Você está na página 1de 7

 

 
*clique na imagem para baixar em alta qualidade :D 

@coisaspequenascomamor 
 
 

#MeuPlanodeVida 

O que é um Plano de Vida Espiritual? 


 
O “plano de vida espiritual” consiste, simplesmente, em programar as práticas da vida espiritual (oração, comunhão, leituras, terço, 

etc.) de modo a garantir que sejam realizadas com ordem e constância. Esse “plano” tem dois aspectos: 

1º) A definição do “tipo” de práticas espirituais que nos propomos a exercitar. Quer o tipo, quer o número e a frequência dessas 

práticas ​não tem que ser o mesmo para todos​: para uns, o plano consistirá em rezar algumas orações breves ao acordar e ao deitar 

e em ler diariamente o Evangelho durante cinco ou dez minutos; para outros, além disso, o plano incluirá a Comunhão frequente e, 

diariamente, a meditação, o Terço, uma leitura formativa, o exame de consciência, etc. D


​ ependerá das circunstâncias espirituais de 

cada pessoa. 

Uma boa direção espiritual pessoal poderá aconselhá-lo sobre o tipo e o número de práticas que lhe convém em cada momento da 

vida, sobre a frequência delas, e sobre a conveniência, lógica e natural, de ir aumentando-as um pouco, por um plano inclinado, à 

medida que a alma amadurece. Nisso do “aumento” também não há regras fixas: cada alma é “uma” alma. 

2°) O segundo aspecto consiste em ​definir, de modo claro e concreto, o momento do dia em que cada prática será cumprida​, ou 

seja, definir um horário, que garanta que o “plano” não fique inutilmente só nos desejos gerais, mas seja um meio eficaz de 

formação e de crescimento espiritual. fonte: P


​ adre Faus 

@coisaspequenascomamor 
 

Algumas práticas indicadas: 


Orações da Manhã 

1. Oferecimento do dia: ​ É a oração recomendada para fazer logo ao acordar. Os santos nos ensinam que, se queremos amar a 
Deus sobre todas as coisas, o primeiro pensamento do dia deve ser para Deus. Com essa oração, nós agradecemos a Deus 
mais um dia de vida e oferecemos a Ele tudo aquilo que faremos ao longo do dia: 

Eu Vos adoro, meu Deus, e Vos amo de todo o coração. Dou-Vos graças por me terdes criado, feito cristão e conservado nesta noite. 
Ofereço-Vos as ações deste dia; fazei que sejam todas segundo a Vossa santa vontade, para maior glória Vossa. Preservai-me do 
pecado e de todo o mal. A Vossa graça seja sempre comigo e com todos os que me são caros. Amém. 

Consagração a Nossa Senhora 

Senhora minha, ó minha Mãe, eu me ofereço todo a Vós, e em prova da minha devoção para 
convosco, Vos consagro neste dia meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e 
inteiramente todo o meu ser. E porque assim sou Vosso, ó boa Mãe, guardai-me e defendei-me 
como coisa e propriedade Vossa. Amém. 

Ao anjo da Guarda 

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me 
rege, guarde, governe e ilumine. Amém. 

2. Leitura do Santo Evangelho: ​É a leitura dos livros da Bíblia que narram a vida de Jesus: Mateus, Marcos, Lucas e João. Essa 
leitura é fundamental, pois é através dela que vamos conhecer e amar Jesus Cristo, vamos entender a fonte de toda a 
sabedoria​ ​humana e espiritual, vamos aprender, olhando para Jesus, o modo de nos comportarmos em cada situação da 
vida. Tempo recomendado: 5 minutos por dia. ​clique para ler online 

@coisaspequenascomamor 
 

3. Leitura Espiritual:​ É a leitura de algum livro espiritual: sobre a vida de santos, textos que aprofundam algum aspecto da fé, 
que explicam alguma virtude cristã etc. Essa leitura é fundamental, pois nos ajudará a sempre progredir na vida espiritual, a 
entender cada vez mais a Deus e também os seus mistérios. Tempo recomendado: 10 minutos por dia. Livro: “​ Para Estar 
com Deus - Pe Faus”  

4. Ângelus:​ É a oração antiquíssima que se reza a Nossa Senhora ao meio-dia. Tem o objetivo de pôr Nossa Senhora no centro 
do nosso dia e da nossa vida.  
 

V/. O anjo do Senhor anunciou a Maria. 

R/. E Ela concebeu do Espírito Santo. 

Ave Maria. 

V/. Eis aqui a escrava do Senhor. 

R/. Faça-se em mim segundo a vossa palavra. 

Ave Maria. 

V/. E o Verbo divino se fez carne. 

R/. E habitou entre nós. 

Ave Maria. 

V/. Rogai por nós Santa Mãe de Deus. 

R/. Para que sejamos dignos das graças de Cristo. 

Oremos. Infundi, Senhor, nós Vos pedimos, em nossas almas a vossa graça, para que nós, que conhecemos pela Anunciação do 

Anjo a Encarnação de Jesus Cristo, vosso Filho, cheguemos por sua Paixão e sua Cruz à glória da Ressurreição. Pelo mesmo Jesus 

Cristo, Senhor nosso. Amém. 

@coisaspequenascomamor 
 
5. ​Oração Mental: ​ 1º) Primeiro, precisamos de uma hora e lugar certos. Jesus diz: «entra no teu quarto, fecha a porta e ora a teu Pai 

em segredo» (Mt 6,6). Pode ser o seu quarto, uma igreja ou uma capela sossegada, ou um jardim… ; o importante é que possa estar 

só e tranquilo para se concentrar (não a faça deitado na cama, porque vai dormir). E a duração, para começar, pode ser de dez 

minutos diários (depois poderá aumentá-la). 

2º) Antes de falar nada, comece pensando no seu interlocutor, em Deus. Faça um ato de fé na presença dEle. Por exemplo: “Creio 

firmemente que estás aqui, que me vês, que me ouves”, “Senhor, que eu te veja com a fé!” 

3º) Inicie o diálogo com a maior simplicidade. Diga-lhe mentalmente, por exemplo: “Senhor, me ajude a falar consigo”, ou “Jesus, não 

sei o que dizer”, ou “Meu Deus, me desculpe, mas hoje vou começar pedindo uma coisa interesseira”. Se não lhe ocorre nada, faça 

então como aquele rapaz, distribuidor de leite em domicílio, que abria a porta da igreja e só dizia: “Jesus, aqui está João o leiteiro”. 

4º) Procure puxar mentalmente um assunto: por exemplo, “Por que me irrito sempre com X?” Peça luz a Deus, e tente ser sincero 

consigo: “Será que eu não sou orgulhoso demais, e não sei compreender e desculpar essa pessoa?”. 

5º) Leve sempre um livro espiritual. Quando se sentir “seco”, sem saber o que dizer, abra-o e leia um trechinho (melhor, se escolhe 

antes um capítulo que o atraia). Essa leitura simples poderá ser a “pista de decolagem” da oração mental. Uns vão precisar de mais 

pista – de ler um trecho mais longo –, outros de menos. O importante é que, quando a leitura nos “atinja”, paremos, fiquemos 

refletindo sobre aquilo, vejamos se nos sugere coisas práticas; e, então, peçamos a Deus forças para melhorar, ao mesmo tempo 

que lhe agradecemos as inspirações que Ele nos deu. 

fonte: P
​ adre Faus 

@coisaspequenascomamor 
 
6. ​Meditação: ​ O “Catecismo da Igreja Católica” diz – citando Santa Teresa de Ávila – que a “oração mental” é «um relacionamento 

íntimo de amizade em que conversamos… a sós com Deus», e a chama também «comunhão de amor» (nn. 2709-2719). Ou seja, é 

sobretudo -como dizíamos ao falar nela – diálogo íntimo e espontâneo. 

Por sua vez, o mesmo Catecismo, quando fala da “meditação” diz que «é sobretudo uma procura; o espírito procura compreender o 

porquê e o como da vida cristã, a fim de aderir e responder ao que o Senhor pede» (n. 2705). E acrescenta: «Geralmente utiliza-se um 

livro» e, assim, «meditando no que lê, o leitor se apropria do conteúdo lido, confrontando-o consigo mesmo» (n. 2706). Quer dizer 

que faz da leitura um espelho em cujo fundo Deus se reflete e, em confronto com Deus, a pessoa pode ver-se melhor a si mesma, 

aos seus ideais e seus deveres. 

Oração inicial 

Meu Senhor e meu Deus, creio firmemente que estás aqui, que me vês, que me ouves; adoro-Te com profunda reverência. Peço-Te 

perdão dos meus pecados e graça para fazer com fruto este tempo de oração. Minha mãe imaculada, São José, meu pai e senhor, 

meu Anjo da Guarda, intercedei por mim. 

Oração final 

Dou-te graças, meu Deus, pelos bons propósitos, afetos e inspirações que me comunicaste nesta meditação. Peço-Te ajuda para os 

pôr em prática. Minha mãe imaculada, São José, meu pai e senhor, meu Anjo da Guarda, intercedei por mim. 

Hablar com Dios​ | Textos diários para meditação. 

@coisaspequenascomamor 
 
7. ​Visita a Jesus Sacramentado: ​ É a breve visita que fazemos a Jesus, que se encontra no sacrário das igrejas.  

8. ​Santo Terço: ​ Depois da Santa Missa, o Rosário é a oração mais agradável que podemos oferecer a Deus e de maior proveito para 

as nossas almas. fonte: P


​ adre Paulo Ricardo 

9. ​Exame de Consciência (antes de dormir): ​ Não basta desejar antes sofrer a morte do que cometer um pecado grave. É necessário 

ter uma resolução semelhante em relação ao pecado venial. Quem não encontrar em si esta vontade, não pode sentir-se seguro.  

Como fazer um exame de consciência dos pecados veniais - Padre Paulo Ricardo  

 
 

“Sujeitar-se a um plano de vida, a um horário, é tão monótono!, disseste-me. – E eu te respondi: há monotonia porque falta Amor.” 
(Caminho, 77) 

 
@coisaspequenascomamor