Você está na página 1de 6

PAÍSES COM DIFERENTES GRAUS DE DESENVOLVIMENTO

Características gerais dos países desenvolvidos e dos países em desenvolvimento

 Características gerais dos países desenvolvidos


 TBN reduzida
 TBM reduzida
 TMI reduzida
 Predomínio de população idosa
 EMV elevada
 TCN reduzida
 Predomínio da população empregada no sector terciário
 Rede de transportes muito densa
 Maior acesso aos meios de comunicação
 Características gerais dos países em desenvolvimento
 TBN elevada
 TBM elevada
 TMI elevada
 Predominio de população jovem
 EMV baixa
 TCN elevada
 Predomínio de população empregada nos sectores primário e secundário
 Rede de transportes pouco densa
 Menor acesso aos meios de comunicação
Crescimento económico e desenvolvimento humano

 Crescimento económico
 fenómeno de natureza quantitativa que se refere à quantidade de riqueza material
produzida pelos sectores de actividade económica.
 Desenvolvimento humano
 fenómeno de natureza qualitativa que resulta da aplicação da riqueza de um país ou
região na satisfação das necessidades da população.
A elevada produção material (crescimento económico) não conduz sempre ao desenvolvimento
humano.

Indicadores de crescimento económico e do desenvolvimento humano

INDICADORES DE CRESCIMENTO ECONÓMICO

 PIB (Produto Interno Bruto)


 valor de todos os bens e serviços produzidos pelos residentes (nacionais e estrangeiros)
de um país ou região, num determinado período de tempo.
 PNB (Produto Nacional Bruto)
 Valor de todos os bens e serviços produzidos pelos habitantes de uma dada
nacionalidade, num determinado período de tempo. (Mesmo quando essa produção é
realizada no estrangeiro).
INDICADORES DE DESENVOLVIMENTO HUMANO

 IDH (Índice de Desenvolvimento Humano)


 indicador composto que mede três dimensões básicas do desenvolvimento humano:
 vida longa e saudável (saúde)
 EMV
 conhecimento (educação)
 nº médio de anos de escolaridade
 nº de anos de escolaridade esperados
 padrão de vida digno (rendimento)
 RNB (rendimento nacional bruto) per capita
Limitações do IDH:

 resulta do cálculo de apenas 4 indicadores simples


 não contempla aspectos importantes como a democracia, a segurança, os Direitos
Humanos ou a conservação e preservação ambiental
 não expressa as diferenças sociais, como por exemplo as de género
 os dados estatísticos nem sempre são fiáveis e actualizados
Países com IDH Países com IDH
elevado baixo
Europa África

América do Norte Ásia Central

Oceânia Ásia Meridional

Médio Oriente

Ásia Oriental

 IDG (Índice de Desigualdade de Género)


 indicador composto que traduz a desigualdade de género em três dimensões:
 saúde reprodutiva
 taxa de mortalidade materna
 taxa de fertilidade na adolescência
 aquisição de capacidades
 % de assentos parlamentares ocupadas por mulheres
 % de população masculina e feminina com parte do Ensino Secundário
 mercado de trabalho
 % de população activa masculina e feminina
O IDG varia entre 0 e 1. Quanto maior for o IDG, maiores são as diferenças entre os humanos e
mulheres.

 IPM (Índice de Pobreza Multidimensional)


 indicador composto que reflecte a situação de pobreza vivida pela população em três
dimensões:
 saúde
 nutrição
 mortalidade infantil
 educação
 anos de escolaridade
 nº de crianças matriculadas
 padrão de vida
 acesso a combustível para cozinhar
 acesso a saneamento básico
 acesso a água potável
 acesso a electricidade
 acesso a uma habitação com pavimento
 acesso a bens (automóvel, rádio, televisão, frigorífico, telefone, bicicleta ou
motorizada)
O IPM varia entre 0 e 1. Quanto maior o IPM, maior a percentagem de população em situação
de pobreza.
Caracterização de diferentes grupos de países

 PMA (Países Menos Avançados)


 países em desenvolvimento mais pobres do mundo
 BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul)
 países em desenvolvimento que se destacaram pelo seu aumento de crescimento
económico e de desenvolvimento
 NPI (Novos Países Industrializados)
 países que atravessarem o processo de industrialização e que passaram a ser
desenvolvidos
 OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo)
 principais países exportadores de petróleo e visa controlar os preços e o volume de
produção de petróleo.

INTERDEPENDÊNCIA ENTRE ESPAÇOS COM DIFERENTES NÍVEIS DE


DESENVOLVIMENTO

Os principais obstáculos ao desenvolvimento dos países

Obstáculos naturais

 a maioria dos países em desenvolvimento localiza-se na zona inter-tropical, com climas


quentes e húmidos propícios ao desenvolvimento de certas doenças;
 são frequentes ao longo dos períodos de seca e outras catástrofes naturais como furacões e
inundações

Obstáculos históricos
 a colonização a que foram sujeitos os povos da América do Sul, de África e da Ásia deixou
consequências a nível cultural, politico e económico

Obstáculos políticos

 alguns países em desenvolvimento têm regimes autocráticos e repressivos

Obstáculos económicos e tecnológicos


 divida externa que impossibilita o investimento para desenvolver o país
 baixo nível tecnológico

Obstáculos sociais
 dificuldade em garantir e respeitar os direitos humanos
As diferentes dimensões das desigualdades
As desigualdades no acesso ao emprego

 Nos países desenvolvidos


 estagnação dos salários reais
 aumento da precarização do emprego
 direito a subsídio de desemprego

 Nos países em desenvolvimento


 empregos precários e com baixos rendimentos que garantem a sobrevivência
 existência do trabalho infantil
 falta de protecção social

O desigual acesso à alimentação

 Nos países desenvolvidos


 consumo excessivo de calorias que tem levado ao aumento da obesidade e das
doenças associadas (diabetes, doenças cardiovasculares e doenças renais)

 Nos países em desenvolvimento


 subnutrição que deixa o organismo mais susceptível a doenças (anemia, raquitismo,
osteoporose, escorbuto).

O desigual acesso à saúde

 Nos países desenvolvidos


 acesso mais facilitado a hospitais e serviços de saúde
 comparticipação do Estado na compra de medicamentos

 Nos países em desenvolvimento


 falta de médicos, enfermeiros e de equipamentos de saúde
 medicamentos mais caros

O desigual acesso à educação

 Nos países desenvolvidos


 maiores taxas de alfabetização
 mais escolas e universidades

 Nos países em desenvolvimento


 baixas taxas de alfabetização
 maior disparidade de género
 poucas escolas e universidades
O desigual acesso à habitação

Nos países desenvolvidos

 poucos bairros de lata nas periferias das cidades

 Nos países em desenvolvimento


 grande percentagem de pessoas a viver em favelas e em bairros degradados

A ESTRUTURA DO COMÉRCIO MUNDIAL

Balança comercial e termos de troca

Balança comercial
 Diferença entre exportações e importações de bens e de serviços

Termos de troca
 relação entre preços das exportações e os preços das importações

O que significa degradação dos termos de troca?


Degradação dos termos de troca significa que um país vende ao estrangeiro mais barato do
que o que lhe compra (preço das importações é superior ao preço das exportações).

Quando acontece o contrário, diz-se que existe valorização do termos de troca.

Tipos de balança comercial

 Balança comercial positiva


 E>I
 Balança comercial nula
 E=I
 Balança comercial negativa
 E<I

Sistemas de trocas comerciais entre países com diferentes graus de desenvolvimento


Países em desenvolvimento

 exportam produtos primários


 importam produtos transformados

 Países desenvolvidos
 exportam produtos transformados
 importam produtos primários
Quem é mais beneficiado e prejudicado com este sistema de trocas comerciais

Os países desenvolvidos são os mais beneficiados pois o preço dos produtos transformados é
muito superior ao preço dos produtos primários.

Existe assim degradação dos termos de troca nos países em desenvolvimento.

Quais os fatores responsáveis pela degradação dos termos de troca


 Maior oferta de produtos primários
 Maior procura de produtos transformados
 Inovação tecnológica que reduz a quantidade de matérias-primas necessárias na indústria.

Como é que a degradação dos termos de troca é um constrangimento ao desenvolvimento


 A degradação dos termos de troca é um obstáculo ao desenvolvimento porque agrava a
dependência dos países em desenvolvimento face aos países desenvolvidos.
 A elevada dependência da exportação de bens primários contribui para uma balança
comercial negativa.
 A divida externa destes países aumenta, o que condiciona o crescimento económico e
acentua a pobreza.

O que é o comércio justo


Comércio justo
 parceria comercial que visa atingir uma maior equidade no comércio internacional,
colocando o respeito e a preocupação pelas pessoas e pelo ambiente acima do lucro.

Globalização do comércio mundial

O desenvolvimento dos transportes e das telecomunicações tem acentuado a globalização do


comércio mundial.

Esta globalização traz alguns aspetos positivos mas outros negativos.

 Aspetos positivos da globalização do comércio


 variedade de produtos
 redução dos preços dos bens e serviços
 transferência de tecnologia para os países menos desenvolvidos
 crescimento económico

 Aspetos negativos da globalização do comércio


 agravamento das desigualdades
 expansão dos problemas ambientais
 desrespeito pelos Direitos Humanos
 proliferação de crises financeiras