Você está na página 1de 4

Português, 9.

º ano Gramática

Ficha Orações subordinadas

1. Associa a oração sublinhada (Coluna A) à respetiva classificação (Coluna B).

Coluna A Coluna B
1. Sei que os gladiadores eram corajosos.
2. Os gladiadores que eram corajosos tornaram-se famosos.
3. Muitos gladiadores morriam na arena, mesmo que fossem
combativos.
a. Subordinada adverbial temporal
4. Os gladiadores eram aplaudidos sempre que venciam um
b. Subordinada adverbial final
combate.
c. Subordinada adverbial concessiva
5. Os gladiadores eram tão aguerridos que lutavam
d. Subordinada adverbial comparativa
ferozmente.
e. Subordinada adverbial consecutiva
6. Os gladiadores eram mais aguerridos do que os outros
f. Subordinada substantiva completiva
homens.
g. Subordinada adjetiva relativa restritiva
7. Os gladiadores lutavam aguerridamente para que
h. Subordinada adjetiva relativa explicativa
pudessem sobreviver.
i. Subordinada substantiva relativa
8. Em Roma, os que eram corajosos, por vezes, tornavam-se
gladiadores.
9. Os gladiadores, que eram corajosos, lutavam
aguerridamente

2. Lê o excerto de uma crítica ao flime Gladiator (Ridley Scott).

Dentro do estilo cinematográfico de Ben-Hur ou Spartacus,


Gladiator apresenta-nos uma história recheada de elementos
dramáticos e épicos que enaltecem um herói improvável, um
homem outrora grandioso que perdeu tudo e todos mas que
5 regressa para desafiar aquele que o traiu. O argumento relata
uma autêntica saga de vingança e perseverança que culmina
numa trágica e emotiva conclusão, que confere ao valoroso
herói uma despedida digna e ao ganancioso vilão uma despe-
dida humilhante. Os diálogos apelam ao epicismo e dramatismo da história, sempre poéticos e
10 aguerridos, aclamam constantemente ideais de justiça e vingança que endurecem a narrativa.
LOPES, João. Portal Cinema [Em linha, consult. em 30-03-2016].

2.1. Completa o quadro, transcrevendo do texto as orações indicadas.

Orações subordinadas
adverbiais (1) adjetivas (7)

Porto Editora
Português, 9.º ano Gramática

3. Lê o início de uma crítica ao filme Gladiator (Ridley Scott).

Em 2000, Ridley Scott surpreendeu o mundo da sétima arte com


Gladiator, um épico histórico de grande qualidade que acabou por con-
quistar o Óscar de Melhor Filme, o principal prémio cinematográfico da
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos da
5 América. Com uma ação temporalmente localizada na época áurea do
império Romano, Gladiator acompanha a saga de Maximus (Russell
Crowe), um sábio e intrépido general romano que, depois de vencer vá-
rias batalhas que contribuíram para a expansão territorial do Império
Romano, pretende abandonar a frente de batalha para regressar a casa.
10 Mas com a súbita e trágica morte do Imperador Marcus Aurelius
(Richard Harris), que pretendia promovê-lo a Imperador, Maximus é perseguido por Commodus
(Joaquin Phoenix), o calculista e imprudente filho do falecido soberano. Depois de escapar à morte,
Maximus regressa a casa, mas rapidamente descobre que, durante a sua ausência, as forças
romanas
assassinaram a sua família. Desolado pela tragédia, acaba por ser capturado e posteriormente vem-
11
dido como escravo a um velho e ambicioso gladiador que o leva até Roma para participar nos violen-
tos jogos do Coliseu, fornecendo-lhe a oportunidade perfeita para executar uma tenebrosa vingança
contra o verdadeiro assassino da sua mulher e do seu filho, o Imperador Commodus.
LOPES, João. Portal Cinema [Em linha, consult. em 30-03-2016]

3.1. Completa o quadro, classificando as orações sublinhadas no texto e identificando a função sintática que
desempenham na frase em que ocorrem. Segue o exemplo.

Oração Função sintática


a. “que acabou por conquistar o
Óscar de Melhor Filme […] Estados
Unidos da América” (ll. 2-5)
b. “depois de vencer várias batalhas”
(ll. 7-8)

c. “que contribuíram para a expansão


territorial do Império Romano” (ll. 8-9)

d. “para regressar a casa” (l. 9)


e. “Depois de escapar à morte” (l. 12)
f. “que, durante a sua ausência, as
forças romanas assassinaram a sua
família” (ll. 12-14)
g. “que o leva até Roma” (l. 15)

h. “para participar nos violentos jogos


do Coliseu” (ll. 15-16)

3.2. Considera as seguintes frases simples:

Porto Editora
Português, 9.º ano Gramática

Maximus era corajoso. Maximus era perspicaz.

Maximus tornou-se um gladiador.

Maximus venceu outros gladiadores.

3.2.1. Constrói frases complexas, estabelecendo entre duas delas os nexos indicados.

a. Causalidade
____________________________________________________________________________
b. finalidade
____________________________________________________________________________
c. consequência
____________________________________________________________________________
d. temporalidade
____________________________________________________________________________
e. concessão
____________________________________________________________________________
f. comparação
____________________________________________________________________________

Porto Editora
Português, 9.º ano Gramática

SOLUÇÕES

15. Orações subordinadas II

1.1. 1. f.; 2. g.; 3. c.; 4. a.; 5. e.; 6. d.; 7. b.; 8. i.; 9. h.

2.1. Orações subordinadas adverbiais: “para desafiar aquele” (l. 5). Orações
subordinadas adjetivas relativas: “que enaltecem um herói improvável, um homem
outrora grandioso”, (ll. 3-4); “que perdeu tudo e todos” (l. 4); “que regressa”, (ll. 4-5);
“que o traiu” (l. 5); “que culmina numa trágica e emotiva conclusão”, (ll. 6-7); “que
confere ao valoroso herói uma despedida digna”, (ll. 7-8) “que endurecem a narrativa”
(l. 10).

3.1.

Oração Função sintática

a. Oração subordinada adjetiva relativa restritiva Modificador restritivo do nome

b. Oração subordinada adverbial temporal (não finita infinitiva) Modificador (do grupo
verbal)

c. Oração subordinada adjetiva relativa restritiva Modificador restritivo do nome

d. Oração subordinada adverbial final (não finita infinitiva) Modificador (do grupo
verbal)

e. Oração subordinada adverbial temporal (não finita infinitiva) Modificador do grupo


verbal

f. Oração subordinada substantiva completiva Complemento direto

g. Oração subordinada adjetiva relativa restritiva Modificador restritivo do nome

h. Oração subordinada adverbial final (não finita infinitiva) Modificador (do grupo
verbal)

1.3.1. Exemplos: a. Maximus tornou-se um gladiador porque era corajoso. b. Maximus


tornou-se gladiador para vencer outros gladia dores. c. Maximus era tão corajoso que
se tornou um gladiador. d. Quando se tornou gladiador, Maximus venceu outros
gladiadores. e. Embora fosse corajoso, Maximus nem sempre venceu outros
gladiadores. f. Maximus era tão corajoso quanto perspicaz.

Porto Editora