Você está na página 1de 46

MICROBIOTA INTESTINAL E SUAS

FUNÇÕES
Bianca Rosa Rodrigues Rebelo
MICROBIOTA INTESTINAL
• 70.000.000.000.000 de bactérias
• Biomassa>1kg
• Altamente diversificada
• 50 gêneros
• Inclui mais de 1200 espécies bacterianas diferentes
▫ Pequeno número de espécies abundantes e grande
número de espécies raras
• Anaeróbios 60-90%
• Enzimas 58.000
• Substâncias químicas 25.000

Neish, A S. Microbes in Gastrointestinal Health and


Disease. Gastroenterology,2009
• Autóctone / estável

• Alóctone / transitória
▫ Inclui as patogênicas
Podem ser
Benefícios para o
patogênicas, Ex
organismo
Sem benefícios ou Clostridium,
Ex Bifidobacterium e
riscos, Ex E coli Pseudomonas,
Lactobacilus
Enterobacter

Round. The gut microbiome shapes intestinal immune


responses during health and disease. Nat Rev Immunol. 2009
AERÓBIOS

ANAERÓBIOS
FUNÇÕES

Round. The gut microbiome shapes intestinal immune


responses during health and disease. Nat Rev Immunol. 2009
METABÓLICA/NUTRICIONAL
• Síntese de vitamina K e vitamina do complexo B
• Fermentação de fibras não digeríveis
▫ Produção de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC)
▫ Fonte de energia

Harald Brüssow & scott J Parkinson. You are what you eat. nature
biotechnology volume 32 number 3 march 2014
• Ratos germ-free
▫ Vilosidades longas
▫ Criptas atróficas
▫ Lento turnover de cels
epiteliais
▫ Angiogênese defeituosa
▫ Placas de Peyer menores
▫ Menor produção de
citocinas e imunoglobulinas,
▫ Menos linfócitos intra-
epiteliais,

Neish, A S. Microbes in Gastrointestinal Health and


Disease. Gastroenterology,2009
IMUNOLÓGICA - modulação

• GALT
▫ maior órgão imunológico do corpo humano
▫ maior área de contato da mucosa com o ambiente
▫ contém até 80% de todas as células imunes ativas

Período neonatal
MICROBIOTA Maturação do tecido linfoide
Tolerância imunológica
Celula de Paneth
Modulação – Imunidade Inata

Ann M. O’Hara1 & Fergus Shanahan.


The gut flora as a forgotten organ.
Neish, A S. Microbes in
Gastrointestinal Health and EUROPEAN MOLECULAR BIOLOGY
Disease. Gastroenterology,2009 ORGANIZATION. 2006
Modulação – Imunidade Inata
• Distribuição espacial específica do receptor
• Tipo de bactéria
=
• Discriminação entre patógeno e simbionte

• Inflamação basal / tônus citoprotetor


x
• Inflamação patológica

Neish, A S. Microbes in
Gastrointestinal Health and
Disease. Gastroenterology,2009
Round. The gut microbiome shapes intestinal immune
responses during health and disease. Nat Rev Immunol. 2009
Modulação – Imunidade Adaptativa
• Produção de tolerância
Round. The gut microbiome shapes intestinal immune
responses during health and disease. Nat Rev Immunol. 2009
• Tipo da bactéria

• Citocina
produzida pela
célula dendrítica

• 3º sinal

• Diferenciação Th

Dongarrà et al. Mucosal Immunology and Probiotics.


Curr Allergy Asthma Rep (2013) 13:19–26
IMUNOLÓGICA - antibacteriana
-Barreira mecânica
(ocupação dos sítios de
adesão)

- Competição por
nutrientes
Compostos antimicrobianos produzidos
por bacterias acido-láticas
• Ácidos orgânicos
• Diacetil
• Peróxido de hidrogênio
• Dióxido de carbono
• Bacteriocinas
• Substâncias antimicrobianas de baixo peso
molecular
Bacteriocinas

• Polipeptídeos ribossômicos sintetizados que


exibem atividade bactericida ou bacteriostática
contra bactérias geneticamente relacionadas
• Produzidas pelas bactérias produtoras de ácido
láctico

Vuyst and Vandamme. Bacteriocins of Lactic Acid Bacteria,


1994
DISBIOSE
DISBIOSE

Seleção de
patobiontes

Round
Doenças relacionadas
METABÓLICA - obesidade
Cani et al.
Endocannabinoids — at the
crossroads between the gut
microbiota and host
metabolism. NATURE
REVIEWS |
ENDOCRINOLOGY
2016
• FIAF: fator de
adipócito
induzido pelo
jejum , que
inibe a lipase
lipoproteica
NEOPLASIA
TRATAMENTOS
• Micro-organismos vivos que,
ao serem administrados em
quantidades adequadas,
oferecem vantagens para a
saúde do hospedeiro

2015 (FAO/WHO, 2001, Hill et


PROBIOTICOS al 2014)
Crítica

• Organismos mortos ou moléculas bioativas


produzidas por bactérias: proteínas,
polissacarídeos, nucleotídeos ou peptídeos
(Shanahan e Quigley, 2014)
Farmabiótipo
• (O´hara e Shanahan, 2006)
• “Termo genérico que engloba qualquer forma de
terapêutica com flora comensal, incluindo
probióticos bacterianos vivos, metabólitos
ativos, prebióticos, simbióticos ou bactérias
comensais geneticamente modificadas”
Barreira física

Muco

Regula positivamente a expressão de zona


occludens 1 (uma proteína de junção
estreita), ou impede a redistribuição da
proteína de junção estreita

Gareau. Probiotics and


the gut microbiota in Produção de
intestinal health and
disease. Nat Rev bacteriocinas
Gastroenterol Hepatol.
2010
Gareau. Probiotics and the gut microbiota in
intestinal health and
disease. Nat Rev Gastroenterol Hepatol. 2010
PREBIOTICOS

• Ingrediente/nutriente que provoca mudanças na


formação e/ou atividade da microbiota
gastrointestinal, oferecendo assim, benefícios
sobre a saúde do hospedeiro.
PREBIOTICOS
• Carboidratos não digeríveis que serão
metabolizados no cólon por bactérias benéficas
▫ Modifica a composição da microbiota colônica
▫ Estimulando a proliferação de bactérias benéficas
• Resistência às enzimas salivares, pancreáticas e
ao ácido estomacal
• Não podem ser absorvidos no intestino delgado
PREBIOTICOS

• Lactulose
• Lactitol
• Xilitol
• Inulina
• Oligossacarídeos não digeríveis
▫ Fruto-oligossacarídeos (FOS)
▫ Galacto-oligossacarídeos (GOS)
SIMBIÓTICOS

• Associação de
probióticos e
prebióticos
TRANSPLANTE FECAL
TRANSPLANTE FECAL

• Método pelo qual bactérias comensais,


pertencentes ao TGI de pessoas saudáveis, são
administradas em pacientes
• SNG ou colonoscopia
• Infecções persistentes (ppt Clostridium difficile)
O problema é a cepa

Homo sapiens
Homo sapiens
CONCLUSÃO