Você está na página 1de 6

CIENCIAS DA NATUREZA

E SUAS TECNOLOGIAS
NOME:_____________________________________

DATA:___/___/___

CALORIMETRIA

01. Queimaduras com água fervente podem ser muito


mais danosas que queimaduras com panelas quentes
de metal. A transferência de calor da água para a pele
será maior do que a transferência do metal se
considerarmos uma mesma massa para ambos.

A propriedade da água que causa esse fenômeno é


seu(sua) Nesse caso, podemos afirmar que:

a) capacidade térmica. a) Os dois termômetros indicarão sempre a mesma


temperatura.
b) transmissividade térmica.
b) O termômetro de bulbo seco indicará sempre uma
c) coeficiente de dilatação. temperatura mais baixa que o de bulbo úmido.

d) condutividade térmica. c) O termômetro de bulbo úmido indicará uma


temperatura mais alta que o de bulbo seco quando a
umidade relativa do ar for alta.
e) calor específico.
d) O termômetro de bulbo úmido indicará uma
02. A sensação humana à temperatura não depende
temperatura mais baixa que o de bulbo seco quando a
apenas da magnitude dessa temperatura. Sentimos
umidade relativa do ar for baixa.
mais frio segurando um tabuleiro de metal à
temperatura ambiente do que um pedaço de bolo à
mesma temperatura. Quando ambos acabam de sair do 04. No interior de um forno de microondas encontra-se
forno, no entanto, nos queimamos mais rapidamente ao um prato que contém 1 kg de purê de batatas para ser
encostar no tabuleiro. aquecido. Considere que o purê de batatas possui calor
específico c = 1,8 cal/g°C, e que a capacidade térmica
C do prato é de 20 cal/°C. A potência elétrica de
Considerando as situações exemplificadas acima e
consumo do forno é igual a 1.200 W, dos quais 80%
algumas situações de nosso cotidiano, pode-se inferir
dessa potência são transferidos como energia térmica
que a nossa sensação de frio está relacionada a um(a)
para o purê de batatas, o qual por condução aquece o
prato, considere que somente essa energia é
a) absorção brusca de calor. transferida para o prato. Antes de ligar o forno de
microondas, todo esse sistema está em equilíbrio
b) rápida e alta perda de calor. térmico na temperatura de 20°C. Assinale a alternativa
que corresponde ao tempo em que o forno de
c) alto calor específico do corpo. microondas deve ficar ligado para que o prato e o purê
de batatas atinjam a temperatura de 50°C. Use a
d) rápido e alto ganho de temperatura. relação que 1 cal = 4,18 J.

e) baixa temperatura do objeto que tocamos. a) Igual a 3,6 minutos.

03. U.F. Juiz de Fora-MG A umidade relativa do ar b) Igual a 3,2 minutos.


pode ser avaliada através de medidas simultâneas da
temperatura ambiente, obtidas usando dois c) Mais que 3,7 minutos.
termômetros diferentes. O primeiro termômetro é
exposto diretamente ao ambiente, mas o segundo tem d) Igual a 3,0 minutos.
seu bulbo (onde fica armazenado o mercúrio) envolvido
em algodão umedecido em água (veja a figura). e) Menos que 2,0 minutos.
CIENCIAS DA NATUREZA
E SUAS TECNOLOGIAS
05. Dois corpos inicialmente em equilíbrio térmico, após e) 5/8
serem separados, recebem igual quantidade de calor
(∆), conforme o esquema mostra. 07. Em todos os prédios do campus da Escola SESC
de Ensino Médio têm telhados verdes. Trata-se de uma
Para as temperaturas finais, Tx e Ty, serem iguais, os medida voltada para o consumo consciente de energia.
dois corpos devem ter Em um dia típico de verão no Rio de Janeiro, a grama
sobre o telhado amanhece com a temperatura de
aproximadamente 20° C, chegando a 30°C no ápice de
insolação, por volta das 14h. Sabe-se que a infiltração
de água no material verde dos telhados é um dos
principais elementos responsáveis pelo conforto
térmico proporcionado pelo artefato. Cada grama de
água, para se aquecer em 1° C, utiliza 4 J de energia.
Suponha que cada m² do telhado verde da Escola
retenha 1 L de água (densidade igual a 1 kg/L).

Calcule a quantidade de energia solar absorvida


apenas pela água retida no telhado sobre um
apartamento de 120 m² de área desde o amanhecer até
às 14 h.

a) mesmo volume e igual calor específico. a) 4,0 x 105 J

b) diferente calor específico e igual massa molar. b) 5,0 x 105 J

c) mesma massa e igual calor específico. c) 5,4 x 105 J

d) diferente capacidade calorífica. d) 6,0 x 106 J

06. No manual fornecido pelo fabricante de uma ducha e) 4,8 x 106 J


elétrica de 220 V é apresentado um gráfico com a
variação da temperatura da água em função da vazão 08. Diz a lenda que o imperador Shen Nang
para três condições (morno, quente e superquente). Na descansava sob uma árvore, quando algumas folhas
condição superquente, a potência dissipada é de 6 500 caíram no recipiente em que seus servos ferviam água
W. Considere o calor específico da água igual a 4 200 para beber. Atraído pelo aroma, o imperador provou o
J/(kg ºC) e densidade da água igual a 1 kg/L. líquido e gostou. Nascia, assim, a tecnologia do preparo
do chá. Num dia de inverno, a temperatura ambiente
está em 9°C. Faz-se, então, um chá, colocando-se 150
g de água a 100°C numa xícara de porcelana, à
temperatura ambiente. Sabe-se que a porcelana tem
calor específico cinco vezes menor do que o da água.
Se não houver perdas de energia para a vizinhança e a
xícara tiver massa de 125 g, a temperatura da água,
quando o equilíbrio térmico com a xícara se estabelece,
é de, em °C,

a) 54,5.
Com base nas informações dadas, a potência na
condição morno corresponde a que fração da potência b) 72.
na condição superquente?
c) 87.
a) 1/3
d) 89,4.
b) 1/5
e) 118,2.
c) 3/5
09. Uma forma de aquecer água é usando aquecedores
d) 3/8 elétricos de imersão, dispositivos que transformam
energia elétrica em energia térmica, mediante o uso de
CIENCIAS DA NATUREZA
E SUAS TECNOLOGIAS
resistores elétricos. Um desses aquecedores, projetado Após duas horas nessa situação, que quantidade de
para fornecer energia na razão de 500 calorias por água essa pessoa deve ingerir para repor a perda pela
segundo, é utilizado no aquecimento de 500 gramas de transpiração?
água, da temperatura de 20 ºC para 80 ºC.
a) 0,08 g
Considerando que toda a energia transferida é
aproveitada no aquecimento da água e sabendo que o b) 0,44 g
calor específico da água é c = 1,0 cal/g.ºC, o tempo
necessário para atingir 80 º C é igual a c) 1,30 g

a) 60 s. d) 1,80 g

b) 68 s. e) 80,0 g

c) 75 s. 12. Num experimento, um professor deixa duas


bandejas de mesma massa, uma de plástico e outra de
d) 84 s. alumínio, sobre a mesa do laboratório. Após algumas
horas, ele pede aos alunos que avaliem a temperatura
e) 95 s. das duas bandejas, usando para isso o tato. Seus
alunos afirmam, categoricamente, que a bandeja de
10. Nos dias frios, é comum ouvir expressões como: alumínio encontra-se numa temperatura mais baixa.
“Esta roupa é quentinha” ou então “Feche a janela para Intrigado, ele propõe uma segunda atividade, em que
o frio não entrar”. As expressões do senso comum coloca um cubo de gelo sobre cada uma das bandejas,
utilizadas estão em desacordo com o conceito de calor que estão em equilíbrio térmico com o ambiente, e os
da termodinâmica. A roupa não é “quentinha”, muito questiona em qual delas a taxa de derretimento do gelo
menos o frio “entra” pela janela. será maior.

A utilização das expressões “roupa é quentinha” e “para O aluno que responder corretamente ao
o frio não entrar” é inadequada, pois o(a) questionamento do professor dirá que o derretimento
ocorrerá
a) roupa absorve a temperatura do corpo da pessoa, e
o frio não entra pela janela, o calor é que sai por ela. a) mais rapidamente na bandeja de alumínio, pois ela
tem uma maior condutividade térmica que a de plástico.
b) roupa não fornece calor por ser um isolante térmico,
e o frio não entra pela janela, pois é a temperatura da b) mais rapidamente na bandeja de plástico, pois ela
sala que sai por ela. tem inicialmente uma temperatura mais alta que a de
alumínio.
c) roupa não é uma fonte de temperatura, e o frio não
pode entrar pela janela, pois o calor está contido na c) mais rapidamente na bandeja de plástico, pois ela
sala, logo o calor é que sai por ela. tem uma maior capacidade térmica que a de alumínio.

d) calor não está contido num corpo, sendo uma forma d) mais rapidamente na bandeja de alumínio, pois ela
de energia em trânsito de um corpo de maior tem um calor específico menor que a de plástico.
temperatura para outro de menor temperatura.
e) com a mesma rapidez nas duas bandejas, pois
e) calor está contido no corpo da pessoa, e não na apresentarão a mesma variação de temperatura.
roupa, sendo uma forma de temperatura em trânsito de
um corpo mais quente para um corpo mais frio. 13. Aquecedores solares usados em residências têm o
objetivo de elevar a temperatura da água até 70 °C. No
11. Num dia em que a temperatura ambiente é de 37 entanto, a temperatura ideal da água para um banho é
°C, uma pessoa, com essa mesma temperatura de 30 °C. Por isso, deve-se misturar a água aquecida
corporal, repousa à sombra. Para regular sua com a água à temperatura ambiente de um outro
temperatura corporal e mantê-la constante, a pessoa reservatório, que se encontra a 25 °C.
libera calor através da evaporação do suor. Considere
que a potência necessária para manter seu Qual a razão entre a massa de água quente e a massa
metabolismo é 120 W e que, nessas condições, 20% de água fria na mistura para um banho à temperatura
dessa energia é dissipada pelo suor, cujo calor de ideal?
vaporização é igual ao da água (540 cal/g). Utilize 1 cal
igual a 4 J. a) 0,111.
CIENCIAS DA NATUREZA
E SUAS TECNOLOGIAS
d) 0,428. 16. 200 gramas de água são aquecidos até 200 °C em
b) 0,125. condições normais de pressão. Esse vapor de calor
específico 0,5 cal/g °C é, então, colocado em contato
e) 0,833. com um enorme bloco de gelo fundente, até que o
c) 0,357. equilíbrio térmico seja atingido. O contato ocorre em um
ambiente isolado do meio externo, de modo que
nenhum calor flua para fora do sistema. Os calores
14. Durante a primeira fase do projeto de uma usina de
geração de energia elétrica, os engenheiros da equipe latentes de fusão e vaporização da água são iguais a
de avaliação de impactos ambientais procuram saber 80 cal/g e 540 cal/g, respectivamente.
se esse projeto está de acordo com as normas
ambientais. A nova planta estará localizada à beira de A massa de água no estado líquido presente ao final do
um rio, cuja temperatura média da água é de 25 °C, e processo, em kg, é
usará a sua água somente para refrigeração. O projeto
pretende que a usina opere com 1,0 MW de potência a) 0,200.
elétrica e, em razão de restrições técnicas, o dobro
dessa potência será dissipada por seu sistema de b) 0,500.
arrefecimento, na forma de calor. Para atender a
resolução número 430, de 13 de maio de 2011, do
c) 0,700.
Conselho Nacional do Meio Ambiente, com uma ampla
margem de segurança, os engenheiros determinaram
que a água só poderá ser devolvida ao rio com um d) 1,725.
aumento de temperatura de, no máximo, 3 °C em
relação à temperatura da água do rio captada pelo e) 1,925.
sistema de arrefecimento. Considere o calor específico
da água igual a 4 kJ/(kg °C) 17. Em 2009, foi construído na Bolívia um hotel com a
seguinte peculiaridade: todas as suas paredes são
Para atender essa determinação, o valor mínimo do formadas por blocos de sal cristalino. Uma das
fluxo de água, em kg/s, para a refrigeração da usina características físicas desse material é sua
deve ser mais próximo de condutividade térmica relativamente baixa, igual a 6 W
/ (m. oC). A figura a seguir mostra como a temperatura
a) 42. varia através da parede do prédio.

b) 84.

c) 167.

d) 250.

e) 500.

15. (FEI-SP) Um calorímetro contém 200ml de água, e


o conjunto está à temperatura de 20°C. Ao ser juntado
ao calorímetro 125g de uma liga a 130°C, verificamos
que após o equilíbrio térmico a temperatura final é de
30°C. Qual é a capacidade térmica do calorímetro? Qual é o valor, em W / m2 do módulo do fluxo de calor
por unidade de área que atravessa a parede?
Dados: calor específico da liga: 0,20cal/g°C

calor específico da água: 1cal/g°C a) 125.

densidade da água: 1000kg/m3 b) 800.


a) 50 cal/°C
b) 40 cal/°C c) 1200.
c) 30 cal/°C
d) 20 cal/°C d) 2400

e) 10 cal/°C e) 3000

18. A lei de Fourier, ou lei da condução térmica serve


para analisar e quantificar o fluxo de calor através de
CIENCIAS DA NATUREZA
E SUAS TECNOLOGIAS
um sólido. Ela relaciona esse fluxo de calor com o
material, com a geometria do corpo em questão e à
diferença de temperatura a qual está submetido.

Para aumentar o fluxo de calor de um corpo, sem alterar


o material e a diferença de temperatura, deve-se

a) manter a área da secção transversal e aumentar a


espessura (comprimento) do corpo.

b) aumentar a área da secção transversal e a


espessura (comprimento) do corpo.

c) diminuir a área da secção transversal e a espessura


(comprimento) do corpo.

d) diminuir a área da secção transversal e aumentar a


espessura (comprimento) do corpo.

e) aumentar a área da secção transversal e diminuir a


espessura (comprimento) do corpo.

19. Uma forma de gelo com água a 25 °C é colocada


num freezer de uma geladeira para formar gelo. O
freezer está no nível de congelamento mínimo, cuja
temperatura corresponde a -18 °C.

As etapas do processo de trocas de calor e de


mudança de estado da substância água podem ser
identificadas num gráfico da temperatura X quantidade 20. Obtenha duas latinhas de cor clara de alumínio, de
de calor cedida. refrigerante ou de cerveja, e pinte a parede externa de
uma delas de preto e aguarde a tinta secar.
Qual dos gráficos na imagem mostra, corretamente
(sem considerar a escala), as etapas de mudança de 1) Encha as duas latinhas com água fervendo. Aguarde
fase da água e de seu resfriamento para uma uns 4 minutos e apalpe as duas latinhas. Qual delas
atmosfera? está menos quente?

2) Encha as duas latinhas com água bem gelada.


Apalpe as latinhas após uns 4 minutos e descubra qual
delas está menos fria.

No primeiro teste, a temperatura da latinha preta é tP1 e


da clara é tC1. No segundo teste, essas grandezas são
tP2 e tC2.

A relação entre essas grandezas é

a) tP1> tC1 e tP2> tC2


CIENCIAS DA NATUREZA
E SUAS TECNOLOGIAS
b) tP1> tC1 e tP2< tC2 coberto por um plástico transparente e tem a sua parte
central abaixada pelo peso de uma pedra, sob a qual
c) tP1 = tC1 e tP2 = tC2 se coloca um recipiente (copo). A água evaporada se
condensa no plástico e escorre até o ponto mais baixo,
caindo dentro do copo.
d) tP1< tC1 e tP2> tC2

Nesse processo, a energia solar cedida à água salgada


e) tP1< tC1 e tP2< tC2

21. Considere dois motores, um refrigerado com água


e outro com ar. No processo de resfriamento desses
motores, os calores trocados com as respectivas
substâncias refrigeradoras, Qag e Qar, são iguais.
Considere ainda que os dois motores sofrem a mesma
variação de temperatura no processo de resfriamento,
e que os calores específicos da água, cag, e do ar, car,
são tais que cag/car = 4.

Qual é o valor do quociente mar/mag entre as massas de


ar, mar, e de água, mag, utilizadas no processo?

a) 1/4 a) fica retida na água doce que cai no copo, tornando-


a, assim, altamente energizada.
b) 1/2
b) fica armazenada na forma de energia potencial
c) 1 gravitacional contida na água doce.

d) 2 c) é usada para provocar a reação química que


transforma a água salgada em água doce.
e) 4
d) é cedida ao ambiente externo através do plástico,
22. Para aquecer 500 ml de água a 25 ºC, um estudante onde ocorre a condensação do vapor.
construiu um forno solar simples utilizando uma caixa
de isopor de 30 cm x 40 cm, fechada com uma tampa e) é reemitida como calor para fora do tanque, no
de vidro e forrada internamente com papel alumínio. processo de evaporação da água salgada.

Use a potência solar incidente na superfície da Terra: 1 24. Em um calorímetro ideal são misturadas duas
kW/m2. amostras de um mesmo líquido, uma à temperatura de
80°C e outra a 50°C. As massas das amostras são
Supondo que os raios solares incidam iguais. A temperatura final da mistura, em graus
perpendicularmente à tampa de vidro e que toda a Celsius, é igual a:
energia incidente na tampa do forno a atravesse e seja
absorvida pela água, quanto tempo aproximadamente a) 80
será necessário para aquecer a água até 100 ºC?
b) 75
a) 5 min
c) 70
b) 10 min
d) 65
c) 18 min
e) 60
d) 22 min

e) 40 min

23. Além de ser capaz de gerar eletricidade, a energia


solar é usada para muitas outras finalidades. A figura a
seguir mostra o uso da energia solar para dessalinizar
a água. Nela, um tanque contendo água salgada é