atentamente as questões abaixo e assinale a progressivo processo de concentração de pessoas
alternativa INCORRETA: nos centros urbanos. Essa concentração causou a
a) A modernização da agricultura nos cerrados goianos foi densificação e a diversificação do uso do solo urbano.
favorecida pelos seguintes fatores: disponibilidade de terras Considerando a ocorrência desse processo na Região
com implicação direta na concentração fundiária; relevo Metropolitana de Goiânia, é CORRETO afirmar:
pouco acidentado que favoreceu a mecanização; programas a) As regiões mais verticalizados de Aparecida de Goiânia
de governo para a capitalização da agricultura empresarial; estão ligadas, sobretudo, ao uso de moradia em
disponibilidade no mercado de insumos agrícolas, entre apartamentos.
outros fatores. b) Os municípios mais verticalizados da Região
b) A partir da década de 1980, progressivamente, as Metropolitana de Goiânia são Goiânia e Senador Canedo.
culturas tradicionais como o arroz e o feijão perderam c) O modelo de expansão urbana de Goiânia induziu o seu
espaço para o cultivo da soja. Atualmente, a soja é um dos crescimento, principalmente, para as regiões norte e leste,
produtos de maior peso na pauta de exportação goiana.

7
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
justamente onde o município encontra-se conturbado com metal. Sobre as mudanças na economia e na
Trindade e Aparecida de Goiânia. sociedade colonial, resultantes da mineração, é
d) Em se tratando do município de Goiânia, a CORRETO afirmar:
horizontalização é mais presente nas regiões central e a) A criação da Capitania de Goiás foi acompanhada pela
oeste. criação de uma estrutura administrativa autônoma e
51) Do ponto de vista da hidrografia, o estado de descentralizada, seguindo as diretrizes do sistema colonial
Goiás é privilegiado, uma vez que no território goiano português.
nascem rios pertencentes às principais bacias b) Em Goiás, a procura de ouro se estendeu sobre todo
hidrográficas brasileiras. Sobre esse assunto, é território, reduzindo as demais atividades a um nível
CORRETO afirmar: secundário, acarretando carências profundas no
a) O rio Corumbá faz parte da bacia do rio Tocantins. abastecimento de alimentos para a região.
b) O rio Meia Ponte faz parte da bacia do rio Paranaíba. c) O grande deslocamento de migrantes para Goiás
c) O rio Vermelho faz parte da bacia do rio São Francisco. permitiu que o trabalho nas minas fosse realizado por
d) Os rios Araguaia e Tocantins fazem parte da bacia do rio homens livres pobres que se submetiam ao penoso
Paraná. trabalho, enquanto em outras regiões fora reservado aos
52) O avanço das ferrovias está associado à escravos.
modernização. Em algumas regiões de Goiás, desde o d) À época da descoberta das jazidas auríferas, o domínio
início do século XX, já se escutava o apito da maria- político da região das minas era de São Paulo, mas a
fumaça, avisando a chegada de novidades que, entre violenta disputa entre os mineradores e os paulistas
os anos de 1920 e 1950, transformaram o ritmo da resultou na decisão da Corte portuguesa de criar uma nova
vida social local ao: Capitania: Goiás.
a) inverter a antiga vocação agrária da região em prol de 56) O Estado de Goiás ocupa uma área total no
uma política industrial anunciada pelo desenvolvimento de centro do Brasil de 340.086,698 km2, fazendo
novos setores na região. fronteira (limite) com cinco unidades da Federação,
b) modernizar a agricultura e a pecuária do norte/nordeste além do Distrito Federal. Sobre esse assunto, é
goiano, a partir do transporte do rebanho para novos INCORRETO afirmar:
mercados consumidores. a) O Estado de Goiás limita-se ao leste com o Mato Grosso.
c) promover um novo padrão de urbanização capaz de b) O Estado de Goiás limita-se a leste com a Bahia e Minas
atender aos segmentos industriais que se deslocam para o Gerais.
sudeste goiano. c) O Estado de Goiás limita-se ao norte com o Estado do
d) aproximar a economia do sul/sudeste goiano de São Tocantins.
Paulo por meio do aprofundamento dos vínculos d) O Estado de Goiás limita-se ao sul com Minas Gerais e
econômicos com o triângulo mineiro, região já articulada Mato Grosso do Sul.
com a economia paulista. 57) A realização de obras e investimentos em infra-
53) O golpe de 1964 redefiniu a economia nacional a estrutura foi marca dos políticos que passaram pelo
partir de um processo de centralização autoritária governo de Goiás durante a ditadura militar. Sobre as
que: principais realizações desses governadores, é
a) abrandou a presença do Estado na economia, aderindo INCORRETO afirmar:
aos princípios liberais, como forma de obter apoio dos a) No governo Otávio Lage (1966-1970), foi criada a
capitais internacionais. empresa de economia mista denominada Saneamento de
b) investiu maciçamente na produção agrícola no Centro- Goiás S/A (Saneago).
Oeste, incentivando a formação de cooperativas para o b) A obra mais importante do governo Irapuam Costa
plantio de soja. Júnior (1975-1979) foi a construção do Centro de Cultura e
c) redefiniu os investimentos agrícolas, priorizando o apoio Convenções de Goiânia.
aos pequenos proprietários e à produção de alimentos para c) As obras marcantes do governo Leonino Caiado (1971-
o mercado interno. 1975) foram o Estádio Serra Dourada e o Autódromo
d) defendeu a realização de uma reforma agrária por meio Internacional de Goiânia.
da expropriação das terras improdutivas. d) O governo Ary Valadão (1979-1983) implantou o Projeto
54) O lento processo de ocupação de Goiás foi Alto Paraíso, no nordeste goiano.
acompanhado pela introdução de mão-de-obra 58) O golpe militar de 1964, que depôs o presidente
destinada ao duro trabalho da extração de ouro e às João Goulart, ecoou também em Goiás. Qual
demais atividades econômicas. Acerca desse governador goiano foi deposto pelo regime militar?
processo, julgue a validade das seguintes afirmações. a) Pedro Ludovico Teixeira
I - O escravo representou a mão-de-obra fundamental no b) Otávio Lage
período da mineração, constituindo quase metade da c) Mauro Borges Teixeira
população. d) Jerônimo Coimbra Bueno
II - Os indígenas também foram fartamente utilizados na 59) O monumento do Bandeirante foi um presente
extração do ouro, substituindo os escravos africanos devido dos acadêmicos de direito de São Paulo à cidade de
ao alto preço dos negros a partir da lei de 1831. Goiânia. Hoje, ele é um dos símbolos da cidade. Qual
III - No período republicano, a atividade pecuarista se a importância do bandeirante retratado no
utilizou da mão-de-obra livre. Entretanto, não predominou monumento para a história de Goiás?
o trabalho assalariado, mas formas pré-capitalistas, como a) Ele foi o primeiro branco a pisar no território goiano.
as meiações e parcerias. b) Ele é considerado o marco do povoamento branco de
IV - O governo Vargas implementou medidas efetivas que Goiás.
garantiram o cumprimento de uma legislação trabalhista c) Ele foi um grande protetor dos direitos indígenas.
tanto na cidade como no campo. d) Ele foi o construtor de Goiânia.
Assinale a alternativa CORRETA. 60) Nos últimos anos, Goiânia vem passando por um
a)Apenas as afirmações I e II são verdadeiras. processo de intensificação do uso do solo de algumas
b)Apenas as afirmações II e III são verdadeiras. de suas regiões. Sobre esse processo, é INCORRETO
c)Apenas as afirmações I e III são verdadeiras. afirmar:
d) Apenas as afirmações III e IV são verdadeiras. a) Os investimentos públicos, como o Centro Cultural Oscar
55) Goiás é filho do ouro que produziu, além de Niemeyer e o Paço Municipal, valorizaram a região sul.
novos territórios, um deslocamento de migrantes que
saíam do todos os cantos em busca do reluzente

8
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
b) Na região mendanha e na região oeste está localizada a d) a navegação fluvial.
maior parte dos condomínios horizontais do município que 65) Nas alternativas abaixo, identifique a que
são destinados aos consumidores de alta renda. considerar correta sobre a História de Goiás no início
c) Proporcionalmente, a região de Campinas concentra a do século XVIII:
maior parte dos estabelecimentos de comércio e de a) desenvolvimento da indústria como alternativa para o
indústria do município. declínio da agropecuária;
d) O Jardim Goiás, localizado na região sul, vem passando b) desenvolvimento do cultivo da soja e cana;
por um intenso processo de verticalização. c) melhoria da navegação fluvial;
d) declínio da mineração e empobrecimento da capitania
61) Modernização como processo se vincula ao que se volta para as atividades agropecuárias de
domínio tecnológico e se associa ao crescimento das subsistência;
cidades, redefinindo as relações sociais e culturais e) período áureo, intenso povoamento, crescimento do
com o campo. Acerca desse processo em Goiás, é comércio com outras regiões da colônia, desenvolvimento
INCORRETO afirmar: urbano.
a) Em Pirenópolis e em Goiás, a cultura local foi 66) A decadência da mineração do ouro afetou a
transformada em atração turística. As festas tradicionais economia goiana no final do século XVIII,
reinventaram as tradições em novo contexto. provocando:
b) A modernização da economia goiana está associada ao a) a sensível urbanização;
desenvolvimento da agroindústria, cujo impacto reduziu o b) aumento da população;
número de trabalhadores no campo. c) acelerado êxodo rural;
c) Ao assumir funções de uma metrópole, concentrando d) empobrecimento da capitania;
serviços na área de saúde e educação, a sociedade e) diminuição da população rural.
goianiense rompeu com a identidade rural que definia a 67) A construção de Goiânia está inserida dentro de
cidade. um período de alterações na política nacional. Com
d) A modernização da agricultura redefiniu o espaço base no contexto histórico da época, indique a
urbano: o alargamento das periferias sinaliza os limites do alternativa que representa esta alteração política da
modelo fundado na exclusão do trabalhador rural. época.
62) UEG – 2007 / 1 Vestibular: a) o movimento tenentista;
Goiás, minha cidade... b) a eleição de JK;
Eu sou aquela amorosa de tuas ruas estreitas, c) a Revolução de 1930;
curtas, indecisas, entrando, saindo uma das outras d) a construção da Belém-Brasilia;
Eu sou aquela menina feia da Ponte da Lapa, e) a Primeira Guerra Mundial.
Eu sou Aninha. 68) UEG – 2006 Sobre o povoamento do território
CORALINA, Cora. Minha Cidade. In: TELES, José goiano no século XX, é INCORRETO afirmar:
Mendonça. No santuário de Cora Coralina. Goiânia: a) O processo de ocupação do Mato Grosso Goiano foi
Kelps, 2003. p.41. estimulado pela descoberta de veios auríferos na cidade de
A Cidade de Goiás, nos seus quase trezentos anos de Bela Vista de Goiás.
existência, foi objeto de avaliação ambivalentes, b) A estrada de ferro exerceu significativa influência nas
sendo considerada, às vezes, motivo de orgulho, primeiras décadas do século XX, especialmente no sul de
outras vezes, de vergonha. Acerca das Goiás.
representações construídas sobre a cidade, é c) A edificação de Brasília, durante a década de 1950,
INCORRETO afirmar: provocou um intenso fluxo migratório para as regiões que
V.Em 1739, foi transformada em vila, recebendo o nome circundavam a Capital Federal.
de “Vila Boa de Goiás” , toponímia resultante do d) A construção da Belém-Brasília favoreceu o surgimento
aportuguesamento de “Bueno”, sobrenome do de inúmeras cidades no norte de Goiás.
descobridor oficial das minas de Goiás. 69) UEG – 2006 No início dos anos 1930, a comissão
VI.Em 1819, foi elevada à condição de cidade, recebendo o organizada para analisar um local adequado para ser
nome de “Cidade de Goiás”, quando, em virtude da construída a nova capital de Goiás, escolheu o
intensa exploração do ouro e do rápido crescimento município de Campinas. Todos os fatores a seguir
demográfico, experimentou fortes alterações foram relevantes para a escolha, EXCETO:
urbanísticas, com a construção de novas igrejas e a) Abundância de recursos hídricos;
prédios públicos. b) Topografia pouco acidentada;
VII.Em 1937, depois de perder o posto de capital, passa a c) Proximidade do traçado previsto da estrada de ferro;
ser conhecida como “Goiás Velho”, expressão que d) Concentração demográfica elevada.
representava o atraso e a decadência do estado, que se 70) UEG – 2006 A Região Metropolitana de Goiana foi
pretendiam eliminar com a transferência da capital para criada pela Lei Complementar n. 27, de 30 de
Goiânia. dezembro de 1999. Entre seus objetivos estão
VIII.Em 2001, a Cidade de Goiás é reconhecida pela aqueles de pensar políticas governamentais para os
UNESCO como “Patrimônio da Humanidade”, em virtude municípios que se encontram integrados social e
dos seus monumentos arquitetônicos, representativos economicamente a Goiânia. Sobre a Região
da arquitetura colonial brasileira. Metropolitana de Goiânia, é INCORRETO afirmar:
63) Dentro do processo de expansão capitalista em a) O município de Aparecida de Goiânia é aquele que se
Goiás, na década de 1950, um dos fatores de maior encontra mais integrado ao município de Goiânia, uma vez que
dinamização deste processo foi: as fronteiras dos dois municípios chegam a se confundir,
a) a industrialização; especialmente no limite sul de Goiânia.
b) a estrada de ferro; b) Os municípios de Senador Canedo e Trindade encontram-se
c) a construção de Brasília; integrados ao sistema de transporte coletivo da Região
Metropolitana de Goiânia, o que facilita o deslocamento de
d) a navegação fluvial.
pessoas que moram nesses municípios e trabalham e/ou
64) Dentro do processo de expansão capitalista em
estudam em Goiânia.
Goiás, no final dos anos de 1970, um dos fatores de
c) O terminal Padre Pelágio, no extremo oeste da avenida
maior dinamização deste processo foi: Anhanguera, integra Goiânia ao município de Trindade, via
a) a industrialização; transporte coletivo.
b) a estrada de ferro;
c) a construção de Brasília;

9
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
d) As políticas de uso e regulação do solo urbano na Região d) O FICA na Cidade de Goiás.
Metropolitana de Goiânia são definidas e executadas em 77) PH – 2006 A diversidade de cultural de um povo
comum acordo com todos os municípios. é explicada por sua historicidade, pelas relações de
71) UEG – 2006 No ano de 2001, Cidade de Goiás foi trabalho e por sua religiosidade.Marque a alternativa
reconhecida pele Unesco como Patrimônio da que representa as tradições folclóricas em Goiás.
Humanidade. Todas as alternativas a seguir foram a) Cavalhadas de Pirenópolis;
importantes para escolha do título, EXCETO: b) O FICA na Cidade de Goiás;
a) O fato de o centro histórico ser um dos poucos exemplos c) A festa do Divino em Trindade;
conservados da arquitetura colonial brasileira no centro do d) A festa do Muquem no município de Niquelândia.
país. 78) PH – 2006 Entre os empreendimentos
b) A mobilização da população da cidade em prol do importantes no governo de Pedro Ludovico Teixeira,
reconhecimento de suas tradições, destacando-se o um deles foi a tentativa de melhorar a agricultura
Movimento Pró-Cidade de Goiás. goiana. Estamos nos referindo à (ao):
c) A imponência e o luxo de sua arquitetura colonial, a) Combinado Agro-Urbano de Arraias;
idêntica à das cidades históricas mineiras, como Ouro Preto b) Colônia Agrícola de Uva;
e Vila Rica. c) Colônia de Santa Cruz;
d) Os altos investimentos do poder público federal e d) Colônia de Italianos de Nova Veneza;
estadual na recuperação e manutenção dos monumentos e) Colônia Agrícola de Ceres, no Vale do São Patrício.
do centro histórico. 79) UFG – Em setembro de 1987, ocorreu o que ficou
72) (UEG – 2006) A partir dos anos 1980, incorpora- conhecido como “acidente radioativo de Goiânia”.
se cada vez mais na sociedade goiana a consciência Wagner Mota, desempregado, dirigiu-se aos
da importância da proteção ambiental e do resgate escombros do Instituto Goiano de Radioterapia
das tradições históricas. Qual das alternativas abaixo (IGR), apoderando-se de uma quantidade
NÃO está relacionada a essa mudança de considerável de chumbo (98Kg) que protegia, sem
mentalidade? que ele soubesse, uma cápsula de Césio de um
a) A proliferação de hotéis-fazenda no entorno de Goiânia, aparelho de raio X. Vendido para o ferro-velho de
uma mistura do moderno (hotel) com o tradicional Devair Ferreira, o material passou a ser tratado como
(fazenda). objeto de diversão (o azul da Prússia, brilhante no
b) A proliferação dos shoping centers, uma forma de avaliar escuro). Quatro pessoas morreram na época e quatro
comércio, lazer e conforto, desvinculada do consumismo outras, mais tarde. Cerca de 700 pessoas foram
capitalista. contaminadas. Sobre esse episódio da história
c) O surgimento do Festival de Cinema e Vídeo Ambiental goiana, julgue os itens.
na Cidade de Goiás (Fica), aliando tradição histórica com ( ) Goiânia passou a ser chamada de a “Chernobil do Brasil”
ecologia. e ficou conhecida no mundo todo, o povo e os produtos
d) A expansão dos condomínios horizontais fechados em goianos foram boicotados;
Goiânia, demonstrando a preocupação das classes altas em ( ) o Comitê de Defesa de Goiânia reuniu pessoas
aliar segurança com qualidade de vida. interessadas em apurar responsabilidades, exigindo um
73) (PH – 2006) Ele foi o precursor da pecuária programa de ações para o amparo das vítimas e da cidade.
Goiana, casou-se com Maria Pires Bueno, na vila de A Fundação Leide das Neves foi criada para dar assistência
Sant’Ana do Parnahyba, que era filha de Bartolomeu às vítimas;
Bueno(pai) e Isabel Cardoso. O texto refere-se a : ( ) na época, Goiânia sediou uma competição internacional
a) Miguel Lino de Moraes; que desviou a atenção e atrasou o diagnóstico e tratamento
b) Leopoldo de Bulhões; do problema;
c) Martim Afonso de Souza; ( ) a CNEN, a União e os médicos do IGR saíram ilesos do
d) Antônio Ferraz de Araújo. episódio: a prontidão na localização e solução do problema
74) PH – 2006 A diversidade de cultural de um povo provou o preparo do sistema brasileiro na gestão de
é explicada por sua historicidade, pelas relações de materiais radioativos.
trabalho e por sua religiosidade. Marque a alternativa 80) PH – 2006 O primeiro jornal de Goiás foi fundado
que representa a cultura negra em Goiás. em 5 de março de 1830, em Pirenópolis, e durou até
a) Cavalhadas de Pirenópolis; 24 de maio de 1834. Trata-se:
b) Congadas de Catalão; a) O popular;
c) A festa do Divino em Trindade; b) O social;
d) a Procissão do Fogaréu na Cidade de Goiás. c) Gazeta Mercantil;
75) PH – 2006 Uma cápsula de Césio de um aparelho d) Matutina Meiapontense;
de raio x vendido para o ferro velho de Devair e) Mestre Carreiro.
Ferreira, provocou o acidente Radiológico do Césio 81) PH – 2006 Ele foi um dos mais prósperos
137, em Goiânia, no ano de 1987. Com isso, Goiânia fazendeiros do Arraial de Meia Ponte(Pirenópolis),
passou a ser chamada de “Chernobil do Brasil” e nasceu em Pilar em 1770 e morreu em 1851, e
ficou conhecida no mundo todo, o povo e os produtos fundou o primeiro jornal de Goiás. Trata-se:
goianos passaram a ser estigmatizados. Qual o a) Miguel Lino de Moraes;
município da região Metropolitana de Goiânia que b) Bartolomeu Bueno da Silva;
está depositado o lixo Radioativo desse acidente? c) Marques de Pombal;
a) Aparecida de Goiânia; d) Comendador Joaquim Alves de Oliveira;
b) Goianira; e) Pedro Ludovíco Teixeira.
c) Aragoiânia; 82) PH – 2006 Com a decadência da mineração, a
d) Abadia de Goiás; pecuária tornou-se o setor mais dinâmico da
e) Senador Canedo. economia, pela facilidade de exportação. Marque a
76) PH – 2006 A diversidade de cultural de um povo é alternativa que representa o governador que deu
explicada por sua historicidade, pelas relações de início a exportação de gado goiano.
trabalho e por sua religiosidade.Marque a alternativa a) Bartolomeu Bueno da Silva;
que representa a religiosidade em Goiás. b) Fernão Dias Paes;
a) Cavalhadas de Pirenópolis; c) Miguel Lino de Moraes;
b) Congadas de Catalão; d) Leopoldo de Bulhões;
c) A festa do Muquem no município de Niquelândia; e) Xavier de Almeida.

10
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
83) PH – 2006 A realização de obras e investimentos considerável nos preços de locação e venda de
em infra-estrutura foi marca dos políticos que equipamentos agrícolas.
passaram pelo governo de Goiás durante a ditadura d) O incremento na produção de cana-de-açúcar vem
militar. Ele foi o único governador goiano eleito pelo ganhando destaque em virtude da elevação dos preços das
voto direto no período militar, nasceu em Buriti commodities de açúcar e álcool no mercado internacional,
Alegre em 1924 e faleceu em 2006, criou a empresa combinado com a crescente produção de automóveis
de economia mista Saneago, fundou o Materno bicombustíveis.
Infantil, construiu a 2a etapa de Cachoeira Dourada, e)
ampliou o Parque Agropecuário de Goiânia e ajudou a 87) Observe a imagem a seguir:
fundar várias cooperativas em Goiás(Goiás Carne em
Senador Canedo). Trata-se:
a) Mauro Borges;
b) Íris Rezende Machado;
c) Irapuam Costa Junior;
d) Ary Valadão;
e) Otávio Lage de Siqueira.
84) PH – 2006 O Golpe militar de 1964, que depôs o
presidente João Goulart, ecoou também em terras
goianas. Qual prefeito de Goiânia foi deposto pelo
regime militar?
a) Pedro Ludovico Teixeira;
b) Venerando de Freitas Borges;
c) Íris Rezende Machado;
d) Mauro Borges;
e) Pedro Wilsom.
f) As características da paisagem representada na
85) UFG – 2007 De acordo com os dados do quadro imagem indicam a existência de solos
sobre as microrregiões goianas selecionadas, a) profundos e de elevada fertilidade natural
assinale a alternativa INCORRETA: b) profundos e ricos em matéria orgânica
c) rasos, ácidos e pobres em minerais
Goiás: Microrregiões selecionadas
d) profundos, ácidos e de baixa fertilidade natural
Densidade e) rasos e ricos em minerais básicos
Pop.total-
Microrregiões demográfica- f)
2000
2000 88) (PM – TO) Sobre o movimento dos bandeirantes
Porangatu 226.510 6,41 que ocorreu durante o século XVIII, é correto afirmar
Chapada dos que o primeiro a descobrir ouro nos sertões do antigo
56.011 2,60 Norte de Goiás foi:
veadeiros
a) Manuel Campos da Silva.
Anápolis 465.169 55,46
b) Bartolomeu Bueno da Silva – O Anhangüera.
Goiânia 1.693.650 247,32 c) Domingos Rodrigues.
Fonte: IBGE (2001) d) Antônio Pedroso Alvarenga.
a) a Microrregião de Goiânia, entre as citadas é a mais 89) (MPU – UFG) Segundo dados do IBGE, entre 1940
povoada e 2000 a população brasileira deixou de ser
b) a Microrregião da Chapada dos Veadeiros, entre as predominantemente rural passando a ser
citadas é a menos povoada predominantemente urbana. No caso do estado de
c) a Microrregião de Porangatu, entre as citadas é a menos Goiás a população urbana que era de 18%, na década
povoada de 1940, alcançou 88% no ano de 2000. Esse rápido
d) a Microrregião de Anápolis entre as citadas é a segunda processo de urbanização do estado de Goiás teve
mais povoada. como uma de suas consequências:
a) A concentração fundiária e a formação de latifúndios.
86) UEG – 2007 A região Centro-Oeste, com b) A mudança na estrutura econômica do estado, que
destaque para o Estado de Goiás, passou pôr passou de agrícola a industrial.
profundas transformações em sua dinâmica c) A concentração da população em pequenas cidades.
socioeconômica a partir de 1970, principalmente no d) O surgimento da região metropolitana de Goiânia.
que se refere à introdução da agricultura moderna,
tendo a soja como principal produto agrícola 90) (MPU – UFG) A partir da década de 1970, o perfil
cultivado na região. Porém, no início do século XXI, da economia goiana sofreu fortes alterações. De uma
em função de fatores de ordem interna e externa, economia agrícola com significativa produção de
vem se intensificando o plantio da cana-de-açúcar, arroz e milho destinada ao mercado interno, passou-
voltado principalmente para a produção de açúcar, se para uma agricultura destinada à exportação, na
álcool e outros derivados. Sobre esse assunto, é qual a soja e os derivados da cana-de-açúcar
INCORRETO afirmar: despontam como os principais produtos. Dentre as
a) A cana-de-açúcar apresenta uma estreita ligação com o consequências dessa transformação destaca-se:
setor agroindustrial, principalmente com as usinas de álcool a) O aumento da biodiversidade.
e açúcar, contribuindo para o crescimento de instalações b) O aumento da arrecadação tributária estatal.
ligadas ao setor no Estado de Goiás. c) A ampliação da utilização de mão-de-obra em virtude da
b) O cultivo da soja, bem como o da cana-de-açúcar, vem mecanização agrícola.
contribuindo significativamente para a melhoria das d) A permanência da população no campo.
condições de alimentação da população brasileira, 91) (MPU – UFG) Durante o início da implantação da
sobretudo da parcela mais carente, tendo em vista o colonização portuguesa em Goiás, foi proibida a
elevado valor protéico que apresentam e a destinação de navegação dos rios Araguaia e Tocantins. Pode-se
maior parte da produção ao mercado interno. afirmar CORRETAMENTE que esta medida:
c) Em Goiás, a expansão sucroalcooleira contribui para que a) Visava impedir o contrabando de ouro produzido em
haja uma supervalorização do preço da terra e um aumento Goiás.

11
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
b) Visava proteger os aldeamentos indígenas localizados às 1- ( ) A instalação da rede ferroviária na região de
margens desses rios das incursões dos bandeirantes Anápolis levou ao crescimento de Goiânia e um aumento do
paulistas. poder dos Caiados.
c) Visava impedir o acesso dos emboabas às minas 2- ( ) A construção da estrada de ferro em Goiás visava
auríferas de Goiás. à inserção da economia do estado nos mercados
d) Foi responsável direto pela estagnação econômica de capitalistas da região Sudeste, muito interessados na
Goiás no século XIX. compra do milho, das carnes bovina e suína e arroz.
92) (MPU – UFG) Dentre as principais personalidades 3- ( ) A Estrada de Ferro de Goiás e a implantação das
religiosas de Goiás, destacam-se as figuras de Santa charqueadas nas cidades ao longo dos trilhos possibilitaram
Dica e Padre Pelágio. Sobre elas, é INCORRETO 70 crescimento substancial da pecuária, pois a carne, em
um
afirmar: parte industrializada e em parte como gado gordo para o
a) O prestígio de Padre Pelágio contribuiu para a abate, era exportada para os mercados paulistas com
consolidação da Romaria de Trindade como a principal festa custos mais baixos. Isso influenciou na escolha do local
católica de Goiás. para a construção da nova capital.
b) Apesar de seu prestígio entre a população, Santa Dica 4- ( ) A chegada da ferrovia em Goiânia levou ao
enfrentou a resistência das elites goianas, chegando a ser surgimento de várias indústrias na região norte da nova
combatidas pelas forças armadas. capital do estado.
c) A veneração de ambas as personalidades demonstra o 5- ( ) A escolha do Município de Campinas(que
quanto a religião é um fator de peso nos movimentos completou 200 anos neste ano de 2010) para construção
sociais camponeses de Goiás das primeiras décadas do da nova capital do estado, entre outros motivos, foram: a
século XX. proximidade da ferrovia de Anápolis e a topografia plana da
d) Santa Dica, em reconhecimento do seu esforço na região.
divulgação da fé católica, foi a primeira mulher canonizada 6– ( ) O Decreto 3.359, de 18 maio de 1933, definia a
no Brasil. região exata, para a construção da nova capital do Estado
93) (UEG/Delegado/2008) – Sobre a atual de Goiás, em terras doadas pelo fazendeiro progressista,
regionalização estabelecida elo IBGE, para o Estado Andrelino de Moraes e sua mulher Bárbara de Souza
de Goiás, é CORRETO afirmar: Moraes, doadas no dia 27 de abril de 1933.
a) correspondem a recortes espaciais definidos a partir de 97) – Sobre os prefeitos de Goiânia e seus
critérios (naturais, econômicos, sociais, entre outros) que conhecimenos, julgue os itens.
permitem agrupar, numa região, locais com características 1- ( ) Um exemplo típico do poder local dos “coronéis
semelhantes, separando-os dos demais. do sertão” localizou-se no interior da região Centro-Oeste,
b) baseia-se na área de abrangência dos elementos em torno do rio Vermelho, onde eles exerceram seu poder,
(naturais, econômicos, demográficos) utilizados como até a Revolução de 1930.
referencias para seu estabelecimento, desconsiderando, 2- ( ) A construção de Goiânia representou a
portanto, os limites das unidades administrativas. concretização da revolução de 1930 o fim do coronelismo e
c) representa as particularidades do estado de Goiás em o início do ludoviquismo.
relação ao contexto nacional, uma vez que utiliza critérios 3– ( ) No período militar houve a paralisação dos
diferentes daqueles utilizados em outras regiões brasileiras. investimentos em Goiânia e em Goiás, pelo poder público.
d) apresenta especificações quanto à organização do 4– ( ) Todos os prefeitos de Goiânia foram indicados
espaço, uniformidade de atributos, auto-suficiência e pelo poder central, no período militar.
unicidade em relação umas às outras. 5– ( ) O primeiro prefeito eleito de Goiânia foi Daniel
94) (UEG/Delegado/2008) – O relevo goiano é Antônio.
caracterizado por: 6– ( ) O topônimo Goiânia seria oficializado quando foi
a) bacias sedimentares localizadas especialmente nas baixado o decreto de criação do município – o Decreto 237,
regiões centrais e norte do estado. de 2 de agosto de 1935, quando a cidade já estava em
b) chapadas formadas em períodos geológicos recentes condições de receber a capital. O nome foi sugerido pelo
(Pré-cambriano) e sob condições climáticas similares às professor Alfredo de Castro “Caramuru Silva do Brasil”.
atuais. 7– ( ) O primeiro prefeito de Goiânia foi Venerando de
c) planícies aluviais localizadas nas regiões leste e Freitas Borges – 1933/1945, indicado por Pedro Ludovico.
nordeste do estado em áreas próximas aos cursos d’água 8– ( ) O primeiro prefeito eleito de Goiânia, após a
mais importantes, como Tocantins e o Araguaia. Ditadura, Nion Albernaz de 1983/85.
d) planaltos antigos intensamente erodidos em decorrência 9– ( ) No dia 30 de dezembro de 1999, foi criado a
do processo de intemperismo físico-químico. RMG. Com isso Goiânia passa a figurar entre as mais belas
95) Marque a alternativa que indica o Governador de metrópoles do Brasil, com uma grande importância no
Goiás, que tentou transferir a capital de Goiás pela cenário econômico do país, sendo uma metrópole nacional.
primeira vez. 98) – UFG - A modernização da agricultura no
a) Miguel Lino de Moraes; planalto Central se dá por meio da relação entre
b) Bartolomeu Bueno da Silva; mecanização e apropriação do relevo em áreas de
c) Conde dos Arcos; cerrado e a migração. Sobre o cerrado julgue os
d) Comendador Joaquim Alves de Oliveira; itens.
e) Pedro Ludovíco Teixeira. ( ) A destruição do cerrado é destinado às atividades de
96) – UFG - Na segunda metade do século XIX, policultura.
surgiram no Brasil as ferrovias no processo de ( ) Houve o desenvolvimento da monocultura em vastas
modernização dos meios de transportes com o apoio áreas de topografia plana de Planaltos com terras férteis.
de capitais estrangeiros, em sua maioria ingleses. ( ) O solo do cerrado é rico em minerais e em matéria
Assim, construíram-se troncos ferroviários na região orgânica, bom para as atividades de pecuária.
Sudeste para atender aos interesses dos produtores ( ) A mecanização do campo levou ao processo de
de café no escoamento da produção para os portos urbanização e os movimentos intra-regionais urbanos.
do Rio de Janeiro e Santos. Já no início do século XX, ( ) O cerrado é ácido, profundo e rico em minerais.
implantou-se a Companhia de Estrada de Ferro de ( ) A posição geográfica privilegiada de Goiás, pela
Goiás com investimentos de capitais franceses. Sobre centralidade no território brasileiro, promoveu o
a construção das ferrovias, julgue os itens abaixo: povoamento do cerrado desde o período colonial.

12
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
( ) O relevo de planície com grande potencial hidrográfico, ( ) nas obras de engenharia, ocupação desordenada e nos
facilitou a construção de Goiânia, no município de desmatamentos que, oriundos da atuação da sociedade no
Campinas. ambiente urbano, afligem a população goianiense.
( ) A área central e as edificações pioneiras foram ( ) no solo argiloso que, por apresentar baixa porosidade,
concebidas por Attílio Corrêa Lima, e Godoy projetou as dificulta a infiltração da água e possibilita os movimentos
soluções para as regiões Sul de Goiânia. de massa.
( ) na falta de um planejamento no início da construção
99) – UFG - Leia o trecho a seguir: de Goiânia e em toda sua história.
Na segunda metade do século XX a construção de ( ) no relevo predominantemente baseado em depressão
diversas infra-estruturas de circulação contribuiu relativa que gera um grande acumulo de água pluvial.
para ligar as diversas regiões [do Brasil] entre si com 101) – UFG - A urbanização dos países
a região concentrada. É assim que a expansão da subdesenvolvidos constitui um fenômeno marcante
rede rodoviária brasileira passa de 302.147 km em da segunda metade do século XX. As características
1952 para 1657.769 km em 1995, sendo seu maior desse fenômeno, na América Latina, expressas na
crescimento na década de 1970. SANTOS, Milton; paisagem urbana das metrópoles, são decorrentes da
SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e industrialização tardia e da modernização das
sociedade no início do século XXI. 4. ed. Rio de atividades agrícolas, conjugadas à concentração de
Janeiro: Record, 2002. p. 65. [Adaptado]. A pessoas nas grandes cidades. Julgue os itens sobre a
construção da infra-estrutura, indispensável para a RMG.
integração do mercado interno, na década de 1970 à ( ) Há a instalação de indústrias de bens de produção nos
década de 1990. arredores das pequenas e médias cidades e próximas às
( ) provocou o crescimento superior da região fontes de matéria-prima que abastece a RMG.
metropolitana de São Paulo, comparativamente ao do ( ) Houve uma grande migração para RMG e as pessoas
território nacional. se direcionaram principalmente para a cidade pólo, Goiânia.
( ) proporcionou a criação de programas estatais, como a ( ) Houve aglomeração humana e o aumento do poder
Marcha para o Oeste, com o intuito de ocupar o interior do aquisitivo da população, favorecidos pela expansão do
Brasil. capital financeiro na economia, com poucos problemas
( ) configurou uma nova hierarquia urbana nacional com a sociais.
ligação de centros urbanos regionais ao centro econômico ( ) Houve a inovação tecnológica e o aumento da
do país. produtividade das indústrias de bens 71 de consumo, para
( ) possibilitou o crescimento da agricultura familiar, suprirem as necessidades da vida urbana.
impulsionada pelos investimentos estatais, mediante ( ) Houve a implementação de parque industrial e da
pressão dos movimentos sociais organizados. regulação, por meio do planejamento governamental, de
( ) acirrou a competição entre os estados e os municípios deslocamentos populacionais para as cidades.
pela instalação de novas empresas, por meio da guerra ( ) Houve uma maior migração para os municípios de
fiscal. pequeno e médio porte da RMG, em razão do acesso ao
( ) levou ao crescimento populacional de Goiânia e da emprego
72 e pelo custo de vida mais baixo. Isso gerou
região RMG. problemas sociais.
( ) a região Centro Oeste passou a ter um maior numero 102) UFG - Um fator determinante do processo de
de imigrantes. uso e ocupação do território goiano é a demanda do
mercado por produtos agropecuários e seus
100) – UFG - Observe a manchete e a foto a seguir: derivados. Atualmente, verifica-se o aumento da
RECORDE DE CHUVA LEVA CAOS A RUAS E RODOVIAS instalação de unidades agroindustriais na Região
Metropolitana de Goiânia. Julgue os itens sobre a
RMG.
( ) Pastagens para criação de gado destinado à produção
de leite e derivados, são potenciais em Bela Vista e
Hidrolândia.
( ) Em Nerópolis há uma grande produção agroindustrial.
( ) Em Trindade há um grande potencial na industria de
confecções e tem na Festa do Divino Pai Eterno o maior
turismo religioso do país.
( ) Pastagens para criação de gado destinado à produção
de carne e derivados são potenciais em Goiânia e Aparecida
de Goiânia.
( ) Goianira é o maior pólo industrial de derivados de
couro da RMG.
( ) Na RMG, o município de Aparecida de Goiânia passa
O POPULAR, Goiânia, 29 mar. 2005, p.1. Capa. por muitos problemas, especialmente no que se refere aos
[Adaptado]. bairros irregulares, muito distantes das áreas de
A imagem expressa uma situação que evidencia a infraestutura urbana, e aos inúmeros espaços vazios que
ocorrência de um impacto ambiental negativo nas tornam sua ocupação extremamente desarmoniosa.
grandes cidades, inclusive em Goiânia. Julgue os 103) – PH - Marcado pela visita do paulista
itens sobre esse impacto, em Goiânia e na RMG. Bartolomeu Bueno da Silva, filho, surgiu um dos
( ) no clima tropical, com altos índices de precipitação, principais monumentos construídos em Goiânia e que
que, independentemente da ação humana, contribui para o retrata a essência da História da cidade. Julgue os
aumento de água na rede de drenagem. itens sobre os monumentos em Goiânia.
( ) na forma arredondada da bacia hidrográfica, que ( ) Museu de Artes, representa a construção de Goiânia;
proporciona maior área para a captação da água pluvial e a ( ) Parque Mutirama, representa o governo de Íris na
ocupação urbana. prefeitura, no Período Militar;
( ) na declividade acentuada da vertente, que favorece a ( ) Praça do Cruzeiro, representa as estrelas;
concentração da água pluvial e os processos erosivos de ( ) Praça do Bandeirante, representa “O Anhanguera”, a
Goiânia. estátua do bandeirante foi inaugura em 9 de novembro de
1941 e esculpida pelo artista plástico Luís Morrone;

13
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
( ) Monumentos das Três Raças, representa a construção ( ) A Igreja goiana discordante do regime vigente, deu
de Goiânia; apoio a construção de Goiânia;
104) UCG/2006 Julgue os itens a seguir: ( ) As cidades de Anápolis e Campinas apoiaram a
I - ( ) O Cerrado, muito parecido com a Savana africana, construção de Goiânia;
é constituído por uma vegetação caducifólia. ( ) Os industriais goianos interessados em reformas
Predominantemente arbustiva, de raízes profundas, galhos básicas, apoiaram a construção;
retorcidos e casca grossa (que retém mais água), é uma ( ) A transferência definitiva da nova capital ocorreu em
formação plenamente adaptada ao clima tropical típico. 23 de março de 1937, pelo decreto 1.816;
II - ( ) Até a década de 70 do século XX, o Cerrado tinha ( ) No dia 24 de maio de 1935, quando a igreja católica
pouca importância no cenário nacional. A partir do comemora a data de Nossa Senhora Auxiliadora, foi
desenvolvimento de pesquisas, esse bioma tornou-se uma lançada a pedra fundamental da futura Catedral
grande fronteira agrícola, produzindo diversos gêneros e se Metropolitana de Goiânia.
tornando, finalmente, um grande exportador de soja para o ( ) A comissão para escolher o local para a nova capital
mercado externo. Só no Cerrado há mais de 50 milhões de de Goiás, foi formada no dia 20 de dezembro de 1932, pelo
hectares desmatados que podem ser recuperados para o decreto 2.737.
plantio. Mais da metade do Bioma do Cerrado vem se 107) AEE-93: A construção da nova capital de Goiás
perdendo para se manter como um grande celeiro agrícola, recebeu todo o apoio do governo revolucionário
privatizando os lucros nas mãos de poucos grandes implantado em 1930. Sobre o tema podemos dizer:
empresários do campo e socializando o prejuízo ao meio I) a antiga capital de Goiás era mal localizada para servir
ambiente e a centenas de pessoas que são expulsas do de centro administrativo, além de possuir clima insalubre;
campo. II) apesar das condições desfavoráveis à saúde e às
III - ( ) “O Cerrado é a cara do Brasil. Cidades inchadas, atividades comerciais, parte da população opunha-se à
favelas, campos arrasados pelas máquinas e povoados por mudança por motivos sentimentais e por temer a
bois, soja, cercas. Idealizado como celeiro que aliviaria a desvalorização de seus bens e imóveis;
nossa penúria, o cerrado se converteu em grande III) a transferência da capital contou com o apoio unânime
exportador de víveres. Na mesma proporção em que cresce da população e do governo local, já que os gastos seriam
a produção, aumenta também a degradação, do ambiente e reduzidos e o Estado era rico.
das condições de vida.” IV) a nova capital foi construída numa região plana de
IV - ( ) A ocupação da região do cerrado brasileiro fez se cerrado, desabitada, com abundância de água e clima
na década de 20, do século passado, em função da Marcha tropical árido.
para o Oeste, instituída por Vargas para popularizar o seu Assinale:
governo. Além da integração territorial, tal movimento a) se I, II e III forem corretas;
previa a industrialização do interior, com o processo de b) se apenas I e II forem corretas;
urbanização. Para isso, foram construídas capitais no c) se apenas I for correta;
sertão, Goiânia e Brasília. Munidos do ideal de brasilidade e d) se todas forem corretas;
apoiados em discursos de importantes intelectuais da e) se I e III corretas.
época, os empreendedores dessas construções receberam 108) (ALFA 2004) O México tem interesse em vários
apoio das elites e camadas populares. Pedro Ludovico, o produtos do Brasil, alguns produzidos em Goiás e em
construtor de Goiânia, obteve a aprovação das antigas Goiânia . Um deles é um produto bem brasileiro, a
oligarquias de Goiás. Kubitschek, por construir Brasília, foi cachaça. A indústria de móveis, a confecção,
louvado por segmentos da corrente musical “Bossa Nova”. especialmente o jeans, são outras áreas de interesse
V - ( ) Na RMG, a devastação do cerrado pelas queimadas, comercial dos mexicanos com o Brasil que a comitiva
para a limpeza de lotes, provocam desequilíbrios no de 40 empresários goianos, chefiada pelo governador
ecossistema natural, levando à extinção de espécies Marconi Perillo, conheceu ontem na Cidade do
animais e vegetais, empobrecimento do solo, assoreamento México. (O Popular. Goiânia. 30 de abril de 2004. p.
dos rios, menor índice pluviométrico etc. Assim, impactos 14)
localizados, ao se somarem, acabam tendo um efeito A respeito da economia goiana, assinale as
também em escala maior atingindo vários municípios da proposições com C (certo) ou E (errado):
RMG e sua população. I – ( ) A Região Metropolitana de Goiânia tem se destacado
VI – ( ) O processo de escolha do local para construção da no cenário econômico do país com um crescimento da
nova capital fundamentou-se, conforme o relatório, em dois produção e da geração de empregos, acima da média
fatores: 1) o sitio urbano regular e dotado de uma boa nacional.
drenagem, próprio para a edificações de uma capital II – ( ) A chamada economia mineral goiana é pouco
planejada; 2) a posição centralizada em relação à zona de expressiva, pois Goiás não possui grandes reservas
desenvolvimento do estado e da região da estrada de ferro minerais as quase poderia dar uma maior dimensão a esse
VII - ( ) O Cerrado é caracterizado pelo clima tropical , setor.
composto de subsistemas que variam desde as formações III – ( ) A agroindústria tem um significativo destaque na
abertas, com árvores retorcidas, até a presença de matas economia da RMG, exemplo disso é a grande produção de
galerias. No Planalto Central o relevo é caracterizado por alimentos nas cidades de Nerópolis, Aparecida de Goiânia e
chapadas e chapadões. Os solos que predominam neste em Goiânia. 73
domínio são pobres e ácidos. IV – ( ) A produção de leite e produtos lácteos na RMG é
105) -UFG-85: Dentro do processo de expansão pequena, dada à inexpressiva dimensão do nosso rebanho
urbana de Goiás, na década de 1950, um dos fatores bovino e do baixo índice tecnológico dessa atividade na
de maior dinamização deste processo foi: região.
a) a industrialização; V–( ) A RMG tem grande peso no cenário econômico do
b) a estrada de ferro; Estado, com uma grande produção de alimentos
c) a construção de Brasília; industrializados, confecções, hortifruti, automóveis e um
d) a Belém-Brasilia; grande mercado consumidor.
106) -UFG-83: Sobre a construção de Goiânia, julgue VI – ( ) Goiânia transformou-se em uma metrópole e
os itens. como tal apresenta problemas relacionados ao transporte
( ) As classes médias, já com uma atuação expressiva, coletivo, ao déficit de moradia, ao desemprego, à poluição
apoiaram a construção de Goiania; dos recursos hídricos, além da violência urbana.
( ) A classe dominante da Cidade Goiás e sua população 109) UEG – 2006 A Região Metropolitana de Goiana
foram contra a construção da nova capital; foi criada pela Lei Complementar n. 27, de 30 de

14
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
dezembro de 1999 com onze municípios, incluindo uma capital heterogênea, onde um único rótulo não a
Goiânia. Entre seus objetivos estão aqueles de pensar expressa histórica e culturalmente.
políticas governamentais para os municípios que se 21 – ( ) A microrregião de Goiânia destaca-se, entre
encontram integrados social e economicamente a outros motivos, pela elevada produção de alimentos
Goiânia. industrializados.
Sobre a Região Metropolitana de Goiânia, julgue os 22 – ( ) A proliferação de hotéis-fazenda no entorno de
itens: Goiânia, uma mistura do moderno (hotel) com o tradicional
1 - ( ) O município de Aparecida de Goiânia é aquele que (fazenda).
se encontra mais integrado ao município de Goiânia, uma 23 – ( ) Entre os produtos ofertados pela microrregião
vez que as fronteiras dos dois municípios chegam a se de Goiânia , podem ser destacados: Folhas,
confundir, especialmente no limite norte de Aparecida de quiabo,abobrinha ovos e Bela vista de Goiás , Guapo e
Goiânia. Inhumas, além de outros produtos.
2 - ( ) Os municípios de Senador Canedo e Trindade 24 – ( ) O consumo de Hortifrutigranjeiros é maior nos
encontram-se integrados ao sistema de transporte coletivo ambientes metropolitanos, fato que justifica a destacada
da Região Metropolitana de Goiânia, o que facilita o participação ma microrregião de Goiânia na oferta desses
deslocamento de pessoas que moram nesses municípios e produtos no CEASA.
trabalham e/ou estudam em Goiânia. 25 – ( ) O IBGE mostrou que, em 2004, Aparecida de
3 - ( ) O terminal Padre Pelágio, no extremo leste da Goiânia, Trindade e Senador Canedo tiveram um
Avenida Anhanguera, integra Goiânia ao município de crescimento populacional (proporcional) respectivamente
Trindade, via transporte coletivo. de 13,1%, 8,3%, 5,25%, enquanto Goiânia teve um
4-( ) As políticas de uso e regulação do solo urbano na crescimento de 4,8%. Isso mostra que a imigração, atual, é
Região Metropolitana de Goiânia são definidas e executadas maior para os grandes centros urbanos.
em comum acordo com todos os municípios. 110) – Marque a alternativa em que todos os
5 - ( ) O baixo valor do PIB (per capita) de Goiânia é um municípios citados fazem parte da Região
indicador do seu reduzido peso no cenário econômico Metropolitana.
goiano. a) Abadia de Goiás, Aragoiânia, Guapó, St° Antonio de
6 - ( ) As regiões mais verticalizadas de Aparecida de Goiás,Teresópolis, Senador Canedo e Anápolis;
Goiânia estão ligadas, sobretudo, ao uso de moradia em b) Abadia de Goiás, Aragoiânia, Goianápolis, Goiânia,
apartamentos. Trindade, Goianira e Hidrolândia, Abadiania;
7 - ( ) Os municípios mais verticalizados da Região c) Goianira, Nova Veneza, Aparecida de Goiânia, Trindade,
Metropolitana de Goiânia são Goiânia e Aparecida de Goiânia, Luziânia e Senador Canedo;
Goiânia. d) Sen. Canedo, Hidrolândia, Nerópolis, Santo Antônio de
8 - ( ) O modelo de expansão urbana de Goiânia induziu o Goiás, Aparecida de Goiânia e Goiânia;
seu crescimento, principalmente, para as regiões sul e e) Bela Vista, Santa Barbara, Goianira, Hidrolândia, Goiânia
oeste, justamente onde o município encontra-se e Santo Antônio de Goiás e Nerópolis.
conturbado com Aparecida de Goiânia e Trindade. 111) Do ponto de vista da hidrografia, o estado de
9 - ( ) Em se tratando do município de Goiânia, a Goiás é privilegiado, uma vez que no território goiano
horizontalização é mais presente na região leste. nascem rios pertencentes às principais bacias
10 - ( ) O município de Trindade é o menos povoado da hidrográficas brasileiras. Julgue os itens a seguir:
RMG. ( ) O rio Corumbá faz parte da bacia do rio Tocantins.
11 - ( ) A densidade demográfica é definida pela relação ( ) O rio Meia Ponte faz parte da bacia do rio Paranaíba.
entre o total da população urbana e o total da população ( ) O rio Vermelho faz parte da bacia do rio Araguaia.
rural. ( ) Os rios Araguaia e Tocantins fazem parte da bacia do
12 - ( ) O município de Nerópolis é o mais populoso da rio Amazonas.
RMG. ( ) A bacia do Meia Ponte é a principal bacia de Goiânia e
13 - ( ) A modernização da agroindústria foi da RMG.
acompanhada de uma política que evitou a proliferação de 112) UFG – 2007 As migrações internas no território
problemas ambientais na RMG. brasileiro tiveram papel de destaque, com
14 - ( ) Os investimentos públicos, como o Centro movimentos variáveis no tempo e no espaço. Os
Cultural Oscar Niemeyer e o Paço Municipal, valorizaram a fluxos migratórios internos, durante a década de
região leste da capital. 1990, direcionaram-se predominantemente para
15 - ( ) Na região mendanha e na região oeste está a) o Sudeste por causa da expansão da atividade industrial.
localizada a maior parte dos condomínios horizontais do b) as grandes metrópoles em conseqüência dos
município que são destinados aos consumidores de alta deslocamentos da população rural em direção às cidades.
renda. c) o Centro-Oeste em decorrência da Marcha para o Oeste.
16 - ( ) Proporcionalmente, a região de Campinas d) o Sul, estimulados pelas políticas desenvolvidas pelo
concentra a maior parte dos estabelecimentos de comércio governo federal.
e de indústria do município. e) os municípios de pequeno e médio porte, em razão do
17 - ( ) O Jardim Goiás e Alto da Glória, localizados na acesso ao emprego e pelo custo de vida mais barato.
região sul, vem passando por um intenso processo de 113) - (UEG) A trajetória de desconcentração
verticalização. econômica, os novos padrões de localização das
18 - ( ) Ao assumir funções de uma metrópole, atividades produtivas e a ampliação da rede urbana
concentrando serviços na área de saúde e educação, a são fatores explicativos do processo de urbanização
sociedade goianiense rompeu com a identidade rural que no Brasil e em Goiás, no final do século XX. Sobre as
definia a cidade. conseqüências desse processo, considere as
19 - ( ) Em 1937, depois de perder o posto de capital, a proposições que seguem:
antiga capital passa a ser conhecida como “Goiás Velho”, I - Favorece o surgimento do fenômeno de conurbação e o
expressão que representava o atraso e a decadência do adensamento excessivo de áreas desprovidas de infra-
estado, que se pretendiam eliminar com a transferência da estrutura e equipamentos sociais.
capital para Goiânia. II - Aumenta a produção de vazios urbanos infra-
20 - ( ) O fato de Goiânia ser plural, capital moderna e estruturados com retenção especulativa de solo urbano.
planejada, construída dentro do interior (Campinas), III - Agrava a situação de informalidade da ocupação do
mesclando elementos urbanos e rurais, vários imigrantes e solo urbano, com o aumento da favelização e das invasões
migrantes, povos e raças distintos, fez que ela se tornasse de áreas públicas e particulares.

15
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
IV - Aumenta as distorções e ineficiências dos sistemas de e) com o passar da mineração para a criação de gado,
transporte e circulação urbanos, bem como a poluição e a como forma econômica preponderante, o escravo torna-se
agressão ao meio ambiente, com severo comprometimento a principal mão de obra da atividade.
dos recursos naturais. 118) Bombeiro/2010 Os historiadores aproximam a
V - A indústria goianiense apresenta um dos maiores história de Benedicta Cypriano Gomes (1905-1970)
índices de crescimento do país graças ao incremento da com a de Antonio Conselheiro, líder de Canudos. Tida
produção e das exportações das agroindústrias instaladas como santa pelos moradores de Lagolândia, distrito
na RMG. de Pirenópolis, Santa Dica, como passou à história,
VI - A abundância de mão-de-obra, os incentivos fiscais tornou-se uma figura lendária de força política e de
para a instalação de novas empresas e a expansão das fé sincrética, conquistou seguidores de diferentes
indústrias já instaladas estão entre os principais fatores de regiões em torno de si, nos primeiros anos da década
estímulo ao desenvolvimento da RMG. de 1920, e logo passou a ser vista como uma ameaça
VII - Devido aos recursos naturais, o turismo vem-se pelo governo e pela Igreja. Esse movimento pode ser
firmando em algumas regiões, como uma alternativa caracterizado como:
econômica para vários municípios da RMG. a) um movimento causado pelo intenso processo de
VIII - A expansão da agroindústria, sobretudo na RMG, tem urbanização ocorrido em Goiás no início do século XX.
contribuído para minimizar a devastação do Cerrado e b) um movimento de amplo apoio da Igreja Católica, que
atenuar os conflitos pela moradia. reconheceu seus milagres e iniciou seu processo de
114) - Marque a alternativa incorreta sobre a canonização junto ao Vaticano.
mudança da capital para Goiânia. c) um movimento de cunho meramente político, apoiado
a) A Vila de Campinas foi escolhida para a nova capital pelos grandes proprietários de terra como forma de
devido à topografia plana, bom clima, abundancia de água controlar a população do campo.
e proximidade à estrada de ferro. d) um movimento de apoio à Coluna Prestes e seus ideais,
c) As primeiras casas construídas para abrigar os resultando na oposição ao poder das oligarquias da região e
funcionários públicos e a sede provisória do governo eram do Estado.
localizadas na Rua 20 (centro). e) um movimento messiânico que expressa a religiosidade
d) O lançamento da pedra fundamental ocorreu no dia 24 do homem do campo, entrando em contradição com as
de agosto de 1933, data que marca o aniversário de práticas ortodoxas pregadas pela Igreja Católica.
Goiânia. 119) Bombeiro /2010 Envolvendo-se na política
e) Em 1942, ano do batismo cultural de Goiânia, a cidade regional, o governo do presidente Hermes da Fonseca
já contava com mais 50.000 habitantes. (1910-1914) interveio o quanto pôde nos Estados,
115) – Julgue os itens abaixo. mudando os governos e alterando a composição de
( ) Em setembro de 1987 marca cronologicamente o forças. Essas intervenções, referendadas pelo
maior acidente radioativa do Brasil, acontecido em Goiânia, Congresso, receberam oficialmente o nome de re-
o Césio 137. saneamento político, mas a opinião pública,
( ) O município de Goiânia limita-se ao norte com Goianira, sarcasticamente, as chamou de "políticas de
Nerópolis e Goianápolis, ao sul com Aragoiânia e Aparecida salvação". Para o governo de Goiás, essa política teve
de Goiás, ao leste com Bonfinópolis e Senador Canedo e ao como consequência
oeste com Trindade, Abadia de Goiás e Guapó. a) o fim do coronelismo na política goiana.
( ) A antiga Vila de Campinas, popularmente chamada de b) o domínio político do grupo Caiado que passa a ser
Campininha, foi escolhida para ser a nova capital, passando hegemônico no Estado, a partir de então.
a76chamar Goiânia. c) o rápido povoamento, o desenvolvimento industrial e a
( ) As causas da mudança da capital para Goiânia são: a formação da sociedade urbana.
situação geográfica da Cidade de Goiás, entre serras, d) a substituição de uma economia de subsistência pela
insalubridade do clima e falta de estradas. produção voltada para a exportação.
116) - O plano urbanístico de Goiânia, de maneira e) a implantação da pequena propriedade e o
geral, foi influenciado pelas condições topográficas desaparecimento do grande proprietário.
do sítio urbano. Sobre o traçado da cidade e seu 120) Bombeiro/2010 A “Marcha para o Oeste”
zoneamento, é correto afirmar que: representava, na visão oficial, um mundo em
a) As ruas e avenidas dispostas no sentido leste-oeste perspectiva, uma realidade geográfica a incorporar-
foram projetadas e construídas contrariando a topografia se no quadro da civilização moderna. No período
do terreno. entre 1930 e 1945, Goiás conheceu um ativo
b) O centro comercial foi previsto originalmente para a expansionismo dirigido pelo Estado que incrementou
parte sul da cidade, justamente onde estão localizados os o avanço da fronteira agrícola e ampliou a inserção
setores Sul e Marista. da economia no mercado, tendo como principal
c) A zona industrial foi planejada para a parte mais baixa suporte:
da cidade, onde mais tarde chegariam os trilhos da estrada I. o apoio dos grandes proprietários de terra às medidas
de ferro. defendidas pelo governo, que tinham como objetivo a
d) O fato de não terem sido previstas áreas de infiltração alteração da estrutura fundiária do Estado, bem como sua
nos logradouros públicos, somado ao reduzido espaço para expansão.
áreas verdes, demonstra pouca preocupação ambiental. II. a fundação da Colônia Agrícola Nacional de Goiás
117) Bombeiro/2010 Sobre a população negra no (CANG), implantada no vale do São Patrício, no início dos
processo de colonização de Goiás, é CORRETO afirmar anos 40, com o objetivo de promover a ocupação da
que: fronteira do Estado.
a) remanescentes de quilombos em Goiás, como o dos III. a transferência da capital para o centro mais dinâmico
Kalungas, significaram a resistência do negro à escravidão. da economia regional em atendimento aos interesses das
b) o trabalho escravo não foi utilizado na mineração, novas forças políticas e econômicas emergentes.
porque os proprietários temiam o roubo do ouro IV. o expansionismo preconizado pelos governos federal e
garimpado. estadual, centrado na ideia de industrialização do Estado,
c) a única manifestação cultural genuinamente negra em como forma de expandir as fronteiras.
Goiás é o espetáculo das cavalhadas em Pirenópolis. Estão CORRETOS apenas os itens:
d) em Goiás, a escravidão negra não teve grande a) I e II.
importância, uma vez que o índio adaptava-se melhor ao b) III e IV.
trabalho. c) I e III.

16
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
d) II e III. 124) Bombeiro/2010 A Festa do Divino Espírito Santo
e) II e IV. é a maior manifestação popular da cidade de
121) Bombeiro/2010 O desenvolvimento econômico Pirenópolis, mescla variadas manifestações religiosas
em Goiás, nas últimas décadas, tem atraído um e profanas de diversas origens e significados. Sobre
grande fluxo migratório para as diversas regiões do essa festa, pode-se afirmar:
Estado. Analise se as afirmações a seguir estão a) É meramente a invenção de novos rituais, voltados
certas (C) ou erradas (E): exclusivamente para o mercado turístico, rompendo a
( ) Nos últimos anos, destacou-se em Goiás um tradição cultural.
considerável fluxo migratório de sulistas, especialmente os b) Trata-se de uma manifestação que preserva uma
gaúchos, em busca de terras para produção de grãos tradição cultural recriada nos festejos, atraindo turistas de
nobres, provocando mudança tecnológica e de relação de todas as partes do Brasil e do exterior.
trabalho no campo. c) Devido à espontaneidade dos festejos, que são recriados
( ) O fluxo migratório para Goiás dá-se também por parte livremente pela população, perde-se o sentido original da
da população mais carente que se instala em Goiânia, nas tradição.
cidades circunvizinhas e no Entorno de Brasília. d) Não tem nenhuma importância cultural, seu único
( ) O processo migratório em Goiás foi anterior ao século objetivo é fomentar a religiosidade do povo.
XX. Ainda nos séculos XV e XVI, havia migração de e) Trata-se de uma festa sem qualquer vínculo com as
paulistas e, especialmente, paranaenses para as regiões sul tradições culturais seculares, apenas representa interesses
e sudeste do Estado, com a finalidade de produção de econômicos ligados ao turismo na região.
grãos. 125) PM/2010 No período da globalização, a
( ) O fluxo migratório se concentra estrategicamente em velocidade com que os pedaços do território são
regiões pouco povoadas, como vale do Araguaia. valorizados e desvalorizados, determinando
Indique a sequência CORRETA. mudanças de usos, é temerária. As novas políticas
a) C, E, C, E das montadoras, no Brasil, parecem ser um exemplo
b) E, C, C, E paradigmático. Para produzir modernamente, essas
c) C, C, E, E indústrias convocam outros atores a participar de
d) E, C, E, C suas ações hegemônicas, levados, desse modo, a agir
e) C, C, C, E segundo uma lógica subordinada à da firma global.
122) Bombeiro/2010 Com a decadência da Dentro dessa lógica, a instalação da Mitsubishi
mineração, nas últimas décadas do século XVIII e Motors em Catalão, sudeste de Goiás, passou a
princípio do século XIX, a economia goiana entra em representar:
profunda crise. Nesse período, a pecuária torna-se, A) atração de diversos investimentos externos.
lentamente, o setor mais dinâmico da economia, B) modificação na composição do PIB goiano.
tendo como característica essencial C) liderança do processo econômico da região.
a) a forma extensiva e a capacidade de deslocamento dos D) abertura de frentes de trabalho pelo interior.
animais para os mercados consumidores. E) reestruturação espacial da economia goiana.
b) a forma intensiva possibilitando a formação de um 126) PM/2010 Cinco capitais brasileiras – Goiânia,
grande rebanho, que logo de início transformou Goiás no Belo Horizonte, Fortaleza, Brasília e Curitiba – estão
principal criador do Brasil. entre as 20 mais desiguais, entre 141 cidades de
c) o grande estímulo e investimento oferecidos pela países em desenvolvimento pesquisadas pelo
administração da Província na época. Programa da ONU para os Assentamentos Humanos
d) a grande importância social do fazendeiro, muito (ONU Habitat). A desigualdade se reflete na alocação
conceituado mesmo na época do ouro. dos terrenos e dos serviços urbanos como
e) a produção voltada para o mercado consumidor interno, transportes, principalmente. A deficiência retratada
capaz de absorver a produção devido ao enriquecimento nos sistemas de transportes em uma cidade como
alcançado no período da mineração. Goiânia pode ser observada de forma correta em:
123) Bombeiro/2010 Foi no contexto da política A) congestionamentos provocados pela ausência de
federal da “Marcha para Oeste” que se deu a corredores expressos.
construção de Goiânia, considerada marco B) percurso dos ônibus urbanos feitos de forma a atender
fundamental do ciclo de expansão de Goiás, sob interesses privados.
novos moldes. Entre os anos de 1933 e 1937, C) falta de integração viária e a criação de modelos
estrutura-se a transferência da capital, que ocorre alternativos de deslocamento.
em decorrência: D) favorecimento ao transporte individual como a
a) da crise econômica mundial de 1929 que provocou na construção de vias expressas.
cidade de Goiás um elevado número de falências e E) sistema viário incapaz de suportar o tráfego de veículos
desorganização da atividade pecuarista, alimentando, de transporte coletivo.
assim, o desejo da elite local na mudança da capital. 127) PM/2010 O Parque Nacional da Chapada dos
b) da vontade da população de construir uma nova capital Veadeiros, criado em 1961, protege uma área de
longe do clima insalubre, que transformava a cidade em 65.514ha do Cerrado de altitude. São diversas
fator de risco para a saúde dos moradores. formações vegetais, centenas de nascentes e cursos
c) do desejo explícito do governo federal de ocupar d'água, rochas com mais de um bilhão de anos, além
produtivamente as regiões do interior abandonadas pelas de paisagens de rara beleza, com feições que se
elites locais. alteram ao longo do ano. A transformação do Parque
d) da reorientação política ocorrida em Goiás após 1930, em Patrimônio Natural, também pode ser vista como
com o interventor Pedro Ludovico, desejoso de restringir o uma maneira de:
poder das elites políticas fixadas na tradicional cidade de A) preservar o quadro natural goiano da especulação
Goiás, comprometendo-se com a mudança da capital como imobiliária.
chave para o seu governo. B) tentar preservar áreas que possam representar reservas
e) do interesse da população e do governo local, já que o naturais.
Estado era economicamente capaz de financiar a C) colocar o ecoturismo como alternativa econômica à
construção da nova sede. agropecuária.
D) impedir que a produção de soja chegue nas suas
imediações.

17
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
E) reservar o norte do estado para projetos de colonização cidade histórica de Goiás Velho foi tombada pela
agrícola. UNESCO porque se trata, do ponto de vista
128) PM/2010 A Secretaria de Estado do arquitetônico, de um conjunto urbano que reflete:
Planejamento e Desenvolvimento de Goiás, através A) forte influência da dominação francesa.
da Superintendência de Estatística, Pesquisa e B) traços arquitetônicos doAleijadinho.
Informação, pretende promover o crescimento da C) estilo copiado de cidades europeias.
agroindústria, integração entre agricultura e D) forma paulista de ocupação do espaço.
indústria, possibilitando a diversificação na estrutura E) características da economia mineradora.
produtiva estadual, o que irá acarretar importantes 132) PM/2010 A terra é o meio de produção
avanços da indústria de transformação estadual e fundamental na economia rural.A concentração da
atividades relacionadas, proporcionando ganhos de propriedade da terra é um dos traços marcantes da
participação em relação ao Produto Interno Bruto economia rural brasileira e, em Goiás, esse processo
brasileiro. Um obstáculo para esse objetivo ser foi muito acentuado a partir dos anos 1970 quando a
atingido está apontado corretamente em: soja e o arroz tornaram-se responsáveis pelo
A) salário pago abaixo da média nacional desestimula os desenvolvimento agrícola do estado. Uma
interessados. consequência desse processo de utilização da terra
B) geração insuficiente de energia para atender a todo o foi:
parque industrial. A) estimular movimentos migratórios em direção às
C) arrecadações insuficientes para poder conceder cidades.
incentivos financeiros. B) tornar o estado grande importador de máquinas
D) precariedade nas formas de escoamento dos bens que agrícolas.
são produzidos. C) constatar que parte da área agrícola já está
E) impossibilidade de conciliar empresas do mesmo ramo desertificada.
em empreitadas. D) recuperar áreas consideradas perdidas para a
129) PM/2010 Localizado a 54 km da capital do agricultura.
estado (Goiânia), o Distrito Agroindustrial deAnápolis E) dar para Goiás o título de maior produtor nacional de
(Daia) tem se destacado no setor industrial de Goiás grãos.
por abrigar grandes indústrias, por atrair novos 133) PM/2010 O Centro-Oeste é a penúltima região
investimentos e por oferecer total infraestrutura. O brasileira quanto às densidades demográficas, com
Daia conta com quase 100 empresas de médio e cerca de 6 hab/km². Na verdade, esse valor esconde
grande porte em pleno funcionamento, gera mais de as diferenças de povoamento, que são imensas,
8000 empregos diretos e apresenta perspectivas de encontradas no interior da região. O estado de Goiás
novas instalações nos próximos anos. O fator que apresenta as densidades mais elevadas da região
permitiu a atração de muitas empresas para esse com 17,4 hab/km² com fortes adensamentos
Distrito Industrial foi: populacionais em Goiânia e Brasília. Uma justificativa
A) concessão de benefícios fiscais para empresas que se para a concentração demográfica nestes pontos pode
instalassem na região. ser constatada por:
B) promessa de política cambial privilegiada para favorecer A) terras ociosas e disponíveis para ocupação.
as exportações. B) instalação de novos polos agroexportadores.
C) inexistência de entraves burocráticos que prejudicam o C) chance de obter emprego no setor de serviços.
setor industrial. D) uma maior proximidade com a região Sudeste.
D) oferecer mão de obra capacitada para exercer atividades E) abertura de várias fábricas nos eixos rodoviários.
diversificadas. 134) PM/2010 A economia goiana está baseada na
E) terreno para implantação de indústria mais barato que o agroindústria. O estado destaca-se na produção de
de outras regiões. milho e tomate, é o maior produtor nacional de sorgo
130) PM/2010 A ocupação do Centro-Oeste passou e o terceiro de soja. A produção de carne e grãos
por duas grandes fases: a primeira ainda no período impulsiona as exportações. Paradoxalmente, o setor
colonial, no fim do século XVII, e a segunda, nas de serviços compõe 62% do PIB. A melhor
décadas de 1940 e 1970. Os fatos históricos relativos alternativa que pode explicar essa contradição está
a esses períodos e que podem ser associados apontada em:
corretamente a essas etapas estão assinalados em: A) facilidade de colocação da mão de obra que abrange o
A) ciclo do pau-brasil / construção de rodovias de setor de serviços.
penetração. B) inchaço das cidades do estado que não absorve a mão
B) ciclo do café / transferência do Distrito Federal para de obra disponível.
Brasília. 80cidades médias como Goiânia lideram a abertura de
C)
C) ciclo da exploração do ouro / expansão da fronteira postos de trabalho nesse setor.
agrícola. D) indústrias usam tecnologias que dispensam o uso
D) ciclo da cana-de-açúcar / avanço do processo de contínuo do trabalho manual .
urbanização. E) apoio ao desenvolvimento da economia informal pelas
E) ciclo da borracha / implantação da indústria autoridades estaduais.
automobilística. 135) PM/2010 O setor industrial de Goiás sempre
131) PM/2010 Cora Coralina, em um trecho do seu esteve vinculado à agropecuária. A partir de 1997
poema “Minha cidade”, faz a seguinte referência a este quadro começou a ser modificado com a
Goiás. chegada da Mitsubishi que instalou uma unidade
“Goiás, minha cidade... produtiva em Catalão, no sudeste do estado. A
eu sou aquela amorosa chegada dessa montadora de automóveis passou a
de tuas ruas estreitas representar para o estado:
curtas, A) abandono da agropecuária como atividade econômica.
indecisas, B) liderança na região na produção de bens de alta
entrando, tecnologia.
saindo uma das outras.” C) possibilidade de investir no potencial industrial goiano.
Muitos consideram Cora Coralina como a escritora D) chance de usar a mão de obra disponível e qualificada.
que melhor descreveu os “becos de Goiás” e o modo E) inclusão do território goiano na economia mundializada.
de viver do povo goiano. Em sua homenagem, a

18
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
136) PM/2010 O solo do território goiano sempre foi D) desenvolvimento de cultivos nas encostas tem acelerado
considerado inadequado à agricultura porque possuía o processo de deslizamentos quando chegam as chuvas de
uma elevada concentração de alumínio, elemento verão.
tóxico para muitas espécies agrícolas. O processo E) rios assoreados comprometem o abastecimento de água
adotado para a sua recuperação foi a: e a situação se agrava nos períodos de estiagem
A) utilização de sistema agrícola semelhante ao praticado prolongada.
no sul do país. 142) PM/2010 A ocupação do território goiano foi
B) adoção de rodízio de cultivo da soja com a cana-de- intensificada a partir dos anos 1940 e, em períodos
açúcar e o café. mais recentes, migrantes de vários pontos do país
C) prática da técnica da calagem que reduz a acidez do solo têm procurado o estado. Essa leva de pessoas que
do cerrado. chega a Goiás tem se concentrado em pontos como:
D) substituição das florestas que ocupavam a área pelo A) cidades do entorno do Distrito Federal e Goiânia.
plantio da soja. B) proximidades de Anápolis e o futuro distrito industrial.
E) implantação de sistemas de irrigação permanente do C) chapadas onde possa ser desenvolvido o ecoturismo.
solo inadequado. D) cidades-satélites criadas pelas autoridades estaduais.
137) PM/2010 A formação territorial de Goiás faz E) reservas extrativistas que empregam muita mão de
parte de um processo de expansão iniciado por obra.
aqueles que invadiram os domínios espanhóis 143) PM/2010 Em 2008, o estado de Goiás
delimitados pelo Tratado de Tordesilhas, caminhando apresentava uma população urbana de 89,8%. Se o
por rios e atravessando florestas superando estado foi ocupado por meio da expansão da
obstáculos.A iniciativa paulista tinha como objetivo: fronteira agrícola, que opção abaixo apresenta
A) expandir seus domínios agrícolas. corretamente uma justificativa para um índice tão
B) cativar índios e buscar ouro. elevado de urbanização:
C) fugir da dominação portuguesa. A) Projeção social garantida aos moradores dos centros
D) expandir as fronteiras da colônia. urbanos.
E) explorar o extrativismo vegetal. B) Preço da terra desestimula o investimento na
138) PM/2010 Um policial militar que estiver de agropecuária.
serviço nas ruas da capital ao ser abordado por um C) Obras do governo federal criaram empregos em várias
turista interessado em conhecer cidades goianas que áreas.
possam mostrar os aspectos históricos e culturais de D) Agricultura mecanizada que gera poucos postos de
Goiás, deverá orientá-lo para conhecer as cidades de: trabalho.
A) Anápolis e Itumbiara. E) Acesso à moradia garantido pelas prefeituras aos
B) Caldas Novas e Luziânia. migrantes.
C) Catalão e Aragarças. 144) PM/2010 Atualmente, a soja representa 27%
D) Pirenópolis e Goiás Velho. das exportações e os resíduos da extração de óleo de
E) Goianésia e Cavalcante. soja compõem 12%. Dentre os vários fatores
139) PM/2010 A formação do estado de Goiás está econômicos que promoveram a rápida expansão da
associada a duas atividades econômicas que atraíram cultura deste produto no estado, o que mais se
portugueses e brasileiros de vários pontos para o destaca é:
interior. Por volta do final do século XVIII, essas A) presença do governo estadual e de várias prefeituras
atividades, destacadas em uma das opções abaixo, que se associaram aos produtores de soja.
eram a base da economia da antiga Vila Boa, mais B) baixo valor das terras em Goiás, comparativamente
tarde Goiás. Estamos fazendo referência: menor que os das regiões Sul e Sudeste.
A) mineração e pecuária. C) salários pagos em valores menores aos trabalhadores
B) drogas do sertão e pau-brasil. que fossem contratados pelos agricultores.
C) café e borracha. D) isenções fiscais e montagem da infraestrutura
D) cana-de-açúcar e cacau. necessária, além de garantir o escoamento da produção.
E) algodão e pimenta do reino. E) reforma agrária que concedeu vários lotes de terras aos
140) PM/2010 Em 1988, Goiás foi dividido e sua interessados em se tornar produtor da leguminosa.
porção norte passou a constituir o estado do 145) AGEHAB/2010 A imagem do bandeirante
Tocantins. A divisão atendeu a um antigo desejo das percorre os espaços goianos, ela está representada
autoridades do norte goiano que argumentavam o em monumentos, praças, escolas, ruas e avenidas e
desejo de separação. Isso está assinalado até na bandeira moderna da cidade de Goiânia e na
corretamente em: primeira estrofe do Hino do Estado. A figura do
A) tendências separatistas da população daquela área. bandeirante foi colocada na História goiana como
B) superar os problemas relacionados à luta pela terra. fundadora da sociedade. Tradicionalmente, o início
C) recuperar o atraso econômico em relação à parte sul. da História de Goiás está ligado a um célebre
D) criar pólos produtores de matérias-primas da região. bandeirante, que descobriu ouro nas cabeceiras do
E) atrair capital estrangeiro para exploração do subsolo. Rio Vermelho, na atual cidade de Goiás, trata-se de:
141) PM/2010 Conciliar a expansão da agroindústria a) Manuel Preto.
e da pecuária com a preservação do cerrado, uma das b) Francisco Pires Ribeiro.
regiões mais ricas do mundo em biodiversidade, é um c) Fernão Dias Paes.
dos principais desafios de Goiás. O estado convive d) Bartolomeu Bueno da Silva.
com graves danos ambientais provocados pela e) Antonio Dias.
ocupação predatória do território como: 146) AGEHAB/2010 A sociedade colonial não se
A) matas ciliares são destruídas e as reservas fundou no princípio da igualdade de seus membros.
permanentes, desmatadas, cedendo lugar às plantações de Tendo por base o processo de ocupação do território
pinus e eucaliptos. goiano, com a mineração do ouro, analise as
B) próximo das nascentes dos rios goianos há focos de alternativas abaixo sobre a situação do índio nessa
erosão provocados pelo desmatamento para a implantação sociedade:
de pastagens. I. Durante a época da mineração as relações entre índios e
C) queimadas destroem os horizontes do solo e boa parte mineiros foram exclusivamente guerreiras e de mútuo
da área agrícola disponível já dá sinais de desertificação. extermínio.

19
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
II. Não havia qualquer tipo de legislação que defendesse os ( ) Apesar da devastação ambiental no cerrado, ainda não
índios. existe riscos de recomposição irreversível.
III. Com o aldeamento, sempre houve pessoas ( ) Devido à grande ação dos órgãos de controle ambiental,
especializadas, para cuidar e proteger os indígenas. a ocupação econômica do cerrado tem ocorrido com
IV. Aldear os índios consistia em reuni-los em povoações planejamento e com uso de técnicas modernas de controle
fixas, chamadas aldeias, onde, sob supervisão da e preservação.
autoridade leiga ou religiosa, deviam cultivar o solo e ( ) O bioma do cerrado é também considerado um divisor
82
aprender a religião cristã. de águas, possui uma grande quantidade de água de
V. Não eram os índios, e sim as minas de ouro, nas terras superfície e subterrânea.
dos índios, que interessavam ao governo. Indique a sequência CORRETA:
Está CORRETO o que se afirma apenas em: a) C, C, C, E, E.
a) II, IV e V b) C, C, E, E, C.
b) I, II e III. c) C, E, E, C, E.
c) I, IV e V. d) E, C, C, C, E.
d) II, III e V e) E, E, C, C, C.
e) I, III e IV 151) AGEHAB/2010 O século XVII representou a
147) AGEHAB/2010 O processo de expansão etapa de investigação das possibilidades econômicas
capitalista em Goiás, no começo do século XX, foi das regiões goianas, durante a qual o seu território
impulsionado fortemente. Um dos fatores que pode tornou-se conhecido. No século seguinte, em função
ser apontado como o de maior dinamização para esse da expansão da marcha do ouro, ele foi devassado
processo foi: em todos os sentidos, estabelecendo-se a sua efetiva
a) O início acelerado do processo de industrialização. ocupação através da mineração. Nesse sentido, pode-
b) A cidade de Brasília. se afirmar que a economia goiana no final do século
c) A construção da rodovia Belém Brasília. XVIII se caracteriza:
d) O desenvolvimento da navegação fluvial. a) Pelo aumento da arrecadação fiscal e da imigração para
e) A Estrada de Ferro Goiás. a região.
148) AGEHAB/2010 A ideia de mudança da Capital do b) Como um período de desenvolvimento através do
Estado surgiu à luz de interesses econômicos e processo de industrialização urbana.
sociais. Essa mudança não se processou em termos c) Pelo declínio da mineração e empobrecimento da
normais, mas em tempo de alteração de política. capitania que se volta para as atividades agropecuárias.
Sobre esse contexto, é CORRETO afirmar que: d) Como o período áureo, grande circulação de riqueza,
a) o ideal mudancista de muitos foi duramente intenso povoamento, apogeu da mineração.
enfraquecido pela Revolução de 1930. e) Pelo crescimento comercial e desenvolvimento urbano.
b) a forte participação das oligarquias dominantes 152) AGEHAB/2010 Com o processo de
processou esta mudança, como meio de fortalecimento Independência do Brasil em 1822, a estrutura política
político. não sofre mudanças marcantes em Goiás. Essas
c) as transformações políticas ocorridas com a Revolução mudanças ocorrem de maneira gradual e com
de 1930 soaram como um forte entrave a esta mudança. disputas internas pelo poder entre os grupos locais.
d) a Revolução de 1930 consolidaria a idéia da mudança da Nesse contexto destaca-se:
capital. a) o atrito dos grandes proprietários de terra com o
e) o governo federal não tinha nenhum interesse nessa governo central, pois eles eram totalmente contra a
mudança. separação de Portugal.
149) AGEHAB/201 O processo de consolidação e b) o movimento separatista do norte de Goiás, provocado
modernização do setor agrícola do Estado de Goiás, por interesses econômicos e políticos dos grandes
no final do século passado e início deste, pode ser proprietários de terra descontentes com a falta de
diretamente relacionado com: benefícios do governo.
a) a necessidade de mão de obra especializada, o que c) o elevado índice de imigrantes estrangeiros, que se
contribui para o desemprego de trabalhadores com pouca tornaram responsáveis pelo desenvolvimento da pecuária
qualificação. no Estado.
b) o aumento da produtividade agrícola e a diminuição do d) a recuperação da economia mineradora com a
êxodo rural. descoberta de novas jazidas na região norte do Estado.
c) o desenvolvimento agrícola destinado ao abastecimento e) a consolidação da separação do norte, aprovada em
do mercado interno. 1823 pelo governo imperial.
d) a melhoria da distribuição de renda e a fixação do 153) AGEHAB/2010 Entre 1920-1929, o gado vivo
homem no campo. significou quase a metade de todas as exportações e
e) a liberação de investimentos para os pequenos 27,69% da arrecadação total do Estado. Entre 1889 e
proprietários e desenvolvimento da agricultura familiar. 1932, Goiás exportou 3.690.372 cabeças de gado; em
150) AGEHAB/2010 A ONU declarou 2010 o ano 1928, ano de maior exportação, 154.229.
internacional da biodiversidade, com a preocupação (PALACIN, Luís. MORAES, Maria Augusta de Sant’Anna.
de preservar ambientes ameaçados, como o cerrado. História de Goiás. Goiânia: Editora da UCG, 1989, p.94.)
Esse bioma, um dos principais do país, ocupa 22% do Identifique o fator que define a economia goiana
território nacional e 80% da sua biodiversidade já nesse período histórico:
sofreram alterações e ameaças de extinção. Analise a) Desenvolvimento de grandes polos industriais e urbanos
se as afirmações a seguir sobre esse bioma em Goiás graças ao acúmulo de capitais gerado pela pecuária.
estão certas (C) ou erradas (E): b) Aumento significativo da produtividade com a adoção da
( ) A partir de 1970, a intensa mecanização e modernização pecuária intensiva por parte dos fazendeiros.
do campo e a introdução de culturas destinadas à c) Aumento da produção e das exportações da carne bovina
exportação provocaram uma modificação no espaço ampliado com a construção e pavimentação das rodovias
geográfico goiano. na década de 20, pelo governo do Estado.
( ) Para a preservação e manutenção do bioma é d) Consolidação econômica dos pequenos proprietários de
necessário repensar o modelo de desenvolvimento e criar terra que tiveram oportunidade de ampliar seus negócios.
políticas econômicas que conciliem prosperidade, e) Adoção da pecuária extensiva, baseada nas relações de
crescimento financeiro e preservação, ou seja, é necessário trabalho arcaicas no campo e predomínio do clientelismo.
um planejamento sustentável.

20
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
154) AGEHAB/2010 A Revolução de 1930 deu início a E) uma delas e formada pelos rios que deságuam no rio
uma fase na História do Brasil marcada pela liderança Paraná e a outra pelos rios que correm para desaguar no
de Getúlio Vargas, período que se estende até 1945. rio Tocantins ou no Araguaia.
Em Goiás, é considerada uma revolução importada 159) SEMARH/2010 Principal estado da região
cujo ponto de apoio foi: Centro-Oeste, Goiás limita-se:
a) a classe média responsável pela expansão dos centros A) ao norte com Mato Grosso; a leste com a Bahia; ao sul
urbanos goianos. com Mato Grosso do Sul; a oeste com Minas Gerais.
b) a parte da classe dominante descontente com o domínio B) ao norte com o estado de Tocantins; a leste com a Bahia
político das oligarquias da capital. e Minas Gerais; ao sul com Mato Grosso do Sul e Minas
c) o descontentamento dos militares goianos com o regime Gerais; a oeste com Mato Grosso.
vigente. C) ao norte com Mato Grosso; a leste com Mato Grosso do
d) a grande representatividade do operariado nos centros Sul; a oeste com a Bahia; ao sul com Minas Gerais.
urbanos. D) ao norte com o estado da Bahia, ao sul com Tocantins; a
e) o interesse dos industriais em reformas visando a leste com Minas Gerais; a oeste com Mato Grosso do Sul.
ampliação dos investimentos no setor. E) ao norte com Mato Grosso; ao sul com Minas Gerais; a
155) AGEHAB/2010 Eleito Governador do Estado de leste com Mato Grosso do Sul e Tocantins; a oeste com o
Goiás para o período de 1961-1964, através da estado de Tocantins.
coligação PSD/PTB, Mauro Borges foi considerado o 160) Polícia Técnica /2010 - A revolução
primeiro governador a ter um planejamento global agropecuária, que modernizou Goiás, ainda está
para o Estado. Neste planejamento, promove uma incompleta. Deixou pequenos e médios produtores
experiência piloto, visando minimizar os problemas fora do processo, relegou culturas domésticas
da ocupação da terra com a expansão do capitalismo, tradicionais e não atingiu grande parte do território.
uma tentativa de reforma agrária no Estado, que Luís Estevam, professor de administração e economia
recebeu como denominação: na UCG.
a) Colônia Agrícola de Uvá. Internet: <www.jornalopcao.com.br>.
b) Projeto da Colônia Agrícola de Ceres. Com relação às características gerais do setor
c) Combinado Agro-Urbano de Arraias. agrícola de Goiás, assinale a alternativa correta.
d) Colônia de Santa Cruz. (A) O estado de Goiás, por apresentar clima tropical,
e) Colônia de Italianos de Nova Veneza. caracterizado por duas estações — inverno seco e verão
156) SEMARH/2010 A descoberta do ouro, no Brasil, chuvoso — com médias de temperaturas elevadas por todo
no século XVII, ativou a cobiça das autoridades que o ano, não se mostra apropriado para o cultivo de produtos
identificavam a riqueza com a posse dos metais agrícolas como trigo e uva, típicos de regiões temperadas.
preciosos. Por ordem real, na época, todos os braços (B) Santa Helena de Goiás destaca-se como um dos
disponíveis deveriam ser empregados na extração do municípios de maior produção de cana-de-açúcar do
ouro, o que explica: estado.
A) os baixos impostos cobrados para a produção de (C) Ocupando posição proeminente no cenário agrícola
produtos agrícolas. estadual, o município de Uruana é responsável pela quase
B) os inúmeros tipos de jazidas que foram exploradas em totalidade da produção de girassol e soja de Goiás.
consequência da abundância do ouro. (D) A produção agrícola do norte goiano mostra-se mais
C) o grande número de entradas e bandeiras vindas de produtiva e modernizada que a desenvolvida nas áreas do
todo o país para Goiás. sul/sudeste do estado, mesmo estando estas mais
D) a grande riqueza da cidade de Goiás ocasionada pela próximas de grandes centros consumidores, como São
grande produção de ouro. Paulo.
E) o pouco desenvolvimento da lavoura e da pecuária em (E) Uma das consequências da modernização agrícola
Goiás. vivida pelo estado nas últimas décadas, referida no texto,
157) SEMARH/2010 O estado de Goiás é o mais foi uma drástica redução na concentração fundiária.
populoso da região centro-oeste, apresentando as 161) Delegado/UEG/2013
seguintes peculiaridades: “Com a decadência ou desaparecimento do ouro, o
I. Faz parte do grupo de estados maiores produtores de governo português, que antes procurava canalizar
medicamentos genéricos do país. toda a mão-de-obra da capitania para as minas,
II. Goiás era uma terra teoricamente pertencente à passou, através das autoridades, a incentivar e
capitania de São Paulo. promover a agricultura em Goiás.”
III. Nele está localizado o parque nacional das Emas. PALACIN, Luís; MORAES, Maria Augusta S. História de
IV. Em seu território encontram-se distribuídos 256 Goiás. Goiânia: Editora da UCG, 1994. p. 41.
municípios. No contexto mencionado no texto citado, o príncipe
Analise as afirmativas, marcando a alternativa regente D. João, no início do século XIX, adotou
correta. algumas medidas de incentivo à agricultura que
A) I e II apenas. afetaram Goiás. Uma dessas medidas foi a
B) I, II e IV apenas. a) construção da estrada de ferro, ligando Goiás a Minas
C) I, II e III apenas. Gerais, para viabilizar a exportação de produtos agrícolas.
D) IV apenas. b) isenção da cobrança do dízimo por dez anos aos
E) II e III apenas. agricultores que se estabelecessem às margens dos rios
158) SEMARH/2010 Arede hidrográfica goiana Tocantins e Araguaia.
divide-se em duas bacias: c) permissão aos particulares para utilização de mão de
A) a primeira é formada pelo rio São Francisco e seus obra compulsória dos indígenas na produção agrícola.
afluentes, a segunda pelos afluentes do rio Paranaíba. d) proibição da navegação nos rios Araguaia e Tocantins
B) a primeira é formada pelo rio Corumbá e a segunda pelo para evitar a concorrência dos produtos agrícolas vindos do
rio Paranaíba e seus afluentes. Pará.
C) uma delas é formada pela bacia dos rios Paraguai e seus 162) SES/2010 – Com relação ao período da
afluentes e a outra pelos rios que correm para o rio das mineração do século XVIII no estado de Goiás, é
Mortes compondo a sua bacia. correto afirmar que:
D) a bacia formada pelos rios tributários da bacia A) a mineração foi um fracasso, pois não conseguiu
Amazônica e a bacia formada pelos rios formadores da competir com as jazidas auríferas do Rio de Janeiro.
bacia do Tocantins.

21
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
B) a mineração foi muito lucrativa durante todo o século com a preservação do cerrado, considerada uma das
XVIII. regiões mais ricas do planeta em biodiversidade.
C) até 1750 a mineração foi lucrativa, já de 1751 a 1770 se D) É o segundo estado mais populoso do Centro-Oeste
tornou arriscada e após 1770 ruinosa. brasileiro.
D) a mineração não se desenvolveu devido à escassez de 168) O topônimo Goiás tem origem na denominação
mão de obra qualificada. de uma comunidade indígena do Planalto Central
E) jagunços e coronéis entravaram a mineração do estado Brasileiro e significa “indivíduos iguais” ou pessoa da
de Goiás. mesma origem, pelo fato de aqueles índios:
163) SES/2010 – Marque a alternativa correta. A) habitarem a mesma região.
A) A construção da cidade de Goiânia não teve muito B) não terem contato com outras nações indígenas.
impacto no crescimento de Goiás. Seu desenvolvimento só C) se oporem aos portugueses, no período colonial.
se estabeleceu com a construção de Brasília, em meados D) se identificarem como povos da mesma cultura.
da década de 60. E) não conhecerem povos difentes.
B) Podemos afirmar que a construção de Brasília não teve 169) A primeira forma de povoamento e ocupação
tanta importância, pois o estado de Goiás já se permanente em Goiás que resultou na fundação do
desenvolvera com a construção de Goiânia. Este sim foi o Arraial da Barra e Sant’anna foi:
grande marco do centro-oeste brasileiro. A) a caça ao índio por bandeirantes no século XVII.
C) O grande marco do centro-oeste brasileiro foi a B) a expansão das ferrovias no século XIX.
construção de Brasília no final da década de 60, trazendo C) a extração vegetal no século XVII.
desenvolvimento e progresso para o interior do país. D) migração de pecuaristas gaúchos no século XVII.
D) O estado de Goiás cresce rapidamente a partir de 1940 E) mineração do ouro no século XVIII.
com a construção de Goiânia, a campanha nacional da 170) Ação que teve como objetivo dinamizar o
“Marcha para o Oeste”, culminando com a construção de desenvolvimento da parte norte do estado de Goiás, a
Brasília na década de 50, imprimindo um progresso fim de reduzir suas carências sociais, aumentar o
acelerado ao estado. povoamento e minimizar os conflitos fundiários:
E) As construções de Brasília e Goiânia foram importantes, A) em 1988, o Estado de Goiás foi dividido para a formação
porém o estado de Goiás já tinha seu progresso do Estado de Tocantins.
estabelecido desde o período da mineração. B) em 1889, a República recém-proclamada criou o Estado
164) CAM. AP/2011 – Sobre o município de de Goiás.
Aparecida de Goiânia, é incorreto afirmar: C) em 1744 foi criada a Capitania Geral de Goiás.
A) a proximidade com a capital do Estado tem atraído para D) foi reconhecida de Goiás para realizar a reforma agrária.
o município importantes indústrias que estão no Distrito E) em 1988, o Estado de Goiás foi separado do de
Agro Industrial de Aparecida de Goiânia-DAIAG. Tocantins.
B) a vegetação predominante é o cerrado. 171) O estado de Goiás, no Planalto Central
C) o alto grau de ocupação populacional faz com que o brasileiro, integra a Região Centro-Oeste e se
município tenha uma grande expressão na agricultura caracteriza por:
extensiva. A) um território de pouco relevo alto.
D) seus recursos minerais se limitam à extração de B) temperaturas altas no Sul e no Sudeste e mais baixas no
cascalho, pedra e areia. Norte e no Nordeste.
165) CAM.AP/2011 – Sobre o município de Aparecida C) relevo variado, mais alto na Chapada dos
de Goiânia, é incorreto afirmar: Veadeiros(1.784 m), mais baixo no Oeste do Estado.
a) suas terras são do tipo sílico argilosa com pedreiras; D) paisagem uniforme, de topografia regular.
b) o clima é tropical semi úmido sendo quente a maior E) relevo uniforme, plano, completamente constituído pela
parte do ano; planícies do cerrados.
c) o intercâmbio comercial, em maior escala, é realizado
com município de Goiânia e com outros estados, tendo 172) Professor/UFG – Dentre todas as bacias
como principal meio de acesso a rodovia BR-153; hidrográficas existentes em Goiás, a do rio
d) a sua hidrografia é formada pelo rio Meia Ponte e o João Paranaíba, no sul do estado, é a que apresenta o
Leite que banha o município em pequena extensão. maior número de grandes lagos de represas, que
166) CAM.AP/2011 – Após analisar os itens abaixo modificaram significativamente as paisagens da
escolha a alternativa correta sobre o censo de Goiás região. A origem desses represamentos está
de 2010: associada, primordialmente, à
I. A população é de aproximadamente 6.003.788 a) captação de água para abastecimento das indústrias, o
habitantes; que contornou o problema de escassez de chuvas na
II. Houve registro da queda da mortalidade infantil e o região.
aumento da longevidade; b) implantação do turismo, que promoveu a criação dos
III. Houve registro da queda da fecundidade; lagos para o uso de balneários e instâncias de pesca
IV. Teve ganhos na área de educação, a população amadora.
continua cada vez mais alfabetizada. c) formação de espelhos d’água, o que permitiu regular os
A)Todos corretos; índices de temperatura na região, criando um ambiente
B)Apenas I, III, IV corretos; mais ameno.
C)Apenas I, II, IV corretos; d) instalação de usinas hidrelétricas, que aproveitaram as
D)Apenas I, II corretos. características propícias do relevo, com forte gradiente do
167) CAM.AP/2011 – Sobre Goiás, é incorreto curso do rio.
afirmar: 173) Professor/UFG – Em Goiás, a técnica do
A) Na atividade agrícola, o estado destaca-se na produção planejamento estatal seguiu as influências das
de arroz, algodão, feijão, milho, soja, sorgo, trigo, cana-de- políticas econômicas nacionais. Como governo
açúcar, alho e de tomate. responsável pela primeira experiência de
B) A agropecuária é a atividade mais explorada no estado e planejamento na escala estatal sistematizada no
umas das principais responsáveis pelo rápido processo de território goiano, pode-se citar
agro-industrialização que Goiás vem experimentando. a) Pedro Ludovico Teixeira.
C) Atualmente, o estado enfrenta um grande desafio: b) Mauro Borges Teixeira.
tentar conciliar a expansão da agroindústria e da pecuária c) Irapuan Costa Júnior.
d) Iris Rezende Machado.

22
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
174) PC/2010 – Leia o quadro a seguir. d) Jerônimo Coimbra Bueno sobre José (Juca) Ludovico de
Ano: 1753 2005 Almeida, nas eleições de 1947.
178) PC/2008 – A Revolução de 1930 pode ser
Produção analisada pela visão modernizadora que apresentava,
3.060 9.449
anual(kg) em termos da Administração Pública no Brasil,
Palacin, L; Moraes, M. A. Historia de Goiás. críticas ao poder oligárquico, até então vigente. Em
Os dados do quadro permitem comparar a produção Goiás, a revolução teve seus representantes, que
aurífera goiana do século XVIII e a produção assumiram o comando do Estado em nome de tal
contemporânea. Nesse sentido, é INCORRETO modernização. Desde então, vários acontecimentos
afirmar: promoveram mudanças na administração política de
a) O peso proporcional da produção aurífera do ano de Goiás, de 1930 até os dias atuais. Pode-se assim
2005 na arrecadação tributária total de Goiás é três vezes identificar, respectivamente, os seguintes grupos
maior do que o da produção aurífera do ano de 1753. políticos, no comando do governo do Estado nesse
b) A disparidade entre a produção aurífera de 2005 e a de período:
1753 precisa ser relativizada, pois a evasão fiscal do a) militarismo, ludoviquismo, marconismo e irismo.
minério era muito maior do que no século XVIII do que no b) militarismo, ludoviquismo, irismo e marconismo.
século XIX. c) ludoviquismo, militarismo, irismo e marconismo.
c) A maior produção aurífera de 2005 pode ser explicada d) ludoviquismo, irismo, militarismo e marconismo.
pela utilização de recursos tecnológicos que permitem a 179) UEG Sobre a hidrografia goiana, é INCORRETO
exploração de jazidas profundas, enquanto, em 1753, afirmar:
explorava basicamente o chamado ouro de aluvião. a) O rio Araguaia tem suas nascentes no Parque Nacional
d) Apesar da produção menor, o ouro goiano possuía um das Emas (Mineiros) e corta o estado de Goiás no sentido
peso maior na economia portuguesa, no século XVIII, do sul-norte, desaguando no rio Tocantins, no Bico do
que possui atualmente na economia brasileira, em virtude Papagaio.
da política mercantilista de acumulação de capitais (ouro e b) O rio Paranaíba, localizado na fronteira sul do estado de
prata), naquela época. Goiás, tem papel de destaque no transporte hidroviário, a
175) PC/2010 – Nas eleições municipais de 2008, o partir da ligação com a hidrovia Tietê-Paraná.
Superior Tribunal Eleitoral proibiu que os eleitores c) A usina de Corumbá 4, recentemente inaugurada, foi
portassem celulares nas cabines de votação a fim de construída com o propósito de garantir o abastecimento de
evitar que tais aparelhos, por meio de filmagem ou energia elétrica para as cidades de Goiânia e Aparecida de
fotografia, servissem de instrumento de coação sobre Goiânia.
a liberdade de escolha do eleitor. Na história de d) O rio Meia Ponte corta a região mais povoada do
Goiás, a privacidade do voto não era garantida pelo território goiano.
Estado em qual situação? 180) AMT/UFG/2009 – Fundada em 1727, a Cidade
a) Durante o período escravista, quando os escravos eram de Goiás, antiga Vila Boa, foi capital de Goiás até
obrigados a votar sob orientação política de seus senhores. 1933. Durante os primeiros anos da década de 1930,
b) Durante a República Velha, quando o voto descoberto o debate sobre a necessidade de se transferir a
servia para perpetuação do poder dos grupos oligárquicos. capital para outro local não ocorreu sem tensões,
c) Durante o Estado Novo, quando a privacidade do voto especialmente entre os grupos políticos. Dentre os
foi cerceada pelo interventor Pedro Ludovico. motivos que levaram à mudança da capital para
d) Durante a Ditadura Militar, quando os militares região de Campinas, destaca-se a
impediram a livre expressão dos eleitores. a) opção por uma localização mais estratégica, próxima à
176) PC/2010 – A historiografia goiana considera ferrovia e no centro da zona mais próspera e habitada do
que na década de 1970 houve uma modernização das estado, além da boa topografia.
atividades agrícolas em Goiás. Como decorrência b) escolha de uma área mais montanhosa que a do sítio
dessa modernização, constata-se uma crescente urbano da Cidade de Goiás, o que favoreceria o ambiente
mecanização e utilização de insumos agrícolas, urbano em termos climáticos.
significando a expansão e consolidação do c) escolha de uma área com menor densidade hidrográfica,
capitalismo no meio rural. É CORRETO identificar já que a antiga capital apresentava problemas com
como consequência desse processo: enchentes.
a) O desenvolvimento do populismo nos anos 70 como d) opção por uma localização mais ao norte, para favorecer
forma de conciliação de interesses contraditórios no quadro as relações com a então capital do país, Salvador, na
político e econômico de Goiás. Bahia.
b) A implantação de um programa de reforma agrária, 181) CN Proc. Jurídico/2012 – A composição da
como a Colônia Agrícola de Ceres, para atender aos economia do Estado de Goiás baseia-se na produção
trabalhadores imigrantes. agrícola e na pecuária, no comércio e nas indústrias.
c) Modificação na estrutura fundiária de Goiás, com Nas agricultura destaca-se a produção de:
consolidação da pequena propriedade rural, no estado. a) arroz, algodão, feijão, milho, soja, sorgo, trigo,
d) O aumento da repressão autoritária por parte do Estado mineração, cana-de-açúcar e tomate.
aos movimentos sociais que lutavam por terra. b) amianto, arroz, café, algodão, feijão, milho, soja, sorgo,
177) PC/2010 – A história política do Brasil, nas trigo, cana-de-açúcar e tomate.
décadas de 1950 e 1960, foi marcada pelo embate c) arroz, café, algodão, feijão, milho, soja, sorgo, trigo,
vigoroso entre o PSD (Partido Social Democrata) e a confecção e tomate.
UDN (União Democrática Nacional). Em Goiás, o PSD d) arroz, café, algodão, milho, soja, sorgo, trigo, cana-de-
venceu quase todas eleições, sendo que a única açúcar e tomate.
vitória da UDN na disputa pelo executivo estadual foi 182) CN Proc. Jurídico/2012 – Não é considerado
a vitória de pontos turísticos e cultural de Caldas Novas:
a) Otávio Lage de Siqueira sobre José Peixoto da Siveira, a) Serra de Pirapitinga.
nas eleições de 1965. b) Serra de Caldas.
b) Pedro Ludovico Teixeira sobre Altamiro de Moura c) Parque Estadual da Serra de Caldas.
Pacheco, nas eleições de 1950. d) Paróquia de Nossa Senhora das Dores.
c) Mauro Borges Teixeira sobre José (Juca) Ludovico de 183) CN Proc. Jurídico/2012 – Após analisar os itens
Almeida, eleições de 1960. sobre o estado de Goiás, marque a alternativa
correta:

23
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
I – tem enfrentado, por conta do desenvolvimento da b) A produção em grande escala visando atender às
agropecuária, os prejuízos ambientais resultantes da demandas colocadas pelo mercado exterior.
destruição de matas e reservas permanentes, utilizadas c) A formação de extensas áreas com predomínio de
para as plantações e criação de aves. minifúndios em decorrência da concentração fundiária.
II – o desmatamento do cerrado, região rica em d) O aumento do número de empregos no campo,
biodiversidade, para agricultura, provoca grandes erosões, especialmente em atividades menos qualificadas.
que chegam a atingir o lençol freático. 189) Ag. Seg./UEG/2012 – A produção agroindustrial
III – as praias que surgem em decorrência da queda do goiana exige um sistema de redes de transporte e
nível das águas do Rio Araguaia, no período de estiagem, comunicação para integrar as diversas regiões
se transformam numa das principais atrações turísticas do produtoras aos mercados consumidores. Dentre os
Estado. eixos de transportes mais importantes do estado de
a) apenas I e II estão corretos. Goiás, é CORRETO citar:
b) apenas I e III estão corretos. a) A Hidrovia Paranaíba-Tietê-Paraná, por onde é escoada
c) apenas II e III estão corretos. parte significativa da produção de grãos do sudoeste do
d) todos estão corretos. estado.
184) CN Proc. Jurídico/2012 – Marque a alternativa b) A BR-153, que corta o estado no sentido Leste-Oeste,
incorreta em relação ao que pertence ao Estado de por onde é escoada a produção de minérios.
Goiás: c) A ferrovia Norte-Sul, responsável pelo transporte da
a) Parque Nacional das Emas recebe inúmeras visitantes, produção agrícola da região norte do estado até o porto de
atraídos pela beleza e diversidade da fauna e da flora. Paranaguá, no Paraná.
b) Distrito Espeleológico de São Domingos, onde estão os d) A BR-070 por onde é transportada a produção de grãos
maiores conjuntos de cavernas da América do Sul. da região sudoeste de Goiás.
c) Goiás Velho é antiga capital goiana, e bonita pela 190) Ag. Seg./UEG/2012 89
arquitetura Barroca de sobrados e igrejas. Capital de Goiás foi eleita
d) Parque Nacional da Chapada da Diamantina, com Desde o berço em que um dia nasceu
cânions, saltos e cachoeiras. Pela gente goiana foi feita
185) CN Proc. Jurídico/2012 – Após analisar os itens, Com um povo adotado cresceu.
escolha a alternativa correta em relação ao Estado de O trecho do poema acima faz referência ao intenso
Goiás: processo de crescimento demográfico ocorrido em
I – possui clima predominante tropical semi-úmido, suas Goiás com a mudança da capital e a inauguração de
características se apresentam em duas estações distintas, Goiânia. Outro fator que fomentou o crescimento
uma de seca e outra chuvosa. demográfico de Goiás no século XX foi a:
II – possui a maior concentração populacional do Centro- a) descoberta de ouro por Bartolomeu Bueno da Silva.
Oeste. b) fundação do Distrito Agroindustrial de Anápolis(DAIA).
III – a vegetação que caracteriza o estado é o cerrado. c) construção de Brasília.
IV – possui um imenso potencial hídrico, existe uma imensa d) Revolução de 1930, comandada por Pedro Ludovico.
quantidade de córregos e rios.
V – é banhado por três importantes bacias hidrográficas, 191) Ag. Seg/UEG/2012 – O período entre o final da
são elas: Bacia do Parnaíba, Bacia Araguaia-Tocantins e ditadura de G. Vargas(1945) e o início da ditadura
Bacia do São Francisco. militar(1964) é maçado por forte instabilidade
a) todos corretos sociopolítica. São acontecimentos relacionados a
b) apenas I, II, III e IV estão corretos. esse período, em Goiás:
c) apenas II, III e IV estão corretos. a) “Marcha da Família com Deus pela Liberdade”, ocorrida
d) apenas I, III e V estão corretos. em Goiânia em abril de 1964.
186) Ag. Seg./UEG/2012 – Pelo exame dos séculos b) O “Queremismo”, movimento reivindicatório da
XVI e XVII, é possível identificar a tendência do permanência do governo de Mauro Borges no poder.
processo de ocupação do território brasileiro. Essa c) A passagem da Coluna Prestes por Goiás, em sua fuga
tendência é CORRETAMENTE descrita como: para Bolívia.
a) Ocupação do interior do território, derivada da alta d) A revolta camponesa de Trombas e Formoso, na década
lucratividade da atividade mineratória desenvolvida nas de 1950.
regiões de MG, MT e GO. 192) Ag. Prisional/Saúde/2012 – Analisando a
b) Ocupação litorânea, em virtude da posição estratégica relação político-administrativa entre o poder central
dos portos brasileiros para realizar a ligação entre Europa e imperial e as diferentes províncias brasileiras
Oriente. durante o império. Em Goiás, a relação entre o poder
c) Ocupação do interior do território, causada pelo interesse central e o local foi denominada de “oficialismo
da Coroa portuguesa em colonizar a região e expandir seus político”, indicando uma situação em que a
domínios. administração da província era
d) Ocupação litorânea, influenciada pelo estabelecimento a) exercida por meio de eleições indiretas, nas quais a
da economia açucareira, principalmente na região Assembleia Provincial elegia o presidente de província.
Nordeste. b) controlada diretamente pelos representantes das
187) Ag. Seg/UEG/2012 – A localização latitudinal de oligarquias regionais formadas pelos grandes proprietários
Goiás confere ao estado características de de terras pecuaristas.
temperatura e umidade compatíveis com o clima: c) outorgada aos oficiais militares da guarda nacional que
a) Tropical controlavam a administração provincial por meio do
b) temperado Conselho de Estado.
c) Equatorial d) centralizada pelo Estado Imperial, que escolhia como
d) Subtropical presidentes de província políticos desvinculados dos
188) Ag. Seg./UEG/2012 – A modernização da interesses regionais.
economia rural, a partir da década de 1980 trouxe
uma série de consequências para a sociedade goiana, 193) Ag. Prisional/Saúde/2012 – A vitória dos
como, por exemplo: Aliados na Segunda Grande Guerra fez crescer no
a) A desvalorização monetária da terra como resultado da Brasil as manifestações pela democratização do país.
aplicação de técnicas agrícolas modernas. Pressionado pela oposição, Vargas inicia a transição
democrática, permitindo a reorganização dos

24
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
partidos políticos e convocando eleições. ASSIS, (B) destacar o isolamento geográfico de modo a sensibilizar
Wilson Rocha. Estudos de história de Goiás. Goiânia: o governo federal a estender a malha viária até o interior
Vieira, 2005. P. 118. do país.
Entre 1930 e 1945, Goiás foi governado por Pedro (C) informar sobre a baixa densidade demográfica do
Ludovico Teixeira. Com a queda do Estado Novo estado com o objetivo de subsidiar com informações o
varguista, Pedro Ludovico deixa o poder e, em 1947, censo demográfico nacional.
são realizadas eleições para a escolha do (D) ressaltar a incipiente urbanização de Goiás com o
representante do executivo estadual. Nestas objetivo de justificar a necessidade de industrialização do
eleições, foi eleito estado.
a) Mauro Borges Teixeira, mantendo o poder nas mãos da (E) enfatizar a situação de decadência com vistas a
“família Ludovico”. justificar a necessidade da transferência da capital no
b) José Ludovico de Almeida, que venceu as eleições graças estado de Goiás.
ao apoio do PSD. 196) UEG/2012 - Leia os documentos apresentados a
c) Pedro Ludovico Teixeira, que retornou o poder por meio seguir.
do voto democrático. Senhores, só depois de reconhecida a utilidade que pode
d) Jerônimo Coimbra Bueno, representante da UDN, que resultar da criação de novas aulas, é que deferirei
venceu as forças ludoviquistas. favoravelmente os pedidos, pois estou certo de que essa
194) UEG/2012 – No século XVIII, um dos medida é de interesse do professor e não dos alunos. […]
instrumentos utilizados para a extração de ouro em Sim, todos nós sabemos que por via de regra, os pais tiram
Goiás foi a bateia: um prato na forma de cone, com o os filhos das aulas apenas eles leem, escrevem alguma
qual os mineradores executavam um movimento coisa, e fazem praticamente as quatro operações principais
circular, separando o solo proveniente do leito dos da aritmética. Relatório da província de Goiás. 1842. p. 5.
rios e o ouro. A utilização desse instrumento na Disponível em:
atividade mineradora <http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/290/000005.html>. Acesso
(A) demonstrava o interesse pelo desenvolvimento técnico em: 7 mar. 2011. [Adaptado]. Não é totalmente
da mineração, com inserção de mecanismos de desanimador o progresso, ainda que lento, dos alunos do
retardamento do processo de decantação. Liceu: o que se observa, porém, é a falta de gosto e a
(B) demandava mão de obra especializada, capaz de aplicação aos estudos que ainda não está bem desenvolvida
estabelecer critérios de contraste entre translucidez entre os moços, que parecem não compreender sua
aurífera e opacidade da bateia. necessidade para qualquer estado ou profissão que para o
(C) isentava a obrigatoriedade régia da fundição do ouro, futuro terão de abraçar. Relatório da província de Goiás.
ao facilitar a extração do minério, quando exposto ao sol, 1874.
por meio da refração. Disponível em: <http://brazil.
(D) dispensava a utilização de outros instrumentos de crl.edu/bsd/bsd/324/000058.html>. Acesso em: 7 mar.
trabalho, tendo em vista a eficiência do processo de 2011. [Adaptado]. Comparando-se os documentos,
decantação aplicado ao sistema de extração. conclui-se que a relação entre educação e sociedade,
(E) tornava o trabalho nas minas desgastante, pois havia a em Goiás, no século XIX, foi marcada por uma
exigência constante em produzir um processo de permanência, associada
centrifugação na bateia. (A) ao questionamento dos valores tradicionais pelo
195) UEG/2012 - Leia os fragmentos de textos sistema escolar implantado.
apresentados a seguir. (B) ao pessimismo da comunidade quanto à importância da
[…] espreguiçando-se às margens do rio Vermelho, mas instrução pública para a vida cotidiana.
curtindo uma verdadeira sêde de Tântalo, visto como a (C) a um projeto de universalização da instrução pública
água viscosa dêste ribeiro, despejo e lavadouro da sob a responsabilidade do Estado.
população, não é e nem pode ser convenientemente (D) às reivindicações, por parte dos setores organizados,
distribuída às casas, porque a fornecida pelo único chafariz pela expansão da instrução.
existente e parcas fontes, carece das condições de (E) à difusão da instrução pública como mecanismo
abundância e potabilidade; desprovida de bons sistemas de formador da elite provincial.
91
esgotos, capaz de evitar o uso prejudicialíssimo das latrinas 197) UEG/2012 - No estado de Goiás, bem como em
[…] a decadente Vila Boa, hospeda em seu seio poderosos outros estados brasileiros, o ano de 2010 foi marcado
agentes de destruição, que há de em breve, transformá-la por alto índice de queimadas. Elas ocorreram não
em vasta necrópole […]. LIMA, A. Correia. Goiânia, a nova apenas em áreas particulares, mas também em áreas
capital de Goiaz. Resumo de um estudo. [s.d.]. p. 91. In: públicas de preservação ambiental como, por
CHAUL, Nasr F. A construção de Goiânia e a transferência exemplo, no Parque Estadual das Emas, Parque
da capital. Goiânia: Cegraf, 1988. p. 66. Estadual da Serra dos Pirineus, Parque Nacional da
De 1890 até 1914, Goiaz não chegou a construir, em Chapada dos Veadeiros e Parque Ecológico Altamiro
média, uma casa por ano. E de 1914 a 1932, apesar do de Moura Pacheco. Uma consequência
advento do automóvel e da lenta mas registrável melhoria socioambiental, a curto prazo, desse tipo de impacto
operada na situação econômica do Estado por influência da é
Grande Guerra, a média de construções na cidade de Goiaz (A) a destruição da camada de ozônio, com aumento da
não passou de uma e meia casas por ano […] Basta incidência de raios ultravioleta e de câncer de pele.
acrescentar que até na população tem havido decréscimo (B) a redução da umidade relativa do ar, elevando a
sensível. Em 1890, a população da cidade de Goiaz atingiu incidência de doenças das vias respiratórias.
10 mil almas. Em 1932 […], a sede deste município tinha (C) o controle de espécies vegetais invasoras de pastagens,
apenas 8. 256 habitantes. Relatório de Pedro Ludovico reduzindo gastos no manejo agropecuário.
Teixeira (1930-1933) p. 11-22. In: CHAUL, Nasr F. (D) o acúmulo de matéria orgânica no solo, melhorando
Caminhos de Goiás: da construção da decadência aos sua fertilidade.
limites da modernidade. 2. ed. Goiânia: Editora da UFG, (E) a transferência de água subterrânea para alimentar rios
2001. p. 211. temporários, aumentando a fauna aquática local.
Considerando-se o contexto e a época, o que esses 198) UEG/2012 - A doença de Chagas era uma das
relatórios têm em comum é o fato de visarem moléstias que assolava o Brasil do século XVIII e, em
(A) subsidiar políticas de planejamento urbano e regional especial, a Capitania de Goiás. No decorrer da
com o propósito de integrar o estado de Goiás ao território colonização dessa região, essa doença, considerada
nacional.

25
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
endêmica, tornou-se uma ameaça para a vida 10 – A
humana, visto que 11 – B
(A) a ocupação do sertão provocou a modificação do 12 – C
hábitat natural do inseto transmissor, direcionando-o para 13 – C
o ambiente domiciliar. 14 – B
(B) a desnutrição, comum à população goiana, provocava 15 – E
altos índices de contaminação e, consequentemente, de 16 – D
mortalidade. 17 – D
(C) a precariedade das condições de trabalho, nos locais de 18 – B
extração do ouro, e o esgotamento físico impossibilitavam a 19 – A
erradicação da doença. 20 – B
(D) a lentidão do ciclo reprodutivo do inseto impedia a 21 – C
realização de um diagnóstico rápido, dificultando a adoção 22 – VVVF
de tratamentos terapêuticos. 23 – CECE
(E) o desabastecimento, comum às regiões de mineração, 24 – CEC
associado aos longos períodos de estiagem, intensificava os 25 – ECCE
riscos de infecção. 26 – B
199) UFG/2012 - Para compreender a ocupação do 27 – B
Cerrado, a partir da década de 1970, é necessário 28 – C
analisar os meios físicos, as variáveis 29 – A
socioeconômicas e as mudanças culturais. No que diz 30 – B
respeito à cultura, o processo de ocupação ocasionou 31 – C
(A) alteração do modo de vida das populações tradicionais 32 – B
pela modernização do território. 33 – D
(B) extinção dos saberes dos camponeses por causa do 34 – C
aumento da oferta de conhecimentos escolares. 35 – CCECCC
(C) segregação dos povos indígenas nos espaços urbanos. 36 – D
(D) valorização dos símbolos locais em razão da influência 37 – A
da mídia. 38 – E
(E) alteração da identidade camponesa em razão da frágil 39 – B
organização política desses produtores. 40 – A
200) UFG/2012 – Leia o texto a seguir. 41 – C
[…] se me representou que, pelas notícias que tinham 42 – B
adquirido com as entradas que haviam feito pelos sertões 43 – A
dessa América, se lhes fazia certo haver neles minas de 44 – B
ouro e prata, e pedras preciosas, cujo descobrimento senão 45 – B
havia intentado pela distância em que ficaram as tais 46 – D
terras, aspereza dos caminhos, e povoações de índios 47 – A
bárbaros que nelas se achavam aldeados; […] e porque 48 – A
deste descobrimento de minas podiam resultar grandes 49 – C
interesses à minha fazenda, se ofereciam a me irem fazer 50 – A
esse serviço tão particular, à sua custa, não só 51 – B
conquistando com guerra aos gentios bárbaros que se lhes 52 – D
opuserem mas também procurando descobrir os haveres 53 – B
que nas ditas terras esperavam achar, […] e que fazendo o 54 – C
serviço que se ofereciam esperavam ser-lhes remunerado 55 – B
com as honras e prêmios. RESPOSTA DE D. JOÃO V ao 56 – A
pedido de licença dos bandeirantes, 14 de fevereiro de 57 – B
1721. In: PALACÍN, Luís; GARCIA, Ledonias; AMADO, 58 – C
Janaí- na. História de Goiás em documentos. Goiânia: 59 – B
Editora da UFG, 1995. p. 22. (Adaptado). 60 – B
O documento remete às relações entre o Rei e os 61 – C
súditos, no período colonial no Brasil, estabelecendo 62 – B
que 63 – C
(A) a exploração aurífera seria feita com base nos 64 – A
investimentos da Coroa nas expedições. 65 – E
(B) os gentios seriam protegidos por meio da proibição de 66 – D
sua escravização. 67 – C
(C) o conhecimento da fauna e da flora do sertão seria 68 – A
prioritário para os interesses da Coroa. 69 – D
(D) a recompensa dos bandeirantes estaria assegurada em 70 – D
caso de sucesso da expedição. 71 – C
(E) as expedições em áreas distantes e infestadas de 72 – B
gentios seriam excluídas do patrocínio real. 73 – D
GABARITO 74 – B
01 – D 75 – D
02 – E 76 – C
03 – C 77 – A
04 – B 78 – E
05 – E 79 – VVFF
06 – C 80 – D
07 – D 81 – D
08 – C 82 – C
09 – A 83 – E

26
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
84 – C 158 – E
85 – C 159 – B
86 – B 160 – B
87 – D 161 – B
88 – B 162 – C
89 – D 163 – D
90 – B 164 – C
91 – A 165 – D
92 – D 166 – A
93 – A 167 – D
94 – D 168 – A
95 – C 169 – E
96 – E C C C C C 170 – A
97 – C C E E E C C E E 171 – C
98 – E E E C C E C C 172 – D
99 – E E E C E E E 173 – B
100 – E E E C C E E 174 – A
101 – C E E C C C 175 – B
102 – C C E E C C 176 – D
103 – E C E C C 177 – A
104 – C C C E C C C 178 – C
105 – C 179 – C
106 – E C C C E C C C 180 – A
107 – B 181 – D
108 – C E C E E C 182 – A
109–C C E E E C C C C E E E E E E C C E C C C C C C E 183 – C
110 – D 184 – D
111 – E C C C C 185 – B
112 – E 186 – D
113 – C C C C C C C E 187 – A
114 – D 188 – B
115 – C C E C 189 – A
116 – C 190 – C
117 – A 191 – D
118 – E 192 – D
119 – B 193 – D
120 – D 194 – E
121 – C 195 – E
122 – A 196 – B
123 – D 197 – B
124 – B 198 – A
125 – E 199 – A
126 – C 200 – D
127 – B LISTA II
128 – D PH
129 – A
130 – C
Exercicios geo-historia 2016
01) UEG – Sobre o perfil econômico dos municípios
131 – E
goianos, julgue os itens:
132 – A
I.O destaque de São Simão refere-se à forte participação
133 – C
do setor turismo, impulsionado pelo lago de São Simão.
134 – B
II.O destaque de Cachoeira Dourada deve-se à forte
135 – E
participação do setor de produção de energia elétrica.
136 – C
III.O destaque de Chapadão do Céu deve-se à presença da
137 – B
agricultura moderna, impulsionada, especialmente, pelo
138 – D
cultivo de soja e pela fertilidade natural do solo.
139 – A
IV.O destaque de Catalão refere-se ao forte peso da
140 – C
agricultura, associada à indústria e ao setor mineral.
141 – E
V.Anápolis se destaca com a indústria automobilística e
142 – A
farmoquímica.
143 – D
VI.Alto Horizonte tem o melhor PIB dentre os municípios
144 – B
goianos.
145 – D
02) Aganp/2006/UEG - O plano urbanístico de
146 – C
Goiânia, de maneira geral, foi influenciado pelas
147 – E
condições topográficas do sítio urbano. Sobre o
148 – D
traçado original da cidade e seu zoneamento, é
149 – A
CORRETO afirmar:
150 – B
a) As ruas e avenidas dispostas no sentido leste-oeste
151 – C
foram projetadas e construídas contrariando a topografia
152 – B
do terreno.
153 – E
b) O centro comercial foi previsto originalmente para a
154 – B
parte sul da cidade, justamente onde estão localizados os
155 – C
setores Sul e Marista.
156 – E
157 – C

27
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
c) A zona industrial foi planejada para a parte mais baixa b) Os principais produtos importados por Goiás, no século
da cidade, onde mais tarde chegariam os trilhos da estrada XIX, eram o sal, o ferro e a pólvora, transportados
de ferro. basicamente pelos tropeiros.
d) O fato de não terem sido previstas áreas de infiltração c) O papel decisivo dos tropeiros na economia durou até a
nos logradouros públicos, somado ao reduzido espaço para construção da estrada de ferro, no século XX, quando se
áreas verdes, demonstra pouca preocupação ambiental. dinamizou a economia agropecuária goiana.
03) Aganp/2006/UEG - Tropas e boiadas, além de d) As principais trocas comerciais de Goiás eram feitas com
darem título ao consagrado livro de contos do goiano o Pará, através dos rios Araguaia e Tocantins, rios
Hugo de Carvalho Ramos, inserem-se no movimento amplamente navegáveis.
efetivo de ocupação de Goiás. Acerca desse processo 06) Escrivão/2008/UEG - No dia 13 de maio de 1888,
de longa duração, que se iniciou ainda no século o Governo Imperial assinou a Lei Áurea, acabando
XVIII, é CORRETO afirmar que: oficialmente com a escravidão no Brasil. Para Goiás,
a) a herança mineradora ativou um fluxo imigratório o fim da escravidão negra gerou:
intenso que s desfez no final do século XVIII, despovoando a) o descontentamento entre a elite política, uma vez que,
o território. Portanto a ocupação da região se instaura após por ser um local bastante afastado do litoral, inexistia um
a fase mineradora. movimento abolicionista em Goiás.
b) a percepção da ocupação do território com a mineração b) novos regimes de trabalho no campo, mas que
arte do pressuposto de que outrora a região era dominada mantiveram a violência e a desproporcionalidade de direitos
pelo vazio, desconsiderando a presença de outras culturas, entre o empregado e o patrão.
como a indígena. c) a substituição da mão-de-obra negra pela indígena,
c) o crescimento da atividade pecuarista foi limitado pelas utilizada tanto nas minas como na agricultura e na
dificuldades advindas da frágil rede de estradas da região. pecuária.
Sem conseguir alcançar os mercados consumidores, a d) uma estagnação econômica, já que os escravos eram a
pecuária se desenvolveu lentamente entre o século XIX até principal mão-de-obra utilizada na exploração aurífera.
meados do XX. 07) Escrivão/2008/UEG - Durante praticamente todo
d) o movimento de tropas na região, durante o século XIX, o século XIX, a navegação dos rios Araguaia e
demarcava o vigoroso crescimento das atividades agrícolas, Tocantins foi vista pelos administradores públicos
cuja dinamização resultou na implantação das estradas de como uma das mais eficazes medidas para propiciar a
ferro em Goiás. integração socioeconômica de Goiás com as demais
04) Aganp/2006/UEG - A modernização de Goiás regiões brasileiras. Viabilizada por Couto Magalhães
deve ser apreendida a partir dum movimento na década de 1870, a navegação desses rios
complexo, decorrente da implantação de uma representou para Goiás:
infraestrutura e da aproximação das régios mais a) a integração efetiva entre as partes sul e norte da
dinâmicas da economia brasileira. Sobre esse Província, equalizando as disparidades econômicas e
assunto, considere as assertivas abaixo: demográficas entre as duas regiões.
I. A construção da nova capital (Goiânia) representou um b) uma via de transporte de baixo custo, já que a elevada
passo fundamental para a dinamização da economia profundidade e a ausência de cachoeiras permitem a
goiana, diminuindo as desigualdades regionais e navegabilidade constante o ano inteiro.
promovendo ampla distribuição de renda. c) um modesto desenvolvimento comercial, já que as
II. O movimento de ocupação do interior, conhecido na trocas comerciais de Goiás eram maiores com a região
década de 1930 como Marcha para o Oeste, foi responsável Sudeste do país.
pela criação de colônias agrícolas em Goiás e seu d) trocas comerciais intensas com o Pará, tornando esta
desdobramento se vincula à mudança da capital (Brasília) e região o principal parceiro comercial de Goiás.
a abertura da estrada ligando Brasília a Belém. 08) Escrivão/2008/UEG - Uma das funções
III. A modernização da agricultura goiana constitui primordiais do Estado moderno é dispor de uma força
processo recente. A partir de 1970, os governos militares policial eficiente para garantir a paz interna entre os
transferiram fartamente recursos aplicados em produtos de cidadãos. No entanto, em grande parte da história de
exportação, como a soja. Goiás, predominou a privatização das funções de
Assinale a alternativa CORRETA: polícia. EXCETO no caso dos:
a) As assertivas I e II são verdadeiras. a) coronéis da Guarda Nacional, responsáveis, dentre
b) As assertivas I e III são verdadeiras. outras coisas, pela preservação da ordem e pela guarda
c) As assertivas II e III são verdadeiras. dos prédios públicos.
d) Todas as assertivas são verdadeiras. b) sertanistas, responsáveis por combater as tribos
05) SANEAGO/2007/UEG indígenas que faziam guerra contínua aos colonizadores.
Os tropeiros c) capitães-do-mato, responsáveis pela apreensão de
registram o nascimento escravos fugitivos e pela destruição de quilombos.
da já desaparecida d) Coronéis , responsáveis principalmente por vigiar as
Roncador de Goiás. minas de diamante e impedir o contrabando de ouro.
Ali se registrava 09) Escrivão/2008/UEG - Os dados da geoeconomia
o grosso comércio de Goiás, em relação à taxa de crescimento
da feira de burros demográfico e à sua variação entre os anos de 2000 e
e das muladas 2007, bem como a das rendas por domicílio, no ano
vindas das Minas Gerais. de 2000, no que diz respeito a alguns municípios
VAZ, Coelho. Diário de tropeiro: poemas. Goiânia: Kelps, goianos da região do Entorno de Brasília,
2002, p. 45. demonstram a seguinte realidade:
O poema é sobre os tropeiros, os principais a) a alta variação da taxa de crescimento populacional em
responsáveis pelo transporte de mercadorias no cidades com elevados índices de criminalidade demonstra
século XIX e parte do século XX em Goiás. Sobre a um movimento deliberado de migração da marginalidade
relação dos meios de transportes com a economia para essas cidades.
goiana desse período, é INCORRETO afirmar: b) forte crescimento populacional com má distribuição de
a) O principal produto de exportação era o gado vivo, que, renda é um fator explicativo do alto índice de criminalidade
por se autotransportar, supria as carências de meios de na região do Entorno de Brasília.
transporte da época.

28
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
c) quanto maior a renda média por domicílio, nos 13) IQUEGO/2005/UEG - Sobre os aspectos físicos
municípios da região do entorno, maior a taxa de do Estado de Goiás, assinale a alternativa
crescimento demográfico. INCORRETA:
d) as cidades que apresentam maior crescimento a) O Araguaia é um dos principais rios goianos que deságua
populacional são as que oferecem maiores oportunidades no rio Tocantins, na região do Bico do Papagaio.
de emprego e renda. b) A bacia hidrográfica Paranaíba, localizada na região
10) Câmara/2006/UEG - Entre 1945 e 1964, a nordeste de Goiás, é responsável pelo abastecimento de
República brasileira ensaia a sua primeira água potável do estado.
experiência democrática. Após décadas de c) O Sistema biogeográfico do Cerrado caracteriza-se como
coronelismo, ás quais se seguiram 15 anos de mosaico e ocupa uma grande extensão de Goiás.
governo autoritário de Getúlio Vargas. O Brasil reunia d) Alguns dos relevos do Estado de Goiás têm formações
as condições institucionais e sociais mínimas para exóticas que proporcionam o turismo ecológico, como os da
uma vivência política democrática. Serra dos Pirineus e os da Chapada dos Veadeiros.
ASSIS, Wilson Rocha. Estudos de História de Goiás. 14) IQUEGO/2005/UEG - Leia atentamente as
Goiânia; Editora Vieira, 2005, p. 121. questões abaixo c marque a proposição INCORRETA:
Sobre o contexto acima referido, considere a validade a) A regionalização do Estado deu-se pelas mesorregiões e
das proposições que seguem. microrregiões que englobam vários municípios goianos e
I O governo de Jose Ludovico (1955-60) destacou-se pela foram criadas para facilitar a implantação e o
criação das Centrais Elétricas de Goiás S.A. (Cela) e pelo desenvolvimento de políticas públicas em Goiás.
apoio a construção de Brasília tendo desapropriado uma b) Para regionalizar o Estado de Goiás, o Instituto Brasileiro
área de 4.300 alqueires para a construção da futura capital de Geografia e Estatística (IBGE) criou cinco mesorregiões
da República. e 18 microrregiões geográficas.
II. A ligação rodoviária entre o norte e o sul do Estado de c) A Secretaria de Planejamento do Estado de Goiás
Goiás foi viabilizada pela ação do Governo Federal. (Seplan) regionalizou o estado em 10 áreas. Como
Manejada no período de Getúlio Vargas e concluída no exemplo, podem-se citar: região central, sul, noroeste e
governo de Juscelino Kubitschek com a construção da sudoeste goianos.
rodovia Belém-Brasília. d) A regionalização de Goiás ocorrida nos anos de 1920
III. Em Goiás, durante o governo de Mauro Borges (1961- proporcionou o aparecimento de políticas públicas que
1964) o populismo distanciava-se do desenvolvimentismo e solucionaram problemas socioeconômicos, especialmente
do nacionalismo condição que influenciou decisivamente os das microrregiões do nordeste do Estado.
para que ocorresse uma reaproximação entre o governo 15) IQUEGO/2005/UEG - “[...] a mudança da capital
estadual e o governo federal. não é apenas um problema na vida de Goiás. É
Assinale a alternativa CORRETA também a chave, o começo da solução de todos os
a) Apenas as proposições I e II são verdadeiras. demais problemas. Mudando a sede de Governo para
b) Apenas as proposições II e til são verdadeiras. um local que reúna os requisitos de cuja ausência
c) Apenas as proposições I e III são verdadeiras. absoluta se [ressente) a cidade de Goiás. teremos
d) Todas as proposições são verdadeiras andado meio caminho na direção da grandeza desta
11) Câmara/2006/UEG - Acerca do processo de maravilhosa unidade Central."(Relatório apresentado
urbanização, julgue a validade das proposições a por Pedro Ludovico Teixeira ao presidente Getúlio
seguir. Vargas em 1934. In: PALACÍN, Luis. Fundação de
I. A urbanização refere-se á relação entre o número de Goiânia e desenvolvimento de Goiás. Goiânia:
pessoas que residem em espaços denominados rurais e Oriente. 1976. p. 44).
espaços denominados urbanos. Hoje Goiás é um estado Com relação à mudança da capital de Goiás na
urbanizado. década de 1930, marque a alternativa INCORRETA:
II. No estado de Goiás, a população das cidades começou a a) De acordo com o texto citado, para Pedro Ludovico o
superar a população residente no campo na década de objetivo explícito da mudança da Capital era promover o
1970. Dentre os fatores que explicam tal inversão está o desenvolvimento de Goiás. No entanto, implicitamente,
êxodo rural. Esse fenômeno resulta, dentre outros motivos, visava criar um novo centro de poder, afastando-se de seus
de políticas que visam à concentração da propriedade rural adversários políticos.
nas mãos de poucos proprietários. b) Em termos econômicos, a construção de Goiânia foi uma
III. As cidades organizam-se no espaço segundo uma estratégia utilizada por Pedro Ludovico Teixeira para
hierarquia que se relaciona com sua importância no promover o desenvolvimento socioeconômico do Estado de
território, tanto do ponto de vista quantitativo (quantidade Goiás.
de população, por exemplo) quanto qualitativo (atividades c) Ao afirmar que a cidade de Goiás não reunia condições
econômicas e serviços oferecidos). Segundo esses critérios, para propiciar o desenvolvimento econômico de Goiás,
Goiânia é considerada uma metrópole regional, visto que Pedro Ludovico Teixeira equivocou-se. No século XIX,
irradia sua influência para além das fronteiras do estado. graças à exploração aurífera. Goiás era um dos estados
Assinale a alternativa CORRETA: mais desenvolvidos do Brasil.
a) Apenas as proposições I e II são verdadeiras. d) A construção de. Goiânia expressou o desejo renovador
b) Apenas as proposições II e III são verdadeiras. advindo com a Revolução de 1930. Os revolucionários
c) Apenas as proposições 1 e III são verdadeiras. aspiravam romper com o passado, com as tradições e com
d) Todas as proposições são verdadeiras. o atraso representado pela cidade de Goiás.
12) Agrodefesa/2009/UEG - O período em que Pedro 16) IQUEGO/2005/UEG – Sobre o período da
Ludovico Teixeira governou Goiás representou a mineração em Goiás, no século XVIII, é CORRETO
ascensão de um novo grupo ao poder político. São afirmar:
aspectos marcantes do período de Pedro Ludovico: a) O declínio demográfico, a partir de 1790, foi
a) a construção de Goiânia e a implantação de rodovias no consequência direta da redução da atividade aurífera em
norte goiano. Goiás, o que provocou a migração da população envolvida
b) a implementação da Colônia Agrícola de Ceres e a na atividade mineradora para outras regiões.
construção de Brasília. b) A diminuição da população em Goiás, a partir da década
c) o incentivo à navegação na bacia do Araguaia e o apoio à de 1790, foi decorrente da participação de Goiás na Guerra
pecuária extensiva. do Paraguai.
d) a modernização da agricultura e a urbanização dos c) Na última década do século XVIII, Goiás foi afetado pela
principais centros goianos. epidemia de varíola, que provocou grande mortalidade em

29
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
Meia Ponte e Jaraguá, explicando assim a redução da c) ao final do período da mineração ocorreu grande
população. predomínio das etnias originariamente indígena e européia,
d) A redução da população no início do século XIX explica- reduzindo significativamente o trabalho da etnia
se pelo fato de Goiás ter perdido a populosa região do afrodescendente na mineração.
Triângulo Mineiro para Minas Gerais. d) a partir do povoamento a população goiana passou por
17) IQUEGO/2005/UEG - Líder de um movimento grandes mudanças. Teve sua origem na etnia
messiânico que muitos pesquisadores comparam a afrodescendente e passou por grande miscigenação com a
Canudos de Antônio Conselheiro, Benedicta Cipriano, etnia européia.
a Santa Dica, tem seu centenário de nascimento 20) SECTEC/2012/UEG - O clima no estado de Goiás
comemorado nesta semana. Tida como santa pelos é do tipo tropical úmido e subúmido com duas
moradores de Lagolândia, Dica reuniu em torno de si, estações bem definidas, e são predominantes sobre o
nos primeiros anos da década de 1920, uma legião de relevo de planalto e a vegetação de Cerrado, com
seguidores e logo passou a ser vista como uma hidrografia caracterizando rios perenes. Em relação a
ameaça pelo governo e pela Igreja. Ela já inspirou este clima, tem-se o seguinte:
filmes e livros e sua memória é lembrada no decorrer a) no estado de Goiás, a vegetação predominante é do tipo
desta semana em vários eventos. Cerrado, mas as variações climáticas e de relevo
O POPULAR, Goiânia, 10 abr. 2005. condicionam a ocorrência de formações florestais nas
Sobre esse importante movimento social ocorrido em encostas e campestres nas planícies de inundação.
Goiás é CORRETO afirmar: b) no estado de Goiás, a vegetação predominante é do tipo
a) A Igreja Católica não apoiou o movimento político em Cerrado, mas as variações climáticas e de relevo
torno de Santa Dica, mas reconheceu seus milagres, condicionam também a ocorrência de formações florestais e
conseguindo sua canonização junto ao Vaticano. campestres.
b) O Movimento de Santa Dica foi consequência do intenso c) os rios goianos são encaixados e com meandros nos
processo de urbanização ocorrido em Goiás na década de relevos de planícies e embutidos com correntezas e
1920. cachoeiras na transição dos relevos de planaltos para
c) Movimentos messiânicos expressam a religiosidade do planícies.
homem rural, entrando, assim, em contradição com as d) o relevo goiano é parte do planalto central brasileiro e é
práticas ortodoxas pregadas pela Igreja Católica. composto predominante por duas grandes bacias
d) Santa Dica e seus adeptos auxiliaram a Coluna Prestes hidrográficas, ao sul do estado encontra-se a bacia do
na sua passagem por Goiás. Por isso, o movimento foi Paraná-Paranaiba e, ao norte, a bacia do São Francisco.
combatido pela Força Pública do Estado. 21) SECTEC/2012/UEG - A história política de Goiás
18) SECTEC/2012/UEG - “Quando, no século XVI, os tem ligação com a forte atuação de oligarquias que
bandeirantes chegaram em terras goianas caracterizaram aspectos políticos e administrativos
encontraram uma numerosa população trabalhando e marcados pela participação de núcleos familiares
vivendo da terra. As bandeiras encontraram as tribos tradicionais no estado. Sobre isso, considerando-se o
instaladas em suas aldeias, com roçados, campos de período dos vinte anos imediatamente posteriores à
caça e coleta” (POLONIAL, J. Terra do Anhanguera revolução de 1930, verifica-se que
Goiânia Kelps, 2006, 3ª edição, p. 16). Sobre a a) em Goiás, à época das eleições, as oposições tinham em
chegada dos bandeirantes a Goiás e sua relação com comícios e passeatas, promissoras possibilidades de
os indígenas, constata-se que: contestação do poder estabelecido e relativa liberdade para
a) houve a ocupação das terras dos índios, principalmente se posicionarem contra a condução da política no estado.
dos mais belicosos, porém com a permissão aos mais b) os principais expoentes políticos goianos concentravam-
pacíficos que vivessem sem grandes perseguições e sem se nas cidades. Nesses centros urbanos, a classe média
grandes problemas com doenças desconhecidas pelos urbana, com poder de influenciar as regiões rurais, formava
indígenas. os principais núcleos de oposição ao coronelismo e às
b) evitou-se a utilização de escravos para a captura de oligarquias goianas.
índios, pelo temor de que índios e escravos pudessem se c) ocorreu a relativa perda de poder político de integrantes
unir na luta contra os brancos, razão pela qual há poucos de famílias tradicionais goianas em favor de aliados da
registros de embates entre escravos e índios nesse período. nova configuração política pós 1930. Estes aliados também
c) houve o aldeamento de grupos indígenas, sendo que em se uniram a membros dissidentes e pertencentes às
boa parte dessas aldeias os índios definhavam rapidamente famílias até então detentoras do poder.
nessa condição, que era próxima ao semicativeiro e d) o poder das oligarquias estabeleceu uma sólida base
diferente do estilo de vida dos indígenas. política no início da República Velha através do domínio da
d) evitaram-se os cruzamentos raciais, mesmo com os família Bulhões, seguiu por um curto período com Xavier de
índios cativos, devido à ideia de que os índios eram Almeida e se consolidou com o domínio da família Caiado.
inferiores, e que por isso a miscigenação produziria filhos 22) SECTEC/2012/UEG - Com a revolução de 1930,
sem as mesmas capacidades dos bandeirantes. iniciou-se um período mais incisivo de centralização e
19) SECTEC/2012/UEG - O povoamento de Goiás integração das regiões Norte e Centro-Oeste com as
ocorreu de forma heterogênea e foi estabelecido demais regiões do país, o que permitiu ao estado de
através de duas grandes vias de penetração: uma via Goiás ter papel de maior destaque na economia do
ao nordeste, representada por migrantes nordestinos país. Nesse contexto,
que, através do São Francisco, se espalharam pelo a) o estado de Goiás passou a ter papel mais relevante na
oeste da Bahia e chegaram ao Arraial dos Couros — economia nacional, o que se deu principalmente a partir da
centro dessa via. E a outra via oriunda de São Paulo e produção de alimentos e outros gêneros primários nas
Minas Gerais, que penetrou no território goiano regiões sul e sudoeste do estado.
através dos antigos caminhos da mineração, b) a continuidade da inserção de Goiás na economia
estabilizando-se no sudoeste da capitania. Sobre este brasileira em boa parte se deu a partir construção da malha
período, verifica-se que rodoviária e do processo de eletrificação rural, com
a) Goiás teve, durante o período da mineração, uma destaque para as regiões norte e nordeste do estado.
distribuição populacional homogênea sobretudo a partir do c) a imigração foi uma das marcas do período, verificando-
surto migratório de paulistas, mineiros e nordestinos. se a presença de imigrantes que fugiam das guerras na
b) após o declínio da mineração, as extensas áreas do Europa e da instável situação econômica no Oriente Médio.
território goiano foram ocupadas em função da pecuária, Nesse período, chegaram principalmente ingleses,
promovendo-se a expansão do povoamento. franceses e japoneses.

30
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
d) o crescimento significativo da indústria goiana passou a PALACIN, Luís. O século do ouro em Goiás. Goiânia: Editora
ter papel de destaque. Isso se deu no rastro do processo de da UCG, 2001, p. 56.
urbanização crescente, o que favoreceu o crescimento das Apesar de pouco conhecida por causa da grande
cidades e impulsionou o crescimento da produção visibilidade da exploração do ouro, a exploração de
industrial. diamantes foi objeto de extrema atenção por parte
23) SANEAGO/2006/UEG - Levando em consideração das autoridades portuguesas. No contexto de Goiás,
o conhecimento da economia goiana no século XIX na segunda metade do século XVIII, a exploração de
assinale a alternativa CORRETA: diamante era:
a) É possível afirmar que a produção pecuária goiana, por a) aberta a todos os mineradores, desde que recolhessem a
causa das dificuldades de escoamento, era destinada taxa de captação.
exclusivamente ao mercado interno. b) restrita aos contratadores legalmente autorizados que
b) O alto custo do sal derivava das dificuldades de recolhiam o quinto.
importação, visto que Goiás era uma província isolada na c) aberta a todos os mineradores, desde que recolhessem o
época. quinto para a coroa.
c) O baixo preço do arroz relacionava-se com a sua alta d) restrita aos contratadores legalmente autorizados que
produção, estimulada pela exportação desse produto pela recolhiam a captação.
ferrovia em Goiás. 27) PM/UEG/2013 - Observe a tabela a seguir.
d) O baixo preço dos subprodutos da mandioca Deputados federais eleitos em Goiás na Eleição de
demonstrava a sua pouca influência na dieta das camadas 1982
mais pobres da população. Deputado Partido
24) SANEAGO/2006/UEG - O Araguaia, o Berocan dos Ademar Santillo PMDB
índios Carajá, ou Rio Grande da época dos primeiros Brasílio Caiado PDS
bandeirantes que o percorreram e o exploraram, Fernando Cunha PMDB
nasce no interior da grande depressão periférica que Genésio de PMDB
constitui um dos contrafortes da Serra do Caiapó, na Barros
fronteira com Mato Grosso e Mato Grosso do Sul a Ibsen de Castro PDS
uma altitude de 800 metros, cerca de 200 metros Iram Saraiva PMDB
abaixo da linha de cumeada da superfície de Pratinha Irapuan Costa PMDB
a que se refere o geólogo Fernando de Almeida. Júnior
Percorre pouco mais de 1.800 quilômetros, em Iturival PMDB
sentido Norte-Sul até desaguar no Rio Tocantins, no Nascimento
Bico do Papagaio, em frente às cidades de Jaime Câmara PDS
Esperantina, no Tocantins, e de São João do João Divino PMDB
Araguaia, no Pará. Gomes, H.; Teixeira Neto, A. Joaquim Roriz PMDB
Geografia: Goiás — Tocantins. 2.ed., Goiânia: Editora José Freire PMDB
da UFG, 2004. p. 158. O texto citado faz referências a Juarez Bernardes PMDB
dois dos principais rios goianos. Com base no Siqueira Campos PDS
conhecimento da hidrografia goiana, assinale a Tobias Alves PMDB
alternativa CORRETA: Wolney Siqueira PDS
a) O rio Araguaia sofre graves agressões ambientais no Nas eleições para deputado federal em Goiás, em
território goiano, destacando-se o processo de erosão e a 1982, o fato de elegerem-se candidatos de apenas
poluição de suas nascentes, localizadas no sudoeste goiano. dois partidos políticos se explica:
b) As feições do rio Araguaia mudam completamente com a) pelo conservadorismo dos eleitores, que votaram nos
as chuvas tropicais de verão, surgindo, nesse período, dois partidos de direita.
inúmeras praias que impulsionam a atividade turística. b) pela maior representatividade eleitoral dos dois partidos
c) Um grande número de atividades econômicas são frente aos demais.
desenvolvidas ao longo do rio Araguaia, entre as quais c) pela vigência, ainda nessa eleição, do bipartidarismo
podem ser citadas a produção de energia elétrica, com implantado no Regime Militar.
destaque para a hidroelétrica de Cana Brava e Lajeado. d) pelo radicalismo dos eleitores, que votaram nos dois
d) O Araguaia é caracterizado como um rio de planalto, ao partidos de esquerda.
contrário do Tocantins, que é um rio de planície. 28) PM/UEG/2013 - A criação do gado vacum foi
importante atividade econômica para a ocupação dos
25) SANEAGO/2006/UEG - As estatísticas sobre o chapadões recobertos por cerrado do Centro-Oeste
consumo de energia elétrica estão organizadas com brasileiro. Em Goiás, a criação do gado vacum
base nas classes de consumo, tais como: residencial, ocorreu com mais frequência nas regiões leste,
industrial, comercial, rural, poder público etc. Sobre o sudoeste e norte do estado, o que se justifica pela:
consumo de energia elétrica e assinale a alternativa a) ocorrência de relevos planos com facilidade para
INCORRETA: mecanização e formação de pastagens.
a) O maior consumo de energia na classe do município de b) ocorrência de vegetação natural rasteira e arbustiva
Cristalina tem relação com as atividades ligadas ao constituída sobretudo por gramíneas.
extrativismo mineral. c) existência de uma rede urbana e comercial que servia de
b) Embora o consumo industrial do município de suporte à população.
Niquelândia seja superior ao do município de Anápolis, este d) existência de solos férteis favoráveis à implantação
ultimo tem maior destaque no setor industrial que o artificial de áreas de pastagens.
primeiro. 29) PM/UEG/2013 - Sobre a urbanização e a rede
c) Apesar de o consumo de energia rural do município de urbana do estado de Goiás até 1970, verifica-se que:
Cristalina ser superior ao de Rio Verde, este último tem a) a chegada da ferrovia no sul de Goiás proporcionou o
maior destaque no setor agroindustrial que o primeiro. surgimento de uma rede urbana local, que se tornou o
d) O elevado consumo proporcional de energia na classe principal, eixo de industrialização.
comercial do município de Caldas Novas tem relação com o b) ao longo da BR-153 estabeleceram-se empreendimentos
fortalecimento da atividade turística. industriais de transformação, incentivando a criação de
26) PM/UEG/2013 novos municípios.
“O primeiro descobrimento de diamantes [em Goiás] nos
rios Claro e Pilões deve ter-se dado em meados de 1733”.

31
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
c) mais de 75% dos núcleos urbanos existentes tiveram 34) PM/UEG/2013 - “O governo não considerava a
suas origens diretamente relacionadas às atividades da construção de uma nova capital um gasto, mas um
mineração. investimento necessário para o desenvolvimento.”
d) nenhuma cidade nasceu exclusivamente em função do PALACIN, Luís; MORAES,m Maria Augusta S. História
processo de industrialização, mas cidades goianas sofreram de Goiás. Goiânia: Editora da UCG, 1994, p. 106.
influências significativas da expansão capitalista. O significado da construção de Goiânia para o
30) PM/UEG/2013 - Os recursos naturais de uma desenvolvimento de Goiás está relacionado ao fato de
determinada região podem influenciar diretamente a ser uma cidade:
sua incorporação econômica, uma vez que a) demograficamente relevante, que possibilitou a
representam um com junto de fatores necessários ao exploração dos recursos minerais do Mato Grosso Goiano.
processo produtivo – os insumos ambientais – que b) administrativa e comercial, que se tornou referência par
podem servir como indutores de ocupação. Com base ao setor de turismo de evento se negócios no país.
nessas características, no território goiano verifica-se c) industrializada, que serviu como polo exportador e
que a microrregião: importador de mercadorias para o Centro-Oeste e o Norte
a) Vão do Paranã apresenta baixo potencial de ocupação do país.
agrícola em virtude da presença de relevos muito d) geograficamente centralizada, que integrou econômica e
acidentados, constituídos por solos com alto teor de argila e politicamente ok sul e o norte do estado por meio de vias
índices pluviométricos inferiores a 900mm anuais. férreas.
b) do Sudoeste Goiano foi palco de um grande 35) PM/UEG/2013 - A ordem política que vigorou, em
desenvolvimento da agricultura mecanizada, devido à Goiás, nos 20 anos após as eleições diretas de 1982,
existência de grandes chapadões constituídos em sua demonstra um certo conservadorismo do eleitor, uma
maioria por solos altamente ricos e relevo de planícies. vez que o partido governista derrotado, para o cargo
c) Chapada dos Veadeiros é caracterizada por um planalto de governador, na eleição de:
relativamente acidentado, com altitude média superior a a) 1990
800 metros, abundante em solos ácidos e apresenta baixo b) 1994
potencial para a agricultura mecanizada. c) 1998
d) de São Miguel do Araguaia, constituída por latossolos d) 1986
argilosos desenvolvidos sobre chapadões planálticos bem 36) Esc/UEG/2013 “Nas últimas décadas do século
drenados, favoreceu o desenvolvimento da pecuária leiteira XVIII e princípio do século XIX, a situação econômica
e de corte, e a agricultura mecanizada. da capitania era crítica. A palavra decadência é a que
31) PM/UEG/2013 - A pecuária constituiu importante mais se encontra entre os vários apelos e lamentos
elemento na ocupação do território goiano durante e daqueles que a habitam, sejam provenientes das
pós-período mineratório. O rebanho bovino formado autoridades governamentais, sejam de elementos do
por gado vacum contribuiu para a fixação de povo”.
populações no interior do estado, bem como para o FUNES, E. A. Goiás 1800-1850: um período de
surgimento de novos povoados, às margens e transição da mineração à agropecuária. Goiânia:
entroncamentos dos caminhos utilizados no Editora da UFG, 1986, p. 32.
transporte das tropas. São exemplos de cidades que O texto citado aborda a crise da produção aurífera
tiveram sua origem diretamente ligada a tais fatores: em Goiás. A consequência dessa crise foi o:
a) Rio Verde, Jataí e Pilar de Goiás a) crescimento da importação de escravos para viabilizar a
b) Itaberaí, Piracanjuba e Varjão exploração de minas auríferas de maior profundidade.
c) Trindade, Caldas Novas e Teresina de Goiás b) aumento da ruralização pelo fato de parte da população
d) Morrinhos, Cavalcante e São Miguel do Araguaia abandonar as vilas e arraiais e mudar-se para o campo.
32) PM/UEG/2013 - A atividade mineratória sempre c) acréscimo da atividade comercial em virtude do
esteve presente na história da ocupação do território aproveitamento de capitais antes empregados na
goiano desde o início do garimpo do ouro no século mineração.
XVIII. Nos dias atuais, implementou-se uma nova d) incremento da arrecadação tributária como consequência
indústria da mineração, ampliando o leque de de o controle do contrabando ser mais eficaz na atividade
minérios explorados. É exemplo dessa nova indústria agropecuária.
da mineração em Goiás a extração de: 37) Esc/UEG/2013 Quais ex-governadores foram
a) amianto nos municípios de Minaçu e Barro Alto. derrotados por Iris Rezende Machado nas disputas
b) ouro nos municípios de Crixás e Pirenópolis. pelo Governo do Estado?
c) ferro e cobre nos municípios de Catalão e Ouvidor. a) Leonino Caiado e Irapuã Costa Júnior.
d) níquel nos municípios de Niquelândia e Goianésia. b) Paulo Roberto Cunha e Ronaldo Caiado.
33) PM/UEG/2013 - A construção de condomínios c) Ari Valadão e Henrique Santillo.
fechados (horizontais ou verticais) tornou-se muito d) Mauro Borges e Otávio Lage.
comum em Goiânia, que já é a terceira cidade em 38) Esc/UEG/2013 Em 13 de maio de 1888, a
condomínios horizontais no Brasil. A opção por este princesa Isabel publicou a lei Áurea, extinguindo
tipo de mordia deve-se a uma série de fatores, dentre oficialmente o trabalho escravo no Brasil. No que se
os quais se destaca a: refere a Goiás.
a) busca por espaços seguros e exclusivos protegidos do a) a campanha abolicionista foi liderada pela Igreja
contato com o mundo exterior, caracterizando um novo Católica, que se valeu dos ideais cristãos para criticar a
modelo de relações comunitárias. escravidão.
b) necessidade de proteger a natureza, já que o poder b) a família dos Bulhões angariou um importante capital
público subsidia esses locais, considerados área de político ao se posicionar ao lado dos proprietários de terras
preservação ambiental permanente. contra o fim da escravidão.
c) necessidade de evitar as diferenças ideológicas na c) o maior proprietário de escravos era o setor público, que
convivência cotidiana, já que nesses ambientes há uma os utilizava nos serviços públicos, como o calçamento das
seleção de moradores por preferência religiosa. ruas.
d) busca de um local de moradia próximo ao trabalho na d) o fim da escravidão não abalou as estruturas do setor
tentativa de diminuir o tempo de percurso entre a produtivo, uma vez que a economia agropecuária não era
residência e o trabalho. dependente do trabalho escravo.
39) Esc/UEG/2013 – Considerando as precipitações
médias do estado de Goiás, e relacionando o tipo

32
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
climático com a ocupação agrícola do estado, tem-se
o seguinte:
a) o tipo climático favorece o cultivo das lavouras
permanentes em detrimento das temporárias.
b) as características climáticas favorecem o
desenvolvimento das lavouras de sequeiro.
c) o cultivo de lavouras de sequeiro é realizado durante o
período do inverno.
d) as lavouras permanentes demandam por irrigação
Durante o período de verão.
40) Esc/UEG/2013 - Dentro das políticas de governo
voltadas para o povoamento do interior do Brasil,
algumas chegaram a lograr êxito fixando pequenos
grupos de moradores. Dentre essas políticas, cita-se
como exemplo a denominada “Marcha para o Oeste”.
Desta política, o projeto que mais fixou pessoas no
interior do Estado de Goiás foi:
a) a implantação da CANG (Colônia Agrícola Nacional de
Disponível em:
Ceres). <http://planetasustentavel2011.blogspot.com.br/2011/10/charges-
b) a criação do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA). sobre-o-meio-ambiente.html>. Acesso em 16 jul. 2015.
c) o estabelecimento dos alemães na colônia de Uvá, em A charge acima menciona uma questão ambiental
Itaberaí. que ocorre em quase todo o território nacional. Em
d) o projeto rio Formoso, de produção de arroz irrigado nas Goiás não é diferente. Segundo estudiosos do
margens do Araguaia. assunto “o cerrado é um dos principais biomas do
41) UFG/2011: Entre os empreendimentos país, ocupa em torno de 22% de todo o território,
importantes que nasceram no governo Mauro Borges, mas sofre com a ameaça constante de extinção; essa
um deles foi a tentativa de reforma agrária, através previsão pessimista é proveniente do atual quadro
de uma experiência piloto. Estamos no referido à ambiental em que se encontra o cerrado, no qual,
(ao): aproximadamente 80% da biodiversidade já
a) Combinado Agro-Urbano de Arraias(Kibutz); sofreram alterações na fauna e flora. Em Goiás a
b) Colônia Agrícola de Ceres; situação é mais agravante, pois estimativas revelam
c) Colônia de Uvá; que cerca de 90% de todo bioma já se encontra
d) Colônia de Santa Cruz; alterado”.
e) Colônia de Italianos de Nova Veneza. Disponível em: <http://www.brasilescola.com>. Acesso
42) – Sobre o perfil econômico dos municípios em: 1 jul. 2015. (Adaptado)
goianos, é INCORRETO afirmar: O texto e a charge acima revelam uma situação
a) O destaque de São Simão refere-se à forte participação preocupante em relação ao meio ambiente no Brasil e
do setor turismo, impulsionado pelo lago de São Simão. em Goiás. Dentre os fatores que contribuíram, e
b) O destaque de Cachoeira Dourada deve-se à forte ainda contribuem para esse quadro, no estado de
participação do setor de produção de energia elétrica. Goiás, pode-se citar como o mais impactante e que
c) O destaque de Chapadão do Céu deve-se à presença da incorporou a área ocupada pelo cerrado ao
agricultura moderna, impulsionada, especialmente, pelo capitalismo mundial:
cultivo de soja. a) A “modernização” - mecanização agrícola.
d) O destaque de Catalão refere-se ao forte peso da b) O ciclo do ouro e a atual extração de minérios.
agricultura, associada à indústria e ao setor mineral. c) A instalação de indústrias.
43) Agrodefesa/2009/UEG - Sobre o processo de d) A agricultura e pecuária de subsistência.
constituição das regiões goianas (segundo a e) O desenvolvimento do turismo.
classificação do IBGE, de 2000), é CORRETO afirmar: 46) VPT/2015 - “O Coronelismo foi uma experiência
a) as áreas de maior concentração populacional, típica dos primeiros anos da República Brasileira. De
respectivamente, o centro e o leste goiano, estão servidas fato, essa experiência faz parte de um processo de
pelos principais eixos de circulação do estado (BR-153, BR- longa duração que envolve aspectos culturais,
060, BR-070 e BR-050). econômicos, políticos e sociais do Brasil”.
b) as microrregiões menos povoadas são aquelas onde Disponível em:<
houve maior fragmentação dos municípios: são exemplos http//www.brasilescola.com/historiab/coronelismo.htm>.
os municípios de Ceres, Iporá e Anicuns. Acesso em 10 jul. 2015.
c) no interior de uma mesma região existem muitas As afirmações a seguir correspondem às
diferenças no povoamento; no centro-goiano, por exemplo, características da figura do “Coronel” no Brasil e em
a microrregião mais povoada é Anápolis. Goiás, EXCETO:
d) o povoamento irregular do território goiano fez com que a) Possuía grande força política e exercia influência junto
se constituíssem regiões com diferentes densidades aos órgãos administrativos.
demográficas; dentre as mais densamente povoadas, estão b) Tratava com respeito seus empregados cujos salários
norte e o nordeste goiano. eram melhores do que os da maioria dos outros
44) VPT/2015 - Oficialmente o Brasil é dividido em trabalhadores.
05 grandes regiões: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, c) Era integrante de uma elite controladora do poder
Sudeste e Sul. Cada uma dessas regiões é formada econômico, social e político.
por vários estados, sendo que o estado de Goiás faz d) Não tinha interesse no desenvolvimento do Estado, pois
parte da região Centro-Oeste, juntamente com: um dos mecanismos de dominação era a manutenção do
a) Distrito Federal, Tocantins e Mato Grosso. atraso.
b) Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. e) Utilizava de vários recursos como a violência, as relações
c) Mato Grosso, Bahia e Tocantins. de fidelidade e as fraudes eleitorais para manter o poder.
d) Distrito Federal, Mato Grosso e Bahia. 47) Esc/UEG/2013
e) Distrito Federal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O governo Mauro Borges se firmou em diretrizes
45) VPT/2015 - planejadas – foi o primeiro, em Goiás, a adotar

33
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
critérios científicos de planejamento, com base no que sua feição se modifica completamente, porque
diagnóstico do potencial do Estado e de suas ele transborda e inunda muitas léguas de praias,
carências, e com respaldo de estudos encomendados reabastecendo lagos que secam no inverno, alimenta
à Fundação Getúlio Vargas. ROCHA, Hélio. Os canais, cria ilhas e muda constantemente de leito,
inquilinos da Casa Verde. Goiânia: Asa, 2004. p. 99. O numa procura constante para firmar-se em um canal
projeto de modernização administrativa de Mauro definitivo.
Borges fomentou a criação BARBOSA, A. S.; TEIXEIRA NETTO, A.; GOMES, H. Geografia: Goiás-
a) do Plano Mauro Borges, que estabelecia a necessidade Tocantins. Goiânia: Editora da UFG, 2004. p. 158.
de o estado fomentar a iniciativa privada, evitando a O texto refere-se ao Rio Araguaia, que é
criação de estatais que fossem onerosas para os cofres caracterizado por
públicos. a) apresentar difícil navegabilidade em decorrência da
b) de vultosos investimentos em obras de infraestrutura, redução no volume de água em períodos de estiagem, fato
como a construção do Autódromo Internacional de Goiânia que compromete a viabilidade da hidrovia Araguaia-
e do Estádio Serra Dourada. Tocantins.
c) de parcerias entre os governos federal e estadual, b) apresentar nascentes localizadas na fronteira entre
facilitadas pelo fato de Mauro Borges ter apoiado a Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e percorrer cerca
candidatura de Jânio Quadros à presidência nas eleições de de 1.800 quilômetros no sentido Leste-Norte, tendo como
1961. exultório o Rio Tocantins.
d) do Plano de Desenvolvimento, conhecido como Plano c) ser denominado de “Rio Grande” pelos indígenas Caiapó
MB, que previa a interferência do Estado em atividades e ter sido explorado no tempo das bandeiras para pesca e
econômicas onde se sentia a ausência da iniciativa privada. navegação.
d) ser um rio de planície que não apresenta nenhum tipo de
48) Esc/UEG/2013
barreira natural, como por exemplo cachoeiras, corredeiras
A guerra ofensiva perpetrada contra os Avá-Canoeiro
ou bancos de areia.
durou até a década de 1860 (praticamente 100 anos
51) Esc/UEG/2013
de conflitos contínuos entre colonos e indígenas),
Clima e vegetação são componentes da natureza
tendo como consequência a redução da população.
associados entre si. Por isso, devem ser analisados
PEDROSO, Dulce Madalena. Avá-Canoeiro. In.
juntos para que se possa ter uma visão mais real da
MOURA, Marlene de Castro Ossami de (Org.). Índios
totalidade e, assim, mais verdadeira do espaço
de Goiás: uma perspectiva histórico-cultural. Goiânia:
geográfico estudado.
UCG/Kelps/Vieira, 2006. p. 96. BARBOSA, A. S.; TEIXEIRA NETTO, A.; GOMES, H. Geografia: Goiás-
O texto citado refere-se a um importante grupo Tocantins. Goiânia: Editora da UFG, 2004, 2. ed. p. 137.
indígena de Goiás, os Avá-Canoeiro, praticamente Ao tratar da relação entre clima e vegetação, o texto
dizimados em decorrência da guerra com os indica que
colonizadores. O motivo desse conflito é decorrente a) as diferenciações existentes na estrutura e na
a) da especificidade da língua macro-jê falada pelos Avá- composição da vegetação são decorrentes de alterações no
Canoeiro, que inviabilizava a sua catequização, pois tipo de solo, relevo, no volume de precipitação e nas
destoava da língua geral utilizada pelos jesuítas para formas de uso da terra.
evangelização indígena. b) a vegetação do Cerrado é composta de paisagens
b) do desejo dos colonizadores de apossar-se das terras uniformes, semelhantes àquelas encontradas na vegetação
habitadas pelos Avá-Canoeiro, já que elas, situadas na savânica.
bacia do Rio Vermelho, eram ricas em ouro. c) as unidades fitogeográficas do Cerrado goiano são
c) do deslocamento da exploração agropecuária para o resultantes de fatores e elementos ecológicos, tais como:
norte da Capitania, quando fazendas de gado foram clima, solos e relevo.
estabelecidas em território habitado pelos Avá-Canoeiro. d) a ideia de que a “vegetação é o espelho do clima”
d) da miscigenação étnica entre os Avá-Canoeiro e os remete à impossibilidade de associação da mesma com os
quilombolas, o que lhes possibilitou condições de atacar demais elementos ecológicos.
engenhos, colocando em risco o sistema escravista.
52) Agente/UEG/2013
“Na noite do terceiro dia avistamos as rancharias do
49) Esc/UEG/2013 gentio e seus fogos: emboscamo-nos no mato para
Os 120 alforriados e mulatos registrados na lhe darmos na madrugada; mas sendo sentidos dos
capitação de 1741 tinham crescido em 1804 até cachorros, que tinham muitos e bons, quando
23.577, deles 7.992 negros livres e 15.582 mulatos. avançamos, nos receberam com seus arcos e flechas.
PALACIN, Luís. O século do ouro em Goiás. Goiânia: Editora da UCG, Não demos um só tiro por ordem do cabo, do que
2001, p. 89.
resultou fugir-nos quase todo o gentio, o investir um
O texto citado aborda o crescimento do número de
deles ao sobrinho do cabo com tal ânimo, que
escravos libertos na Capitania de Goiás. O motivo
lançando-lhe a mão à rédea do cavalo, tomou-lhe a
para a elevação do número de escravos alforriados
espingarda da mão e da cinta o traçado, e dando-lhe
decorreu da
com ela um famoso golpe em um dos ombros e outro
a) incorporação dos escravos ao aparelho repressor do
no braço esquerdo fugiu levando-lhe consigo as
sistema escravista, uma vez que os capitães do mato e os
armas. [...] É para admirar que em todo este conflito
feitores eram escravos libertos.
não fizesse mais ação o nosso cabo que o andar
b) participação dos escravos nas guerras contra os
sempre ao longe e gritando e requerendo-nos que
indígenas, o que permitiu que alguns fossem alforriados por
atirássemos só ao vento para não atemorizar o
ato de bravura.
gentio. Foi Deus servido levarmos os ranchos,
c) emancipação dos escravos batizados no catolicismo, uma
chovendo sobre nós as flechas e os porretes”.
vez que a tradição religiosa não permitia um cristão
A bandeira do Anhanguera a Goyaz em 1722,
escravizar outro cristão.
segundo José Peixoto da Silva Braga. In. Memórias
d) brecha do sistema escravista, que possibilitava o
Goianas I. Goiânia: Editora da UCG, 1982. p. 15.
trabalho extra de alguns escravos para acumular recursos e
O texto é um relato do alferes Silva e Braga, que
comprar a sua liberdade.
acompanhou a Bandeira do Anhanguera, no ano de
50) Esc/UEG/2013
1722. Como uma fonte histórica sobre o conflito
O regime fluvial do Rio Araguaia [...] está
entre bandeirantes e indígenas no século XVIII, a
condicionado às chuvas tropicais de verão, época em
interpretação do relato indica que
34
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
a) o uso dos cães domesticados por parte dos indígenas
avistados pelos bandeirantes era uma prática exótica à sua
cultura nativa.
b) os indígenas foram derrotados pelos bandeirantes
porque ficaram aterrorizados pelo cavalo e pelas armas de
fogo.
c) os bandeirantes desconheciam os costumes indígenas e
procuravam utilizar apenas a força militar para subjugá-los.
d) o termo “gentio” denominava os indígenas que
pertenciam a um aldeamento construído pelos jesuítas em
Goiás.
53) Agente/UEG/2013
Em 15 de novembro de 1889, o Marechal Deodoro da
Fonseca proclamou a república, colocando fim ao
regime monárquico no Brasil. No que se refere a
Goiás, o advento da República significou
a) a instituição de eleições diretas para a escolha do
administrador público, sendo que Guimarães Natal foi eleito
o primeiro presidente do estado. Fonte: IBGE/SEGPLAN-GO/SEPIN
(*) Os dados de 2010 e 2011 de Goiás foram estimados conforme
b) o acirramento do conflito entre liberais e conservadores,
pesquisa industrial. (Adaptado).
sendo que a família dos Bulhões manteve a hegemonia
O gráfico mostra a atividade industrial de
política nos primeiros anos do novo regime.
transformação no Brasil e em Goiás. Enquanto no
c) a manutenção do oficialismo político, sendo que o
Brasil, entre os anos de 1995 e 2011, ocorreu uma
Governo Federal continuaria a indicar políticos de outras
desaceleração significativa dessa atividade em
regiões para administrar o estado de Goiás.
relação ao PIB, em Goiás houve uma ligeira elevação
d) o predomínio de políticos conservadores, ligados à Igreja
na participação desse setor no PIB. Esse crescimento
Católica, sendo que grande parte dos presidentes de estado
se deve principalmente
pertenceria ao clero.
a) ao fraco desenvolvimento do setor primário, sobretudo
54) Agente/UEG/2013
da pecuária e da agricultura, que, em virtude da legislação
O estado de Goiás possui uma rede hidrográfica
ambiental, forçou a criação de novos empreendimentos
constituída por um conjunto de rios que drenam o
industriais ligados ao setor da mineração.
território goiano formando suas bacias hidrográficas.
b) ao declínio da atividade econômica internacional,
Esses rios, além de constituírem fontes de recursos
decorrente da queda da atividade industrial na Europa, Ásia
hídricos para o abastecimento doméstico e industrial,
e América do Norte, que, em virtude da transferência do
muitas vezes servem ao papel político. Nesse
capital produtivo para o setor financeiro, descapitalizou o
aspecto, observa-se que
setor industrial.
a) o rio Araguaia, com suas nascentes no sudoeste goiano,
c) aos incentivos fiscais proporcionados pelo estado via
constitui o principal divisor geográfico entre Goiás e Mato
programas de apoio industrial, possibilitando importantes
Grosso.
avanços em termos de estímulo a este setor, promovendo a
b) o rio Meia Ponte, formado pela junção dos rios dos Bois
emergência de novas atividades além de atrair novas
e Corumbá, foi o divisor entre a antiga província de Goiás e
indústrias.
a província de Minas Gerais.
d) aos acordos comerciais entre o governo de Goiás e as
c) o rio Paranaíba, cujas nascentes localizam-se no entorno
empresas montadoras multinacionais, responsáveis pela
de Brasília, constitui-se divisor geográfico entre Goiás,
criação de uma rede de empreendimentos de apoio e
Minas Gerais e São Paulo.
consequente aumento na criação de novos empregos.
d) o rio Tocantins, formado pela junção dos rios das Almas
57) Delegado/UEG/2013
e Paranã, serve como principal divisor geográfico entre
Leia a citação a seguir
Goiás e Bahia.
“A história do processo de ocupação e povoamento
55) Agente/UEG/2013
de Goiás nos revela um crescimento populacional
Embora Goiás esteja situado no core do domínio dos
„induzido‟, acompanhado pelas políticas territoriais,
cerrados, este não é o seu único tipo de vegetação.
juntamente com os projetos de colonização.”
Sobre seu território projeta-se também outro tipo
CHAVEIRO, E. F. A Dinâmica Demográfica em Goiás.
específico de vegetação, que ocupa a segunda maior
Goiânia: Editora Ellos, 2009. p. 18.
área em extensão. Esse tipo fitofisionômico é
Segundo o conceito de “crescimento populacional
denominado
induzido” apontado pelo autor, são exemplos de
a) Mato Grosso Goiano, situado na região central do
políticas territoriais adotadas em Goiás:
estado.
a) a criação da lei da Reforma Agrária, pelos governos
b) Floresta Amazônica, no norte e oeste goiano, na divisa
militares, cujo objetivo principal era assegurar o direito de
com Mato Grosso.
posse da terra e a consequente fixação do trabalhador no
c) Mata de cocais, nas proximidades de Minaçu até o estado
campo.
de Tocantins.
b) a implementação do Plano de Metas dos governos
d) Mata Atlântica, no sul goiano próximo à divisa com Minas
militares que previa a industrialização do oeste do Brasil
Gerais.
para interiorizar a população.
56) Agente/UEG/2013
c) a modernização da agricultura através da mecanização
Observe o gráfico a seguir.
do campo, constituindo uma fonte permanente de recursos
Brasil e Goiás – Crescimento da indústria de
e atraindo a população para o interior do país.
transformação (1995=100) – 1995/2011*
d) a implantação da Marcha para o Oeste, visando à
ocupação do interior, que resultou na construção de Brasília
e da BR-153.
58) Delegado/UEG/2013
“Foi a única tomada do poder pela força, por um
grupo político estadual, em todo o período
republicano.”

35
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
CAMPOS, Itami. O coronelismo em Goiás. Goiânia: 19. B
Editora Vieira, 2003. p. 89. 20. B
A citação refere-se à deposição de um administrador 21. C
político de Goiás por meio do uso da força, formada 22. A
basicamente por grupos goianos autóctones. Esse 23. B
acontecimento foi a 24. A
25. A
a) Revolução de 1909, quando os membros da chamada
26. D
Legião Rubra derrotaram o grupo político xavierista.
27. B
b) Crise das Constituições, quando Braz Abrantes, por meio
28. B
de um golpe militar, assumiu a presidência do estado em 29. D
1892. 30. C
c) Revolução de 1930, quando a Coluna Arthur Bernardes 31. B
depôs o tradicional grupo político caiadista do poder. 32. A
d) “Revolução de 1964”, quando Mauro Borges foi deposto 33. A
do poder e substituído pelo interventor Meira Matos. 34. B
59) Delegado/UEG/2013 35. C
“Aqui nos desconfiamos de todo, persuadidos que o 36. B
Anhanguera nos queria acabar no meio daqueles 37. D
matos.” 38. D
BRAGA, J. P. Memórias goianas - a bandeira do 39. B
Anhanguera a Goyaz, em 1722. Goiânia: Editora da 40. A
UCG, 1982. p. 13. 41. A
42. A
O texto citado refere-se ao conflito entre o português
43. A
alferes Silva e Braga e o paulista Bartolomeu Bueno
44. E
da Silva, durante a Bandeira que foi o prenúncio da
45. A
exploração sistemática da mineração aurífera da 46. B
chamada Minas do Goyazes. Esse conflito expressava 47. D
uma desconfiança mútua que fora alimentada 48. C
a) pelas escaramuças entre paulistas e portugueses pela 49. D
posse das minas na Guerra dos Emboabas. 50. A
b) pela recusa dos portugueses em permitir que os 51. C
bandeirantes paulistas escravizassem indígenas. 52. A
c) pela vontade dos portugueses de retirar as minas 53. B
descobertas da tutela administrativa dos paulistas. 54. A
d) pelas disputas religiosas entre paulistas e jesuítas 55. A
referentes ao concubinato com mulheres indígenas. 56. C
60) Delegado/UEG/2013 57. D
“No quadro de dificuldades econômicas, 58. A
59. A
característico do século XIX em Goiás, a pecuária
60. D
destacou-se como única atividade de caráter
eminentemente comercial, sendo a lavoura voltada LISTA III
para a subsistência dos próprios plantadores, sendo o PH
pouco excedente comercializado nos arraiais locais.” Exercícios Geo-Historia
ASSIS, Wilson Rocha. Estudos de História de Goiás. 01) Ufg/2016 - A matriz energética do Brasil é
Goiânia: Editora Vieira, 2005, p. 67. considerada uma das mais limpas entre as grandes
O caráter comercial da pecuária, explicitado na economias do mundo. Esse fato ocorre porque ela é
citação, no contexto da economia goiana da primeira formada preponderantemente pela geração de energia
metade do século XIX, deveu-se fundamentalmente à de fontes
a) industrialização do charque que disputou mercados com (A) hidráulicas.
a produção sulista. (B) eólicas.
b) excelente qualidade do gado zebu, que substituiu o
(C) nucleares.
improdutivo gado curraleiro.
(D) fósseis.
c) exportação de queijo por meio de tropeiros para Rio de
Janeiro e São Paulo. 02) ufg/2016 Na história recente do Brasil, os
d) possibilidade de o gado se autotransportar, alcançando, principais conflitos urbanos têm sido aqueles
assim, lugares distantes. relacionados à luta por territórios entre traficantes de
GABARITO LISTA II
drogas, principalmente nas grandes capitais.
1. FVFVVF
2. C Uma característica marcante dos espaços em que esse
3. B conflito é mais comum é a
4. C (A) existência de áreas residenciais ricas.
5. D (B) presença de centros comerciais bem consolidados.
6. B (C) ausência de prestadores de serviços privados.
7. C (D) inexistência de serviços públicos.
8. D
9. B 03) ufg/2016 “Coleta seletiva” é uma expressão que
10. A ficou conhecida recentemente em função da
11. D necessidade de destinação adequada do lixo que é
12. D
produzido na sociedade. Esse processo envolve,
13. B
14. D necessariamente, a separação do lixo de acordo com o
15. C (A) destino, entre lixões, aterros e usinas.
16. A (B) volume, entre grandes, médios e pequenos.
17. C (C) peso, entre leves, medianos e pesados.
18. C (D) tipo, entre recicláveis, rejeitos e orgânicos.

36
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
(B) Grande.
04) ufg/2016 Na regionalização oficial adotada pelo (C) Tocantins.
IBGE, o estado de Goiás está inserido na região (D) Negro.
(A) Norte.
(B) Sudeste. 11) ufg/2016 A construção de grandes hidrelétricas no
(C) Centro-Oeste. Brasil tem sido amplamente questionada. O principal
(D) Sul. argumento dos críticos a esse tipo de matriz energética
é que estas
05) ufg/2016 Dados da Pesquisa Nacional de (A) apresentam incompatibilidade com os recursos
Amostras por Domicílio (PNAD), do IBGE, de 2014, naturais do Brasil.
mostram que Goiás é o terceiro estado com maior (B) causam grandes impactos ambientais para sua
número de imigrantes do país. A principal origem desse implementação.
fluxo é o estado (C) são altamente poluentes durante seu
(A) do Maranhão. funcionamento.
(B) de Minas Gerais. (D) apresentam baixa relação custo benefício.
(C) do Pará.
(D) de São Paulo. Leia o texto a seguir para responder às questões
06) ufg/2016 As cidades goianas têm origens 12, 13 e 14.
diversas. Contudo, as mais antigas delas possuem uma A área ocupada pela comunidade Kalunga foi
história ligada diretamente à produção reconhecida pelo Governo do Estado de Goiás, desde
(A) aurífera. 1991, como sítio histórico que abriga o Patrimônio
(B) agrícola. Cultural Kalunga. Com mais de 230 mil hectares de
(C) pecuária. Cerrado protegido, abriga cerca de quatro mil pessoas
(D) industrial. em um território que se estende pelos municípios de
Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás.
07) ufg/2016 O Brasil tem vivido uma epidemia de Disponível em:
dengue nos últimos anos, e o estado de Goiás se <http://www.goias.gov.br/paginas/conheca-
destaca como um dos que possui maior número de goias/povogoiano/quilombolas>. Acesso em: 21 set.
casos registrados da doença. A época de maior 2015.
incidência da dengue em Goiás tem sido na transição
12) ufg/2016 - A criação do Sítio Histórico e
entre
Patrimônio Cultural Kalunga teve como objetivo
(A) primavera e verão, em função das altas
(A) implantar o turismo na localidade.
temperaturas.
(B) preservar as tradições quilombolas.
(B) inverno e primavera, quando há baixa umidade do
(C) isolar os habitantes da comunidade.
ar.
(D) explorar os recursos naturais da região.
(C) outono e inverno, quando há baixas temperaturas.
(D) verão e outono, por causa do volume de chuvas. 13) ufg/2016 - Em que região do Estado de Goiás fica
localizado o Sítio Histórico e Patrimônio Cultural
08) ufg/2016 Goiânia foi uma cidade planejada no
Kalunga?
início do século XX.
(A) Sul.
Entretanto, seu crescimento resultou nos mesmos
(B) Centro.
problemas de outras cidades brasileiras, mais antigas e
(C) Sudeste.
maiores.
(D) Nordeste.
Em relação ao transporte público, um problema
14) ufg/2016 - A comunidade quilombola do Sítio
verificado é a
Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga é formada
(A) ausência de integração entre as linhas de ônibus.
principalmente por descendentes de
(B) inexistência de linhas de metrô ou trens urbanos.
(A) índios que buscaram se proteger das perseguições
(C) priorização do uso de vans em detrimento dos
dos bandeirantes.
ônibus.
(B) povos ribeirinhos que foram expulsos de suas terras
(D) preferência do transporte coletivo em relação ao
pelos colonizadores.
particular.
(C) sertanejos que se isolaram diante do aumento da
09) ufg/2016 O agronegócio é um dos pontos fortes migração para a região.
da economia goiana. (D) escravos africanos que fugiram do trabalho forçado
Ele compreende uma cadeia produtiva que envolve nas minas de ouro e nas fazendas.
diversos setores da economia, cuja origem está nos 15) ufg/2016 - Quem primeiro desbravou a região de
produtos do Santa Cruz, em 1722, em busca de ouro e encontrou
setor diversas fontes termais no local que, mais tarde,
(A) primário. recebeu o nome de Ribeirão das Águas Quentes foi o
(B) secundário. bandeirante
(C) terciário. (A) Antônio Coelho de Siqueira.
(D) quaternário. (B) Bartolomeu Bueno Filho.
(C) Bento de Godoy.
10) ufg/2016 O Cerrado é o maior bioma presente no
(D) Victor Ozeda Alla.
território goiano.
Além de sua importância ecológica, a área desse bioma 16) ufg/2016 - A economia do estado de Goiás é
é estratégica para o fornecimento de águas a algumas bastante diversificada.
das Além do turismo nas estâncias hidrotermais de Caldas
principais bacias hidrográficas brasileiras, como a bacia Novas e Rio Quente, o estado conta também, dentre
do rio outros
(A) Uruguai.

37
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
recursos econômicos, com o turismo ecológico, o (A) o aquecimento global, evidenciado pela elevação das
turismo histórico, a indústria farmacêutica e a extração temperaturas médias em todo o Planeta.
de amianto. (B) a ação das massas de ar, evidenciada pela presença
As cidades que se destacam nacionalmente nessas de centros de alta pressão.
outras economias citadas são, respectivamente, (C) o fenômeno do El Niño, evidenciado pelo
(A) Alto Paraíso, Cidade de Goiás, Anápolis, Minaçu. aquecimento das águas do Oceano Pacífico.
(B) Silvânia, Mossâmedes, Aparecida de Goiânia, (D) a barreira orográfica, evidenciada pela retenção das
Niquelândia. chuvas nas áreas elevadas do Sudeste.
(C) Trindade, Corumbaíba, Goiânia, Barro Alto.
(D) Morrinhos, Itumbiara, Goiânia, Catalão. 23) ufg/2016 - A bacia hidrográfica do rio Paranaíba,
que compõe a bacia Platina, é considerada a principal
17) ufg/2016 - Grande parte do relevo do estado de bacia hidrográfica de Goiás, quando observado o critério
Goiás apresenta altitude que varia entre 300 e 700 m. (A) ambiental, já que ela apresenta a maior diversidade
Esse relevo é do tipo: florística e faunística do território goiano.
(A) depressão. (B) turístico, já que nela se concentra a maior parte das
(B) planície. praias fluviais que se formam no período da estiagem.
(C) planalto. (C) ecológico, pois nela estão localizados os maiores
(D) serra. remanescentes de Cerrado do território goiano.
18) ufg/2016 - Dentre os diversos problemas (D) econômico, pois ela responde pela maior parte do
ambientais encontrados no estado de Goiás, destaca-se, abastecimento de água da população do estado.
na atualidade,
(A) a poluição atmosférica, nas pequenas cidades, 24) ufg/2016 - A densidade rodoviária na parte
causada pela expansão da indústria, em especial a meridional do território goiano pode ser explicada pela
automobilística. alta demanda por transporte de carga. Dentre as
(B) a seca do rio Tocantins causada pela expansão da rodovias, podem-se citar a BR-060, a BR-364 e a BR-
ocupação humana, em especial em alta temporada 153, as quais cortam, respectivamente, os municípios
turística. de
(C) as enchentes do rio Corumbá causadas pela (A) Niquelândia, Jussara e Goianésia.
expansão das usinas, em especial as de açúcar e álcool. (B) Iporá, Uruana e Águas Lindas.
(D) a perda da biodiversidade nativa do Cerrado (C) Itaberaí, Pirenópolis e Formosa.
causada pelo desmatamento para a expansão agrícola, (D) Goiânia, Rio Verde e Itumbiara.
em especial para o plantio de soja.
25) ufg/2016 No Brasil, uma das limitações para
19) ufg/2016 - No Estado de Goiás, está presente a utilização da energia eólica como matriz energética é
savana brasileira, conhecida como Cerrado, um dos (A) o baixo rendimento do processo.
biomas brasileiros bastante ameaçado pela sua (B) o alto custo financeiro para implementação.
biodiversidade. Uma das ameaças deste bioma deve-se (C) o alto impacto ambiental gerado no seu
(A) ao clima bem definido, com uma estação chuvosa e funcionamento.
outra seca. (D) a incompatibilidade com as condições climáticas
(B) aos solos muito profundos e com poucos nutrientes. brasileiras.
(C) às árvores com folhas grandes e rígidas.
(D) às atividades de agricultura e pecuária. 26) ufg/2016 No ano de 2012, o Governo Federal
nomeou um grupo de juristas e professores para
20) ufg/2016 - Dentre as redes de transportes, a
integrar a chamada Comissão da Verdade, cujo principal
antiga Estrada de Ferro Goiás desempenhou importante
objetivo é
papel no processo de formação do sudeste goiano,
(A) apurar as violações de Direitos Humanos ocorridas
estabelecendo a interligação direta entre Goiás e os
desde 1946 até 1988.
estados brasileiros da região
(B) realizar estudos sobre redução da maioridade penal.
(A) Nordeste.
(C) investigar crimes políticos cometidos por
(B) Norte.
estrangeiros residentes no Brasil.
(C) Sudeste.
(D) verificar denúncias de corrupção em empresas
(D) Sul.
estatais.
21) ufg/2016 - A transferência da capital para
27) CELG/UFG/2014 - Em Goiás, a Revolução de
Goiânia, na década de 1930, representou a entrada de
1930 foi uma revolução importada, sem raízes próprias
Goiás no contexto da política do presidente Getúlio
na região. Apesar disso, ela teve uma significação
Vargas, conhecida como Marcha para Oeste. Pedro
profunda, marcando uma nova etapa na história do
Ludovico Teixeira, naquela
estado. Entre os legados mais imediatos da Revolução
ocasião, nomeou uma comissão para escolha do local
de 1930, em Goiás, destaca-se
onde se constituiria a futura capital. O encarregado da
(A) a construção de Goiânia e a mudança da capital,
elaboração do projeto e plano urbanístico da nova
como marco inicial dessa nova etapa, símbolo do
capital foi
progresso e do desenvolvimento do estado.
(A) Attílio Corrêa Lima.
(B) o avanço na democratização do poder no estado,
(B) Mauro Borges Teixeira.
cujo exercício contou com ampla e efetiva participação
(C) Brasil Di Ramos Caiado.
popular e eleições livres e diretas.
(D) Pedro Coimbra.
(C) o impulso no processo de crescimento econômico
22) ufg/2016 - A umidade atmosférica muito baixa em todo o estado, com o predomínio dos setores
durante o período de inverno é uma característica industriais e de serviços sobre o setor rural.
climática do estado de Goiás. A ocorrência desse (D) a harmonização das relações entre os poderes
fenômeno tem a ver com Executivo, Legislativo e Judiciário, o que resultou no
fortalecimento e na autonomia desses poderes.

38
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
(E) o fim da dependência do estado em relação ao provoca alterações nas características climáticas de
governo federal, o que abriu caminho para uma exitosa Goiás. O tipo climático predominante na região e um
política de desenvolvimento por vias próprias exemplo de alteração provocada pela ocorrência do El
Niño são, respectivamente:
28) ufg/2016 A formação territorial do norte goiano (A) tropical semiárido e ausência da estação seca;
está estreitamente relacionada à construção de uma (B) tropical úmido e aumento da intensidade da
importante rodovia. Ela deu origem a municípios radiação solar;
goianos, como São Luiz do Norte, Campinorte e Estrela (C) subtropical úmido e expansão da estação chuvosa;
do Norte. No período de sua construção ficou (D) tropical semiúmido e ocorrência de chuvas acima da
popularmente conhecida por média;
(A) Transamazônica. (E) equatorial e estação seca prolongada.
(B) Belém-Brasília.
(C) Transbrasília. 32) UFG / 2014 No Brasil, o combate à dengue tem
(D) Brasília-BH. sido motivo de grande preocupação para os governos
federal, estadual e municipal. Uma medida que pode ser
29) CELG/UFG/2014 - No processo de construção de adotada, para auxiliar a redução da contaminação da
Goiânia, a partir da década de 1930, algumas de suas população pelo mosquito Aedes aegyptis e que não
principais edificações – como, por exemplo, o Cine agrida o meio ambiente, consiste em
Teatro Goiânia e a Estação Ferroviária – foram erguidas (A) aplicar inseticidas nas ruas dos municípios mais
seguindo um estilo arquitetônico característico, atingidos.
denominado (B) eliminar, nos municípios, os focos criadouros do
(A) clássico. mosquito transmissor.
(B) art déco. (C) aplicar inseticidas em cômodos das residências onde
(C) barroco. se detectou a presença do mosquito.
(D) art nouveau. (D) isolar, em leitos hospitalares, os pacientes
(E) colonial. acometidos pela doença.
30) TJ/FGV/2014 - “ (...) territórios de mineração 33) TJ/FGV/2014 - A redução do número total de
deveriam dedicar-se quase exclusivamente à produção pessoas ocupadas em estabelecimentos agropecuários
de ouro, não desviando esforços na produção de outros em Goiás a partir da década de 1980 está associada à:
bens que poderiam ser importados das demais (A) a decadência da atividade agrícola no período, em
capitanias.” (CHAIM, M. M. Sociedade Colonial. Goiás – função da crise econômica que assolou todo o país na
1749-1822. Goiânia: Secretaria de Cultura, 1987) O década de 1990;
fragmento do texto acima retrata a realidade da (B) expansão das atividades rurais baseada
sociedade mineradora de Goiás durante o século XVIII. principalmente no turismo, que emprega pequena
Em relação às consequências geradas pela produção quantidade de mão de obra;
aurífera em Goiás durante o período colonial, podemos (C) expansão da fronteira agrícola na região amazônica,
destacar: que atraiu muitos migrantes oriundos de Goiás;
(A) o desenvolvimento interno de Goiás que acabou (D) expansão do processo de modernização agrícola,
gerando a modernização da região, através da criação que emprega menor quantidade de mão de obra;
de manufaturas visando o abastecimento das outras (E) substituição gradual das relações de trabalho
regiões do Brasil colonial; baseadas no arrendamento pela utilização do sistema de
(B) o aumento da população da região, principalmente parceria.
após a decadência da atividade mineradora, a partir da
segunda metade do século XVIII; 34) TJ/FGV/2014 - “Após cerca de 25 anos de espera,
(C) a dificuldade no desenvolvimento da economia da o trecho de 855 km da Ferrovia Norte-Sul, que liga
região, em razão de o ouro extraído ter sido exportado Palmas (TO) a Anápolis, a 55 km de Goiânia, foi
para a Europa, sem promover o crescimento interno de inaugurado na manhã desta quinta-feira (22)”.
Goiás; (www.g1.globo.com, 22/05/2014). Quando estiver
(D) o desenvolvimento de novas atividades, concluída, serão 3500 quilômetros de trilhos da Ferrovia
complementares à mineradora, em Goiás, como a Norte-Sul, que é um importante eixo ferroviário criado
produção de cana-de-açúcar em pequenas e médias para:
propriedades, baseadas no trabalho escravo; (A) ampliar as possibilidades de transporte de
(E) a longevidade da produção aurífera da região de passageiros entre a Região Centro-Oeste e Sudeste;
Goiás, permitindo consolidação do comércio interno da (B) facilitar a exportação da produção de etanol do
província, sobretudo, com a intensa comercialização da Centro-Oeste para o exterior, através do porto de
mão de obra escrava. Recife;
(C) ampliar a capacidade de escoamento dos
31) TJ/FGV/2014 - “O fenômeno climático El Niño,
automóveis produzidos em Goiás para os principais
que deverá atingir o Brasil com intensidade fraca a
centros consumidores da região Norte do país;
moderada nos próximos meses, provavelmente
(D) promover a integração ferroviária entre as
favorecerá o desenvolvimento da nova safra de soja e
indústrias automobilísticas de Goiás e a região
milho no País (...). “O clima para essa safra 2014/15
mineradora localizada no quadrilátero ferrífero em Minas
está bastante favorável, tanto para o Centro-Oeste
Gerais;
como o Sul, e também para o Sudeste, embora esta
(E) reduzir o custo de transporte das mercadorias
região tenha um foco em outras culturas (cana e café,
produzidas no Brasil, ampliando acesso e
por exemplo)”, disse o meteorologista Alexandre
competitividade no mercado externo.
Nascimento, da Climatempo.” (Adaptado de “El Niño
aquece soja”, disponível em 35) TJ/FGV/2014 - O cerrado contém extensas áreas
http://www.dm.com.br/texto/187954, acesso em 21 de em condições geoambientais favoráveis à agricultura
agosto de 2014). A ocorrência do fenômeno El Niño intensiva e à pecuária, sendo esta historicamente
39
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
extensiva e dominante espacialmente. Nos anos 60 e 70 encontra atualmente o Palácio das Esmeraldas, na Praça
do século passado, por essa e outras razões de natureza Cívica. O local foi determinado pelo urbanista Atílio
geopolítica, o cerrado foi alvo de expansão da nova Corrêia Lima. Diversas caravanas chegaram do interior
fronteira agrícola, baseada na modernização da do Estado para prestigiar o evento. Houve a missa
agricultura (...) (GOMES, H. e TEIXEIRA NETO, A. solene, realizada pelo padre Agostinho Foster e
Geografia Goiás-Tocantins. Goiânia: UFG, celebrada com acompanhamento do coro de Santa
1993.) Entre as condições geoambientais do cerrado Clara, colégio. Após a missa, foi iniciada a roçagem do
que favoreceram a expansão da fronteira agrícola, lugar e, naquele momento, num vibrante discurso,
destaca-se: Pedro Ludovico enfatizou: prevejo que, dentro de cinco
(A) a presença do solo de terra roxa, cuja baixa aptidão anos, grande porção desta área destinada à futura
agrícola foi superada pelo uso de corretivos, que cidade estará coberta de luxuosas e alegres vivendas.”
viabilizaram o plantio de grãos; Disponível em:
(B) o clima tropical estacional quente e semiárido que http://www.goiania.go.gov.br/shtml/seplam/anuario201
predomina na região, no qual a baixa precipitação 2/_html/ historico.html. Acesso em: 14/12/2013. De
favorece o cultivo de cana; acordo com a temática apontada no texto, assinale a
(C) a extensa presença de solos hidromórficos que, ao alternativa correta:
facilitarem o manejo e a mecanização, favoreceram a (a) A construção de Goiânia tinha o objetivo de
expansão da agricultura moderna; substituir a capital federal durante o Governo de Getúlio
(D) a vegetação característica, de floresta latifoliada Vargas.
densa, que é responsável pela fertilidade do solo (b) O desenvolvimento da cidade objetivava a extração
através da formação da serapilheira; de ouro na região.
(E) a predominância de latossolos que, apesar da baixa (c) A cidade foi o maior exemplo do desenvolvimento
fertilidade, com a aplicação de corretivos e fertilizantes, empreendido por Pedro Ludovico no plano estadual e
apresentam boa capacidade de produção. Juscelino Kubistchek no federal.
36) TJ/FGV/2014 – (d) A construção da cidade fazia parte de um sonho
antigo dos goianos: ter uma capital para o estado.
(e) A construção de Goiânia estava relacionada à
marcha para o oeste.

38) - “Escrevendo a primeira História do Brasil, em


1627, Frei Vicente do Salvador lamentava o caráter
predatório da colonização e o fato de que os
portugueses tinham sido até então incapazes de povoar
o interior da nova terra, ‘arranhando as costas como
caranguejos’.” FAUSTO, Boris. História do Brasil. São
Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1996.
Durante os século XVII e XVIII, novos processos históri-
cos mudaram a situação demonstrada no trecho acima.
Nesse sentido, o início da história dos colonizadores por-
tugueses em Goiás está intimamente ligada:
(a) À extração de látex no sudoeste goiano.
(Fonte: www.seplan.go.gov.br) O Projeto Plataforma (b) À ação dos bandeirantes.
Logística Multimodal de Goiás constitui uma rede de (c) Ao crescimento produtivo da cana de açúcar no
facilidades com o objetivo de promover, com maior litoral nordestino.
agilidade, eficiência e menor custo, a movimentação de (d) À aliança entre indígenas, africanos e portugueses.
materiais, produtos e a prestação de serviços (e) À fundação das cidades mais antigas da região: Vila
relacionados com seus objetivos. Com relação ao Boa e Anápolis.
projeto, analise as afirmativas a seguir:
I – A Plataforma Logística Multimodal de Goiás está 39) - Com relação aos aspectos físicos do território
localizada em uma das principais cidades industriais e goiano: vegetação, hidrografia, clima e relevo, assinale
importante centro logístico do Centro-Oeste brasileiro. a alternativa incorreta.
II – A interligação dos modais aeroviário, rodoviário e (a) A hidrografia do estado de Goiás contribui no
ferroviário vai permitir um sistema de distribuição tanto abastecimento de três importantes bacias hidrográficas
rápido quanto eficiente de mercadorias para os mais brasileiras: Araguaia/Tocantins, Paraná e São Francisco.
diversos centros. (b) Árvores e arbustos de galhos tortuosos, cascas
III – A localização da plataforma na cidade de Anápolis grossas e raízes profundas são características do bioma
é favorecida pela presença de mão de obra qualificada, Cerrado.
em função de ser o maior centro universitário do estado (c) Localizado no planalto central, o estado de Goiás
de Goiás. possui uma variação de relevo com a ocorrência de
Assinale se: chapadas, depressões e vales.
(A) somente I estiver correta; (d) Durante o inverno as médias térmicas tendem a
(B) somente II estiver correta; diminuir no estado de Goiás, devido entre outros fatores
(C) somente III estiver correta; ao avanço da massa polar atlântica.
(D) somente I e II estiverem corretas; (e) O clima predominante no estado de Goiás é o
(E) I, II e III estiverem corretas. Tropical Úmido, com duas estações bem definidas:
verão (quente e seco) e inverno (frio e úmido).
37) “A pedra fundamental da cidade de Goiânia foi
40) Def. Pub/UFG/2014 – A construção de Goiânia, a
lançada em 24 de outubro de 1933 por Pedro Ludovico
partir de 1933, transformou o espaço urbano do
Teixeira, como homenagem aos 3 anos do início da
município de Campinas. Nessa construção, a cidade de
Revolução de 1930, em pleno altiplano, onde se
Campinas
40
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
(A) passou por um processo de planejamento e a) Bartolomeu Bueno da Silva, sertanista protetor dos
reestruturação urbanística associado a tendência de índios, foi o primeiro branco a chegar a Goiás.
verticalização da nova capital. b) Goiás ainda pode ser chamado de a Terra dos
(B) apresentou um alto crescimento demográfico em Carajás, tendo em vista a alta representatividade dos
consequência da chegada de trabalhadores para a indígenas na demografia goiana.
construção da nova capital. c) A busca de riquezas minerais estimulou os
(C) foi escolhida para sediar a nova capital em virtude bandeirantes paulistas a ocuparem o Centro-Oeste
do potencial econômico do município que era atendido brasileiro.
pela Estrada de Ferro Goiás. d) Pode-se afirmar que a Igreja Católica e a Coroa
(D) preservou a autonomia municipal frente à criação da Portuguesa apoiaram as guerras de extermínio movidas
nova capital por meio do redimensionamento do contra os indígenas em Goiás.
território sob sua administração. 46) ufg/2015 - Muitas cidades goianas sofreram troca
(E) tornou-se um centro de atração religiosa em de nome. Qual das cidades abaixo não teve o seu nome
decorrência da chegada e ao estabelecimento da missão alterado?
redentorista na região. a) Cidade de Goiás
b) Pirenópolis
41) MP-GO – Ação que combina historia, cultura, meio c) Anápolis
ambiente e cidadania A Cidade de Goiás transforma-se, d) Goiânia
a cada um dos eventos, em um grande palco. Criado em
1999, como marco de um novo momento da cultura em 47) ufg/2015 - Goiás faz limite com os seguintes
Goiás, sob a coordenação geral do cineasta João Batista estados:
de Andrade. a) Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Bahia e
O evento destacado no texto é o Minas Gerais.
(A) Festival Internacional de Meio Ambiente e b) Mato Grosso do Sul, São Paulo, Tocantins, Maranhão
Cinema(FIMAC). e Piauí.
(B) Festival Nacional de Contos e Poemas da Cidade de c) Piauí, Minas Gerais, Pará, Tocantins e Mato Grosso.
Goiás(FNCPCG). d) Pará, Bahia, Tocantins, Minas Gerais e São Paulo.
(C) Festival Internacional de Cinema e Literatura da 48) ufg/2015 - Goiás tem uma rica tradição cultural,
Cidade de Goiás(FICL). sobretudo a relacionada à crença religiosa afro-
(D) Festival Regional de Artes, Cinema e Literatura americana. É exemplo desse tipo de manifestação:
Goiana(FRACLG). a) as folias de reis.
(E) Festival Internacional de Cinema e Vídeo b) a romaria de Trindade.
Ambiental(FICA). c) a procissão do fogaréu.
d) as congadas no município de Catalão.
42) MP-GO – Atualmente, a segunda cidade mais
importante de Goiás, considerada o berço da 49) ufg/2015 - O maior aeroporto de cargas do
industrialização do estado, é o centro logístico do Centro-Oeste está sendo construído em Goiás, na
Centro-Oeste brasileiro. Com base na informação acima, cidade de
assinale a alternativa que apresenta o nome da cidade a) Aparecida de Goiânia
descrita. b) Anápolis
(A) Caldas Novas. c) Rio Verde
(B) Itumbiara. d) Itumbiara
(C) Anápolis.
(D) Goiânia. 50) ufg/2015 - Cachoeira Dourada foi a primeira
(E) Catalão. grande usina hidrelétrica construída no estado de Goiás,
e está localizada no rio
43) TJ/UFG – O processo de surgimento das cidades
a) Paranaíba
brasileiras pode ser interpretado, historicamente, a
b) Tocantins
partir da compreensão das diferentes atividades
c) Araguaia
econômicas desenvolvidas no país. Considerando-se o
d) Corumbá
período áureo da mineração, o padrão geográfico de
51) ufg/2015
criação das cidades destaca
(A) as áreas do interior, Minas Gerais, Mato Grosso e
Goiás.
(B) as áreas do sertão nordestino, favorecida pelo ciclo
da pecuária.
(C) a área da bacia amazônica, favorecida pelas
possibilidades de transporte fluvial.
(D) a linha costeira, com a fundação de cidades
fortificadas.

44) TJ/UFG – A região Centro-Oeste é conhecida por


abrigar capitais planejadas para exercerem funções
políticas e administrativas. Entre essas capitais, estão
(A) Curitiba e Porto Alegre.
(B) Belo Horizonte e Cuiabá.
(C) Goiânia e Brasília.
(D) Campo Grande e Palmas. Disponível em: <http://
45) Sobre o povoamento branco de Goiás no século www.vilaboadegoias.com.br/image_factory/fogareu.htm
XVIII, é correto afirmar: >. Acesso em: 13 mar. 2015.

41
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
A imagem apresentada faz referência a uma das mais o interventor de Goiás, Pedro Ludovico Teixeira, nomeou
tradicionais manifestações culturais do estado de Goiás: uma comissão para realizar estudos para escolha do
a) as Cavalhadas, realizadas na Semana Santa, na local onde seria construída a futura capital. Além de
cidade de Pirenópolis. Campinas (atual bairro de Goiânia), outras três
b) a Procissão do Fogaréu, realizada na Semana Santa, localidades escolhidas para realização do estudo foram:
na Cidade de Goiás. (A) Paraúna, Santa Luzia (atual Luziânia) e Meia Ponte
c) as Cavalhadas, realizadas no dia de Corpus Christie, (atual Pirenópolis).
na cidade de Pirenópolis. (B) Bela Vista de Goiás, Goiabeira (atual Inhumas) e
d) a Procissão do Fogaréu, realizada no dia de Corpus Curralinho (atual Itaberaí).
Christie, na Cidade de Goiás. (C) Pires do Rio, Bonfim (atual Silvânia) e Ubatam
(atual município de Orizona).
52) ufg/Alego/15 - Além de possibilitar a circulação
(D) Ipameri, Pouso Alto (atual Piracanjuba) e Caraíba
de bens e produtos, as redes de transportes são meios
(atual município de Vianópolis).
elementares para as relações entre diferentes regiões. A
Estrada de Ferro Goiás, inaugurada no início do século
57) UFG/AUDITOR/2016 A Região Metropolitana de
XX, interligou o território goiano ao Sudeste brasileiro, a
Goiânia foi criada em 30 de dezembro pela Lei
partir da seguinte cidade mineira:
Complementar Estadual de número 27. A Lei
(A) Monte Carmelo.
Complementar de número 78, aprovada em 25 de
(B) Araguari.
março de 2010, incluiu outros seis municípios, dentre os
(C) Tupaciguara.
quais, de acordo com o censo demográfico de 2010 do
(D) Divinópolis.
IBGE, três possuem os menores quantitativos
53) ufg/Alego/15 - O zoneamento foi uma das populacionais dessa Região Metropolitana. São eles:
características marcantes do primeiro Plano Diretor da (A) Santo Antônio de Goiás, Nova Veneza e Guapó.
cidade de Goiânia. A divisão em áreas administrativa, (B) Bonfinópolis, Aragoiânia e Terezópolis de Goiás.
industrial, residencial, comercial e rural era tida como (C) Abadia de Goiás, Goianira e Goianápolis.
uma das inovações do urbanismo moderno. A antiga (D) Brazabrantes, Caldazinha e Caturaí.
área industrial localizase na região
(A) norte da cidade, em virtude da futura instalação da 58) UFG/EDU/2016 Recentemente, algumas rodovias
Estrada de Ferro. federais que cortam o estado de Goiás passaram pelo
(B) sul da cidade, em função da presença de água. processo de concessão, que envolve a transferência de
(C) oeste da cidade, em virtude do direcionamento dos responsabilidade, da administração pública para uma
ventos. organização privada, da gestão sobre a infraestrutura
(D) leste da cidade, em virtude da presença de rede de rodoviária, por determinado tempo. Nas rodovias
estradas concedidas, os motoristas devem pagar taxas para a
54) ufg/Alego/15 - Goiás é filho do ouro que circulação. Porém, existe uma exceção, que prevê
produziu, além de novos territórios, um deslocamento isenção do pagamento das tarifas do pedágio para
de migrantes que saíam do todos os cantos em busca (A) motoristas que moram e trabalham em cidades que
do reluzente metal. Sobre as mudanças na economia e ficam entre os pontos de cobrança.
na sociedade colonial, resultantes da mineração, é (B) veículos registrados em nome de idosos e/ou
CORRETO afirmar: aposentados.
a) A criação da Capitania de Goiás foi acompanhada (C) motoristas que apresentarem ausência de pontos na
pela criação de uma estrutura administrativa autônoma Carteira Nacional de Habilitação.
e descentralizada, seguindo as diretrizes do sistema (D) veículos oficiais utilizados pelo poder público ou que
colonial português. pertençam ao corpo diplomático.
b) Em Goiás, a procura de ouro se estendeu sobre todo
território, reduzindo as demais atividades a um nível 59) UFG/EDU/2016 Nos últimos anos, muitas
secundário, acarretando carências profundas no infecções humanas, até pouco tempo desconhecidas,
abastecimento de alimentos para a região. passaram a ser descobertas, além de várias outras que
c) O grande deslocamento de migrantes para Goiás haviam sido controladas no passado terem ressurgido.
permitiu que o trabalho nas minas fosse realizado por Um exemplo de doença viral reemergente é:
homens livres pobres que se submetiam ao penoso (A) o tétano.
trabalho, enquanto em outras regiões fora reservado (B) a peste bubônica.
aos escravos. (C) a dengue.
d) À época da descoberta das jazidas auríferas, o (D) a tuberculose.
domínio político da região das minas era de São Paulo,
mas a violenta disputa entre os mineradores e os 60) UFG/EDU/2016 Causou polêmica a proposta
recente do governo estadual de Goiás de transferência
paulistas resultou na decisão da Corte portuguesa de
criar uma nova Capitania: Goiás. da gestão de escolas públicas para instituições
conhecidas como organizações sociais (OS). A OS é uma
55) UFG/AUDITOR/2016 Muitos municípios goianos entidade
têm origem relacionada ao período de garimpagem do (A) privada, sem fins lucrativos.
ouro em Goiás. São exemplos de município que têm (B) mista, com fins lucrativos.
essa origem os seguintes: (C) pública, sem fins lucrativos.
(A) Corumbá de Goiás e Crixás. (D) filantrópica, sem fins lucrativos.
(B) Niquelândia e Palmeiras de Goiás.
(C) Pilar de Goiás e São João da Paraúna. 61) UFG/EDU/2016 A segurança pública tem sido um
(D) São Luiz do Norte e Minaçu. dos pontos problemáticos no estado de Goiás nas
últimas décadas, especialmente em função do número
56) UFG/AUDITOR/2016 Na década de 1930, por de crimes violentos, como os homicídios.
meio do Decreto nº 2.737, de 20 de dezembro de 1932,
42
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
Dentre as 500 cidades mais violentas do Brasil no ano uma encenação de tradição cristã, relativamente comum
de 2012, conforme a lista publicada no Mapa da em diversas localidades do país, mas com suas
Violência (Waiselfisz, 2014), com base nos dados do peculiaridades e adaptações locais, cujo ritual
Sistema de Informações de Mortalidade, do Ministério simboliza:
da Saúde, aparecem cidades goianas como Luziânia (A) o martírio de Cristo no calvário, até a crucificação.
(15ª), Planaltina (75ª), Cocalzinho de Goiás (99ª), (B) a peregrinação de Cristo no deserto, até sua
Santo Antônio do Descoberto (108ª), Formosa (111ª), revelação.
Valparaíso de Goiás (115ª) e Águas Lindas de Goiás (C) a procura por Cristo em Jerusalém, até sua prisão.
(129ª). Uma característica geográfica que aglutina tais (D) a busca por Cristo na Galileia, até o seu nascimento.
cidades é o fato de que elas fazem parte da
(A) área limítrofe de Goiás com o estado de Mato 67) UFG/EDU/2016 A Região Metropolitana de
Grosso. Goiânia (RMG) é constituída por 20 municípios e
(B) região do entorno do Distrito Federal. apresenta uma população que supera os 2,4 milhões de
(C) região metropolitana de Goiânia. habitantes, de acordo com a estimativa da população
(D) área limítrofe de Goiás com Minas Gerais. feita pelo IBGE (2015). Contudo, além da capital,
apenas dois desses municípios da RMG apresentam
62) UFG/EDU/2016 A rede de transportes no estado população maior que 100 mil habitantes. São eles:
de Goiás é relativamente bem desenvolvida, embora (A) Aparecida de Goiânia e Trindade.
ainda apresente certos gargalos que dificultam a (B) Senador Canedo e Inhumas.
logística dos fluxos de mercadorias e pessoas. O modal (C) Anápolis e Luziânia.
com melhor integração, até o momento, é o (D) Nerópolis e Aragoiânia.
do transporte
(A) ferroviário. 68) UFG/EDU/2016 Uma polêmica foi gerada pela
(B) aeroviário. obra de construção da via para o BRT (Bus Rapid
(C) hidroviário. Transit) de Goiânia, em função da retirada de árvores
(D) rodoviário. adultas em algumas avenidas. Apesar disso, essa obra
tem grande importância para a capital, pelo fato de criar
63) UFG/EDU/2016 O Brasil é um dos principais um corredor rápido de ônibus interligando os extremos
produtores de alimentos do mundo. Em grande parte, de:
esse volume de produção está associado a (A) leste a oeste, do Terminal Padre Pelágio ao Terminal
monoculturas, cujos valores de mercado são negociados Novo Mundo.
em bolsas de valores, as chamadas commodities. (B) noroeste a sudeste, do Terminal do Dergo ao
Exemplos disso são as culturas de: Terminal Vila Brasília.
(A) arroz e feijão. (C) sudoeste a nordeste, do Terminal Bandeiras ao
(B) soja e milho. Terminal Praça da Bíblia.
(C) batata e mandioca. (D) norte a sul, do Terminal Recanto do Bosque ao
(D) hortaliças e verduras. Terminal Veiga Jardim.

64) UFG/EDU/2016 Até o século XVIII, o estado de 69) TJ/2016 - Com relação à notícia veiculada em
Goiás era habitado por diversas tribos indígenas, como agosto de 2016, no portal Diário de Goiás, leia o trecho
Kaiapós, Xavantes, Araés, Apinajés, Xacriabás, Avá- a baixo e, em seguida, assinale a alternativa que
Canoeiros, Goyá, Crixá, Akroá, entre outros. A ocupação preenche corretamente a lacuna:
do território pelos portugueses e brasileiros de outras O(A) ______________, conhecido(a)
regiões acabou por dizimar a maioria absoluta dessas internacionalmente e considerado(a) o(a) -
populações, a tal ponto que, atualmente, só restam em ____________ que possui o maior número de
Goiás três nações indígenas com reservas demarcadas. premiações da América Latina, é uma VITRINE para as
São elas: produções goianas. Neste ano, a edição que acontecerá
(A) Karajá, Tapuia e Avá-Canoeiro. entre os dias 23, 28 de agosto, possui quatro filmes
(B) Xavante, Kaiapó e Akroá. goianos entre os 22 selecionados.
(C) Araés, Goyá e Crixá. A) Festival Internacional de Cinema e Vídeo
(D) Apinajé, Javaés e Apiaká. Ambiental (FICA) / Festival
B) Festa do Cinema Goiano (FCG) / Festa
65) UFG/EDU/2016 A última alteração na C) Festival Nacional de Filmes Ambientalistas (FNFA)
regionalização oficial do Brasil, realizada pelo IBGE, foi / Festival
motivada pela criação do estado do Tocantins, D) Festa Cinematográfica de Goiás (FCG) / Festa
desmembrado do território de Goiás. Em função da
localização geográfica, de características 70) TJ/2016 - De acordo com o noticia veiculada em
socioeconômicas e fisiográficas, mas também por uma junho de 2016, no portal Diário de Goiás, a Secretaria
atuação política, Tocantins e Goiás passaram a fazer Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) confirmou o óbito
parte de duas regiões de um homem, de 27 anos, que morreu por transmissão
distintas, que são, respectivamente: silvestre de febre amarela. Segundo a SMS, o homem
(A) Centro-Oeste e Norte. vivia na região noroeste da capital, próximo à região
(B) Centro-Oeste e Nordeste. onde foi encontrado um macaco morto, em dezembro
(C) Norte e Centro-Oeste. de 2015, contaminado pela doença. Sabendo que
(D) Nordeste e Sudeste. Goiânia, a capital de Goiás, é a cidade mais populosa do
estado, marque V para verdade ou F para falso e, em
seguida, assinale a alternativa que apresenta a
66) UFG/EDU/2016 A Procissão do Fogaréu é uma sequência correta:
das manifestações folclóricas mais conhecidas do estado ( ) Sua extensão territorial é de, aproximadamente,
de Goiás e também uma das mais antigas. Trata-se de 730 quilômetros quadrados e possui, aproximadamente,
43
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
1.430.001 habitantes. 10) C
( ) Aparecida de Goiânia é uma cidade populosa do 11) B
estado de Goiás. 12) B
13) D
( ) Segundo dados do IBGE, aproximadamente 25%
14) D
da população de Goiás é composta por imigrantes, 15) B
vindos principalmente, dos estado de Minas Gerais, São 16) A
Paulo, Maranhão, Bahia, Piauí, como também do Distrito 17) C
Federal 18) D
A) F/V/F 19) D
B) F/F/V 20) C
C) V/F/V 21) A
22) B
D) V/V/V
23) D
24) D
71) PROC./2016 - O Poeto Seco Centro-Oeste ou 25) B
EADI – Estação Aduaneira Interior, se configura como 26) A
um terminal alfandegário com o objetivo de prestar 27) A
serviços na área de movimentação e armazenamento de 28) B
cargas ainda sob o controle aduaneiro. O Porto Seco 29) B
Centro-Oeste, localizado na cidade de Anápolis, foi 30) C
31) D
inaugurado na segunda metade do século XX, na
32) B
seguinte década: 33) D
A) 50 34) E
B) 60 35) E
C) 70 36) D
D) 80 37) E
E) 90 38) B
39) E
40) B
72) PROC./2016 - A história da formação da cidade
41) E
de Anápolis se confunde com a de, pelo menos, um 42) C
município próximo. Ainda no século XIX, a vila que 43) A
originaria a cidade de Anápolis se desmembrou de Meia 44) C
Ponte, atualmente é denominada: 45) C
A) Pirenópolis 46) D
B) Goiânia 47) A
C) Goiás 48) D
49) B
D) Brasília
50) A
E) Rio Verde 51) B
52) B
73) PROC./2016 - Anápolis possui uma localização 53) A
estratégica para o estado de Goiás. Localizada entre 54) B
Goiânia e Brasília, é caminho obrigatório em muitas 55) A
viagens estaduais. Entre as rodovias a seguir, assinale a 56) C
rodovia federal que permite a conexão entre Anápolis e 57) D
58) D
o Distrito Federal (Brasília).
59) C
A) BR 101 60) A
B) GO 139 61) B
C) BR 174 62) D
D) GO 437 63) B
E) BR 060 64) A
65) C
74) PROC./2016 - De acordo com a classificação do 66) C
67) A
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por
68) D
meio da Resolução da Presidência (PR) nº 11, de 05 de 69) A
junho de 1990, Goiás é dividido em 18 microrregiões. 70) D
Os municípios de Morrinhos, Rio Quente e Caldas Novas 71) E
estão localizados na Microrregião. 72) A
A) Sudoeste de Goiás 73) E
B) Encontro de Brasília 74) C
C) Meia ponte LISTA IV
D) Vão do Paranã PH
Exercícios Geo-Historia
GABARITO LISTA III
1) A Questão 01. O governo Mauro Borges (1960-1964)
2) D propôs como diretriz de ação um “Plano de
3) D
Desenvolvimento Econô- mico de Goiás” abrangendo as
4) C
5) B mais diversas áreas da economia estadual, tendo criado
6) A autarquias e entidades paraestatais. Quais das
7) D autarquias e paraestatais abaixo citadas foram criadas
8) B durante o Governo Mauro Borges?
9) A

44
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
I - IDAGO (Instituto de Desenvolvimento Agrário de b) pecuária de exportação.
Goiás). c) exploração de minérios.
II - IPASGO (Instituto de Assistência dos Servidores d) elevada densidade demográfica.
Públicos do Estado de Goiás).
III - OSEGO (Organização de Saúde do Estado de Questão 08 A região Centro-Oeste é composta pelas
Goiás). seguintes unidades federativas:
IV - CAIXEGO (Caixa Econômica do Estado de Goiás). a) Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e
V - IQUEGO (Indústria Química do Estado de Goiás). Goiás
Diante das opções acima, podemos considerar que: b) Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins
(a) Apenas a I e III estão corretas. c) Goiás, Tocantins, Distrito Federal e Mato Grosso
(b) As afirmativas II, III e IV estão corretas. d) Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e
(c) Apenas a alternativa V está correta. Tocantins
(d) Todas as opções estão corretas.
(e) Todas as opções estão incorretas. Questão 09 Um dos primeiros lugares ocupados pelos
colonizadores brancos em Goiás foi a região do Rio
Questão 02. O clima do Estado de Goiás pode ser Vermelho, onde se fundou o arraial de Santana, que
classificado, fundamentalmente como: depois passou a ser chamado de Vila Boa. O nome “Vila
(a) Temperado. Boa” deriva de;
(b) Equatorial. a) “bom selvagem”, referência à índole pacífica dos
(c) Tropical Úmido. índios goiazes.
(d) Subtropical. b) “boa morte”, nome da primeira igreja construída no
(e) Semiárido. lugar.
c) “boa lavra”, referência à grande quantidade de ouro
Questão 03. Em que ano foi fundada a cidade de encontrado na região.
Goiânia? d) “Bueno”, sobrenome do “Anhanguera”, o fundador do
(a) 1932. arraial.
(b) 1933.
(c) 1935. Questão 10 Apesar de escravizados, os negros
(d) 1937. deixaram fortes marcas folclórico-religiosas na cultura
(e) 1942. goiana como, por exemplo;
a) a Folia de Reis de Trindade.
Questão 04 A região metropolitana de Goiânia b) as Cavalhadas de Pirenópolis.
a) é composta, entre outros, pelos seguintes c) as Congadas de Catalão.
municípios: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade, d) a Procissão do Fogaréu na Cidade de Goiás.
Anápolis e Senador Canedo.
b) caracteriza-se pelo processo de conurbação entre os
municípios de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade, Questão 11 A exploração dos seguintes minérios foi ou
Senador Canedo e Goianápolis. é destaque na economia goiana, EXCETO:
c) foi criada com o objetivo de integrar a organização, o a) O amianto em Minaçu
planejamento e a execução de funções públicas de b) A prata em Pirenópolis
interesse comum aos municípios dela integrantes. c) O ouro em Crixás
d) foi uma das primeiras regiões metropolitanas a d) O níquel em Niquelândia
serem instituídas no Brasil, ainda na década de 1970.
Questão 12 O arroz é um alimento típico da culinária
Questão 05 Além do rio Meia Ponte, o curso d’água goiana. A introdução desse produto em Goiás se explica
mais importante para o abastecimento de água potável a) pela colonização européia.
da cidade de Goiânia é o; b) pelo tráfico de escravos africanos.
a) córrego Botafogo. c) pela influência dos indígenas.
b) ribeirão João Leite. d) pela imigração japonesa.
c) ribeirão Anicuns.
d) córrego Macambira. Questão 13 Na década de 1930, a capital de Goiás
passou a ser Goiânia. A mudança da capital ocorreu
Questão 06 O transporte coletivo de Goiânia e da porque:
região metropolitana é caracterizado por: a) uma lei federal proibia os estados de terem o mesmo
a) Integração entre linhas intra-urbanas e entre nome de suas capitais.
municípios. b) era necessária uma capital que estimulasse o
b) Integração de linhas intra-urbanas em Goiânia e crescimento econômico do estado.
Anápolis. c) era necessária uma capital mais próxima do Oceano
c) Redução dos pontos de integração (terminais) nos Atlântico.
últimos anos. d) era necessário preservar o patrimônio histórico da
d) Monopólio exercido por empresas particulares que cidade de Goiás.
exploram todas as linhas da capital e do interior.
Questão 14 As cidades têm importância econômica e
Questão 07 O Estado de Goiás, segundo o Instituto política diferenciada nos cenários regional, nacional e
Brasileiro de Geografia e Estatística, é composto por internacional. Desse modo, pode-se dizer que São Paulo
cinco grandes regiões ou mesorregiões: Norte Goiano, tem maior destaque que Brasília e esta, por sua vez,
Centro Goiano, Sul Goiano, Leste Goiano e Noroeste que Anápolis. Sobre a ordem de importância dos
Goiano. Atualmente, é característica marcante da municípios, assinale a alternativa CORRETA:
mesorregião Centro Goiano a; a) 1º - Anápolis; 2º - Goiânia; 3º - Senador Canedo; 4º
a) agricultura de subsistência. - Rio Verde.
45
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
b) 1º - Aragoiânia; 2º - Rio Verde; 3º - Senador Instituto Mauro Borges coloca que: “Desde a década de
Canedo; 4º - Porangatu. 1950 a população brasileira envelhece cada vez mais,
c) 1º - Trindade; 2º - Porangatu; 3º - Rio Verde; 4º - enquanto o ritmo de crescimento infantil sofre
Goiânia. gradativas desacelerações.” Segundo o Instituto, a
d) 1º - Goiânia; 2º - Anápolis; 3º - Aparecida de população goiana segue a mesma tendência: “Em seis
Goiânia; 4º - Rio Verde. décadas a relação entre a população infantil e a idosa
saiu de 5,8 idosos para 100 crianças em 1950, e
Questão 15) Eng.-Segplan-17 alcançou, em 2010, mais de 30 idosos para 100
Leia os textos a seguir: 1.“Excelente escravo. Vende-se infantes”. Disponível em www.imb.go.gov.br Análise
um crioulo de 22 anos, sem vício e muito fiel: bom e Socioespacial dos Idosos em Goiás acesso em
asseado cozinheiro, copeiro. Faz todo o serviço de 10/09/2016. Sobre a mudança no quadro populacional
arranjo da casa com presteza, e é melhor trabalhador de Goiás é CORRETO afirmar:
de roça que se pode desejar; humilde, obediente e a) A partir de 1950 os sucessivos governos estaduais
bonita figura. Para tratar na ladeira de S. Francisco n. desenvolveram políticas de controle da natalidade.
4”. Província de São Paulo, S. P. 19 fev. 1878. Apud b) A taxa de fecundidade das mulheres sofreu
NEVES, M. de F.R.das. Documentos sobre a escravidão vertiginoso aumento a partir da década de 1970, com
no Brasil. São Paulo: Contexto, 1996. (Textos e reflexos positivos na primeira década dos anos 2000.
documentos; v.6). 2.“Identificavam, naturalmente, c) A partir de 1960, com a aprovação do Estatuto do
trabalho com escravidão e liberdade com ódio. [...]. Em Idoso, as políticas estaduais foram voltadas,
Goiás a situação era a mesma. [..]. A primeira distinção preferencialmente, para as pessoas com mais de 60
fundamental na sociedade era a cor”. PALACIN, L. e anos.
MORAES, Maria A. de Santanna.História de Goiás (1722 d) A grande maioria dos idosos do estado de Goiás é
– 1972). 6ª Ed. Goiânia: Editora da UCG, 1994. Após ler formada por pessoas de médio poder aquisitivo, com
os textos e com base nos seus conhecimentos pode-se escolaridade pelo menos de nível fundamental, o que
afirmar que a vida dos escravos no Brasil e em Goiás facilita seu acesso aos programas governamentais.
possuía as seguintes características, EXCETO: e) Na segunda metade do século XX e nos primeiros
a) Trabalho árduo e pouca alimentação. anos do século XXI houve diminuição nos índices de
b) Graves doenças (reumatismo, verminoses...). mortalidade e de natalidade, especialmente devido ao
c) Força de trabalho voltada principalmente para a acesso aos serviços (medicina, saneamento...) e à
pecuária. informação.
d) Falta de liberdade (arbitrariedades e castigos).
e) Atividade mineradora como principal ocupação. Questão 18) Eng.-Segplan-17 O conceito de
estrutura fundiária refere-se ao tamanho das
Questão 16) Eng.-Segplan-17 propriedades rurais e ao modo como elas estão
Observe a charge e leia o texto. O que eles (charge e dispersas pelo território de um determinado país ou
texto) sugerem? Marque a resposta CORRETA região. No Brasil e em Goiás, a desigualdade estrutural
fundiária se constitui em um dos principais problemas
do meio rural. Adaptado de
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/ acesso em
06/09/2016 São características dessa desigualdade as
afirmativas a seguir, EXCETO:
a) Geralmente as pequenas propriedades são
desprovidas de aplicação de técnicas e de tecnologias o
que resulta em baixa produção e baixa produtividade
agropecuária.
b) A desigualdade fundiária interfere na quantidade de
postos de trabalho, no valor de salários e no modo de
vida dos trabalhadores rurais.
c) A problemática referente à distribuição da terra no
Brasil é recente e está relacionada à Reforma Agrária
feita pelo governo na década de 1980.
d) Geralmente as grandes propriedades dedicam-se à
monocultura e à pecuária intensiva com a produção
voltada principalmente para exportação.
e) A maior porcentagem das propriedades rurais
encontra-se na mão dos pequenos produtores, embora
grande parte das terras se encontre nas mãos de uma
pequena parcela da população.

Questão 19) Eng.-Segplan-17 “A questão da


migração internacional é especialmente complexa e
a) A ocupação do espaço visando obtenção de possui variáveis próprias. A saída de uma pessoa de seu
alimentos. país de origem exige ajustamento a uma nova cultura e
b) A degradação ambiental devido à monocultura. por vezes é marcada por dificuldades de adaptação e
c) A ocupação do espaço pelas grandes indústrias. adequação legal nos locais de destino”. Disponível em
d) A degradação ambiental visando o lucro. www.imb.go.gov.br Panorama da Migração em Goiás
e) A ocupação do cerrado pela atividade pecuarista. acesso em 10/09/2016. Ainda em Panorama da
Migração em Goiás, está colocado: “Os emigrantes
Questão 17) Eng.-Segplan-17 Estudo sobre Análise goianos somam mais de 35,5 mil. Desse contingente
Socioespacial dos Idosos em Goiás desenvolvido pelo 71% se dirigem para a Europa e 23% para América do

46
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
Norte ou Central”. Marque a resposta CORRETA. O país incondicional de Vargas, porque transcorreu sob o
europeu que mais recebe emigrante de Goiás é: manto da política nacional conhecida como “Marcha para
a) Portugal o Oeste”. Tal política visava (assinale a alternativa
b) Irlanda correta):
c) Espanha a) ao desenvolvimento econômico industrial da região
d) Itália sudeste do Brasil, com foco nos possíveis mercados
e) Bélgica consumidores periféricos do país.
b) promover a integração socioeconômica do centro sul
20/Agetop/20/11/16)A campanha abolicionista do Brasil, povoando áreas do oeste para integrálas à
intensifica-se em Goiás a partir da metade do século região litorânea.
XIX, com o fim da mineração e a transição para uma c) à criação de políticas públicas assistencialistas para a
economia agropastoril, o que desagrega paulatinamente população carente do oeste brasileiro.
o sistema escravista. Em Goiás, podemos associar a luta d) à construção de núcleos urbanos no centro-sul do
pelo fim da escravidão a um grande expoente da nossa país, com objetivo de desenvolver a indústria desta
História, chamado de (assinale a alternativa correta): região.
a) Antônio Silva Jardim, político fervoroso na defesa de e) ao desenvolvimento agrícola e industrial da região
suas ideias. centro-oeste, considerada isolada politicamente do
b) Joaquim Nabuco, ardente republicano e abolicionista. governo federal.
c) Luiz Gama, ex-escravo e primeiro advogado negro do
Brasil. 24/Agetop/20/11/16) “Em 2008, a contribuição de
d) Antônio Ramos Caiado, ou Totó Caiado, grande Goiás para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro foi
político liberal goiano. de 2,5% e, no âmbito regional, sua participação foi de
e) Félix de Bulhões, político liberal chamado também de 27,6%”. (FRANCISCO, Wagner de Cerqueira E. A
“o Castro Alves goiano”. Economia de Goiás. Brasil Escola). Os dados
demonstram a diversificação da economia goiana na
21/Agetop/20/11/16) No processo de transição da atualidade, com grande produção na agropecuária,
economia mineradora para a indústria e serviços, com áreas de grande destaque. O
agropecuária, Goiás enfrentou diversos obstáculos. setor agroindustrial de Anápolis (DAIA), por exemplo,
Entre as dificuldades socioeconômicas e políticas possui (assinale a alternativa correta):
encontradas, podemos citar como principal obstáculo a) o maior polo industrial de confecções do Brasil.
(assinale a alternativa correta): b) a maior produção agrária, com destaque para a soja,
a) A falta de investimentos públicos na agricultura por em todo o território nacional.
parte da coroa portuguesa, que ainda via na mineração c) as maiores reservas minerais de amianto em todo o
condições de lucro e riqueza. centro-oeste.
b) A falta de mão de obra escrava que pudesse d) o maior polo farmoquímico da América Latina, além
movimentar a produção econômica. de possuir um porto seco.
c) A ausência de um produto que sustentasse os custos e) a maior produção de carnes e grãos para exportação
de investimento em maquinário e mão de obra. em toda a região centro-sul do território brasileiro.
d) O isolamento socioeconômico e político, com a falta
de estradas de acesso, denunciando um grave problema 25 - UFG – No estado de Goiás há importantes bacias
de comunicação e transporte. hidrográficas do Brasil. Considerando a produção de
e) O confronto político entre liberais e conservadores, energia, aquela que possui maior número de usinas
que dificultava a criação de uma política eficiente de hidrelétricas é a Bacia do rio:
investimentos na província goiana. a) Araguaia.
b) Tocantins.
22/Agetop/20/11/16) Analisamos a importância da c) Corumbá.
água avaliando os usos que d) Paranaíba.
fazemos dela. A produção de alimentos e o
abastecimento humano são sem dúvidas os principais 26 - PC/16) Durante a Idade Moderna, prevaleceram
usos. Goiás é um dos Estados mais ricos do Brasil na Europa as práticas
quando se fala em água, tendo em seu território econômicas mercantilistas, voltadas para o
nascentes de rios formadores das maiores bacias fortalecimento dos Estados nacionais e o enriquecimento
hidrográficas do país. Isso propicia atividades de seus empreendedores. Em larga medida, o
econômicas relacionadas à agricultura e favorece o entesouramento de metais preciosos era o objetivo mais
abastecimento de água para a sociedade. Neste evidente, o que explica o grande interesse na
contexto, as principais Bacias que banham Goiás são descoberta e na exploração desses metais nas colônias
(assinale a alternativa correta): do Novo Mundo. Nesse contexto se processou a
a) Bacia do Tocantins, Bacia do Paraná e Bacia do Rio ocupação das áreas interioranas da América portuguesa,
São Francisco. que, no caso específico de Goiás, deu-se, sobretudo, a
b) Bacia do Rio Paraná, Bacia do Paranapanema e Bacia partir do século XVII. A respeito do desbravamento do
do Rio São Francisco. território goiano e de aspectos relacionados a
c) Bacia do Rio Paranaíba, Bacia do Paraná e Bacia do esse desbravamento, assinale a opção correta.
Rio Uruguai. A) A Guerra dos Emboabas, ocorrida nas Minas Gerais,
d) Bacia do Rio São Francisco, Bacia do Meia Ponte e interrompeu a marcha dos desbravadores paulistas em
Bacia do Paranapanema. direção ao Centro-Oeste, retardando em muito a
e) Bacia do Meia Ponte, Bacia do Rio Araguaia e Bacia ocupação e a exploração econômica das terras goianas.
do Rio Piracicaba. B) O declínio da extração aurífera em Goiás ocorreu na
primeira metade do século passado, quando a
23/Agetop/20/11/16) A mudança da capital de multiplicação de indústrias alterou radicalmente o
Goiás para Goiânia teve apoio panorama econômico de toda a região central do país.
47
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
C) Fundada por Bartolomeu Bueno da Silva, o primeiro A) O arraial de Catalão foi fundado na primeira metade
Anhanguera, a sede inicial da capitania goiana recebeu do século XIX, pelo interesse de um particular em atrair
desse bandeirante o nome de Goiás, homenagem aos povoadores para as suas terras.
habitantes de extensa região que margeava o rio Tietê. B) Anápolis integra o grupo de cidades goianas cujas
D) O desbravamento de Goiás deveu-se à ação dos origens estão nos arraiais da mineração do ouro.
bandeirantes que, a partir de São Paulo, embrenharam- C) A famosa bandeira do Anhanguera ao sertão dos
se pelos denominados sertões em busca de, além de goyazes — século XVIII — tinha por objetivo o
ouro e pedras preciosas, índios para serem apresamento de quilombolas para empregá-los como
escravizados. mão de obra nas fazendas paulistas.
E) A ação dos desbravadores foi severamente punida D) A atual cidade de Goiás teve suas origens no arraial
pela metrópole portuguesa, receosa de que as riquezas de Santana, um assentamento de portugueses que
eventualmente encontradas no interior da colônia chegaram ao rio Vermelho em busca de ouro, no final
fossem contrabandeadas e escapassem ao fisco do século XVI.
lusitano. E) O assentamento populacional em Jaraguá decorreu
da expansão dos engenhos de açúcar da região de
27 - PC/16) Relativamente à modernização da Pirenópolis.
agricultura, à urbanização e UESTÃO 13
à demografia do território goiano, e ao atual panorama 30 - PC/16) No que se refere ao estado de Goiás no
econômico do estado de Goiás, assinale a opção correta. contexto brasileiro do século XX, assinale a opção
A) O alto nível de desenvolvimento econômico da região correta.
norte de Goiás foi decisivo para o desmembramento que A) A ocupação do Mato Grosso goiano, entre as décadas
deu origem ao estado do Tocantins. de 40 e 60, fez parte de um movimento amplo de
B) Graças à crescente importância do agronegócio na expansão da fronteira e de grandes investimentos
economia do estado de Goiás, a população goiana é agropecuários.
majoritariamente rural. B) No começo da década de 60, o Plano de
C) Com o declínio da mineração, a economia goiana Desenvolvimento do governo de Mauro Borges pretendia
voltou-se para a agricultura de exportação, com fortalecer a economia rural de Goiás.
produção destinada ao mercado exterior. C) Durante a ditadura militar, foram criados planos
D) A partir das últimas décadas do século passado, a nacionais de desenvolvimento voltados à superação da
economia goiana viu o agronegócio expandir-se e dependência econômica do agronegócio, os quais
ampliou seu parque industrial. beneficiaram Goiás.
E) Atualmente, o setor de serviços desempenha D) A partir da Proclamação da República, o poder do
reduzido papel na composição do produto interno bruto governo federal se sobrepôs ao poder das oligarquias
de Goiás. goianas no panorama regional.
E) A fundação da Estrada de Ferro Goiás, no início do
28 - PC/16) Acerca dos aspectos relacionados ao século XX, objetivava facilitar as comunicações entre a
contexto econômico e político capital da província e o Rio de Janeiro.
que justifica a construção, na década de 30 do século
XX, de uma nova capital para o estado de Goiás, 31 - PC/16) A respeito do bioma cerrado no estado de
assinale a opção correta. Goiás e de sua ocupação
A) Os primeiros registros do desejo de mudança da nas últimas décadas, assinale a opção correta.
capital de Goiás datam da década de 30 do século A) As formas de relevo pertinentes ao cerrado são um
passado, em decorrência da necessidade de promover o fator favorável a sua conservação, já que dificultam a
desenvolvimento econômico do estado. prática da agricultura e, por consequência, a erosão dos
B) A mineração, atividade econômica que sustentava a solos.
cidade de Goiás no século XVIII, era suficientemente B) Os mananciais presentes no cerrado são essenciais
rentável para justificar a manutenção do seu status de para a economia do estado de Goiás e abastecem
capital do estado e a oposição ao projeto de grandes bacias hidrográficas do país.
transferência da capital na década de 30 do século C) A biodiversidade do cerrado é pouco abundante se
passado. comparada à dos demais biomas brasileiros; entretanto,
C) Em termos políticos, a construção de Goiânia insere- sua preservação deve ser meta em todos os níveis do
se na conjuntura da Revolução de 1930, que pretendia, governo.
entre outros objetivos, enfraquecer o poder das D) A introdução de novas pastagens e a expansão das
oligarquias regionais sobre as instâncias políticas e áreas de pecuária extensiva contribuíram para o
administrativas. aumento da diversidade de espécies vegetais e para a
D) A fundação da nova capital deveu-se a Pedro preservação dos solos do cerrado.
Ludovico Teixeira, agente do governo de Getúlio Vargas E) As unidades de conservação criadas no estado de
sem conexões políticas no estado, que conseguiu êxito Goiás, como parques e reservas, não alcançaram seus
no projeto graças à sua posição de interventor federal objetivos de preservação ambiental em virtude dos
em Goiás. constantes incêndios no período de estiagem.
E) A necessidade de desenvolver a economia regional
justificou a fundação da nova capital goiana, cujo32) Cad.PM - A pecuária constituiu importante
elemento na ocupação do território goiano durante e
urbanismo, entretanto, não superou o traçado barroco
pós-período mineratório. O rebanho bovino formado por
da arquitetura colonial, símbolo do atraso econômico.
gado vacum contribuiu para a fixação de populações no
29 - PC/16) A respeito do povoamento do estado de interior do estado, bem como para o surgimento de
Goiás, assinale a opção novos povoados, às margens e entroncamentos dos
correta. caminhos utilizados no transporte das tropas. São
exemplos de cidades que tiveram sua origem
diretamente ligada a tais fatores:
48
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
a) Trindade, Caldas Novas e Teresina de Goiás os proprietários de terra, para os grupos oligárquicos e
b) Itaberaí, Piracanjuba e Varjão para os capitalistas em geral. CHAUL, Nasr N. Fayad. A
c) Morrinhos, Cavalcante e São Miguel do Araguaia construção de Goiânia e a transferência da capital.
d) Rio Verde, Jataí e Pilar de Goiás Goiânia: CEGRAF, 1988. p. 111.
O fato de que parte considerável dos operários e
33) Cad.PM - A atividade mineratória sempre esteve técnicos que trabalharam na construção de Goiânia foi
presente na história da ocupação do território goiano trazida de fora do estado se explica porque
desde o início do garimpo do ouro no século XVIII. Nos a) o projeto de construção de uma nova capital era
dias atuais, implementou-se uma nova indústria da impopular para os muitos entusiastas das tradições da
mineração, ampliando o leque de minérios explorados. É antiga Vila Boa de Goyaz.
exemplo dessa nova indústria da mineração em Goiás a b) o governo dos Caiado investia pouco na qualificação
extração de de mão de obra, inexistindo instituições de Ensino
a) ferro e cobre nos municípios de Catalão e Ouvidor. Superior em Goiás nos anos 1920.
b) ouro nos municípios de Crixás e Pirenópolis. c) o conflito gerado pela passagem da Coluna Prestes
c) níquel nos municípios de Niquelândia e Goianésia. em Goiás provocou a desarticulação das escolas de nível
d) amianto nos municípios de Minaçu e Barro Alto. técnico existentes no estado.
d) o maior contingente da população de Goiás era de
34) Cad.PM - A construção de condomínios fechados trabalhadores rurais, sem a experiência e o
(horizontais ou verticais) tornou-se muito comum em conhecimento técnico necessários para obras de maior
Goiânia, que já é a terceira cidade em condomínios vulto.
horizontais no Brasil. A opção por este tipo de moradia
deve-se a uma série de fatores, dentre os quais se 38) PM - As minas eram, assim, uma espécie de
destaca a colônia dentro da colônia [...] isso nos explica o pouco
a) necessidade de evitar as diferenças ideológicas na desenvolvimento da lavoura e da pecuária em Goiás,
convivência cotidiana, já que nesses ambientes há uma durante os cinquenta primeiros anos; todos os esforços
seleção de moradores por preferência religiosa. de capital e de mão de obra deveriam concentrar-se na
b) necessidade de proteger a natureza, já que o poder mineração. Tal sistema não se devia exclusivamente aos
público subsidia esses locais, considerados área de desejos e à política dos dirigentes; era também
preservação ambiental permanente. decorrente da mentalidade do povo. PALACÍN, Luís;
c) busca de um local de moradia próximo ao trabalho na MORAES, Maria Augusta de Sant’anna. História de Goiás
tentativa de diminuir o tempo de percurso entre a (1722-1972). Goiânia: Ed. da UCG,1994. p. 16. A
residência e o trabalho. sociedade goiana desenvolveu códigos sociais bastante
d) busca por espaços seguros e exclusivos protegidos do peculiares durante o Ciclo do Ouro. A profissão de um
contato com o mundo exterior, caracterizando um novo indivíduo determinava seu prestígio, a partir das
modelo de relações comunitárias. necessidades e prioridades específicas da época. De
acordo com a mentalidade popular do século XVIII
35) Cad.PM - “O governo não considerava a a) o vaqueiro era desprezado, pois tratava-se apenas de
construção de uma nova capital um gasto, mas um um transportador das riquezas produzidas.
investimento necessário para o desenvolvimento”. b) o roceiro era considerado importante, pois era o
PALACIN, Luís; MORAES, Maria Augusta S. História de único que produzia alimento na região das minas.
Goiás. Goiânia: Editora da UCG, 1994. p. 106. O c) a profissão de mineiro era considerada a mais
significado da construção de Goiânia para o honrosa, tendo o mais alto status social na capitania.
desenvolvimento de Goiás está relacionado ao fato de d) a atividade de coletor de impostos gozava de grande
ser uma cidade popularidade, uma vez que representava a Coroa.
a) industrializada, que serviu como polo exportador e
importador de mercadorias para o Centro-Oeste e o 39) PM - A partir da década de 1970, Goiás passou por
Norte do país. um intenso processo de urbanização, em decorrência da
b) administrativa e comercial, que se tornou referência modernização da agricultura. A consequência foi uma
para o setor de turismo de eventos e negócios no país. configuração territorial atualmente caracterizada por
c) geograficamente centralizada, que integrou a) existirem menos de dez cidades no estado que
econômica e politicamente o sul e o norte do estado por possuem uma população superior a 100 mil habitantes.
meio de vias férreas. b) concentrar nos 5 maiores núcleos urbanos de Goiás
d) demograficamente relevante, que possibilitou a mais de 70% da sua população total.
exploração dos recursos minerais do Mato Grosso c) concentrar na região metropolitana de Goiânia mais
Goiano. de 70% da população total do estado.
d) existir ainda um alto índice de população rural, que
36) Cad.PM - A ordem política que vigorou, em Goiás, atinge cerca de 50% da população do estado.
nos 20 anos após as eleições diretas de 1982,
demonstra um certo conservadorismo do eleitor, uma 40) PM - Goiás apresentou, a partir da década de 1970,
vez que o partido governista foi derrotado, para o cargo um acelerado aumento na produção agrícola, o que
de governador, na eleição de contribuiu para que o estado se tornasse um grande
a) 1998 exportador de grãos para o mercado exterior. Um fator
b) 1994 que contribuiu para isso foi
c) 1986 a) a criação de colônias agrícolas e assentamentos
d) 1990 populares no estado, que passou a cultivar grãos em
larga escala.
37) PM - Tentaremos mostrar a seguir porque foi b) a existência de grandes bacias hidrográficas que
preciso buscar fora do estado a mão de obra para a permitiram a expansão das lavouras irrigadas no
construção civil, e a vida dos operários na edificação de sudoeste goiano.
uma nova Capital que viria a trazer o “progresso” para
49
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
c) a expansão do cultivo nas grandes extensões de solos 43) Delegado 2017 - Concebidos sob o ponto de vista
sobre chapadões planos e o clima favorável aos cultivos de mesorregiões e microrregiões, os atuais critérios da
de verão. nova divisão regional do Brasil (proposta pelo IBGE em
d) a implantação de políticas públicas de incentivo à 1990), no que se refere ao estado de Goiás, são bem
produção agrícola voltadas principalmente para o diferentes dos anteriores e enfatizam a opção por
pequeno e médio produtor. regiões homogêneas e funcionais. Eles têm importância
significativa para o planejamento da administração
41) Delegado 2017 - Tendo em vista que a história pública estadual, porque propiciaram a reunião de dados
econômica goiana e a formação do atual estado de censitários seguindo os limites municipais. Tadeu
Goiás são marcadas pela interdependência entre a Pereira Alencar Arrais. Goiás: novas regiões, ou novas
atividade mineradora, a pecuária extensiva e a formas de olhar velhas regiões. In: M. G. Almeida
agricultura de subsistência, assinale a opção correta. (Org.). Abordagens geográficas de Goiás: o natural e o
A O despovoamento do território goiano constituiu social na contemporaneidade. Goiânia: UFG, 2002 (com
obstáculo para a realização das obras da rodovia Belém- adaptações). Tendo o texto anterior como referência
Brasília, cuja concepção impulsionou o povoamento dos inicial, assinale a opção correta acerca das
municípios desse território. transformações da população goiana nas últimas
B O investimento estatal em infraestrutura para a décadas e da divisão do estado no atual modelo do
construção de Goiânia e Brasília impulsionou a economia IBGE.
da região Centro-Oeste, marcadamente o agronegócio, A A microrregião sudoeste, que é uma das menos
fato que se refletiu no baixo índice de urbanização, povoadas do estado, dedica-se à produção de grãos
inferior à média nacional. para o mercado regional e à pecuária extensiva. Os
C O ouro de aluvião se exauriu dos rios goianos ainda grandes incentivos governamentais aplicados nessa
no século XVIII; o reaquecimento da atividade região tiveram resultados modestos.
mineradora se deu no período imperial, com o uso de B As mesorregiões centro e leste acomodam mais de
novas técnicas de mineração. 60% da população do estado, distribuída pelo eixo
D No século XIX, a economia de Goiás esteve integrada urbano Goiânia/Anápolis/Brasília. Os municípios
à nacional por meio dos rios da região Norte e das adjacentes a esse eixo apresentam taxas de
estradas que conectavam o estado ao Triângulo Mineiro, crescimento superiores às dos municípios polos.
o que estimulou a produção de grandes excedentes de C O último censo mostra o fortalecimento de duas
grãos. tendências: o envelhecimento da população e a
E A ocupação planejada e estratégica do território predominância das mulheres em todas as mesorregiões
goiano foi uma das prioridades da política de integração do estado.
nacional (Marcha para Oeste) promovida nas décadas D A abertura de novas fronteiras agrícolas e a
de 30 e 40 do século XX pelo governo Vargas, durante o consequente demanda de mão de obra no campo
qual Goiânia foi construída. alterou o crescimento das mesorregiões leste e centro,
transferindo o crescimento populacional para as
42) Delegado 2017 - Nas últimas décadas, Goiás mesorregiões norte e noroeste do estado.
sofreu mudanças significativas em seu processo de E As altas taxas de natalidade explicam o crescimento
urbanização, muitas delas influenciadas pela populacional de Goiás, uma vez que o estado
modernização da produção agrícola do estado. Com apresentou saldo migratório negativo no início do
referência a essas mudanças e aos seus impactos tanto presente século.
na urbanização de Goiás quanto na modernização do QUESTÃO 12
agronegócio goiano, assinale a opção correta. 44) Delegado 2017 - Tendo em vista que, na década
A A modernização e a ocupação territorial de Goiás têm de 80 do século XX, grandes
sido influenciadas por ações estatais fundamentadas em conglomerados industriais se estabeleceram em Goiás,
planejamentos estratégicos, o que permite a distribuição consolidando um longo processo de industrialização,
dos recursos por todo o estado, promovendo o fruto de investimentos em infraestrutura, incentivos
desenvolvimento econômico equilibrado das diferentes fiscais e abertura de linhas de crédito, assinale a opção
regiões goianas. correta acerca da industrialização desse estado.
B A ação da iniciativa privada na promoção da A O PRODUZIR tem investido especialmente nas
modernização da produção agrícola aproximou a mesorregiões norte e nordeste, buscando potencializar
produção agropecuária da indústria e estimulou o os benefícios trazidos pela construção da rodovia Belém-
investimento de empresas privadas em infraestrutura. Brasília para essas regiões, o que revela a tendência de
C A pujança da produção agropecuária aqueceu o melhoria da distribuição da
mercado de trabalho de atividades pouco especializadas indústria no território goiano.
no campo, gerando oportunidades de emprego direto a B O LOGPRODUZIR foi o único subprograma do
imigrantes de diferentes regiões. PRODUZIR a não apresentar resultados positivos. O
D A modernização agrícola concentrou a posse de terra isolamento do estado e a precária rede de transportes e
e estimulou a imigração nos sentidos urbano-urbano e comunicação apresentaram-se como os principais
rural-urbano, tornando as cidades médias responsáveis obstáculos para o referido subprograma.
por suprir as unidades produtivas com equipamentos C A escolha da cidade de Anápolis para sediar o primeiro
tecnológicos e mão de obra especializada. dos distritos industriais planejados pela Companhia de
E Criado e implementado durante o regime militar, o Distritos Industriais do Estado de Goiás, o Distrito
Programa de Desenvolvimento dos Cerrados Agroindustrial de Anápolis (DAIA), foi influenciada por
(POLOCENTRO) privilegiou pequenos produtores ao sua conexão com as demais regiões do país por sólido
permitir o emprego de novas técnicas e insumos, o que sistema rodoferroviário.
resultou na mudança de escala de produção das D Os estímulos dos governos estaduais voltaram-se
unidades tradicionais, orientadas ao abastecimento do para o desenvolvimento da agroindústria, por meio, por
mercado regional. exemplo, do amplo investimento em rodovias
municipais para escoamento da produção; por isso,
50
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
atualmente, o parque industrial de Goiás é pouco devida ao Estado imperial, o que gerou um período de
diversificado. crescente prosperidade em Goiás.
E A despeito dos bons resultados dos programas
estaduais de estímulo à industrialização (FOMENTAR e 47) Delegado 2017 - Muito do que o Brasil e Goiás
PRODUZIR), os índices de industrialização do estado não são, na atualidade, resulta de um longo, complexo e,
apresentaram alterações significativas. não raro, tortuoso processo histórico que decorre, em
larga medida, das transformações trazidas pela
45) Delegado 2017 - Aspectos físicos bem definidos Revolução de 1930. Em relação a esse processo,
quanto a vegetação, hidrografia, clima e relevo impulsionado pelo ideal de modernização, assinale a
conferem certa singularidade ao território de Goiás, o opção correta.
mais central dos estados brasileiros. A incorporação A Bulhões, Fleury e Jardim Caiado são sobrenomes
dessa região à história do Brasil importantes da história goiana, identificados com a
deu-se,
essencialmente, a partir do século XVIII, quando a tentativa frustrada de estabelecer um domínio
busca de riquezas minerais impulsionou a ação dos oligárquico no estado na Primeira República (até 1930).
bandeirantes. Relativamente a esses B Pedro Ludovico Teixeira inscreveu seu nome na
aspectos
geográficos e históricos de Goiás, assinale a opção história de Goiás ao ser alçado ao poder estadual após a
correta. Revolução de 1930. Aliado do ditador Vargas, ele
A A comunidade Kalunga, palavra que significa lugar fortaleceu o grupo político que liderava e impulsionou,
sagrado, é remanescente dos primitivos habitantes do posteriormente, personalidades centrais da política
território goiano, os Goyá, e ocupa extensa área de goiana, como Mauro Borges.
cerrado no sudoeste do estado. C A partir da década de 40 do século XX, Goiás cresceu
B O clima goiano é preponderantemente subtropical, e se urbanizou; todavia, a ênfase dada à
com duas estações sutilmente diferenciadas: o verão industrialização prejudicou seriamente o agronegócio
seco e o inverno úmido, com temperaturas médias goiano, que passou a desempenhar papel secundário no
anuais em torno de 30 ºC. conjunto da economia estadual, como se constata na
C Encontram-se em Goiás as nascentes de rios atualidade.
formadores das três mais importantes D A divisão territorial que criou o estado do Tocantins,
bacias
hidrográficas do Brasil: a Amazônica, a do São Francisco aprovada pela Assembleia Constituinte que elaborou a
e a do Paraná. Constituição ora vigente, gerou forte reação entre os
D Uma singularidade caracteriza o lago artificial da políticos goianos, tendo recebido a oposição de
Usina de Serra da Mesa, localizado na porção meridional intelectuais, da sociedade em geral e, por fim, do
do território goiano: apesar de sua dimensão, ele é próprio governo de Goiás.
formado por um conjunto de pequenos tributários, sem E Embora sua pedra fundamental tenha sido lançada em
o concurso dos grandes rios do estado. 1933, a cidade de Goiânia foi alçada à condição de
E A composição inicial da população goiana se deu pelo capital provisória do estado após a instituição do Estado
contato amistoso entre os primitivos habitantes da Novo, e, de maneira definitiva, no segundo governo de
região — os índios — e os bandeirantes vindos de São Getúlio Vargas.
Paulo: a ausência de europeus e a inexistência da
escravidão africana na região marcaram o processo de 48) Demae 2017 - De extrema importância para os
colonização de Goiás. municípios goianos, os rios são utilizados para
diferentes fins e percorrem vários municípios. Além de
46) Delegado 2017 - Tendo em vista que a Goiânia, o rio Meia Ponte passa por municípios, como:
independência do Brasil, proclamada em 1822, foi um (A) Inhumas e Bela Vista de Goiás.
ato político fundamentalmente conduzido pelas elites do (B) Piracanjuba e Iporá.
Vale do Paraíba (Rio de Janeiro, São Paulo e Minas (C) Ceres e Goiatuba.
Gerais) e que, pelo país afora, a partir de então, (D) Anápolis e Bonfinópolis.
mudanças ocorreram na esfera político-administrativa e,
ainda que pouco profundas, na esfera socioeconômica, 49) Demae 2017 - Em uma incursão pela região
assinale a opção correta no que concerne a aspectos goiana, por volta de 1820, o médico naturalista
significativos da história política de Goiás. austríaco Johaan Emmanuel Pohl relata: “O mais remoto
A Um movimento separatista explodiu em Goiás no povoado nesta capitania, para o lado sudeste, é o de
período da independência do Brasil. Caldas Novas, que se limita já com grande floresta onde
B Não foram formados em Goiás partidos políticos nos vivem os Caiapós. Contudo, próximo daqui, acha-se um
moldes do Liberal e do Conservador, que se revezavam refúgio de negros escravos fugidos de São Paulo, os
no controle do poder nacional, fato que demonstra o quais erigiram um verdadeiro arraial, fortificado com
isolamento desse estado em relação ao núcleo de poder pontes e fossos. O número deles é tão considerável que
imperial. se evita agredi-los. Os arredores desse arraial chamado
C À época da independência do Brasil, o fato de a Quilombo, devem ser auríferos e os negros fazem
pecuária ainda não ter sido introduzida em Goiás, comércio em Cuiabá”. POHL apud MACHADO, Maria
somado às lutas regionais separatistas, justifica a Conceição Sarmento Padial. Capital e trabalho no
inexistência de correntes migratórias oriundas de outras processo de urbanização. Fragmentos de Cultura,
partes do território brasileiro, o que inibiu o aumento da Goiânia, v. 16, n. 11/12, nov./dez. 2006, p. 922.
população goiana. Em seu relato, do início do século XIX, o médico
D Com a independência do Brasil, Goiás foi uma das austríaco observa em Caldas Novas
poucas capitanias que não se transformaram em (A) a demarcação de reservas para os índios e de
províncias, tendo ficado subordinada quilombos para os negros.
administrativamente à província de São Paulo. (B) o predomínio de comerciantes negros que
E A partir da independência, a economia de subsistência abasteciam as fazendas da região. (C) o isolamento das
goiana foi impulsionada devido à redução da tributação tribos indígenas em decorrência da chegada dos negros
africanos.
51
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
(D) a presença dos primeiros habitantes da região e dos
escravos fugitivos de outras localidades.

50) Demae 2017 - Analise a charge.

Acesso em 22 de outubro de 2017. A imagem


representa a chamada arte rupestre. Encontrada em
diferentes regiões de Goiás, esse tipo de arte registra a
presença
(A) dos homens pré-históricos, que viveram na região
Nessa charge, o cartunista Evandro Alves há milhares de anos.
(A) enaltece a capacidade do homem em se adaptar em (B) dos escravos africanos que serviram como mão de
biomas pobres como o Cerrado. obra no período da mineração.
(B) questiona a utilização da tecnologia para superar as (C) das tribos indígenas, que se espalhavam pela região
limitações produtivas do Cerrado. antes da chegada dos bandeirantes.
(C) critica a crescente interferência do homem na (D) das comunidades ribeirinhas que se estabeleceram
natureza e a degradação do Cerrado. no interior antes da expansão agrícola.
(D) considera a necessidade de expandir a produção
agrícola para as áreas mais secas do Cerrado. 55) Demae 2017 - Leia o fragmento.
Se acaso suceder que alguma nação dos ditos índios
51) Demae 2017 - Das mesorregiões do Estado de não queira aceitar a paz que se lhes oferece e impedir
Goiás, a que possui o maior quantitativo populacional e com armas que a tropa faça suas marchas, pondo-se
abriga a capital do Estado é a do em peleja, em tal caso lhe fará guerra, matando-os e
(A) Sul Goiano. cativando-os. Regimento de Anhanguera. História de
(B) Centro Goiano. Goiás em documentos. V.1. Goiânia: Editora da UFG,
(C) Norte Goiano. 2001, p. 25.
(D) Leste Goiano. O fragmento do Regimento de Anhanguera revela que a
52) Demae 2017 - Os sistemas de transportes estão História de Goiás, no início do século XVIII, foi marcada
na base do funcionamento da economia de um estado. (A) pela selvageria dos indígenas, que não aceitavam
Entre as rodovias federais, uma delas corta Goiás de conviver com os homens civilizados.
norte a sul, interligando cidades como Porangatu e (B) pela civilidade dos desbravadores, que eram mais
Itumbiara. Essa rodovia denomina-se pacíficos que as tribos que enfrentavam.
(A) BR-020. (C) pela violência dos bandeirantes, que acreditavam
(B) BR-364. ser superiores aos indígenas. (D) pelo espírito
(C) BR-060. conciliador do homem branco, que buscava estabelecer
(D) BR-153. acordo com os nativos.

53) Demae 2017 - Assim como o restante do país, a 56) Demae 2017 - No século XVIII, além da
economia goiana é muito dependente das rodovias. descoberta das águas termais, outro fator que
Goiás possui apenas duas ferrovias em seu território. contribuiu para o povoamento da região onde hoje se
Uma delas, a Ferrovia Norte-Sul, passa por municípios situa Caldas Novas foi a observação da
como (A) presença de ouro.
(A) Iporá. (B) fertilidade da terra.
(B) Posse. (C) abundância de animais de caça.
(C) Anápolis. (D) existência de grande área de pastagem.
(D) Itapuranga.
57) Demae 2017 - Os primeiros habitantes da região
54) Demae 2017 - Analise a imagem. onde hoje se situa Caldas Novas foram os índios das
tribos
(A) Guarani e Jê.
(B) Jaruna e Iaró.
(C) Caiapó e Xavante.
(D) Macuxi e Yanomami.

58) Demae 2017 - Em setembro de 2017 foram


realizados vários eventos que lembraram os 30 anos do
acidente com o Césio – 137, ocorrido em Goiânia. Nesse
acidente radiológico, a contaminação se deu por meio
de
52
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
(A) gases emitidos pela quebra de um velho reator de estradas de ferro, com o prolongamento das ferrovias
usina nuclear. paulistas para além dos limites do estado de São Paulo.
(B) poeira radioativa vazada de um dispositivo de alta Os trilhos seguiram em direção a outros estados, como
potência detonado no subsolo. no caso de Goiás, com a construção da Estrada de Ferro
(C) uma nuvem de vapor liberada pela explosão de um Goiás, ligando-se à Estrada de Ferro Mogiana, localizada
tanque de material radioativo. em solo mineiro.
(D) um pó de brilho azulado retirado de um Internet: <www.revistas.ufg.br> (com adaptações).
equipamento de radioterapia abandonado. A justificativa da construção da ferrovia goiana estava
ancorada no(na)
59) Demae 2017 – Analise a charge (A) significativa produção de café no sul goiano, que
seria
majoritariamente encaminhada ao porto de Santos, em
São Paulo, por via férrea.
(B) necessidade de escoar a vasta produção de
minerais,
como níquel e fosfato, produzidos no norte goiano.
(C) possibilidade de que funcionasse como vetor de
transferência maciça dos imigrantes que chegavam de
Minas Gerais.
(D) posição assumida pelo estado de Goiás como região
produtora e fornecedora de produtos agrícolas básicos
para os mercados da região Sudeste.
Nessa charge, o autor utilizou-se de desenho e de
(E) pensamento, predominante naquele momento, de
humor para (A) descrever a fauna e mostrar que os
que
animais que vivem no Cerrado são diferentes daqueles
a construção da nova capital do estado demandaria
que habitam a Amazônia.
ligações ferroviárias com o restante do País.
(B) destacar que a Floresta Amazônica é mais
importante do que o Cerrado, por isso é protegido pelos
62) As décadas de 1970 e 1980 foram extremamente
homens e pelos animais.
importantes para as transformações ocorridas no estado
(C) criticar a sociedade brasileira que se mobiliza para
de Goiás, em
socorrer a Amazônia, mas não está atenta à degradação
especial no tocante à agricultura, favorecida por ações
do Cerrado.
do governo federal, notadamente, e estadual,
(D) revelar que o Cerrado é importante apenas para os
secundariamente.
animais que lá habitam enquanto a Amazônia é
Internet: <www.cpgls.pucgoias.edu.br>.
importante para a vida de todo o planeta.
A respeito do momento histórico e econômico a que o
texto se reporta, assinale a alternativa correta.
60) O Instituto Brasileiro de Geografia e
(A) Foram privilegiadas as pequenas propriedades e a
Estatística (IBGE)
agricultura familiar, em um esforço para ampliar a
divulgou no dia 30 de agosto de 2017 a estimativa da
produção destinada
população brasileira, com data de referência em 1.º de
ao mercado interno estadual.
julho
(B) Consoante a política nacional de preservação
de 2017. São 207,7 milhões de habitantes no País,
ambiental daquele momento, procurou-se inibir práticas
divididos
agrícolas que
em 5.570 municípios. A taxa de crescimento em relação
resultassem em desmatamento ou danos ambientais.
a 2016 foi de 0,77%.
(C) Apesar de criada em 1967 para fomentar o
Internet: <https://agenciadenoticias.ibge.gov.br> (com
desenvolvimento agrícola regional, a Superintendência
adaptações).
de Desenvolvimento
Tomando o texto apenas como referência inicial,
do Centro-Oeste (Sudeco) cumpriu papel apenas
assinale a alternativa correta.
secundário na modernização da economia e da
(A) Goiás, segundo a estimativa realizada pelo IBGE,
agricultura goianas.
possui um contingente que supera ligeiramente 10% da
(D) Assim como ocorrera na Sudam e na Sudene,
população brasileira.
contempladas com a criação de bancos para
(B) As estimativas populacionais são um dos parâmetros
financiamento da produção
utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo
agrícola, à Sudeco foi incorporado o Banco do Brasil
do fundo de participação de estados e municípios,
Central, cujos aportes financeiros permitiram o
servindo também como base para diversos indicadores
surgimento de
sociais, econômicos e demográficos.
estruturas de transporte para o escoamento da
(C) A região Centro-Oeste concentra apenas três
produção.
municípios com mais de um milhão de habitantes.
(E) Caracteriza esse período o estímulo à agricultura por
(D) Segundo o IBGE, Goiânia é a capital do Centro-
meio de órgãos como a Companhia de armazéns e silos
Oeste
do estado
com menor densidade demográfica, que se mostra
de Goiás (Casego) e a Empresa de assistência técnica e
ligeiramente inferior a 1.500 hab/km2.
extensão rural (Emater-GO).
(E) Em relação a 2016, o estado de Goiás apresentou
crescimento populacional inferior à média nacional.
63)Saneago-18 Leia o fragmento.
Na década de 1930, dentro do contexto da “revolução”
61) Na segunda metade do século XIX, como resultado
promovida por Getúlio Vargas e seu grupo, a implantação de
do ritmo de transformação da estrutura econômica
uma capital moderna em pleno sertão do Brasil central
produtiva do Centro-Sul do País a partir do alargamento
poderia soar como uma loucura, mas para o governo federal
da fronteira agrícola, ocorreu uma expansão das

53
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
constituído o significado era estratégico. No sentido do espaços produtivos no Estado de Goiás. As diferenças
fragmento, a construção de Goiânia foi uma resposta em entre as regiões estão diretamente relacionadas à
âmbito estadual às demandas por um processo de (A) ampliação comercial no Sudoeste e agroindústria no
(A) descentralização da política nacional. Nordeste.
(B) modernização das relações produtivas. (B) expansão agrícola no Sudoeste e pecuária extensiva
(C) interiorização do centro administrativo do país. no Nordeste.
(D) sustentação da estrutura oligárquica da sociedade. (C) agricultura de subsistência no Sudoeste e
industrialização do Nordeste.
64) Saneago-18 (D) extração mineral no Sudoeste e mecanização da
Observe as imagens. agricultura no Nordeste.

68) Saneago-18 Leia o fragmento.


Na virada dos anos 2000, algo despontou no interior de
Goiás. O movimento dos astros, a força dos cristais e
maracás, o chamado das comunidades tradicionais, povos
indígenas e remanescentes quilombolas e a benção de São
Jorge, o santo guerreiro que cedeu seu nome à vila de ex-
garimpeiros localizada na entrada do Parque Nacional da
Chapada dos Veadeiros, propiciaram a criação do Encontro
de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros pela
Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, na época com pouco
mais de dois anos de existência. O evento referido no
O Monumento a Goiânia, retratado nas fotos, é uma documento foi criado há dezessete anos com o objetivo
escultura em bronze e granito esculpida por Neusa de
Morais em 1967. Localizado no centro da Praça Cívica (A) criar um espaço de comercialização da produção
Doutor Pedro Ludovico Teixeira, o monumento é uma artesanal dos grupos tradicionais.
homenagem aos (B) explorar as atividades folclóricas tradicionais na
(A) grupos étnicos que deram origem ao povo goiano. realização do turismo local.
(B) imigrantes que trabalharam na construção da capital. (C) promover a inclusão dos povos tradicionais no
(C) escravos africanos que contribuíram para a grandeza sistema produtivo regional.
do estado. (D) fortalecer a riqueza do patrimônio imaterial dos
(D) bandeirantes que ajudaram a desbravar o Centro- sujeitos tradicionais.
Oeste brasileiro.
69) Saneago-18 - Em suas andanças pela província de
65) PH – 2018 Sobre o perfil econômico e social dos Goiás no início do século XIX, o viajante francês Saint-
municípios goianos, julgue os itens:
Hilaire fez a seguinte observação: O capelão de Jaraguá
I. Os municípios de maior PIB per capita são: Alto
era mulato: já prestei homenagem a sua cortesia; porém ele
Horizonte, São Simão e Chapadão do Céu.
II. Anhanguera, Cachoeira de Goiás e Lagoa Santa são os
possuía algo desse servilismo em que a sociedade brasileira
municípios mais Populosos Goiás. mantém os homens de sangue mestiço, o que esses não
III.Os Municípios de Brazabrantes, Caldazinha e Caturai são esquecem jamais quando estão em presença de brancos.
os municípios menos populosos de Goiás. As palavras de Saint-Hilaire revelam um aspecto da
IV.Anápolis se destaca com a indústria automobilística e sociedade brasileira do século XIX, a saber:
farmoquímica. (A) a cordialidade como base das relações interpessoais.
V.Goiânia tem o melhor PIB dentre os municípios goianos. (B) a distinção racial na manutenção da hierarquia social.
VI.Os principais produtos importados por Goiás (C) o fundamento religioso da estruturação da
são:produtos farmacêuticos, veículos e suas partes, comunidade.
adubos, reatores nucleares, maquinas e partes e produtos
(D) o dinamismo na criação de novas formas de
químicos.
sociabilidade.
66) Saneago-18 O principal manancial hidrotermal do
estado de Goiás está localizado nos municípios de
Caldas Novas e Rio Quente. Estudos recentes
demonstram que as águas termais se originam
(A) do armazenamento de água em bacias subterrâneas
em áreas vulcânicas.
(B) do curso de água por cima de uma rocha de
composição resistente à erosão.
(C) da infiltração das águas da chuva no solo em grandes
profundidades.
(D) da pressão da água armazenada em lençóis freáticos
sob rochas impermeáveis.
67) Saneago-18 -Leia o fragmento.
Ao contrário do Sudoeste, o Nordeste Goiano, do ponto de
vista da participação no montante da produção agrícola do 70) Saneago-18 Observe a imagem.
Estado, especialmente aqueles produtos com interesses no
mercado internacional, é inexpressivo, fato que tem uma
justificativa histórica diretamente ligada à incorporação de

54
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
importantes unidades industriais dos ramos farmacêutico,
alimentício e automóveis, principalmente.
b) Embora tenha alcançado significativo sucesso nos anos
iniciais à sua criação, o DAIA entrou em decadência a partir
dos anos de 1980 e hoje conta apenas com algumas
indústrias do ramo de bebidas.
c) O DAIA é o principal polo industrial do ramo de
fabricação de etanol.
d) Localizado no oeste goiano, o DAIA possui forte ligação
com o estado do Mato Grosso.
e) Devido sua proximidade com a capital federal, Brasília, o
DAIA enfrenta grande concorrência o que limita sua
expansão.

74) PC 2018 Segundo dados do IBGE, referentes ao ano


de 2015, Goiás é considerado uma das Unidades da
Federação que mais atraiu população no país.
Sobre esse assunto, é CORRETO afirmar:
a) Mais de 50% dos imigrantes residentes em Goiás, no
ano de 2015, têm o Rio Grande do Sul como estado de
nascimento.
b) Acre, Rondônia e Roraima eram os estados de
nascimento da maioria dos imigrantes residentes em Goiás,
A estátua retratada se encontra no centro de Goiânia. no ano de 2015.
Inaugurada em 1942, é uma homenagem a um c) Tocantins era o estado de nascimento da maioria dos
personagem que contribuiu diretamente para imigrantes residentes em Goiás, no ano de 2015.
(A) a transferência da capital de Goiás. d) Pará e Amazonas eram os estados de nascimento da
(B) a emancipação política de Vila Boa. maioria dos imigrantes residentes em Goiás, no ano de
(C) a fundação do Arraial de Sant’Anna. 2015.
e) Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal eram as três
(D) a realização da Marcha para o Oeste.
principais Unidades da Federação em que os imigrantes
residentes em Goiás, no ano de 2015, tinham como local de
71) Saneago-18 - O Rio Meia Ponte é um dos rios mais nascimento.
importantes de Goiás porque
(A) abriga barragens que geram energia elétrica para as 75) PC 2018 O combate à criminalidade está entre os
regiões mais populosas do estado. principais desafios na atualidade no Brasil. Sobre essa
(B) permite o transporte da produção agrícola do interior questão, em Goiás, é CORRETO afirmar:
para as regiões centrais do estado. a) Municípios turísticos como Caldas Novas, Pirenópolis e
(C) recebe o esgoto sem tratamento produzido pelas Alto Paraíso de Goiás, estão entre aqueles com menores
fábricas do entorno da capital do estado. taxas de criminalidade, se comparada à sua população
residente.
(D) garante o abastecimento de água de alguns b) As regiões Metropolitana de Goiânia e Entorno do
municípios e das três maiores cidades do estado. Distrito Federal, são as regiões de Goiás com as mais
elevadas taxas de criminalidade.
72) Saneago-18 Observe a tirinha. c) No geral, os crimes contra a pessoa ocorrem com maior
incidência em municípios com baixa população em Goiás.
d) Há uma tendência de quanto mais desenvolvida a
economia nos municípios goianos, menor a incidência de
crimes contra o patrimônio.
e) Entorno do Distrito Federal é a região com menor
incidência de crimes em Goiás.

Os quadrinhos criados pelo cartunista e geógrafo 76) Leia o texto a seguir.


Evandro Alves são ilustrações que comportam Em dez dias de operação, o Sistema Mauro Borges
informações e críticas sobre a exploração do Cerrado. abastece de água tratada 79 bairros da Região Norte de
Nesse contexto, na tirinha apresentada, o objetivo de Goiânia, o que representa cerca de 200 mil pessoas. Até
Alves é: o final deste mês, a expectativa é de que ele atinja 90
(A) enfatizar a capacidade humana para dominar a bairros.
natureza. O nome dado ao sistema de captação e distribuição de
(B) ressaltar a degradação do meio ambiente pelo água citado na matéria representa uma homenagem
agronegócio. a) a um ex-governador de Goiás, filho de Pedro Ludovico
(C) destacar o desenvolvimentismo ecológico na Teixeira.
ocupação do sertão. b) ao primo-irmão de Carla Borges, jornalista autora da
(D) exaltar o uso de novas tecnologias para a produção matéria.
de alimentos. c) ao pai do nadador Gustavo Borges, que testou o
sistema.
73) PC 2018 Inaugurado em setembro de 1976, o Distrito
Agroindustrial de Anápolis (DAIA) é considerado um dos d) a um ex-prefeito de Goiânia, cassado pela ditadura.
principais polos industriais de Goiás. Sobre o DAIA é
e) ao líder do movimento ecológico “Salve as Águas”.
CORRETO afirmar:
a) Devido sua posição estratégica, localizado no município
de Anápolis e próximo a Goiânia e Brasília, o DAIA abriga

55
LEGISLAÇÃO ESTADUAL

80) Safra recorde reanima a economia e salva o PIB do


1º trimestre. Recém-saída da crise, a agropecuária é
77) Saneago-18 agora o carro-chefe da expansão da economia, graças à
Observe a imagem. colheita excepcional das principais culturas. Segundo o
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a
safra agrícola deve crescer 26,2% este ano, para 233,1
milhões de toneladas.
O texto faz referência à safra colhida no ano agrícola
2016/2017. O fator natural que mais influenciou na
produção dessa “supersafra” foi o seguinte:
a) a grande fertilidade natural dos solos da região Centro-
Oeste.
b) as condições climáticas favoráveis à agricultura.
c) as políticas de financiamento dos governos estaduais.
d) a mecanização e o uso de tecnologias voltadas para o
campo.
e) as práticas de combate às pragas e doenças agrícolas.
A imagem apresenta os dados de uma área atingida por
um grande incêndio em 2017. Trata-se de um Patrimônio 81) Segundo Maximiliano Bayer, o Rio Araguaia “até
Natural da Humanidade, pois Barra do Garças [...] não tem praia, não tem planície de
(A) contém uma das maiores biodiversidades do mundo. inundação, apenas os famosos cânions, da região de
(B) possui um dos maiores conjuntos de cavernas do Santa Rita. A partir daí, perdendo declividade, perde
planeta. também velocidade e passa a ter dificuldades para
(C) abriga uma das formações vegetais mais recentes do transportar [...]. E, então, o Araguaia começa a deixar
hemisfério sul. essa areia nas laterais, o que forma as praias e atrai cada
(D) recebe parte de uma das maiores florestas tropicais vez mais turistas. Mas, ao mesmo tempo, isso está nos
do continente americano. dizendo que o rio está com problemas”.
[...] Como o rio não tem a capacidade de transportar todo
78) Durante o mês de setembro de 2017, em decorrência esse sedimento, a tendência é que ele comece a engolir
do período de seca sazonal, o Brasil registrou recorde no suas margens para poder levar essa água. Portanto, o rio
número de focos de incêndios florestais, sobretudo na vai ficando cada vez mais largo, mas cada vez menos
região Centro-Oeste e parte da região Norte do país. profundo.
Sabe-se que esse período de seca sazonal decorre A “doença” do Rio Araguaia a que se refere Bayer
a) da manifestação direta do aquecimento global através denomina-se:
do aumento da temperatura impedindo a formação de a) alagamento
chuvas.
b) assoreamento
b) do processo de desmatamento do Cerrado e da
Floresta Amazônica, que interfere diretamente na c) intemperismo
distribuição das chuvas. d) inundação
c) do alto índice de desenvolvimento industrial do país, e) vossorocamento
cuja produção de gás do efeito estufa impede a formação
de nuvens na região. 82) Leia o texto.
d) da queima de combustíveis fósseis que produz O Brasil, por conter um extenso território, apresenta
alterações no fluxo de entrada de energia solar na diferenças climáticas, econômicas, sociais e culturais entre
as suas regiões. A cultura do Centro-Oeste brasileiro é bem
atmosfera terrestre.
diversificada, recebendo contribuições principalmente dos
e) da dinâmica natural do sistema climático, observando indígenas, paulistas, mineiros, gaúchos, bolivianos e
que a região está localizada dentro da faixa de clima paraguaios.
tropical. São manifestações culturais típicas da região Centro-
Oeste:
79) Dentre as diversas atividades culturais de um povo (A) o congo, a capoeira e o maracatu.
muitas estão ligadas diretamente à crença ou a fé, (B) o fogaréu, a cavalhada e o cururu.
advindas de uma determinada manifestação religiosa. Na (C) o carnaval, o fandango e o terno de zabumba.
cidade de Catalão – GO, ocorre anualmente, no mês de (D) o samba de lenço, os caboclinhos e o carimbó.
outubro, a tradicional festa da Congada, que atrai vários
grupos de congada que dançam pelas ruas da cidade. 83) Em suas viagens pela província de Goiás no início do
Essa festa é em louvor século XIX, o viajante francês Saint-Hilaire registrou:
a) a São João Batista. Os negros e crioulos me diziam que preferiam recolher no
b) a Nossa Senhora da Abadia. córrego de Santa Luzia um único vintém de ouro por dia, do
que se porem ao serviço dos cultivadores por quatro
c) a Nossa Senhora do Rosário. vinténs, uma vez que os patrões pagam em gêneros dos
d) ao Divino Espírito Santo. quais lhes é impossível se desfazerem. Certos colonos
caíram em tal miséria que ficam meses inteiros sem poder
e) ao Senhor do Bonfim. salgar os alimentos, e quando o pároco faz a sua excursão

56
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
para a confissão pascal, sucede que todas as mulheres da
mesma família se apresentam uma após outra com o
mesmo vestido. 85) Analise a imagem.
Os registros de Saint-Hilaire se referem ao contexto
socioeconômico gerado pela decadência das atividades
(A) da mineração, ocasionada pela escassez de ouro e
pelo uso de técnicas rudimentares para extração do
metal.
(B) da agricultura, provocada pela resistência dos índios
ao trabalho nas lavouras e pela abolição da escravidão
africana.
(C) do comércio, proporcionada pelo fim das atividades
dos tropeiros e pela ausência de estradas que ligavam
o sertão ao litoral.
(D) da pecuária, desencadeada pela dificuldade de
transporte
do gado para a invernada e para a comercialização
com outras regiões.

84) Observe a imagem.

O painel representa um período da história de Goiás


marcado
pelo esforço dos
(A) povos ribeirinhos nas atividades de pesca.
(B) mineradores na extração do ouro no leito dos rios.
(C) escravos africanos no trabalho nas fazendas de café.
(D) bandeirantes no desbravamento de terras
interioranas.
O edifício apresentado na foto, um exemplo do estilo que
marcou a arquitetura de Goiânia na década de 1930, 86) O Rio Paranaíba é um dos rios mais importantes do
apresenta estado
características da arte de Goiás porque é utilizado para
(A) neoclássica, distinguida pelos traços simétricos e (A) a geração de energia elétrica, abrigando grandes
geométricos barragens.
inspirados na arquitetura greco-romana. (B) o abastecimento de mais de trinta cidades, incluindo
(B) nouveau, definida pela presença de linhas dinâmicas, a capital.
a fim de transmitir a ideia de movimento. (C) as atividades de turismo, formando praias no período
(C) déco, caracterizada pela frequente simplificação de estiagem.
geometrizante (D) o desenvolvimento da aquicultura, diversificando a
de seus elementos decorativos. economia regional.
(D) eclética, identificada pela mistura de diferentes estilos
arquitetônicos de outros países e épocas. 87) Leia o fragmento.
O fato é que nem o Sudoeste é uma ilha de desenvolvimento,
eldorado do Estado, muito menos o Nordeste deve ser
considerado o corredor da miséria. Considerá-lo como
corredor da miséria é aceitar o discurso e não desconfiar das
promessas da modernidade. Basta observar que a
modernidade produzida no Sudoeste não foi capaz, até o
momento, de minimizar o flagelo de parte significativa da
população que vive em favelas ou nas periferias de Rio
Verde, Jataí, Mineiros e Santa Helena, entre tantos outros
municípios.
Ao analisar duas regiões do estado de Goiás, o autor do
fragmento apresenta um argumento baseado no seguinte
aspecto:
(A) no Sudoeste, a manutenção da agricultura de
subsistência
impediu o desenvolvimento tecnológico e a
57
LEGISLAÇÃO ESTADUAL
formação de mão de obra especializada. 21) D
(B) no Nordeste, a pecuária intensiva provocou o 22) A
empobrecimento 23) B
dos trabalhadores rurais e resultou na decadência 24) D
econômica da região. 25) D
(C) no Nordeste, a extração mineral ocasionou a retração 26) D
da produção de alimentos e criou obstáculos 27) D
para a criação de gado de corte. 28) C
29) A
(D) no Sudoeste, a expansão agrícola ocasionou a
30) A
proletarização
31) B
de parte significativa da população e manteve
32) B
a produção da miséria. 33) D
34) D
35) B
36) A
37) D
38) C
39) A
40) C
41) E
42) D
43) B
44) C
45) C
46) A
47) B
48) A
49) D
50) C
51) B
52) D
53) C
54) A
55) C
56) A
57) C
58) D
59) C
60) B
61) D
62) E
63) B
64) A
65) VFFVVV
66) C
67) B
GABARITO LISTA IV 68) B
69) C
Gabarito 70) C
01) D 71) D
02) C 72) B
03) B 73) A
04) C 74) E
05) B 75) B
06) A 76) A
07) D 77) A
08) A 78) E
79) C
09) D
80) B
10) C
81) B
11) B 82) B
12) A 83) A
13) B 84) C
14) D 85) B
15) C 86) A
16) D 87) D
17) E
18) C
19) C
20) E

58
LEGISLAÇÃO ESTADUAL

BIBLIOGRAFIA
SOUZA, Cibeli de. Paisagens e História de Goiás. 2a ed. Coleção
Paisagens e História. Harbra, 2002.
BERCITO, Sonia de Deus Rodrigues. Nos Tempos de Getúlio.
18a ed. Coleção História em Movimentos. Atual, 1990.
CARNEIRO, Maria Esperança F. Retrospectiva Histórica de
Goiás. 2a ed. Livraria Cultura Goiana, 1996.
COUTO, Ronaldo Costa. Brasília Kubitschek de Oliveira. 1a ed.
Coleção Metrópoles. Record, 2002.
POLONIAL, Juscelino. Terra do Anhangüera. 2a ed. Coleção
História de Goiás. Kelps, 2001.
LOCONTE, Wanderley. Bandeirantes. 2a ed. Coleção Por dentro
da História. Saraiva, 2004.
MIGLIACCI, Paulo. Os Descobrimentos. 3a ed. Coleção História
em Aberto. Scipione,1997.
LIBBY, Douglas Cole. A economia do império brasileiro. 4a ed.
Coleção Discutindo a História do Brasil. Atual, 2004.
MARTINS, Ana Luiza. Império do Café. 15a ed. Coleção História
em Documentos. Atual,1990.
BERNARDES, Carmo. Santa Rita. 2a ed. UFG, 1997.
GALDINO, Luiz. Conjuração Mineira. 1a ed. Coleção por dentro
da história. Saraiva, 2004.
ÉLIS, Bernardo. Seleta. 3a ed. Editora José Olympio, 1991.
LIBBY, Douglas Cole. A escravidão no Brasil. 1a ed. Coleção
Polêmica. Moderna, 2000.
OLIC, Nelson Bacic. Rumo ao Centro-Oeste. 4a ed. Coleção
Polêmica. Moderna, 1996.
BUENO, Eduardo. Brasil: Terra à Vista!. 1a ed. L&PM Pocket,
2003.
LOPEZ, Luiz Roberto. A Aventura dos Descobrimentos. 1a ed.
Novo Século, 1999.
MENEZES, Valdemes. A invasão de Brasil. 3a ed. Kelps, 1996.
SANADA, Yuri. Histórias e Lendas do Descobrimentos. 2a ed.
Ediouro, 1999.
PALACÍN, Luís; MORAES, Maria Augusta de Sant’anna. História
de Goiás. 6a ed. UFG, 2000

59