Você está na página 1de 4

DGE – Direção-Geral da Educação AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS BAIXA-CHIADO

DGAE – Direção-Geral da Administração Escolar Escola Sede – ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PASSOS MANUEL
DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Código de Agrupamento 171943

O Verbo

Modo Tempo Exemplo

Presente estudo
-------------- --------------------- ------------------------------
Imperfeito estudava
---------------------------
Pretérito simples: estudei
Perfeito composto: tenho estudado
----------------------------
Mais-que-perfeito simples: estudara
Indicativo composto: tinha estudado

-------------- -------------------- -------------------------------


Futuro simples: estudarei
composto: terei estudado
-------------- --------------------
Condicional simples: estudaria
composto: teria estudado
Presente estude (que)
------------------- --------------------------
Imperfeito estudasse (se)
Pretérito Perfeito tenha estudado
Conjuntivo Mais-que-perfeito tivesse estudado
---------------------- ----------------------------
Futuro simples estudar (quando)
composto tiver estudado
estuda (tu); estudemos (nós);
Imperativo Presente estudai (vós); estudem (vocês)

Infinitivo Impessoal estudar


Pessoal tu estudares
Particípio passado estudado
Gerúndio estudando

NOTA: Os verbos auxiliares dos tempos compostos podem ser “ter” ou “haver”.
DGE – Direção-Geral da Educação AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS BAIXA-CHIADO
DGAE – Direção-Geral da Administração Escolar Escola Sede – ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PASSOS MANUEL
DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Código de Agrupamento 171943

1. Reconstitui a fábula de La Fontaine (adaptação de Nicéas Romeo Zanchett) com os verbos em falta,
respeitando as instruções indicadas
A TARTARUGA AVIADORA
Um certo dia, uma tartaruga encontrou-se com dois patos emigrantes. Ficou horas admirada,
(verbo “ouvir” no gerúndio) -os contar as suas grandes viagens pelo mundo
fora.
─ Vocês é que são felizes… ─ (verbo “dizer” na terceira pessoa do singular do
pretérito imperfeito do indicativo) a tartaruga, suspirando resignadamente. ─ Eu também
(verbo “gostar” na primeira pessoa do singular do modo condicional) de viajar,
mas ando muito devagar.
─ Porque não nos acompanha? Vamos correr o mundo a três... ─ disse um dos patos.
─ Como (verbo “poder” na primeira pessoa do singular do futuro do
indicativo) ir, se não sei nem ao menos andar depressa pelo chão, quanto mais voar por essas alturas e
distâncias?
─ Podemos ajudá-la, fazendo como os aviadores. Nós seremos os pilotos e você irá como
passageira.
─ Mas, meus amigos, onde está o avião?
─ Não te preocupes. Nós arranjaremos tudo, já!
Pegaram num pau roliço e comprido e mandaram que a tartaruga se __
(verbo “dependurar” na terceira pessoa do singular do pretérito imperfeito do indicativo) nele, com a boca,
fortemente. Em seguida cada um (verbo “pegar” na terceira pessoa do
singular no pretérito perfeito do indicativo) uma das pontas do bastão e lá se foram pelos ares, batendo as
asas compassadamente e levando a feliz tartaruga.
─ (verbo “segurar” na segunda pessoa do singular do modo imperativo) -
te bem, "agarra-te" com força, comadre tartaruga! ─ gritou um dos patos. ─ A viagem é comprida!...
Lá da terra, os animais e as pessoas, admiradas, erguiam a cabeça, fixavam bem os olhos; estavam
espantados por ver uma tartaruga a voar.
─ Olhem, olhem! ─ gritavam alguns deles, apontando para o céu ─ Nunca tinha visto uma tartaruga
a voar! Aquela deve ser a rainha das tartarugas!...
E todos riam satisfeitos.
A tartaruga voadora sentia-se orgulhosa por ser admirada.
─ Sou mesmo a rainha! ─ ia respondendo a ingénua tartaruga, mas não chegou a
(verbo “pronunciar” no infinitivo impessoal) nem a primeira silaba, porque, ao abrir
a boca, soltou-se do bastão e caiu como um raio, espatifando-se no chão.
Os patos continuaram o seu voo, porque é o que melhor sabem fazer. E ficaram comentando:
─ Da próxima vez que (verbo “trazer” na primeira pessoa do plural do futuro
do conjuntivo) alguém que não (verbo “saber” na terceira pessoa do presente do
conjuntivo) voar, é melhor providenciarmos um paraquedas.
In http://asfabulasdelafontaine.blogspot.pt/ (cons. dia 18/10/2016, com adap.)

2. Reescreve o provérbio conjugando as formas verbais no pretérito imperfeito do indicativo .


“Quem tem boca, vai a Roma.”

3. Coloca as formas verbais seguintes nas pessoas, tempos, modos ou formas nominais indicados(as)
entre parênteses:
a) entrar (3ª pessoa do singular do pretérito mais-que-perfeito do indicativo)
b) fornecer _ (1ª pessoa do plural do modo condicional)
c) ativar (2ª pessoa do singular do modo imperativo)
d) ser (1ª pessoa do singular do presente do conjuntivo)
e) estar ( 2ª pessoa do plural do presente do indicativo)
DGE – Direção-Geral da Educação AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS BAIXA-CHIADO
DGAE – Direção-Geral da Administração Escolar Escola Sede – ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PASSOS MANUEL
DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Código de Agrupamento 171943

1. Reconstitui esta fábula de Esopo com os verbos em falta, respeitando as instruções indicadas
Uma tarde, um leão (verbo “dormir” no pretérito imperfeito do modo indicativo)
descansado quando um rato muito ativo começou a saltar à sua volta. Sem querer, o rato
(verbo “acordar” no pretérito perfeito do modo indicativo) o leão, que rapidamente o apanhou. Quando o
leão estava prestes a comê-lo, ele pediu que lhe (verbo “perdoar” no pretérito
imperfeito do modo conjuntivo) e prometeu que um dia o (verbo “recompensar” no
presente do modo condicional) pelo favor que lhe estava a (verbo “fazer” no infinitivo
impessoal). O leão desatou às gargalhadas, achou engraçado como um pequeno rato poderia pensar que
algum dia o __________(verbo “ajudar” no presente do modo condicional) caso
ele_____ ___ (verbo “precisar” no pretérito imperfeito do modo conjuntivo) de um favor, mas, de qualquer
forma, soltou-o.
Passados alguns dias, o leão foi ____(verbo “apanhar” no particípio
passado) por caçadores e ________(verbo “prender” no particípio passado) a uma árvore com
corda. Por mero acaso, o rato estava a passar naquele lugar e, mal ouviu os queixumes do leão,
-se (verbo “aproximar-se” no pretérito perfeito do modo indicativo) para o ajudar.
Sem pensar duas vezes, o rato roeu a corda e soltou-o da armadilha.
O leão ficou muito surpreendido! Como era maravilhoso estar livre, e graças à ajuda de um pequeno
rato!
Esopo, As minhas Primeiras Fábulas, Mimosa, 2007 (texto adaptado)

1. Reescreve o último parágrafo da fábula no futuro do modo indicativo

2. Coloca as formas verbais seguintes nas pessoas, tempos, modos ou formas nominais indicados(as)
entre parênteses:
a) começou (pretérito mais-que-perfeito do indicativo)
b) recompensariam (presente do conjuntivo)
c) precisásseis (futuro do conjuntivo)
d) estavas (gerúndio)
e) ficou _ (particípio passado)

3. Conjuga o verbo “cantar”, completando o quadro seguinte

Modo Indicativo Conjuntivo


Tempo Presente Imperfeito Futuro Presente Imperfeito Futuro
Eu
Tu
Ele
Nós
Vós
Eles
DGE – Direção-Geral da Educação AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS BAIXA-CHIADO
DGAE – Direção-Geral da Administração Escolar Escola Sede – ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PASSOS MANUEL
DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Código de Agrupamento 171943

4. Completa o quadro
Infinitivo Gerúndio Particípio passado
Dormir
Comer
Descansar

5. Encontra, na sopa de letras, dez formas verbais do verbo “calar” e depois completa as alíneas com
cada uma dessas palavras

a) Pretérito perfeito do modo indicativo _______


F W Q T I O B N F M
b) Pretérito imperfeito do modo conjuntivo ____________ E C A L A R M O S C
C A L E I S A S C A
c) Presente do modo Imperativo ____ _____ ____ __ A L E B B E I Q A L
L A C N M C O P A A
d) Futuro do modo indicativo _____________________ O N D C B A C Ç K R
U D Z C A L A S S E
e) Infinitivo _____________________________ X O X A N A L U C M
C E A L M D A L Y O
f) Presente do modo conjuntivo __________________ V S D A Y O I O I S
B H G R D A S E R G
g) Gerúndio_________________________ N C A L A R I A A C
h) Particípio passado ___________________

i) Presente do modo condicional _

j) Futuro do modo conjuntivo