Você está na página 1de 3

Inteligência Artificial

A inteligência artificial é a inteligência demonstrada pelas máquinas , em contraste com


a inteligência natural exibida pelos seres humanos. O termo "inteligência artificial" é
frequentemente usado para descrever máquinas (ou computadores) que imitam funções
"cognitivas" que os humanos associam à mente humana, como "aprendizagem" e
"resolução de problemas".

À medida que as máquinas se tornam cada vez mais capazes, tarefas consideradas como
"inteligência" são frequentemente removidas da definição de IA como por exemplo
o reconhecimento ótico de caracteres.

O desenvolvimento da área começou logo após a Segunda Guerra Mundial, com o artigo
"Computing Machinery and Intelligence" do matemático inglês Alan Turing. Foi fundada
como uma disciplina acadêmica em 1956 e, desde então, experimentou várias ondas de
otimismo seguidas de deceção e perda de financiamento, seguido de novas abordagens,
sucesso e financiamento renovado. O campo foi fundado no pressuposto de que a
inteligência humana "pode ser descrita com tanta precisão que pode ser feita uma máquina
para simulá-la".

O principal objetivo dos sistemas de inteligência artificial é executar funções que, caso
fossem feitas por um ser humano, seriam consideradas inteligentes., ou seja criar
tecnologia que permita a máquinas e computadores que funcionem como se da mente
humana se tratasse.

A inteligência artificial está presente em quase todos os ramos industriais, e pode ser
aplicada em:

 Medicina;
 Manufatura;
 Desporto;
 Economia;
 Entre outras…

Vantagens

 Redução de erros: Uma vez que são máquinas, a inteligência artificial é mais resistente e
tem maior capacidade de suportar ambientes hostis, reduzindo as chances de falharem.
 Exploração: Devido à programação dos robôs, eles podem realizar um trabalho mais
laborioso e duro com maior responsabilidade.
 Sem pausas: As máquinas, ao contrário dos seres humanos, não precisam de intervalos
frequentes. Elas conseguem exercer várias horas de trabalho sem ficarem cansadas,
distraídas ou entediadas, apenas pela sua programação.
Desvantagens

 Alto custo: o custo de produção das máquinas de inteligencia artificial é demasiado, o


que se deve a complexidade e dificuldade de manutenção
 Falta de criatividade: A inteligência artificial não é desenvolvida ao ponto de atuar como
o cérebro humano, de forma criativa.
 Causa o desemprego: Como são capazes de executar tarefas antes exclusivas aos
humanos de maneira mais otimizada e eficiente, os mecanismos de inteligência artificial
tendem a substituir a atividade humana em larga escala.

Concluindo, a construção de máquinas inteligentes interessa à humanidade há muito


tempo, havendo já na história grandes registos e isto representa um grande avanço
tecnológico por parte da espécie humana.